You are on page 1of 40

BIOLOGIA

QUESTÃO 01

1

O metabolismo e a organização das fibras musculares esqueléticas são objetos de pesquisa para estudiosos de áreas diversas, que vão desde a medicina de reabilitação física até os modernos métodos de treinamento esportivo. A este respeito, escolha a ÚNICA alternativa correta. A) A principal reserva energética muscular é o ATP produzido durante a respiração celular. B) C) Durante o repouso da fibra muscular esquelética, o retículo sarcoplasmático dificulta o contato do cálcio com o meio intracitoplasmático. As fibras musculares esqueléticas lentas, adaptadas a trabalhos contínuos, têm esta propriedade devido à presença da miosina do tipo II, que chega a ser 10 vezes mais lenta que a do tipo I.

T I P O I

D) O mecanismo molecular de contração muscular consiste no deslizamento dos filamentos de miosina sobre os de actina, devido à propriedade de movimento de suas projeções terminais – as “cabeças de miosina”.

QUESTÃO 02
O gráfico abaixo mostra as variações no tamanho populacional de uma espécie, após sua chegada e estabelecimento em um determinado local. Representação gráfica do crescimento populacional

Número de indivíduos

Tempo

Observando o gráfico, é possível afirmar que A) o traçado revela claramente que, após a colonização, a espécie entrou em um ciclo predador-presa. B) C) o local é inadequado para a espécie e, por isso, o tamanho populacional tende a oscilar. a população cresceu até atingir o tamanho ideal apresentando, em seguida, flutuações discretas ao redor da capacidade suporte do ambiente.

D) a população vai entrar em uma nova fase de crescimento exponencial.

Processo Seletivo/UFU - Setembro 2002 - 1ª Prova Comum

2

BIOLOGIA
QUESTÃO 03

T I P O I

“....Baratas, me deixem ver suas patas. Ratos, entrem nos sapatos... Pulgas, que habitam minhas rugas. Oncinha pintada, zebrinha listrada, coelhinho peludo...” Neste trecho de “Bichos Escrotos,” música dos Titãs composta por Arnaldo Antunes, Sérgio Brito e Nando Reis são citados animais pertencentes aos grupos apresentados na seguinte seqüência: A) Artrópodo – Inseto– Ortóptero; Cordado – Mamífero– Roedor; Artrópodo– Aracnídeo –Aranha; Cordado–Mamífero–Carnívoro; Cordado–Mamífero-Herbívoro e Cordado–Mamífero-Roedor. B) C) Artrópodo–Inseto–Hemíptero; Cordado–Mamífero–Roedor; Artrópodo–Inseto–Isóptero; Cordado–Mamífero–Carnívoro; Cordado–Mamífero-Perissodáctilo e Cordado–Mamífero-Roedor. Artrópodo–Inseto-Ortóptero; Cordado–Mamífero–Roedor; Artrópodo–Inseto–Sifonáptero; Cordado–Mamífero-Carnívoro; Cordado–Mamífero-Perissodáctilo e Cordado–Mamífero-Lagomorfo.

D) Artrópodo–Inseto–Sifonáptero; Cordado–Mamífero–Roedor; Equinodermo-Holoturóide–Holoturia; Cordado–Mamífero–Carnívoro; Cordado–Mamífero-Pterodáctilo e Cordado–Mamífero–Lagomorfo.

QUESTÃO 04
As figuras abaixo mostram animais que, ao nadarem na superfície de rios e lagos, mantêm apenas a região dos olhos e das narinas para fora d’água.

Crocodilo

Hipopótamo
Adaptado de Frota Pessoa, 2001.

Assinale a alternativa que apresenta a explicação mais provável para as semelhanças entre os animais observados nas figuras. A) B) C) D) Adaptação convergente, pois adotaram hábitats semelhantes. Radiação adaptativa, pois compartilham o mesmo ancestral comum. Apresentam órgãos análogos para enxergar e respirar. São tetrápodas amniotas terrestres, que ocupam ambientes aquáticos.

Processo Seletivo/UFU - Setembro 2002 - 1ª Prova Comum

BIOLOGIA
QUESTÃO 05
Com relação ao sangue e à linfa, podemos afirmar que A) são tipos especiais de tecido conjuntivo, nos quais a substância intercelular é líquida. B) C)

3

T I P O I

os linfócitos são células brancas, relacionadas à defesa do organismo por meio da produção de anticorpos e estão presentes no sangue e ausentes na linfa. as hemácias normais, presentes no sangue e na linfa, são células anucleadas em forma de foice que atuam nas trocas gasosas dos diferentes tecidos.

D) as plaquetas são células nucleadas, formadas na medula óssea, que têm como função favorecer a coagulação da linfa.

QUESTÃO 06
Quanto à espermatogênese humana normal, podemos afirmar que, no período de diferenciação, I - ocorre a meiose I, responsável pela divisão reducional das células diplóides (2n) em células haplóides (n). II - o complexo de Golgi irá formar o capuz acrossômico, que é o local onde se encontram as enzimas que digerem a membrana do óvulo, na fecundação. III - as mitocôndrias irão concentrar-se ao redor do centríolo, que se transforma em flagelo, e serão as responsáveis pela liberação de energia necessária à movimentação do espermatozóide. Marque a alternativa que apresenta somente afirmativa(s) correta(s). A) B) C) D) II e III I e II I e III Apenas I

QUESTÃO 07
A cor da pele do ser humano é um exemplo de herança quantitativa, na qual a quantidade de melanina produzida por um indivíduo pode ser explicada pela presença de dois pares de genes (A a e B b) com segregação independente, em que os genes A e B funcionam como genes aditivos de melanina, enquanto que os genes a e b nada acrescentam de melanina ao fenótipo do indivíduo. De acordo com o número de genes acrescentadores de melanina presente no genótipo (de 0 a 4), os indivíduos de uma população podem ser classificados, respectivamente, em brancos, mulatos claros, mulatos médios, mulatos escuros e negros. De acordo com o binômio de Newton, se p representar o número de genes acrescentadores de melanina, q o número de genes que não acrescentam melanina e n o número total de genes envolvidos na determinação da cor da pele, a proporção de descendentes mulatos claros, filhos de um casal duplo heterozigoto, será dada pelo coeficiente de A) B) C) D) 1q 4 6p2q3 4pq3 4p3q

Processo Seletivo/UFU - Setembro 2002 - 1ª Prova Comum

4

BIOLOGIA
QUESTÃO 08

T I P O I

No organismo dos seres vivos, ocorrem reações químicas em que a água oxigenada é formada como um subproduto. Devido ao fato de ser extremamente tóxica, essa deve ser decomposta rapidamente. A este respeito, analise as afirmativas abaixo. I - A catalase aumenta a velocidade da decomposição da água oxigenada em água e oxigênio gasoso, que é liberado. II - O lisossomo é a estrutura celular que contém a enzima responsável pela decomposição da água oxigenada. III - A água oxigenada, utilizada em ferimentos, é um preventivo contra as formas vegetativas da bactéria Clostridium tetani por ser um organismo anaeróbio obrigatório. Marque a alternativa que apresenta somente alternativa(s) correta(s). A) B) C) D) II e III I e II I e III Apenas II

QUESTÃO 09
Com relação aos vegetais, considere as afirmativas abaixo. I - Nas grandes árvores, a seiva bruta sobe pelos vasos lenhosos, desde as raízes até o topo da copa, sugada pelas folhas, que perdem água por transpiração. II - As plantas xerófitas, que vivem em regiões de climas quentes e secos, apresentam grande número de estômatos na superfície da epiderme em relação aos outros vegetais. III - A intensidade luminosa, a temperatura e a concentração de CO2 na atmosfera são fatores que afetam a fotossíntese. Marque a alternativa que apresenta somente afirmativa(s) correta(s). A) B) C) D) Apenas II I e II II e III I e III

