You are on page 1of 2

Resenha crítica: O filme “O Diabo veste Prada” com o texto Competências comportamentais mais valorizadas pelas empresas.

O filme “O Diabo veste Prada” relata o inicio da carreira de uma jovem recémformada em jornalismo que consegue um emprego em uma revista de moda. Essa revista é uma das melhores revistas e referencia em moda. André não tinha ideia do grau de dedicação que a revista iria requer dela ao se tornar assistente de umas das mulheres mais influentes do mundo da moda, Miranda é uma mulher ambiciosa, impetuosa, impessoal, exigente e temperamental. Com um total descaso com as funcionárias, as tratando de forma dura e sem respeito. Hoje cada vez mais os empregados tem visto a necessidade de uma seleção mais minuciosa não só dos conhecimentos técnicos, mais também da parte emocional do empregado. No texto competências comportamentais mais valorizadas pelas empresas irei vincular tais competências ao filme “O Diabo veste Prada”. Em relação ao trabalho em equipe revela o rendimento da empresa, o filme deixa clara a questão de tempo de trabalho à funcionária que estava há mais tempo na empresa colocar a funcionária que acabou de ser inserida no ambiente de trabalho com a maior parte das responsabilidades e as piores tarefas. O ideal seria as duas trabalharem em equipe, para que as duas soubessem de todos os assuntos tratados no setor, aumentando a comunicação no setor. Ao se referir a capacidade de negociação a falta de dialogo do empregador com o empregado é absurda, o funcionário tem que adivinhar os desejos e pensamentos do empregador. E privando os funcionários de momentos de lazer, e lhe atribuindo tarefas da vida pessoal em seus momentos de descanso, algo imposto. A comunicação com seus funcionários é péssima e deixa tudo subentendido, sem clareza alguma. A funcionária fica perdida a tanta informação e sem um treinamento adequado. Sem prudência alguma com suas atitudes. A Andrea mostrou ser uma pessoa otimista apesar da situação em que se encontrava. Ao ser vista como incapaz e incompetente deu a volta por cima, sobressaindo mudando o seu estilo e mostrando sua capacidade profissional.
Apesar de não ter valorizado sua qualidade de vida trabalhando até mais tarde,

chegando ao trabalho mais cedo, esquecendo seus amigos e seu namorado para cumprir tarefas nos seus horários de lazer. Ao chegar nesta empresa a sua visão holística não existia, não tinha nenhum conhecimento da empresa e sequer se preparou para tal situação. O que hoje me dia é inaceitável.

nos qualificando e demostrando o nosso melhor como pessoa. Conclusão: Temos como funcionário ter uma serie de competências humanas possíveis. Ela superou todas as expectativas e conquistou um patamar melhor em seu setor.Enquanto sua colega lhe ensinou o básico ou quase nada e atribuindo as piores tarefas a serem feitas. Temos que ter conteúdo mais também princípios pra um bom funcionamento do que nos propusermos a fazer e fazelo com excelência. No final do filme demostrou sua assertividade deixando claro a sua posição dentro da empresa e como isso aprendeu o que realmente almejava em sua vida. . Com uma intuição apurada e com a demonstração de seu trabalho Andrea conquistou a confiança da sua superior.