Deus se manifesta de todas as formas – O pão nosso de cada dia

Sempre pensamos, agradecidos, que os bens que nos são dados, são presentes de Deus. Mas é preciso começar a olhar com os “olhos divinos” e ver que o bem ou qualquer coisa a nossa frente não é separado de Deus e sim ELE manifesto. Assim, Deus não mandou uma coluna de fogo para guiar os israelitas na saída do Egito: Ele apareceu como uma coluna de fogo. Deus não lhe mandou um emprego novo, muito desejado: Deus APARECEU como seu emprego novo. O Verbo se fez carne não diz respeito apenas ao processo de manifestação como algo externo a Deus. Deus é que aparece na forma daquilo que se faz necessário. Por isso não devemos nos apegar à forma, mas à Fonte. Nossa alegria pelas preces atendidas, pelas coisas conquistadas, deve ser direcionada a Aquele que merece essa gratidão. Parece obvio, mas nós costumamos nos alegrar pelo carro novo, pela casa nova, pela saúde recuperada, pelo aumento de salário e esquecemos que isso é a MANIFESTAÇÃO de Deus em nossa vida. Nós focamos no efeito e não na causa. A Fonte é que é o verdadeiro presente. Se mudamos o foco para o mundo dos efeitos, perdemos a ligação com Deus e ficamos presos ao nosso mundo humano e sujeitos às forças do bem e do mal que existem nele. Quando Jesus disse: “Eu venci o mundo” estava se referindo ao fato de não ser mais vítima das ilusões desse mundo. Quando formos capazes de dizer: Eu venci o mundo. Eu estou nesse mundo, mas não pertenço a ele, estaremos certos de que nosso foco é única e exclusivamente Deus. Posso desfrutar dos efeitos, das boas coisas desse mundo, mas não dou a isso uma medida equivocada. Também não devemos viver do maná de ontem, nem do que virá no futuro. Cada dia de trabalho, cada realização ou manifestação da presença de Deus se faz HOJE, no presente: O nosso pão de cada dia. Deus é manifestação constante e devemos viver no presente para não perder o foco da Fonte de todas as coisas. Somos filhos de Deus, formados, mantidos e sustentados por Ele. Não precisamos nos preocupar com o dia de amanhã. Quando formos capazes de viver assim, poderemos dizer que vencemos o mundo.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful