You are on page 1of 0

Lei do Direito Autoral nº 9.

610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
A palavra ‘’protagonista’’ retoma o antecedente ‘’Luiz Alberto Mendes J unior”
Gabarito:Certo.
Comentário: O protagonista em questão tem como referente Luiz Alberto Mendes J únior, no início do texto.
QUESTÃO
Depreende-se dessa informação do texto que a vida de Luiz Alberto foi transformado em um filme de sucesso.
Gabarito: Errado.
Comentário:De acordo com o texto, a vida de Luiz Alberto Mendes J únior renderia um belo filme de ação.
QUESTÃO
Ainda falta muito anos para que Luiz Alberto alcance a liberdade.
Gabarito: Errado.
Comentário: Luiz Alberto faz palestras Brasil afora, ou seja, não está mais preso. Isso mostra que a informação da
questão está errada.
QUESTÃO
Trata-se de texto informativo em que há trechos narrativos
Gabarito: Certo (com ressalvas).
Comentário: De fato, há um trecho narrativo, que vai da linha 3 à linha 11. Isso pode ser afirmado, porque o autor,
de fato, narra a vida de Luiz Alberto.
QUESTÃO
O trecho ‘’que valem cada minuto da atenção dos leitores” tem natureza sintática restritiva
Gabarito: Certo.
Comentário: O pronome relativo “que” introduz uma oração subordinada adjetiva restritiva em relação ao substantivo
“narrativas”.
QUESTÃO
Mantém-se a correção gramatical do período ao se substituir “a mais ruim de cem anos” por há mais de cem anos
Gabarito: Certa (com ressalvas)
Comentário: Como a banca não questionou sobre a natureza informativa da questão, a troca é possível e mantém a
correção gramatical, pois o verbo “haver” conjugado na questão traz o sentido de tempo transcorrido, ao passo que a
preposição mostra o tempo a ser cumprido.
QUESTÃO
A substituição de “tem sofrido” por sofreu prejudicaria a correção gramatical do período
Gabarito: Errada (com ressalvas)
Comentrário: Não há prejuízo para a correção gramatical da sentença, pois é uma simples alteração de tempo
composto (tem sofrido), para tempo simples (sofreu). Entende-se que há uma distinção semântica, mas o comando
da questão não a mencionou, por isso, está certo.
QUESTÃO
Mantêm-se a correção gramatical e as informações originais do período ao se substituir “decorre de” por decorre em.
Gabarito: Errado.
Comentário: O verbo decorrer, na acepção utilizada, é intransitivo com um adjunto adverbial introduzido pela
preposição “de”, motivo pelo qual não se pode substituir a preposição em questão.
QUESTÃO
O ponto e vírgula é empregada nas linhas 7 e 8 para isolar elementos de uma enumeração em que um de seus
segmentos contém termos isolados por vírgulas.
Gabarito: Errada. (com ressalvas)
Comentário: A utilização dos dois pontos pode ter duas explicações: primeira, para separar termos de mesma
importância para a sentença; segunda: para separar termos de mesma função dentro do elemento sintático (sujeito)
em que já há uma intercalação marcada por vírgulas. Entende-se que a justificativa está correta, mas a utilização sob
a prerrogativa de “isolar” os termos não me parece correta.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
As palavras “Penitenciário”, “carcerária” e “J udiciário” recebem acento gráfico com base na mesma regra gramatical.
Gabarito: Certa.
Comentário: As três palavras são paroxítonas terminadas em ditongo.
QUESTÃO
De acordo com o texto, a melhoria das condições sociais da população contribui com a diminuição da criminalidade
e, consequentemente, do número de encarcerados.
Gabarito: Certa (com ressalvas)
Comentário: No texto, não se fala em diminuição da criminalidade, apenas em diminuição da taxa de
encarceramento, mas a banca há de considerar que os termos estão correlacionados.
QUESTÃO
O endereçamento de um comunicado dirigido a um juiz de direito deve ser redigido, no envelope, da seguinte forma:
Ao Senhor
Fulano de Tal
J uiz de Direito da X.ª Vara Cível
Rua ABC, n.º 123
12345-000 - Brasília-DF
Gabarito: Errado.
Comentário: O item 2.1.3 do MRPR ensina que o endereçamento deveria constar a expressão “A Sua Excelência”.
O que foi colocado na questão é o endereçamento para particulares.
QUESTÃO
A forma de tratamento Digníssimo deve ser utilizada apenas para parlamentares, como deputados federais,
estaduais, distritais e senadores
Gabarito: Errado.
Comentário: De acordo com o item 2.1.3 do MRPR não se emprega a forma de tratamento Digníssimo em
correspondência oficial.
QUESTÃO
O ofício é expedido exclusivamente por ministros de Estados.
Gabarito: Errado.
Comentário: O item 3.3 do MRPR mostra que essa é a descrição do Aviso, não do ofício.
QUESTÃO
É vedado o emprego de estrangeirismos em comunicações oficiais
Gabarito: Errado.
Comentário: O MRPR, na seção a respeito da linguagem a ser empregada em comunicações oficiais, não veda
expressamente o uso de estrangeirismos, apenas recomenda seu uso consciente.
QUESTÃO
O memorando consiste em modalidade de comunicação eminentemente interna, utilizada para o tratamento de
assuntos oficiais entre unidades administrativas de um mesmo órgão.
Gabarito: Certo.
Comentário: É o ensinamento do subitem 3.4.1 do MRPR.
QUESTÃO
Uma senhora recebeu da administração pública notificação, encaminhada por meio de ofício, a respeito da
desapropriação de sua casa para a criação de uma reserva ecológica. Nessa situação, por tratar-se de assunto oficial
entre administração pública e um particular, o expediente oficial utilizado é adequado ao propósito da comunicação.
Gabarito: Certo.
Comentário: A modalidade de comunicação entre a Administração Pública e o particular, segundo o MRPR, é o
Ofício.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Após ter redigido um memorando, já no momento da impressão, um servidor percebeu que as páginas do documento
não haviam sido numeradas. Nessa situação, a fim de sanar o problema, o servidor deve proceder à numeração a
partir da segunda página do documento, devendo a primeira ser mantida sem a numeração.
Gabarito: Certo.
Comentário: Segundo o MRPR, as páginas devem conter numeração a partir da segunda.
QUESTÃO
A velocidade de acesso à internet depende da ferramenta de navegação e do sistema operacional que estão sendo
utilizados; o navegador Microsoft Internet Explorer, por exemplo, é acessado mais rapidamente em ambiente
Windows.
Gabarito: Errado.
Comentário: Questão típica da Cespe inferiorizando uma ferramenta perante outra, a velocidade do acesso à
Internet depende principalmente da velocidade de conexão com a rede, ou seja, do canal contratado com o provedor
de acesso. Contudo se você se sentiu prejudicado pela questão pode argumentar que as aplicações, sistemas
operacionais e hardware interferem no desempenho de acesso aos serviços.
QUESTÃO
Diferentemente do Outlook Express, o Webmail pode ser acessado de qualquer computador, independentemente de
configurações prévias.
Gabarito: Certo.
Comentário: Questão simples mas controversa, pois, no contexto entende-se a analogia de não depender de
configurações específicas sobre os serviços de e-mail, por isso do gabarito provisório tender a ser dado como certo,
mas o candidato pode questionar o uso da palavra independente, uma vez que para acessar o webmail é necessário
um navegador, que por consequência necessita estar instalado (uma configuração prévia.)
QUESTÃO
A partir dos sítios de busca e pesquisa da Internet, é possível localizar, por exemplo, empresas, pessoas, mapas,
imagens e vídeos relacionados a um tema específico, bem como restringir o retorno da busca.
Gabarito: Certo.
Comentário: por meio dos motores de busca podemos utilizar o caractere – (menos) para excluir do resultado página
que contenham o termo atribuído do menos.
