You are on page 1of 46

Capítulo 11: Computadores pessoais avançados 11.

0Introdução Em sua carreira como técnico, você pode determinar se um componente de um computador do cliente deve ser atualizado ou substituído. É importante que você desenvolva habilidades avançadas em relação aos procedimentos de instalação, às técnicas de solução de problemas e aos métodos de diagnóstico dos computadores. Este capítulo discute a importância da compatibilidade do componente do hardware e do software. Também trata da necessidade de adequar os recursos do sistema para executar o software e o hardware do cliente de forma eficaz. Após a conclusão deste capítulo, você estará apto a:  Fornecer uma visão geral dos trabalhos dos técnicos de bancada, de

    

campo e remotos. Explicar a utilização de ferramentas e procedimentos seguros de laboratório. Descrever situações que exigem a substituição de componentes do computador. Atualizar e configurar componentes e periféricos do computador pessoal. Identificar e aplicar as técnicas comuns de manutenção preventiva aos componentes de um computador pessoal. Solucionar problemas de componentes e periféricos do computador.

      

11. Fornecer uma visão geral dos trabalhos técnicos de bancada, de campo e trabalhos remotos 1 Sua experiência de trabalho com computadores e a obtenção de uma certificação técnica pode ajudá-lo a tornar-se qualificado para emprego em um dos cargos a seguir:  Técnico de campo  Técnico remoto  Técnico de bancada Os técnicos de diferentes carreiras de computadores trabalham em ambientes diferentes. As habilidades exigidas por cada carreira podem ser muito semelhantes. O grau para o qual são necessárias diferentes habilidades variam de um trabalho para o outro. Quando você treina para se tornar um técnico de computador, você deve desenvolver as seguintes habilidades: Montar e atualizar computadores Fazer instalações Instalar, configurar e otimizar software Executar manutenção preventiva Solucionar problemas e consertar computadores Comunicar-se claramente com o cliente Documentar o feedback do cliente e as etapas envolvidas na localização da solução de um problema Os técnicos de campo, mostrados na Figura 1, trabalham em várias condições e negócios. Podem trabalhar para uma empresa e somente consertar equipamentos daquela empresa. Como alternativa, você pode trabalhar para uma empresa que fornece reparo do equipamento de computador no local para uma variedade de empresas e clientes. Nessas situações, você precisa tanto de excelentes habilidades para solução de problemas, quanto de habilidades de serviço ao cliente, porque você está em contato regular com os clientes e trabalha em uma ampla variedade de hardware e software. Se você for técnico remoto, você pode trabalhar em um help desk atendendo ligações ou respondendo e-mails de clientes que têm problemas no computador, conforme mostrado na Figura 2. Você cria ordens de trabalho e se comunica com o cliente para tentar diagnosticar e solucionar o problema. As boas habilidades de comunicação são valiosas porque o cliente deve entender claramente suas perguntas e instruções. Alguns help desks usam software para estabelecer conexão diretamente ao computador do cliente para solucionar o problema. Como técnico remoto, você pode trabalhar em uma equipe de técnicos de help desk de uma organização ou em casa. Como técnico de bancada, geralmente você não trabalha diretamente com os clientes. Os técnicos de bancada geralmente são contratados para executar serviços de garantia de computadores em um local central ou instalação de trabalho, conforme mostrado na Figura 3. 11.2Explicar a utilização de ferramentas e procedimentos seguros de laboratório A segurança sempre deve ser prioridade em um trabalho ou no laboratório. Como técnico de computador, você deve estar consciente de muitos riscos do local de trabalho e você deve tomar as precauções necessárias para evitá-los. Você deve tentar praticar segurança no laboratório, de forma que ela se torne parte de sua rotina regular. Siga todos os procedimentos de segurança e use as ferramentas corretas para o trabalho. Esta política ajudará a evitar danos pessoais e a danificar o equipamento. Para tornar um ambiente de trabalho seguro, é melhor ser proativo que reativo. A Figura 1 fornece uma lista de regras de segurança para ajudá-lo a manter um ambiente de trabalho seguro. Após a conclusão desta seção, você estará apto a:  Analisar ambientes e procedimentos de trabalho seguros.  Analisar nomes, finalidades, características e utilização adequada e segura das ferramentas.  Identificar os possíveis riscos de segurança e implementar os procedimentos de segurança adequados aos componentes do computador.  Descrever os problemas ambientais. 11.2.1 Analisar ambientes e procedimentos de trabalho seguros A segurança no local de trabalho é necessária para garantir que você e todos que estão ao seu lado permaneçam ilesos. Em qualquer situação, você sempre deve seguir estas regras básicas:  Use mantas e protetores antiestáticos para reduzir a chance de a descarga eletrostática danificar seu equipamento.

Armazene materiais perigosos ou tóxicos em um local seguro. Mantenha o chão livre de qualquer coisa que possa causar tropeços. Limpe as áreas de trabalho regularmente. Você deve tomar cuidado ao mover o equipamento de computador de um local para outro. Certifique-se de que os clientes seguem as regras de segurança em suas áreas de trabalho. Você precisa explicar essas regras aos clientes e mostrar que elas existem para protegê-los. Siga os códigos e regras governamentais locais sempre que usar baterias, solventes, computadores e monitores. A não observância a esses códigos e regras pode resultar em multa. Muitos países têm agências para reforçar os padrões de segurança e garantir as condições de trabalho seguras dos funcionários. Quais são os documentos que descrevem códigos e padrões de segurança do trabalho em seu país? 11.2.2 Analisar nomes, finalidades, características e utilização adequada e segura das ferramentas Um técnico de computador precisa de ferramentas adequadas para trabalhar com segurança e evitar danos ao equipamento de computador. Há muitas ferramentas que um técnico usa para diagnosticar e reparar problemas do computador:  Chave de fenda de cabeça plana, grande e pequena  Chave de fenda Phillips, grande e pequena  Pinças ou alicate  Alicates de bicos finos  Alicate para corte de fios  Extrator de aparas  Conjunto de chave inglesa hexagonal  Chave estrela  Chave para porcas, grande e pequena  Retentor do componente de três pontas  Multímetro digital  Plugs revestidos  Espelho pequeno  Pincel para poeira pequeno  Pano de limpeza macio e sem fiapos  Amarrações de cabo  Tesouras  Lanterna pequena  Fita isolante  Caneta ou lápis  Ar comprimido A eletricidade estática é uma das maiores preocupações dos técnicos de computador quando trabalham em muitos ambientes. As ferramentas que você usa e mesmo seu próprio corpo podem armazenar ou conduzir milhares de volts de eletricidade. Andar pelo tapete ou capacho e tocar um componente do computador antes de criar seu ponto de aterramento pode danificar muito o componente. Os dispositivos antiestáticos ajudam a controlar a eletricidade estática. Use dispositivos antiestáticos para evitar danos aos componentes sensíveis. Antes de tocar em um componente do computador, crie seu ponto de aterramento, tocando no chassi ou na manta do computador aterrado. Há alguns dispositivos antiestáticos:  Pulseira antiestática - Conduz eletricidade estática de seu corpo para o solo  Manta antiestática - Aterra o quadro do computador  Bolsa antiestática - Mantém os componentes sensíveis do computador seguros quando não são instalados dentro do computador  Produtos de limpeza - Mantêm os componentes sem criar um acúmulo de eletricidade estática CUIDADO: Não limpe uma pulseira antiestática quando estiver trabalhando com circuitos de voltagem alta, como os encontrados em monitores e impressoras. Não abra monitores, a menos que você esteja treinado adequadamente. 11.2.3 Identificar os possíveis riscos de segurança e implementar os procedimentos de segurança adequados aos componentes do computador A maior parte dos componentes internos do computador usa eletricidade de baixa voltagem. Alguns componentes, no entanto, operam com alta voltagem e podem ser perigosos, se você não seguir as precauções de segurança. Os seguintes componentes de computador de alta voltagem, perigosos somente devem ser consertados por pessoal autorizado:  Fontes de energia  Monitores  Impressoras a laser Fontes de energia O custo para reparar uma fonte de energia, às vezes pode ser igual ao custo de uma nova fonte de energia. Por esse motivo, a maioria das fontes de energia quebradas ou usadas são substituídas. Somente técnicos certificados experientes devem consertar fontes de energia. Monitores As partes eletrônicas internas de um monitor não podem ser reparadas, mas podem ser substituídas. Os monitores, especialmente monitores CRT, operam usando altas voltagens. Somente um técnico de eletrônica certificado deve consertá-los. Impressoras a laser As impressoras a laser podem ser muito caras. É mais econômico consertar as impressoras quebradas, reparando ou substituindo as peças quebradas. As impressoras a laser usam voltagens altas e podem ter as superfícies internas muito quentes. Tome cuidado ao consertar impressoras a laser. 11.2.4 Descrever os problemas ambientais

  

O ambiente da Terra é equilibrado de forma delicada. Os materiais perigosos encontrados nos componentes do computador devem ser descartados de formas específicas para ajudar a manter esse equilíbrio. Um depósito de reciclagem de computadores é um local no qual os equipamentos do computador descartados podem ser desmontados. As peças do computador que ainda são utilizáveis podem ser recicladas para reparar outros equipamentos. A Figura 1 mostra um depósito de reciclagem de computadores. Os depósitos de reciclagem devem obedecer aos códigos e às regulamentações para descarte de cada tipo de peça de computador. Antes das partes serem recicladas elas são separadas em grupos. Os monitores CRT contêm cerca de 4 a 5 libras (1,6 a 2,3 quilos) de chumbo, um elemento perigoso. A maior parte do chumbo está nos tubos de raios catódicos. Há outros materiais dentro do equipamento do computador que também são perigosos:  Mercúrio  Cádmio  Cromo hexavalente As baterias são usadas para ligar laptops, câmeras digitais, filmadoras e brinquedos de controle remoto. As baterias podem conter alguns destes materiais tóxicos:  Níquel cádmio (Ni-Cd)  Hidrato de níquel metálico (Ni-MH)  Íon de lítio (Li-ion)  Chumbo (Pb) Descartando componentes Muitas organizações têm políticas que definem os métodos de descarte dos componentes perigosos encontrados nos equipamentos eletrônicos. Esses métodos geralmente incluem programas de reutilização, reciclagem ou troca. Você precisa descartar os componentes do computador porque eles se tornaram obsoletos ou você precisa de funcionalidade adicional. Além de reciclar as peças, você pode doá-las a outras pessoas ou organizações. Algumas empresas aceitam o equipamento usado como pagamento parcial do novo equipamento. 11. Descrever situações que exigem a substituição de componentes do computador 3 As situações que exigem a substituição de componentes do computador incluem o reparo de peças quebradas ou uma atualização da funcionalidade. Após a conclusão desta seção, você estará apto a:  Selecionar um gabinete e a fonte de energia.  Selecionar uma placa-mãe.  Selecionar uma CPU e um sistema de resfriamento.  Selecionar RAM.  Selecionar os adaptadores.  Selecionar dispositivos de armazenamento e discos rígidos.  Selecionar dispositivos de entrada e de saída. 11.3.1 Selecionar um gabinete e uma fonte de energia Você deve determinar as necessidades do cliente antes de fazer quaisquer compras ou efetuar as atualizações. Pergunte ao cliente quais dispositivos serão conectados ao computador e quais aplicativos serão utilizados. O gabinete do computador tem a fonte de energia, a placa-mãe, a memória e outros componentes. Ao comprar um novo gabinete de computador e a fonte de energia separadamente, você deve certificar-se de que todos os componentes serão encaixados no novo gabinete e de que a fonte de energia é suficiente para operar todos os componentes. Muitas vezes um gabinete vem com uma fonte de energia interna. Você precisará verificar também se a fonte de energia fornece energia suficiente para operar todos os componentes que serão instalados no gabinete. 11.3.2 Selecionar uma placa-mãe As novas placas-mãe geralmente têm novos recursos ou padrões que podem ser incompatíveis com os componentes antigos. Quando você selecionar uma placa-mãe para substituição, certifique-se de que ela suporta a CPU, a RAM, o adaptador de vídeo e outros adaptadores. O conector e o chipset da placa-mãe devem ser compatíveis com a CPU. A placa-mãe também deve acomodar o dissipador de calor/ventilador existente. A fonte de energia existente deve ter conexões que se adaptam à nova placa-mãe. Dê atenção especial ao número e tipo de slots de expansão. Eles correspondem aos adaptadores existentes? Por exemplo, a nova placa-mãe pode precisar de um conector AGP para um adaptador de vídeo existente. A placa-mãe pode ter slots de expansão de PCIe que os adaptadores existentes não usam. Finalmente, a nova placa-mãe deve encaixar-se no gabinete do computador atual. 11.3.3 Selecionar a CPU e o dissipador de calor/ventoinha Substitua a CPU quando ela apresentar problemas ou quando ela não for mais adequada para os aplicativos atuais. Por exemplo, você pode ter um cliente que comprou um aplicativo gráfico avançado, conforme mostrado na Figura 1. Pode ser que o aplicativo seja executado insatisfatoriamente porque requer um processador mais rápido que a CPU atual. Antes de comprar uma CPU, certifique-se de que ela é compatível com a placa-mãe existente:  A nova CPU deve usar o mesmo tipo de conector e chipset.  A BIOS deve suportar a nova CPU.  A nova CPU pode exigir um dissipador de calor/ventilador diferente. Os sites dos fabricantes são um bom recurso para investigar a compatibilidade entre as CPUs e outros dispositivos. Ao atualizar a CPU, certifique-se de que a voltagem correta está sendo mantida. Um VRM (voltage regulator module, módulo regulador de voltagem) é integrado à placa-mãe. O ajuste de voltagem da CPU pode ser configurado com os jumpers ou botões localizados na placa-mãe. A Figura 2 mostra duas CPUs semelhantes que usam conectores diferentes. Selecionar RAM 11.3.4 Pode ser necessária uma nova RAM quando um aplicativo trava ou o computador exibe mensagens de erro freqüentemente. Para determinar se o problema é a RAM, substitua o módulo de RAM antigo, conforme mostrado na Figura 1. Reinicie o computador para verificar se o aplicativo é executado corretamente. OBSERVAÇÃO:Para fechar um aplicativo bloqueado, pressione Crtl-Alt-Delete para abrir o Gerenciador de tarefas. Selecione o aplicativo na janela. Clique em Finalizar tarefa para fechá-lo, conforme mostrado na Figura 2. Ao selecionar a nova RAM, você deve certificar-se de que ela é compatível com a placa-mãe atual. Ela também

deve ser do mesmo tipo de RAM já instalada no computador. A velocidade da nova RAM deve ser igual ou maior que a da RAM existente. Pode ser útil levar o módulo de memória original quando você for comprar a RAM de substituição. 11.3.5 Selecionar adaptadores Os adaptadores, também chamados de placas de expansão, adicionam funcionalidade extra a um computador. A Figura 1 mostra alguns adaptadores disponíveis. Antes de comprar um adaptador, faça a seguinte pesquisa:  Há um slot de expansão aberto?  O adaptador é compatível com o slot aberto? Se a placa-mãe não for compatível com os slots de expansão, os dispositivos externos podem ser uma opção:  As versões do USB e do FireWire do dispositivo externo estão disponíveis?  O computador tem uma porta USB ou FireWire aberta? Pense na seguinte situação para atualização do adaptador. Um cliente exige uma placa sem fio para conectar-se à rede. O novo adaptador sem fio deve ser compatível com a rede sem fio existente e com o computador. Investigue as placas de rede sem fio antes de comprar uma. Você deve certificar-se de que a nova placa de rede sem fio é compatível com o padrão 802.11 sem fio que está sendo usado na rede sem fio. Examine o computador para obter um slot de expansão disponível ou uma porta USB aberta. Compre um adaptador que se ajustará a um slot de expansão disponível ou a uma placa de rede sem fio de USB. Custo, garantia, nome da marca e disponibilidade são os últimos fatores a serem considerados. 11.3.6 Selecionar dispositivos de armazenamento e unidades de disco rígido Pode ser necessário substituir um disco rígido quando ele não atender mais às necessidades do cliente para armazenamento de dados ou quando ele falhar. Os sinais de que um disco rígido está com falhas incluem:  Barulhos incomuns  Mensagens de erro  Dados ou aplicativos corrompidos Se seu disco rígido apresentar qualquer um desses sintomas, você deve substituí-lo o mais rápido possível. A Figura 1 mostra os conectores PATA, SATA e SCSI. ATA foi renomeado ATA paralelo ou PATA com a introdução do Serial ATA (SATA). Os discos rígidos PATA podem usar um cabo condutor de 40-80 pinos ou um cabo condutor de 40-40 pinos. SATA Os discos rígidos SATA conectam-se à placa-mãe usando uma interface serial. Os discos rígidos SATA têm uma taxa de transferência de dados maior que os discos PATA. O cabo de dados menor permite fluxo de ar melhor pelo gabinete do computador. As versões mais antigas do SATA ofereciam uma velocidade de 1,5 Gbps. As versões atuais oferecem uma velocidade de 3.0 Gbps. SCSI O padrão SCSI (Small Computer System Interface, interface de sistema de computadores de pequeno porte) geralmente é usado para discos rígidos e armazenamento de fita. No entanto, as impressoras, scanners, unidade de CD-ROM e unidades de DVD também podem usar SCSI. Atualmente, os dispositivos SCSI são mais usados em servidores ou computadores que exigem altas velocidades de transferência e confiabilidade. SCSI é um controlador de interface mais avançado que PATA ou SATA. É ideal para computadores sofisticados, incluindo servidores de rede. Os dispositivos podem incluir discos rígidos, unidades de CD-ROM, unidades de fita, scanners e unidades removíveis. Os dispositivos de SCSI geralmente são conectados em série, formando uma conexão que freqüentemente é chamada de conexão em margarida, conforme mostrado na Figura 2. Cada extremidade da conexão em margarida deve ter terminação para impedir que os sinais testem as extremidades dos cabos e causem interferência. Geralmente, o controlador de SCSI em uma extremidade do barramento SCSI possui uma terminação embutida. A outra extremidade do cabo de SCSI é terminada por um resistor no último disco da cadeia ou um terminador físico na extremidade do barramento de SCSI. A maioria dos barramentos de SCSI podem tratar um total de sete dispositivos e um controlador de SCSI. Os canais são numerados de 0 a 7. Algumas versões do SCSI suportam um total de 15 dispositivos mais o controlador de SCSI. Esses canais são numerados de 0 a 15. Cada dispositivo em um canal de SCSI deve ter um ID de SCSI exclusivo. Por exemplo, o disco principal seria 0 e a placa do controlador geralmente é 7. O ID do SCSI geralmente é definido por jumpers em um disco SCSI. O barramento de SCSI era originalmente de 8 bits e operava a uma taxa de transferência de 5 MBps. As tecnologias de SCSI posteriores usavam um barramento de 16 bits e operavam a 320 - 640 MBps. A Figura 3 mostra os diferentes tipos de SCSIs. As tecnologias de SCSI futuras e atuais usam uma interface serial com velocidade maior. 11.3.7 Selecionar dispositivos de entrada e de saída Um dispositivo de entrada pode ser qualquer peça do equipamento que transfere informações a um computador:  Mouse  Teclado  Scanner  Câmera  Sensor de controle do processo  Interface de MIDI  Microfone Um dispositivo de saída transfere informações para fora do computador:  Monitor  Projetor  Impressora  Equipamento de controle do processo  Alto-falante Para selecionar dispositivos de entrada e de saída, você primeiro deve descobrir o que o cliente deseja. Em seguida, você deve selecionar o hardware e o software, pesquisando na Internet as possíveis soluções. Após determinar o dispositivo de entrada ou de saída que o cliente precisa, você deve determinar como conectá-lo ao computador. A Figura 1 mostra símbolos comuns da porta de entrada e de saída. Os técnicos devem conhecer bem os vários tipos de interfaces:  USB 1.1 - Transfere os dados em uma velocidade máxima de 12 Mbps

remova os cabos da placa-mãe conectados aos LEDs e botões do gabinete.Transfere os dados em uma velocidade máxima de 480 Mbps IEEE 1394 (FireWire) – Transfere os dados a 100. A substituição de parafusos e suportes isolantes por hardware metálico que conduz eletricidade pode ter resultados desastrosos. Lembre-se de usar composto térmico entre a CPU e o dissipador de calor. Confira seu trabalho.As versões anteriores foram limitadas a 20 Kbps. Use a documentação que acompanha a placa-mãe para saber quais ajustes de BIOS serão necessários. mouse. A RAM precisa ser atualizada ou expandida para aproveitar a CPU mais rápida. mas as novas versões podem atingir taxas de transferência de 1. Eles podem ser isolantes.USB 2. monitor e fonte de energia.  A nova CPU deve funcionar com a fonte de energia e a placa-mãe existentes. você terá que substituir a placa-mãe. Se a nova placa-mãe exigir uma RAM diferente. pode ser necessário usar um adaptador. A fonte de energia também deve ser compatível com a nova placa-mãe e deve suportar todos os novos componentes do computador. você deve conectar os cabos de fonte de energia. 11. Em seguida. ou 400 Mbps Paralelo (IEEE 1284) – Transfere os dados numa velocidade máxima de 3 MBps Serial (RS-232) . Você deve pesquisar a eficácia e o custo das duas opções . Nesse caso. A nova CPU pode exigir um dissipador de calor/ventilador diferente. Você deve trabalhar sobre uma manta antiestática e usar uma pulseira antiestática para evitar danos à CPU. antes de iniciar a atualização.4 Atualizar e configurar componentes e periféricos do computador pessoal Os sistemas de computador precisam de atualizações periódicas por vários motivos:  Alteração de requisitos do usuário  Pacotes de software atualizados que exigem novo hardware  Novo hardware que oferece desempenho aprimorado Alterações no computador podem causar atualização ou substituição de componentes e periféricos. você deve remover a existente soltando o conector.atualização e substituição.0 . mas há pequenas diferenças. Após a conclusão desta seção. Se houver algum sinal de problema. Se você encontrar resistência. Alguns parafusos de montagem fornecem suporte e alguns fornecem uma conexão de aterramento importante entre a placa-mãe e o chassi. Armazene as CPUs em embalagens antiestáticas. Se a rosca estiver correta. movendo a CPU e o dissipador de calor/ventilador para a nova placa-mãe. você pode fazer isso atualizando a CPU. Usar o parafuso incorreto também pode produzir aparas de metal que podem causar curtos-circuitos. Certifique-se de que você está usando os parafusos corretos. você deve desligar a fonte de energia imediatamente.4. Você deve prestar atenção principalmente nos parafusos e isoladores que não são metálicos. você precisa desativar as funções integradas na BIOS do sistema.  Atualizar e configurar a BIOS. Não force a CPU no conector ou use força excessiva para fechar as barras de travar.  A nova CPU deve funcionar com a RAM existente. Se a placa-mãe for antiga. Se tiver dúvidas. mas irá danificar o furo rosqueado e a placa-mãe não ficará segura.  Atualizar e configurar dispositivos de entrada e de saída.  Atualizar e configurar a RAM. CUIDADO: Sempre trabalhe sobre uma manta antiestática e use uma pulseira antiestática ao instalar e remover as CPUs.4. OBSERVAÇÃO: Não importa se você substitui um parafuso feito para uma chave de fenda chanfrada por um feito para uma chave de fenda Philips. examine a nova CPU para certificar-se de que ela é semelhante fisicamente à antiga. eles se encaixarão facilmente. No entanto. há alguns requisitos que você deve atender:  A nova CPU deve se encaixar no conector da CPU existente. Você pode ajustar um parafuso usando força. Você deve começar a atualização. Não esqueça que uma placa de expansão pode ter a mesma funcionalidade que esteja integrada à placa-mãe. pode ser necessário substituir vários outros componentes.2 Atualizar e configurar uma CPU e um dissipador de calor/ventoinha Uma forma de aumentar a energia aparente de um computador é aumentar a velocidade de processamento. você não poderá encontrar uma CPU compatível. Neste caso. O dissipador de calor/ventilador também     .  Atualizar e configurar dispositivos de armazenamento e unidades de disco rígido. você estará apto a:  Atualizar e configurar uma placa-mãe. contanto que a parte rosqueada do parafuso tenha o mesmo comprimento e o mesmo número de filamentos. instale-a neste momento. Força excessiva pode danificar a CPU ou seu conector. após ela ser colocada corretamente no conector. Faça as anotações apropriadas em seu registro para saber onde e como tudo está conectado. A maioria tem um padrão de pinos que se encaixa apenas de um único jeito. o dissipador de calor/ventilador e a RAM. Insira a nova CPU no local. Depois que a nova placa-mãe for colocada e cabeada. Conecte um teclado. Conecte os cabos dos LEDs e botões do gabinete. Certifique-se de que os parafusos rosqueados são da largura correta e têm o mesmo número de roscas por polegada. Observe como a placa-mãe está presa ao gabinete. certifique-se de que alinhou a CPU corretamente. Geralmente. A nova placa-mãe deve se encaixar no gabinete do computador antigo. É mais fácil trabalhar quando eles estiverem fora do gabinete. você deve instalar e apertar todas as placas de expansão. eles irão danificar os furos do parafuso rosqueado e pode não ser seguro. 200. como a CPU. Quando for o momento de remover e substituir a placa-mãe antiga. Não troque parafusos rosqueados por parafusosmacho de metal. 11.  A nova CPU deve ser compatível com o chipset da placa-mãe. Mantenha uma CPU na manta antiestática até estar pronto para usá-la. Para alterar a CPU.  Atualizar e configurar uma CPU e um dissipador de calor/ventilador. O dissipador de calor/ventilador deve se encaixar fisicamente à CPU e ser compatível com o conector da CPU. Certifique-se de que não há peças soltas ou sobras de fios. mas todos servem para travar a CPU no lugar. Se os conectores de energia de ATX não forem do mesmo tamanho (alguns têm mais pinos). usando a alavanca de força de inserção zero.5 Mbps  SCSI (Ultra-320 SCSI) – Conecta-se a até 15 dispositivos com uma taxa de transferência de 320 MBps 11. Diferentes conectores têm mecanismos pouco diferentes. Eles podem ter os mesmos labels.1 Atualizar e configurar uma placa-mãe Para atualizar ou substituir uma placa-mãe.

