You are on page 1of 51

43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica
Cotagem Baseada em Sistemas de Referência Sobremetal de Usinagem
Prof. Jorge Henrique Bidinotto bidinotto@ufscar.br
43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem

Sumário

•Cotagem Baseada em Sistemas de Referência
Introdução Exemplos

•Sobremetal de Usinagem
Introdução Sobremetal Mínimo Necessário Tolerâncias e Sobremetais Operacionais Condições Operacionais do Processo de Usinagem Aplicação Prática

43.064-1

Fundamentos de Fabricação Mecânica

Sobremetal de Usinagem

Cotagem Baseada em Sistemas de Referência
Introdução:
•Deve ser feita sempre tomando como base a face de referência

•Quando se cota diâmetro, a referência sempre é a linha de centro, portanto se faz sem base em nenhuma face

•Dessa forma, ao olhar um desenho com sua cota, já é possível se identificar sua face de referência

43.064-1

Fundamentos de Fabricação Mecânica

Sobremetal de Usinagem

Cotagem Baseada em Sistemas de Referência
Exemplos:

43.064-1

Fundamentos de Fabricação Mecânica

Sobremetal de Usinagem

Cotagem Baseada em Sistemas de Referência
Exemplos:

43.064-1

Fundamentos de Fabricação Mecânica

Sobremetal de Usinagem

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Cotagem Baseada em Sistemas de Referência Exemplos: 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Cotagem Baseada em Sistemas de Referência Exemplos: 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Cotagem Baseada em Sistemas de Referência Exemplos: 43.

Cotagem Baseada em Sistemas de Referência Exemplos: 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Introdução: •Sobremetal de Usinagem é a camada de material a ser removida de uma peça quando esta sofre usinagem •Quando a peça sofre várias operações de usinagem. cada uma tem seu sobremetal •Pode ser classificado em: Sobremetal total (St) – camada de metal removida após todas as operações de usinagem Sobremetal intermediário (Si) – camada removida após cada ooperação de usinagem •Logo : St=ΣSi 43.

Sobremetal de Usinagem Introdução: •Pode ainda ser definido como a diferença entre as dimensões após e antes a operação de usinagem •Unilateral 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Introdução: •Bilateral em duas faces 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Introdução: •Bilateral em revolução 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . É utilizado para calcular as dimensões intermediárias às operações de usinagem Sobremetal real – Camada REALMENTE removida na usinagem (coniderando erros) Sobremetal verificado – Camada medida após a remoção de material (considerando erros do sistema de medição) 43.Sobremetal de Usinagem Introdução: •Pode ser classificado ainda em: Sobremetal nominal – Remoção estabelecida por cálculo.

Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: •O cálculo correto do sobremetal é importante por razões econômicas •Quanto menor o sobremetal. se o sobremetal for muito pequeno. pode ser cara de tornar o processo oneroso •Dessa forma. •Por outro lado. a despesa com mão-de-obra.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . etc. porém. menor o tempo de máquinas. a necessidade de máquinas novas. pode acontecer de a operação de usinagem “matar” a peça •Uma peça em bruto muito precisa. o sobremetal “ideal” calculado é o Sobremetal Mínimo Necessário (Sm) 43.

Erros inevitáveis de produção. material descarbonetado em barras laminadas ou buracos. etc. irregularidades. como erros geométricos de máquinas operatrizes ou outros fatores 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . como a camada superficial em fundição.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: •Define-se Sobremetal Mínimo Necessário (Sm) como: o sobremetal ótimo entre duas operações de usinagem que assegure uma qualidade previamente fixada na superfície a um custo de processamento mínimo na fabricação da peça em bruto e usinada •O Sobremetal Mínimo Necessário deve também compensar alguns fatores como: A espessura da camada danificada da peça em bruto.

etc.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . 43.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: •Logo o sobremetal para uma determinada operação pode ser calculado por i – operação qualquer de usinagem no processo de fabricação da peça. simetria. perpendicularismo. composto por n operações Rmaxi-1 – altura máxima de rugosidade superficial da operação de usinagem anterior t i-1 – profundidade da camada danificada correspondente à operação anterior peças fundidas: camada de perlita peças laminadas: camada descarbonetada ρ i-1 – soma vetorial dos desvios de posição das superfícies de referência até a operação anterior: falta de paralelismo.

simetria. 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . Em geral é bem pequeno se comparado aos outros ρ ρ2 ρ1 εi – Erros que não aparecem antes de a peça ser fixada. Ex. etc. excentricidade de eixos causados por flambagem. etc. perpendicularismo.: erro de planicidade em carcaças.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: ρ i-1 – soma vetorial dos desvios de posição das superfícies de referência até a operação anterior: falta de paralelismo.

Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: – Erro de localização devido a imperfeições em dispositivos de fixação.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . A peça fica livre desse erro quando as referências de usinagem são as mesmas de montagem SεL – Sobremetal necessário para compensar o erro de localização St – Sobremetal total 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: – Erro de deformação na peça devido à sua fixação 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: – Erro de deformação na peça devido à sua fixação 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: – Erro de montagem na máquina ou dos próprios ajustes de batente da máquina 43.

03 0.6 0.12 0.03 43.015 0.08 0.5 0.05 0.12 0.12 0.05 50 a 120 120 a 260 260 a 500 Deslocamento axial [mm] 0.3 0.3 0.1 0.08 0.2 0.2 0.2 0.04 0.1 0.15 0.12 0.15 0.03 0.1 0.1 0.4 0.1 0.25 0.08 0.05 0.15 0.1 0.4 0.08 0.6 0.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .025 0.4 0.1 0.08 0.2 0.3 0.1 0.05 0.01 0.5 0.8 0.15 0.15 0.02 0.12 0.1 0.12 0.5 0.25 0.4 0.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: Alguns desses erros podem ser estimados pelas tabelas Valores médios de erros de montagem (ε) na fixação de peças em placas de 3 castanhas Até 50 Tipo da superfície Fundida em areia Fundida em moldes permanentes Fundida em shell-molding Forjado em martelo Forjado em prensas horizontais ou verticais Usinagem de desbaste Usinagem de acabamento Retificada 50 a 120 120 a 260 260 a 500 Até 50 Deslocamento radial [mm] 0.05 0.15 0.5 0.1 0.2 0.2 0.3 0.12 0.

33 0.32 0.1 0.05 0.08 43.65 0.07 0.47 Erros de montagem (ε) na fixação de barras redondas retificadas.12 0.1 26 a 48 0.03 10 a 18 18 a 30 30 a 50 50 a 80 80 a 100 0.05 0.21 80 a 95 0.4 0.13 50 a 58 0.08 19 a 25 0.18 60 a 78 0.15 0.04 0.44 0.1 0.09 0.27 110 a 115 120 a 125 130 a 150 0.07 10 a 18 0.2 0.5 0.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: Alguns desses erros podem ser estimados pelas tabelas Erros de montagem (ε) na fixação de barras redondas laminadas a quente em placas de 3 castanhas Diâmetro D [mm] Deslocamento radial Deslocamento axial até 9 0.27 0.6 0.06 0.07 0. trefiladas ou descascadas em pinças elásticas Diâmetro D [mm] Deslocamento radial Deslocamento axial 6 a 10 0.2 0.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .06 0.

2 15-2.6 5.7 1.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .2-0.3-2.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: Alguns desses erros podem ser estimados pelas tabelas Valores de Rmax e t para diversas operações [μm] Operação Torneamento desbaste Torneamento acabamento Mandrilamento Alargamento Brochamento Acabamento com esferas Retificação Rmax 15-5.3 1.3 3-5 20-25 43.3 t 25-30 15-20 15-20 10-20 10-20 20-25 15-20 Lapidação Brunimento 1.25-0.25-0.3 5.3-1.3-5.7 10.3-0.3 10.

Para peças de ferro fundido já desbastadas. o erro de montagem é zero: εi =0 2. Para retíficadoras centerless. a camada danificada já foi removida.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . logo ti = 0 43.Sobremetal de Usinagem Sobremetal Mínimo Necessário: •Observações sobre a fórmula abaixo 1.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: Considerando: T1 T'1 T2 T'2 Sm SM D1m D1M Tolerância da operação 1 Tolerância possível de ser obtida na operação 1 Tolerância da operação 2 Tolerância possível de ser obtida na operação 2 Sobremetal mínimo entre as operações 1 e 2 Sobremetal máximo entre as operações 1 e 2 Dimensão mínima na operação 1 Dimensão máxima na operação 1 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para dimensões externas 43.

Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Pode-se afirmar que T1=D1M-D1m D1m=D2M+Sm D1M=D2m+T1+Sm+T2 T1+T2+Sm=SM D1M=D2m+SM •Sendo T2 ≥ T’2 T1=T’1 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para dimensões internas 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Pode-se afirmar que D1m=D2M-SM D1M=D2m-Sm SM=Sm+T1+T2 43.

furos D1m=D2M-2Sm D1M=D2m-2SM SM=Sm+T1+T2 43.Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Usinagem bilateral .eixos D1m=D2M+2Sm D1M=D2m+2SM SM=Sm+T1+T2 •Usinagem bilateral .064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Considerando n operações .064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .para dimensões externas 43.

Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para a i-ésima operação DiM=D(i-1)m+Sim Dim=D(i-1)M+SiM SiM=Sim+Ti+T(i-1) 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

para dimensões internas 43.Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Considerando n operações .064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para a i-ésima operação DiM=D(i-1)m-Sim Dim=D(i-1)M-SiM SiM=Sim+Ti+T(i-1) 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para dimensões de face 43.

Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para dimensões de face •Vale o mesmo equacionamento.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . sempre lembrando qual o sentido positivo das cotas •Para a face A A1M=A2m-SmA A1m=A2M-SMA SMA=SmA+T1A+T2A •Para a face B B1m=B2M+SmB B1M=B2m+SMB SMB=SmB+T1B+T2B 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para dimensões de face – considerando n operações •Para a face A Lim=L(i-1)M+Sim LiM=L(i-1)m+SiM SiM=Sim+T(i-1)+Ti •Para a face B LiM=L(i-1)-Sim Lim=L(i-1)-SiM 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para engrenagens 43.

Sobremetal de Usinagem Tolerâncias e Sobremetais Operacionais: •Para engrenagens •Para a face A Lim=L(i-1)M+Sim LiM=L(i-1)m+SiM SiM=Sim+T(i-1)+Ti •Para a face B LiM=L(i-1)-Sim Lim=L(i-1)-SiM 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

o sobremetal deve ser calculado antes de cada uma delas. Tolerâncias: O sobremetal máximo para uma determinada operação é dado por SiM=Sim+T(i-1)+Ti •Sabendo que a máquina operatriz tem uma faixa de tolerâncias T’i possível. quando várias operações de usinagem são necessárias.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . nas operações intermediárias. tentando. usar a tolerância máxima da máquina (dentro dos limites de custo) •Para o cálculo do sobremetal áximo. então que. deve serlevado em consideração: •1.Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •Conclui-se. qual tolerância devo usar para uma operação i??? 43.

Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

Quanto mais Ti se aproxima de T’i. km varia de 1.00 a 1.10 43. Segurança: O sobremetal mínimo deve seguir a seguinte relação Sim=k . Quanto mais velho.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . Sin Sim – sobremetal mínimo real Sin – sobremetal mínimo obtido por cálculo (ou tabela) k – coeficiente de segurança k=km x ki x ks x kr •km: coeficiente de confiabilidade na tolerância.08 •ki: idade do equipamento.05 a 1. maior ki ki varia de 1. maior é km.Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •2.

15 •kr: porcentagem admissível de peças rejeitadas. menor ks. Quanto mais confiável.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . ks varia de 1.00 a 1.03 43. menor kr kr varia de 1.05 a 1. Quanto maior a porcentagem admissível.Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •ks: confiabilidade na capacidade do processo.

Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •Sobremetais totais •Considerando o caso anterior (3 operações): SMT=S1M+S2M+S3M Sendo S3M=S3m+T3+T2 S2M=S2m+T2+T1 S1M=S1m+T0+T1 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •Custos de manufatura •Para cada fator da equação de k. A soma de todas as curvas é o custo total daquele processo 43. pode ser associado um gráfico de custo com o aumento do coeficiente.

Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •Custos de manufatura •Colocando graficamente as curvas já obtidas em função do sobremetal.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . tem-se 43.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem . devem ser analisados ainda: •Máquinas disponíveis para operação e suas respectivas tolerâncias •Tolerâncias de processamento comparadas às tolerâncias da máquina 43.Sobremetal de Usinagem Condições Operacionais do Processo de Usinagem: •Custos de manufatura •Finalmente. além das considerações anteriores.

: para tabelas com um intervalo de valores. considerar um valor aproximadamente na metade da faixa 43.064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Aplicação Prática •Calcule o sobremetal e o diâmetro inicial para o eixo abaixo •Dados: O eixo bruto é obtido por forjamento em recalcadora horizontal As operações previstas para usinagem do eixo são torneamento de acabamento e retificação Ignore o raio da ferramenta na mudança de diâmetros Obs.

064-1 Fundamentos de Fabricação Mecânica Sobremetal de Usinagem .Sobremetal de Usinagem Aplicação Prática •Calcule o sobremetal e o diâmetro inicial para o eixo abaixo 43.