QUESTÃO
Os computadores atuais permitem a instalação de mais de um sistema operacional, sendo possível ao usuário
escolher, toda vez que iniciar o computador, entre o Windows e outro sistema operacional que esteja instalado.
Gabarito: Certo.
Comentário: o caso descrito também é conhecido como dual boot. Também é possível definir para que um deles
seja iniciado automático caso o usuário não selecione um.
QUESTÃO
Os procedimentos de segurança das redes sem fio são muito maleáveis, dado o uso desse tipo de rede evitar, por si
só, a ocorrência de contaminações por vírus.
Gabarito: Errado.
Comentário: a rede por si não evita a contaminação por vírus, mas a infra estrutura nela aplicada como firewalls e
proxys.
QUESTÃO
Os e-mails que solicitam informações pessoais, principalmente confidencias, como senhas e números de
documentos de identificação, devem ser postos sob suspeita pelos usuários, que devem buscar informações sobre a
empresa ou pessoa que solicita tais informações. Em caso de duvida sobre a precedência da mensagem, os usuários
não devem responder ao solicitado nem seguir nenhuma orientação ou instrução apresentada, devendo deletar
imediatamente a mensagem.
Gabarito: Certo.
Comentário: a ação descrita é conhecida como ataque de Phishing ou fraude, pelo qual o indivíduo tenta se passar
por um serviço confiável para induzir o usuário a lhe informar dados pessoais.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Ao se salvar uma planilha em edição no Microsoft Excel 2010 em configuração padrão, será criado um arquivo com
extensão. PPS que poderá ser exibido no navegador de Internet.
Gabarito: Errado.
Comentário: o formato padrão do Excel 2010 é .XLSX e não PPS, uma vez que PPS é o formato padrão do
PowerPoint 2003 e encontrado como opcional no 2010.
QUESTÃO
A ética refere-se a um conjunto de conhecimentos advindos da análise do comportamento humano e dos valores
morais, enquanto a moral tem por base as regras, a cultura e os costumes seguidos ordinariamente pelo homem
Gabarito: certo
Comentário: De fato, a ética se refere a um conjunto de conhecimentos advindos da análise do comportamento
humano e dos valores morais, ou seja, é a ciência do comportamento moral dos homens em sociedade, enquanto a
moral tem por base as regras, a cultura e os costumes seguidos ordinariamente pelo homem, ou seja, corresponde
ao conjunto de normas, preceitos, valores e costumes que norteiam o comportamento do indivíduo, grupos sociais e
sociedade.
QUESTÃO
A ética se confunde com a lei, pois ambos os institutos retratam o comportamento de determinada sociedade.
Gabarito: errado
Comentário: A ética não se confunde com a lei, pois o instituto da ética retrata o comportamento de determinada
sociedade e o instituto da lei retrata como deve ser esse comportamento.
QUESTÃO
A atitude de ceder um assento a um idoso em um transporte coletivo constitui um exemplo de comportamento
relacionado à cidadania, cuja concepção comporta não apenas a titularidade de diritos pelo indivíduo, mas também a
transformação de valores e princípios em atitudes que atendam aos interesses coletivos
Gabarito: certo
Comentário: A atitude descrita no item, de fato, constitui exemplo de comportamento cidadão, eis que a cidadania
comporta não apenas a titularidade de direitos pelo indivíduo, mas a transformação de valores e princípios em
atitudes que atendam aos interesses coletivos, ou seja, implica na participação e contribuição para o bem-estar da
sociedade.
QUESTÃO
Configura um dos elementos indispensáveis para o exercício da cidadania o efetivo conhecimento a respeito dos
direitos.
Gabarito: certo
Comentário: De fato, um dos elementos indispensáveis para o exercício da cidadania é o efetivo conhecimento a
respeito dos direitos, tendo em vista que a cidadania é a tomada de consciência de seus direitos, tendo como
contrapartida a realização dos deveres, o que implica no efetivo exercício dos direitos civis, políticos e
socioeconômicos.
QUESTÃO
A moralidade do ato praticado pela administração pública é evidenciada pela exclusiva análise da distinção entre o
bem e o mal.
Gabarito: errado
Comentário: A moralidade do ato praticado pela administração pública é evidenciada não só pela análise da
distinção entre o bem e o mal, mas deve ser acrescida da ideia fim da administração que é o bem comum, conforme
inciso III, do Decreto nº 1.171/94 “III - A moralidade da Administração Pública não se limita à distinção entre o bem e
o mal, devendo ser acrescida da idéia de que o fim é sempre o bem comum”.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Embora a função pública, tida como exercício profissional, integre a vida particular de cada servidor, os fatos
ocorridos no âmbito de sua vida privada não podem influenciar o seu bom conceito na vida funcional.
Gabarito: errado
Comentário: A função pública é tida como exercício profissional e integra a vida particular de cada servido, sendo
que os fatos ocorridos no âmbito da vida privada do servidor pode influenciar o seu bom conceito na vida funcional,
consoante inciso VI, do Decreto nº 1.171/94 “VI - A função pública deve ser tida como exercício profissional e,
portanto, se integra na vida particular de cada servidor público. Assim, os fatos e atos verificados na conduta do dia-
a-dia em sua vida privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional”.
QUESTÃO
É permitido ao servidor público omitir a verdade quando esta for contrária aos interesses da própria pessoa
interessada.
Gabarito: errado
Comentário: Não é permitido ao servidor público omitir a verdade quando esta for contrária aos interesses da própria
pessoa interessada, conforme inciso VIII, do Decreto nº 1.171/94 “Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não
pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria pessoa interessada ou da Administração
Pública”.
QUESTÃO
Para fins de apuração de comprometimento ético, a retribuição financeira pela prestação de serviço não constitui
elemento indispensável para a caracterização do indivíduo como servidor público.
Gabarito: certo
Comentário: Para fins de apuração de comprometimento ético, a retribuição financeira pela prestação de serviço, de
fato, não constitui elemento indispensável para a caracterização do indivíduo como servidor público, consoante inciso
XXIV, do Decreto nº 1.171/94 “Para fins de apuração do comprometimento ético, entende-se por servidor público
todo aquele que, por força de lei, contrato ou de qualquer ato jurídico, preste serviços de natureza permanente,
temporária ou excepcional, ainda que sem retribuição financeira (...)”.
QUESTÃO
O servidor público não pode receber prêmio para o cumprimento de sua missão no âmbito da administração pública.
Gabarito: certo
Comentário: É vedado ao servidor público receber prêmio para o cumprimento de sua missão no âmbito da
administração pública, de acordo com o inciso XV, do Decreto nº 1.171/94, alínea “g) pleitear, solicitar, provocar,
sugerir ou receber qualquer tipo de ajuda financeira, gratificação, prêmio, comissão, doação ou vantagem de
qualquer espécie, para si, familiares ou qualquer pessoa, para o cumprimento da sua missão (...)”.
QUESTÃO
A pena aplicável ao servidor público pela comissão de ética é pena de suspensão do servidor público por, no
máximo, trinta dias.
Gabarito: errado
Comentário:A pena aplicável ao servidor público pela comissão de ética é a pena de censura, segundo inciso XXII,
do Decreto nº 1.171/94 “XXII - A pena aplicável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censura (...)”.
QUESTÃO
Para que ao menos uma nota de cada valor seja retirada do bolso.
Gabarito: Certo
Comentário: Ao todo são 9 notas, e para ter certeza que foi retirado 1 nota de cada precisará ser retirada 8 notas,
visto que 4 são de 20,00 reais e 3 são de 50,00, sendo assim com a retirada da oitava cédula temos certeza que terá
uma nota de cada valor. Portanto a questão está CERTA.


Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Para que ao menos uma nota de cada valor seja retirada do bolso, a pessoa deverá retirar, no máximo, uma quantia
equivalente.
