You are on page 1of 9

Francisco Lotufo Neto

Religião, Psicoterapia e Saúde Mental

A Influência da Religião sobre a Saúde Albert Ellis (1983), criador da terapia racional emotiva, afirmou precipitadamente ser a religião causadora de patologia e neuroses. Posteriormente, Malony (1988) mostrou que os religiosos apresentavam maior progresso e saúde. Os principais argumentos dos que afirmam que a religião é prejudicial são os seguintes: . Gera níveis patológicos de culpa; . Promove o autodenegrir-se e diminui a auto-estima, através de crenças que desvalorizam nossa natureza fundamental; . Estabelece a base para a repressão da raiva; . Cria ansiedade e medo através de crenças punitivas (por exemplo, inferno, pecado original, ect.); . Impede a autodeterminação e a sensação de controle interno, sendo um obstáculo para o crescimento pessoal e o funcionamento autônomo; . Favorece a dependência, o conformismo e a sugestionabilidade, com o desenvolvimento da confiança em forças exteriores; . Inibe a expressão de sensações sexuais e abre o caminho para o desajuste sexual; . Encoraja a visão de que o mundo é dividido entre "santos" e "pecadores", o que aumenta a intolerância e a hostilidade em relação "aos de fora"; . Cria a paranóia com a idéia de que forças malévolas ameaçam nossa integridade moral; . Interfere no pensamento racional e critico Os argumentos dos que consideram a religião um impacto positivo sobre a saúde: . Reduz a ansiedade existencial ao oferecer uma estrutura cognitiva que ordena e explica um mundo que parece caótico; . Oferece esperança, sentido, significado e sensação de bem-estar

à maior satisfação conjugal e sexual. associação e participação versus isolamento e solidão . Soluciona o problema perturbador da morte. . Estabelece uma orientação moral que suprime práticas e estilos de vida autodestrutivos. . satisfazendo a necessidade de pertencimento. Duas são as explicações para o efeito . Malony (1992) acrescentou ainda: humildade e interesse por mudanças versus mente fechada e autoritarismo Evidências Científicas Em resultados ainda não-conclusivos. os componentes de uma teologia são idealizados para formar um plano de vida que. Toda religião possui tais elementos.emocional. Outra área em que a religião é importante é no tratamento da dependência de álcool e drogas. . ao unir as pessoas em torno de uma compreensão comum. à diminuição da mortalidade. através da crença na continuidade da vida. através de um fatalismo reassegurador. Fornece identidade. Fé versus desespero . pesquisas demonstram: a religião está associada ao bem-estar. Fornece as bases para um ritual catártico coletivo Religião Madura e Saudável Para Pruyser (1968). através da associação com uma força onipotente. à saúde física. Confiança e sensação da presença da providência divina versus independência e desesperança exageradas . Reverência versus idolatria . Noção de vocação de viver os valores da vida versus perda de sentido e perda do sentimento de dever . . perdão e mudança versus falta de consciência. . . se praticado. irresponsabilidade. . notou-se um maior ajustamento pessoal. amargura e vingança . bem como menos dias de internação em clínicas psiquiátricas. Dá as pessoas uma sensação de poder e controle. Compromisso. à saber: . Promove a coesão social. pode trazer satisfação ao que crê. Fornece soluções para uma grande variedade de conflitos emocionais e situacionais. justificação. Comunhão com outros versus estar centrado em si mesmo e em seu orgulho . Ajuda as pessoas a enfrentarem melhor a dor e o sofrimento. Em relação a saúde mental. Redenção. . à maior capacidade de enfrentar o estresse. ao melhor controle da pressão arterial. psicólogo da Clínica Menniger.

competência social) e ambientes positivos (harmonia familiar. circuncisão. . e o desenvolvimento de recursos pessoais pessoais (sucesso acadêmico. contra o perseguir incessante do dinheiro e poder. ressentimento e culpa). dependência de substancias. Na religiosidade intrínseca. apoio dos outros adultos). sendo o princípio motor de sua vida. a religião é um meio para atingir outros fins. desencorajando desvios. valores prósociais. a pessoa realmente acredita e procura viver sua fé. Há ainda aqueles que acrescentaram um terceiro tipo: a religião do tipo busca. Religiosidade Intrínseca e Compromisso Religioso Alguns autores propõem dois tipos de religiosidade: a intrínseca e a extrínseca. a competição. com implicações importantes para a saúde. doenças sexualmente transmissíveis e câncer em período no qual o conhecimento cientifico e a medicina preventiva ainda não estavam desenvolvidos. muitas delas relacionadas aos estilos de vida contemporâneos (estresse. O mesmo pode ser dito das prescrições do Alcorão. comportamento sexual). apoio dos pais. Hoje outras doenças são prioritárias. Há um apelo claro à moderação. comunicação entre pais e filhos. Apoio Social Pertencer a um grupo religioso e participar dele pode trazer conseqüências psicossociais saudáveis que influenciam positivamente a saúde. Mecanismos Através dos Quais a Religião Influencia a Saúde Comportamento e Estilo de Vida As prescrições bíblicas de 3. limpeza e sexualidade foram importantes para prevenir infecções.000 anos atrás sobre dieta. A aderência a programas promotores de saúde é favorecida. delinqüência e comportamentos autodestrutivos. Estes podem ser vistos como violações de leis e práticas espirituais. alimentação excessiva. raiva. O apoio social correlaciona-se com a saúde e pode atuar de diversas maneiras: . Na extrínseca. a emoções negativas (hostilidade.da religião sobre a supressão do uso de substâncias: a função de controle social que a religião exerce. narcisismo e incapacidade de amar. advertem contra beber excessivamente. que prescrevem moderação no comportamento sexual e alimentar. preparo de alimentos.

