Classe Tikuna/IKL 209/1500 Mod.

S Tikuna - S 34

Datas
Batimento de Quilha: dezembro de 1998 Lançamento: 9 de março de 2005 Incorporação: 16 de dezembro de 2005

Características
Deslocamento: 1.400 ton (padrão), 1.550 ton (carregado em mergulho). Dimensões: 62.05 m de comprimento, 6.20 m de boca (7.60, incluindo os hidroplanos da popa) e 5.50 m de calado. Propulsão: diesel-elétrica; 4 motores diesel de 12 cilindros MTU 12V396 de 940 hp cada, 4 geradores elétricos AEG de ? Kw cada, 1 motor elétrico, acoplado a um eixo e um hélice de cinco pás, gerando 5.000 shp. Combustível: ?. Eletricidade: ? Velocidade: máxima de 20 nós (superfície) e ? nós (imersão). Raio de ação: ? milhas náuticas à 8 nós (superfície ou com snorkel), ou ? mn a 21.5 nós, ? mn a 16 nós, ? mn a 8 nós, e ? mn a 4 nós mergulhado usando o motor elétrico; e 50 dias de autonomia. Profundidade máxima de mergulho: 200 metros. Armamento: 8 tubos de torpedos de 21 pol. (533 mm), instalados na proa; e capacidade para 16 torpedos Mk 24 Tigerfish Mod.1 (filoguiado) ou Bofors T2000, ou ainda uma combinação de minas e torpedos. Controle de Armas: sistema de direção de tiro e dados táticos ISUS 83-13.

do Vice-Presidente e Ministro da Defesa. Foi ordenado junto ao AMRJ . Rio de Janeiro. Teve sua quilha batida em dezembro de 1998..Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro. para a construção das seções do casco resistente do navio. no oeste do estado do Amazonas e falam português e a sua língua tribal. Naquela ocasião assumiu o comando o Capitão-de-Fragata Francisco Antônio deOliveira Júnior. foi assinado contrato com a NUCLEP . é o primeiro navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil em homenagem ao guerreiro e ao povo indígena Tikuna. Às 10:00hs do dia 16 de dezembro de 2005. o mais numeroso no pais atualmente. e do Diretor-Geral do Material da Marinha.NUCLEBRÁS EQUIPAMENTOS PESADOS S. Almirante-de-Esquadra Roberto de Guimarães Carvalho. de média freqüência e radar de superfície Scanter MIL-24X. tendo como madrinha Ângela Maria de Sousa da Silveira Carvalho. sonar de busca passiva/ativa. Foi batizado e lançado ao mar às 10:30h do dia 9 de março de 2005. em cerimônia que contou com a presença do Sr. Luis Ignácio Lula da Silva. Saraiva Ribeiro.º5/2005 do CEMA. em cumprimento a Portaria N. ex-Tamandaré. a Cerimônia de Mostra de Armamento e Incorporação a Armada. no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro. Ilha das Cobras. Histórico O Submarino Tikuna . e que contou com as presenças do próprio Chefe do Estado-Maior da Armada. Alte Esq Euclides Duncan Janot de Matos. José Alencar da Silva e do Comandante da Marinha. Obs: Características previstas. Em junho de 1996. sendo 8 oficiais e 33 praças.S 34. Código Internacional de Chamada: ? Tripulação: 41 homens.Sensores: 2 periscópios Kollmorgen com ECM e MAGE AR-900 integrado.A. Presidente da Republica. foi realizada.º 313 de 05/12/2005 do CM e a OD N. entre outras autoridades civis e militares. Alte Esq Carlos Augusto V. A oficialidade do recebimento do Tikuna foi a seguinte: . além de outras autoridades civis e militares. com cerca de trinta mil integrantes que habitam a região do Alto-Solimões.

(QC-CA) Aerton Rodrigues de Almeida .Enc.Enc. Div M CT Maurício Leite Pontes .CheMaq CT Leonardo Braga Martins .- CF Francisco Antônio de Oliveira Júnior .Enc. Div T 1º Ten. Div O 1º Ten.Comandante CC Marcelo Henrique Carrara .CheOpe CT Wladimir dos Santos Lourenço . Div S .Imediato CC Alexandre Ferreira Barbosa . Anderson Antônio Reis de Souza .Enc.

Brasilia. jan. MD: Naval Institute Press. Rio de Janeiro.º 648.º 766. .º 772.Relação de Comandantes Comandante Período __/12/2005 a __/__/200_ __/__/201_ a 11/01/2010 11/01/2010 a __/__/2012 __/__/2012 a __/__/201_ CF Francisco Antônio de Oliveira Júnior CF Nelson Nunes da Rosa CF Eduardo Antonio Pires Martins CF Alexandre Madureira de Souza Bibliografia . .NOMAR . n. Combat Fleets of the World 2002-2003. 2006. Annapolis.Baker III.ALIDE . fev. n. n.Revista Segurança & Defesa.Noticias da Marinha. 2006. Combat Fleets of the World 1998-1999. .D. . CCSM.NOMAR . n. chegou a ser selecionado pela MB. 2008. jun.Agência Linha de Defesa.º 790. Rio de Janeiro.º 765. fev. 1996. ago.Notícias da Marinha. Contec Editora. . Annapolis. n. (1) O Torpedo 2000 da Bofors. 2002. MD: Naval Institute Press. 1998. SRPM. A. mas teve sua aquisição cancelada. 2006.