se ela estiver alinhada incorretamente e provocar curto-circuito no barramento do sistema principal. conforme mostrado na Figura 3. Além disso. o que nem sempre era possível. Dependendo do computador. vários fabricantes de placa-mãe fornecem software em seus sites que permitem que um usuário atualizem a BIOS do Windows. é melhor não alterar nenhuma configuração de BIOS. trabalhe sobre uma manta antiestática e use uma pulseira antiestática. Consulte a documentação do usuário da CPU ou da placa-mãe para determinar se o chip está operando na faixa de temperatura correta. Puxe-a do conector. conforme mostrado na Figura 1.4. verifique se a RAM é compatível com a placa-mãe e se está instalada corretamente. Mantenha a RAM na manta até estar pronto para instalá-la. Alguns dispositivos mais recentes somente operam adequadamente com uma BIOS atualizada. As instalações de hardware geralmente são mais confiáveis. Embora ainda seja comum atualizar a Bios através de um prompt de comando. a tecla de configuração pode ser F1. pode ser necessário substituir o dispositivo. Com alguns tipos de BIOS. conforme mostrado na Figura 2. o chip da ROM tinha que ser substituído. 11. Se a BIOS não indicar a presença do volume correto de RAM. O procedimento varia de fabricante para fabricante. Há uma variedade de configurações na BIOS que não devem ser alteradas por pessoas que não estejam familiarizadas com este procedimento.3 Atualizar e configurar a RAM Aumentar a quantidade de RAM do sistema quase sempre melhora o desempenho geral do sistema. Um programa de instalação solicita informações ao usuário para concluir o processo. um dos discos deve ser definido como o disco mestre. 11. O sistema descobre a RAM instalada recentemente.5 Atualizar e configurar dispositivos de armazenamento e unidades de disco rígido Em vez de comprar um novo computador para obter espaço de armazenamento e velocidade de acesso aprimorados.4. Algumas CPUs e ventiladores do gabinete são ativados e desativados automaticamente. latência. conforme mostrado na Figura 2. Há vários motivos para instalar um disco adicional:  Instalar um segundo sistema operacional  Obter espaço adicional de armazenamento  Obter um disco rígido mais rápido  Armazenar o arquivo de troca do sistema  Obter backup do disco rígido original  Aumentar a tolerância à falhas Há várias coisas a serem consideradas antes de se adicionar um novo disco rígido. CUIDADO: Certifique-se de inserir o módulo de memória completamente no soquete. a menos que pesquise bem o problema. a reinicialização do disquete. A RAM pode causar sérios danos à placa-mãe. A primeira parte do processo de inicialização exibe uma mensagem que informa quais teclas devem ser pressionadas para informar a configuração ou o modo BIOS. Pode ser necessário um ajuste na ordem da inicialização da BIOS.4. Observe o texto na tela ou consulte o manual da placa-mãe para localizar a chave de configuração ou a combinação de teclas. Pressione as teclas da seqüência de configuração enquanto o computador está executando o POST (power-on self-test. As temperaturas são medidas através de sondas térmicas embutidas no ventilador ou no circuito interno da CPU. dependendo da temperatura e temperatura do gabinete interno. há algumas perguntas que você deve responder:  Que tipo de RAM a placa-mãe usa atualmente?  A RAM pode ser instalada sendo um módulo de cada vez ou deve ser agrupada em bancos correspondentes?  Há algum slot de RAM disponível?  O novo chip de RAM corresponde à velocidade.6 Atualizar e configurar dispositivos de entrada e saída Se um dispositivo de entrada ou saída parar de funcionar.4. quaisquer novas atribuições de letra da unidade ou partições devem ser bem planejadas. você pode exibir configurações térmicas para determinar se há algum problema com a CPU e com o dissipador de calor/ventilador. em seguida. Os SIMMS anteriores foram inseridos em um ângulo para bloquear o local. soltando as travas de retenção que a prendem. 11. Os chips da BIOS modernos são EEPROM ou memória flash que podem ser atualizados pelo usuário sem abrir o gabinete do computador. você deve informar o programa de configuração de BIOS. As matrizes. matriz redundante de discos independentes) melhoram a tolerância a falhas quando são conectadas a vários discos rígidos. Para exibir as configurações de BIOS atuais em seu computador. Alguns tipos de RAID exigem dois ou mais discos rígidos. você pode pensar em adicionar outro disco rígido. Insira a nova RAM e trave-a no local com as travas de retenção. Pode ser que alguns clientes queiram atualizar os dispositivos de entrada e saída para aumentar o desempenho e a . melhorias de compatibilidade e os bugs conhecidos que foram tratados. CUIDADO: Uma atualização de BIOS abortada ou instalada incorretamente pode tornar o computador inutilizável. CUIDADO: Você deve aplicar composto térmico entre a nova CPU e o dissipador de calor/ventilador. F2 ou a tecla Del. tipo e voltagem da RAM existente? CUIDADO: Ao trabalhar com a RAM do sistema. As instalações de software são criadas e gerenciadas por um sistema operacional. A Figura 1 mostra as configurações do conector na parte de trás de um disco rígido PATA. Para atualizar as informações da BIOS. como RAID (Redundant Array of Independent Disks.4 Atualizar e configurar a BIOS Os fabricantes da placa-mãe periodicamente liberam atualizações das BIOS. As informações anteriores da BIOS do computador ficavam nos chips da ROM. como Windows Server 2003. porém são mais caras. Antes de atualizar ou substituir a RAM. Armazene a RAM em embalagem antiestática. Os DIMMS atuais são retirados em linha reta e inseridos para baixo. Os aplicativos do software de terceiros podem reportar informações de temperatura da CPU em um formato de fácil leitura. Este processo é chamado "atualização da BIOS". Você pode instalar a RAID usando hardware ou software. a cópia ou extração de arquivos para um disquete e. Para fazer download de uma nova BIOS. Se você não tiver certeza. A instalação do software da BIOS on-line pode envolver o download de um novo arquivo da BIOS. As notas da versão. Remova a RAM existente. autoteste ao ligar-se). 11. consulte o site do fabricante e siga os procedimentos de instalação recomendados.deve ser adequado para remover o aquecimento da CPU mais rápida. se ela for compatível e estiver instalada corretamente. descrevem a atualização do produto. Se o novo disco rígido for PATA e estiver no mesmo cabo de dados.

Os aspiradores de pó podem gerar estática e podem danificar ou soltar componentes e conectores. Ás vezes é necessária uma reconfiguração para permitir que um usuário execute tarefas especiais. Se você usar um produto de limpeza. A limpeza oferece uma boa oportunidade de se fazer essa inspeção.5 pessoal Para manter os computadores funcionando adequadamente. você deve instalar um adaptador USB ou comprar um hub USB. você deve conservá-los.  Dispositivos de armazenamento – Inspecione todos os dispositivos de armazenamento. unidades ópticas e unidade de fita. Use um pano ou pano de pó para limpar a parte externa do gabinete do computador. algumas vezes.  Parafusos que estão faltando ou que estão folgados que prendem os adaptadores. Durante a instalação de hardware. conforme mostrado na Figura 1. você deve usar ar comprimido para eliminar a poeira. proteger os dados e melhorar o desempenho do computador. Em vez de fazer isso. coloque uma pequena quantidade em um pano de limpeza ou pano e pó e limpe a parte externa do gabinete. Encaixe-as novamente. Para evitar danos. Um teclado ergonômico. ela pode impedir o fluxo de ar e afetar o resfriamento. se for detectado um driver não-assinado. Ao limpar o gabinete. Observe o ventilador. Em vez disso. mantenha o spray na posição vertical para impedir que o fluido vaze nos componentes do computador. Se o computador não tiver uma conexão USB extra. barulho ou sons de desgaste. Isso impede que o rotor gire excessivamente ou a movimentação do ventilador na direção errada. mantenha as palhetas no lugar. pode ser mais confortável para uso. A instalação de um driver não-assinado pode causar instabilidade do sistema. Geralmente. A sujeira também pode entrar em um computador através das tampas do slot de expansão que estiverem faltando. como digitação em um segundo idioma com caracteres adicionais. Se você não tiver o CD. se necessário. disquete. A Figura 2 mostra que.5. Sempre siga as instruções e advertências do spray de ar comprimido. Se você usar ar comprimido de um spray.5. enquanto a energia estiver ligada. Todos os cabos devem ser conectados firmemente. Para remover a poeira. conforme mostrado na Figura 2. sujeira ou insetos vivos entrarem no computador. mostrado na Figura 1. você pode obter drivers atualizados do site do fabricante. 11. Neste caso. Certifique-se de que dissipador de calor está bem preso. você estará apto a:  Limpar os componentes internos. Verifique se o cabo de energia do ventilador está preso. A quantidade de poeira no ambiente e os hábitos do usuário determinam a freqüência da limpeza dos componentes do computador. Limpar os componentes internos 11.2 Limpar o gabinete Pó ou sujeira na parte externa de um computador pode passar pelos ventiladores e soltar as tampas do gabinete do computador. não vaporize-o diretamente no gabinete. Soltar os . A limpeza regular também fornece a você uma oportunidade para inspecionar os componentes em relação a parafusos ou conectores soltos. A manutenção preventiva pode aumentar a vida útil dos componentes. Finalmente.produtividade. Grande parte da limpeza é para evitar o acúmulo de poeira. não use aspirador. você deverá confirmar se deseja interromper ou continuar a instalação deste driver.  Conexões de RAM – Os chips de RAM devem ser presos firmemente nos slots de RAM. faltando ou ajustados incorretamente. Identificar e aplicar as técnicas comuns de manutenção preventiva aos componentes de um computador 11. Leia o manual do fabricante para saber como limpar a unidade óptica e os cabeçotes da fita usando cotonetes e ar comprimido.5. mensagens de erro e problemas de inicialização. Certifique-se de que o ventilador pode girar livremente. Inspecione a CPU para certificar-se de que ela está colocada firmemente no conector. você deve procurar e corrigir aquilo que pode causar um problema posteriormente:  Tampas do slot de expansão que estiverem faltando que deixam o pó. Após obter novo hardware. Verifique os conectores soltos. as travas de retenção podem se soltar. Se a poeira se acumular dentro do computador. Há várias partes no gabinete do computador que você deve manter da forma mais limpa possível:  Dissipador de calor/ventilador  RAM  Adaptadores  Placa-mãe  Ventilador do gabinete  Fonte de energia  Unidades internas CUIDADO: Quando você limpar um ventilador com ar comprimido. não remova a CPU para limpeza. você pode fazer isso usando o CD de instalação.3 Inspecionar os componentes do computador O melhor método para manter um computador em boas condições é examinar o computador regularmente. para verificar a rotação do ventilador. conforme mostrado na Figura 1. Limpe as unidades de disquete com um kit de limpeza da unidade. conforme mostrado na Figura 3.  Adaptadores – Os adaptadores devem colocados adequadamente nos slots de expansão. a substituição ou reconfiguração de um dispositivo de entrada ou de saída pode tornar mais fácil acomodar usuários com deficiência. efetuando a manutenção preventiva. Use ar comprimido para remover toda poeira. Você deve ter uma lista de verificação dos componentes a serem inspecionados:  CPU e sistema de resfriamento – Examine a CPU e o sistema de resfriamento para verificar o acúmulo de sujeira. Um disco não deve produzir ruídos. Após a conclusão desta seção. incluindo os discos rígidos. Às vezes não é possível executar uma atualização usando slots ou conectores de expansão existentes.  Limpar o gabinete. OBSERVAÇÃO: Um driver assinado é um driver que passou pelo teste de laboratório de qualidade do hardware do Windows e recebeu uma assinatura de driver da Microsoft. você pode efetuar a atualização usando uma conexão USB. você tem que instalar novos drivers.1 Uma parte importante da manutenção preventiva do computador é manter o sistema limpo.  Cabos que estão faltando ou cabos entrelaçados que podem ser removidos do gabinete 11.  Inspecionar os componentes do computador.

11. A figura 7 é uma lista das tarefas obrigatórias para concluir esta etapa. O primeiro laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades com problemas de hardware do PC.2 Identificar problemas e soluções comuns Os problemas do computador podem estar relacionados a hardware. Certifique-se de que os cabos não estão dobrados. A figura 6 mostra os recursos das possíveis soluções. Você solucionará problemas e reparará um computador que não é inicializado. encerre a questão com o cliente.6. 11. Esses problemas variam desde algo simples. causar um curto-circuito ou girar para uma posição na qual será difícil de ser removido. Use ar comprimido para remover poeira ou sujeira dos adaptadores ou slots de expansão. As figuras 1 e 2 listam as perguntas iniciais e finais que devem ser feitas ao cliente.6 Solucionar problemas de componentes e periféricos do computador O processo de solução de problemas ajuda na solução de problemas relacionados ao computador ou aos periféricos. como a instalação de uma CPU.3 Aplicar as habilidades para solução de problemas Agora que você compreendeu o processo de solução de problemas.6.7 Resumo Neste capítulo. você tem informações suficientes para avaliar o problema. Há alguns itens comuns do computador a serem inspecionados:  Dispositivos de energia – Inspecione os painéis de distribuição de energia.  Teclado e mouse – Use ar comprimido ou um aspirador para limpar o teclado e o mouse. Alguns tipos de problemas do computador serão solucionados com mais freqüência que outros. você aprendeu sobre diagnóstico e reparo avançados do computador e como levar em consideração as atualizações e selecionar os componentes. Depois de verificar os problemas óbvios. Durante a conversa com o cliente.  Parafusos soltos – Os parafusos soltos podem causar problemas se não forem fixados ou removidos imediatamente. pode causar curtos-circuitos.  Identificar problemas e soluções comuns. Neste laboratório.  Cabos – Examine todas as conexões do cabo. Este processo é chamado de solução de problemas. A Figura 1 é um gráfico de problemas e soluções comuns de hardware. Prenda os adaptadores com o parafuso de retenção para evitar que as placas se soltem nos slots de expansão. remoto e de bancada e as possibilidades de trabalho que estão disponíveis àqueles que entram na equipe de trabalho com algum conhecimento das . A Figura 3 lista problemas que se aplicam ao hardware do computador.  Você aprendeu sobre as funções dos técnicos de campo.1 Revisar o processo de solução de problemas Os técnicos de computador devem estar aptos a analisar o problema e determinar a causa do erro para reparar o computador.  Indicar ao cliente as várias etapas para tentar e solucionar o problema  Documentar o problema e a solução 11. até questões mais complexas. serão realizadas as seguintes etapas:  Receber a ordem de trabalho. Este capítulo também apresentou algumas técnicas detalhadas de solução de problemas para ajudá-lo a localizar e resolver problemas e apresentar suas descobertas ao cliente. Depois de solucionar o problema. posteriormente. Se você conectar um monitor a ele com erro. conforme mostrado na Figura 4. parecerá que o computador não está funcionando. porque o cabo do monitor maior pode pressioná-lo ou ser manejado incorretamente quando alguém estiver apertando os parafusos de retenção. A figura 5 mostra as diferentes maneiras de obter informações sobre o problema do computador. Após a conclusão desta seção. 1. software.  Aplicar os recursos da solução de problemas. Procure pinos quebrados ou tortos. Certifique-se de que todos os parafusos de retenção do conector foram apertados. Se o mouse for do tipo mecânico. A Figura 4 lista algumas das soluções para os problemas de hardware do computador. pesquisar e implementar as possíveis soluções. Um parafuso solto no gabinete pode. presos ou tortos. redes ou alguma combinação desses três itens. o adaptador de vídeo integrado da placa-mãe provavelmente será desativado.6. Neste ponto. Use as etapas da solução de problemas como orientações para ajudá-lo a diagnosticar e reparar os problemas. OBSERVAÇÃO: O adaptador de vídeo às vezes pode sair do lugar. O segundo laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades de comunicação e habilidades para solução de problemas do hardware do PC. A primeira etapa no processo de solução de problemas é obter as informações necessárias do cliente. tente aplicar as soluções rápidas. se houver problemas elétricos ou temporais excessivos na área. supressores de surto (protetores de surto) e dispositivos UPS. Certifique-se de que há ventilação livre e adequada.adaptadores. você estará apto a:  Revisar o processo de solução de problemas. Substitua o painel de distribuição de energia. é hora de aplicar suas habilidades de escuta e de diagnóstico. OBSERVAÇÃO: Se um adaptador de vídeo for usado em um slot de expansão. Se as soluções rápidas não corrigirem o problema. como a atualização de uma unidade. remova a bola e remova a sujeira. 11. é hora de obter dados sobre o computador. verifique os problemas óbvios.

12. Windows Media Center. configurar e otimizar um sistema operacional.  Instalar. tentativa de soluções rápidas. Você pode descrever a segurança elétrica básica.  Solucionar problemas de sistemas operacionais. 12. impressora e periféricos. Sem um sistema operacional. Você pode demonstrar o uso de perguntas iniciais e finais que são apropriadas para um técnico de nível dois para determinar o problema. principalmente como aplicá-la a monitores e impressoras a laser. a CPU e o sistema de resfriamento. há várias versões ou distribuições de um sistema operacional. Algumas versões do Microsoft Windows incluem: Windows 2000 Professional. CPU e sistema de resfriamento. o usuário não seria capaz de interagir com o hardware ou com o software do computador.  Descrever os sistemas operacionais de rede. . Um sistema operacional fornece os seguintes recursos operacionais e organizacionais:  Fornece uma ponte entre o hardware e os aplicativos  Cria um sistema de arquivos para armazenar dados  Gerencia aplicativos  Interpreta comandos do usuário Os sistemas operacionais têm requisitos mínimos de hardware. com base nas necessidades do seu cliente. RAM e adaptadores. Capítulo 12: Sistemas operacionais avançados 12. incluindo coleta de dados do cliente. Windows XP Home Edition. Você pode descrever como limpar os componentes internos de um computador. cada um deles com recursos que devem ser considerados durante uma consulta a um cliente. incluindo o monitor. como placa-mãe. disco rígido e adaptadores. Você pode descrever formas de limpar os componentes externos de um computador.Windows XP Professional.1 Descrever os sistemas operacionais Um sistema operacional é a interface entre o usuário e o computador. Você deve saber comparar e contrastar os sistemas operacionais para localizar o melhor. Neste momento em sua carreira. Você pode descrever as etapas envolvidas na atualização de vários componentes do computador.1. a configuração e a otimização dos sistemas operacionais serão examinadas com maiores detalhes neste capítulo. fontes de energia. incluindo Microsoft Windows.1 Selecionar o sistema operacional apropriado com base nas necessidades do cliente Há muitos sistemas operacionais a serem escolhidos. Há várias marcas de sistemas operacionais disponíveis no mercado atual. você estará apto a:  Descrever os sistemas operacionais. verificação dos problemas óbvios. No entanto. Neste capítulo. você deve selecionar o hardware que atende ou excede os requisitos mínimos do equipamento exigido pelo sistema operacional. Você pode explicar as etapas envolvidas na adição e configuração de um segundo disco rígido. usando boas práticas de manutenção preventiva.  Descrever como atualizar os sistemas operacionais. provavelmente você atualizará ou reparará um computador com um sistema operacional Windows. como monitores. Além disso.  Descrever os procedimentos de manutenção preventiva dos sistemas operacionais. Após a conclusão desta seção. A Figura 1 mostra os requisitos mínimos de hardware de vários sistemas operacionais. Um técnico deve considerar o sistema atual do computador ao selecionar um sistema operacional. Ao selecionar um sistema operacional para um cliente.0Introdução A instalação. Você pode recomendar aos clientes as formas de proteger os computadores. Cada um desses sistemas operacionais oferece muitos recursos iguais com uma interface semelhante. Você sabe como recomendar aos clientes quando é melhor atualizar um computador e os componentes e quando é melhor comprar novos produtos. Você pode explicar e executar procedimentos seguros de laboratório e o uso das ferramentas.         habilidades avançadas de solução de problemas. Após a conclusão deste capítulo. o Windows XP Professional é usado para descrever as funções de um sistema operacional. Você pode descrever as etapas de solução de problemas. Apple Mac OS. Você está informado sobre o objetivo e a execução das normas de segurança do trabalhador. como gabinetes. RAM. avaliação dos problemas e implementação de soluções até o problema ser resolvido. Windows Vista Business e Windows Vista Premium. Windows Vista Home Basic. UNIX e Linux. gabinete. Você sabe os procedimentos seguros de descarte de vários tipos de baterias de computador e tipos de hardware. algumas funções necessárias para atender às necessidades específicas do cliente talvez não estejam disponíveis em todos eles. você estará apto a:  Selecionar o sistema operacional apropriado com base nas necessidades do cliente. A Figura 1 mostra uma comparação dos sistemas operacionais Windows. Você tem uma compreensão da função do técnico de nível dois e como criar esforços para solução de problemas de um técnico de nível um.

Nesta seção. Comparar e contrastar uma instalação padrão e uma instalação personalizada 12.  Descrever a instalação.  Criar. resolução de nome e endereçamento automático de IP.  Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho dos sistemas operacionais.1 A instalação padrão do Windows XP Professional é suficiente para a maioria dos computadores usados em uma rede pequena de escritório ou residencial. Uma instalação personalizada do Windows XP Professional geralmente é usada em uma rede maior. POP – O Protocolo de correio recupera mensagens de e-mail a partir de um servidor de e-mails. transferência de arquivos.  Instalar o Windows XP Professional usando uma instalação personalizada. 12. DHCP – O Protocolo de Controle de Host Dinâmico automatiza a atribuição do endereço IP. você estará apto a:  Comparar e contrastar uma instalação padrão e uma instalação personalizada. diretórios e arquivos.  Descrever a instalação de um segundo sistema operacional. você executará uma instalação personalizada do Windows XP Professional. . visualizar e gerenciar discos. como LDAP ou Active Directory. Depois que as perguntas forem respondidas. Depois que o computador for iniciado.12.2Instalar.  Fila de impressão na rede  Acesso à rede e segurança  Sistemas de armazenamento redundante. sistema operacional de rede) é um sistema operacional que contém recursos adicionais para aumentar a funcionalidade e a capacidade de gerenciamento de um ambiente de rede. como RAID e backups Os sistemas operacionais de rede fornecem vários protocolos desenvolvidos para executar funções de rede. Esses protocolos são controlados pelo código nos servidores de rede. configurar e otimizar um sistema operacional A maior parte dos sistemas operacionais é fácil de instalar. o CD de instalação do Windows XP Professional exibirá um assistente que o orientará pelo processo de instalação com uma série de perguntas. Os protocolos usados pelos sistemas operacionais de rede fornecem serviços como navegação na Web. utilização e configuração do software de e-mail. como bancos de dados compartilhados  Armazenamento de dados centralizado  Serviços de diretório que fornecem um repositório centralizado das contas e dos recursos do usuário na rede. Instalação padrão A instalação padrão requer a mínima interação com o usuário. A Figura 1 mostra mais informações PROTOCOLOS DE REDE HTTP – Um protocolo de Transporte de Hipertexto define como é realizada a troca de arquivos na web.2Descrever os sistemas operacionais de rede Um NOS (network operating system. o assistente de instalação concluirá a instalação automaticamente. FTP – O Protocolo de transferência de arquivos fornece serviços para a transferência de arquivos.1. Será solicitado que você forneça informações do computador específico e do proprietário/usuário. Veja a seguir exemplos de sistemas operacionais de rede:  Windows 2000 Server  Windows 2003 Server  UNIX  Linux  Novell NetWare  Mac OS X O NOS é projetado para fornecer recursos de rede aos clientes:  Aplicativos do servidor.  Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho dos navegadores. e-mail.2.  Definir a resolução de tela e atualizar o driver de vídeo. Após a conclusão desta seção. DNS – Os Serviços de nomes de domínio converte os URLs dos sites em endereços IP.