Processo Seletivo/UFU - Setembro 2002 - 1ª Prova Comum

assinale a alternativa correta. As células vegetais da mexerica apresentam membranas permeáveis. ocorreu a deplasmólise da célula vegetal. em seguida. retirando-lhe. colocou-se uma pitada de sal sobre os favos. Processo Seletivo/UFU . A seguir.Setembro 2002 . fazendo surgir o líquido. deixando expostos os favos. observou-se o surgimento de um líquido nesta região. que permitem o livre trânsito de substâncias dissolvidas.BIOLOGIA QUESTÃO 10 5 Descascou-se uma mexerica. A partir deste resultado. T I P O I D) Por diferença de concentração do meio. um gomo e a película que o recobre. B) C) O surgimento do líquido ocorreu por transporte ativo com gasto de energia.1ª Prova Comum . A) Houve a passagem do líquido do meio hipotônico para o meio hipertônico. Após 5 minutos.

th. a bolinha encontra-se sob a ação do campo gravitacional terrestre no topo da elevação. em repouso. Albert Einstein. De acordo com as informações apresentadas. é correto afirmar que A) a bolinha encontra-se sob a ação da aceleração da gravidade local no topo da elevação. a quantização da massa. a quantização da carga elétrica. tenderá a caminhar para a posição de menor energia mecânica total. Einstein propôs A) B) C) D) a quantização da radiação eletromagnética. QUESTÃO 12 Para explicar o efeito fotoelétrico.Setembro 2002 .de/ ~jr/physpiceinstein.physik. D) a bolinha terá uma energia potencial gravitacional maior na base da elevação do que em seu topo. em foto de 1931. conforme figura abaixo.1ª Prova Comum . www. a emissão de fótons por um elétron. B) C) a bolinha. T I P O I O sistema encontra-se na superfície da Terra.uni-frankfurt.html Processo Seletivo/UFU .6 FÍSICA QUESTÃO 11 Uma bolinha é colocada no topo de uma elevação. se deslocada ligeiramente do topo da elevação.

encontra-se a uma distância h da borda dianteira do carrinho. v/4 Figura 2 Assinale a alternativa que corresponde ao instante.1ª Prova Comum . A) t = B) t = C) t = D) t = (h + d ) v 4 (h + d ) 5v 4 (h + d ) v 4 (h + d ) 3v Processo Seletivo/UFU . com uma velocidade constante v.Setembro 2002 . a pessoa reduz a velocidade do carrinho para v/4. continuando a empurrá-lo no mesmo sentido inicial. uma pessoa empurra um carrinho contendo um grande bloco de gelo. fazendo com que o bloco de gelo deslize sem atrito para a frente do carrinho. a partir da redução da velocidade. T I P O I v Figura 1 d h O bloco. Subitamente.FÍSICA QUESTÃO 13 7 Conforme Figura 1. em que o bloco de gelo abandonará completamente o carrinho. de comprimento d. conforme Figura 2.

8 FÍSICA QUESTÃO 14 T I P O I Um material de comprimento 2L comporta-se como um dispositivo eletrônico.Setembro 2002 . -L L É correto afirmar que A) há um campo elétrico na região –a < x < a no sentido de x = -a para x = a. D) a diferença de potencial elétrico entre x = L e x = −L vale V(L) − V(−L) = V0. sendo que a variação do potencial elétrico V(x) no seu interior é conforme apresentada no gráfico abaixo. B) C) se um elétron livre for colocado em repouso em x = 0 ele permanecerá em repouso nesta posição.1ª Prova Comum . Processo Seletivo/UFU . o trabalho realizado pelo campo elétrico sobre uma carga de prova positiva que se desloca de x = −L para x = −a será positivo.

geocities. emitem ondas ultra-sônicas. podemos afirmar que A) as ondas emitidas pelos morcegos irão se difratar ao incidirem em alvos com dimensões da ordem de algumas unidades de milímetros.FÍSICA QUESTÃO 15 9 Os morcegos.Setembro 2002 .htm A partir desta informação.1ª Prova Comum . T I P O I http://www. com freqüências de aproximadamente 100 KHz (100000 Hz). D) a velocidade de propagação das ondas sonoras emitidas pelo morcego será muito menor do que a velocidade do som emitido por uma pessoa gritando. B) C) uma pessoa comum consegue notar o som emitido pelos morcegos nessa faixa de freqüência.com/~esabio/morcego/morcegos. para se guiarem. Processo Seletivo/UFU . a velocidade de propagação das ondas sonoras emitidas pelo morcego será muito maior do que a velocidade do som emitido por uma pessoa gritando.

permanecer a mesma. aumentar aproximadamente 2oC.10 FÍSICA QUESTÃO 16 Uma massa de água de 10 kg cai de uma altura de 900 metros.globo.Setembro 2002 .html Supondo que toda a energia potencial seja transformada em energia térmica para aquecer a água. a distância focal (f) do espelho em função de d será A) B) C) D) f=d f = 3d f = 2d f = 4d Processo Seletivo/UFU . QUESTÃO 17 Um objeto é colocado entre o vértice e o foco de um espelho côncavo a uma distância igual a d do foco deste espelho. pode-se afirmar que a temperatura da água irá A) B) C) D) aumentar aproximadamente 9oC.com/fbdiniz/curitiba/tangua/tangua. aumentar aproximadamente 20oC.1ª Prova Comum . T I P O I http://intermega. Sendo a altura da imagem três vezes maior do que a altura do objeto.

A partícula.1ª Prova Comum . com uma velocidade inicial v0. com a chave S fechada e depois. foram. é correto afirmar que a carga dessa partícula vale A) -1. com a chave S aberta. ao arremessar esta partícula numa região de um campo elétrico de módulo 10-3 N/C.0x10-23C D) +9. após um longo período de tempo. demora 10-4 s para atingir uma das placas laterais. Quando se fez a leitura da corrente no amperímetro A. respectivamente. todas as resistências possuem o mesmo valor R = 10 Ω e C é um capacitor de placas planas e paralelas. a chave S estava inicialmente fechada e o circuito ligado à fonte ε = 30 V.1x10-18C -1. +++++++++++++++++++ v0 1. conforme figura abaixo. mas de massa conhecida de 9x10-31Kg. ela descreveu uma trajetória parabólica. Em seguida. no centro médio das duas placas. fez-se novamente a leitura da corrente no amperímetro A. q . conforme figura abaixo.FÍSICA QUESTÃO 18 11 No circuito elétrico. ao entrar perpendicularmente ao campo.62x10-19C B) C) +8. A) B) C) D) 2A 1A 1A 0A e e e e 1A 1A 0A 2A QUESTÃO 19 Num experimento com uma partícula muito pequena. verificou-se que.0x10-38C Processo Seletivo/UFU . a chave S foi aberta e.Setembro 2002 .8 m Com base neste experimento. S R A R C T I P O I R ε As correntes medidas pelo amperímetro A.

saindo da página no ponto P. será: A) B) C) D) 2πx10−7 T. A permeabilidade magnética do meio é µ0 = 4πx10−7 Tm/A. bem como a figura abaixo. 2x10−7 T. distante 2 cm do fio.Setembro 2002 . entrando na página no ponto P.1ª Prova Comum . entrando na página no ponto P. saindo da página no ponto P.12 FÍSICA QUESTÃO 20 Considere as informações. 4πx10−5 T. 2x10−5 T. Processo Seletivo/UFU . P A intensidade do vetor indução magnética (campo magnético) no ponto P. T I P O I Por um fio retilíneo muito extenso passa uma corrente i = 2A. i 2 cm .

