You are on page 1of 10

1. MONTAGEM DA LUNETA 1.1.

Altura do Mount e ajuste do Cheek piece (“apoio da bochecha”) A obtenção de mounts na altura certa pode ser um negócio dispendioso. Obter o mount na altura correta significa mais conforto e mais alvos atingidos. Mount errado significa desconforto, frustração e menos alvos atingidos. O principal fator na escolha de um conjunto de mounts (após o diâmetro correto) é a distância entre a extremidade dianteira da luneta e do cano. Para uma luneta com paralax frontal, montá-la muito perto do cano pode causar ao toque, e até mesmo desviar o cano, no final do ajuste da luneta. O outro fator é o alinhamento da cabeça. Se a sua luneta é montada muito baixo, você pode achar que você tem que "empinar" a sua cabeça no cheek piece ou manter sua cabeça em um ângulo extremo para poder ver a imagem. Por outro lado, se o sua luneta é montada muito alta, você encontra-se esticando o pescoço, sem tocar a cabeça no cheek piece. Em ambos os casos isso vai induzir instabilidade com você lutando para conseguir visualizar a imagem. Coronhas com cheek piece ajustável eliminam este problema. Uma vez que a objetiva da luneta e o cano estejam suficientemente separados, a luneta pode ser montada em qualquer altura que o atirador escolher, garantindo uma posição ideal para o máximo conforto. Muitos atiradores utilizam um “adaptador na ocular da luneta”, um anel de borracha que se encaixa no olho e que elimina a luz difusa e melhora a visualização de imagens. No entanto, é preciso ter cuidado para não usá-lo incorretamente. É apenas um dispositivo para reforçar a visualização da imagem e não deve ser usado para localizar a posição da cabeça. Esta é a função de um cheek piece corretamente ajustado. 1.2 Centralizando as torres de ajuste No interior da luneta existe um tubo pequeno, que contem o retículo e a lente de inversão da imagem. Quando ajustamos as torres, movemos este tubo girante, e isso muda a relação entre o retículo e a imagem do alvo. A luneta é opticamente centrada se este tubo interior for completamente alinhado com o corpo da luneta. Isto significa que os eixos das estruturas mecânicas e ópticas coincidem e esta posição dá a menor quantidade de erros ópticos e distorção da imagem. Outra razão importante de porque é preciso centrar as lunetas com o eixo é o fato de que, se os tubo eretor (mounts) esta situado no extremo em qualquer direção, ele pode tocar o tubo principal e nós não podemos usar a faixa de ajuste completo ou pode até mesmo

Outro método é configurá-lo com um espelho. A forma correta para centralizar a luneta é girá-la sobre si mesma (a fábrica Schmidt & Bender utiliza esse método para centralizar opticamente suas lunetas). mas também não recomendado. em seguida alinhá-la aproximadamente com papeis brancos sobre as montagens e somente um ajuste fino (mediante poucos clicks) deve ser realizado com as torres. Isso significar que sempre devemos centrar a luneta. para evitar danificar o acabamento do corpo da luneta. . e quando sua luneta não pode focar no infinito o retículo “fantasma” se moverá amplamente quando se olhar através da luneta. mas isto não é preciso e pode danificar o mecanismo da luneta. O problema com esse método é que você não consegue visualizar a mira “fantasma” em todas as lunetas. e então você verá uma cruz “fantasma” e deverá alinhar os dois retículos com as torres da luneta até um cobrir o outro. Fixa-se a arma e se coloca a luneta sobre os mounts abertos.experimentar movimentos de desvios laterais do retículo ao ajustar a elevação. Em essência consiste em segurar um espelho na extremidade da lente objetiva fortemente (por exemplo. Para centralizar a luneta. com um elástico ou a luneta em pé no espelho). Vale a pena colocar algumas tiras de papel entre os mounts e a luneta. ajuste o paralax para o infinito e a ampliação para o mínimo. geralmente são utilizados os pontos médios dos intervalos das torres de ajuste. apontando para um alvo alto.