fornecer controle remoto e executar gerenciamento de inventário. O SMS permite a instalação de um grande número de computadores cliente em toda a rede. como particionamento e formatação de discos no Windows. A Figura 1 mostra um exemplo de um arquivo de resposta. tamanho da partição. Os computadores do usuário que estiverem conectados à rede podem ser iniciados usando um adaptador de rede ou disco de inicialização remoto com recursos de PXE (Pre-Boot eXecution Environment). . a instalação personalizada é muito semelhante à instalação padrão. diretórios e arquivos Dentro do sistema operacional. execute o Sysprep para preparar o sistema para imagens.  Instalação baseada na imagem usando Sysprep e um programa de imagens de disco.  O Pacote de recursos de implantação do SO usando o SMS (Systems Management Server. freqüentemente executa a instalação personalizada. Instalação baseada na imagem Ao executar instalações baseadas na imagem. você pode inicializar o computador.2. Um técnico ou um usuário com experiência técnica. serviços de instalação remota) que pode fazer download da instalação através da rede. A partição ativa deve ser uma partição primária. Instalação remota Com RIS. O sistema de arquivos usado pelo sistema operacional determina fatores adicionais que afetam o armazenamento como. você somente pode designar uma partição como a partição ativa. O SMS pode ser usado para gerenciar atualizações. Você pode fazer uma instalação personalizada do Windows XP Professional em mais de um computador em uma rede. sem nenhuma intervenção do usuário. o assistente solicita ao usuário informações detalhadas de desempenho. usando um arquivo de resposta que contém configurações predefinidas e respostas às perguntas que são feitas pelo assistente durante a instalação. Em seguida. para garantir que o sistema operacional seja personalizado para atender as preferências ou os requisitos do usuário individual ou do administrador de rede de uma empresa. Estrutura de disco O utilitário Gerenciamento de disco exibe informações e executa serviços. Servidor de gerenciamento de sistemas) da Microsoft. como nome do computador e membro de domínio. Em seguida.Instalação personalizada No Windows XP. que copia uma imagem de um sistema operacional diretamente para o disco rígido. O técnico pode automatizar e personalizar uma instalação do Windows XP Professional para incluir os seguintes recursos:  Aplicativos de produtividade. O RIS é projetado para ser usado em uma rede relativamente pequena e não deve ser usado em links de baixa velocidade de uma WAN (wide area network.txt é copiado para a pasta de distribuição compartilhada em um servidor. Servidor de gerenciamento de sistemas)  Drivers do dispositivo de hardware 12. Um aplicativo de imagens da unidade de terceiros prepara uma imagem concluída do computador. como uma LAN ou WAN. Há vários tipos de partições em um disco rígido:  Partições primárias  Partições estendidas  Unidades lógicas OBSERVAÇÃO: Em determinado momento. você deve iniciar configurando completamente um computador para um estado operacional. Isso prepara o disco rígido e instala automaticamente o sistema operacional do servidor para a rede. A Figura 1 mostra o utilitário Gerenciamento de disco no Windows XP Professional. conforme mostrado na Figura 1. o processo é muito mais que uma instalação baseada em imagens. Há somente duas telas que oferecem uma seleção personalizada durante a configuração. Em uma instalação personalizada.2 Instalar o Windows XP Professional usando uma instalação personalizada A instalação padrão do Windows XP Professional é suficiente para a maioria dos computadores usados em uma rede pequena de escritório ou residencial. rede de longa distância). o arquivo unattend. pode simplificar significantemente a implantação de um sistema operacional pela organização. Você pode usar o RIS para configurar remotamente novos computadores do Microsoft Windows usando uma pasta compartilhada de rede RIS como a origem dos arquivos do sistema operacional Windows. Depois que você responder todas as perguntas. Um arquivo de resposta pode ser criado usando um aplicativo chamado setupmgr.3 Criar. Você pode instalar os sistemas operacionais nos computadores remotos do cliente ativados por inicialização. exceto pelo fato de você não usar o utilitário de imagens da unidade. o cliente efetua login com as credenciais válidas da conta do usuário.  Instalação autônoma de um ponto de distribuição de rede usando um arquivo de resposta. Instalação autônoma A instalação autônoma usando um arquivo de resposta unattend. O SMS (System Management Server. Essa instalação pode ser solicitada pelo usuário ou pode ser forçada dentro do computador pelo administrador. O sistema operacional usa a partição ativa para inicializar o sistema. Execute o arquivo batch para instalar o sistema operacional na rede. os discos e diretórios são locais nos quais os dados são armazenados e organizados. Servidor de gerenciamento de sistemas) da Microsoft permite que um administrador de rede gerencie um grande número de computadores em uma rede.cab no CD do Windows XP Professional. mas pode ser necessário estabelecer algumas configurações. Neste momento.bat na máquina do cliente.  Criar um disco de inicialização que inicializa o computador e conecta à distribuição compartilhada no servidor. Depois que a imagem for copiada. 12.  Instalação remota usando RIS (remote installation services.exe localizado no arquivo deploy. como Microsoft Office  Aplicativos personalizados  Suporte a vários idiomas  Pacote de recursos de implantação do SO usando o SMS (Systems Management Server. Um recurso opcional é a implantação do sistema operacional que exibe a instalação do Pacote de recursos de implantação de SO do SMS no Windows 2003 server. A primeira tela é para personalizar as configurações regionais e a segunda tela é para personalizar as configurações de rede. Uma instalação personalizada do Windows XP Professional pode economizar tempo e fornecer uma configuração consistente do sistema operacional através de computadores em uma rede grande.txt é o método de instalação personalizada mais fácil de se executar em uma rede. Esta imagem pode ser copiada para os computadores com HALs compatíveis para concluir a instalação dos vários computadores. tamanho do cluster e recursos de segurança. visualizar e gerenciar discos. você pode executar uma das tarefas a seguir:  Executar o arquivo unattended. que pode ser gravada em um CD ou DVD.2.

que pode consolidar os arquivos para acesso mais rápido. Os autores de vírus podem distribuir arquivos executáveis mascarados como arquivos não-executáveis.Na maioria dos casos.5 Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho dos navegadores Os navegadores e aplicativos de e-mail geralmente são os aplicativos mais usados em um computador. Memória virtual A memória virtual permite que a CPU utilize mais memória que a instalada no computador. OBSERVAÇÃO: Salvar os arquivos no diretório-raiz da unidade C: pode causar problemas organizacionais de dados. A Figura 2 mostra as configurações da memória virtual. no entanto. A Figura 1 mostra as ferramentas de gerenciamento do disco rígido. É melhor armazenar os dados nas pastas criadas na unidade C:. O navegador da Microsoft. quando houver problemas de impressora. Isso é feito de forma que cada aplicativo possa usar a mesma quantidade de memória. o Windows não exibe a extensão do arquivo. tem configurações gerais para alterar as configurações de . clique no botão direito do mouse em Meu computador e escolha Gerenciar > Gerenciamento de disco. que pode digitalizar o disco rígido para obter erros de estrutura de arquivo e desfragmentação do disco rígido. clique duas vezes em Meu computador na área de trabalho Clique com o botão direito no mouse na unidade que você deseja otimizar.4 Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho dos sistemas operacionais Há vários procedimentos e ferramentas disponíveis para otimizar o desempenho de um sistema operacional. escolha Painel de controle > Opções de pasta > Modo de exibição e desmarque a caixa "Ocultar as extensões dos tipo de arquivos conhecidos". Para um arquivo. Clique duas vezes em Armazenamento. Os arquivos são acessados e armazenados em um disco rígido. Somente os serviços necessários devem ser iniciados para reduzir os riscos de segurança desnecessários. Alguns serviços podem ser interrompidos ou desativados para fins de solução de problemas. Sistema de arquivos As partições são formatadas com um sistema de arquivos. Na guia Ferramentas clique em Desfragmentar agora. Algumas dessas ferramentas incluem verificação de erro do disco. o efeito do processo é mínimo. Você pode acessar o utilitário Gerenciamento de disco das seguintes formas:  No menu Iniciar . escolha Configurações > Painel de controle > Ferramentas administrativas > Gerenciamento do computador. em seguida. o Internet Explorer (IE). 12. ele será iniciado quando o PC for iniciado. Os dois sistemas de arquivos disponíveis no Windows XP são FAT32 e NTFS. Considerando que os arquivos temporários utilizam espaço no disco rígido que poderia ser usado para outros arquivos. Os arquivos temporários geralmente ficam localizados em:  C:\temp  C:\tmp  C:\windows\temp  C:\windows\tmp  C:\documents and settings\%USERPROFILE%\local settings\temp Serviços Os serviços são tipos de aplicação executados em segundo plano para atingir uma meta específica ou aguardar uma solicitação. O disco rígido tem que pesquisar várias áreas do disco rígido para localizar todo o arquivo. Os serviços manuais. A memória vitual é um arquivo de paginação ou de troca que é constantemente lido dentro e fora da RAM. SelecionePropriedades. use um dos seguintes caminhos:  Iniciar > Configurações > Painel de controle >Sistema > guia Avançado > Opções de desempenho ou  Iniciar > Painel de controle > Desempenho e manutenção > Sistema > Avançado > Desempenho >Configurações > Avançado Desfragmentador de disco Para ajudar a otimizar os arquivos no disco rígido. Para evitar essa brecha de segurança. 12. conforme necessário. é importante verificá-los e excluí-los. mas esta prática pode causar problemas de segurança. como DHCP ou Atualizações automáticas for definido como automático. fonte de energia ininterrupta).  No menu Iniciar. o caminho para encontrar e definir as configurações da memória virtual é diferente. A única configuração que você deve alterar é o local do arquivo de troca.2. No entanto. Por exemplo. conforme mostrado na Figura 2. alguns arquivos temporários devem ser excluídos manualmente. Consulte a Figura 3 para obter os serviços disponíveis em um computador. Quando isso ocorre para milhares de arquivos. NTFS apresenta maior estabilidade e recursos de segurança.2. a unidade C: é a partição ativa e contém os arquivos do sistema e de inicialização. clique duas vezes em Gerenciamento de disco. o processo irá retardar fisicamente a leitura e a gravação de um arquivo no disco rígido. mas os métodos de otimização e os procedimentos são diferentes. Para acessar as configurações de memória virtual no Windows XP. precisam ser configurados manualmente. Alguns usuários criam partições adicionais para organizar os arquivos ou para efetuar dual-boot no computador. que geralmente são excluídos automaticamente quando o aplicativo ou sistema operacional termina de usá-los. Otimizar os navegadores e o aplicativo de e-mail aumenta o desempenho do computador. você deve permitir que o Windows gerencie o tamanho do arquivo de troca. Os conceitos podem ser os mesmos pelos sistemas operacionais. enquanto a memória virtual desempenha a mesma função em um sistema operacional Windows 98 e Windows XP. como suporte de um UPS (Uninterruptible Power Supply. a cada dois ou três meses. Ferramentas do sistema Para manter e otimizar um sistema operacional. você pode acessar várias ferramentas no Windows. Arquivos temporários Quase todo programa usa arquivos temporários. Geralmente. Isso pode tornar o sistema operacional lento. os arquivos são alterados de contíguo no disco para disperso no disco. como desativação do spooler da impressora. Você deve ser membro do grupo do administrador para fazer esta alteração. os sistemas operacionais do Windows fornecem um utilitário de desfragmentação. Por exemplo. Para desfragmentar uma unidade. você sempre deve mostrar as extensões do arquivo fazendo o seguinte: No menu Iniciar. Há quatro configurações ou estados que podem ser usados para controlar os serviços:  Automático  Manual  Desativado  Interrompido Se um serviço.

O Outlook Express é uma ferramenta de e-mail que é um componente do sistema operacional Microsoft Windows.7 Definir a resolução de tela e atualizar o driver de vídeo Depois que o sistema operacional for instalado. Você deve ter as seguintes informações disponíveis ao instalar as contas de e-mail no software de cliente de email:  Nome para exibição  Endereço de e-mail  Tipo de servidor de e-mail de entrada. Na área Arquivos de Internet temporários clique em Configurações. Clique nas guias da Figura 1 para explorar outras opções de configuração do IE. O IMAP sincroniza as pastas de e-mail entre o servidor e o cliente. é usado em conjunto com o SMTP. você pode obter resultados de exibição inesperados de diferentes placas de vídeo e monitores. extensões multifunção para mensagens da Internet) – Estende o formato de e-mail para incluir texto no padrão ASCII. azul).como POP3 ou IMAP  Nome do servidor de e-mail de entrada  Nome do servidor de e-mail de saída  Nome do usuário  Senha da conta Os protocolos usados no e-mail incluem o seguinte:  Protocolo de correio versão 3 (POP3) – Recupera e-mails de um servidor remoto para TCP/IP. Normalmente. se a resolução definida for muito alta.  Taxa de atualização – Determina a freqüência na qual a imagem da tela é reprojetada. imagens e documentos de processadores de texto. Ele não deixa uma cópia do e-mail no servidor. A taxa de atualização é expressa em Hertz (Hz). o monitor não produz a mesma imagem. Consulte a Figura 1 para obter as configurações de resolução de tela em um computador Windows XP Professional. no entanto. 12. protocolo de transferência de correio simples) – Transmite e-mails através de uma rede TCP/IP. As cores são criadas variando a intensidade das três cores básicas (vermelho. A ferramenta de armazenamento de arquivos no IE faz download das cópias das imagens ou dos arquivos HTML dos sites visitados para o disco rígido. maior o número de cores. Os resultados inesperados podem incluir uma área de trabalho do Windows que não utiliza a área total da tela ou uma tela branca. ele é aberto de forma mais rápida. Armazenar em cache ou armazenar arquivos da Internet é um recurso do navegador que é usado para agilizar o processo de acesso ao sites visitados anteriormente.  SMTP (Simple Mail Transfer Protocol. Os recursos adicionais estão disponíveis com o software de e-mail:  Regras de manipulação automática de e-mails  Codificação de e-mail diferente.2.  IMAP (Internet Message Access Protocol.aparência do navegador e da homepage.  Cores de exibição – Determina o número de cores visíveis na tela imediatamente. Quanto mais bits. A seguir há uma lista de tonalidades de cores: . Essas configurações de IE permitem que você controle o tamanho do cache e quando o cache deve ser atualizado:  A cada visita à página  Cada vez que você iniciar o IE  Automaticamente  Nunca Para acessar as configurações de cache. você deve fornecer informações sobre sua conta de e-mail. mais estável a imagem da tela. verde. conforme mostrado na Figura 1. abra a janela do navegador do IE eescolha Ferramentas > Opções da Internet. É o formato de e-mail de texto que usa somente codificação ASCII. uma cópia do email é deixada no servidor até que você mova o e-mail para uma pasta pessoal em seu aplicativo de email. utilização e configuração de um software de e-mail O software de e-mail pode ser instalado como parte de um navegador ou como um aplicativo independente.  MIME (Multipurpose Internet Mail Extensions.6 Descrever a instalação. porque os arquivos estão no cache do disco local e não precisam ser baixados novamente. texto sem formatação ou rich text  Grupos de notícias 12. Ao usar uma tela de LCD. por exemplo. Os arquivos armazenados em cache no navegador podem ficar desatualizados ou muito grandes. Você pode alterar as configurações da tela na guia Configurações do applet do painel de controle Exibir propriedades:  Resolução da tela – Determina o número de pixels. Se a resolução de tela não for definida adequadamente. a resolução deve ser definida para o modo nativo ou resolução nativa. Para configurar o Outlook Express. Para acessar as configurações no IE. As configurações adicionais permitem que você visualize ou exclua as informações salvas pelo navegador:  Histórico  Arquivos temporários  Cookies  Senhas  Informações no formato da Web OBSERVAÇÃO: Os cookies são informações transmitidas entre um navegador e um servidor da Web com o objetivo de rastrear informações do usuário para personalizar a página enviada ao usuário. Se você mover do modo nativo. bem como outros formatos. você deve definir a resolução de tela para atender aos requisitos do cliente. O modo nativo é a resolução de tela que é igual ao número de pixels que o monitor possui. algumas implementações permitem que os usuários especifiquem qual e-mail será salvo durante determinado período. Quanto mais alta a taxa de atualização. Geralmente. abra a janela do navegador do IE e escolha Ferramentas > Opções da Internet. Um número mais alto de pixels exibe uma resolução e imagem melhor. protocolo de acesso às mensagens de Internet) – Permite que os clientes de e-mail local recuperem e-mails de um servidor. Quando você revisita o site. como HTML.2.

Embora isso possa ser caro. Execute as etapas a seguir para obter o melhor desempenho gráfico: 1. os pontos de restauração não podem recuperar os dados perdidos. Uma atualização do Windows XP pode ser executada de um CD ou através de uma rede. 5. Windows 98 SE e Windows Me pode ser atualizado para Windows XP Home ou Windows XP Professional. Consulte a Figura 2 para obter o utilitário de atualização do driver de vídeo do Windows XP Professional. enquanto outros aplicativos de software exigem uma versão mais antiga. você ganha funcionalidade avançada. Quando as versões mais recentes de um sistema operacional são liberadas. Você pode fazer download gratuito do Supervisor de atualização a partir do site do Microsoft Windows.ini pode ser editado para alterar a ordem dos sistemas operacionais.1 Programar tarefas e atualizações automáticas Você pode automatizar as tarefas no Windows XP usando o utilitário Tarefas agendadas.1 e Windows 95 não pode ser atualizado para Windows XP. você pode usar pontos de restauração para restaurar o sistema a um estado anterior. OBSERVAÇÃO: Não esqueça de fazer backup de todos os dados antes de iniciar a atualização. 4. Você deve certificar-se de que o novo sistema operacional é compatível com o computador. Para editar o arquivo boot. você estará apto a:  Programar tarefas e atualizações automáticas. Consulte a Figura 1 para obter uma amostra do arquivo boot. Depois que o sistema operacional for carregado.4 Descrever os procedimentos de manutenção preventiva dos sistemas operacionais A manutenção preventiva de um sistema operacional inclui tarefas automáticas para executar atualizações programadas. 12. definidos pelo usuário e. verifique se o driver é totalmente compatível com a placa gráfica.ini. é gerado um relatório para informá-lo de quaisquer problemas. reinicie o computador. 2. pressione a tecla F8 . em seguida. OBSERVAÇÃO: A desativação do software antivírus deixa o computador vulnerável a vírus e não deve ser feita se você estiver conectado à Internet. Durante a instalação.256 cores . o tempo de inicialização deve ser alterado para 5 ou 10 segundos para inicializar o computador mais rápido. Geralmente. o suporte para os sistemas operacionais mais antigos é removido. selecione Driver de reversão de Propriedades da placa gráfica. Para investigar o problema e restaurar as configurações.4. Na áreaInicialização e recuperação selecione Configurações.24 bits de cor (True Color) 16 milhões de cores . Durante a fase de reinicialização. Os produtos de hardware estão chegando continuamente no mercado. No entanto. durante o processo de inicialização. Nem todos os sistemas operacionais mais antigos do Windows são atualizáveis para as versões mais recentes. executa as tarefas quando os critérios forem atendidos. Reinicie o computador. 12.ini determinar que existe mais de um sistema operacional. Você deve instalar o sistema operacional mais antigo na partição primária ou no disco rígido marcado como a partição ativa primeiro.536 cores . geralmente você deve ter mais de um disco rígido ou o disco rígido deve conter mais de uma partição. clique com o botão direito do mouse na guia Meu computador > Propriedades > Avançado. Alguns aplicativos de software podem exigir a versão mais recente de um sistema operacional. Os arquivos de boot são instalados automaticamente na partição ativa. Se um driver ou sistema for corrompido. você não pode exibir a tela quando reiniciar o computador. O arquivo boot. Você também pode editar o arquivo para o período de uma seleção de sistema operacional que pode ser feita durante a fase de inicialização. Informe as opções de inicialização quando solicitado e selecione Ativar modo VGA para usar uma resolução de 640 x 480. Faça download do driver mais recente no site do fabricante.0 com Service Pack 6 e Windows 2000 Professional pode ser atualizado somente para Windows XP Professional.24 bits (True Color com preenchimento de 8 bits para permitir processamento de 32 bits) Ao solucionar um problema de exibição. o tempo padrão para selecionar um sistema operacional é 30 segundos. Isso sempre atrasa o tempo de inicialização do computador por 30 segundos. Instale o novo driver. O Windows pode instalar um driver padrão que funciona. Você deve fazer algumas pesquisas para determinar possíveis problemas com o driver que você tentou instalar. Depois que o Supervisor de atualização for concluído. Quando o arquivo boot. Após a conclusão desta seção. conforme descrito na lista a seguir:  Windows 98.16 bits de cor (High Color) 16 milhões de cores .ini.  Windows NT workstation 4. A Microsoft fornece um utilitário chamado Supervisor de atualização para digitalizar o sistema para verificar problemas de incompatibilidade. Isso também inclui a instalação de pacotes de serviço que ajudam a manter o sistema atualizado e compatível com novo software e hardware. você deve instalar o segundo sistema operacional na segunda partição ou no disco rígido. mas não fornece todas as opções disponíveis para melhor visualização e desempenho. 12. Remova o driver atual.  Windows 3. Tarefas agendadas da GUI Algumas das tarefas comuns que são automatizadas usando o utilitário Tarefas agendadas incluem o seguinte: o o o o .2. Clique em Editar.ini é criado na partição ativa para permitir a seleção do sistema operacional a ser acionado na inicialização.8 bits de cor 65. o arquivo boot. No arquivo boot. O utilitário Tarefas agendadas monitora os critérios selecionados. O novo projeto de produtos geralmente exige que o sistema operacional mais recente seja instalado para funcionar corretamente.8 Descrever a instalação de um segundo sistema operacional Você pode ter vários sistemas operacionais em um único computador. Há um processo de dual-boot para vários sistemas operacionais em um computador.  Definir pontos de restauração. a menos que o usuário intervenha para selecionar um sistema operacional específico. A incompatibilidade de hardware é o motivo mais comum de falha no processo de atualização. Por exemplo. 12. depois de executar as etapas de desempenho gráfico. Você pode ter problemas ao instalar ou reinstalar um driver de vídeo. Configuração de dual-boot Para criar um sistema dual-boot no Microsoft Windows. através de novos recursos e suporte para hardware mais recente. antes de atualizar para os sistemas operacionais mais recentes do Windows. será solicitado que você escolha o sistema operacional que deseja carregar.3 Descrever como atualizar os sistemas operacionais Um sistema operacional deve ser atualizado periodicamente para ficar compatível com o hardware e o software mais recente. Desative o software antivírus. conseqüentemente.ini. Em seguida. 3.

como um driver que não opera adequadamente. A Figura 4 lista algumas soluções rápidas para os problemas do sistema operacional. A desinstalação do aplicativo ou driver de hardware normalmente corrige o problema. redes ou alguma combinação desses três itens.3 Aplicar as habilidades para solução de problemas Agora que você compreendeu o processo de solução de problemas. se o computador estiver funcionando  Manualmente. Para abrir o utilitário Restauração do sistema. 12.4. como um sistema que trava. O Windows XP pode criar pontos de restauração nos seguintes casos:  Quando ocorre uma instalação ou atualização  A cada 24 horas. A Figura 1 é um gráfico de problemas e soluções comuns de hardware. 12. 12. instale os patches e as atualizações mais recentes do Windows. Se a desinstalação não resolver o problema. mas eu decidirei quando instalá-las  Notificar-me de atualizações. Para saber mais sobre o comando em. verifique os problemas óbvios.5 Solucionar problemas de sistemas operacionais O processo de solução de problemas ajuda a resolver problemas do sistema operacional.Limpeza de disco Backup Desfragmentador de disco Inicialização de outros aplicativos Para abrir o assistente Tarefas agendadas. A figura 6 mostra os recursos das possíveis soluções. A primeira etapa no processo de solução de problemas é obter os dados do cliente. A função de reinicialização automática pode ser desativada no menu Opções de inicialização avançadas. Use as etapas da solução de problemas como orientações para ajudá-lo a diagnosticar e reparar os problemas. A restauração do sistema não faz backup dos arquivos de dados pessoais nem recupera arquivos pessoais que foram corrompidos ou excluídos. até questões mais complexas. A figura 5 mostra as diferentes maneiras de obter informações sobre o problema do computador.5. selecione Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Ferramentas do Sistema > Restauração do sistema. verifique se os drivers de hardware e software são compatíveis. em seguida.1 Revisar o processo de solução de problemas Os técnicos de computador devem estar aptos a analisar o problema e determinar a causa do erro para reparar o computador. o computador pode ser reiniciado automaticamente.  Identificar problemas e soluções comuns. pressione Voltar. mostrada na Figura 2 é encontrada no Painel de controle. 12.2 Definir pontos de restauração Os pontos de restauração retornam o sistema operacional a um período predefinido.     . a qualquer hora Os pontos de restauração contêm informações sobre configurações do sistema e do registro que são usadas pelos sistemas operacionais do Windows. As figuras 1 e 2 listam as perguntas iniciais e finais que devem ser feitas ao cliente.  Aplicar as habilidades para solução de problemas. Clique duas vezes em Adicionar tarefa agendadaconforme mostrado na Figura 1. como uma unidade de fita. você estará apto a:  Revisar o processo de solução de problemas. Se as soluções rápidas não corrigirem o problema. Este processo é chamado de solução de problemas. 12. Quando o sistema trava durante a inicialização. escolha Iniciar > Executar. O BSoD geralmente é causado por erros de driver do dispositivo. O Log de eventos e outros utilitários de diagnóstico estão disponíveis para pesquisar um erro de paralisação ou erro BSoD. pesquisar e implementar as possíveis soluções. você deve usar um sistema de backup dedicado. é hora de obter dados sobre o computador. Este tipo de erro é conhecido como BSoD (blue screen of death. Você também pode usar o comando em no utilitário da linha de comando para agendar automaticamente um comando. software. A figura 3 lista os problemas que se aplicam ao sistema operacional. a instalação de um aplicativo ou driver de hardware pode causar instabilidade ou criar alterações inesperadas no computador. Tarefas agendadas de CLI O utilitário Tarefas agendadas é um utilitário GUI baseado no Windows. digite em/?. No prompt de comando. tente aplicar as soluções rápidas. CDs ou até mesmo um dispositivo de armazenamento USB. No prompt CLI. tela azul) e aparece quando o sistema não é capaz de se recuperar de um erro.5. Em alguns casos. é hora de aplicar suas habilidades de escuta e de diagnóstico. mas não baixá-las ou instalá-las automaticamente  Desativar atualizações automáticas A tela Atualizações automáticas. Um erro de paralisação é um defeito de hardware ou de software que trava o sistema.2 Identificar problemas e soluções comuns Os problemas do computador podem estar relacionados a hardware. Para usar o comando em você deve estar conectado como membro do grupo Administradores. A reinicialização é causada pela função de reinicialização automática do Windows e dificulta a visualização da mensagem de erro. digite cmd e. Para fazer backup dos dados. Depois de verificar os problemas óbvios. Para evitar esses tipos de erros. encerre a questão com o cliente.5. Esses problemas variam desde algo simples. Depois que o problema for solucionado. você terá informações suficientes para avaliar o problema. arquivo de script ou um aplicativo para ser executado em uma data e hora específicos. Após a conclusão desta seção. Além disso. selecione Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Ferramentas do sistema > Tarefas agendadas. Durante a conversa com o cliente. A figura 7 é uma lista das tarefas obrigatórias para concluir esta etapa. Atualizações automáticas do Windows Você deve usar um dos seguintes métodos para configurar atualizações para o sistema operacional Windows XP:  Automática (é necessário especificar uma data e hora)  Baixar atualizações. Neste ponto. Alguns tipos de problemas do computador serão solucionados com mais freqüência que outros. você deve tentar restaurar o computador para um período anterior no qual o sistema estava funcionando corretamente.