Paleozóica e Pré-Cambriana. 24.” MAGNOLI.6 5. considera-se o tempo de desintegração dos isótopos de urânio de número atômico 238.000 T I P O I QUESTÃO 22 Reflita sobre as informações. Episode 12(2). Global . Regina. São Paulo: Moderna. Mesozóica e Paleozóica. p. p. São Paulo: Moderna.000 1:15. e faça o que se pede. respectivamente. Cenozóica. Sabendo-se que a distância real entre elas é de 102 quilômetros. Projeto de Ensino de Geografia: Geografia Geral.8 centímetros.1ª Prova Comum . pouco depois da descoberta da radioatividade. 24. 2001. Regina.3 23 36. 2001. Paleozóica. a distância em linha reta entre as cidades de Uberaba e Uberlândia é de 6. Demétrio e ARAÚJO. Os algarismos I.GEOGRAFIA QUESTÃO 21 13 Em um mapa do Estado de Minas Gerais que não apresenta escala. II. Paleozóica e Pré-Cambriana. Demétrio e ARAÚJO. Salgado-Labouriau. pode-se concluir que a escala do mapa é de A) B) C) D) 1:150.5 53 65 135 205 250 290 355 410 438 510 570 4500 I Terciário II III Cretáceo Jurássico Triássico Permiano Carbonífero Devoniano Siluriano Ordoviciano Cambriano IV Fonte: IUGS. In: MAGNOLI.Setembro 2002 . Projeto de Ensino de Geografia: Geografia Geral. Cenozóica. Pré-Cambriana.01 1.000 1:15. Tais métodos geraram uma radical revisão das noções sobre a escala geológica de tempo. Mesozóica. às Eras: A) B) C) D) Cenozóica. O conhecimento do processo de desintegração radioativa dos elementos permitiu a datação científica da idade das rochas.000 1:1. Cenozóica e Pré-Cambriana. 1989. História Ecológica da Terra . Processo Seletivo/UFU .500. utiliza-se o isótopo de carbono de número atômico 14.. jun. “As teorias contemporâneas sobre o tempo geológico surgiram no início do século XX. Mesozóica. abaixo. que ocorre em todo material de origem orgânica.Stratigraph Chart. Mesozóica.000. III e IV representados no quadro acima correspondem. ESCALA GEOLÓGICA DO TEMPO Eras Períodos Quaternário Épocas Holoceno Pleistoceno Plioceno Mioceno Oligoceno Eoceno Paleoceno Início (milhões de anos) 0. Para os tempos recentes (os últimos 30 mil anos). Para os tempos geológicos remotos.

COELHO. tais como: pleno emprego. existente hoje no mundo.os investimentos em sua maioria estão circulando nos países ricos.14 GEOGRAFIA QUESTÃO 23 T I P O I O quadro político e socioeconômico. São Paulo: Moderna. L. possam cair 20% em média. III .as empresas de países subdesenvolvidos vêm sendo obrigadas a diminuir custos. II .Setembro 2002 . porém apenas 25% deste total são aplicados nos países subdesenvolvidos. Com relação às afirmativas acima. podemos citar: I . Dentre as conseqüências para os países pobres. IV . 2001.ocorrência de um maior equilíbrio na distribuição de riquezas internas nos países subdesenvolvidos. Geografia Geral: o espaço natural e socioeconômico. marque a alternativa correta. é resultado de diversos fatores. no entanto. produzidas por esses países.a partir da década de 80. tendo como principal fator o surgimento e expansão do modo de produção capitalista. melhoria da condição de bem-estar social e aumento substancial do poder aquisitivo dos trabalhadores não qualificados. demitir empregados. II e III Apenas II. A) B) C) D) Apenas III e IV Apenas I. M.1ª Prova Comum . pautado no processo de globalização. e SOARES. houve um crescimento substancial do comércio mundial. T. para que os preços das matérias-primas. III e IV Apenas I e IV Processo Seletivo/UFU . de A. os países subdesenvolvidos participaram com apenas 30% desse comércio.

quanto à função 4 . ou seja. 1 3. quanto à situação. 3. 1. 2. 2. é o “assoalho” da cidade. 3 Processo Seletivo/UFU . Considere a numeração de cima para baixo. 3 4. 4.quanto à situação 3 .quanto ao sítio 2 . T I P O I Marque a alternativa que contém a associação correta entre as duas colunas.Setembro 2002 . A) B) C) D) 4. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª. 2. ) é definida por sua atividade básica ou principal.GEOGRAFIA QUESTÃO 24 15 As cidades podem ser classificadas sob diferentes aspectos.quanto à origem ( ( ( ( 2ª Coluna ) são classificadas em dois tipos: espontâneas e planejadas. ) é a posição que a cidade ocupa em relação aos fatores naturais ou geográficos da sua região. ) é o local (no sentido topográfico) onde a cidade nasceu.1ª Prova Comum . 1ª Coluna 1 . quanto à função e quanto à origem. 4. tais como: quanto ao sítio. 2. 1 1.

África. minérios e outros recursos disponíveis. os indicadores econômicos contrastam-se brutalmente com os indicadores sociais. uma grande parte da população vive miseravelmente.10/07/2002. 1988. entretanto. sobre esse assunto. Oriente Médio.1ª Prova Comum . D) Para conservar a vitalidade e diversidade do planeta Terra. embora essas mulheres recebam remuneração menor. a situação não é diferente. p. O impacto máximo que o planeta pode tolerar é conhecido como sua capacidade de suporte. “De acordo com dados do banco mundial. A) Uma minoria de pessoas desfruta de alto padrão de vida. marque a alternativa INCORRETA. Em relação ao consumo dos recursos da Terra. Desse total. Em nosso país. B) C) A população animal e os recursos vegetais estão sofrendo reduções drásticas pela ação humana. 14. água. metade vive em apenas três países: Bangladesh. Paquistão e Índia. Formam o grande contingente dos deserdados. faça o que se pede. no Brasil.” ADAS. cerca de 800 milhões de pessoas – aproximadamente 1/3 da população dos países subdesenvolvidos – encontram-se em condição de pobreza absoluta e passam fome. Os outros 400 milhões estão espalhados por países da Ásia. América Latina e Antilhas. T I P O I Se a fome em outros países do mundo é assustadora. consome uma quantidade desproporcional de energia. QUESTÃO 26 “Os humanos estão consumindo os recursos da Terra mais rápido do que eles são capazes de se regenerar. A) A participação das mulheres na população ativa é maior do que a masculina. A espectativa de vida não é a mesma para todas as classes sociais: ela é mais longa para aquelas de maior renda e menor para as de baixa renda. A fome: crise ou escândalo? São Paulo: Moderna. Folha de São Paulo. D) A desnutrição faz um número maior de vítimas desta trágica realidade entre as crianças. Melhem. dos pobres e dos miseráveis. A taxa de consumo já foi 20% maior que a de recuperação em 1999. é necessário recuperar e manter a integridade dos ecossistemas e acabar com a diversidade biológica.Setembro 2002 . e essa tendência de aumento está longe de ser contida”. De acordo com esses indicadores.16 GEOGRAFIA QUESTÃO 25 Considere o trecho abaixo e. B) C) Estamos entre as dez maiores economias do mundo ocidental. marque a alternativa INCORRETA. Processo Seletivo/UFU .

