O duplo propósito de estar na casa do Senhor Qual foi o pedido que o homem segundo o coração de Deus fez?

"Uma coisa pedi ao Senhor, e a uscarei! que eu possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha "ida, para contemplar a formosura do Senhor, e aprender no seu templo "#S l $%&'(& ) *ornada do rei Da"i nos ensina muito so re a nossa própria caminhada com o Senhor& +le não foi perfeito em tudo, mas completamente sincero perante Deus, confessando seus erros, arrependendo,se deles e mudando tudo o que desagrada"a ao Senhor porque não queria que nada o separasse de Deus& - tocante constatarmos em di"ersos relatos a sua sinceridade, coragem, confiança, alegria e fidelidade ao Senhor. /orar na casa de Deus definiti"amente não 0 colocar a sua cama na igre*a, mas 0 conduzir,se todo o tempo de acordo com o que "oc1 tem ou"ido do Senhor durante os cultos que freq2enta& /orar na casa de Deus 0 estar no mesmo am iente espiritual onde Deus est3 todos os dias de nossas "idas e para que isto ocorra precisamos conhecer e praticar mais profundamente as caracter4sticas do Deus a quem ser"imos #paz, enignidade, misericórdia, alegria, mansidão, amor, sa edoria, fidelidade, *ustiça, entre outras(& 5e*a que Da"i não pediu para ter o olso cheio de dinheiro, nem para ter a casa própria, nem para mudar de emprego #o que não 0 errado pleitear(, mas pediu e aplicou,se a uscar a origem de todas as coisas! estar no esconderi*o do )lt4ssimo e aprender diretamente d+le como proceder& Qualquer rei 4mpio pediria ao seu deus li"ramento dos seus inimigos& O salmista, por confiar em Deus, pede uma 6nica coisa! 7&&& Que possa morar na casa do Senhor&&& 7 #"& '(& ) confiança em Deus faz com que o comportamento dos crentes se*a diferente dos 4mpios& 8or que o salmista pediu ao Senhor e uscou morar na casa do Senhor 9ODOS os dias da sua "ida? 8or que o salmista não uscou ser li"re dos inimigos? 8orque ele dese*a"a contemplar a formosura de Deus, aprendendo no seu templo& ) formosura que o salmista dese*a"a contemplar e queria aprender 0 acerca dos atri utos de Deus, como a ondade, a misericórdia, o amor, e a *ustiça #"& '(& 8or que "amos : igre*a? Qual a razão que nos le"a a entrar nesse local quando h3 tantos outros locais para freq2entarmos? Do ponto de "ista 4 lico, a igre*a 0 um lugar de sil1ncio, re"er1ncia e adoração& /as ser3 que temos nos comportado assim nesse local sagrado? ;ontemplar não significa o ser"ar as pessoas, reparar em suas roupas, "er se a gra"ata do o reiro est3 com inando, ou o ser"ar o comprimento do "estido das irmãs& 9rata,se de uma contemplação espiritual! "contemplar a formosura do Senhor"& <ormosura 0 eleza que gera admiração& ")prender no seu templo" 0 rece er instrução, a sor"er o ensino e ser edificado pela 8ala"ra de Deus& =3 muitos moti"os para se freq2entar uma igre*a& /uitos com certeza "ão l3 para "er e ou"ir o pastor e para serem "istos por ele e cumpriment3,lo após o culto& "- om ele me "er aqui e sa er que estou do lado dele"& Outros "ão como se fossem a um compromisso social& + por isto colocam a melhor roupa, o melhor calçado, fazem um lindo penteado&&& "8reciso me arrumar em para não fazer feio na hora da apresentação"& 1. PARA CONTEMPLAR A FORMOSURA DO SENHOR... ;ontemplar a formosura do Senhor 0 lou"ar e engrandecer Suas mara"ilhosas qualidades&