como a ansiedade e anomia. A experiência religiosa e o companheirismo. Os rituais religiosos públicos e privados são métodos poderosos para manter a saúde mental e para prevenir o início ou a progressão de distúrbios psicológicos. inclusive pelos médicos (dois terços de uma amostra de 126 médicos relataram rezar pelos seus pacientes). Rituais religiosos Evidências empíricas da psiquiatria e da medicina de cuidados primários mostram que os rituais estão invariavelmente associados com o benefício. Confissão A confissão reduz a raiva. quanto culpa. . O efeito benéfico da religião pode advir de o indivíduo perdoar a si mesmo e aos outros.. talvez por vias psiconeuroendocrinológicas. as crenças das pessoas e suas interpretações em relação ao sofrimento e à vida são cruciais para a maneira de lidar com as dificuldades. tendo um valor catalítico e um efeito positivo no ato de enfrentar os problemas com sucesso. A comunhão regular com os demais é característica importante de muitos sistemas religiosos. . no ajustamento e na evolução terapêutica. aumenta a simpatia e reduz as repercussões negativas do ato e a culpa. O processamento cognitivo e as crenças influenciam o modo de lidar com o estresse. desenvolver autoconceitos emocionais mais saudáveis e doar-se de modo não-egoísta. Sistema de Crenças As crenças religiosas podem gerar tanto paz. sirvam para bloquear ou inibir o impacto de emoções deletérias. ou seja. autoconfiança e sensação de propósito na vida. . depressão e dúvidas. Meditação A literatura sobre os benefícios da meditação é muito extensa e seus benefícios já são reconhecidos por todos. depressão e morte de entes queridos. sendo fundamental em momentos de solidão. Alguns autores afirmam que não orar pelos pacientes é o mesmo que evitar ministrar uma droga ou um procedimento cirúrgico eficaz. Oração A oração é uma das formas mais antigas de intervenção terapêutica e continua sendo frequentemente utilizada.

imposição de mãos e unção dos enfermos são . . No meio mágico. Na prática clinica. a vergonha e a reconciliação. A falta de cura não é atribuída ao sistema terapêutico. dramatização e reforçamento). quando o tratamento não funciona imediatamente. O exorcismo permite vivenciar novamente uma intensa experiência emocional na tentativa de solucionar um problema psicológico e liberar as emoções acumuladas através de uma descarga catártica. motivação. na verdade. tem sido demonstrado que o calor humano. autoconfiante e onipotente). expectativa. a empatia e o interesse genuíno produzem melhores resultados. expulso). A vergonha é a realização de que os outros nos estão vendo como realmente somos. A doença recebe um nome (possessão). reduzindo sintomas patológicos. O resultado é influenciado por fatores e processos psicológicos (percepção. . . O perdão é o reconhecimento de que. crença. o rótulo é manipulado e um nome é usado (curado. .Perdão Está relacionado com a culpa. . Conversão A conversão religiosa e as experiências religiosas intensas parecem ter um efeito benéfico. contam a onipotência e o carisma do curandeiro (a auto-apresentação como poderoso. os mecanismos psicológicos do exorcismo são: . mas sim ao curandeiro ou ao remédio. A eficácia apóia-se sobre o efeito placebo. e não como gostaríamos que nos vissem. mas principalmente coma a segunda. Liturgia A liturgia apropriada no momento de vida da congregação ou da família facilita a catarse emocional. passes. A Bênção Bênção. Exorcismo Sem levar em consideração a dimensão espiritual. exorcizado. Remissão espontânea de sintomas psicológicos. somos mais parecidos com quem nos ofendeu do que diferentes. . O vínculo é importantíssimo na relação terapeuta-cliente.