1. Agora sua luneta esta opticamente centrada. Repita algumas vezes. o centro do retículo deverá mover-se segundo um arco: Deve-se estimar onde esta o ponto central do arco e atuar sobre as torres para que o centro do retículo vá aproximadamente para esse ponto. Marque as posições das torres para uso posterior. mas metade ou um quarto de volta é suficiente. até que o centro do retículo esteja constantemente apontando ao ponto central. A luneta deve poder mover-se . Pegue a luneta e a coloque-a sobre os mounts. sem mover-se quando se girar a luneta. não deixando elevar-se acima deles.3. Aperte levemente estes até ficar firme. apenas girando sobre seu eixo. Instalando os mounts Remova os parafusos da parte de cima dos mounts e coloque-os para um lado. Gire quantas vezes desejar. Solte/folgue ligeiramente os parafusos laterais e deslize as mounts no trilho da arma (rabo de andorinha).Depois gire suavemente a luneta enquanto pressiona contra os mounts. Coloque a parte superior dos mounts e aperte os parafusos com a mão. Ao girar.

Feche os olhos para que a posição provisória da luneta não afete a sua posição. afim de alcançar a correta distância de alívio do olho. mesmo com alguma resistência. deverá ver a imagem corretamente no primeiro olhar (ver fotos abaixo). com a arma confortavelmente apoiada no ombro. . Observe a imagem vista. Apoie a sua cabeça no cheekpiece em uma posição confortável e se você abrir seus olhos. numa superfície plana. e mova sua cabeça para frente ou para trás.longitudinalmente e também girar. aperte os parafusos superiores do mount. Incialmente você irá buscar uma boa imagem. A imagem deve estar bem nítida nas bordas e ter um anel preto e grosso ao redor. O retículo será alinhado com mais precisão mais tarde. mas por agora o acima será suficiente.Alinhe a linha vertical do retículo aproximadamente perpendicular à cauda de andorinha. Isso dá a base mais estável para a luneta.Coloque os mounts de modo que eles estejam em espaçamento máximo entre si.Determine se a luneta terá que ser movida para frente ou para trás e deslize-a longitudinalmente até que uma imagem completa seja obtida. Em seguida. e você tem que alinha a luneta para essa posição. . A posição ideal é onde você coloca a cabeça com a menor tensão muscular.Coloque a cabeça junto ao cheekpiece em uma posição cômoda e natural. . em seguida. . siga estes passos: . aperte-os firmemente. .Assuma sua posição de tiro sentado normal. Em seguida.

ambos devem focar nitidamente ao mesmo tempo. Gire a ocular de foco rápido até que se veja o retículo tão preto e bem definido como eles podem ser para a sua visão particular. A outra forma. céu claro (não o sol!). Portanto. Se não for o tipo de foco rápido. Existem geralmente dois tipos de mecanismo de ajuste. conhecido como "abordagem rápida" é um anel estreito na extremidade da ocular da luneta. onde a luneta precisa executar o seu máximo. desviando o olhar para relaxar os olhos. Esta é a distância mais longa e. portanto. O mais comum é aquele em que todo a ocular gira e bloqueia com um anel roscado contra a ocular. Queremos dizer com . Com o arma apoiada no ombro e o paralaxe colocado no infinito. Se você olha com um olho no retículo e com o outro no horizonte.1. mas é aconselhável marcar sua posição uma vez ajustado. Dê voltas maiores.5. a distância mais crucial é de 50 metros (55 yards). a luneta precisa estar “opticamente centrada” quando a torre de elevação estiver colocada à 50m.4. Se não for ajustado corretamente o retículo irá aparecer fora de foco e fadiga ocular ocorrerá a medida que o olho tenta compensar. cerca de 1/31/2 volta de cada vez e dê uma pequena pausa entre todas tentativas. Colocando o Centro Óptico a uma distância ótima (ideal) Para Field Target. Isso permite que as pessoas com visão diferente configurem a luneta ao seus próprios olhos. Este tipo de anel raramente se move acidentalmente. bloqueie a ocular no local usando o anel de travamento. Focando a Ocular e o Retículo Sua mira telescópica terá uma ocular ajustável. Olhe através do visor para uma área brilhante. 1.

