You are on page 1of 2

Ligação Metálica Ligação metálica é a ligação entre metais e metais.

Formam as chamadas ligas metálicas que são cada vez mais importantes para o nosso dia-a-dia. No estado sólido, os metais se agrupam de forma geometricamente ordenados formando as células, ou grades ou retículo cristalino. Uma amostra de metal é constituída por um grande número de células unitárias formadas por cátions desse metal. Na elétrons mais externos, com a consequente formação de cátions, que formam as células unitárias. Esses cátions têm suas cargas estabilizadas pelos elétrons que foram liberados e que ficam envolvendo a estrutura como uma nuvem eletrônica. São dotados de um certo movimento e, por issoligação entre átomos de um elemento metálico ocorre liberação parcial dos , chamados de elétrons livres. Essa movimentação dos elétrons livres explica por que os metais são bons condutores elétricos e térmicos.

Ligação Metálica A consideração de que a corrente elétrica é um fluxo de elétrons levou à criação da Teoria da Nuvem Eletrônica ou Teoria do “Mar” de elétrons. Pode-se dizer que o metal seria um aglomerado de átomos neutros e cátions, mergulhados numa nuvem ou “mar” de elétrons livres. Esta nuvem de elétrons funcionaria como a ligação metálica, que mantém os átomos unidos.

• Um cristal ou retículo cristalino de NaCl aumentado 300 vezes.

Ligação Metálica São estas ligações e suas estruturas que os metais apresentam uma série de propriedades bem características, como por exemplo, o brilho metálico, a condutividade elétrica, o alto ponto de fusão e ebulição, a maleabilidade, a ductilidade, a alta densidade e a resistência á tração. As ligas metálicas são a união de dois ou mais metais. Às vezes com não-metais e metais. As ligas têm mais aplicação do que os metais puros. Algumas ligas:

bronze (cobre + estanho)usado em estátuas, sinos

Latão( Cobre+Zinco)Usados em armas e torneiras.

Ligação Metálica

8% de carbono) – com maior resistência à tração.. pontes. Ligação Metálica . Em vez de ser comprimido em um tanque sob pressão.Aço inoxidável (ferro + 0. em um motor a combustão ou em uma célula de combustível para geração de energia. -Desenvolvimento feito pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) – SP . o hidrogênio reage com o magnésio das ligas que compõem o compartimento e forma um hidreto metálico que se decompõe quando aquecido a uma determinada temperatura. Ao ser injetado no tanque de armazenagem.09/05/2012 . petróleo e biomedicina. Classe de materiais nanoestruturados estudada por grupo na UFSCar pode ser utilizada em setores como energia. geladeiras. liberando o gás para ser queimado.1 a 0. . por exemplo. pias e talheres. ligas metálicas inovadoras são desenvolvidas no Brasil . fogões. é usado em construção.1 de carbono + 18% de cromo + 8% de níquel) – não enferruja (diferente do ferro e do aço comum). fogões. é usado em vagões de metrô. como nos gases comuns. o hidrogênio reage com a própria estrutura do material esponjoso do tanque.E uma liga metálica que possui maior resistência à corrosão e ao desgaste do que os metais convencionais.Uma liga de magnésio com estrutura nanométrica capaz aprisionar hidrogênio de forma segura.Fapesp] Ligas metálicas inovadoras são desenvolvidas no Brasil Os pesquisadores estão desenvolvendo protótipos de tanques de armazenagem de hidrogênio. que são capazes de aprisionar o gás de forma segura para ser posteriormente utilizado para geração de energia.[Imagem: Ag. compostos por ligas de magnésio nanoestruturadas.aço comum (ferro + 0. .