You are on page 1of 19

JOSÉ, O EXEMPLO DE UM PAI JUSTO Mateus 1: 16,19 – “ E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que se chama

o Cristo... Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente.” Pouca gente conhece a história se José, o pai de Jesus. Com exceção dos textos narrados na Bíblica Sagrada pelos evangelistas Mateus e Lucas. Os livros de Mateus e Lucas, capítulos iniciais um faz referência ao outro. O Evangelho de Lucas fala sobre o recenseamento que o imperador Augusto mandou fazer para uma contagem da população e ordenou que todas as pessoas fossem registradas. Nesse censo José é citado quando teve que sair de Nazaré, na Galiléia, para a região da Judéia, cidade de Belém, onde tinha nascido o rei Davi.

Daí em diante até a morte de Jesus. sendo que os nomes de Jesus e de Maria são lembrados em vários seguimentos. 2. “A volta do Egito” (Mt.13-15). no capítulo 1 fala sobre os antepassados de Jesus. marido de Maria. e levou consigo Maria com quem ia se casar.”. pouco se fala em José.José foi registrar-se lá porque era descendente do rei Davi. O Evangelho de Mateus. A partir do versículo 18. “A fuga para o Egito” (Mt. 2. narra o nascimento de Jesus e o nome de José é citado nos seguintes títulos: “O nascimento de Jesus” (Mt. e ela foi a mãe de Jesus. 18-25). chamado Messias.. José aparece no versículo 16: “Jacó foi pai de José. 19-23).. 1. BIOGRAFIA DE JOSÉ Nome do pai: Jacó Descendência: rei Davi Profissão: Artesão/carpinteiro .

manejava o ferro para fazer enxadas. zelotes e fariseus.” . móveis. carros de boi.José não conheceu o mundo das letras como os (escribas) nem das leis como os (fariseus). cangas. bancos. nome genérico para designar pessoas que trabalhavam com a madeira . mas sabia também trabalhar com pedras. a pedra e o ferro . José era homem simples do interior. rodas. muros. “Fontes da época dão conta de que o construtor era fundamentalmente carpinteiro. remos e mastros. Segundo levantamento feito por Boff. prateleiras. José era construtor-artesão (Tékton em grego. telhados. sepulturas e terraços. Não pertenceu a nenhum grupo dos piedosos chamados essênios. pregos e grades. tampouco da burocracia estatal dos cobradores de impostos e (saduceus) ou da classe sacerdotal ou (levítica). nascido na pequena vila de Nazaré. construindo casas. pás. que fazia casas.

Apenas o conhecem como carpinteiro. Isaías 11:1. Entretanto. uma pergunta surge: como é que Jesus poderia ser o filho de Davi se Davi viveu cerca de 1000 anos antes de Jesus? A resposta é que Cristo (o Messias) foi o cumprimento da profecia da descendência de Davi (2 Samuel 7:14-16). Pergunta: "O que significa que Jesus é o Filho de Davi?" Resposta: Dezessete versículos do Novo Testamento descrevem Jesus como o "filho de Davi". o que significa que Ele era da descendência de Davi. foi um . na Sua humanidade. Mateus 1 dá uma prova genealógica de que Jesus. que muita gente desconhece. Jesus era o Messias prometido.Essas são algumas especialidades e parte da história de José.Jeremias 23:5-6. Profecias a respeito do Messias ser descendente de Davi: Salmo 132: 11.

Filho de Davi" várias vezes por pessoas que. Primeiramente. a intenção era se referir ao Seu título messiânico encontrado nas profecias do Antigo Testamento a Seu respeito. o pai legal de Jesus. Maria. capítulo 3. A mulher cuja filha estava sendo atormentada por um demônio (Mateus 15:22). quando referia-se a Cristo como o filho de Davi. A genealogia em Lucas.descendente direto de Davi por intermédio de José. porém. pela fé. dá a linhagem de Jesus através de Sua mãe. buscavam perdão ou cura. Jesus é um descendente de Davi. por adoção através de José. os dois homens cegos à beira do caminho (Mateus 20:30) e o cego Bartimeu (Marcos 10:47) todos clamaram ao filho de Davi por ajuda. Jesus foi intitulado de "Senhor. .