deve estar localizada no meio da faixa de ajuste. é maior do que 50 milímetros (2”) abaixo do centro da cruz.isso que quando a torre esta regulada para 50m. até que o ponto de impacto "migre” para a posição desejada. atirando e ajustando. Solte os parafusos de montagem . o chumbinho desvia consideravelmente baixo ou para o lado. Você terá que fazer isso por tentativa e erro. é necessário trazer o POI até que ela atinja o ponto alvo. (Por quê 10 metros? É porque a trajetória para a maioria das combinações armas de ar / lunetas coincide que o ponto de impacto (POI) para 10m e para 50 metros são os mesmos. Desenrosque as tampas de proteção da torre. então o ponto de impacto final deve cair sobre a linha vertical da +). ou com um trilho inclinado. Normalmente. A maioria das pessoas usam um velho filme negativo de fotos. então calçar é suficiente. folha de alumínio ou de plástico ou mesmo tiras cortadas de um copo de iogurte. Você precisará ter acesso a 50 m de alcance de tiro. elevando a parte de trás da luneta em relação à parte dianteira. grande o suficiente para ver o POI do chumbinho. Mas o mais importante é que você entenda o significado e a importância do centro óptico.1. Tendo deixado as torres centralizadas de acordo com o que foi explicado na seção anterior. ajustar o a cobertura da lente objetiva (paralax frontal) ou a roda do paralax (paralax lateral) até que o alvo e retículo estejam nítidos e focados. se a sua luneta tem um diâmetro de lente frontal menor e é montado baixo. definir o centro óptico de 50 metros para que o alcance seja muito próximo para a posição ideal em todas as faixas de "difícil" entre 40 e 50 m.5. Se o POI vertical. colocando no mount trazeiro um material não compressível e flexível. A partir da sua posição de tiro. Corte alguns pedaços de seu material de embalagem escolhida (cerca de 15 milímetros x 20 milímetros). Algumas lunetas não tem uma grande variedade de ajustes e se não for montado usando o método a seguir irá simplesmente ficar sem ajuste para as faixas mais longas. ????? A alvo necessidade de ter uma simples cruz (+). e considerando as metas mais difíceis de elevação e estritamente na metade de correção lateral. Há outra razão por que isso deve ser feito. portanto. Ignorore a configuração de elevação inicialmente e corrija o desvio lateral. Gire a torre lateral o número necessário de cliques. medir exatamente 10 metros e colocar um alvo na distância de 10 m. Atire pelo menos três chumbinhos usando o mesmo ponto de referência. mas você pode usar uma placa de cobre fino. porque ele vai ser bem afinado de uma forma mais precisa uma vez que a montagem da luneta estiver completa. Agora é hora de ir para o campo de tiro. (Se você estiver apontando para o centro da +. Na maioria das vezes. Este ajuste lateral não é crucial nesta fase. Marque a posição dos suportes com uma caneta. Nós alcançamos o resultado desejado por 'calçar' o mount traseiro. Mas para montagens mais altas você vai precisar de muito mais inclinação e é mais fácil de conseguir isso com o trilho próprio. para mostrar a consistência (agrupamento). dependendo da altura dos mounts da luneta). Vale a pena considerar. veja o capítulo 1. Disparar um chumbinho no centro da cruz.

Isso significa que o problema não é entre a luneta e o mount. que deve ser de 1 mm de espessura. Se você tiver mounts padrão. volte a colocar o mount traseiro. poderá ajustá-los ligeiramente com uma técnica não tão conhecido como os calços. a luneta funcionará melhor nas distâncias maiores e a capacidade de mensuração da luneta será otimizada. Se não estiver dentro desse parâmetro. Esta é apenas uma solução complementar. então é o momento de verificá-lo à 50 metros. coloque uma folha grande de papel comum ou papel cartão. você deve fazer isso mais tarde. Não importa se os tiros vão para esquerda ou para direita. é aconselhável adicionar/remover o material do calço. uma vez que a luneta não esta exatamente apoiada sobre os mounts. mediante o ajuste do mount traseiro e deixando a torre de elevação centrada.inferiores (aqueles que prendem o mount traseiro no trilho de fixação). De volta ao campo de tiro. (Nota: não aperte excessivamente os parafusos superiores. Apertando excessivamente um mount elevado. Utilize apenas força razoável). permitindo que o mount frontal guie o traseiro para o seu local de origem antes de apertar todos os parafusos. Solte/folgue os parafusos superiores do mount traseiro até que haja uma abertura suficientemente grande para inserir duas das peças cortadas do material. você deve se concentrar se eles estão indo para cima ou para baixo. A razão para isto é que uma diferença de 4 polegadas a 50 metros corresponde a meia rotação da torre de ajuste. seria preferível obter um mount com ajuste lateral adequado. então você vai precisar continuar a adicionar (ou remover) Material de calço até que ele faça isso em dez metros. Em seguida. Se o agrupamento é maior que 100mm acima ou abaixo da linha à 50m. exatamente no centro da folha. Deslize o mount sobre o trilho. Se o chumbinho agrupa constantemente dentro de uma polegada do objetivo. Ajuste fino em desvio lateral ainda não é tão importante. corrija os desvios nos mounts (ainda não tocando nas torres). Aos 50 metros. no máximo. Se acontecer de o POI estiver dentro de 50mm do objetivo à 50m. Sem alterar as configurações/posições das torres para 10 metros. então você tem que calçar a frente ou o mount traseiro. com caneta marcador preta. Use apenas uma camada de calços. deixando fora da faixa de desempenho ótima do centro de ajuste da luneta. mas entre a cauda de andorinha (trilho) e o mount. Esta sempre no 'pé' fixo do mount. verifique novamente o POI a dez metros. Ajuste-os até que a diferença no POI seja inferior a 01 polegada (1”). . Os mounts elevados têm a possibilidade de ajuste lateral. Uma vez inserido. utilizando as marcas feitas com a caneta para colocá-los em seu lugar correto. Nesta folha desenhe uma linha horizontal. pode levar a ondular e dobrar a luneta. foque a lente e dispare um grupo de 3 tiros na linha preta. dependendo da direção da correção necessária. do lado esquerdo até o direito.