podemos afirmar que I . marque a alternativa correta. principalmente nas cidades.Setembro 2002 .as poluições sonora e visual não se caracterizam como degradação ambiental. “Há muitos séculos os agricultores vêm tentando melhorar as espécies de plantas por meio da realização de cruzamentos e da seleção de sementes. São Paulo: Moderna. SOARES. como forma de lazer. em seu tempo livre.o acúmulo de lixo. como os parques e praças. a criação de plantas mais resistententes reduz o uso de agrotóxicos e de fertilizantes.GEOGRAFIA QUESTÃO 27 17 As grandes cidades brasileiras possuem uma degradação ambiental que traz inúmeros problemas para a população que nelas residem. III . EXCETO: A) o aumento brutal da produtividade e da produção desses alimentos acarretaria menores riscos e gastos.ocorrem freqüentes congestionamentos de trânsito. Marcos de Amorim. p. Lygia Terra. por meio do planejamento e da execução de cruzamentos controlados e da seleção planejada. que muitas vezes é despejado nos rios. foi possível realizar a melhoria genética. os alimentos transgênicos podem interferir na saúde das pessoas.as áreas verdes. com o desenvolvimento da transgenia.389. Geografia Geral: o espaço natural e socioeconômico. Dentre os agentes da referida degradação. Aqueles que defendem a ampla aplicação de modificações genéticas consideram como vantagens algumas das afirmações abaixo. II e III Apenas I. Processo Seletivo/UFU . No século XX. D) os transgênicos resolveriam o problema da fome no mundo.” COELHO. provoca a poluição da água. 2001. pois são controladas pela administração pública. Com relação às afirmativas acima. não são suficientes para que toda a população as utilize. revolucionando o processo de produção agropecuária. B) C) como a alimentação é a base da vida saudável. II . IV . A) B) C) D) Apenas I.1ª Prova Comum . II e IV Apenas I e III Apenas II e IV T I P O I QUESTÃO 28 Interprete o fragmento abaixo. onde os automóveis particulares são mais usados que o transporte coletivo.

de modo a mantê-los para as gerações futuras”.1ª Prova Comum . Ferro. 186. à ocorrência de A) B) C) D) Ouro. São Paulo: Moderna. mas sim procurava-se adequá-lo ao ritmo dos processos naturais sem exaurir o estoque de recursos naturais da Terra. Carvão. Geografia – Pesquisa e Ação. 2000. também conhecida como Rio-92 e Eco 92. delegações nacionais. mais de 166 países estiveram envolvidos na Conferência das Nações Unidas. Angela Corrêa. KRAJEWSKI.Setembro 2002 . entre chefes de Estado. T I P O I Após 10 anos desta Conferência. p. “Em 1992. Ferro e Petróleo. para o Meio Ambiente e Desenvolvimento. Raul Borges. São Paulo: Moderna. et al. Bauxita e Petróleo. Carvão e Urânio. A mudança foi fundamental: não se negava mais o desenvolvimento. II e III correspondem. respectivamente. líderes de organizações não governamentais e grupos empresariais com o objetivo de discutir os desafios mundiais de conservação das fontes naturais e melhoria da vida humana? A) B) C) D) Estocolmo Johanesburgo Rio de Janeiro Moscou QUESTÃO 30 A ocorrência de minerais em larga escala no Brasil motivou sua exploração desde o período colonial. 2001.. KRAJEWSKI. GUIMARÃES. Diamante e Estanho. p. As figuras acima representadas pelos algarismos I. 203. Angela C. Wagner Costa. marcando a alternativa correta. RIBEIRO. Geografia: Pesquisa e Ação.18 GEOGRAFIA QUESTÃO 29 Considere as informações apresentadas e responda o que se pede. Processo Seletivo/UFU . Manganês. em qual cidade foi realizada a Conferência Mundial sobre o desenvolvimento sustentável que reuniu centenas de participantes.

o riso e a festa: as delícias da vida terrena. um rebuliço de ancas. como no poema acima. o que implica na conservação do decassílabo. resumindo o amor aos aspectos físicos desse sentimento. C) D) A partir do verso “O Amor é finalmente”.. pena.) Uma ferida sem cura. que se não cala. Processo Seletivo/UFU . Antologia poética. de tema e tratamento nobres e superiores. optando por temas prosaicos e redimensiona a forma literária elevada para composições mais populares. A vertente barroca é voltada para o prazer. B) No soneto “Amor é fogo que arde sem se ver”. Definição do Amor “(.LITERATURA QUESTÃO 31 Leia o poema abaixo. 19 T I P O I Marque a alternativa correta. Uma dor. O Amor é finalmente um embaraço de pernas. um frenesi dos sentidos. uma união de barrigas. que sempre atormenta. A vertente maneirista da obra poética de Grgório de Matos é pautada pelas tensões oriundas da ContraReforma. quem diz outra coisa. uma chaga. A) O Gregório de Matos barroco abandona o estilo clássico. uma batalha de veias. Nesse sentido. um breve tremor de artérias. manjar.. o poeta afasta as antíteses que corroboram as contradições do amor espiritualizado. definindoo pelas indefinições. por considerá-lo um sentimento contraditório. que não enfastia.” Gregório de Matos. Uma confusão de bocas. O poema em questão é da vertente maneirista. que deleita. que alertava sobre a fragilidade humana e a conseqüente necessidade de valorizar o espiritual. desacordo das potências.1ª Prova Comum . Camões não alcança a definição exata do Amor. que sempre enleva. os versos acima são uma paráfrase ao famoso poema camoniano.Setembro 2002 . um brinco. é besta.

Engelhadas. Que evita só quem morre. trêmulo. Tomás Antônio Gonzaga e Cruz e Sousa expressam-se em um mesmo estilo literário. Apenas mal se move e mal se arrasta? Oh! Quanto estrago não lhe fez o tempo. Que o ímpio tempo para todos corre. dos velhos Nos gelados outonos penetrar. Apenas viverei das nostalgias Que fazem para sempre envelhecer. a angústia da ação do tempo está projetada no futuro. Processo Seletivo/UFU . à muleta encostado. há um jogo temporal: os poetas trabalham com verbos nos tempos presente. Em Cruz e Sousa. Os sonhos que eu amei hão de acabar.. e os meus cabelos. Que o mesmo bronze gasta! (.) Assim também serei.1ª Prova Comum .20 LITERATURA QUESTÃO 32 “Não vês aquele velho respeitável.Setembro 2002 . A) Nas estrofes. enquanto que a linguagem de Cruz e Sousa é mais sugestiva. Quando o meu corpo. minha Marília. pretérito e futuro. D) Ambos os excertos têm como tema a angustiosa consciência da passagem do tempo e seus efeitos nefastos sobre as pessoas.” Cruz e Sousa Faça uma leitura comparativa entre os textos acima apresentados e marque a alternativa INCORRETA.” Tomás Antônio Gonzaga T I P O I “Como os salmos dos celestiais Evangelhos. antevendo os “estragos” que a passagem do tempo vai causar.. Os dentes cairão. Daqui a poucos anos. Contudo. convulsas. O tempo arrebatado. como ocorre na expressão metafórica “gelados outonos”. Ah! sentirei os danos. O rosto encarquilhado e as mãos já frias. B) C) Os versos de Tomás Antônio Gonzaga são mais claros e objetivos. Ainda que o tema seja de cunho metafísico − a efemeridade da vida − os poetas acentuam os efeitos físicos da passagem do tempo. Que. da primeira estrofe. isto fica mais evidente na segunda estrofe. a tremer.

por entre as vagas revoltas. as tendências de seu espírito. e te poje nalguma enseada amiga.(. pois buscou a realização de seus próprios anseios. Quina e Germa. brioso e altivo barco. cuja vida era desregrada. como as imagens poéticas do selvagem. Ele nos dá não só o verdadeiro estilo. denotando o desconforto da personagem rural quando submetida aos requintes da vida burguesa. C) D) o elemento sobrenatural. e até as menores particularidades de sua vida. folclórico..” “Então o chefe pitiguara entoou o canto da morte. da primeira edição de Iracema. B) há uma perfeita identificação entre o ambiente rural e o urbano que pode ser verificada na viagem de Narcisa Soqueira à cidade. Processo Seletivo/UFU .. e o olhar do oitibó que vê melhor nas trevas. os modos de seu pensamento.Setembro 2002 . mas quando a machucam. 21 T I P O I “O conhecimento da língua indígena é o melhor critério para a nacionalidade da literatura.. (. não se sujeitando a ter sua sobrevivência condicionada a um casamento.1ª Prova Comum . “Carta ao Dr. A) “Deus te leve a salvo. É nessa fonte que deve beber o poeta brasileiro. Verá realizadas nele minhas idéias a respeito da literatura nacional.LITERATURA QUESTÃO 33 Considere o trecho abaixo. pode ser percebido na fala da vizinha da casa da Vessada que atribui o incêndio da casa à inveja da amante de Francisco Teixeira. EXCETO: A) a obra narra a história de três gerações da família Teixeira: Maria. Escolha a alternativa que NÃO expressa a preocupação de Alencar.)” B) C) “O irmão de Iracema tem o ouvido sutil que pressente a boicininga entre os rumores da mata.” José de Alencar. de Agustina Bessa-Luís. azeda. e foi à cabana buscar o camucim que transbordava com as castanhas do caju. Jaguaribe”. a personagem Quina possui uma mentalidade progressista.” QUESTÃO 34 Todas as afirmativas que se seguem referem-se à obra A sibila. Tua esposa quer que seu amor encha teu coração das doçuras do mel. Esta obra mostra o comportamento das personagens femininas responsáveis pela reedificação do patrimônio da família.) Este livro é pois um ensaio ou antes mostra.” D) “A ata é doce e saborosa.. Soprem para ti as brandas auras.