Trilogia analítica A Trilogia Analítica. a filosofia e a teologia. Idioma para Expressar o Estresse e Promover Ajustamento Pessoal A religião pode ser utilizada como um idioma para expressar o sofrimento em momentos de desorganização social e insatisfação. Julian (1992) define o alvo da direção espiritual como sendo o de aprofundar o relacionamento de uma pessoa com Deus. o poder divino não pode ser objeto de escrutínio científico e experimentação. unifica a ciência. um elemento que aglutina as pessoas. Frei Albino Aresi. Noberto Keppe. Terapias com Influência Religiosa Praticadas no Brasil Terapia noossofrológica É mais conhecida pelo nome da clínica onde é praticada. das raças e das nações. "Mens Sana".práticas comuns em diversas religiões desde a antiguidade. Isso inclui a construção de um forte relacionamento com Deus e o desenvolvimento de uma vida pessoal plena de sentido. segundo seu criador. propõe a cura do equilíbrio energético. e pelo seu criador. entretanto. a dor. Associa métodos psiquiátricos e psicológicos convencionais e poderes paranormais para diagnóstico e cura. Terpsicore-transe-terapia . a aflição e o sofrimento. já falecido. utilizando os processos mediúnicos. Prega o conhecimento do manancial incalculável de psicoterapia das religiões mediúnicas. visando à unificação dos homens. através de comportamentos que a psiquiatria pode interpretar como sendo dissociativos. assim como o ato de benzer. Tais atos são instrumentos para produzir solidariedade. o pensamento e a ação. Psicotranse Fundada pelo médico Eliezer Mendes. que repara a tragédia. A Direção Espiritual É descrita como um relacionamento que tem por objetivo o desenvolvimento do self espiritual. o sentimento.

como ajudar as pessoas a identificar. aprender a lidar com a criança do passado. compreender. Aconselhamento noutético . irmã do ex-presidente norte-americano Jimmy Carter. médico psiquiatra e estudioso do fenômeno de transe dos cultos afro-brasileiros. então. Nova era A "Nova Era" é a herdeira atual dos movimentos gnósticos. Diversos são os terapeutas que procuram integrar seus conhecimentos psicológicos com essas práticas. Enfatiza o papel da oração e do Espírito Santo e a importância da cura para a comunidade cristã. e de que problemas políticos serão solucionados através da liberação do potencial humano. surgiram as causas e os porquês dos sintomas e das patologias. Não usa o aspecto místico ou religioso. As principais indicações seriam as fobias. o que motivou uma tomada de posição desfavorável dos Conselhos Federais de Medicina e Psicologia. a histeria e os sintomas psicossomáticos (Pincherle. mas especialmente entre os católicos carismáticos. mas também as reminiscências da vida intra-uterina e de vidas pregressas. Terapia de vidas passadas Pesquisa não só as memórias da vida atual. Foi fundado por Ruth Carter Stapleton. militar e social. ser levadas a Cristo em oração para que Ele traga cura. respeitar. ajuda-se as pessoas a encontrar suas memórias dolorosas e a expressa-las. Através do transe cinético. 1990). amor e perdão. Para isso. Cura interior É bastante difundida entre nós no meio evangélico. ocorre liberação emocional e pela dessensibilização uma reestruturação da personalidade e harmonização psicobiossocial. podendo. restauração. como as experiências da infância e algumas idéias de Missildine. Usa algumas idéias de Freud. Algumas ênfases do movimento são as idéias de que a humanidade está próxima de uma transformação econômica.Criada por Dadid Akstein (1994). Nessas memórias. O paciente é induzido a repetir a emoção sentida nos momentos dramáticos da regressão até que a angústia desapareça.

pastor fundamentalista norteamericano. e especificação dos fatores clínicos que serão afetados. Ron Hubbard. sacerdotes. Critério científico: (avaliação dos resultados e do processo): descrição do tratamento. A religiosidade não-saudável é um sintoma como os outros. explicações delirantes sobre o grupo. Critério administrativo e organizacional: preparo e formação dos terapeutas. Abordagem muito semelhante é também proposta no Irã pelos religiosos mulçumanos fundamentalistas. linguagem simbólica adequada. escritor norte-americano de ficção científica. Critério cultural: sensibilidade cultural. 1998) .Fundado por Jay Adams (1980). Critério epistemológico: se a terapia está aberta a críticas e à evolução. a saúde mental de liderança. . se possível com um manual. se funciona como culto totalitário. se o tratamento é patenteado. . e o padrão de mudança é a Bíblia. Critério ético: se há controle dos terapeutas. tem grande penetração entre os pastores evangélicos brasileiros. financiamento. se dialoga com as neurociências e a psicologia. denominada dianética (a ciência moderna da saúde mental). que precisa ser trabalhado e analisado. . As clínicas tornaram-se templos. . para evitar a pressão da Food and Drug Administration (FDA). achando que sua abordagem é suficiente. Critério psicopatológico: sistema teológico paranóide. a Psicologia e Psiquiatria não podem relegar mais essas experiências a segundo plano. Como o Sincretismo Entre Terapia e Religião Deve Ser Avaliado? Proponho adotar os seguintes critérios (Larson et al. O autor tem posição radical contra a psicologia e psiquiatria tradicionais. Critério teológico: insere-se em uma tradição teológica. se explora pacientes e terapeutas. mas passou. não-eltista. cuidados com o popularesco. a ser um movimento religioso. se a análise teórica é baseada nos conhecimentos médicos e psicológicos. . O objetivo do tratamento é mudar modo como as pessoas vivem. se é possível averiguar fatos apregoados. se está envolvido em problemas legais. . respeito ao conceito de self da comunidade. Assim. Iniciou-se como técnica de tratamento. e os terapeutas. Cientologia Fundada por L.

.Fonte: GRUPO IEBJP_TECNO. FELINTO. em mensagem postada por ARMANDO B.