Gabarito: Certo
Comentário: Observe que neste caso, temos 3 possibilidades: (deixando de fora, 1 nota de 100,00, 1 nota de 50,00
ou 1 nota de 20,00). Então, como a questão pede no máximo, consideramos a retirada da nota de 20,00, logo o valor
auferido fica 410,00. Logo a questão está CERTA.
QUESTÃO
A preposição U→ V é falsa.
Gabarito: Certo
Comentário:Figura 1: A proposição U é verdadeira visto que o arco AB mede um pouco mais de 24 cm (
1
3
2 ∙ ∙ )
e os seguimentos AO e OB são 12 cm cada e a soma da 24 cm, portanto menor que o arco AB.
Figura 2: A soma dos seguimentos QR +RP +PS é maior que a soma dos seguimentos QP +PS (visto que o
seguimento PS está nos dois lados da desigualdade, e com isso os seguimentos QR +RP sempre será maior que o
seguimento QP), com isso a proposição V é falsa.
Dessa forma a proposição U →V terá o valor lógico de Falso, já que V → F = F. Logo a questão está CERTA.
QUESTÃO
Se um detento cometeu um assalto a mão armada, então ele é revistado diariamente.
Gabarito: Certo
Comentário:Representando as proposições temos o seguinte diagrama:

Com isso se o criminoso cometeu a assalto a mão armada, então ele é considerado perigoso e será revistado
diariamente. Sendo assim a questão está CERTA.
QUESTÃO
Somente os detentos perigosos serão revistados diariamente.
Gabarito: Errado
Comentário:Representando as proposições temos o seguinte diagrama:

Observe que o conjunto dos revistados diariamente são maiores que o conjunto dos detentos perigosos, então não
tem como afirmar que somente os “perigosos” serão revistados diariamente. Portanto a questão está ERRADA.
QUESTÃO
A negação da proposição todos os detentos considerados perigosos são revistados diariamente.
Gabarito: Errado
Comentário: A negação de “todo A é B” é “algum A não é B”. Logo a questão está ERRADA.



Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Sabendo-se que um detendo não cometeu crime estando armado, é correto afirmar que seguramente, ele não será
revistado.
Gabarito: Errado
Comentário:Representando as proposições temos o seguinte diagrama:

Se o detento não cometeu crime à mão armada, então não temos como garantir que ele é perigoso nem que ele será
revistado diariamente (ou sequer revistado). Com isso a questão está ERRADA.
QUESTÃO
Sabendo-se que um detento é considerado perigoso é correto afirmar que ele cometeu crime à mão armada.
Gabarito: Errado
Comentário:
Representando as proposições temos o seguinte diagrama:

Observe que o conjunto dos detentos perigosos são maiores que o conjunto dos detentos que cometeram crime à
mão armada, então não tem como afirmar que um detento perigoso cometeu crime à mão armada. Portanto a
questão está ERRADA.
QUESTÃO
A proposição [(P ^ Q) →R] V R é uma tautologia, ou seja, ela é sempre verdadeira, independentemente dos valores
lógicos de P,Q e R.
Gabarito: Errado
Comentário:
Desenhando a tabela verdade da proposição em questão, temos:
P Q R (P ᴧ Q) [(P ᴧ Q) → R]
[(P ᴧ Q) → R] V R
V
V V V V
V
V
V F V F
F
V
F V F V
V
V
F F F V
V
F
V V F V
V
F
V F F V
V
F
F V F V
V
F
F F F V
V
Veja que a segunda linha da tabela é falsa, com isso a proposição em questão não é tautologia e a questão está
ERRADA.



Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
O narcotráfico é uma das expressões mais visíveis do crime organizado, o qual, identificando-se com a realidade
mundial contemporânea em que está inserido, também procura agir de forma globalizada.
Gabarito: Certo
Comentário: O crime organizado se expressa de muitas maneiras e uma das mais visíveis sem dúvida é o
narcotráfico. Faz parte sim da realidade mundial e sua atuação é global.
“A universalidade da questão das drogas que vivenciamos hoje no cenário internacional se nos apresenta como um
fenômeno de magnitude quase "comparável ao que tiveram as ideologias em luta antes da queda do Muro de
Berlim". Isto quer dizer que o narcotráfico provoca conflitos nas relações políticas internacionais, mas também no
tecido social e cotidiano da gente (na vizinhança, na família e no indivíduo). Em outros níveis, o fenômeno figura em
diversos âmbitos e incide de maneira direta em vários segmentos da sociedade. "Invade a diplomacia, a política
interna e exterior, a economia de subsistência, o debate acadêmico e a atividade policial. “ (fonte: Revista Brasileira
de Política Internacional).
QUESTÃO
A prisão mencionada no texto ganhou maior repercussão na mídia devido ao fato de El Índio ser o primeiro criminoso
de projeção internacional a buscar abrigo no Brasil.
Gabarito: Errado
Comentário: Outros criminosos de projeção internacional já buscaram abrigo no Brasil. Talvez o caso de Abadia seja
o mais conhecido na história recente do país.

“O caso de refúgio de criminosos internacionais no País, como o de Abadia, não é o primeiro. Assim como ele, outros
criminosos procurados internacionalmente foram detidos em terras brasileiras. Confira abaixo os principais: Preso
em Criciúma, Santa Catarina, no dia 23 de junho de 2007, Rafael Humberto Maureira Trujillo, 50 anos, fazia parte da
lista como o pedófilo mais procurado do Chile. "Sakarach", como era conhecido, foi condenado a 20 anos de prisão
por abusar sexualmente de crianças e liderar uma rede internacional de pedofilia. Ao ser localizado por policiais,
estava encerrado um sentimento de impotência que afligia os chilenos desde o dia 17 de março deste ano.”
(http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,alem-de-abadia-outros-criminosos-ja-se-refugiaram-no-brasil,
QUESTÃO
Segundo especialistas em segurança pública, o fato de o Brasil se recusar a participar da Interpol, a polícia
internacional, dificulta a prisão de criminosos de alta periculosidade no país, a exemplo de poderosos
narcotraficantes.
Gabarito: Errado
Comentário: A Polícia Federal é a representante brasileira da INTERPOL. O escritório da Interpol no Brasil localiza-
se no complexo da Polícia Federal em Brasília, com representações estaduais em todas as Superintendências
Regionais da PF. Sua função é promover a cooperação com organizações policiais de outros países, em estrita
coordenação com a Sede da Interpol, em Lyon (França). Policiais Federais da Interpol trabalham na tradução e
divulgação de informação criminal internacional, cooperação em investigações internacionais, repressão de crime
transnacional, e a busca de foragidos da Polícia de outros países que se encontrem no Brasil.
QUESTÃO
No Brasil, as denúncias acerca de trabalho em condições análogas à escravidão referem-se a atividades do setor
terciário, sempre nos grandes centros urbanos.
Gabarito: Errada
Comentário: O setor primário apresenta a maior concentração de denúncias de trabalho escravo no Brasil ainda
hoje, e ele não acontece somente nos grandes centros urbanos.
“Segundo Renato Bignami, coordenador do programa de Erradicação do Trabalho Escravo da Superintendência
Regional do Trabalho e Emprego, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em São Paulo, o número de
estrangeiros resgatados no Estado vem aumentando. Ele afirma que, desde 2010, quando começaram as operações
de combate ao trabalho escravo voltadas exclusivamente para estrangeiros, 128 bolivianos e um peruano foram
resgatados no Estado de São Paulo, que concentra o maior contingente de trabalhadores estrangeiros do país.Todos
eles foram encontrados em oficinas de costura ilegais, terceirizadas por confecções contratadas por marcas
conhecidas, como Zara, Cori, Emme e Luigi Bertolli.” (fonte: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/ainda-hoje-
existe-trabalho-escravo-no-brasil/)
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Uma característica marcante da sociedade mundial contemporânea é a crescente preocupação com determinados
temas, como a defesa da sustentabilidade ambiental e o combate às formas degradantes de trabalho.