. F. coisa que não era necessário dizer. mostra a valorização do elemento nacional. os alvos fios do crautá. dá a ele um amuleto. Processo Seletivo/UFU . F. assim. brinca junto dela. ( ) O fragmento “A graciosa ará. desde a antiga fazenda de Itaguaí. iniciando a narrativa por meio de um diálogo que mantém com o primo Bernardo Sanches. ( ) O fragmento de Dom Casmurro. ( ) Ci. na tentativa de restaurar o passado. F. T I P O I ( ) Constata-se em A sibila um discurso fragmentado. D) Neste fragmento: “Agora. com seus “olhos de cigana oblíqua e dissimulada”. de Machado de Assis. ama os superlativos como modo de dar feição monumental às idéias. ( ) A estória de Dom Casmurro é narrada no presente do indicativo. F. outras remexe o uru de palha matizada.1ª Prova Comum . posteriormente.. A) José Dias. se se lhes não relata tudo e o resto. Vamos ao resto”. V V V V QUESTÃO 36 Assinale a afirmativa que NÃO se refere à narrativa Dom Casmurro. descontínuo. de José de Alencar. mãe do mato. sua companheira e amiga. F. como se estivesse acontecendo no momento em que é contada. em que a personagem Quina aparece como única narradora. por que é que nenhuma dessas caprichosas me fez esquecer a primeira amada do meu coração?”. não convence o agregado da família Albuquerque a interceder junto a Dona Glória. V. atar as duas pontas da vida.Setembro 2002 . V. V. A seqüência correta é A) B) C) D) V. que nada entendem. é dada de presente ao gigante Piaimã.”. F. Venceslau Pietro Pietra. idealizado e inesquecível. V. V. Às vezes sobe aos ramos da árvore e de lá chama a virgem pelo nome. revela a tendência do narrador de incitar o leitor a procurar uma verdade que se encontra velada. B) C) A personagem Capitu. V. de Machado de Assis.22 LITERATURA QUESTÃO 35 Coloque (V) para as afirmativas verdadeiras ou (F) para as falsas. V. da narrativa Iracema. “A tudo acudíamos. conseguindo. segundo cumpria e urgia. que é o primeiro amor. F. rainha das Icamiabas e companheira de Macunaíma. antes de morrer. para que Bentinho não vá para o seminário. agregado da família. onde traz a selvagem seus perfumes. − a muiraquitã − que. mostrando que suas convicções oscilam conforme os interesses dos membros da família a que se agregara. mas há leitores tão obtusos. um grande colecionador de pedras. F. está presente um dos temas do Romantismo. A personagem narradora reproduz no Engenho Novo a casa em que se criara na antiga rua de Matacavalos. porém os fatos contados pelo narrador-personagem fazem parte do passado que ele deseja reativar por meio da escrita do livro.

não interessa discutir problemas da formação da nossa nacionalidade.” Oswald de Andrade 23 T I P O I Considere o poema acima de Oswald de Andrade e sua poesia modernista. D) Ao poeta modernista.Setembro 2002 . que consiste na junção complexa e violenta. Esta visão romântica do Brasil é objeto da crítica da poesia modernista. exuberante e promissora. Processo Seletivo/UFU . conforme as afirmativas apresentadas. Assinale a alternativa INCORRETA. pois o poeta modernista vê o Brasil como um país dividido entre um vasto mundo primitivo e alguns espaços civilizados. o poeta mostra-se eufórico com a inserção do Brasil no conjunto das nações civilizadas. por meio da construção de estradas de ferro.1ª Prova Comum . no Novo Mundo recém-descoberto. piadista e inconseqüente. os contrastes e as contradições da terra brasileira resultam desta falha na origem. a palavra ‘trem’ pode ser compreendida como metonímia da civilização. lugar privilegiado da eterna primavera. B) C) O luar é um dos símbolos que identificam a pátria brasileira a uma natureza fértil. de diferentes culturas em diferentes estágios de desenvolvimento. No segundo verso do poema. A) Para Oswald de Andrade. Neste poema.LITERATURA QUESTÃO 37 “Noturno Lá fora o luar continua E o trem divide o Brasil Como um meridiano.

Processo Seletivo/UFU . obedecendo a um esquema de rimas constante. em estrofes regulares. marque a assertiva INCORRETA. sendo a dor do próximo um de seus temas. da métrica e da monotonia das cesuras iguais.) Quero antes o lirismo dos loucos O lirismo dos bêbedos O lirismo difícil e pungente dos bêbedos O lirismo dos clowns de Shakespeare − Não quero mais saber do lirismo que não é libertação. contudo. o poema deve equivaler a um gesto de confidência. A poesia lírica não é uma experiência fora da história. Destituída de intenção política. Bandeira define seu lugar na sociedade identificando-se com os excluídos.. O lirismo decorre.1ª Prova Comum .24 LITERATURA QUESTÃO 38 “Estou farto do lirismo comedido do lirismo bem comportado (. Nestes versos. C) D) Bandeira se inclui entre os poetas que atuam como testemunhas do sofrimento da humanidade. característica de sua poesia. portanto. libertos da rima. A) Para Bandeira. B) Na poesia de Bandeira.. Manuel Bandeira. de processos retóricos em que se observa a contenção do sentimento. esta atitude de inclusão nos revela sua compaixão pelos humildes. T I P O I Em relação aos versos citados do poema “Poética” e à obra Libertinagem.Setembro 2002 . de Manuel Bandeira. que marcam a existência do homem moderno. Libertinagem. a emoção lírica manifesta-se melhor por meio de versos metrificados. em que o poeta revela ao leitor sua perplexidade diante do mundo. O caráter genuinamente lírico e libertário de seu poema adequa-se ao uso de versos livres. É deste lugar marginal que ele busca compreender a cisão social e a crise psíquica.

como traço desta formação. cabe à divindade socorrer o homem sofrido. Neste poema. culpada. neste poema e na obra Libertinagem. 25 T I P O I Assinale a assertiva em que a interpretação da temática religiosa. está correta. Bandeira reitera o preceito de que a vida humana decorre em um vale de lágrimas. contribui para a configuração de um espírito que busca expiar em vida. Em sua poesia vemos. Neste sentido. vê-se a tortura do homem.1ª Prova Comum . pelo sacrifício. mas o gosto de trazer a divindade à terra. o ritual fúnebre coloca-se como um momento em que esta elevação se faz possível. Processo Seletivo/UFU . O meu anjo da guarda sorriu E voltou para junto do Senhor. sua máxima culpa. A consciência da materialidade da vida e da evidência da morte leva o poeta a entregar-se de vez ao sublime.LITERATURA QUESTÃO 39 O anjo da guarda “Quando minha irmã morreu (Devia ter sido assim) Um anjo moreno. A) Em sua poesia religiosa. violento e bom. a renúncia aos prazeres materiais da existência. B) O profundo temor a Deus. Nos momentos de desespero. dá a medida de uma religiosidade severa.” Manuel Bandeira. dividido entre as demandas terrestres e as promessas do céu. Bandeira não professa a necessidade de conduzir o espírito às alturas. de Manuel Bandeira. numa relação de intimidade e camaradagem que a humaniza. Diante da morte da irmã. determinada a vigiar e punir os pecadores com o castigo do inferno. Libertinagem. A expectativa da morte.Setembro 2002 . C) D) Bandeira cresceu em um ambiente de catolicismo patriarcal. em função da doença que o acompanha por toda a vida. brasileiro Veio ficar ao pé de mim. a quem o poeta se refere como “Senhor”.