conforme mostrado na Figura 2. Você aprendeu as diferenças entre os sistemas operacionais e os sistemas operacionais de rede. Consertar laptops pode ser muito desafiante. rede pessoal) Bluetooth é limitada pelo volume de energia usado pelos dispositivos na PAN. alguns fabricantes exigem que você conclua o treinamento de certificação especializada para executar reparos no laptop. à medida que mais pessoas usarem dispositivos sem fio. Instituto de engenharia elétrica e eletrônica). antes deles começarem. Durante sua carreira. Um dispositivo Bluetooth pode conectar-se com até sete outros dispositivos Bluetooth para criar uma WPAN (Wireless Personal Area Network. estão abrindo em muitos países. rede pessoal sem fio). Os dispositivos Bluetooth são divididos em três classificações. as instalações para dispositivos sem fio.  Descrever como solucionar problemas em um laptop.4 a 2. No entanto. a popularidade dos laptops e dispositivos portáteis continuará crescendo. Os dispositivos Bluetooth são capazes de tratar voz e dados e são adequados para conectar os seguintes dispositivos:  Laptops  Impressoras  Câmeras  PDAs  Ttelefones celulares  Fones de ouvido com recurso de mãos-livre Consulte a Figura 1 para obter as características comuns de Bluetooth. Após a conclusão deste capítulo. A rede Bluetooth mais comum é a Classe 2. Neste laboratório.0Introdução Com o aumento na demanda de mobilidade. que é a banda ISM . Todos os laptops usam baterias quando eles estão desconectados de uma fonte de energia. As universidades usam redes sem fio para que os alunos registrem-se nas aulas. Esta especificação técnica é descrita pelo IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers. Para facilitar a mobilidade. que tem uma faixa de aproximadamente 33 pés (10 m). Esta tendência para comunicação sem fio continuará crescendo. O segundo laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades de comunicação e solução de problemas. jogar e se comunicar sempre que quiserem.  Selecionar componentes do laptop. assim como do laptop e do dispositivo portátil que elas possuem.  Saber como a manutenção preventiva pode evitar problemas.1 Descrever os métodos de comunicação sem fio de laptops e dispositivos portáteis Os dispositivos sem fio fornecem às pessoas a liberdade de trabalhar. aprender. Dominar as habilidades necessárias para trabalhar em laptops é importante para o progresso de sua carreira. Após a conclusão desta seção. 13. Os dispositivos Bluetooth operam na faixa de freqüência de rádio de 2.  Relacionar cuidadosamente as necessidades do cliente com as tecnologias adequadas. Como técnico.  Descrever os procedimentos de manutenção preventiva para laptops. participem de conferências e enviem tarefas. Como conseqüência. você precisará configurar. serão realizadas as seguintes etapas:  Receber a ordem de trabalho  Indicar ao cliente as várias etapas para tentar e solucionar o problema  Documentar o problema e a solução 12. O conhecimento que você adquire em relação aos computadores de mesa o ajudará a consertar os laptops e dispositivos portáteis. reparar e fazer manutenção nesses dispositivos. como Cyber Cafés.  Saber as diferenças entre os sistemas operacionais comuns. Você também aprendeu algumas dicas de otimização dos sistemas operacionais.  Descrever a Tecnologia via Satélite 13.485 GHz.O primeiro laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades com o sistema operacional.  Descrever reparos de laptops e dispositivos portáteis. As bases multifuncionais geralmente são usadas para conectar um laptop a dispositivos periféricos. otimizar e solucionar problemas dessas bases multifuncionais e acessórios. Os conceitos a seguir discutidos neste capítulo serão úteis durante a seleção e instalação de um sistema operacional:  Certificar-se de que você entendeu totalmente as necessidades de tecnologia do cliente.1 Descrever a Tecnologia Bluetooth Bluetooth é uma tecnologia sem fio que permite que os dispositivos se comuniquem a pequenas distâncias. há diferenças importantes entre as duas tecnologias.6 Resumo Este capítulo discutiu como selecionar um sistema operacional com base nas necessidades do cliente. os laptops e os dispositivos portáteis usam mais tecnologia sem fio que os computadores de mesa. As pessoas que usam os dispositivos com recursos sem fio não precisam ficar presas a um local físico para enviar e receber comunicações de voz. vídeo e dados. criando partições. você estará apto a:  Descrever a Tecnologia Bluetooth.  Descrever a Tecnologia Wi-Fi. dessa forma. Os laboratórios o ajudaram a se familiarizar com o Windows XP. Capítulo 13: Laptops e dispositivos portáteis avançados 13.  Saber os diferentes métodos para instalar um sistema operacional. A distância de uma PAN (personal area network. Você irá verificar os pontos de restauração antes e após usar o Windows Update.  Saber como atualizar os diferentes sistemas operacionais.  Saber que procedimentos de manutenção preventiva são apropriados para o cliente. personalizando memória virtual e agendando tarefas. nas áreas em que as conexões físicas à rede não estão disponíveis.  Descrever a Tecnologia por Infravermelho. Muitos componentes do laptop são proprietários.1. e também como solucionar um problema de um computador a partir da perspectiva de um técnico de nível dois. você estará apto a:  Descrever os métodos de comunicação sem fio de laptops e dispositivos portáteis. você terá que saber como configurar.  Descrever a Tecnologia WAN para Celular.  Saber como solucionar problemas do sistema operacional.

você deve instalar um adaptador que foi desenvolvido para trabalhar com redes celulares. 13.4 Descrever a Tecnologia Wi-Fi A tecnologia Wi-Fi sem fio tem como base as especificações e os padrões de rede IEEE 802. as WANs para celular ainda são rápidas o suficiente para serem classificadas como conexão de alta velocidade.1. Com um adaptador de WAN para celular instalado.  Os dispositivos de dispersão de infravermelho podem estabelecer conexão sem uma linha de visão. vídeo e dados simultaneamente. Muitos dispositivos infravermelhos conectam-se à porta USB em um laptop ou computador de mesa. Esta banda geralmente não exige uma licença.11. O infravermelho transmite os dados usando os LEDs (light-emitting diode. os termos 802.Fornece taxas de dados realçada e confiabilidade de dados melhorada  EV-DO (Evolution-Data Optimized. A instalação é semelhante a configuração de uma conexão de rede de área local. número de identificação pessoal). 1800 MHz e 1900 MHz  SMS (Short Message Service. A AFH também permite que o dispositivo saiba as freqüências que já estão em uso e escolha um subconjunto diferente de saltos de freqüências. diodo emissor de luz) e recebe os dados usando fotodiodos. Consulte a Figura 1 para conhecer as características de WAN para celular. A primeira vez que um dispositivo Bluetooth é conectado.11 principais:  802.2 Descrever a Tecnologia por Infravermelho A tecnologia sem fio por infravermelho é uma tecnologia sem fio de baixo alcance.  Refletivo . O padrão Bluetooth incorpora AFH (adaptive frequency hopping.Mensagens de texto  MMS (Multimedia Messaging Service. Essas placas são conectadas ao slot da placa do PC ou são incorporadas ao laptop. desobstruída entre os dispositivos.11 e Wi-Fi são intercambiáveis. salto de freqüência adaptativa). 802. Um adaptador de celular precisa suportar alguns ou todos os itens a seguir:  GSM (Global System for Mobile Communications. Embora mais lentas que as conexões de cabo e de DSL. Depois que o computador detectar o novo dispositivo.11b  802.Mensagens de multimídia  EDGE (Enhanced Data Rates. Isso também permite o uso de laptops e dispositivos portáteis remotamente. As medidas de seguranças estão incluídas no padrão Bluetooth. O número 802. Evolução de dados otimizados) . mas tem algumas limitações:  A luz infravermelha não pode penetrar em tetos ou paredes. conforme mostrado na Figura 2. As placas WAN para celular. Serviço de mensagens curtas) . a IrDA (Infrared Data Association. Taxas de dados realçada) para GSM Evolution . No entanto. como luz fluorescente. Serviço geral de pacotes por rádio) – Serviço de dados para usuários do GSM. sistema global para comunicações móveis) – Rede mundial de celular  GPRS (General Packet Radio Service.  Quad-band . conforme mostrado na Figura 2.11.O sinal é transmitido somente se houver uma visão clara.11a  802. prática.(Industrial. A AFH permite que os sinais "saltem" usando diferentes freqüências dentro da faixa de Bluetooth. 13. o dispositivo é autenticado usando um PIN (personal identification number. as redes celulares foram desenvolvidas somente para comunicação de voz. Conseqüentemente. um usuário de laptop é capaz de se locomover e acessar a Internet. são Plug and Play (PnP).11g . Associação de dados infravermelhos) define as especificações de comunicação sem fio por infravermelho. se o equipamento aprovado for usado. Scientific and Medical. 13.  Teleponto óptico de banda larga – A transmissão pode atender aos requisitos de multimídia de alta qualidade. Para conectar um laptop a uma WAN para celular.  Os sinais de infravermelho são suscetíveis a interferência e diluição por fontes de luz fortes. reduzindo assim a chance de interferência quando os vários dispositivos Bluetooth estão presentes.  As distâncias de infrainfravermelho devem ser de 3 pés (1m) ou menos quando usadas para comunicações do computador. Industrial.  Dispersão – O sinal encobre telhados e paredes. baixa energia.1. As redes sem fio por infravermelho não são regulamentadas globalmente.11 indica um conjunto de padrões especificados na documentação IEEE 802. Há atualmente quatro padrões Wi-Fi. A Figura 1 mostra algumas características da Wi-Fi. Consulte a Figura 1 para obter as características de infravermelho. As redes de infravermelho são ideais para conectar laptops aos seguintes tipos de dispositivos que estiverem próximos:  Projetor multimídia  PDA  Impressora  Controle remoto  Mouse sem fio  Teclado sem fio A configuração dos dispositivos infravermelhos é muito simples.Permite que um telefone celular opere em todas as quatro freqüências de GSM: 850 MHz.1.O sinal é enviado a um transceptor óptico e é redirecionado ao dispositivo de recebimento. Bluetooth suporta criptografia de 128 bits e autenticação PIN. o Windows XP instalará os drivers apropriados.Taxas de download mais rápidas A conexão a uma WAN para celular é um processo simples. A tecnologia celular se desenvolveu e agora permite a transferência de voz. mas as taxas de transferência de dados são inferiores e as distâncias são mais curtas. Infravermelho é uma solução de conexão de baixo alcance. 900 MHz. Há quatro tipos de redes de infravermelho:  Linha de visão . científica e médica).3 Descrever a Tecnologia WAN para Celular Originalmente. Serviço de mensagens multimídia) .

Os padrões 802. a tela só poderá ser vista quando observada de um determinado ângulo.11x. Um canal é usado para upload e outro para download. O WPA usa uma chave de criptografia de 128 bits que deve ser ativada em todos os dispositivos sem fio. A peças que não devem ser substituídas pelo cliente são conhecidas como FRUs (Field Replaceable Units. Os padrões de Wi-Fi Protected Access (WPA.  Habilite a segurança em redes domésticas. será preciso enviar o laptop a um centro de reparo regional ou ao fabricante.11a foi desenvolvido para usar a banda de freqüência de 5 GHz.1.11n (padrão de teste) Os técnicos em geral se referem aos padrões Wi-Fi apenas pelas letras finais. Se a luz de fundo falhar. porém. o fabricante poderá optar por substituir o laptop em vez de tentar repará-lo. o dispositivo precisa ser levado ao local de compra.11n foi lançado no formato de teste em 2006 e podem ser modificado um pouco antes de se tornar um padrão IEEE oficial. Você quer mais funções. Em alguns casos.11b.4 GHz. mais rápidas que as conexões via telefone por modem. Se efetuar reparos por conta própria em um laptop. Por esse motivo.4 GHz. onde a maioria dos satélites da Terra está em órbita. você deverá sempre fazer cópias de segurança dos dados e desconectar o dispositivo da fonte de alimentação. A conexão via satélite tem algumas vantagens:  Acesso à Internet com alta velocidade. o 802. A grande quantidade de tráfego pode fazer com que os sinais sem fio na faixa de 2. um técnico pode se referir a um roteador sem fio 802. Em muitos casos.4 GHz sofram a interferência de outros dispositivos sem fio na faixa de 2. sem criptografia. 13. Como resultado.4 GHz não é regulada e é bastante utilizada. O padrão 802. O padrão 802. atualmente. As FRUs incluem componentes como placa-mãe. como uma placa para PC sem fio que seja compatível com novos padrões. A instalação e a configuração corretas de um sistema de satélite são importantes para que o sistema funcione de maneira eficaz. unidades substituíveis pelo cliente) – que podem ser substituídas pelo cliente. que tinha problemas de segurança conhecidos. Ao implementar . 802. disponível em áreas remotas e rurais  Downloads de arquivos rápidos  A antena parabólica também pode ser usada para TV. WPA2) são usados para proteger as redes Wi-Fi. A seguir. A segurança é a preocupação principal das redes sem fio.11n usam a banda de freqüência de 2.2 Descrever reparos para laptops e dispositivos portáteis Quando um laptop ou dispositivo portátil começa a apresentar defeitos. Os reparos incluem a substituição da tela de LCD. As conexões de Internet via satélite usam canais de dados bidirecionais.  Use uma conexão VPN quando possível. Se o dano ao laptop for grave ou precisar de ferramentas e softwares especializados.11g foi lançado em 2003 e é. 802.11b simplesmente como roteador “b”. o padrão 802. CUIDADO: Antes de tentar reparar um laptop ou dispositivo portátil. As conexões via satélite são mais lentas que as conexões a cabo ou DSL. Por exemplo.5 Descrever a Tecnologia via Satélite O serviço de satélite é ideal para usuários remotos ou de áreas rurais que precisam de acesso de banda larga de alta velocidade em áreas onde nenhum outro serviço de alta velocidade está disponível.11g e 802. Um centro de reparo pode efetuar reparos em laptops fabricados por diversos fabricantes ou se especializar em uma marca específica e ser considerado um revendedor autorizado para serviços de reparo e garantia. Mesmo se você apontar a antena parabólica para a direção da Linha do Equador. fazendo com que essa seja uma conexão assimétrica similar à DSL. unidades substituíveis em campo). São necessários equipamentos específicos para configurar uma conexão via satélite:  Antena parabólica de 610 mm  Modem para uplink e downlink  Cabo coaxial e conectores 13. Você quer melhorar o desempenho adicionando memória. com velocidades de upload ao redor de 50 Kbps. Entretanto. As precauções a seguir devem ser consideradas para fins de segurança:  Nunca envie informações de login ou senha usando texto simples. A peça original pode estar desgastada.  Use segurança de WPA (Wi-Fi Protected Access). a um serviço técnico autorizado ou até mesmo ao fabricante. Se não houver nenhum serviço local disponível.11ª não é compatível com outros padrões 802. As velocidades de download ficam em geral na faixa dos 500 Kbps. monitor LCD e teclado para laptops. Consulte a Figura 2 para verificar as informações de taxa e faixa de dados. os reparos mais comuns executados em centros de reparo locais:  Diagnósticos de hardware e software  Recuperação e transferência de dados  Atualizações e instalação de disco rígido  Atualizações e instalação de RAM  Substituição de cooler e teclado  Limpeza interna do laptop  Reparo da tela de LCD  Reparo da luz de fundo e do inversor de LCD A maioria dos reparos efetuados em monitores de LCD deve ser feita em um centro de reparo. as conexões de rede de alta velocidade via satélite serão recomendadas apenas se não houver conexão via cabo ou DSL. bidirecional. 13. verifique a garantia para saber se os reparos durante o período de garantia devem ser efetuados em um centro de serviço autorizado para evitar a sua invalidação. da luz de fundo que acende na tela para iluminar o monitor e do inversor que produz a alta tensão exigida pela luz de fundo.3 Selecionar componentes do laptop Os componentes de um laptop precisam ser substituídos por vários motivos. o padrão Wi-Fi mais comum. Consulte a Figura 1 para conhecer as características de satélite comuns. As CRUs incluem componentes como bateria e RAM adicional para laptops. danificada ou com defeito. o que deve ser feito? Há algumas peças de um laptop – normalmente conhecidas como CRUs (Customer Replaceable Units. as obstruções e as condições climáticas adversas poderão ainda interferir na recepção do sinal. Qualquer pessoa dentro da área de cobertura de um roteador sem fio tem grandes chances de conseguir acessar a rede. uma linha telefônica e um modem são usados para o upload. devido ao custo inicial mais alto e às velocidades relativamente mais baixas. O download e o upload podem ser feitos por meio de uma conexão via satélite. O WPA usa uma tecnologia de criptografia e autenticação sofisticada para proteger o fluxo de dados entre os dispositivos Wi-Fi. Ele foi introduzido para substituir o Wired Equivalent Privacy (WEP). A banda de freqüência de 2.

Há várias opções ao se adicionar. mas alguns são óbvios:  O laptop desliga imediatamente quando a alimentação CA é removida  A bateria está vazando  A bateria superaquece  A bateria não segura a carga Se presenciar problemas que suspeite que estejam relacionados à bateria. troque-a por uma bateria boa e conhecida compatível com o laptop. Outras bases multifuncionais foram desenvolvidas para conexão direta a uma porta USB do laptop. saída para TV  Porta USB 2. É sempre uma boa idéia adquirir componentes de um revendedor idôneo e pesquisar as informações de garantia. hardware para montagem.3 Selecionar dispositivos de armazenamento Os dispositivos de armazenamento são CRUs. cabos. discos rígidos adicionais. Os componentes em geral são divididos em duas categorias: embalados para varejo ou fabricante de equipamento original (OEM). Tensões. taxas de alimentação e adaptadores CA devem também atender às especificações do fabricante.  Selecionar uma base multifuncional ou replicador de porta. ela deverá ser carregada na capacidade máxima. Esses componentes são normalmente mais baratos e oferecem um período de garantia menor em relação aos componentes similares embalados para o varejo. OBSERVAÇÃO: Sempre siga as instruções fornecidas pelo fabricante ao carregar uma nova bateria. garantia total. Eles exigem que o usuário localize a documentação. conforme indica a Figura 2. podem ser encaixados quando em uso ou desligados. Os embalados para varejo ou caixa para varejo normalmente vêm com documentação. As bases multifuncionais e os replicadores de porta oferecem diversas opções de conexão:  Ethernet (RJ-45)  Modem (RJ-11)  S-Video. unidades ópticas e unidades de disquete. não necessitando de suporte adicional. Os laptops. Elas podem explodir se forem manuseadas ou carregadas incorretamente ou se houver curto-circuito. O laptop pode ser usado durante a carga inicial. os drivers e qualquer hardware adicional necessário. Uma base multifuncional tem as mesmas portas do replicador de porta. Antes de comprar uma base multifuncional ou um replicador de porta. As bases multifuncionais tornam conveniente a conexão com um laptop em uma rede de escritório e com periféricos. As novas baterias devem usar o mesmo diâmetro total da bateria original. 13. Um disco rígido USB externo é conectado a um laptop por meio da porta USB. em sua grande parte. Muitas bases multifuncionais e muitos replicadores de porta são proprietários e funcionam apenas com determinados laptops. Se não for possível encontrar uma bateria de substituição. Certifique-se de que o carregador de bateria seja o indicado para a composição química. você estará apto a:  Selecionar baterias.  Selecionar dispositivos de armazenamento. Um outro tipo de unidade externa é o disco rígido externo IEEE 1394 conectado à porta FireWire. tamanho e tensão de sua bateria. As baterias recarregáveis de Ni-Cad e NiMH devem ocasionalmente ser descarregadas completamente para remover a memória de carga. a menos que uma garantia exija assistência técnica. A Figura 1 mostra diversas bases multifuncionais e vários replicadores de porta compatíveis com o mesmo laptop. Um laptop é detectado automaticamente quando um .2 Selecionar uma base multifuncional ou replicador de porta As bases multifuncionais e os replicadores de porta aumentam o número de portas disponíveis em um laptop. certifique-se de que todos os componentes novos sejam física e eletricamente compatíveis com os componentes existentes e o sistema operacional. leve a bateria a um centro de reparo autorizado para teste. verifique a documentação do laptop ou o site do fabricante para determinar a marca e o modelo adequados do laptop.qualquer uma dessas alterações.  Selecionar RAM adicional. Os componentes OEM são em geral vendidos sem embalagem. mas não desconecte o adaptador CA. O acréscimo de novos dispositivos no momento do encaixe pode ser feito com o uso da tecnologia PnP.1 Selecionar baterias Como você sabe quando precisa de uma nova bateria para laptop? Os sinais podem não ser sempre aparentes. CUIDADO: Tome sempre cuidado ao manusear as baterias. Após a conclusão desta seção. uma porta de rede. mas tem a opção extra de conexão com placas PCI. portas USB e uma porta para jogos. a unidade menor pode ter uma capacidade de armazenamento maior. drivers e software. A bateria de substituição deve atender às especificações do fabricante do laptop ou excedê-las. As baterias são consideradas resíduos tóxicos e devem ser descartadas de acordo com as leis locais. Um laptop conectado a uma base multifuncional tem os mesmos recursos de um computador de mesa. O uso de componentes OEM pode resultar em grande economia quando as atualizações são realizadas em lotes em vários laptops. substituir ou atualizar o dispositivo de armazenamento de um laptop:  Disco rígido USB externo  Disco rígido FireWire  Gravador de CD/DVD O diâmetro total de um dispositivo de armazenamento de disco rígido interno é menor para um laptop do que para um computador de mesa. Um replicador de porta pode conter uma porta SCSI. que reconhece e configura os componentes recém-adicionados. o software.3. Entretanto. ou com um perfil de hardware separado para o estado de encaixado ou desencaixado.3. 13.3. Quando a bateria estiver completamente descarregada.0  Monitor externo  Porta paralela  Porta serial de alta velocidade  Porta IEEE 1394  Saída para fone de ouvido estérea  Entrada para microfone estérea  Porta multifuncional Algumas bases multifuncionais são conectadas a um laptop por meio de uma porta de base multifuncional localizada na parte inferior do laptop. 13. portas PS/2.

não reativo. É importante selecionar o tipo de memória correto fisicamente compatível com o laptop. Antes de comprar um novo disco rígido interno ou externo.3. determine se o laptop tem slots disponíveis para a adição de memória e se o laptop comporta a quantidade e o tipo de memória a ser acrescentado. o trabalho com o gerente criará uma. As SODIMMs são menores que as DIMMs. desconecte-o de todas as fontes de alimentação. Entretanto. Antes de comprar e instalar RAM adicional. se estiver evidente que o laptop precisa de limpeza.  Explicar como gerenciar o controle de versão de dados entre computadores de mesa e laptops. são recomendados para a limpeza do laptop:  Ar comprimido  Solução de limpeza suave  Cotonetes  Pano de limpeza leve e sem fiapos CUIDADO: Antes de limpar o laptop. Quando estiver limpando o laptop. 13. A Figura 3 mostra onde encontrar a quantidade de RAM na janela Propriedades do sistema: Iniciar > Painel de controle > Sistema > Guia Geral 13. verifique a documentação do laptop ou o site do fabricante para verificar os requisitos de compatibilidade. A RAM adicional aumenta a velocidade de processamento por meio da diminuição do número de vezes que o sistema operacional lê e grava dados no arquivo de troca (swap) do disco rígido. portanto. Um programa de manutenção preventiva eficaz deve incluir uma programação de manutenção de rotina. usam um chip de memória de perfil mais baixo denominado Small Outline DIMM (SODIMM). elas são ideais para uso em laptops. Ao substituir ou adicionar memória. eles têm maior probabilidade. Para confirmar a quantidade de RAM atualmente instalada. A instalação de RAM de expansão pode ajudar a aumentar o desempenho do laptop. Após a conclusão desta seção.disco rígido externo é conectado a uma porta USB ou FireWire. Esse é um método conveniente de criar cópias de segurança e arquivar dados.4 Selecionar RAM adicional O acréscimo de RAM pode fazer com que o laptop fique mais rápido. em alguns laptops. o teclado deve ser removido para o acesso aos slots da RAM. BIOS ou a janela Propriedades do sistema. Os laptops. seja proativo. A maioria dos computadores de mesa usa memória que se encaixa em um slot Dual Inline Memory Module (DIMM). Não faça refeições enquanto estiver trabalhando em seu laptop e feche o aparelho quando ele não estiver em uso. conforme indica a Figura 1. Descrever como programar e desenvolver a manutenção de laptops 13. A documentação em geral contém as Perguntas Freqüentes (FAQs) que podem ser úteis. A programação da manutenção preventiva de um laptop pode incluir práticas exclusivas de uma determinada organização. limpe-o.4. Use a documentação para localizar onde instalar a RAM no laptop. a RAM ajuda o sistema operacional a executar vários aplicativos com mais eficiência. CUIDADO: Antes de instalar a RAM. remove a bateria e desconecte o computador da tomada elétrica para evitar danos relacionados a danos por descarga eletrostática quando estiver instalando os módulos de memória. como indica a Figura 2. em sua maioria. O processamento gráfico em laptops é em geral realizado pela CPU e muitas vezes requer RAM adicional para armazenar o vídeo enquanto a CPU o decodifica para exibição Novas aplicações. de serem expostos a estes materiais e situações:  Sujeira e contaminação  Derramamentos de líquidos  Desgaste e rachaduras  Quedas  Frio ou calor excessivo  Umidade excessiva O gerenciamento adequado de pastas e arquivos de dados pode garantir a integridade dos dados. Como os laptops são portáteis. demandam maior desempenho dos laptops. mas ainda permitem a realização da manutenção quando o uso o exigir. Os dois tipos mais comuns de CDs e DVDs graváveis são o gravável (R) e o regravável (RW). verifique a tela POST. A unidade de CD DVD RW é uma unidade óptica que lê e grava dados de e para um CD e lê dados de um DVD. como indica a Figura 1. Mantenha líquidos afastados do laptop. Grande parte das organizações terá uma programação de manutenção preventiva. mas deverá incluir também estes procedimentos padrão:  Limpeza  Manutenção do disco rígido  Atualizações do software Para manter um laptop limpo. como compartilhamento e edição de vídeo. A manutenção de rotina inclui a limpeza mensal destes componentes:  Gabinete externo  Orifícios de resfriamento  Portas de E/S  Monitor  Teclado OBSERVAÇÃO: A qualquer momento. Os programas de manutenção preventiva mais eficazes requerem um conjunto de rotinas a ser realizado mensalmente. nunca use produtos de limpeza ou soluções fortes que contenham amônia. Não . Além disso. É também importante pesquisar questões conhecidas de componentes para laptop na Internet.1 A manutenção e o cuidado adequados podem ajudar na execução mais eficiente dos componentes do laptop e na ampliação da vida útil do equipamento.4 Descrever os procedimentos de manutenção preventiva para laptops A manutenção preventiva deve ser programada em intervalos regulares para manter os laptops funcionando corretamente. A leitura e a gravação de dados diretamente da RAM é um processo mais rápido do que a utilização de arquivos de troca. impressoras e outros dispositivos onde a manutenção do espaço é algo desejável. Na maioria dos laptops. Materiais não-abrasivos. A marca e o modelo do laptop determina o tipo de chip de RAM necessário. em relação aos computadores de mesa. você estará apto a:  Descrever como programar e desenvolver a manutenção de laptops. consulte a documentação do laptop ou o site do fabricante para verificar as especificações de fator forma. Se uma programação não existir. a RAM é inserida nos slots atrás de uma tampa na parte inferior do gabinete.

4. Depois de verificar os problemas óbvios. funcionarão melhor se os dados estiverem organizados. Na guia Ferramentas. Clique no botão direito do mouse e selecione Propriedades. Se as soluções rápidas não corrigirem o problema.5 Descrever como solucionar problemas em um laptop O processo de solução de problemas ajuda na solução de problemas relacionados ao laptop ou aos periféricos. poderá ser exibida uma mensagem de “confirmação de substituição de arquivo”. A figura 5 mostra as diferentes maneiras de obter informações sobre o problema do laptop. clique em Limpeza de disco. conforme indica a Figura 1. A figura 3 lista os problemas que se aplicam aos laptops. Clique no botão direito do mouse e selecione Propriedades. clique em Desfragmentar agora. Ao mover arquivos de um laptop para um computador de mesa.5. As figuras 1 e 2 listam as perguntas iniciais e finais que devem ser feitas ao cliente. 2. Durante a cópia de um arquivo para uma pasta de destino. 13. Para executar o Desfragmentador de disco [Figura 3]: 1. Fique atento para que os dados copiados de um computador não sobrescrevam. compare as datas e o seu tamanho. Use as etapas da solução de problemas como orientações para ajudá-lo a diagnosticar e reparar os problemas. Depois de solucionar o problema. pesquisar e implementar as possíveis soluções. 13. Esses problemas variam desde algo simples. comece criando uma estrutura de pastas similar em ambos os locais. CUIDADO: Esteja atento para não “recortar” sem querer um arquivo de seu local original ao “copiá -lo”. Uma série de caixas de seleção exibe os arquivos disponíveis para exclusão. como a instalação de uma CPU. 3. Marque as caixas referentes aos arquivos que deseja excluir e clique em OK. A primeira etapa no processo de solução de problemas é obter as informações necessárias do cliente. chamado Meus documentos. 13. Você pode usar Meus documentos para criar uma estrutura de pastas e armazenar arquivos. inadvertidamente. salvos e excluídos. OBSERVAÇÃO: Nenhum sistema operacional permite que arquivos com o mesmo nome fiquem na mesma pasta. tente aplicar as soluções rápidas. selecione “Não”. Durante a conversa com o cliente. Para determinar qual arquivo manter. OBSERVAÇÃO: Pode ser necessário fechar todos os programas em execução em segundo plano antes de executar o Desfragmentador de disco. encerre a questão com o cliente. até questões mais complexas. A figura 6 mostra os recursos das possíveis soluções. Caso não se sinta seguro. Essa mensagem indica que o Windows XP interrompeu o processo de cópia e que ele ficará interrompido até o usuário optar por substituir ou não o arquivo original pelo que está sendo transferido. O Windows XP tem um local padrão. O tempo necessário para realizar a desfragmentação varia de acordo com o nível de fragmentação do disco rígido. Na guia Geral.2 Explicar como gerenciar o controle de versão de dados entre computadores de mesa e laptops É importante gerenciar seus arquivos de dados e pastas adequadamente. com um disco óptico ou com uma unidade portátil. Selecione a unidade que deseja limpar. 3. Os procedimentos de restauração e recuperação. . você estará apto a:  Revisar o processo de solução de problemas.1 Revisar o processo de solução de problemas Os técnicos de computador devem estar aptos a analisar o problema e determinar a causa do erro para reparar um laptop. Selecione a unidade que deseja limpar. A figura 4 lista algumas das soluções rápidas para os problemas que ocorrem em laptops. Os arquivos podem ser transferidos pela rede. Neste ponto. como a atualização de um drive. bem como os backups.  Identificar problemas e soluções comuns. você tem informações suficientes para avaliar o problema. Este processo é chamado de solução de problemas. 2. o Windows XP tem dois programas que podem ajudá-lo a limpar o disco rígido:  Limpeza de disco  Desfragmentador de disco Para executar a Limpeza de disco [Figura 2]: 1. 4. A figura 7 é uma lista das tarefas obrigatórias para concluir esta etapa. A velocidade do computador pode diminuir se o sistema operacional estiver efetuando buscas em arquivos fragmentados. é hora de obter dados sobre o computador. os dados de outro computador. Após a conclusão desta seção. Felizmente. O disco rígido pode ficar desorganizado à medida que os arquivos são abertos.  Aplicar os recursos da solução de problema. É possível também abrir os arquivos para visualizar o seu conteúdo. às vezes disponível como um ícone na área de trabalho. verifique os problemas óbvios. O sistema operacional também deve passar por manutenção.aguarde até a próxima manutenção programada.

13.2Identificar problemas e soluções comuns Os problemas do laptop podem estar relacionados a hardware.5. Sua PC Card está firmemente instalada? 9. Como o laptop está se alimentando? 5. Qual é a quantidade de RAM de seu laptop? Técnico de nível dois . redes ou alguma combinação desses três itens. 13. Qual é o fabricante e modelo do laptop? 3.3 Planilha de exercícios: Verificar informações de ordem de trabalho Nesta planilha de exercícios. reescreve a pergunta do técnico de nível um com uma nova pergunta ou direção para o cliente. A figura 1 é um gráfico de problemas e soluções comuns de laptop. Alguns tipos de problemas do laptop serão solucionados com mais freqüência que outros.5. é hora de aplicar suas habilidades de escuta e de diagnósticos. Qual é o sistema operacional que está instalado no laptop? 4. Quais são os problemas que ocorrem no laptop? 2. O cliente informa que eles estão usando uma PC Card sem fio conectividade da rede. ele não sabe onde o ponto de acesso está localizado. O que você estava fazendo quando ocorreu o problema? 6. no entanto. Técnico de nível um 1. Seu laptop tem uma conexão de rede sem fio? 8. Um cliente reclama que a conexão de rede no laptop é intermitente. um técnico da Central de atendimento nível dois localizará as maneiras criativas de verificar informações que o técnico de nível um documentou na ordem de trabalho. Foram realizadas alterações de sistema recentemente no laptop? 7. A planilha de exercícios foi desenvolvida para reforçar suas habilidades de comunicação e verificar as informações do cliente. Na tabela a seguir. Como um técnico de nível dois. você pode precisar verificar informações da ordem de trabalho sem repetir as mesma perguntas feitas anteriormente pelo técnico de nível um. O cliente acredita que o laptop possa estar muito distante do ponto de acesso sem fio.3Aplicar os recursos da solução de problema Agora que você compreendeu o processo de solução de problemas.5. software.13.

 Uma base multifuncional permitirá que o laptop seja conectado com facilidade a dispositivos periféricos similares aos encontrados em computadores de mesa.  Um técnico bem treinado deve ter boas habilidades de comunicação com os clientes. nunca de suas costas. Capítulo 14: Impressoras e scanners avançados 14. O capítulo descreve os riscos de segurança. os procedimentos de configuração. mas são mais lentas que as conexões por cabo e DSL. são equipamentos caros. Verifique os manuais de serviço ou entre em contato com o fabricante para se certificar de que saiba quais são essas áreas dentro dos equipamentos. A primeira regra de segurança diz respeito ao transporte de equipamentos grandes. e n. FireWire ou SCSI. Descrever os possíveis riscos de segurança e os procedimentos de segurança associados a impressoras 14. 14. dependendo do modelo. instalar e reparar esses equipamentos em configurações locais e de rede. Entretanto.  As redes por satélite são mais rápidas que as conexões via modem.  Os laptops estão mais suscetíveis a contaminação e danos. Você aprenderá como manter. g. a manutenção preventiva e o compartilhamento da impressora e do scanner. As redes por satélite são usadas principalmente em locais remotos. impressoras e laptops conectados. como uma impressora ou scanner. Apenas técnicos qualificados devem efetuar reparos avançados em impressoras laser.  Solucionar problemas de impressoras e scanners. certifique-se de remover todo o material de embalagem. desligue-os e espere que esfriem antes de iniciar qualquer reparo em componentes internos.2.0Introdução Este capítulo explora a funcionalidade de impressoras e scanners.  O ato de dominar as etapas de solução de problemas de laptop é considerado um marco na carreira por muitos técnicos. as impressoras locais podem se comunicar com os computadores usando portas e cabos seriais.  Descrever as técnicas de manutenção preventiva para impressoras e scanners. Se você estiver planejando fazer qualquer tipo de manutenção nos equipamentos. Guarde o material de embalagem original caso precise enviar o equipamento ao fabricante para reparos cobertos pela garantia. você estará apto a:  Descrever os possíveis riscos de segurança e os procedimentos de segurança associados a impressoras e scanners. A seguir. Há também regras a serem seguidas ao se trabalhar com impressoras e scanners. Após a conclusão deste capítulo. Remova tudo que impeça o deslocamento das peças móveis durante o transporte. paralelos. scanners e todos os dispositivos all-in-one conectados a tomadas CA podem ficar quentes enquanto estiverem em uso. Use roupas e calçados de trabalho apropriados.  A tecnologia sem fio mais conhecida é a Wi-Fi.  Uma rede por infravermelho usa luz infravermelho para criar redes de curto alcance principalmente usadas para controlar os dispositivos de entrada e os dispositivos móveis.1 Conectar o dispositivo a uma porta local Dependendo do fabricante. Antes de instalar um dispositivo local. Essas áreas podem reter alta voltagem. Um laptop com boa manutenção levará à redução dos custos de reparo. Há quatro versões principais de Wi-Fi. b.2 Instalar e configurar uma impressora ou scanner local O dispositivo local é o que estabelece conexão direta com o computador.  A FRU (unidade substituível em campo) é um componente que um técnico qualificado pode instalar em um local remoto.  Descrever como compartilhar uma impressora e um scanner em uma rede. Sempre erga os equipamentos usando a força de suas pernas e seus braços.11 a. cada uma com diferentes taxas de largura de banda e velocidades: IEEE 802. Clique nos botões indicados na Figura 1 para verificar as . há ocasiões em que o laptop deve ser enviado diretamente ao fabricante para reparos.  Atualizar e configurar impressoras e scanners.13.  A maior parte dos reparos pode ser feita nos locais dos cliente ou em qualquer centro de reparo local.  Uma WAN celular permite usar o telefone celular e o laptop para estabelecer comunicações por dados e voz.  Verificar a funcionalidade. Essas regras mantêm você e o equipamento em segurança. USB.  Configurar opções e definições padrão. alguns conceitos importantes contidos neste capítulo:  Bluetooth cria uma PAN sem fio para telefones celulares.  Instalar e configurar driver e software. você poderá danificá-los. Não use jóias soltas ou roupas largas ao fazer manutenção em equipamentos para computadores. As cabeças de impressão de impressoras matriciais podem ficar extremamente quentes quando em uso. você estará apto a:  Conectar o dispositivo a uma porta local. especialmente se o reparo envolver o fio de corona ou a unidade do rolo de transferência. As impressoras e os scanners. Se a manutenção deles não for feita corretamente ou caso uma peça seja instalada incorretamente. A unidade do fusível de uma impressora laser também pode ficar quente. mesmo depois de a impressora ter sido desligada. 14.  A CRU (unidade substituível pelo cliente) é um componente que pode ser instalado com facilidade pelo usuário sem treinamento técnico. Algumas impressoras retêm uma grande quantidade de energia (alta voltagem) mesmo depois de desconectados da alimentação. Impressoras. Após a conclusão desta seção.1 e scanners Siga sempre os procedimentos de segurança ao trabalhar em qualquer computador.6Resumo Este capítulo descreve os componentes de laptops e dispositivos portáteis.  Os técnicos profissionais seguem as programações de manutenção preventiva para manter seus equipamentos com um ótimo desempenho. É possível adicionar um replicador de porta a um laptop se o usuário precisar de mais portas de E/S.  Instalar e configurar uma impressora ou scanner local.

PDL (Page Description Language. Elas também gerenciam as fontes. scanners. As tecnologias sem fio. O software de configuração é o meio pelo qual os usuários podem configurar e alterar as opções da impressora. acople o cabo de alimentação à impressora. Faça pesquisas na Internet para localizar a versão mais recente do driver. como Bluetooth e infravermelho. PORTAS DO COMPUTADOR SERIAL – A transferência de dados serial é o movimento de bits de informações únicas em um ciclo. O FireWire fornece uma conexão única de plugue e soquete na qual até 68 dispositivos podem ser conectados com velocidade de transferência de dados de até 400 Mbps. Mini DB 50 e DB 68. e o computador inicia o processo de instalação do driver. Ethernet – As impressoras podem ser compartilhadas em uma rede. Instale o driver. selecione Imprimir página de teste. conecte o cabo apropriado à porta de comunicação na parte de trás da impressora. linguagem de comando da impressora) – A Hewlett-Packard (HP) desenvolveu uma PCL para comunicação com as impressoras de jato de tinta mais antigas. porta paralela aperfeiçoada) e ECP( Enhanced Capabilities Port. PARALELO – A transferência de dados paralela é mais rápida que a serial. Os aplicativos usam as PDLs para enviar imagens WYSIWYG (What You See Is What You Get. Siga as instruções apresentadas no site. entre outros. adicionar opções novas e aperfeiçoadas de impressora e solucionar questões gerais de compatibilidade. Conectar uma impressora à rede requer um cabeamento compatível com a rede existente e a porta de rede instalada na impressora. Essas portas podem ser DB 50. Clique no botão direito do mouse na impressora e selecione Propriedades. Se a impressora não funcionar. são também usadas para conexão com esses dispositivos. Para conexão com uma impressora.Em seguida. USB – USB é uma interface comum para impressoras e outros dispositivos.  GDI (Graphics Device Interface. A página de teste impressa deve conter texto legível. Cada modelo de impressora possui seu próprio tipo de driver e programa de configuração de software.2Instalar e configurar driver e software Os drivers de impressora são softwares que possibilitam a comunicação entre computadores e impressoras. IEEE 1284 é o padrão atual para portas de impressora paralela. o problema poderá estar em um driver incorreto ou está sendo usada a linguagem de descrição de páginas incorreta. o computador tentará determinar o driver de dispositivo correto a ser instalado. Instalação do driver da impressora O processo de instalar e atualizar um driver de impressora geralmente envolve as cinco etapas a seguir: 1.2. 4. porta de recursos aperfeiçoada) são dois modos de operação que permitem a comunicação bidirecional. DICA: Sempre verifique os cabos que vêm na embalagem ao comprar uma impressora ou um scanner. EPP (Enhanced Parallel Port. 2.        14. Lembre-se de selecionar uma versão mais recente para aumentar a funcionalidade. A maioria das impressoras de rede usa uma interface RJ-45 par se conectar a uma rede. Uma conexão serial pode ser usada para impressoras matriciais porque essas impressoras não exigem a transferência de dados de alta velocidade. As PDLs aumentam a velocidade do processo de impressão ao enviar grandes quantidades de dados ao mesmo tempo. certifique-se de adquirir o tipo correto. Faça o download do driver. Muitos fabricantes reduzem os custos de produção e não incluem um cabo na embalagem da impressora. 5.características dessas portas. Se o texto for ilegível. reinicie o computador e tente novamente.LINK ou IEEE 1394. A impressora traduz o arquivo de PDL de forma que tudo o que esteja aparecendo na tela do computador seja impresso. Se o Windows não puder localizar o driver necessário no computador. é automaticamente detectado. em sua grande parte. os gráficos e as informações de formatação. Conecte a outra extremidade do cabo à porta correspondente na parte de trás do computador. A velocidade e a simples instalação tornaram o USB muito prático. Quando ativados. Após a conexão correta do cabo de dados. o Windows XP tenta localizar e instalar um driver padrão usando o utilitário Plug and Play (PnP). . Sistemas operacionais mais novos oferecem suporte a USB PnP. FireWire – também conhecido como i. Quando uma nova impressora é conectada ao computador. Hoje. incluindo esses tipos comuns: SCSI 1 – conector de 50 pinos SCSI 2 – (SCSI rápido) – conector de 50 pinos SCSI 2 – (SCSI largo) – conector de 68 pinos SCSI 3 – (SCSI rápido/largo) . Os fabricantes de impressoras freqüentemente atualizam os drivers para aumentar o desempenho da impressora. linguagem de descrição de páginas) A PDL é um tipo de código que descreve a aparência de um documento em uma linguagem que determinada impressora pode compreender. Teste o driver. ele tentará estabelecer uma conexão com a Internet para encontrar um driver. o formato exibido é o resultado final) à impressora. câmeras. Ela converte as imagens em um bitmap que usa o computador em vez da impressora para transferir as imagens. A transferência de dados paralela é o movimento de vários bits de informações em um único ciclo. Conecte a outra extremidade do cabo de alimentação a uma tomada elétrica disponível. O caminho é mais largo para transmitir informações para a impressora ou a partir dela. Há três PDLs comuns:  PCL (Printer Command Language. os programas de instalação.computadores e impressoras SCSI com conector de68 pinos requerem cabeamento adequado para as portas. e disco rígidos. Para testar o driver. Todas essas portas podem ser do tipo macho ou fêmea. a PCL é um padrão de mercado para praticamente todos os tipos de impressora. selecione Iniciar > Configurações > Impressoras e aparelhos de fax. é um barramento de comunicação de alta velocidade que interconecta dispositivos digitais. Quando você ligar a alimentação do dispositivo. Se for preciso comprar um cabo.  PostScript (PS) – A Adobe Systems desenvolveu o PS a fim de permitir que fontes ou tipos de texto compartilhem as mesmas características tanto na tela quanto no papel. como impressoras. instalam automaticamente o novo driver. 3. Quando um dispositivo USB é adicionado a um sistema de computador com suporte PnP. A PDL de uma página inclui o texto. interface de dispositivo gráfico) – A GDI é um componente do Windows que gerencia como as imagens gráficas são transmitidas aos dispositivos de saída. Determine a versão atual do driver de impressora instalado. SCSI – Há vários tipos de SCSI.

selecione Iniciar > Painel de controle > Impressoras e aparelhos de fax e clique com o botão direito do mouse na impressora. Em . Teste da impressora Há várias formas de imprimir uma página de teste:  Usar a opção de impressão de página de teste da impressora. O target IT8 é um gráfico de calibragem de cores que pode ser usado a fim de criar perfis para dispositivos específicos.  Imprimir no modo de rascunho para economizar tinta  Alterar a resolução de digitalização do scanner para facilitar a visualização da imagem  Editar imagens digitalizadas de documentos salvos  Usar um aplicativo de reconhecimento de caractere óptico (OCR) OBSERVAÇÃO: Os manuais eletrônicos e os sites de suporte explicam como remover obstruções de papel. o que significa que pode haver a necessidade de recalibrar a impressora toda vez que você trocar o cartucho. comunicando-se. As configurações padrão podem ser alteradas para atender aos requisitos do cliente. Clique com o botão direito do mouse na impressora e selecione Definir como impressora padrão. Um scanner analisa o target para comparação. em seguida. Isso inclui tarefas especiais. da função de propriedades do computador ou de um aplicativo. Calibragens da impressora A calibragem da impressora é feita usando-se o software do driver da impressora. Para imprimir em preto e branco apenas. Se isso ocorrer. As seguintes opções de controle de mídia definem a forma como uma impressora gerencia a mídia:  Seleção da bandeja de entrada de papel  Seleção do caminho do papel  Orientação e tamanho da mídia  Seleção da gramatura do papel As seguintes opções de saída da impressora gerenciam a forma como a tinta ou o toner é lançado na mídia:  Gerenciamento de cores  Velocidade de impressão Algumas impressoras têm interruptores de controle para que os usuários possam selecionar opções. Selecione a guia Cor. como indica a Figura 3. a opção Definir como impressora padrão pode não ser exibida no menu. Os seguintes exemplos mostram como é possível gerenciar as opções da impressora: Para atribuir uma impressora padrão. mantenha o documento aberto e selecione Arquivo > Configurar página. a orientação do papel e o tamanho da margem do documento sendo impresso sem alterar as configurações padrão. como indica a Figura 2. em seguida. enquanto a impressora o reproduz para comparação.  Usar a opção de impressão de página de teste do Windows. Para alterar a configuração de uma impressora global. Calibragens do scanner A calibragem de um dispositivo é uma das primeiras tarefas após a instalação de um driver. Isso garante que a impressora esteja funcionando corretamente.  Usar a função de impressão de um aplicativo  Enviar um arquivo diretamente a uma impressora conectada à porta paralela usando a linha de comando Para testar uma impressora.2. Para garantir a calibragem. as opções globais serão usadas. planilhas e imagens digitais são alguns dos tipos de documentos que podem necessitar de configurações especiais da impressora. instalar cartuchos de tinta e carregar todos os tipos de bandejas de papel. Clique com o botão direito do mouse na impressora e selecione Preferências de impressão.3 Configurar opções e definições padrão As opções de impressora comuns que podem ser configuradas pelo usuário incluem o controle de mídia e a saída da impressora. e a impressora e o computador. OBSERVAÇÃO: Dependendo do driver instalado. selecione Impressora > Definir como impressora padrão. compare a impressão feita pelo dispositivo com o target IT8. Esse processo certifica se as cabeças de impressão estão alinhadas e podem imprimir em papel especial. É possível alterar as cores. a menos que sejam substituídas pelas seleções por documento. Use os botões do dispositivo para digitalização automática. Método por documento Cartas. É possível alterar as configurações para cada documento enviado à impressora alterando-se as configurações de impressão do documento. selecione Iniciar > Painel de controle > Impressoras e aparelhos de fax. Outras impressoras usam as opções do driver da impressora.2. Método global O método global se refere às opções da impressora definidas que afetam todos os documentos. a qualidade da impressão. As cabeças de impressão de jato de tinta em geral estão no cartucho de tinta. Clique em OK. a cor será tão precisa quanto o target. como indica a Figura 1. Use o pacote de softwares que veio com o dispositivo para realizar esse procedimento. Na próxima vez que você imprimir ou digitalizar uma imagem. selecione Iniciar > Painel de controle > Impressoras e aparelhos de fax. As configurações padrão são exibidas. Para alterar as configurações da impressora. Os dois métodos de seleção de opções são o global e o por documento. Marque a opção Imprimir em escala de cinza e selecione o botão de opção Somente cartucho de tinta preto. clique duas vezes na impressora para abrir a janela de status do documento e. As calibragens do scanner podem incluir o posicionamento do sensor e o uso de um target IT8 para ajustar a cor. instalado e funcionando. que o software do driver. Teste do scanner Teste o scanner digitalizando um documento.14. imprima primeiro uma página de teste a partir da impressora e. Toda vez que um documento for impresso.4 Verificar a funcionalidade A instalação de qualquer dispositivo não estará completa até que todas as funções do dispositivo sejam testadas. como as seguintes:  Imprimir documentos em frente e verso para economizar papel  Usar diferentes tipos de bandejas de papel para tamanhos de papel especiais  Alterar as configurações de uma impressora em cores para que ela imprima em preto e branco ou em escala de cinza para a impressão de cópias em formato rascunho de documentos. Ajuste as configurações de cor da impressora para que sejam correspondentes. 14.