1) O Plano de Deus e os planos José. domínio e poder de Jesus. e ao chamá-lo "Filho de Davi". Vamos analisar como José é um exemplo de um homem a serviço de Deus: Tema: José está totalmente vivendo em função de Cristo e não por si mesmo. -José quando desposou Maria ele tinha os seus planos PESSOAIS. o Plano Redentivo para o seu povo.Os títulos de honra que declaravam a sua fé nEle. lhe deram Chamá-lo de "Senhor" expressava um sentimento da divindade. -Mas Deus também tinha o Seu Plano. eles estavam professando que Ele era o Messias. .

decretou. de maneira aleatória. não tinha a formação dos grandes líderes e sábios de Israel. sem que haja uma finalidade neles? Há os que acham que Deus não determinou. como poderia José ser importante para a realização dos propósitos de Deus. . dizia respeito ao Mundo Inteiro. . quer sejam bons ou maus. dizia respeito a ele e seus familiares. Nada foi previsto ou determinado por Deus. inclusive os eventos naturais como terremotos. ocorrem acidentalmente. já o Plano de Deus era Macro. tsunamis. ou planejou absolutamente nada com relação aos seres humanos.Acaso ou Desígnio Divino? Os acontecimentos. e muito menos os acontecimentos diários. seu futuro histórico ou eterno.-Os planos de José era Micro. -José era um homem simples que morava em uma pequena vila Nazaré. erupções vulcânicas. ou seja.

Junto com seus seres morais. Inclusive para ele mesmo. santidade. quedas de aviões. mas segundo este plano sábio. mesmo as mínimas coisas. Nada que acontece. têm um propósito. mesmo as menores e piores. que neste acaso é aberto. Portanto. ainda que na maior parte das vezes desconhecido para nós? Os que pensam assim entendem que Deus criou o mundo conforme um plano. justiça. misericórdia e poder. Não se sabe o futuro. um projeto. elaborado em conformidade com sua sabedoria. será que as coisas que nos acontecem. o fazem ao acaso e de forma aleatória e casual. Deus constrói em parceria o futuro (Teísmo aberto). indeterminado e incognoscível. um propósito. enfim – nada foi previsto ou determinado por ele. não se pode prever absolutamente nada quanto ao fim da história. Ou. tudo é imprevisível como num jogo de futebol. .acidentes.

2. Tudo que ocorre. Pv 19. e os mesmos iriam se cumprir inevitavelmente. Is 46.21. acidente ou contingências.9). não acreditavam no acaso. ao contrário dos povos pagãos ao seu redor. elas acabam contribuindo para a concretização do propósito divino sem que Deus seja o autor do pecado. Is 14. de uma forma que não compreendemos.As decisões dos seres humanos são tomadas livremente por eles mesmos. Deus tinha traçado planos para os homens e as nações. Eram os filisteus e não os israelitas que acreditavam que as coisas podiam acontecer ao acaso (veja 1Sm 6.27. Os judeus. não acreditavam em sorte. coisas boas ou ruins. mas. .13.10b-11). Estes planos não poderiam ser frustrados por homem algum (Jó 42. Os israelitas. Is 43. acaso. azar. ao contrário dos pagãos. Para eles. estão dentro deste propósito concebido antes da fundação do mundo.