B) A personagem principal de “A rosa verde” é de composição psicológica complexa.. sempre especulando a superfície do real em busca dos sentidos profundos da vida. A) Dona de uma escrita refinada. deu um gemido e caiu duro em cima da cama. Processo Seletivo/UFU . − Ele vai fazer nascer uma rosa verde. O conto “A rosa verde” explora as relações familiares. (. “A rosa verde”. então era essa a cara de um inseto debaixo da lente? Fiquei apavorada. T I P O I Parta do fragmento acima para assinalar a afirmativa INCORRETA.” Lygia Fagundes Telles. − Seu avô podia ajudar. mas tenebroso. ia ser a minha irmã. C) D) Os contos de Lygia abordam dramas universais da existência humana e enfocam as personagens em seus processos de conhecimento. a linguagem de Lygia foge à espontaneidade da fala e seu trabalho com a pontuação não acompanha o modo como as pessoas dizem.. não tem no mundo uma rosa igual. a autora extrai da palavra um jogo infindo de significados. No conto “A rosa verde”. Seis meses depois foi a vez do Pai que botou a mão no peito. Para tratar dessa mundividência. mas aumentados eles eram horríveis! Fui me acostumando quando fui achando que todos esses insetos eram parecidos com a gente nas suas festas. Avó Bel acabava ficando furiosa quando falava nos seus mortos (. In: A noite escura e mais eu.. A lupa e a possibilidade de ver brotar uma rosa verde atestam estas características.). sensível e inteligente.26 LITERATURA QUESTÃO 40 “A Mãe morreu de parto junto com a criança que se vivesse.1ª Prova Comum . (. na ânsia de registrar a extensão do pensamento de suas personagens. é observado pela ótica de uma criança..Setembro 2002 . o dolorido processo de aprendizagem das crianças e a doçura dos loucos. mas ele tem a cabeça na lua.. Esse universo aparentemente calmo. Nas suas brigas. como no título “A rosa verde”.) Fiquei encolhida contra a parede. levei um susto.. a autora prima pela dicção culta.) Assim que comecei a usar a lupa que ganhei do Avô no Natal.

p.Trata-se de um dos argumentos da teoria marxista para a análise do caráter fetichista da mercadoria e da alienação dos indivíduos submetidos às relações sociais de produção na sociedade capitalista. real ou potencial. a atribuição de tarefas ou mesmo de uma atividade profissional atendem aos interesses particulares dos grupos dominantes e só eventualmente dos produtores: seu próprio prazer está subordinado à produção. a formação das subjetividades individuais depende das relações sociais de produção. IV . Tania & outros. 96. 1995. mostrando esses traços comuns. a falta de unidade / a defesa das minorias / a revolução social. relaciona respectivamente: 1) um obstáculo. a seguir. QUINTANEIRO.Trata-se de um argumento sociológico da teoria marxista que pressupõe o fim das subjetividades individuais e das identidades coletivas na sociedade capitalista. 27 T I P O I Com base no texto acima. II e III estão corretas. que acaba por tornar cada tarefa individual um ato abstrato e aparentemente sem qualquer relação com o produto final. marque a alternativa correta.SOCIOLOGIA QUESTÃO 41 Uma característica notável da produção capitalista é que ela se sustenta graças ao constante aperfeiçoamento técnico e ao aumento incessante da produtividade. A) B) C) D) a cultura política autoritária / a identidade das minorias / a ampliação da cidadania. Condição essencial para isto é uma divisão do trabalho. II . Marx e Weber. Assinale a ÚNICA alternativa que.1ª Prova Comum . podem-se apontar alguns traços comuns nesses movimentos. III . a própria divisão capitalista do trabalho. I e III estão corretas.Setembro 2002 . 2) o tipo de reivindicação dos grupos envolvidos. a esses movimentos. uma vez que. a cultura política autoritária / a luta por direitos / a ampliação da cidadania. Assim. I . Um toque de clássicos: Durkheim. 3) uma possibilidade no campo político democrático. uma vez que os três pensadores convergem inteiramente quanto aos conceitos de indivíduo.Trata-se de um argumento pertinente da teoria marxista para a análise das relações entre o indivíduo e a sociedade. tendo em vista os fenômenos da globalização da economia. a falta de unidade / a reivindicação de melhorias materiais / a revolução social. divisão social do trabalho e alienação. para Karl Marx. Belo Horizonte: Editora UFMG. Processo Seletivo/UFU . dos anos 60 do século passado até o presente.Trata-se de um argumento comum às teorias sociológicas de Émile Durkheim. Karl Marx e Max Weber. identifique as afirmações que podem ser consideradas teoricamente pertinentes e. A) B) C) D) Apenas I está correta. I e IV estão corretas. QUESTÃO 42 Apesar da diversidade dos movimentos sociais ocorridos no Brasil.

Pela exploração do mercado mundial. Impelida pela necessidade de mercados sempre novos. são uma exigência constante do próprio capital. pela destruição violenta de grande quantidade de forças produtivas. distinguindo-se. mas sim matérias-primas vindas das regiões mais distantes. pela conquista de novos mercados e pela exploração mais intensa dos antigos. As velhas indústrias nacionais foram destruídas e continuam a ser destruídas diariamente. O Manifesto Comunista.. Necessita estabelecer-se em toda parte.). cada vez mais. substancialmente. é INCORRETO afirmar que A) a crescente produção de bens e serviços sob a forma mercadoria. 1999. a burguesia invade todo o globo terrestre. D) a globalização (ou mundialização do capital) é um processo estritamente contemporâneo. K. já que subordina a utilização de equipamentos e recursos naturais à lógica da acumulação. uma produção de caráter destrutivo. a burguesia imprime um caráter cosmopolita à produção e ao consumo em todos os países (. cuja introdução se torna uma questão vital para todas as nações civilizadas – indústrias que já não empregam matérias-primas nacionais. explorar em toda parte. F. São suplantadas por novas indústrias.).28 SOCIOLOGIA QUESTÃO 43 Considere o fragmento apresentado para responder a questão proposta abaixo. é uma das principais características do capitalismo.Setembro 2002 .1ª Prova Comum . e cujos produtos se consomem não somente no próprio país mas em todas as partes do mundo (. MARX.. de acordo com o texto apresentado.. o capitalismo tende a assumir. Processo Seletivo/UFU . de outro. E de que maneira consegue a burguesia “vencer” essas crises? De um lado. T I P O I Com base no atual estágio do capitalismo e. B) C) as inovações tecnológicas no interior das sociedades. pp. em que rege a ordem do capital. do capitalismo que existiu no século XIX.. O sistema burguês tornou-se demasiado estreito para conter as riquezas criadas em seu seio. criar vínculos em toda parte. & ENGELS. 43-45.. São Paulo: Boitempo Editorial. em que a utilidade está subordinada ao valor-de-troca.