armazena-os em uma fila de impressão e os envia à impressora no momento oportuno. A terceira é dar um feedback aos usuários. O compartilhamento de uma única impressora entre um grupo de usuários custa muito menos que a compra de uma impressora para cada computador.seguida. Há duas etapas: 1.  Descrever como instalar o software e os drivers da impressora da rede em um computador. Em uma rede pequena de escritório. você estará apto a:  Descrever os tipos de servidores de impressão. armazenando-os em uma fila até que o dispositivo de impressão esteja pronto para imprimi-los e. O computador conectado à impressora pode funcionar como o servidor de impressão. É preciso considerar as vantagens e as desvantagens de um servidor de impressão PC dedicado antes de instalar um:  A vantagem de usar um servidor de impressão em rede é que o servidor aceita os trabalhos de impressão provenientes dos computadores e. Os servidores de impressão PC dedicados podem gerenciar mais de uma impressora por vez. Descrever como instalar o software e os drivers da impressora da rede em um computador 14. o que tornará o processo muito mais lento. Na pasta Impressoras. Um servidor de impressão tem três funções. em seguida. o servidor precisará saber qual impressora ele vai compartilhar. O Windows XP torna o processo rápido e fácil.  A desvantagem é que ele pode não conseguir usar todas as funções de um dispositivo all-in-one. em seguida.  Espaço suficiente em disco – Um servidor de impressão PC captura os trabalhos de impressão dos clientes. Como manuseia as solicitações de vários clientes. 2. Se a memória do servidor não for grande o suficiente para administrar todo um trabalho de impressão. inicie as digitalizações no software do scanner e verifique se o software abre a digitalização automática. Como técnico.1 Descrever os tipos de servidores de impressão Os servidores de impressão permitem que vários usuários de computadores acessem uma única impressora. Depois de confirmar se o software de compartilhamento de impressora está instalado. A segunda é administrar os trabalhos de impressão. é preciso testar todas as funções:  Fax – Enviar fax para outro aparelho de fax em operação  Cópia – Criar uma cópia de um documento  Digitalizar – Digitalizar um documento  Imprimir – Imprimir um documento 14. ele precisa ser rápido o suficiente para controlar todas as solicitações que chegam. A primeira é fornecer acesso de cliente aos recursos de impressão. Há três tipos:  Dispositivos de servidor de impressão em rede  Servidores de impressão PC dedicados  Impressoras compartilhadas com computadores Dispositivos de servidor de impressão em rede Os dispositivos de servidor de impressão em rede permitem que vários usuários em uma rede acessem uma única impressora. Se o usuário de um desktop estiver trabalhando ao mesmo tempo em que um usuário da rede estiver imprimindo. libera esses computadores para outras tarefas. A Figura 1 mostra um servidor de impressão com fio. preparar e enviar as informações de impressão para a impressora. O servidor de impressão está sempre disponível aos usuários. A maioria dos sistemas operacionais de computadores pessoais tem um recurso de compartilhamento de impressora incorporado. o do desktop poderá observar uma redução do desempenho.3. O dispositivo comum mais compartilhado é a impressora.  Memória adequada – O processador do servidor e a RAM controlam o envio de trabalhos de impressão para uma impressora. Além disso. compartilhar uma impressora significa que ela pode atender a vários usuários. Servidores de impressão PC dedicados Um servidor de impressão PC dedicado é um computador dedicado ao manuseio de trabalhos de impressão de cliente da maneira mais eficiente possível.3 Descrever como compartilhar uma impressora e um scanner em uma rede Uma das razões principais do desenvolvimento das redes foi permitir que grupos de usuários de computadores compartilhassem dispositivos periféricos. Selecione a opção Compartilhar esta impressora e dê um nome à impressora. Isso inclui a notificação de que um trabalho de impressão está finalizado ou a exibição de mensagens de erro indicando que algo saiu errado. em geral. Se as imagens digitalizadas aparentarem serem iguais à imagem exibida na tela. Isso requer que o computador tenha espaço suficiente em disco para armazenar esses trabalhos até a sua conclusão. Um servidor de impressão precisa ter recursos disponíveis para atender às necessidades dos clientes de impressão:  Processador potente – Como o servidor de impressão PC usa seu processador para gerenciar e encaminhar as informações de impressão. Compartilhar uma impressora a partir do computador também tem desvantagens. ele é. isso significa que a instalação foi feita com êxito. Após a conclusão desta seção. O computador que compartilha a impressora usa seus próprios recursos para gerenciar os trabalhos de impressão que vão para a impressora. isso significa que os usuários podem imprimir documentos de onde quer que estejam na casa usando um laptop sem fio. a impressora não ficará disponível se o usuário reiniciar ou desligar o computador com uma impressora compartilhada. Para um dispositivo all-in-one. clique com o botão direito do mouse na impressora a ser compartilhada. ao contrário de uma impressora compartilhada do computador do usuário. 14. Impressoras compartilhadas com computadores O computador do usuário com uma impressora pode compartilhar essa impressora com outros usuários da rede. um dos computadores mais potentes da rede. Em uma rede doméstica. Configurar o computador de um usuário para que reconheça a impressora compartilhada e imprima nela. Configurar o computador acoplado a uma impressora para compartilhá-la com outros usuários da rede. Para configurar o computador com a impressora acoplada para que ele aceite os trabalhos de impressão de outros . Esse tipo de dispositivo pode gerenciar a impressão em rede por meio de conexões com ou sem fio. selecione Propriedadese clique na guia Compartilhamento.2 O Windows XP permite aos usuários de computador compartilhar suas impressoras com outros usuários da rede. As impressoras de baixo custo requerem um servidor de impressão separado a fim de permitir a conectividade da rede porque essas impressoras não têm interfaces de rede incorporadas. o disco rígido deverá enviar o trabalho. você deve selecionar o tipo de servidor de impressão que melhor atenda às necessidades do cliente.3.

3. Se todos os usuários estiverem também usando o Windows XP. siga estas etapas: 1. 14. Quando você fechar essa caixa de diálogo clicando em OK.usuários da rede. Depois de selecionar uma impressora. O Assistente para adicionar impressora é exibido. mais eficientemente ela trabalhará. o Windows XP pedirá que se obtenha os drivers adicionais. 5. como indica a Figura 2. 5. O hardware pode ser bandejas de papel adicionais. todas as impressoras têm. O Windows XP pode fazer o download automaticamente dos drivers corretos para esses usuários. Selecione a guia Compartilhamento. o assistente finaliza a instalação.1 A atualização da memória da impressora melhora a velocidade de impressão e a capacidade de realizar trabalhos de impressão complexos. O armazenamento em buffer dos trabalhos de impressão ocorre quando um trabalho de impressão é capturado na memória interna da impressora.2 Descrever a otimização do scanner . os trabalhos de impressão envolvendo gráficos (e especialmente fotografias) serão executados com mais eficiência se a memória da impressora for suficiente para armazenar todo o trabalho antes de ele ser iniciado. Entretanto. Clique no botão Drivers adicionais para selecionar os sistemas operacionais que os outros usuários possam estar usando. Os scanners podem também ser configurados para fazer mais e atender às necessidades dos clientes. Hoje em dia. Conectar outros usuários Outros usuários da rede podem agora se conectar a essa impressora seguindo estas etapas: 1.  Descrever a otimização do scanner. Selecione a impressora que deseja compartilhar.4 Atualizar e configurar impressoras e scanners Algumas impressoras podem ser expandidas para imprimirem mais rápido e acomodarem mais trabalhos de impressão por meio da adição de hardware. pelo menos. isso pode exigir a abertura de um compartimento para verificar a RAM Os fabricantes de impressoras definiram procedimentos para atualização de memória. Os exemplos de otimização do scanner incluem correção e redimensionamento de cores. A caixa Tarefas da impressora será exibida à esquerda. Selecione Iniciar > Painel de controle > Impressoras e outro hardware > Adicionar impressora. Essas tarefas não podem ser concluídas com as configurações padrão. Esse é o nome que a impressora exibirá aos outros usuários. É feito o download dos drivers de impressão necessários que estão no servidor de impressão. Selecione Compartilhar esta impressora. Retorne à pastaImpressoras e aparelhos de fax e observe que o ícone da impressora agora tem uma mão abaixo dele. impressão aprimorada de fotos e gráficos. Clique em Avançar. 2. As impressoras geralmente vêm de fábrica com memória suficiente para controlar os trabalhos que envolvem texto. velocidade e capacidade. uma pequena quantidade de RAM. Esse armazenamento em buffer permite que o computador continue realizando outro trabalho em vez de aguardar que a impressora termine as suas tarefas. 3. Clique em Avançar. Digite o nome da impressora ou navegue até ela na rede usando o botão Avançar. alguns tipos de memória são padrão. SelecioneCompartilhar esta impressora e digite o nome desejado para o compartilhamento. bem como em impressoras matriciais e de jato de tinta avançadas. placas de rede e memória de expansão. Outros usuários que agora podem se conectar à impressora compartilhada podem não ter os drivers necessários instalados. alimentadores de papel. 2. Entre em contato com o fabricante ou um técnico de serviço autorizado para obter informações adicionais se tiver problemas ao instalar atualizações. A caixa de diálogo Propriedades da impressora da impressora será exibida. Em seguida. Se forem exibidos erros indicando que a impressora está sem memória ou que há excesso de uso da memória. Instalar a memória da impressora A primeira etapa na instalação de memória adicional para a impressora é ler o manual da impressora para determinar o seguinte:  Tipo de memória – Tipo físico de memória. 14. incluindo as seguintes tarefas:  Remoção de tampas para acessar a área da memória  Instalação ou remoção da memória  Inicialização da impressora para reconhecimento da nova memória  Instalação de drivers atualizados se necessário Atualizações adicionais da impressora Estas são algumas das atualizações adicionais da impressora:  Impressão frente e verso para permitir a impressão nos dois lados da folha  Bandejas extras para comportar mais papel  Tipos de bandejas especializados para várias mídias  Placas de rede para acesso a uma rede com ou sem fio  Atualizações de firmware para adicionar funcionalidade ou corrigir bugs Siga as instruções que vêm com a impressora ao instalar ou atualizar componentes. sendo que outros requerem memória especial ou proprietária  Ocupação e disponibilidade da memória – Número de slots de atualização de memória em uso e quantos estão disponíveis. Quanto mais memória a impressora tiver. Selecione Uma impressora de rede ou conectada a outro computador. Isso mostra que a impressora é agora um recurso compartilhado. Descrever atualizações da impressora 14. 4. Será exibida uma lista de impressoras compartilhadas. Esses usuários podem também estar usando sistemas operacionais diferentes em relação ao computador que hospeda a impressora compartilhada. A memória acrescentada ajuda em tarefas como armazenamento em buffer de trabalhos. isso indica que existe a necessidade de mais memória. Siga todos os procedimentos de segurança descritos pelo fabricante.4. 4. uma porta de impressora virtual será criada e exibida na janela Adicionar impressora. Ele é um recurso comum em plotadoras e impressoras a laser. como indica a Figura 1. Selecione Iniciar > Painel de controle > Impressoras e outro hardware > Impressoras e aparelhos de fax.4. Verifique se o compartilhamento foi realizado. e eles são instalados no computador. você estará apto a:  Descrever atualizações da impressora. Após a conclusão desta seção. criação de páginas. não será preciso clicar no botão Drivers adicionais .

5.5 Descrever as técnicas de manutenção preventiva para impressoras e scanners A manutenção preventiva diminui o tempo de inatividade e aumenta a vida útil dos componentes. As informações encontradas no site do fabricante ou no manual do usuário explicam os métodos de limpeza corretos. você estará apto a:  Determinar a manutenção programada de acordo com as orientações do fornecedor. alta resolução. O kit tem instruções que qualquer técnico pode seguir. Mantenha o papel e os cartuchos de toner em suas embalagens originais e em um ambiente seco e fresco. O manual da impressora ou do scanner contém informações sobre como manter e limpar o equipamento. Para impressoras laser. Estes são os tipos mais comuns de opções do scanner:  Redimensionamento  Nitidez  Aumento e diminuição do brilho  Correção de cores  Alterações de resolução  Formato do arquivo de saída  Inversão de cores A resolução da digitalização afeta o tamanho do arquivo de saída. use ar comprimido para removê-la. Após a conclusão desta seção. As cabeças de impressão de uma impressora de jato de tinta serão substituídas quando os cartuchos forem substituídos. há recursos que podem aperfeiçoar as digitalizações de documentos ou imagens. tamanho de arquivo maior. esse formato poderá ser convertido posteriormente com o uso de ferramentas de software. Em muitos tipos de impressoras. as impressoras a laser produzem calor. Entretanto.Os scanners funcionam bem para a maior parte dos usuários sem nenhuma alteração das configurações padrão. Isso dificulta a aderência correta do toner no papel. A Figura 1 mostra um exemplo de kit de manutenção.  Descrever um ambiente adequado para impressoras e scanners. Isso ajudará a garantir que eles funcionem corretamente e por um longo tempo. Na impressão comercial. 14. scanners e acessórios em um local seco e fresco. Siga as instruções de manutenção recomendadas.5. Isso permite que os navegadores carreguem a imagem rapidamente. danificar o equipamento ou anular a garantia. Se o papel e a impressora estiverem com poeira. as peças pegam sujeita.  Descrever os métodos de limpeza. faça uma inspeção visual de todos os componentes internos:  Remova restos de papel e poeira  Limpe a tinta derramada  Verifique se não há engrenagens desgastadas. Se um scanner não gerar uma digitalização no formato de arquivo de que o cliente precisa. Manutenção da impressora Certifique-se de desligar e desconectar da tomada qualquer impressora antes de realizar manutenção. O uso final da imagem determina a resolução necessária. zere os contadores a fim de permitir que a próxima manutenção seja feita no momento correto.  Unidade do fusível  Rolos de transferência  Pads de separação  Rolos de apanhamento Toda vez que você instalar novas peças ou substituir toners e cartuchos. A maioria dos fabricantes vende kits de manutenção para impressoras.1 Determinar a manutenção programada de acordo com as orientações do fornecedor Leia os manuais de informações que vêm com cada equipamento novo. Quando a manutenção estiver concluída. são afetados pela temperatura. algumas vezes. Por exemplo. mas eles podem produzir resultados insatisfatórios. coloque todas as impressoras. Opere-as em áreas com boa ventilação para evitar superaquecimento. você deverá testar as alterações fazendo algumas impressões de amostra 14. o kit pode conter peças de substituição que geralmente se rompem ou se desgastam. A Figura 1 mostra as configurações da resolução e do tipo de saída. Use um pano úmido para remover qualquer sujeira. É preciso fazer a manutenção das impressoras e scanner para que eles funcionem corretamente. plásticos trincados ou peças quebradas Os usuários que não souberem como efetuar a manutenção dos equipamentos de impressão devem chamar um técnico autorizado. longe de poeira. 14. as cabeças de impressão. Além disso. uma baixa resolução e um tamanho de arquivo pequeno já são suficientes.2 Descrever um ambiente adequado para impressoras e scanners As impressoras e os scanners. As imagens de resolução média são normalmente usadas para impressões a laser. Se elas não forem limpas regularmente. Entretanto. É possível economizar dinheiro com acessórios mais baratos. Um bom programa de manutenção garante impressões e digitalizações de boa qualidade. Com o passar do tempo.  Descrever como verificar a capacidade dos cartuchos de tinta e toners. A umidade relativa alta faz com que o papel absorva umidade do ar. pó e outros detritos. Baixa resolução significa tamanho de arquivo menor. como todos os outros equipamentos elétricos. teste-as. resto de papel e tinta derramada na parte exterior do equipamento. Repita esse processo até o teste indicar uma impressão limpa e uniforme. a contagem de páginas é exibida no monitor LCD ou em um contador localizado dentro da tampa principal. use os acessórios listados pelo fabricante. na qual a qualidade da imagem é muito importante. uma resolução mais alta é a melhor configuração. Se a imagem for usada em uma publicação na Web. 14. As impressoras têm muitas peças que se movimentam.3 Descrever os métodos de limpeza Sempre siga as instruções do fabricante ao limpar impressoras e scanners. a impressora poderá não funcionar corretamente ou parar .5. CUIDADO: Lembre-se de desconectar os scanners e as impressoras antes da limpeza para evitar perigo de alta tensão. ficam obstruídas e precisam de limpeza. Os scanners podem permitir a seleção de diferentes formatos de arquivo para a digitalização final. Se possível. dependendo dos requisitos do usuário. como mostra a Figura 2. Após efetuar a sua limpeza. Depois de mudar as configurações do dispositivo. Use o utilitário fornecido pelo fabricante para limpar as cabeças de impressão. umidade e interferência elétrica.

eles ficarão mais visíveis. Algumas impressoras têm telas de mensagens LCD ou LEDs que avisam os usuários quando a quantidade de tinta está baixa. Ela deve mostrar quantas páginas o cartucho pode imprimir. Se a parte de dentro do vidro ficar suja.3 Aplicar os recursos da solução de problema Agora que você compreendeu o processo de solução de problemas. Em impressoras de jato de tinta. é possível estimar com facilidade quantas páginas mais você pode imprimir. A primeira etapa no processo de solução de problemas é obter as informações necessárias do cliente. Use apenas um aspirador com filtragem HEPA. pesquisar e implementar as possíveis soluções. Isso impedirá o acúmulo de sujeira e marcas acidentais de dedos. Dessa forma. A Figura 4 lista algumas das soluções rápidas para os problemas de impressora e scanner. Em seguida. as impressoras a laser não imprimem páginas em branco. 14. software. Um método para verificar os níveis de tinta é observar o contador de páginas dentro da impressora ou o software da impressora para determinar quantas páginas foram impressas. você terá informações suficientes para avaliar o problema. Essa filtragem retém partículas microscópicas nos filtros. Depois que o problema for solucionado. Até mesmo os arranhões minúsculos podem ser vistos em digitalizações de alta resolução. Selecionar o tipo de papel correto para uma impressora ajuda-a a durar mais e imprimir com mais eficiência. algumas impressões usam mais tinta do que outras. limpe completamente ambos os lados e recoloque o vidro da forma como estava originalmente instalado no scanner. 14. A Figura 7 é uma lista das tarefas obrigatórias para concluir esta etapa.  Aplicar os recursos da solução de problemas. Siga as etapas indicadas nesta seção para identificar. não se esqueça de zerar o contador.6. use um aspirador de pó especialmente desenvolvido para equipamentos eletrônicos para sugar partículas de toner. como mostra a Figura 1. Se o manual não contiver nenhuma recomendação.4 Descrever a capacidade de verificação de cartuchos de tinta e toners Quando uma impressora de jato de tinta imprime páginas em branco. mantenha a tampa fechada quando o aparelho não estiver em uso. Se a sujeira se alojar nos arranhões. Alguns tipos de problemas serão solucionados com mais freqüência que outros. Após a conclusão desta seção. Um aspirador de pó padrão não consegue sugar as partículas finíssimas de toner e pode espalhá-las. software e conectividade. Ao limpar uma impressora a laser. Se possível.6.6 Solucionar problemas de impressoras e scanners Com relação aos problemas de impressoras e scanners. verifique os problemas óbvios. Depois de verificar os problemas óbvios. reparar e documentar com precisão o problema em questão. Para que esse método seja preciso. limpe as superfícies do rolo com um pano úmido. tente aplicar as soluções rápidas. você estará apto a:  Revisar o processo de solução de problemas. Verifique o manual da impressora. Entretanto. No laboratório. O primeiro laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades com impressoras. A Figura 1 é um gráfico de problemas e soluções comuns. A Figura 6 mostra os recursos das possíveis soluções. Para evitar vazamentos de tinta. uma carta usa menos tinta do que uma fotografia. Os técnicos de computador devem estar aptos a analisar o problema e determinar a causa do erro para reparar os problemas de impressora e scanner. Ao trabalhar com impressoras matriciais. redes ou alguma combinação desses três itens. consulte o guia do usuário para verificar as recomendações de limpeza do fabricante. serão realizadas as seguintes etapas:  Receber a ordem de trabalho. Diversos tipos de papel estão disponíveis. Cada tipo de papel possui identificação clara informando para qual tipo de impressora ele serve. O fabricante da impressora pode também recomendar o melhor tipo de papel. É possível definir o software da impressora para que se reduza a quantidade de tinta ou toner usada por ela. Além disso. Ela reduz a qualidade da impressão das impressoras de jato de tinta e laser e também o tempo de impressão de um documento em uma impressora de jato de tinta. Durante a conversa com o cliente. Isso poderá danificar a sua superfície. Em scanners de mesa. 14. O uso do tipo incorreto de tinta pode fazer com que a impressora não funcione ou que a qualidade da impressão caia. Você solucionará e corrigirá problemas de impressora. a menos que estejam em uma área com muita poeira ou se forem muito antigas. As informações sobre as marcas e tipos de tinta recomendados pelo fabricante também podem ser encontradas no manual. A maioria das impressoras de jato de tinta tem um utilitário que indica os níveis de tinta de cada cartucho. A Figura 5 mostra as diferentes maneiras de obter informações sobre o problema de impressora e scanner. Por exemplo. um técnico deve ter a capacidade de determinar se o problema está no dispositivo. não remanufature os cartuchos de tinta. encerre a questão com o cliente.1 Os problemas de impressora e scanner podem ser resultado de uma combinação de problemas de hardware.2 Identificar problemas e soluções comuns Os problemas de scanner e impressora podem estar relacionados a hardware. Manutenção do scanner Limpe os scanners regularmente para impedir que sujeita. . Essa configuração pode ser chamada de “economia de toner” ou “qualidade de rascunho”. Neste ponto. O segundo laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades de comunicação e capacidade de solução de problemas de impressoras. Revisar o processo de solução de problemas 14. observe as informações na etiqueta do cartucho. As impressoras a laser normalmente não necessitam de muita manutenção. use um limpador de vidros e um pano macio para proteger o vidro contra arranhões. CUIDADO: Não toque no tambor de uma impressora a laser durante a limpeza. limpe o maquinário de manuseio de papel com um pano úmido.completamente de funcionar. isso significa que os cartuchos de tinta podem estar vazios. na conexão do cabo ou no computador. é hora de aplicar suas habilidades de escuta e de diagnósticos. A Figura 1 mostra um aspirador de pó desenvolvido para equipamentos eletrônicos.5. marcas de dedo e outras manchas apareçam nas imagens digitalizadas. dê uma lida no manual para verificar se há instruções de como abrir a unidade ou remover o vidro do scanner. Se as soluções rápidas não corrigirem o problema.6. é hora de obter dados sobre o computador. A figura 3 lista os problemas que se aplicam às impressoras e scanners. 14. mas começam a gerar impressões de baixíssima qualidade. Se o vidro ficar sujo.  Identificar problemas e soluções comuns. toda vez que você substituir o cartucho. As figuras 1 e 2 listam as perguntas iniciais e finais que devem ser feitas ao cliente.

Nunca suba no último degrau da escada. Inicie por tarefas simples antes de optar por um curso de ação.Indicar ao cliente as várias etapas a serem seguidas para solucionar o problema.0 Introdução Este capítulo enfoca tópicos avançados de rede. Isole a área com fita ou cones de segurança. É preciso compreender os conceitos básicos de como uma rede foi projetada e por que alguns componentes afetam o fluxo de dados em uma rede. Desenvolver uma rede com base nas necessidades do cliente. Desenvolva uma programação de manutenção para limpar e verificar os dispositivos regularmente. pode ser perigosa. use calças.7 Resumo Este capítulo revisou e abordou as informações sobre impressoras e scanners. Chame um técnico de impressora certificado ou qualificado quando for muito difícil corrigir um problema por conta própria. como segurança.   Capítulo 15: Redes avançadas 15. os scanners e os acessórios limpos e secos. os cabos não devem ser passados em tetos e paredes onde existam obstáculos e materiais inesperados ou tóxicos. você deverá estar familiarizado com as tecnologias de rede. o mais importante. Depois da instalação. Determinar os componentes da rede do cliente. Use roupas que o protejam desses materiais. Implementar a rede do cliente.  Use a interface do Windows para compartilhar impressoras e scanners na rede. outros fatos importantes contidos neste capítulo:  Siga sempre os procedimentos de segurança ao trabalhar com impressoras e scanners. use óculos de proteção. Documentar o problema e a solução. Há muitas peças dentro das impressoras que contêm alta tensão ou ficam muito quentes quando em uso. sapatos grossos que cubram bem os pés e luvas.  Mantenha as impressoras. Em geral. Verifique se as pessoas da área sabem que você irá trabalhar lá.  Use o manual e o software do dispositivo para instalar uma impressora ou um scanner. a configuração e o gerenciamento de um servidor de e-mail simples. configurou e atualizou uma impressora ou um scanner. você estará apto a:         Identificar os possíveis riscos de segurança e implementar os procedimentos de segurança adequados relacionados às redes. Se possível. seja de cobre ou de fibra óptica. Descrever os procedimentos de manutenção preventiva de redes. Descrever a instalação. Solucionar problemas de rede.1 Identificar os possíveis riscos de segurança e implementar os procedimentos de segurança adequados relacionados às redes A instalação de cabos de rede. Você poderia facilmente perder o equilíbrio e cair. são também abordados. Você conheceu os métodos de manutenção preventiva e instalou. Tópicos de rede básicos. componentes de rede e manutenção preventiva. A solução de problemas em situações de redes avançadas está também descrita neste capítulo. Esteja ciente das questões de segurança ao usar uma escada:     Leia as etiquetas afixadas na escada e siga quaisquer instruções contidas nela. . atualize os drivers e o firmware para corrigir problemas e aumentar a funcionalidade. O capítulo explorou os riscos e os procedimentos de segurança associados a impressoras e scanners. incluindo projeto de rede. Atualizar a rede do cliente. 15. E. Por exemplo. Após a conclusão deste capítulo. Mantenha os acessórios em suas embalagens originais para evitar paralisações e tempo de inatividade.  Siga uma seqüência de etapas para corrigir um problema. camisetas de manga comprida. Para atender às expectativas e necessidades de nossos cliente e usuários de rede. pergunte ao zelador ou ao síndico do edifício ou a alguém responsável por ele se há algum material ou obstáculo perigoso de que você precisa estar ciente antes de entrar no forro do teto. 14.  Consulte os clientes para determinar qual é a melhor forma de atualizar e configurar impressoras e scanners a fim de atender às suas necessidades. A seguir. tanto localmente quando em rede. atualizações de componentes de rede e instalações de servidor de e-mail.