Gabarito: Certo
Comentário: A questão da sustentabilidade tem sido constantemente abordada na imprensa mundial como uma das
políticas defendidas por muitos países, bem como o combate às formas degradantes de trabalho também tem se
apresentado como um esforço político coletivo.
QUESTÃO
Empresas flagradas em uso de mão de obra escrava costumam enfrentar algum tipo de prejuízo financeiro, como
quedas no valor de suas ações e boicote dos consumidores, além de prejuízos em sua imagem institucional.
Gabarito: Certo
Comentário: Apesar de superficial, a explicação está certa. Mas vale lembrar que tais prejuízos são apenas um
exemplo das sanções que tais empresas sofrem por parte da sociedade.
QUESTÃO
Do ponto de vista, o que importa para definir se uma norma tem ou não caráter constitucional será a forma como ela
tenha sido introduzida no ordenamento jurídico, independente do conteúdo dessa norma.
Gabarito: ERRADA
Comentário: sob o aspecto material a norma será constitucional se tratar da organização do poder, da distribuição
das competências, da estruturação do Estado, dos direitos fundamentais.
QUESTÃO
Segundo a Constituição Federal de 1988, é assegurada a prestação religiosa nas entidades civis e militares de
internação coletiva. Entretanto, tal norma é de eficácia limitada, pois depende de complementação de lei ordinária ou
complementar para ser aplicada.
Gabarito: ERRADA
Comentário: o direito previsto no art. 5º, VII, CF. é norma de eficácia contida.
QUESTÃO
O princípio da máxima efetividade, invocado no âmbito dos direitos fundamentais, determina que lhes seja atribuído o
sentido que confira a maior efetividade possível, com vistas à realização concreta de sua função social.
Gabarito: CERTA
Comentário: é também chamado de princípio da eficiência ou interpretação efetiva.
QUESTÃO
A condenação criminal transitada em julgado acarreta a perda dos direitos políticos, independentemente de
manifestação expressa na decisão condenatória.
Gabarito: ERRADA
Comentário: acarreta a suspensão dos direitos políticos art. 15, III, CF.
QUESTÃO
Entre os direitos constitucionais garantidos às presidiárias incluem-se o respeito à integridade física e moral; as
condições para que possam permanecer com seus filhos durante o período de amamentação; e o cumprimento da
pena em estabelecimento distinto ao dos apenados do sexo masculino.
Gabarito: CERTA
Comentário: conforme o art. 5º, XLIX, L, XLVIII, da CF.
QUESTÃO
Segundo a Constituição Federal, ninguém será submetido a tratamento desumano ou degradante. Com base nessa
regra, o STF tem entendimento firmado no sentido de que é ilegal o uso de algemas, devendo o Estado assegurar
outros meios para evitar a fuga de presos eo perigo à integridade física de terceiros.
Gabarito: ERRADA
Comentário: Segundo consta SV 11, do STF é possível o uso de algemas em caso de resistência e de fundado
receio de fuga ou de perigo à integridade física, própria ou alheia por parte do preso ou de terceiros.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Segundo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), a degravação de mídia eletrônica referente a diálogos
colhidos em interceptação telefônica durante investigação policial deve ser integral, e não apenas dos trechos
relevantes à causa.
Gabarito: CERTA
Comentário: Este é o entendimento do STF, apesar de não unanime.
QUESTÃO
Segundo entendimento dominante no STF são, lícitas as provas produzidas em interceptações telefônicas
decretadas por decisões judiciais, quando tais decisões forem amparadas apenas em denúncia anônima.
Gabarito: ERRADA
Comentário: A prova assim colhida será ilícita conforme já decidiu o STF, dentre outros no HC 108.147
QUESTÃO
Com relaçao à greve no serviço publico, o STF tem decidido aplicar a legislação existente para o setor privado aos
servidores publicos. Entretanto, em razão da índole de suas atividades publicas, o STF decidiu pela inapicabilidade
do direito de greve a certos servidores, como os que exercem atividades relacionadas a manutenção da ordem
publica, à segurança pública e a administração da justiça.
Gabarito: Certo
Comentário: STF no julgamento da Reclamação 6.568 decidiu que as atividades das quais dependam a manutenção
da ordem pública, a segurança pública, a administração da justiça e a saúde pública não estão inseridas no elenco
das atividades que permitem aos servidores públicos o direito de greve.
QUESTÃO
O principio da impessoalidade, referido na constituição federal de 1988, nada mais é que o classico principio da
finalidade, o qual impõe ao seu fim legal. E o fim legal é unicamente aquele que a norma de direito indica como
objetivo do ato de forma impessoal.
Gabarito: Certo
Comentario: Regra incluída na obra de Hely Lopes Meirelles, quando ele aborda o tema princípios fundamentais da
administração pública.
QUESTÃO
Um agente penitenciário federal pode ser promovido na carreira por ascensão funcional, pois a promoção de servidor
por ascensão funcional constitui forma de provimento derivado compatível com a Constituição Federal.
Gabarito: Errado
Comentário: Súmula 685 STF: É inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-
se, sem prévia aprovação em concurso público destinado ao seu provimento, em cargo que não integra a carreira na
qual anteriormente investido.
QUESTÃO
Segundo entendimento do STF a intimação em processos judiciais da defensoria publica aperfeiçoa-se com a
publicação do ato notificatório no diário oficial.
Gabarito: Errado.
Comentário: Segundo STF a intimação da defensoria publica deve ser pessoal (art. 44 I, Lc 80/1994).
QUESTÃO
No que toca à imunidade profissional do advogado não constituem injuria ou difamação punível qualquer ato ou
manifestação praticada do exercício de sua atividade. Entretanto se, por exemplo, o advogado desacatar um agente
penitenciário que age no exercício de sua função o STF entende que não há imunidade, e pode ser instaurado
processo – crime contra o causídico.
Gabarito: Errado
Comentário: Só há imunidade diante dos atos que possam configurar crime contra a honra se os mesmos tivessem
alguma pertinência com a causa. Não é inimputável, isso é certo, o advogado que desacatar funcionário publico.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Consoante à jurisprudência do STF, é direito do advogado, previsto no ordenamento jurídico brasileiro, não ser
recolhido preso antes de sentença transitada em julgado, se não em sala de Estado Maior, com instalações e
comodidades condignas.
Nesse caso, quem deve avaliar e reconhecer se as instalações e comodidades são condignas é a OAB e não o
Estado.
Gabarito: Errado.
Comentário: o reconhecimento das instalações como condignas não será feito pela OAB, conforme entendimento do
STF na ADI. 1127-8.
QUESTÃO
O STF entende que a composição híbrida do Conselho Nacional de J ustiça não compromete a independência interna
e externa do poder judiciário, porquanto não julga nenhuma causa nem dispõe de atribuição, cujo exercício interfira
no desempenho da função jurisdicional.
Gabarito: Certo.
Comentário: Esse foi o entendimento contido na ADI 3367, pelo STF.
QUESTÃO
São considerados egressos os presos libertados definitivamente, pelo prazo de um ano, contado a partir da saida do
estabelecimento penal.
Gabarito: Certo
Comentário: artigo 30 inc. I do Decreto 6049/2007: Consideram-se egressos para os efeitos deste Regulamento: o
liberado definitivo, pelo prazo de um ano a contar da saída do estabelecimento penal. (também consta a mesma regra
no artigo 26 inciso I da Lei 7210 – Lei de execução penal)
QUESTÃO
Para que fique configurada a responsabilidade civil objetiva do Estado, é necessário que o ato praticado pelo agente
publico seja ilicito.
Gabarito:Errado
Comentário: Basta que a ação do agente público cause prejuízo, não tendo necessidade do ato ser ilícito.

QUESTÃO
O pressuposto para o ressarcimento do dano gerado ao patrimônio público é uma ação ou omissão dolosa, não
sendo passiveis de reparação aos casos culposos.