ongregação. . que 0 o "osso culto racional& .os& + todos os que o ou"iam admira"am a sua intelig1ncia e respostas& + quando o "iram. Depois da ascensão de Besus os disc4pulos se reuniam no templo para lou"arem a Deus& #Cc&$'&EJ( + esta"am sempre no templo. e não o sou e Bos0.. Besus na sua "ida terrena sempre freq2enta"a o templo.O Cul#o * um S!&"'+. "oltaram a Berusal0m em usca dele& + aconteceu que. )qui em Komanos D$&D 8aulo est3 dizendo! Que apresenteis o "osso corpo em sacrif4cio "i"o. nem sua mãe& 8ensando..ultuar a Deus 0 "oc1 separar uma parte do seu tempo para este propósito. e os principais do po"o procura"am mat3. .asa de oração> mas "ós fizestes dela co"il de salteadores& + o menino crescia. e interrogando. e se fortalecia em esp4rito. todos os anos iam seus pais a Berusal0m : festa da p3scoa> +.'%( +. e disse. eles que "iria de companhia pelo caminho.onselheiro. e procura"am. por que fizeste assim para conosco? +is que teu pai e eu ansiosos te procur3"amos& + ele lhes disse! 8or que 0 que me procur3"eis? Gão sa eis que me con"0m tratar dos negócios de meu 8ai? #Cucas $!'H. tendo ele *3 doze anos. um filho se nos deu> e o principado est3 so re os seus om ros> e o seu nome ser3! /ara"ilhoso. entrando no templo.O Exemplo de Jesus. mara"ilharam. para cultuar a +le em alguns dias da semana& I. passados tr1s dias. lou"ando e endizendo a Deus& )m0m& .os. andaram caminho de um dia. o acharam no templo. ou"indo. cheio de sa edoria> e a graça de Deus esta"a so re ele&Ora. num lugar consagrado como . Onde nós oferecemos o nosso sacrif4cio de lou"or a Deus& .E APRENDER NO SEU TEMPLO )prender no templo de Deus 0 freq2entar a escola do +sp4rito Santo.lhes! +st3 escrito! ) minha casa 0 . su iram a Berusal0m. e os escri as. e nada disse em oculto& . ou se*a. terminados aqueles dias.asa de Deus.'@( + todos os dias ensina"a no templo> mas os principais dos sacerdotes."8orque um menino nos nasceu. e uma grande parte dos seus ensinamentos +le da"a no templo&#Cc&D@&'E. assentado no meio dos doutores. o momento em que a 8ala"ra 0 pregada lida ou meditada e o Senhor se re"ela a nós pelas +scrituras& )prendemos com Besus e com os )póstolos. onde todos os *udeus se a*untam.no entre os parentes e conhecidos> +. começou a eFpulsar todos os que nele "endiam e compra"am& Dizendo. 8r4ncipe da paz&" ?sa4as @&A 2. ficou o menino Besus em Berusal0m. por0m. . segundo o costume do dia da festa& +.&'o -ue O+e"e&emos ! Deus. 8ai da eternidade. Os )póstolos na igre*a primiti"a perse"era"am todos os dias no templo& #)t&$&'A( Cou"ando a Deus e caindo na graça de todo o po"o& + todos os dias acrescenta"a o Senhor : igre*a aqueles que se ha"iam de sal"ar& IIu!l ! Impo"#$%&'! em ('"mos !o Cul#o) 1.lhe sua mãe! <ilho.lo& #Bo&DI&$H( Besus lhe respondeu! +u falei a ertamente ao mundo> eu sempre ensinei na sinagoga e no templo. como o não encontrassem. Deus forte. santo e agrad3"el a Deus. .se. e ter um lugar espec4fico para isso& . regressando eles. que o cristão precisa se reunir como . 8or isso 0 que não podemos cultuar em casa& .