Produtos químicos As colas e os solventes usados nas fibras ópticas são perigosos. Quando estiver usando uma escada que fique apoiada em uma parede. Fragmentos finos podem ferir os olhos. Sempre siga as regras ao trabalhar com cabos. certifique-se de desconectar a fonte de luz. Preste atenção no que está fazendo e vá com calma. Cuidado para que esses fragmentos não atinjam a sua pele.1 Explicar a segurança de fibra óptica As fibras ópticas são úteis para as comunicações. Outras ferramentas apertam os cabos com alta pressão para fixar os conectores neles. Leia todas as instruções e siga-as cuidadosamente. Pode ser muito difícil enxergar as fibras em sua pele porque elas são claras e pequenas. Fragmentos de vidro O processo de cortar e aparar as malhas dos cabos de fibra óptica pode produzir fragmentos bem finos de vidro ou plástico. Essas ferramentas podem produzir fragmentos de vidro que podem se espalhar e ficar no ar. Além disso. a sua boca ou os seus olhos. Ferramentas Ao trabalhar com qualquer ferramenta.1. você estará apto a:   Explicar a segurança de fibra óptica. Após a conclusão desta seção. A luz é uma cor que o olho humano não consegue ver. descascar ou emendar cabos de qualquer tipo. cortadores de cabos e os riscos de um cabo cortado. Esses materiais devem ser manuseados com segurança. a superfície de trabalho deverá ser escura para que fragmentos de vidro ou de . Explicar cabos. a luz emitida a partir da fibra pode ir diretamente para os seus olhos. Quando se usa uma lente de aumento para inspecionar o cabo de fibra óptica e os conectores. os quais podem penetrar os olhos ou a pele e causar irritação severa. Detectores especiais podem informar se uma fibra está energizada. siga as instruções contidas na escada e peça que alguém a segure a fim de mantê-la firme. mas que pode queimar seus olhos Ferramentas pontiagudas que produzem estilhaços de vidro Tipos específicos de ferramentas e produtos químicos são usados no trabalho com cabos de fibra óptica. 15. Ao trabalhar com cabos de fibra óptica. Sempre use óculos de proteção ao cortar. Chame outra pessoa para ajudá-lo se for necessário. Use luvas sempre que possível e certifique-se de descartar qualquer resíduo adequadamente. Ela pode danificar seus olhos antes que você possa senti-la. Tome cuidado para não se ferir ou colocar qualquer pessoa em perigo. Qualquer comprometimento da segurança pode resultar em ferimentos graves ou até mesmo morte. As ferramentas usadas para se trabalhar com fibras ópticas têm superfícies cortantes pontiagudas usadas para traçar linhas no vidro.     Verifique se as ferramentas que está usando estão em boas condições. Ao trabalhar com a fibra. Luz prejudicial Proteja seus olhos da luz prejudicial que pode estar nas malhas da fibra óptica. Eles devem ser manuseados com extremo cuidado. mas elas têm certos riscos:    Produtos químicos perigosos Luz que não é possível ver. leia o MSDS que acompanha os produtos químicos para saber como tratar uma pessoa em caso de emergência. Use o bom senso ao cuidar de problemas. a segurança deverá ser sempre a sua primeira prioridade. As ferramentas necessárias para instalar cabos de cobre e de fibra óptica podem ser perigosas para usar.

Determinar protocolos e aplicativos de rede. Capítulo 15: Redes avançadas 15. Você deverá se informar sobre o crescimento futuro da empresa e da rede. para armazenar fragmentos de fibra. Entreviste o cliente e qualquer outra pessoa envolvida no projeto. É importante ter uma idéia geral sobre o hardware e o software que serão usados na rede. Após a conclusão desta seção. A falha de um equipamento. Quando você corta o cabo de cobre. Nunca toque nas extremidades de qualquer tipo de cabo descascado. 15. cortadores de cabos e os riscos de um cabo cortado Os técnicos de todos os níveis devem saber dos riscos antes de trabalhar com equipamentos e cabos de rede. teste o cabo em que está trabalhando com um simples detector de tensão antes de tocar nele.1 Determinar uma topologia . Nunca pegue fragmentos de fibra óptica com seus dedos.plástico possam ser vistos. 15. descascar ou emendar cabo de fibra óptica. Essa superfície deve também ser resistente a derramamentos de produtos químicos. Use uma fita para pegar pequenos fragmentos e descartá-los adequadamente. Use um contêiner disponível. Mantenha a área de trabalho bem limpa. as malhas pequenas de cobre podem perfurar ou cortar a sua pele. Os pedaços pequenos que se desprendem após o corte dos cabos podem ficar no ar. Você deverá se informar sobre o crescimento futuro da empresa e da rede. como garrafa de plástico com tampa rosqueável. a eletricidade estática ou raios podem energizar até mesmo um cabo desconectado.2 Desenvolver uma rede com base nas necessidades do cliente Uma rede funcionará melhor se for desenvolvida para atender às necessidades do cliente.2. Após a conclusão desta seção.1. Feche a tampa apertandoa bem antes de descartar o contêiner. Lembre-se de que o cabo de cobre conduz eletricidade. Entreviste o cliente e qualquer outra pessoa envolvida no projeto. Leia a documentação que vem com a ferramenta. sempre use proteção para os olhos. você estará apto a:   Determinar uma topologia. CUIDADO: Obtenha treinamento apropriado antes de tentar cortar. você estará apto a:   Determinar uma topologia. A construção de uma rede requer a análise do ambiente e uma compreensão das opções de rede. 15. Um técnico experiente deve supervisioná-lo até que você tenha a habilidade adequada.2 Desenvolver uma rede com base nas necessidades do cliente Uma rede funcionará melhor se for desenvolvida para atender às necessidades do cliente. Riscos do cabo de cobre Os cabos de cobre também podem ser perigosos para manusear. Se estiver com dúvida. As ferramentas de corte e torção usadas para reparar ou cortar os cabos de cobre podem ser perigosas se não forem usadas corretamente. A construção de uma rede requer a análise do ambiente e uma compreensão das opções de rede. Determinar protocolos e aplicativos de rede.2 Explicar cabos. Pratique usando a ferramenta em um resto de cabo e peça ajuda a um instalador com experiência se for preciso. CUIDADO: Ao manusear cabos. Lembre-se de sempre usar óculos de proteção ao cortar cabos de qualquer tipo. É importante ter uma idéia geral sobre o hardware e o software que serão usados na rede.

Os seguintes fatores devem ser considerados:    Onde estarão os computadores da estação dos usuários finais. as impressoras. que é o fluxo de dados e os protocolos. Alguns protocolos são proprietários e só funcionam em equipamentos específicos. as estações finais e os dutos dos cabos. é preciso determinar os protocolos que serão usados. Se a planta baixa ou o projeto não estiver disponível. Uma inspeção. portanto. outros protocolos ficam disponíveis em portas específicas. Eles podem ficar na mesma sala do equipamento de rede ou em qualquer outro local. Isso faz dele o protocolo preferido para redes. Onde posicionar o equipamento de rede.2. mais notavelmente a Internet. será necessário fazer um desenho de onde ficarão os dispositivos de rede. A pesquisa no local é uma inspeção física do edifício que ajuda a determinar uma topologia lógica básica. o NetBEUI pode causar tráfego desnecessário em uma rede grande. As redes Apple Macintosh abandonaram o protocolo AppleTalk e passaram a usar o conjunto TCP/IP de protocolos para garantir a conectividade com outras redes TCP/IP. Considere o seguinte ao selecionar protocolos:  O conjunto de protocolos TCP/IP é obrigatório para todos os dispositivos . Ele funciona bem em uma rede pequena que não esteja conectada à Internet. deverá ser feita no início do projeto. A Figura 1 mostra detalhes dos vários protocolos de rede. segurança e ar-condicionado. O IPX/SPX é um protocolo pertencente a versões mais antigas do Novel Netware. NetBEUI é um protocolo pequeno e rápido útil em redes de baixa segurança. enquanto outros protocolos são de padrão aberto e funcionam em vários equipamentos. Considere o seguinte ao selecionar protocolos:   O conjunto de protocolos TCP/IP é obrigatório para todos os dispositivos que se conectam à Internet.A compreensão das necessidades do cliente e a determinação do layout geral da nova rede são obrigatórias para se definir corretamente a topologia da rede. não será uma boa idéia se houver crescimento da rede. incluindo o local da sala do servidor. denominada pesquisa no local. Onde serão posicionados os servidores. conforme indica a Figura 2. A Figura 1 mostra uma comparação entre topologias de rede. A decisão em geral se baseia pelo espaço. Devido ao crescimento da Internet.2. Uma planta baixa ou um projeto é útil para determinar o layout físico do equipamento e dos cabos.2 Determinar protocolos e aplicativos de rede No projeto de uma rede. 15. 15. energia. Entretanto. Alguns protocolos são proprietários e só funcionam em equipamentos específicos.2 Determinar protocolos e aplicativos de rede No projeto de uma rede. como switches e roteadores. Estas questões importantes precisam ser discutidas com o cliente:    Tipos a cabo e sem fio Expansão Número e local de usuários O número de usuários e o valor estimado de crescimento futuro determina a topologia física e lógica inicial da rede.   Quando a pilha do protocolo TCP/IP está ativada. é preciso determinar os protocolos que serão usados. É preciso criar uma lista de verificação para registro das necessidades do seu cliente. O número de usuários e o valor estimado de crescimento futuro determina a topologia física e lógica inicial da rede. versões mais novas do Novell Netware usam TCP/IP em vez do IPX/SPX. Esse desenho pode ser usado para discussões quando o cliente fizer as decisões do layout final. enquanto outros protocolos são de padrão aberto e funcionam em vários equipamentos. A Figura 1 mostra detalhes dos vários protocolos de rede. É fácil de instalar e não requer nenhuma configuração.

versões mais novas do Novell Netware usam TCP/IP em vez do IPX/SPX.3an-2006.T. o NetBEUI pode causar tráfego desnecessário em uma rede grande. NetBEUI é um protocolo pequeno e rápido útil em redes de baixa segurança. O Cat6A transporta sinais Ethernet na taxa de 10 Gbps.3 Determinar os componentes da rede do cliente A escolha da topologia de rede determina os tipos de dispositivos. videoconferência e jogos usam uma grande quantidade de largura de banda. em sua grande parte. são com fio e usam um ou mais tipos de cabo de cobre de par trançado:     Cat5 Cat5e Cat6 Cat6A Os cabos Cat5 e Cat5e têm a mesma aparência. Algumas casas e alguns escritórios têm em sua instalação o cabo Cat6 para que possam estar preparados para os requisitos de largura de banda adicional no futuro. conforme indica a Figura 2. Isso faz dele o protocolo preferido para redes. O tipo mais recente de cabo de par trançado disponível é o Cat6A. É fácil de instalar e não requer nenhuma configuração. O IPX/SPX é um protocolo pertencente a versões mais antigas do Novel Netware.   que se conectam à Internet. Aplicações como vídeo. Tipos de cabo O tamanho da rede determina o tipo de cabo de rede que será usado. O tipo mais comum de cabo usado em uma rede é o Cat5e. mas o cabo Cat5e é fabricado com um padrão mais alto para permitir taxas de transferência de dados mais altas. Prédios de escritórios novos ou reformados em geral têm algum tipo de cabeamento UTP que conecta qualquer escritório a um ponto central denominado .3. Uma das etapas na criação de uma rede é determinar os componentes de rede adequados que funcionam com os dispositivos do usuário e o cabeamento da rede. O cabo Cat6 é construído com padrões ainda mais altos em relação ao Cat5e. outros protocolos ficam disponíveis em portas específicas. não será uma boa idéia se houver crescimento da rede. Além disso.1 Selecionar os tipos de cabo Selecione o tipo de cabo mais benéfico e econômico para os usuários e serviços que serão conectados à rede. Os clientes que necessitam de redes com alta largura de banda podem se beneficiar da instalação de um cabo que possa suportar Gigabit Ethernet ou 10 Gb Ethernet. Devido ao crescimento da Internet. mais notavelmente a Internet. Selecionar o dispositivo de rede. Após a conclusão desta seção. você estará apto a:     Selecionar os tipos de cabo. Quando a pilha do protocolo TCP/IP está ativada. Selecionar os tipos de conexão do provedor Selecionar placas de rede. A abreviação para cabo de par trançado sobre Ethernet de 10 Gb é 10GBase . As redes hoje em dia. O Cat5e é adequado para Fast Ethernet até 100 metros. portanto. 15. As redes Apple Macintosh abandonaram o protocolo AppleTalk e passaram a usar o conjunto TCP/IP de protocolos para garantir a conectividade com outras redes TCP/IP. conforme definido no padrão IEEE 802. 15. O Cat6 pode ter um divisor central para separar os pares dentro do cabo. cabos e interfaces de rede que serão necessários para construir a rede. Entretanto. uma conexão externa com um provedor de Internet deve ser configurada. Ele funciona bem em uma rede pequena que não esteja conectada à Internet.

Além de o serviço DSL não estar disponível em . permite que vários dispositivos compartilhem uma única linha telefônica. não é possível instalar cabos. A ISDN é muito confiável porque utiliza linhas POTS. por essa razão. linha digital do assinante).2 Selecionar o tipo de conexão do provedor O ISP (Internet service provider. mas depois de adquiridos. Considere um edifício mais antigo. o que reduz a velocidade geral do serviço para os clientes. Sem fio É possível ter uma solução sem fio em locais onde os cabos não podem ser instalados. A tecnologia DSL tem limitações. As organizações querem evitar a reinstalação custosa de cabos no futuro. Ela está disponível na maioria dos locais onde a companhia telefônica oferece sinalização digital. ISDN A ISDN (Integrated Services Digital Network. DSL A DSL (Digital Subscriber Line. os fios de cobre já presentes na instalação de sua casa ou escritório são capazes de transportar os sinais necessários para a comunicação por DSL. A maioria dos dispositivos em uma rede com fio custa muito menos que os dispositivos de uma rede sem fio. 15. o custo é considerado. não podem ser acessados com facilidade. uma rede com fio normalmente tem um custo de manutenção inexpressivo. O modem usa a linha telefônica para transmitir e receber dados. A instalação de cabos é cara. Os dispositivos de rede com distância superior a esse limite precisam de um repetidor ou hub para estender a conexão com a MDF. permitindo que vários dispositivos compartilhem uma única linha telefônica. Para tornar uma rede sem fio tão segura quanto uma com fio.MDF (Main Distribution Facility. instalação de distribuição principal). Os sinais estão disponíveis a qualquer pessoa que tenha um receptor. provedor de serviço na Internet) selecionado pode ter um efeito notável sobre o serviço de rede. Você e o seu cliente devem decidir se o custo de instalação de um cabo melhor é necessário. Há três considerações principais para uma conexão com a Internet:    Velocidade Confiança Disponibilidade POTS Uma conexão POTS (Plain Old Telephone System. Segurança Uma rede com fio é geralmente mais segura que uma sem fio. As velocidades da DSL são em geral mais altas do que as da ISDN. Custo Ao projetar uma rede. Projeto para o futuro Muitas organizações instalam o melhor cabo disponível para garantir que suas redes possam lidar com as velocidades de rede do futuro. A rede sem fio pode ser espionada com mais facilidade. rede digital de serviços integrados) oferece tempos de conexão menores. A DSL permite o uso de aplicativos com alta largura de banda ou que vários usuários compartilhem a mesma conexão com a Internet. com velocidades maiores em relação à conexão discada. é necessário usar criptografia. sendo a conexão sem fio a única solução. histórico. sistema telefônico comum) é extremamente lenta. A limitação de distância do cabeamento UTP usado para dados é de 100 metros. Na maioria dos casos. Os cabos de uma rede com fio são normalmente instalados em paredes e tetos e. Alguns revendedores particulares que se associam a uma empresa telefônica podem vender mais conexões do que o permitido. onde as leis locais de preservação do patrimônio histórico não permitem modificações estruturais. como a ISDN. mas está disponível em qualquer lugar onde haja um telefone. Nesse caso.3.

15.3 Selecionar placas de rede Todo dispositivo em uma rede requer uma interface de rede. o provedor de serviço oferece uma conexão discada como backup.qualquer lugar. Compare as velocidades de conexão. em sua maioria. ele funciona melhor e com mais velocidade na instalação que estiver mais perto da central telefônica da operadora. mas pode ser afetada pelas limitações da provedora de cabo. As mesmas empresas que oferecem serviço de telefonia celular podem oferecer o serviço de Internet. Cabo A conexão com a Internet a cabo não usa linhas telefônicas. Uma antena parabólica é usada para transmitir e receber sinais do e para o satélite. Há vários tipos de interfaces de rede:    As interfaces de rede para computadores de mesa. Sem fio Muitos tipos de serviços de Internet sem fio estão disponíveis. Os adaptadores de rede USB podem ser conectados a qualquer porta USB e usados tanto em computadores de mesa quanto em laptops. a largura de banda do cabo é maior do que a da DSL. Verifique a velocidade e os recursos do hub ou switch que será conectado ao computador. Satélite Para as pessoas que vivem em áreas rurais. estão ou integradas à placa-mãe ou são uma placa de expansão encaixada em um slot de expansão. o que significa que mesmo quando a conexão não está em uso. a conexão com a Internet de banda larga por satélite é sempre contínua. em sua maioria. As placas PCMCIA e PCI são usadas para conectar um computador à Internet. reduzindo a velocidade ou causando a perda da conexão. Em muitos casos. As mensalidades e o custo da instalação são muito mais altos do que os dos assinantes de DSL e cabo. Esse tipo de conexão usa cabos coaxiais originalmente desenvolvidos para transportar sinais de TV a cabo. a confiabilidade e o custo antes de assinar um contrato de serviço. Tempestades podem degradar a qualidade da conexão entre o usuário e o satélite ou entre o satélite e o provedor. o diâmetro total e os recursos das opções de placas. Como a televisão a cabo já está presente em muitos lares. Como a DSL. Verifique os serviços disponíveis em sua área. As interfaces de rede para laptops. que retransmite esses sinais para um provedor de serviço.3. a DSL é muito mais rápida para receber dados provenientes da Internet do que para enviá-los. as linhas instaladas para transportar sinais telefônicos não estão tecnicamente qualificadas para transportar sinais DSL. . o cabo oferece altas velocidades e conexão constante. esse sistema de transmissão de dados via cabo é uma alternativa para as pessoas que não podem contar com o serviço DSL. A maioria dos lares que possuem televisão a cabo tem a opção de instalar serviço de Internet de alta velocidade. Teoricamente. Pesquise os tipos de conexão que os provedores de serviço na Internet oferecem antes de selecionar um dos provedores. pesquise a velocidade. estão ou integradas à placa-mãe ou encaixadas em um slot de expansão PC Card ou ExpressBus. Muitas empresas de transmissão de dados via cabo também oferecem serviço telefônico. Os provedores de serviço podem oferecer serviço de Internet sem fio usando a tecnologia de microondas em áreas limitadas. Os sinais são transmitidos diretamente a uma antena que está no telhado da casa ou do edifício. Em alguns casos. O serviço não está disponível em todas as áreas. Antes de comprar uma placa de rede. Além disso. a conexão com a Internet ainda continua disponível.

Os hubs não segmentam o tráfego de rede. É preciso saber qual equipamento sem fio está sendo usado e qual será instalado na rede para garantir a compatibilidade e o uso. As placas de rede sem fio estão disponíveis em muitos formatos com diversos recursos.11g podem ser usadas em redes 802.11b podem ser usadas em redes 802. Os switches mantêm uma tabela de troca. Se você tiver uma placa de rede de 10/1000 Mbps e um switch operando apenas em 10 Mbps. No envio de quadros através de apenas uma porta para o destino.11g. a velocidade do switch determina a velocidade máxima da rede. Entretanto. eles diminuem a quantidade de largura de banda disponível para qualquer dispositivo.11a. os switches filtram e segmentam o tráfego de rede enviando dados apenas ao dispositivo a que são enviados. a placa de rede operará em 10 Mbps. como descrito nestes exemplos:    Placas de rede 802. bem como a porta na qual o quadro chega.As placas de rede Ethernet podem ter compatibilidade reversa:   Se você tiver uma placa de rede de 10/100 Mbps e um hub de apenas 10 Mbps. Se houver algum plano de atualização da rede no futuro para Gigabit Ethernet. A 802. Switches Em redes modernas. além de uma lista de qual porta de switch pode ser usada para alcançar um dispositivo com um determinado endereço MAC. se você tiver um switch gigabit. o switch cria uma tabela de troca que mapeia os endereços MAC para as portas de saída.4 Diversos tipos de dispositivos estão disponíveis para conectar os componentes de uma rede. o switch usa a tabela de troca para determinar qual porta usar para alcançar o endereço MAC. Os hubs são menos usados hoje em dia devido à eficácia e ao baixo custo dos switches. Placas de rede 802. Além disso. Uma vantagem do hub é que ele gera novamente os dados que passam por ele.11n. como um switch ou um roteador que conecta outras seções da rede. outras portas não são . Hubs Um hub é usado para compartilhar dados entre vários dispositivos em uma seção da rede. já que os hubs não podem filtrar dados.11a pode ser usada apenas em uma rede compatível com 802. Isso significa que ele também pode funcionar como um repetidor. um grande volume de tráfego desnecessário circula entre todos os dispositivos conectados a um hub. Em seguida. A velocidade máxima da rede é determinada pela velocidade do hub. Essa tabela contém uma lista de todos os endereços MAC da rede. certifique-se de adquirir placas de rede que comportem a velocidade. Entretanto. os switches têm substituído os hubs como ponto central de conectividade. a placa de rede operará em 100 Mbps. selecione as placas de rede que atendam às necessidades do seu cliente. portanto. O quadro é encaminhado da porta para o destino. Selecionar o dispositivo de rede 15. O hub pode ampliar o alcance de uma rede porque a recriação dos pulsos de sinal supera os efeitos da distância. Quando chega um quadro destinado a um determinado endereço MAC. Selecione as placas de rede sem fio com base no tipo de rede sem fio instalada.11b e 802.3. Ela registra os endereços MAC inspecionando o endereço MAC de origem de cada quadro de entrada. é muito provável que seja preciso comprar uma placa de rede gigabit para que as velocidades correspondam. Selecione os dispositivos de rede para atender às necessidades de seu cliente. Isso resulta em maior largura de banda dedicada para cada dispositivo da rede. Os custos podem variar bastante. Selecione as placas de rede que atendam às necessidades do seu cliente. Assim como no hub. portanto. O hub pode conectar outro dispositivo de rede.

Em uma rede corporativa. configure o software cliente e as informações do endereço IP em todos os dispositivos. Depois que os cabos tiverem terminação em ambas as extremidades. será preciso instalá-lo ou mandar alguém instalá-lo. Não se esqueça de marcar as extremidades de cada cabo. Se não tiver nenhum cabo pré-instalado. 2.afetadas.4. Por exemplo. ele pode ser chamado de dispositivo multifuncional. 15. Configurar os recursos de rede e Internet do cliente. bem como o plano de layout do cabo. Todos os materiais necessários deverão estar disponíveis no local no momento da instalação. Vários provedores oferecem um desconto sobre o equipamento adquirido no momento da instalação. Isso pode ser mais atraente porque o provedor oferecerá suporte ao equipamento em caso de falha. um planejamento cuidadoso ajuda a garantir uma instalação mais fácil e rápida. 15. Quando o roteador doméstico oferece vários serviços. Certifique-se de que as interfaces de rede estejam corretamente instaladas em computadores de mesa. será preciso testá-los para ter a certeza de que não haja curtos ou interferência. funciona como um firewall e proporciona conectividade sem fio.1 Instalar e testar a rede do cliente Assim que tiver definido o local de todos os dispositivos da rede. Para instalar o cabo em tentos e atrás das paredes. substituição ou upgrade da tecnologia. as interrupções podem ser causadas pelas modificações da construção e pela instalação do cabo de rede. você estará apto a:   Instalar e testar a rede do cliente. Nesse caso. Os usuários domésticos podem optar por adquirir o equipamento do provedor porque. Uma pessoa puxa os cabos e a outra empurra o cabo pelas paredes. pode haver algum tempo de inatividade na rede existente. da LAN. o seu custo inicial será menor em relação ao custo do aluguel. você estará pronto para instalar os cabos de rede. Depois que as interfaces de rede tiverem sido instaladas. O roteador sem fio. ou o caminho para o exterior. exibido na Figura 1. O roteador se torna o gateway. depois de um certo período. 3. .4 Implementar a rede do cliente A instalação e a implementação de uma rede pode ser uma tarefa complicada. o roteador conecta os computadores e os dispositivos de rede da casa à Internet. Em uma rede doméstica. você precisará de tempo para se preparar. Alguns provedores podem alugar o equipamento mensalmente. configurados e testados. Roteadores Os roteadores conectam redes. puxe os cabos. Em alguns edifícios novos ou reformados recentemente. Até mesmo a instalação de uma pequena rede doméstica pode se tornar difícil e levar muito tempo. os cabos de rede podem ser instalados para evitar o problema de serem instalados em paredes com acabamento posteriormente. Siga um esquema de marcação que já esteja no local ou siga as instruções descritas em TIA/EIA 606-A. Etapas de instalação da rede Caso opte por instalar a rede por conta própria. é preciso verificar qual tipo de equipamento está disponível para que você possa selecionar o dispositivo mais apropriado. Após a conclusão desta seção. laptops e impressoras de rede. Estas etapas descrevem o processo de criação física de uma rede: 1. Equipamento de provedor de Internet Ao assinar um provedor de Internet. O projeto não estará concluído até que todos os dispositivos tenha sido instalado. e a largura de banda em toda a rede não é afetada. e as outras portas. Entretanto. Durante a instalação. ele é um gateway doméstico. com as LANs corporativas. uma porta de roteador estabelece a conexão com a WAN.