A inclinação é calculada de acordo com a fórmula seguinte: Inclinação em % = (POI + H2 .75mm à esquerda à 7m. Isso significa que a correção lateral seria absolutamente correta a essa distância.5. calços ou distorções. Se você tem um trilho de luneta.5. eu diria que eles não são realmente significantes na prática e são quase imperceptíveis.1. A solução ideal é comprar / fabricar um trilho que tenha a inclinação adequada e que possa ser ajustada. Com esse ajuste. mesmo uma luneta perfeitamente montada pode haver angulação (em . L: é a distância do alvo. H1: é a distância centro-a-centro atual da luneta e do cano e H2 é a altura projetada. A inclinação será de cerca de 0. e pode ser facilmente danificado se você aperte demais os parafusos. a arma irá disparar dispará 1mm para a esquerda do POI em todas as distâncias. mas depende da altura da luneta e do tipo de chumbo que é usado para calcular o valor exato para o seu equipamento (arma/luneta). mas você corrige com algum calço lateral.1 Medindo a inclinação do trilho da luneta Calçar é fácil e eficaz. Em suma.2 Os desvios (deslocamentos) laterais da luneta Isto pode ser visto a partir da vista superior da arma. A luneta não esta paralela – O motivo pode ser deformações nos mounts. em yards. Se você tiver um trilho de 10mm e um mount de base de 12mm. A maioria dos atiradores dão muito mais importância a estes problemas do que eles realmente têm.7 mm a 100 mm de comprimento). você atira em um papel grande à 50 metros. e 0. Por exemplo. por estar desviada em ambos os sentidos. Se você for fabricar um trilho inclinado.5.5-0. 1.H1) / L * 100 Onde: POI: é a diferença entre a altura do ponto de visada (o ponto a ser acertado) e o local de impacto do chumbinho em centímetros. Por isso. 2. assumimos que o eixo da luneta esta 1 mm para a direita do eixo do cano): . se a luneta está configurada/zerada corretamente. disparando 0. Esse desalinhamento pode ser evitado de duas maneiras (nos exemplos a seguir. A luneta esta desviada – Este é o caso quando a luneta não se encontra no plano de simetria da arma. Aqui está o porquê: 1. . isto ocorre quando a largura do prisma do trilho da luneta e o anel do mount não estão no mesmo plano. por exemplo coloque a “zero” o desvio lateral. de preferência com ajuste lateral.7% significa diferença de altura de 0. mas o corpo da luneta não vai se encaixar perfeitamente nos mounts. 0. A inclinação é calculada em % (por exemplo. mas em vez dos passos do capítulo 1. coloque dois mounts baixos.7mm à direita à 50m.Mantenha o paralelismo. o desalinhamento é (12-10) / 2 = 1mm. na luneta ou na arma.7%. Obviamente. de modo que o retículo esteja a 1mm a direita do POI à distância zero também. É importante mencionar que a trajetória do chumbo é determinada pela relação entre a boca do cano e a luneta.4 – Portanto sua luneta esta opticamente centrada. deve medir a inclinação necessária da seguinte forma: coloque a luneta em sua arma com seu mount provisório (pode ser de qualquer tipo e altura) e siga os passos descritos acima até o capítulo 1.Zerando o desvio lateral em 30m (cerca de metade das distâncias possíveis). Isso permite que você instale a luneta sem tensões. estas imprecisões não devem ser seriamente considerada.