Gabarito: Errado
Comentário: Lei 8.429/92: Art. 5°: Ocorrendo lesão ao patrimônio público por ação ou omissão, dolosa ou culposa,
do agente ou de terceiro, dar-se-á o integral ressarcimento do dano.
QUESTÃO
Considere que o Ministério Publico ingressou com uma ação judicial pleiteando o ressarcimento ao erário de valores
provenientes de enriquecimento ilícito de um prefeito municipal. Nessa situação, a morte do prefeito gera imediata
extinção do processo, já que a obrigação de ressarcimento não se transmite aos herdeiros.
Gabarito: Errado
Comentário: Lei 8.429/92: art 8º: O sucessor daquele que causar lesão ao patrimônio público ou se enriquecer
ilicitamente está sujeito às cominações desta lei até o limite do valor da herança.
QUESTÃO
O agente público que se recusar a fornecer, dentro do prazo determinado a declaração de bens será punido com
pena de demissão.
Gabarito:Certo
Comentário: Lei 8.429/92: art. 13 § 3º: Será punido com a pena de demissão, a bem do serviço público, sem
prejuízo de outras sanções cabíveis, o agente público que se recusar a prestar declaração dos bens, dentro do prazo
determinado, ou que a prestar falsa.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Presos condenados e presos provisórios devem ser alojados em alas separadas e nao podem manter contato.
Gabarito: Certo
Comentário: Decreto 6.049/2007 art. 5º: Os presos condenados não manterão contato com os presos provisórios e
serão alojados em alas separadas.
QUESTÃO
Sociedades de economia mista são pessoas jurídicas de direito privado, instituídas pelo poder Público, sob qualquer
forma jurídica, para a exploração de atividades de natureza econômica ou execução de serviços públicos.
Gabarito: Errado
Comentário: As sociedades de economia mista são pessoas jurídicas de direito privados, instituídas pelo Poder
Público, exclusivamente sob a forma jurídica de sociedade anônima por ações, para a exploração de atividades de
natureza econômica ou execução de serviços públicos.
QUESTÃO
As fundações públicas poderão ser criadas para exercerem atividades de fins lucrativos.
Gabarito: Errado
Comentário: Decreto-Lei 200/67: art. 4º inc. IV: Fundação Pública - a entidade dotada de personalidade jurídica de
direito privado, sem fins lucrativos, criada em virtude de autorização legislativa, para o desenvolvimento de
atividades que não exijam execução por órgãos ou entidades de direito público, com autonomia administrativa,
patrimônio próprio gerido pelos respectivos órgãos de direção, e funcionamento custeado por recursos da União e de
outras fontes.
QUESTÃO
A Cobrança de multas, em caso de resistência do particular, é um ato administrativo auto executório.
Gabarito: Errado
Comentário: A multa é exigível mas não é auto executória, pois caso o administrado multado resista ao pagamento a
administração deve recorrer ao poder judiciário para garantir sua execução. Lembre-se que os atos administrativos
são auto executórios, mas nem todos, e a multa é um exemplo da exceção.
QUESTÃO
Um ato individual só pode ser revogado se não houver gerado direito adquirido para o seu destinatário.
Gabarito: Certo
Comentário: súmula 473 STF: A administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os
tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência ou oportunidade,
respeitados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial.
QUESTÃO
A nomeação do procurador geral da republica é um exemplo de ato administrativo composto.
Gabarito: Certo
Comentário: Segundo a doutrina tradicional que divide o ato administrativo em simples, composto e complexo, a
nomeação do procurador geral da república é um ato administrativo composto. Pois a aprovação da indicação do
nome feita pelo chefe do poder executivo é prévia a nomeação.
QUESTÃO
Enquanto não for declarada a invalidade do ato administrativo pela administração ou pelo Poder J udiciário, o ato
invalido produzirá normalmente seus efeitos.
Gabarito: Certo
Comentário: Um dos atributos do ato administrativo é a presunção de legitimidade que determina que os atos
administrativos, mesmo que ilegais, devem ser executados enquanto não anulados.


Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Um banco estatal que celebra com o particular um contrato para fortalecimento de cheque especial pratica um ato
administrativo.
Gabarito: Errado
Comentário: Ato administrativo não é contrato, no caso da questão ( banco estatal celebrando com particular
contrato de fornecimento de cheque especial) nós temos o que a doutrina chama de contrato da administração.
QUESTÃO
Toda modalidade de licitação deverá ser precedida pelo respectivo edital, que especificará as normas e os
procedimentos do respectivo certame.
Gabarito: Errado
Comentário: A modalidade convite não é precedida de edital e sim da carta convite que é o seu instrumento
convocatório.
QUESTÃO
A contratação de profissional do setor Artístico, consagrando pela critica especializada ou pela opinião publica,
poderá ser feita com dispensa de prévio procedimento licitatório.
Gabarito: Errado
Comentário: Lei 8.666 art. 25 inc. III: É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição, em especial
para contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de empresário exclusivo, desde
que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública.
QUESTÃO
Considere que Alberto, querendo apoderar-se dos bem de Cicero, tenha apontado uma arma de fogo em direção a
ele, constrangendo-o entregar-lhe a carteira e o aparelho celular. Nessa situação hipotética, de mera comparação
entre os tipos descritos como crime de constrangimento ilegal e crime de roubo, aplica-se o principio da
especialidade a fim de se tipificar a conduta de Alberto.
Gabarito: Correto
Comentário: A questão trata do conflito aparente de normas penais. O caso exposto realmente configura o princípio
da especialidade como também poderia ser usado o princípio da subsidiariedade. No exemplo, o crime de roubo é
especial em relação ao crime de constrangimento ilegal, pois é mais amplo e o constrangimento cabe dentro da
conduta típica do crime de roubo.
QUESTÃO
Considere que Adolfo, querendo apoderar-se de bens existentes no interior de uma casa habitada, tenha adentrado o
local e subtraído telas de LCD e forno micro-ondas, nessa situação, aplicando-se o principio da consunção, Adolfo
não responderá pelo crime de violação de domicílio, mas somente pelo crime de furto.
Gabarito: Correto
Comentário: A norma mais ampla absorve a menos grave. Realmente se trata do princípio da consunção e mais
especificamente na forma de crime progressiva. Ocorre quando o agente objetiva desde o início a produção do
resultado mais grave e por meio de atos sucessivos viola o bem jurídico. O ultimo ato causa o resultado pretendido,
que no caso em tela o crime de furto absorveu o anterior que foi a violação de domicílio. Dessa forma, o agente
responde pelo resultado mais grave.
Nesta hipótese, podem ser observados os seguintes elementos:
- Unidade de elemento subjetivo: desde o início, há uma única vontade;
- Unidade de fato: há um só crime, comandado por uma única vontade;
- Pluralidade de atos: se houvesse um único ato, não haveria que se falar em absorção;
- Progressividade na lesão ao bem jurídico: os atos violam de forma cada vez mais intensa o bem jurídico, sendo os
anteriores absorvidos pelo mais grave.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Um agente penitenciário federal, no presídio em que trabalha, determinou que César, preso sob sua custódia, traje
roupa íntima feminina e “desfile” no pátio durante o horário de visitas. Nessa situação, o agente não praticou crime de
abuso de autoridade tipificado na Lei n.⁰ 4.898/1965, visto que não se trata o agente de autoridade.
Gabarito: Errado
Comentário: O conceito de autoridade é fornecido pelo artigo Art. 5º da Lei de Abuso de Autoridade, o qual
considera- autoridade, para os efeitos desta lei, quem exerce cargo, emprego ou função pública, de natureza civil, ou
militar, ainda que transitoriamente e sem remuneração.
QUESTÃO
Marcelo, agente penitenciário federal, não ordenou o relaxamento da prisão de Bernardo, o qual se encontra preso
sob sua custódia. Bernardo foi preso ilegalmente, fato esse que é de conhecimento de Marcelo. Nessa situação, é
correto afirmar que Marcelo cometeu crime de abuso de autoridade.