É possível compartilhar um único arquivo. Navegador padrão É possível confirmar qual navegador o Windows deverá usar como padrão. será preciso configurar um navegador. você deverá testar a rede para verificar a conectividade. 5. Use o comando ping para testar a conectividade básica. . Para compartilhar um arquivo. 15. é preciso primeiro copiá-lo para uma pasta. É possível identificar as pessoas que têm acesso à pasta e quais as permissões que elas têm sobre os objetos contidos nessa pasta. Grande parte desses arquivos é composta por arquivos de imagem que representam banners e outros componentes do site. Clique com o botão direito do mouse na pasta e selecioneCompartilhamento e segurança. Instale os switches e os roteadores em um local seguro e centralizado. Selecione Iniciar > Executar. como indica a Figura 1. como indica a Figura 2. muitos arquivos serão armazenados em seu computador na pasta de arquivos temporários de Internet. incluindo o gateway padrão e os computadores remotos. Verifique se há um LED dos links em todas as interfaces de rede. verifique se o IE é o padrão e selecione-o se desejar. O site abre no navegador atualmente definido como padrão. Em uma rede doméstica.4. Quando todos os dispositivos estiverem conectados. funcionando. Se quiser que o IE seja o navegador padrão.. 6. Instale um cabo de patch Ethernet da conexão proveniente da parede para cada dispositivo de rede. como e-mail e um navegador de Internet. Dependendo do número de sites visitados. Assim que tiver confirmado a conectividade básica.2 Configurar os recursos de rede e Internet do cliente Depois de a rede ter sido configurada e testada. Use o comandoipconfig /all para exibir a configuração do IP em cada estação de trabalho. selecione Compartilhar esta pasta. Em uma rede doméstica. pode ser preciso instalar esses dispositivos em locais separados ou você deverá ter apenas um dispositivo. As permissões definem o tipo de acesso que o usuário tem com relação a um arquivo ou pasta:  Leitura – Permite que o usuário visualize o arquivo e os nomes de subpastas. Com o IE. visualize os dados dos arquivos e execute arquivos de programas. primeiro abra o IE. certifique-se de que cada porta de dispositivo de rede conectada a um dispositivo esteja acesa. Todas as conexões da LAN terminam nessa área. A Figura 3 mostra a janela de permissões de uma pasta compartilhada.Na guia Programas . o IE também será instalado por padrão. digite o endereço de um site e clique em OK. É possível configurar as definições do navegador e realizar tarefas de manutenção na caixa de diálogo Propriedades da Internet. Compartilhamento de arquivos Os usuários podem compartilhar recursos na rede. toda vez que um site for acessado. como o Microsoft Internet Explorer (IE). Arquivos de Internet temporários Quando um sistema operacional como o Windows XP tiver sido instalado. você deverá excluir ou limpar os arquivos ocasionalmente. Você conseguirá fazer o ping de outros computadores da rede. você deverá configurar e testar os aplicativos de rede. navegue em subpastas. e todos os LEDs de links. selecione Ferramentas > Opções da Internet. Na barra de ferramentas. Em seguida. Isso é especialmente importante após o acesso a sites de banco ou a digitação de informações pessoais no navegador. pastas específicas ou toda uma unidade. Os arquivos temporários de Internet são armazenados no computador para que o navegador possa carregar o conteúdo mais rápido na próxima vez em que você visitar um site já acessado antes..4. Embora isso não seja um problema urgente. os arquivos temporários de Internet poderão ser muitos dentro de pouco tempo.

selecioneIniciar > Painel de controle > Impressoras e aparelhos de fax. haverá mais etapas de configuração na seqüência. alterar os dados dos arquivos e excluir subpastas e arquivos. Caso o seu cliente esteja adicionando computadores ou funcionalidade sem fio. Clique em Arquivo > Adicionar impressora. como configurar drivers de dispositivo e fornecer informações de endereço de rede. Para acessar uma impressora compartilhada por outro computador. o Controle total permitirá que você altere as permissões do arquivo ou pasta e passe a ter a propriedade do arquivo ou pasta. Instalar e configurar os roteadores sem fio. em seguida. Controle total – As permissões são iguais às de Leitura e Alteração. Testar a conexão. Dispositivos como pontos de acesso sem fio. selecione Iniciar > Painel de controle > Impressoras e aparelhos de fax. Após a conclusão desta seção. Antes de comprar um adaptador sem fio. você deverá recomendar os equipamentos com base em suas necessidades. o computador deverá detectar e .5. ou a infra-estrutura existente deverá ser atualizada. seu computador deve ter uma interface de rede sem fio. 15. você estará apto a:    Instalar e configurar a placa de rede sem fio. 15. é necessário remover a tampa do gabinete. Compartilhamento de impressora Para compartilhar uma impressora. Clique em Compartilhar esta impressora e.5 Atualizar a rede do cliente Você deverá estar preparado para atualizar.1 Instalar e configurar a placa de rede sem fio Para conectar uma rede sem fio. Além disso. Quando o adaptador sem fio estiver instalado. Clique no botão direito do mouse no ícone da impressora e selecioneCompartilhamento. Os equipamentos sugeridos devem funcionar com o cabeamento e os equipamentos existentes. clique em OK. mas o usuário pode adicionar arquivos e subpastas. verifique se ele é compatível com outros equipamentos sem fio já instalados na rede. Se um arquivo ou pasta estiver em uma partição NTFS. como um computador. O Windows XP Professional está limitado a um máximo de 10 conexões simultâneas de compartilhamento de arquivo. Algumas antenas vêm com um cabo para que possam ser transportadas ou colocadas longe de objetos que possam causar uma conexão ruim. A impressora agora está disponível para o acesso de outros computadores. Algumas placas de rede sem fio têm uma antena conectada à parte de trás da placa. Para instalar uma placa de rede sem fio em um computador de mesa. Use o Assistente para adicionar impressorapara localizar e instalar a impressora de rede compartilhada. Um adaptador USB sem fio pode ser usado com qualquer computador de mesa que tenha uma porta USB aberta. impressora ou pontos de acesso sem fio. A interface de rede sem fio é usada para estabelecer a comunicação com outros dispositivos de rede. verifique se o adaptador sem fio está com diâmetro total correto para que possa ser encaixado em um computador de mesa ou laptop. placas de rede sem fio e cabos e equipamentos de rede mais rápidos podem ser integrados a uma rede para que o cliente estabeleça uma comunicação sem fio ou se comunique com mais rapidez.  Alteração – As permissões são iguais às de Leitura. Quando isso estiver concluído. Instale a placa de rede sem fio em um slot PCI ou PCI Express disponível. instalar e configurar os componentes quando um cliente pedir uma velocidade maior ou que mais funcionalidade seja adicionada à rede.

as quais são necessárias para se obter o acesso à Internet: endereço IP. Para exibir o Tipo de endereço. é possível usar a interface gráfica do usuário ou a interface da linha de comando do Windows.1. você deverá configurar o roteador para que se comunique com os dispositivos da rede. Na parte de trás do roteador Linksys WRT300N. Conecte o ponto de acesso à rede existente. 15. Clique duas vezes na conexão de rede sem fio para exibir o status. Nesse caso. Ligue o computador conectado ao roteador. 4. a primeira tela de instalação será exibida. mas não é possível se conectar à Internet. A lógica de comutação do dispositivo encaminha todos os pacotes por meio desta porta quando há comunicação para a e da Internet e outros computadores conectados. máscara de sub-rede e endereços de servidor DNS. Esse é o endereço padrão de gerenciamento e configuração do roteador. 5. Conecte um computador a uma das portas remanescentes para acessa às páginas de configuração da Web. selecione a .2 Instalar e configurar os roteadores sem fio Ao instalar uma rede sem fio. As etapas a seguir descrevem a instalação de um ponto de acesso: 1. mesmo quando o Windows indica que você está conectado. você poderá clicar na guia de Ajuda para visualizar informações adicionais sobre uma determinada guia. Uma janela de segurança solicita a autenticação para que se possa acessar as telas de configuração do roteador. Os adaptadores de rede sem fio podem usar um assistente para estabelecer a conexão com a rede sem fio. No campo endereço. Digite admin como a senha padrão. A janela mostra se o computador está ou não conectado. Continue a instalação. além de exibir a velocidade e a duração da conexão.estabelecer uma conexão com a LAN sem fio. A forma mais fácil de testar uma conexão de Internet é abrir um navegador e ver se a Internet está disponível. 15. Há guias que possuem subguias na tela de instalação. você precisa decidir onde deseja colocar os pontos de acesso e depois configurá-los.3 Testar conexão Pode ser difícil saber se a sua conexão sem fio está funcionando corretamente. Clique em Salvar configurações na parte inferior de cada tela depois de efetuar alguma alteração. selecione Iniciar > Painel de controle > Conexões de rede. Os pacotes são a comunicação entre o computador e o dispositivo de rede. Conecte uma DSL ou um cable modem à porta “Internet”.168.5. consulte o manual do usuário. insira o CD que vem com o adaptador e siga as instruções de conexão. A tela Status da conexão indicada na Figura 2 mostra o número de pacotes recebidos e enviados. Quando o roteador tiver estabelecido a comunicação com o modem. Use uma planta baixa para encontrar os locais para os pontos de acesso que permitam uma cobertura máxima. 3. O melhor local para um ponto de acesso sem fio está no centro da área que você está cobrindo. Ao utilizar as telas de configuração do roteador 300N. Para informações além do que está sendo exibido na tela de Ajuda. 2. Abra um navegador. Para solucionar um problema de conexão sem fio. O campo de nome do usuário deve ficar vazio. como mostra a Figura 3. 6.1. digite 192. Quando o modem terminar de estabelecer a conexão com o provedor de Internet. Quando estiver conectado. com uma linha de visão entre os dispositivos sem fio e o ponto de acesso. Ligue o modem de banda larga e conecte o cabo de alimentação ao roteador. há cinco portas. Você pode estar conectado a um ponto de acesso sem fio ou gateway doméstico. Conexões de rede Para verificar uma conexão sem fio que usa a interface gráfica do usuário do Windows.5. o roteador automaticamente se comunicará com o modem para receber informações de rede do provedor. como indica a Figura 1.

protocolo de acesso às mensagens de Internet) Os clientes enviam e-mail a um servidor de e-mail. O tracert mostra onde os pacotes estão parando. Se a conexão não estiver funcionando corretamente. Ipconfig O comando ipconfig é uma ferramenta de linha de comando usada para verificar se a conexão tem um endereço IP válido. Se houver listas indicando problemas após o gateway padrão.. SMTP . na Internet ou no servidor de destino. As informações de Status da conexão incluem um endereço estático. faça o ping da placa de rede. clique em Repararpara restaurar as informações da conexão e tentar estabelecer uma nova conexão. . A configuração do software de cliente de e-mail pode ser feita com o uso de assistentes de conexão. Descrever a instalação. como indicado na Figura 1. Você pode testar sua própria conexão efetuando o ping do computador. Os clientes lêem e-mail a partir do servidor de e-mail usando um dos dois protocolos:   POP (Post Office Protocol. Ping O ping é uma ferramenta de CLI (interface de linha de comando) usada para testar a conectividade entre dispositivos. SelecioneIniciar > Executar > cmd. A resposta do comando ping exibe a resolução do endereço IP do domínio. e os servidores de e-mail encaminham e-mail de um para o outro usando o SMTP (Simple Mail Transfer Protocol. ou um endereço dinâmico. Para testar a conexão com a Internet e o DNS. Faça o ping do gateway padrão para saber se a conexão WAN está funcionando corretamente.6 simples Um sistema de e-mail usa software de cliente de e-mail nos dispositivos dos usuários e software de servidor de e-mail em um ou mais servidores de e-mail. conforme indica a Figura 4. Selecione Iniciar > Executar > cmd. isso pode indicar que os problemas estão no provedor de Internet.. É possível localizar o endereço do gateway padrão usando o comando ipconfig. A primeira lista que aparece na janela como resultado do comando tracert é o seu gateway padrão. A janela exibe as informações básicas sobre o endereço IP das conexões de rede. Para realizar tarefas específicas. Para acessar o endereço MAC e outras informações sobre o endereço IP. protocolo de transferência de correio simples).. indicando o local onde o problema está ocorrendo. que é atribuído manualmente. digite ping localhost. Selecione Iniciar > Executar > cmd. Tracert Tracert é uma ferramenta de CLI que traça a rota que os pacotes percorrem do seu computador até um endereço de destino. clique em Detalhes. a configuração e o gerenciamento de um servidor de e-mail 15. É preciso saber como configurar um computador cliente para que aceite o formato de e-mail de entrada correto e também entender o processo de configuração de um servidor de e-mail. Na linha de comando. Para testar o computador. Na linha de comando.guia Suporte na tela Status da conexão. A resposta mostra os resultados do ping ou indica que o tempo da solicitação expirou porque há um problema. protocolo de correio) IMAP (Internet Message Access Protocol. Cada lista após essa primeira lista é o roteador pelo qual os pacotes passam para chegar ao destino. A máscara de sub-rede e o gateway padrão também são listados. Esse comando permite saber se o adaptador está funcionando corretamente. Na linha de comando. digitetracert. que é atribuído por um servidor DHCP. faça o ping de um site conhecido. adicione switches ao comandoipconfig. digite ping destination name.

Para impedir que a instalação afete a operação diária de sua rede. O servidor Global Catalog é um repositório centralizado que contém informações sobre todos os domínios de uma rede corporativa. simples Enviado por meio de TCP usando a porta 25 Deve ser implementado para o envio de um e-mail A mensagem é enviada após a identificação e a verificação dos destinatários POP O POP é usado por um cliente de e-mail para fazer download de e-mails a partir de um servidor de e-mail. O SMTP tem estas características:     Protocolo baseado em texto. O Active Directory automaticamente copia a atualização para todos os outros servidores de autenticação. como a discada. servidores de nome de domínio) devem estar instalados e funcionando para que o Exchange possa ser instalado e funcionar corretamente. Ele oferece suporte a usuários finais que têm conexões intermitentes. Os servidores Active Directory. Isso é conhecido como modo nativo. O IMAP geralmente usa a porta 143. os servidores Global Catalog e os servidores DNS (Domain Name Servers. O servidor Active Directory é um computador que hospeda um banco de dados que permite uma administração centralizada sobre uma rede corporativa. é necessário primeiro ter certeza de que a rede tenha todas as qualificações corretas e que ela esteja corretamente configurada. excluir o e-mail e encerrar a conexão. A diferença é que o IMAP permite ao usuário organizar os emails no servidor de e-mail de rede. A versão mais recente do POP é POP3. como a de um campus. geralmente há assistentes e ferramentas disponíveis para ajudá-lo na configuração de um servidor de e-mail. Um servidor com Windows 2003 é designado como o Schema Master. Mantenha a instalação do Exchange separada da sua rede de produção .O SMTP envia e-mail de um cliente de e-mail para um servidor de e-mail ou de um servidor de e-mail para outro. Como o POP3. Quando o administrador de rede precisar modificar a estrutura do Active Directory. O banco de dados do Active Directory está organizado em um padrão denominado schema. fazer download de e-mail do servidor. Para instalar e configurar um servidor de e-mail. configure os serviços solicitados e instale o Exchange em um conjunto dedicado de servidores fora da rede principal. Um usuário de POP3 pode efetuar a conexão. O Exchange deve ser instalado em um domínio em que cada computador tenha pelo menos o Windows 2000. O POP3 em geral utiliza a porta 110. A versão mais recente do IMAP é IMAP4. como o Microsoft Exchange. IMAP O IMAP é similar ao POP3. Servidor de e-mail O servidor de e-mail é um computador que pode enviar e receber e-mails em nome de clientes de e-mail. a modificação será feita no Schema Master. Esse é o único servidor que pode mudar a forma como o banco de dados do usuário do Active Directory está organizado. O IMAP é mais rápido que o POP3 e requer mais espaço em disco no servidor e mais recursos de CPU. Instalação do servidor de e-mail Recomenda-se testar o ambiente antes de instalar o Exchange. O IMAP4 é em geral usado em redes grandes. Estes são os servidores de e-mail mais comuns:    Microsoft Exchange Sendmail Eudora Internet Mail Server (EIMS) Como indicado na Figura 3. mas tem mais recursos. Os controladores de domínio do Windows NT não funcionam em um ambiente nativo. o IMAP permite fazer o download de e-mail de um servidor de e-mail com o uso de um cliente de e-mail.

prepare as informações e os equipamentos corretos:         Implantação de DNS totalmente funcional e confiável Domínio Active Directory Pelo menos um Global Catalog Funcionalidade de domínio nativo para Windows 2000 ou mais recente Software Exchange Server Ferramentas de suporte do Windows Server Servidor Schema Master Conexão de alta velocidade com a Internet Você poderá instalar o servidor de e-mail quando todas as qualificações de sua rede forem atendidas. um console que controla a implantação do Exchange. incluindo a instalação e o funcionamento correto de servidores. Como parte de um programa de manutenção definido regularmente. Em alguns casos. Depois que o Exchange estiver instalado. especialistas de redes Windows com experiência ou técnicos de e-mail experientes. Será preciso adicionar o Internet Information Services (IIS) usando o assistente de adição e remoção de componentes do Windows antes de iniciar a instalação do Exchange Server. Certifique-se de que os cabos estejam .até ter a certeza de que ela está funcionando corretamente. Digite as informações de nome do usuário e senha de acordo com a política de segurança de domínio. A caixa de mensagens do usuário será criada pelo Exchange Server quando o usuário receber o primeiro e-mail. Use o console Active Directory Users and Computer (ADUC) para configurar a caixa de mensagens de um usuário. como indicado na Figura 5. Insira o CD de instalação e abra o assistente de instalação do New Exchange. O assistente de instalação o guiará por várias etapas para verificar se o Exchange está pronto para ser instalado. os servidores de domínio estejam sendo executados corretamente e as ferramentas de suporte do Windows estejam instaladas. serviços e tecnologias na rede. É necessário verificar a condição dos cabos. 15. o Exchange poderá ser instalado. se ocorrer uma falha. o plugin Microsoft Management Console para Exchange. O Exchange System Manager. Abra o ADUC para criar um novo usuário. consulte profissionais de rede. Esse processo é conhecido como “habilitar a caixa de mensagens” do usuário. fornecerá acesso a várias configurações em um local conveniente. Antes de instalar o Exchange. dispositivos de rede. durante a instalação. A configuração do Exchange exige um planejamento cuidadoso. pode ser usado para gerenciar as opções do servidor. Certifique-se de instalar todas as atualizações para que o servidor seja executado corretamente. indicado na Figura 4. O IIS é um servidor que tem programas usados para criar e administrar serviços de site. servidores e computadores para ter a certeza de que são mantidos limpos e em boas condições de funcionamento. será preciso reinstalar o sistema operacional e iniciar a instalação do Exchange desde a primeira etapa. Após a instalação do IIS. Desenvolva um plano para realizar a manutenção programada e a limpeza em intervalos regulares.7 Descrever os procedimentos de manutenção preventiva de redes A manutenção preventiva é tão importante para a rede assim como para os computadores de uma rede. inspecione todo o cabeamento em busca de rupturas. Isso o ajudará a impedir falhas nos equipamentos e tempo de inatividade. O programa de instalação o notificará de qualquer problema no ambiente de instalação. Reinicie o programa de instalação desde a primeira etapa depois de corrigir quaisquer problemas. OBSERVAÇÃO:Antes de planejar a instalação de um servidor de e-mail. Ele fará uma verificação para se certificar de que o IIS esteja instalado.

Mostre a eles como conectar e desconectar corretamente os cabos e também como movê-los. você consegue observar se o equipamento está com defeito. 15. Durante a conversa com o cliente. Depois que o problema for solucionado. podendo ser dobrados. Substitua qualquer etiqueta gasta ou ilegível. Aplicar os recursos da solução de problemas.8. 15. é hora de obter dados sobre o computador. você estará apto a:    Revisar o processo de solução de problemas. O cabeamento pode ficar danificado e desgastado. Informe o administrador da rede para evitar tempo de inatividade desnecessário da rede. tente primeiro localizar a sua origem.8 Solucionar problemas de rede Para começar a solucionar um problema de rede. A Figura 7 é uma lista das tarefas obrigatórias para concluir esta etapa. Essas condições podem resultar em perda de largura de banda ou conectividade. redes ou alguma combinação desses três itens. Como técnico.3 Aplicar os recursos da solução de problema Agora que você compreendeu o processo de solução de problemas. Os cabos nas estações de trabalhos e impressoras devem ser verificados cuidadosamente. Após a conclusão desta seção. A Figura 5 mostra as diferentes maneiras de obter informações sobre o problema de rede. Se o problema for com um usuário. 15. Os técnicos de computador devem estar aptos a analisar o problema e determinar a causa do erro para reparar o problema de rede. A primeira etapa no processo de solução de problemas é obter as informações necessárias do cliente.1 Revisar o processo de solução de problemas Os problemas de rede podem ser resultado de uma combinação de problemas de hardware. A Figura 6 mostra os recursos das possíveis soluções.2 Identificar problemas e soluções comuns Os problemas de rede podem estar relacionados a hardware. Alguns tipos de problemas serão solucionados com mais freqüência que outros. Verifique se um grupo de usuários ou apenas um usuário tem o problema. pesquisar e implementar as possíveis soluções. 15. A Figura 3 lista os problemas que se aplicam às redes. você terá informações suficientes para avaliar o problema. . comece a solucionar o problema iniciando pelo seu computador. se necessário. Neste ponto. software. A Figura 4 lista algumas das soluções rápidas para os problemas de rede.8. é hora de aplicar suas habilidades de escuta e de diagnósticos. danificado ou fazendo ruídos incomuns. Identificar problemas e soluções comuns.8. Seja proativo também na educação dos usuários de redes.rotulados corretamente e que as etiquetas não estejam se soltando. Depois de verificar os problemas óbvios. Eles geralmente são movidos ou chutados quando estão embaixo de mesas. A Figura 1 é um gráfico de problemas e soluções comuns de rede. Se as soluções rápidas não corrigirem o problema. Verifique se os suportes dos cabos estão corretamente instalados e se nenhum ponto de acoplamento está frouxo. Este processo é chamado de solução de problemas. Mantenha o cabeamento em boas condições para manter o bom desempenho da rede. As Figuras 1 e 2 listam as perguntas iniciais e finais que devem ser feitas ao cliente. tente aplicar as soluções rápidas. verifique os problemas óbvios. encerre a questão com o cliente. software e conectividade.

Faça decisões de projeto que atenderão às necessidades e aos objetivos de seus clientes. serão realizadas as seguintes etapas:    Receber a ordem de trabalho. As redes devem ser desenvolvidas com base nas necessidades do seu cliente. Selecione os componentes de rede que oferecem os serviços e recursos necessários à implementação de uma rede com base nas necessidades do cliente. Indicar ao cliente as várias etapas a serem seguidas para solucionar o problema. O segundo laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades de comunicação e capacidade de solução problemas. 15. Discuta como a atualização pode ajudar a aprimorar a usabilidade da rede no futuro. A atualização de uma rede pode envolver equipamentos adicionais. Siga uma metodologia lógica para solucionar problemas de rede avançados. Siga os procedimentos de segurança corretos sempre. A seguir estão alguns dos conceitos mais importantes deste capítulo e que devem ser recordados:         Há muitos riscos de segurança associados aos ambientes de rede. Consulte um especialista para ter a certeza de que a instalação e a configuração de um servidor de e-mail ocorra normalmente. Planeje as instalações de rede com base nos serviços e equipamentos necessários para fornecer a rede de que se necessita. Previna-se contra os problemas de rede desenvolvendo e implementando uma política sólida de manutenção preventiva. a implementação e a atualização de redes e componentes de rede. . Planeje a instalação de um e-mail antes da implementação.O primeiro laboratório foi desenvolvido para reforçar suas habilidades com redes Você solucionará problemas e reparará um computador que não consegue se conectar à rede.9 Resumo O capítulo de redes avançadas enfocou o planejamento. No laboratório. avançados ou cabos. dispositivos e mídias. Documentar o problema e a solução.