verifique antes de usar. uma corda com um peso suspenso. Cuidado. é necessário girar a luneta sobre os mounts. por exemplo linha cor laranja. enquanto o olho visando olha o fio de prumo. 3. Ajuste a posição da arma até que a bolha do nível esteja centrada. ou seja. Foque com o ajuste de paralaxe a corda do prumo. seria de 1-2mm unicamente (determinado pelo desvio da lente frontal em relação ao eixo do cano). dependendo do ajuste da distância mínima de paralaxe da luneta. Uma dessas "bolhas" deve ser fixado temporariamente para se encaixar plana dos mounts de tal forma que você possa vê-lo com seu olho não visando. isso não significa em absoluto que deveríamos atirar 42 centímetros para um dos lados à 50m. 1. é o verdadeiro perigo. Como o nome sugere. trata-se da utilização de um "fio de prumo". E estes não são poucos milímetros. O verdadeiro problema ocorre somente quando a luneta é rotacionada em torno do seu eixo longitudinal. se o trilho da luneta possui 1 mm de desvio em 12 centímetros de comprimento. e isso não é um grande problema (ver o parágrafo anterior acima). Repita os passos 2-3 e . o retículo não esta nivelado. Folgue os parafusos superiores dos mounts o suficiente para que o corpo da luneta possa girar. e precisa ser colocado suficientemente longe do visor para evitar erros apreciáveis. Sem mover a arma observe a corda do prumo. 4.6 Nivelando o retículo O objetivo da nivelação é ter certeza de que a linha vertical do retículo está perfeitamente alinhado verticalmente com a ação e cano da arma. Mas esse ângulo pode ser corrigido com a torre de desvio lateral da luneta. Este procedimento só pode ser realizado com um nível bolha montado. e não se extrapola com a distância. mas vários centímetros a grandes distâncias. Uma distância entre 8-10m é suficiente. 2. A corda/linha deve ser claramente visível. proporcionando uma verdadeira linha de referência vertical. Embora pareça menos prejudicial. Portanto. Conclui-se que o desalinhamento lateral da luneta (a ser visto de cima – visão superior da luneta) não afeta a precisão. ou seja: os pequenos tubos de vidro encontrados em um nivelador comum. Alinhe a linha vertical do retículo com o fio de prumo e observe o quanto ele se move a bolha do nível. por que neste caso o ajuste de elevação afeta também o desvio lateral e a possibilidade de erro é bem maior. Se o desvio é importante. alguns níveis bolha baratos não estão realmente no nível.relação ao cano) se o cano estiver curvo. 1.

em um ambiente fechado. Você deverá ver a tendência em formar uma linha. aperte as montagens. Se o desvio é correto. até que o anel do mount prenda a luneta. que consiste em uma folha de papel/cartão. Zerar o desvio nesta estreita faixa permite atirar muito mais estável do que a longa distância e é suficiente para distâncias de Field Target. Existem diferentes vertentes de pensamento sobre a melhor escala em que zerar lateralmente a luneta. de modo que o chumbo fique totalmente livre da interferência de qualquer vento. Antes de reapertar os mounts verifique se a distância de alívio do olho não mudou.quando não houver desvios no nível-bolha. a maioria das pessoas não tem acesso a uma faixa de 50 metros coberta. 1. Aperte os parafusos alternadamente. Uma vez verificado. . Esta distância é cerca de 10-15m. Ajuste lateral final Antes de prosseguir para a definição da trajetória. com uma linha preta vertical. meia volta de cada vez. então o retículo estará alinhado com a ação. No entanto. Aponte para a linha e dispare.7. com a mesma distância entre as marcas dos chumbos. tanto quanto possível. a partir de um apoio acolchoado. Se não. você precisa zerar com precisão o ajuste lateral da luneta com relação ao cano. então você vai ser capaz de desenhar uma linha de chumbo ao longo da linha preta. começe de novo. Vale a pena usar uma banco de apoio para este processo se tiver um disponível. Quando você está razoavelmente seguro de que a linha formada pelo marca dos chumbos no alvo não está desviando para os lados. Agora atire na marca do primeiro disparo. A alternativa é a de reduzir a distância. então atire em vários pontos da linha preta vertical. Não há dúvida de que a melhor maneira é fazê-lo em 50 metros. Em seguida. Coloque aos 10-15m um alvo. Faça uma correção com a torre de desvio lateral e começe de novo na linha vertical. atire em uma nova marca.