Gabarito: Errado
Comentário: Questão tranquila. O agente não pode relaxe a prisão, somente o J uiz. O elemento subjetivo do agente
no caso concreto pouco importa, pois ele é competente para custódia e não da legalidade da prisão.
QUESTÃO
Um agente penitenciário federal determinou que J osé, preso sob sua custódia, permanecesse de pé por dez horas
ininterruptas, sem que pudesse beber água ou alimentar-se, como forma de castigo, já que J osé havia cometido,
comprovadamente, grave falta disciplinar. Nessa situação, esse agente cometeu crime de tortura, ainda que não
tenha utilizado de violência ou grave ameaça a J osé.
Gabarito: Correto
Comentário: Inteligência do artigo 1º, § 1º, da Lei de Tortura.
Constitui crime de tortura a conduta do sujeito que submete pessoa presa ou sujeita a medida de segurança a
sofrimento físico ou mental, por intermédio da prática de ato não previsto em lei ou não resultante de medida legal.
Ao se analisar o artigo 1º, incisos I e II, nestes casos é necessário que o sujeito tenha agido mediante violência ou
grave ameaça, sendo que no caso do § 1º, não existe tal necessidade, bastando que a pessoa submeta pessoa
presa ou sujeita a medida de segurança a sofrimento físico ou mental, por intermédio da prática de ato não previsto
em lei ou não resultante de medida legal.
QUESTÃO
J oaquim, agente penitenciário federal, foi condenado, definitivamente, a uma pena de três anos de reclusão, por
crime disposto na Lei n.⁰ 9.455/1997. Nos termos da referida lei, J oaquim ficará impedido de exercer a referida
função pelo prazo de seis anos.
Gabarito: Correto
Comentário: Inteligência do artigo 1º, § 5º, da Lei de Tortura, o qual nos informa que a condenação acarretará a
perda do cargo, função ou emprego público e a interdição para seu exercício pelo dobro do prazo da pena aplicada.
Na questão em comento o sujeito fora condenado a uma pena de três anos, logo ocorrerá à interdição para seu
exercício pelo dobro do prazo da pena aplicada.
QUESTÃO
Considere que J oão, residente em área rural, dependa do emprego de arma de fogo para prover sua subsistência
alimentar familiar. Nos termos do disposto na Lei n.⁰ 10.826/2003, a J oão não pode ser concedido porte de arma de
fogo por expor a perigo sua integridade física, uma vez que J oão pode se alimentar de outros produtos além da caça.
Gabarito: Errado
Comentário: O Estatuto do Desarmamento no artigo 6º, § 5º permite que os residentes em áreas rurais, maiores de
25 (vinte e cinco) anos que comprovem depender do emprego de arma de fogo para prover sua subsistência
alimentar familiar será concedido pela Polícia Federal o porte de arma de fogo, na categoria caçador para
subsistência, de uma arma de uso permitido, de tiro simples, com 1 (um) ou 2 (dois) canos, de alma lisa e de calibre
igual ou inferior a 16 (dezesseis), desde que o interessado comprove a efetiva necessidade em requerimento ao qual
deverão ser anexados os seguintes documentos.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Compete à Polícia Federal, por intermédio do Sistema Nacional de Armas, destruir armas de fogo e munições que
forem apreendidas e encaminhadas pelo juiz competente, quando não mais interessarem à persecução penal.
Gabarito: Errado
Comentário: O estatuto do desarmamento no artigo 25 estabelece que as armas de fogo apreendidas, após a
elaboração do laudo pericial e sua juntada aos autos, quando não mais interessarem à persecução penal serão
encaminhadas pelo juiz competente ao Comando do Exército, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas, para
destruição ou doação aos órgãos de segurança pública ou às Forças Armadas, na forma do regulamento desta Lei.
Logo, o erro na questão esta em se afirmar que compete a Polícia Federal a destruição das armas de fogo, posto que
o Estatuto do Desarmamento é tranquilo em afirmar que compete ao Comando do Exército.
QUESTÃO
Considere que um indivíduo, reincidente, seja condenado, definitivamente, a quinze anos de reclusão em regime
inicial fechado, devido à prática de crime hediondo. Nessa situação, é correto afirmar que esse individuo somente
progredirá de regime do cumprimento da pena após cumprir nove anos de reclusão.
Gabarito: Correto
Comentário: Contudo deve se atentar para o fato que a questão não informou quando o novo crime fora cometido.
A progressão de regime nos crimes hediondos é prevista no artigo 2º, § 2º, da Lei n.º 8.072/90, o qual nos informa
que progressão de regime, no caso dos condenados aos crimes previstos neste artigo, dar-se-á após o cumprimento
de 2/5 (dois quintos) da pena, se o apenado for primário, e de 3/5 (três quintos), se reincidente.
Logo, se o sujeito foi condenado a uma pena de quinze anos de reclusão, somente irá atingir o requisito objetivo
previsto na lei após o decurso de nove anos de sua reprimenda penal.
QUESTÃO
Considere que um indivíduo esteja sendo investigado pela prática do crime de tráfico ilícito de entorpecentes, tendo o
delegado pedido a sua prisão temporária pelo prazo de trinta dias. Nessa situação, caso seja deferida, a prisão
temporária não poderá ultrapassar o prazo máximo de quinze dias
Gabarito: Errado
Comentário: A lei dos crimes hediondos prevê que a prisão temporária nos crimes hediondos terá o prazo de até
trinta dias, o qual pode ser prorrogado por igual período em caso de extrema e comprovada necessidade. Artigo 2º, §
4º da Lei n.º 8.072/90.
QUESTÃO
A lei penal brasileira será aplicada aos crimes hediondos no território nacional ainda que praticados a bordo de
aeronaves estrangeiras de propriedade privada em voo no espaço aéreo correspondente, sem prejuízo de
convenções, tratados e regras de direito internacional.
Gabarito: Correto
Comentário: A assertiva esta correta. A territorialidade da lei penal é regulada pelo artigo 5º do Código Penal, o qual
nos informa que aplica-se a lei brasileira, sem prejuízo de convenções, tratados e regras de direito internacional, ao
crime cometido no território nacional. Sendo certo que o parágrafo primeiro estabelece que para efeito penal,
considera-se como extensão do território nacional as embarcações e aeronaves brasileiras, de natureza pública ou a
serviço do governo brasileiro onde quer que se encontrem, bem como as aeronaves e as embarcações brasileiras,
mercantes ou de propriedade privada, que se achem, respectivamente, no espaço aéreo correspondente ou em alto-
mar. O parágrafo segundo diz ser também aplicável a lei brasileira aos crimes praticados a bordo de aeronaves ou
embarcações estrangeiras de propriedade privada, achando-se aquelas em pouso no território nacional ou em vôo no
espaço aéreo correspondente, e estas em porto ou mar territorial do Brasil.
QUESTÃO
A lei penal brasileira será aplicada a crime cometido contra a administração publica por servidor público em serviço,
ainda que seja praticado no estrangeiro.
Gabarito: Correto
Comentário: Estamos falando da questão da extraterritorialidade da lei penal, a qual é regulamente pelo artigo 7º do
Código Penal. Ficam sujeitos à lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro, os crimes, contra a administração
pública, por quem está a seu serviço.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
A homologação de sentença estrangeira no Brasil, nos casos em que a aplicação da lei brasileira produza na espécie
as mesmas consequências, independente de pedido da parte interessada, a fim de obrigar o condenado a reparar
dano.
Gabarito: Errado
Comentário: A assertiva esta errada. Estamos diante do instituto da eficácia da sentença estrangeira, o qual se
encontra previsto no artigo 9º do Código Penal. A sentença estrangeira, quando a aplicação da lei brasileira produz
na espécie as mesmas consequências, pode ser homologada no Brasil para obrigar o condenado à reparação do
dano, a restituições e a outros efeitos civis e de acordo com o texto legal é necessário que haja o pedido da parte
interessada.