mas resultado da ação de Deus em levar o profeta a Nínive (Jn 1.13).4). cumprindo assim a determinação do Senhor de castigá-lo por ter consultado a pitonisa (2Sm 1.2124). 1Cr 10. A tempestade que atingiu o navio em que Jonas fugia para Társis não foi mera contingência. O amalequita que vagueava “por acaso” nos montes de Gilboa foi o que encontrou Saul agonizante e o matou. .33). O encontro “casual” do profeta com um leão causou-lhe a morte e assim cumpriu a profecia contra ele (1Re 13. o arqueiro que atirou sua flecha “ao acaso” durante uma batalha acabou atingindo o rei de Israel e dessa forma cumpriu a profecia sobre sua morte (2 Cr 18.Os autores do Antigo Testamento sempre descrevem eventos que aconteceram aparentemente ao acaso como sendo o meio pelo qual Deus realizava seu propósito final.6-10. Assim.

para que Acazias fosse morto (2Cr 22. ” Reverendo Augustus Nicodemos -E AGORA JOSÉ? -OS TEUS PLANOS OU O PLANO DE DEUS? -Como descobrir a vontade de Deus para minha vida? Rm.A visita casual que Acazias foi fazer a Jorão e o encontro fortuito com Jeú era tudo “a vontade de Deus” conforme o autor do livro das Crônicas. acidentalmente. sem propósito.7-9). 12:1-2 . Dezenas de outras passagens poderiam ser citadas para mostrar que na cosmovisão dos autores do Antigo Testamento nada acontecia por acaso. é completamente estranha ao mundo dos israelitas conforme temos registrado na Bíblia. nem mesmo as pequenas coisas. “ A visão de um mundo onde as coisas acontecem ao acaso.

-Wiliam Hendreksen comenta: “José era um homem de excelentes qualidades.-José escolheu fazer a vontade de Deus. mostrando portanto que José havia desposado Maria. seguir O Plano de Deus. José é chamado de “marido” de Maria. -No verso 18 há a afirmação de que eles ainda não tinham estado juntos. 2) OBEDECENDO AO REDENTIVO DE DEUS DO PLANO Obedecer ao Plano de Deus não seria fácil para José. alguém que estava sempre disposto a obedecer.” -No verso 16. -ERA MUITO MAIS COMPROMETEDOR. alguém cuja confiança estava no SENHOR. -A cerimônia de casamento entre os judeus não deve ser confundida com o compromisso matrimonial moderno. SÉRIO E . ou seja.

a infidelidade de uma mulher desposada era castigada com a morte(Dt.T. sem . desde esse momento José é chamado de esposo de Maria e Maria é chamada esposa de José.-O noivo e a noiva juravam fidelidade mútua na presença de testemunhas.19).. 2-Entregar-lhe uma carta de divórcio. -Segundo o costume da época. mas havia um tempo ainda até que pudessem começassem a viver juntos na mesma casa. a conclusão natural era que Maria o havia traído. -Segundo a lei do A. despedindo-a silenciosamente.24). -Quando José recebe a notícia de que Maria estava grávida (V. 22:23. -José deve ter sofrido muito sobre o que fazer corretamente em tais circunstâncias. ou seja. José tinha duas opções: 1-Estabelecer uma demanda judicial contra Maria.

5:5 – O anjo diz a João que não chore porque o Leão da Tribo de Judá. a figura do Pai era muito importante. Jesus só poderia cumprir a profecia que seria da linhagem de Davi se tivesse nascido na família de José.envolvê-la em qualquer procedimento judicial( Dt. em segurança. a Raiz de Davi venceu para abrir o Livro e desatar os selos. ser adotado por José.Lê – Deus diz que ele deveria receber Maria como esposa. Mas Deus fala a José através de um anjo lhe dizendo o que deveria fazer. VERSOS. -José toma a segunda opção. Ap. 24:1. .5:320). Naquele tempo e contexto. Durante muito tempo Jesus foi conhecido como José. ou seja. 20-23 . o carpinteiro.3 e Mt.Lê -E AGORA JOSÉ? -verso 24. deveria fugir para o Egito e até mesmo que deveria voltar de lá.