significou uma ação favorável à esfera especulativa. porque as pessoas trabalham ao mesmo tempo com mais produtividade. nada tendo a ver com a taxa de desemprego. razão pela qual. é correto afirmar que A) as medidas adotadas pelo Governo Federal nos últimos 7 anos. assim se pronunciou sobre o desemprego: Confrontando a evolução da taxa de desemprego na Europa com a taxa dos lucros das empresas no PIB. ao flexibilizarem os contratos de trabalho. T I P O I A política econômica implementada no Brasil. Processo Seletivo/UFU . E o fato de não diminuir a jornada resulta em uma fonte de lucros financeiros. apontou para a redução da jornada de trabalho sem redução salarial.SOCIOLOGIA QUESTÃO 44 29 Michel Husson. em recente entrevista concedida a uma publicação brasileira. Carta Capital. flexibilização da legislação trabalhista. à luz da análise de Michel Husson. Nenhuma delas.Setembro 2002 . número 194. de fato. estimulou várias práticas inovadoras no mundo do trabalho tais como: contrato temporário. por isso. pois abriram postos de emprego. economista francês. na área trabalhista. seria um equívoco favorecê-la.1ª Prova Comum . 42. 19/junho/2002. trabalho parcial e banco de horas. A conclusão é que não se pode realmente lutar contra o desemprego sem mudar a distribuição dos lucros que se formou dessa maneira. p. essas curvas evoluíram de maneira muito parecida. Isto posto. sob a forma de redução da jornada [de trabalho]. A idéia é a seguinte: se não há redistribuição aos trabalhadores. há um aumento de desemprego. visaram combater o desemprego. D) o crescimento da massa salarial somente pode acontecer mediante a retomada de taxas de lucro em patamares crescentes. a redução da jornada de trabalho sem redução salarial aumentaria o chamado “custo Brasil”. entretanto. B) C) tal política foi mais uma forma de atender ao interesse do capital financeiro e. desde 1995.

a seguir. II e III estão incorretas. sendo impossível para outros animais desenvolver a faculdade de simbolizar e transmitir os símbolos com a mesma complexidade e diversidade com que o fazem os seres humanos.Setembro 2002 .30 SOCIOLOGIA QUESTÃO 45 T I P O I Considere a definição do conceito de cultura como sistema simbólico. marcando. IV . o homem.A cultura é um fenômeno que varia conforme o maior ou menor favorecimento dos caracteres biológicos e geográficos encontrados nas diferentes sociedades. III .A cultura é um fenômeno variado nas diversas sociedades humanas. Por isso.1ª Prova Comum . Assim sendo. ao nascer. II.A cultura é um fenômeno humano. II e III estão incorretas. todo ser humano está biologicamente apto para ser socializado em qualquer cultura. Processo Seletivo/UFU . a alternativa correta I .A cultura de cada sociedade é formada por sistemas de símbolos que variam. a diversidade cultural depende da maior capacidade de simbolizar o meio ambiente. presente na obra Cultura. II . mas estes se instalam em um ser dotado de unidade biológica. Identifique as afirmações incorretas. Seu grau maior de evolução em alguns lugares e sua diversidade dependem da espécie particular de Homo sapiens sapiens encontrada em cada sociedade. um conceito antropológico de Roque Laraia (1992). III e IV estão incorretas. II e IV estão incorretas. A) B) C) D) I. I.

em geral. pois o folclore manteve inalterados os sentidos dos rituais das culturas populares. 36. Através de um esforço realizado. a partir dela(s). pp. São Paulo: Brasiliense. 31 T I P O I A produção empresarial da arte “popular” – qualquer que seja a orientação ideológica e política de seus responsáveis – retira-lhe duas dimensões fundamentais. 1990.Setembro 2002 . o autor quer monstrar a fragilidade simbólica da arte popular. é o ponto culminante de um processo que parte de um grupo social e a ele retorna. movimentos e palavras. IV . romântica e lírica do povo brasileiro. Identifique a(s) afirmação(ões) teoricamente pertinente(s) e.1ª Prova Comum . Muitas empresas podem produzir. analise os eventos artísticos das culturas populares.Os argumentos do autor são improcedentes. uma alteração no processo e nos sentidos particulares que os engendrou. 19-20. desse modo. sendo indissociável da vida desse grupo. Os gestos. graças à alma simples. religião. I e II são pertinentes. tendem a perder o seu significado primordial. O que é cultura popular.O autor não é claro quanto à posição sociológica dos sujeitos da produção. ocorrendo. A) B) C) D) I e IV são pertinentes. idade.Ao argumentar que a produção empresarial da arte popular transforma os eventos populares em coisas. marque a alternativa correta. A seguir. sem distinção de sexo. II . evento isolado ou coisa.SOCIOLOGIA QUESTÃO 46 Interprete o texto abaixo. sob o pretexto de revelar-lhes mais claramente a estrutura subjacente. I . da gestão e da criação da arte popular. se têm a mesma identidade do povo brasileiro. I e III são pertinentes. administrar e criar arte popular. em seu contexto de ocorrência. demonstrando o seu desaparecimento inevitável. aquilo que. em que pese todo o aperfeiçoamento técnico possível. Apenas I é pertinente. Antonio Augusto. Alterando data. em nome da estética e da didática. Eles deixam de ser signos de uma determinada cultura para se tornarem “representações” que “outros” fazem dela. ARANTES. classe. etnia.O autor argumenta que os sujeitos da produção e da gestão dos eventos artísticos populares deixam de ser os sujeitos de criação da arte neles contida. local de apresentação e a própria organização do grupo artístico. Processo Seletivo/UFU . III . Coleção Primeiros Passos nº. ela transforma em produto terminal. “enxugam-se” os eventos artísticos denominados “populares” de características consideradas inadequadas ou desnecessárias.

unicamente. homogeneizando e unificando a cultura global. maneiras de falar e de escrever. na sociedade de consumo.A indústria cultural define-se por aprisionar os sujeitos sociais dominantes da produção cultural nas sociedades contemporâneas. de lutar. todos os conteúdos das mensagens que emitem. Coleção Primeiros Passos nº. II .A indústria cultural define-se por uma forma específica de produção simbólica. 110. na participação política. bem como as afirmações apresentadas.1ª Prova Comum . essa produção é caracterizada por grandes inversões de capital em meios de produção tecnicamente sofisticados. São Paulo: Brasiliense. por realizarem-se. pois controlam. Eles também difundem maneiras de se comportar.Setembro 2002 . p. I e II são adequadas. sendo impossível pensar seus produtos como parte da arte e da cultura das sociedades atuais. não só apregoam mensagens. Apenas I é adequada. representando parte da produção cultural dominante nas sociedades atuais. São instrumentos de dominação carismática. no lazer. de sofrer. Marque a alternativa correta que apresenta a(s) afirmação(ões) teoricamente adequada(s) ao sentido do texto. O que é cultura.A indústria cultural e os meios de comunicação de massa são parte e propriedade autônoma do poder de Estado. por trabalhadores especializados. 69. A) B) C) D) I e IV são adequadas. na educação. propõem estilos de vida. Apenas II é adequada. SANTOS. modos de organizar a vida cotidiana. É responsável pelo aparecimento do homem unidimensional e das massas alienadas. no meio urbano ou rural. de arrumar a casa. 1983. A indústria cultural e os meios de comunicação de massa penetram em todas as esferas da vida social. T I P O I I . de pensar. de sonhar. de forma absoluta. padronizam definitivamente os sistemas simbólicos de todos os sujeitos sociais. José Luiz dos. de amar. individual e irracional para controlar os conflitos sociais. Processo Seletivo/UFU . nas atividades religiosas. na vida profissional.A indústria cultural e os meios de comunicação de massa são poderosos. Tais meios de comunicação não só transmitem informações. de se vestir. IV . por oferta de bens e serviços diversificados. III . que não têm qualquer identidade cultural.32 SOCIOLOGIA QUESTÃO 47 Leia e interprete o texto abaixo.