QUESTÃO
A ação de grupo armados civis contra o Estado democrático constitui crime insuscetível de graça e anistia
Gabarito: Errado
Comentário: A assertiva esta errada. A Constituição Federal tratou da figura dos grupos armados, civis ou militares,
contra a ordem democrática e o Estado Democrático no artigo 5º, inciso XLIV, ocasião em que afirmou ser tal espécie
de delito inafiançável e imprescritível, nada dispondo graça ou anistia, diverso do que fez ao tratar da tortura, do
tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, do terrorismo e os definidos como crimes hediondos, ocasião em que
de forma expressa que tais crimes são inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia.
QUESTÃO
O direito penal brasileiro não admite penas de banimento e de trabalhos forçados.
Gabarito: Correto
Comentário: A assertiva esta correta. Letra de lei. Artigo 5º, inciso XLVII, o qual prevê que não será admitida penas
de morte, salvo em caso de guerra declarada, de caráter perpétuo, de trabalhos forçados, de banimento e cruéis.
QUESTÃO
Considere que, diante de uma sentença condenatória e no curso do prazo recursal, uma nova lei processual penal
tem entrado em vigor, com previsão de prazo para a interposição do recurso diferente do anterior.
Gabarito: Certa
Comentário: Princípio do tempus regi actum. – O princípio processual dotempus regit actum impõe a aplicação da lei
vigente à época em que o ato processual fora praticado.
Na questão em comento foi dito que a lei foi alterada no decorrer do prazo recursal, logo, é de ser aplicada a lei que
estava vigente quando do início do prazo recursal.
QUESTÃO
Considere que , visando ampliar o conteúdo de determinada norma processual, um aplicador do direito, diante de
eventual suspeição de um jurado, tem utilizado, como regra, as mesmas causas de suspeição do J uiz de Direito,
procedimento esse juridicamente aceitável no ordenamento processual penal brasileiro.
Gabarito: Errado.
Comentário: Art. 3
o
A lei processual penal admitirá interpretação extensiva e aplicação analógica, bem como o
suplemento dos princípios gerais de direito.
Além do mais, está expresso na lei no § 2º do ar 448 do código de Processo Penal.
Art. 448. São impedidos de servir no mesmo Conselho:
I – marido e mulher;
II – ascendente e descendente;
III – sogro e genro ou nora;
IV – irmãos e cunhados, durante o cunhadio;
V – tio e sobrinho;
VI – padrasto, madrasta ou enteado.
§ 1
o
O mesmo impedimento ocorrerá em relação às pessoas que mantenham união estável reconhecida como
entidade familiar.
§ 2
o
Aplicar-se-á aos jurados o disposto sobre os impedimentos, a suspeição e as incompatibilidades dos juízes
togados.
Comentário prof. Marcelo Adriano: Está expresso na Lei, assim não há necessidade de interpretação extensiva.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Aos crimes militares aplicam-se as mesmas disposições do código processual penal, excluídas as normas de
conteúdo penal que tratam de matéria especifica diversa do direito penal comum.
Gabarito: Errado
Comentário: Expresso no inciso III do art. 1º do código processo Penal.
Art. 1
o
O processo penal reger-se-á, em todo o território brasileiro, por este Código, ressalvados:
I - os tratados, as convenções e regras de direito internacional;
II - as prerrogativas constitucionais do Presidente da República, dos ministros de Estado, nos crimes conexos
com os do Presidente da República, e dos ministros do Supremo Tribunal Federal, nos crimes de responsabilidade
(Constituição, arts. 86, 89, § 2
o
, e 100);
III - os processos da competência da J ustiça Militar;
QUESTÃO
A competência do Senado Federal para o julgamento do Presidente da Republica dos crimes de responsabilidade
constituem exceção ao principio, segundo o qual devem ser aplicadas nas normas processuais penais brasileiras aos
crimes cometidos no território nacional.
Gabarito: Certo
Comentário: Segundo o Art. 1º do Código de Processo Penal, o processo penal reger-se-á, em todo o território
brasileiro, por este Código, ressalvados:
II - as prerrogativas constitucionais do Presidente da República, dos ministros de Estado, nos crimes conexos
com os do Presidente da República, e dos ministros do Supremo Tribunal Federal, nos crimes de responsabilidade
(Constituição, arts. 86, 89, § 2
o
, e 100)
QUESTÃO
Em regra, a norma constitucional penal prevista em tratado e (ou) convenção internacional, cuja a vigência tenha sido
regularmente admitida no ordenamento jurídico brasileiro, tem aplicação independentemente do código de processo
penal.
Gabarito: Certo
Comentário: Art. 1
o
O processo penal reger-se-á, em todo o território brasileiro, por este Código, ressalvados:
I - os tratados, as convenções e regras de direito internacional;
QUESTÃO
A assistência jurídica ao preso em cumprimento de pena privativa de liberdade em estabelecimentos federais de
segurança máxima, de regra é responsabilidade da respectiva defensoria publica estadual.
Gabarito: Errado
Comentário: Cabe à defensoria Pública Federal, segundo o § 1º art. 5º da lei 11671/2008.
Art. 5o São legitimados para requerer o processo de transferência, cujo início se dá com a admissibilidade pelo juiz
da origem da necessidade da transferência do preso para estabelecimento penal federal de segurança máxima, a
autoridade administrativa, o Ministério Público e o próprio preso.
§ 1o Caberá à Defensoria Pública da União a assistência jurídica ao preso que estiver nos estabelecimentos penais
federais de segurança máxima.
QUESTÃO
São legitimados para requerer o processo de transferência de um preso para um estabelecimento penal federal o
ministério publico, o preso, a autoridade administrativa competente e o DEPEN.
Gabarito: Errado
Comentário: Segundo o art. 5º da lei DEPEN não está entre os legitimados.
Art. 5
o
São legitimados para requerer o processo de transferência, cujo início se dá com a admissibilidade pelo juiz
da origem da necessidade da transferência do preso para estabelecimento penal federal de segurança máxima, a
autoridade administrativa, o Ministério Público e o próprio preso.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
São requisitos para a inclusão de um preso em estabelecimento federal de segurança máxima, entre outros, ter o
preso praticado o crime que coloque em risco sua integridade física no ambiente prisional de origem, ser membro de
quadrilha ou bando com reiterada pratica de crimes patrimoniais e ser réu colaborador ou delator premiado,
independentemente das consequências resultantes da delação.
Gabarito: Errado
Comentário:
1. Não são crimes patrimoniais, são crimes com violência ou grave ameaça;
2. Não é independente das consequências da delação, s sim desde que essa condição represente risco à sua
integridade
Art. 3
o
Para a inclusão ou transferência, o preso deverá possuir, ao menos, uma das seguintes características:
I - ter desempenhado função de liderança ou participado de forma relevante em organização criminosa;
II - ter praticado crime que coloque em risco a sua integridade física no ambiente prisional de origem;
III - estar submetido ao Regime Disciplinar Diferenciado - RDD;
IV - ser membro de quadrilha ou bando, envolvido na prática reiterada de crimes com violência ou grave ameaça;
V - ser réu colaborador ou delator premiado, desde que essa condição represente risco à sua integridade física no
ambiente prisional de origem; ou
VI - estar envolvido em incidentes de fuga, de violência ou de grave indisciplina no sistema prisional de origem.
QUESTÃO
A atividade jurisdicional de execução penal nos estabelecimentos penais federais é competência do juiz federal da
seção ou subseção em que estiver localizada a unidade prisional a qual foi recolhido o preso.
Gabarito: Certo
Comentário: Lei11671/08.
Art. 2
o
A atividade jurisdicional de execução penal nos estabelecimentos penais federais será desenvolvida pelo
juízo federal da seção ou subseção judiciária em que estiver localizado o estabelecimento penal federal de segurança
máxima ao qual for recolhido o preso.