sabemos a grande maldade: que seus pensamentos eram malignos. sem discernir o juízo que sobreviria (Mt.Se Jesus não fosse aceito por José. bebiam. . 6:9) e obedeceu a ordem de Deus de construir a arca. O temor de José a Deus estava estampado em cada decisão e atitude dele. Noé. Era um homem forjado em Deus. andava com Deus (Gn. (Leia Mateus 1:19) – José era um homem justo. “E Noé fez tudo exatamente como Deus tinha ordenado” Gn. 6:5). Exemplos de Obediência: Noé. casavamse e se davam em casamento. Ele não encontrou eco. nem par na sua obediência. porém. vivendo no meio de uma geração corrompida e violenta. 24:37-42). comiam. Daquela geração (Gn. a profecia sobre a linhagem de Davi não se cumpriria. 7: 5 Noé obedeceu a Deus.

Ele perseverou em obedecer. Não foram 120 dias. Durante todo este tempo. vivendo naquele ambiente desfavorável? A resposta encontra-se em Hb. Como Noé conseguiu obedecer. Todavia. preparou uma arca para o salvamento da sua família. Sua vida e a arca eram o “outdoor” da justiça de Deus na terra. mas continuou obedecendo. . e desobedecendo a Deus. e tornou-se herdeiro da justiça que é segundo a fé”. Noé. obedecendo. 2:5). Noé. ele foi pregoeiro da Justiça (II Pe. divinamente avisado das coisas que ainda não se viam. 11: 7: “Pela fé. aquela geração continuou comendo e bebendo. sendo temente a Deus. por sua vez. casando-se e dando-se em casamento. Enfrentou zombarias e deboches. e por esta fé condenou o mundo. mas 120 anos.A construção da arca demorou 120 anos.

mas o caminho da obediência é estreito e difícil. é necessário fé. a figura do Pai era muito importante. Porque teve fé. CONCLUSÃO Naquele tempo e contexto. 5:4). encontramos facilidades. As coisas deste mundo cooperam para a desobediência. Não foi fácil para Noé obedecer no meio daquela geração.Ele obedeceu porque creu. Jesus só poderia cumprir a . Para se obedecer a Deus tem que se ter fé. Quando desejamos desobedecer. Mas como podemos vencer o mundo? “…e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (I Jo. Para se obedecer as ordens de um Deus que não se vê. o carpinteiro. Durante muito tempo Jesus foi conhecido como José.

5:5 – O anjo diz a João que não chore porque o Leão da Tribo de Judá. a Raiz de Davi venceu para abrir o Livro e desatar os selos. . Se você está questionando as coisas como José. permita-me sugerir que aja também como ele: OBEDEÇA. ser adotado por José. de marido. Ap. de homem. Se Jesus não fosse aceito por José.profecia que seria da linhagem de Davi se tivesse nascido na família de José. Deus não passa por cima da posição de pai de José. ou seja. alguém que cuida de todos ao seu redor. O mundo carece de HOMENS como JOSÉ. a profecia sobre a linhagem de Davi não se cumpriria. Deus não anula o papel dele na formação de Jesus. Que hoje possamos refletir nesse modelo de pai. (Leia Mateus 1:19) – José era um homem justo.

você tem uma escolha a fazer: OBEDECER ou DESOBEDECER. E. mesmo quando não entender o que está acontecendo? . não consegue enxergar todo o panorama dos acontecimentos. Ele obedeceu quando Deus o enviou. mas fez o que sabia que tinha de fazer. E quanto a você? Tal como José. Ele não sabia tudo o que estava acontecendo.Ele obedeceu quando o anjo o chamou. Ele obedeceu quando Maria explicou o que estava acontecendo. tal como José. Ele não permitiu que uma confusão em sua mente o impedisse de obedecer. Será que Deus pode fazer o mesmo com você? Você se dispõe a ser uma pessoa assim? Será capaz de servir.