por ele.asa do Senhor florescerão nos 3trios do nosso Deus& Sl&D$$&D.asa de Oração para todos os po"os& . o fruto dos l3 ios que confessam o seu nome& . Quem 0 de Deus sente alegria em ir : . para contemplar a formosura do Senhor e aprender no seu templo& .me quando me disseram! 5amos : casa do Senhor& . ) profetisa )na ser"ia a Deus constantemente no templo& #Cc&$&JA. a Deus sacrif4cio de lou"or.. ser"indo a Deus em *e*uns e oraçLes. Da"i sentia alegria quando era con"idado a ir : .asa de Deus nós aprendemos a ser"ir a Deus& . da tri o de )ser& +sta era *3 a"ançada em idade.$$( Cou"em ao Senhor pela sua ondade e pelas suas mara"ilhas para com os filhos dos homens& + ofereçam sacrif4cios de lou"or e relatem as suas o ras com regozi*o& #= &DJ&DE( 8ortanto. porque 0 om& #Sl&DH%&$D. isto 0. . Quando "oc1 não "em ao culto. mas uma necessidade e um compromisso com Deus& 2. e tinha "i"ido com o marido sete anos. ofereçamos sempre.asa do Senhor todos os dias da minha "ida. desde a sua "irgindade& + era "i6"a.asa de Oração> os seus holocaustos e os seus sacrif4cios serão aceitos no meu altar> porque a minha casa ser3 chamada .asa de Deus& . "oc1 deiFa de oferecer o seu sacrif4cio ao Senhor& .asa de Deus "ale mais do que mil em outro lugar& . filha de <anuel.asa do Senhor& .O Cul#o * um Mome%#o de . ) cada culto que nós participamos com um coração a erto. "oc1 "em ao culto& . ó Senhor. 5oc1 quer ter um encontro com Deus. #Sl&$%&'( Uma coisa pedi ao Senhor e a uscarei! que possa morar na . )legrei.us&!"mos ! Deus. Da"i aprendia na . /as 0 na ?gre*a que apresentamos o "erdadeiro culto a Deus& #Sl&E'&A( +u te oferecerei "oluntariamente sacrif4cios> lou"arei o teu nome. 5ir ao culto não 0 uma o rigação. #?s&EA&%( 9am 0m os le"arei ao meu santo monte e os feste*arei na minha . Go culto nós ou"imos a 8ala"ra e crescemos na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Sal"ador Besus .ulto 0 um momento de crescimento com Deus& #Sl&@$&DJ( Os que estão plantados na . +m casa podemos fazer um de"ocional& . Um dia na . de noite e de dia& /. ) pregação 0 uma eFplicação da 8ala"ra de Deus para o nosso crescimento espiritual& .O Cul#o * um Mome%#o de Ap"e%de" de Deus.asa do Senhor& . de quase oitenta e quatro anos. Ga .risto& . nós somos reno"ados e fortalecidos pelo Senhor& .J%( + esta"a ali a profetisa )na. e não se afasta"a do templo.

) Mlória de Deus 0 manifestada na . mas a porção em Deus. pois esta supre a undantemente ho*e e sempre& 9emos que morar na casa de Deus e não "ir em "ez em quando (Salmos 27:4) “Uma coisa pedi ao SENHOR e a buscarei: que possa morar na Casa do SENHOR odos os dias da min!a "ida# para con emplar a $ormosura do SENHOR e aprender no seu emplo%& (' (&42) “E odos os dias# no emplo e nas casas# n)o cessa"am de ensinar e de anunciar a *esus Cris o%& 5enha sempre para ou"ir a gloriosa 8ala"ra de eFortação da parte de Deus> # N= J&DJ( “'n es# e+or ai.asa de Deus 0 o lugar onde somos tratados por Deus& . a ha itar nas tendas da impiedade& 0. porquanto os dias são maus& 1a2endo assim "oc3 ou"ir4 se0uin e: “En )o# dir4 o Rei aos que es i"erem 5 sua direi a: 6inde bendi os de meu 7ai# possu8 por !eran/a o Reino que "os es 4 preparado desde a $unda/)o do mundo%9 (: 2(&. . incr0dulos e at0 mesmo para os perseguidores da O4 lia. am0m. e +le simplesmente quer tratar conosco& Da"i tinha o *eti"os em n4tidos no seu pedido e na sua usca& Sa ia muito em o que queria e se empenhou sem reser"as para alcançar o que alme*a"a! queria contemplar a eleza de Deus e aprender d+le& Gão uscou imediatismos.4) Gão olhe para os desanimados. .s se endure/a pelo en0ano do pecado%& 5amos ser"ir a Deus em todo tempo> +f0sios E!DA remindo o tempo. De"emos "ir ao culto para sermos tratados por Deus& . Gós não de"emos "ir ao culto em usca de uma emoção desnecess3ria& )quela usca do arrepio& .asa do meu Deus. + que +le mesmo nos a ençoe e nos guarde em nome de Besus. na . Go culto atra"0s do lou"or. eu tenho amado a ha itação da tua casa e o lugar onde permanece a tua glória& . "os uns aos ou ros odos os dias# duran e o empo que se c!ama Ho-e# para que nen!um de ". da pala"ra e da oração nós somos tratados pelo +sp4rito Santo& #Sl&$A&I( Senhor. Go culto.risto e leia a O4 lia.No Cul#o %1s Somos T"!#!dos Pelo Esp. )s maiores eFperi1ncias com Deus nós temos em Sua . ela 0 a 8ala"ra de Deus. acompanhe os fi0is. /uitas "ezes "imos ao culto para rece ermos algo de Deus.#Sl&I'&DH( 8orque "ale mais um dia nos teus 3trios do que.asa de Deus& ."'#o S!%#o.asa& . mil& 8referiria estar : porta da . creia em . em outra parte.