You are on page 1of 4

Autotransformador

• O autotransformador é um transformador  abaixador b i d  ou elevador l d  que não ã  possui i uma  isolação galvânica entre o primário e o  secundário.  secundário Vantagens:
• Redução de custo. • Utilização de menor quantidade de cobre para uma mesma  transformação. • O rendimento do autotransformador é maior. maior • O tamanho do autotransformador é menor para uma mesma  especificação.

Autotransformador
• Desvantagem: Não possuir isolação entre  primário e secundário; Esquema representando um autotransformador:

Autotransformador
• A primeira vista pode parecer que o autotransformador nada mais é do que um divisor de tensão. • Porém se observarmos o sentido da corrente IC (comum aos circuitos i it primário i á i e secundário), dá i ) vemos que é contrário t á i ao de d um divisor de tensão. Ainda em um divisor de tensão I1 é maior que I2. • Mas no autotransformador é preciso obedecermos a equação V1.I1=V2.I2. Logo, se V2 é menor que V1, I2 deve ser maior que I1. Assim para o circuito abaixador: I2=I1+IC A mesma análise pode ser feita p/ o circuito elevador: I1=I2+IC Uma maneira de se descobrir o sentido da corrente comum IC é desenhar os sentidos das correntes primária I1 e I2, a diferença deve ser suprida por IC.

Autotransformador variável
• O autotransformador p pode ter saída variável, , é o caso dos variacs, , muito utilizados em laboratórios onde é necessário variar a tensão sobre uma ampla faixa de ajuste com pequena perda de potência.

Autotransformador  Porque os kVA de um transformador isolado aumentam quando ele é ligado como autotransformador? -Em um transformador isolado não há ligação condutiva entre os circuitos primário e secundário. dá i . c) A capacidade do autotransformador. calcule: a) ) A capacidade id d original i i l do d enrolamento l d 120 V em ampères.Num autotransformador. ) O acréscimo p percentual da capacidade p do autotransformador d) em relação ao transformador isolado. da figura abaixo. Autotransformador variável •Um transformador comum de dois enrolamentos isolados pode ser convertido em um autotransformador. usando a capacidade do enrolamento de 120 V calculada acima. . de è b) A capacidade original do enrolamento de 1200 V em ampères. e) I1 e IC a partir do valor de I2.Autotransformador variável • Um variac tem uma escova de carvão sob um eixo rotativo e que faz contato com as espiras expostas no enrolamento do transformador. conforme figura abaixo: Autotransformador variável ligado como autotransformador com polaridade aditiva. e o restante da energia seria transferida por ação de transformação. Neste caso toda a energia deve ser transformada f d para atingir i i o secundário. Ex: Para o transformador isolado de 10 kVA. parte da energia pode ser transferida condutivamente do primário ao secundário.

desta maneira. Os p transferidos condutivamente. para um transformador abaixador são: volt-ampères transformados=Vp. neste circuito.I2 Observe a figura: Para ambos os transformadores. . a diferença entre V2 e V1 (ou VS) é uma medida dd d da energia transformada. para um autotransformador abaixador.I2 .Uma vez que V2+VP=V1.I2)/1000 Desde que V2=VS+V1.I2+VS. são: volt-ampères condutivos=V2. do p primário ao volt-ampères secundário. toda a corrente I1 é conduzida a I2. a quantidade total de energia q g transferida do p primário ao secundário. I2=I1+IC. os volt-ampères transferidos do primário ao secundário. . a diferença entre V1 e V2 (OU VP) é a medida da energia transformada. para um autotransformador abaixador: kVA total=(V2. elevador e abaixador.I1 Para um transformador elevador prevalece a mesma lógica.I1+VP. os volt-ampères p transferidos condutivamente. medida em kVA é: kVA(total)=kVA kVA(total) kVA transferidos condutivamente+ kVA transformados Assim.I2 V1.I1)/1000 Enquanto que para um autotransformador elevador: kVA total=(V1.I1 . I2 é a parte de I1 que é transferida . Como mostra a figura. Assim. f d Assim os volt-ampères l è transferidos do primário ao secundário. são: volt-ampères volt ampères condutivos condutivos=V1. condutivamente do primário ao secundário. secundário por ação de transformador. para um autotransformador elevador. por ação de transformação no elevador são: Volt-ampères transformados = VS.Observe a figura: Observe a figura: Desde que.

Os kVa transformados C. b.Os kVa totais C ao .Os kVa transferidos condutivamente do p primário secundário. calcule: a.Ex: Para o autotransformador da figura abaixo.