QUESTÃO
No flagrante próprio, o agente é flagrado no momento da execução do delito, enquanto no flagrante improprio o
agente é encontrado logo depois, com instrumentos, armas, objetos ou papeis que façam presumir ser ele o autor da
infração.
Gabarito: Errada
Comentário: A questão retrata o flagrante presumido e não o impróprio.
Segundo o art. 302 do CPP considera-se em flagrante delito quem:
I - está cometendo a infração penal: Flagrante próprio;
II - acaba de cometê-la: Flagrante próprio;
III - é perseguido, logo após, pela autoridade, pelo ofendido ou por qualquer pessoa, em situação que faça
presumir ser autor da infração: Flagrante impróprio;
IV - é encontrado, logo depois, com instrumentos, armas, objetos ou papéis que façam presumir ser ele autor da
infração Flagrante presumido.
QUESTÃO
Em regra, o prazo para a prisão temporária é de 5 dias prorrogáveis por mais 5 dias, quando necessário.
Gabarito: Certa
Comentário: Art. Da lei 7960/89
Cinco dias:
2° A prisão temporária será decretada pelo J uiz, em face da representação da autoridade policial ou de requerimento
do Ministério Público, e terá o prazo de 5 (cinco) dias, prorrogável por igual período em caso de extrema e
comprovada necessidade.
Trinta dias:
§ 4
o
do art. 2º da lei 8072/90
A prisão temporária, sobre a qual dispõe a Lei n
o
7.960, de 21 de dezembro de 1989, nos crimes previstos neste
artigo, terá o prazo de 30 (trinta) dias, prorrogável por igual período em caso de extrema e comprovada necessidade.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
A ação penal publica condicionada a representação da vitima inicia-se mediante recebimento da queixa pelo juiz
competente.
Gabarito: Errada
Comentário: A ação penal pública condicionada à representação se inicia com o oferecimento da denúncia por
parte do Ministério público.
QUESTÃO
No momento do interrogatório o reu , o juiz o informara do inteiro teor da acusação, bem como no direito de
permanecer calado, admitindo o, porem, que o silencio poderá ser interpretado em prejuízo a sua defesa.
Gabarito: Errada
Comentário: O erro da questão está em se falar que o silêncio do acusado poderá ser interpretado em desfavor da defesa.
O direito ao silêncio foi eleito à categoria de garantia fundamental na Constituição Federal do Brasil de 1988, que em
seu art. 5º, inciso LXIII, diz: “o preso será informado de seus direitos, entre os quais o de permanecer calado, sendo-
lhe assegurada à assistência da família e de advogado”.
Esta garantia implicou na posterior alteração do Código de Processo Penal, que dizia, no art. 186, “antes de começar
o interrogatório, o juiz observará ao réu que, embora não esteja obrigado a responder às perguntas que lhe forem
formuladas, o seu silêncio poderá ser interpretado em prejuízo da própria defesa”. O texto, após a alteração do art.
186, passou a vigorar com a redação conhecida atualmente de que o imputado tem o direito de calar-se, e seu
silêncio não será usado em prejuízo da defesa.
Art. 186. Depois de devidamente qualificado e cientificado do inteiro teor da acusação, o acusado será informado
pelo juiz, antes de iniciar o interrogatório, do seu direito de permanecer calado e de não responder perguntas que lhe
forem formuladas.
Parágrafo único. O silêncio, que não importará em confissão, não poderá ser interpretado em prejuízo da defesa.
QUESTÃO
A capacidade postulatória para interpretação de Habeas Corpus para defender em juízo violação a liberdade de
locomoção ilicitamente coactada ou ameaçada é atribuída a qualquer pessoa, bem como o Ministério Publico.
Gabarito: Correto.
Comentário: Habeas corpus significa "que tenhas o teu corpo", e é uma expressão originária do latim. Habeas
corpus é uma medida jurídica para proteger indivíduos que estão tendo sua liberdade infringida, é um direito do
cidadão, e está na Constituição brasileira no artigo 5º, inciso LXVIII, conceder-se-á "habeas-corpus" sempre que
alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade
ou abuso de poder.
Habeas corpus é também chamado de “remédio judicial ou constitucional”, pois ele tem o poder de cessar a violência
e coação que indivíduos possam estar sofrendo.
O HABEAS CORPUS pode ser impetrado (ajuizado) por qualquer pessoa, em seu favor ou de outrem,
independentemente de capacidade postulatória processual, bem como pelo Ministério Público.
O destinatário da proteção do HABEAS CORPUS denomina-se paciente.
QUESTÃO
O delegado de policia, mediante despacho nos autos do inquérito policial, poderá determinar a incomunicabilidade do
indiciado sempre que o interesse da sociedade ou da conveniência da investigação o permitir.
Gabarito: Errado.
Comentário: A questão fala do delegado de polícia decretar a incomunicabilidade do indiciado. Ao se analisar o p.
único do artigo 21, se conclui que compete ao juiz de direito decretar tal mister. Deve, ainda, ser dito existe quem
diga pela inconstitucionalidade desse artigo.
QUESTÃO
Caso haja tentativa de fuga de um preso, o servidor do estabelecimento penitenciário poderá fazer uso de força
contra o recluso com o objetivo de impedir sua fuga.
Gabarito:CERTA:
Comentário: Conforme o art.54 das regras mínimas.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com fins
comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.


QUESTÃO
Na hipótese de um recluso estar doente e necessitar de cuidados especializados, deverá ser providenciada sua
transferência para um estabelecimento especializado ou para um hospital civil.
Gabarito: CERTA
Comentário: conforme prevê o art.22, parágrafo 2º, das regras mínimas.
QUESTÃO
Ao preso pode ser negado o acesso à identificação dos responsáveis por sua prisão por decisão da polícia ou para
preservar a segurança dos envolvidos.
Gabarito: ERRADA
Comentário: é direito do preso a identificação dos responsáveis pela sua prisão ou interrogatório policial, conforme o
art.5º, LXIV, CF.
QUESTÃO
É possível a concessão de mandado de segurança da hipótese de um preso sofrer, por abuso de poder, violência em
sua liberdade de locomoção.
Gabarito: ERRADA
Comentário: A ação utilizada neste caso é o “habeas corpus”, conforme o art.5º, LXVIII, CF.
QUESTÃO
Os condenados devem cumprir suas penas em estabelecimentos distintos, considerando-se a idade e o sexo do
apenado e a natureza dos delitos.
Gabarito: CERTA
Comentário: conforme o art.5º, XLVIII, CF.
QUESTÃO
Constitui um objetivo estratégico do eixo orientador IV a promoção dos direitos humanos dos profissionais do sistema
de segurança pública, assegurando sua formação continuada e compatível com as atividades que exercem.
Gabarito: CERTA
Comentário: conforme o objetivo estratégico III, da diretriz 11, do eixo orientador IV, do PNDH-3.

QUESTÃO
No eixo orientador IV, é disposta diretriz para a participação popular no sistema de segurança pública e justiça
criminal; a diretriz para o combate à violência institucional não é, contudo, abrangida por esse eixo.
Gabarito: ERRADA
Comentário: na diretriz 14, do eixo orientador IV, encontramos medidas de combate à violência institucional.
QUESTÃO
O eixo orientador IV parte do pressuposto de que a realidade brasileira segue sendo gravemente marcada pela
violência e por severos impasses estruturais na área de segurança pública.
Gabarito: CERTA
Comentário: tal justificativa é prevista no eixo orientador IV, em seu 7º paragrafo.
QUESTÃO
A vítima de perseguição em seu país legitimamente motivada por crime de direito comum pode invocar o direito de
procurar e de gozar asilo em outros países.
Gabarito: ERRADA
Comentário: o direito ao asilo não pode ser invocado em caso de perseguição legitimamente motivada por crimes de
direito comum, conforme o art. XIV, da DUDH.
QUESTÃO
Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.
Gabarito: CERTA
Comentário: está conforme o art. III, DUDH.