You are on page 1of 8

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA DISCIPLINA: ANÁLISE MACROECONÔMICA PROF.

RAFAEL TIECHER CUSINATO LISTA DE EXERCÍCIOS I – NOÇÕES DE CONTABILIDADE SOCIAL E MODELO KEYNESIANO SIMPLES 1) Marque V ou F ( ) O Produto Interno Bruto (PIB) é o valor de mercado de todos os bens e serviços produzidos em um país, em um dado período. ( ) Os bens vendidos ilegalmente no mercado entram na contabilização do PIB. ( ) Os serviços prestados por uma dona-de-casa não entram na contabilização do PIB. ( ) A renda per capita é igual ao PIB real dividido pela população. ( ) A produção da filial brasileira de uma multinacional norte-americana entra no PIB brasileiro. 2) Suponha uma economia em que os bens e serviços finais constituem-se apenas em trigo, batata, automóveis e CDs, como mostra a tabela abaixo: Ano base escolhido = 2 ANOS PRODUTOS Trigo (saca) Batatas (ton.) Automóveis (uni.) CDs (uni.) PIB Real Responda: (a) Utilizando o ano 2 como ano-base, calcule o PIB real da economia. (b) Qual a diferença entre PIB real e PIB nominal? (c) Qual das duas medidas você utilizaria para comparar o desempenho da economia em dois anos diferentes? 3) A partir dos dados abaixo referentes a um país qualquer, calcule: PNB, PIL, PNL, PIB per capita e renda per capita. PIB = $ 5 bilhões RLEE = $ 400 milhões Depreciação = $ 600 milhões População = 1 milhão 4) Suponha que o PNB é $ 5000, a renda disponível YD é $ 4100 e o déficit orçamentário do governo $ 200. O consumo é de $ 3800 e o déficit na balança comercial é $ 100. a) Qual é o valor da poupança (S) ? b) Qual é o valor do investimento (I) ? Quantidade 15 30 10 20 1 Preço 40 50 1500 30 Valor total Quantidade 10 20 5 20 2 Preço 20 60 4000 20 Valor total

c) Qual é o valor do gasto do governo (G) ? 5) Qual a diferença no cálculo na renda nacional entre (a) a compra de um carro novo por uma empresa para um executivo e (b) o pagamento pela empresa de renda adicional ao executivo para ele mesmo comprar o carro. para onde pode estar indo este excesso de poupança em relação ao investimento? 14) O que é um estabilizador automático? 15) Mostre graficamente e explique o efeito de um aumento na alíquota de imposto de renda sobre a renda de equilíbrio. é 1400. 8) Suponha uma economia fechada e sem governo na qual a função consumo seja C=Co+cY. a) Qual é a renda de equilíbrio? b) Qual é o valor do multiplicador? Por que o multiplicador na presença de alíquota de imposto de renda é menor do que sem a alíquota? 10) Usando os dados do problema 9. 6) Mostre a partir do cálculo da renda nacional que: a) Um aumento nos impostos (enquanto as transferências permanecem constantes) deve implicar uma variação na balança comercial. quando I=100 e quando I=200? d) O valor de BS* se G=407.5 e Y*=1400 e) Calcule a sensibilidade do superávit orçamentário em relação a variações nos gastos do governo. enquanto a política fiscal se resume por G=250.8YD e que I=100.8Y.5 e t=0. qual seria o nível de acumulação involuntária de estoque? d) Se I fosse aumentar para 200. 13) Suponha uma economia aberta e com governo. nas compras do governo ou na diferença entre investimento e poupança. c) Um aumento tanto do consumo como na poupança deve implicar um aumento na renda disponível. a) Qual o nível de equilíbrio da renda neste caso? b) Qual o nível de poupança em equilíbrio? c) Se. Se a poupança privada é maior do que o investimento privado. 12) Explique a afirmação: em uma economia fechada e sem governo. . 7) Suponha uma economia fechada e sem governo na qual a função consumo é dada por C=0. por alguma razão. onde Co é uma constante (consumo autônomo). qual é o superávit orçamentário de pleno emprego BS*. qual seria o efeito sobre a renda de equilíbrio? e) Qual é o valor do multiplicador? f) Faça um gráfico indicando o equilíbrio em (a) e outro indicando o equilíbrio da poupança e investimento (b). TR=62. então ele precisa cortar gastos em um montante superior a $ 1000. a poupança é igual ao investimento. enquanto o investimento é dado por I=100. 11) Explique a afirmação: se o governo quer acabar com o seu déficit orçamentário de $1000.25. a produção estivesse ao nível de 550. b) Um aumento na renda disponível YD deve implicar um aumento no consumo ou na poupança. 16) Mostre graficamente e explique o efeito de um aumento dos gastos do governo sobre a renda de equilíbrio. a) Faça um gráfico da função consumo b) Qual é a função poupança? 9) Suponha uma economia com governo na qual a função consumo é C=0. Y*. determine: a) O valor do superávit orçamentário BS b) O valor de BS quando I aumenta para 200 c) Assumindo que o nível de renda de pleno emprego.