espacialização da cultura e verticalização da vida política. Assinale a alternativa que relaciona as idéias que. afetando a vida das sociedades em graus variados. A) B) C) D) A expressão das particularidades dos grupos ou classes sociais.SOCIOLOGIA QUESTÃO 48 33 Os partidos políticos existem desde a antigüidade. em que os sujeitos não gozam de uma verdadeira autonomia. em certas direções definidas. A democracia é uma condição indispensável para o exercício da cidadania. A transformação dos trabalhadores em consumidores. Globalização econômica. na sociedade capitalista ocorre um fato que favorece apenas formas passivas de cidadania. Os partidos políticos existem para garantir a efetivação dos interesses privados em nível de Estado. homogeneização da cultura e verticalização da vida política. marque a alternativa INCORRETA. A) B) C) D) Globalização econômica. ou seja. seu vínculo com a ação organizada dos participantes da sociedade civil. porém. a sociedade civil organizada. no plano estatal. sociais e políticos é o seu caráter ativo. contudo. QUESTÃO 50 Há hoje um certo consenso em torno da tese de uma nova ordem internacional em gestação. Globalização econômica. mundialização da cultura e internacionalização da vida política. no contexto do Estado liberal-democrático. no conjunto.Setembro 2002 . estatização da cultura e internacionalização da vida política. Assinale a alternativa que corresponde a esse fato. A emergência da subjetividade individual no seio dos movimentos. mas tornaram-se essenciais a partir do século XIX. Processo Seletivo/UFU .1ª Prova Comum . Os partidos políticos expressam a existência de classes e segmentos sociais diferenciados. De acordo com os princípios ideológicos que dão sustentação a esse tipo de formação estatal. Os partidos políticos legitimam-se no contexto da disputa democrática pelo poder. A) B) C) D) Os partidos políticos representam. exprimem adequadamente as transformações que estão ocorrendo no mundo. Globalização econômica. T I P O I QUESTÃO 49 Uma premissa essencial da conquista de direitos civis. As relações dos movimentos com o Estado e suas instituições.

as grandes seleções européias são todas híbridas: a seleção italiana bicampeã nos anos 30 estava cheia de argentinos. Neste planeta sem confins não vale a pena se divertir com essas nações-fetiches. A copa se apresenta como uma ficcional permanência das nações. as paixões. Não porque exalta as nações.34 PORTUGUÊS O mundo tornou-se um só. um anacronismo singular. É uma exigência do mundo. mas porque mistura as raças. A força de trabalho futebolística se move com toda a liberdade e chegou a todos os rincões primeiro que a globalização. afinal. tudo isso é uma ficção. virei um seguidor apaixonado do Senegal. Hoje. com as relações sociais. É por isso que o futebol é uma chave para interpretar o “espírito do mundo”. Hoje. Em suma. Na verdade. o mundo se restringe às ligações financeiras que vão de indivíduo para indivíduo. Ela serve como condição para nossa experiência. Essa lógica acaba com a possibilidade de usar uma herança de cor ou de raça como arma para a exploração ou a exclusão. um italiano. existe um efeito profundamente positivo. as nações guerreiam ainda umas contra as outras. 27 de junho 2002. Os contratos não vêm mais com a chancela do Estado. Agora não se vira mais cidadão do mundo: você já nasce sendo um. Isso demonstra como o futebol se antecipa à realidade. E. mostra as condições elementares da liberdade.Trad. é um jogo. essa lógica não diz respeito só a equipes de futebol. A globalização das relações econômicas anda no mesmo passo que a globalização das relações sociais.1ª Prova Comum . O campeonato mundial de futebol é útil por isso. Rodrigo Bertolotto T I P O 5 I 10 15 20 25 30 35 Processo Seletivo/UFU . diante da multicolorida seleção de seu país. as cores. O futebol já havia começado a circulação de mãode-obra (ou pé-de-obra) de um país a outro. era preciso uma equipe só de brancos. Não há mais forasteiros. seres cosmopolitas. é uma experiência lúdica que não comporta declarações de guerra: batem de frente países. se percebe como está avançado esse processo. depois. Certo. Foi divertido (digo ironicamente. mas com carimbos de advogados que constituem elos da “lex mercatoria”. para nós. tratou-se na verdade de uma afirmação indecente) ouvir recentemente um nacionalista francês exclamar. onde as identidades se esvanecem e valem muito pouco no meio de tanto intercâmbio.Pobre idiota! A mistura é irreversível. Na Europa. nessa perspectiva. observando os torneios locais. que. estranhos ou coisas externas neste mundo. e não diferentes imperialismos.Setembro 2002 . O fato é que o futebol não havia previsto a realidade da globalização. As platéias de espectadores e torcedores estão globalizadas.. saltando as fronteiras nacionais. além disso. E. Não existem mais nações. Folha de São Paulo. Mas a antecipou. e o nosso orgulho nacional é artificialmente reavivado. O Mundial de futebol é. Nele. Eu. econômicas e financeiras se desenvolvendo em escala universal. Toni Negri. os franceses vencedores de 1998 eram quase todos estrangeiros. não torci pela Itália nesta copa.. para conquistar a vitória. já tornava híbridos os torneios locais e contaminava as torcidas futebolísticas.

.as identidades se esvanecem e valem muito pouco no meio de tanto intercâmbio.as identidades se esvanecem e valem muito pouco no meio de tanto intercâmbio. as paixões e exalta as nações. O aspecto lúdico do Mundial de futebol permite ainda pensar em nações separadas.Setembro 2002 .” (linhas 34-36) Assinale a ÚNICA alternativa em que as relações semânticas presentes no fragmento acima NÃO foram alteradas. as grandes seleções européias são todas híbridas. Processo Seletivo/UFU .. porque não só exalta as nações. as paixões e não porque exalta as nações. nessa perspectiva. A) O campeonato mundial é útil.1ª Prova Comum . as relações sociais apenas se desenvolvem no interior das nações. as paixões.. mas porque mistura as raças.. O campeonato mundial é útil. porque mistura as raças.” (linha 22) = misturadas B) C) “. A) “Na Europa. No mundo globalizado. B) C) Não porque mistura as raças.” (linha 10) = individual QUESTÃO 52 Assinale a ÚNICA alternativa que NÃO corresponde às idéias apresentadas pelo autor. as paixões. as cores. as cores. O futebol foi precursor da globalização. QUESTÃO 53 “O campeonato mundial é útil por isso... Não porque exalta as nações. as paixões. mas porque exalta as nações. as cores.” (linhas 14-15) = desfazem T I P O I D) “O Mundial de futebol é. as cores. mas também porque mistura as raças. o campeonato mundial é útil.PORTUGUÊS QUESTÃO 51 35 Assinale a ÚNICA alternativa em que a palavra ou expressão em negrito NÃO está adequadamente interpretada de acordo com seu sentido no texto. um anacronismo singular. porque mistura as raças. A) B) C) D) O Mundial de futebol permite reavivar nosso patriotismo de forma artificial. as cores. D) O campeonato mundial é útil.” (linhas 14-15) = permuta “.

.” (linha 31) “Eu. um italiano. ao momento seguinte ao qual o fato é enunciado.Setembro 2002 . não torci pela Itália nesta copa.” (linhas 31-32) Processo Seletivo/UFU .” (linhas 8-9) D) “.. ao momento imediatamente posterior ao qual o fato é enunciado.” (linha 5) B) C) “A mistura é irreversível. o termo em destaque refere-se T I P O I A) B) C) D) ao momento posterior ao qual o fato é enunciado. ao momento em que o fato é enunciado.. a relação entre as orações pode ser estabelecida por meio de: A) B) C) D) logo mas desde que pois QUESTÃO 56 Assinale a ÚNICA alternativa em que ocorre oposição entre as idéias estabelecidas nos períodos. QUESTÃO 55 Em: “Agora não se vira mais cidadão do mundo: você já nasce sendo um”.” (linha 7) No fragmento acima. virei um seguidor apaixonado do Senegal.. É uma exigência do mundo. A) “Os contratos não vêm mais com a chancela do Estado.1ª Prova Comum ... mas com carimbos de advogados.. Ela serve como condição para nossa experiência..essa lógica não diz respeito só a equipes de futebol.36 PORTUGUÊS QUESTÃO 54 “Agora não se vira mais cidadão do mundo. (linha 7).

I II III IV ( ( ( ( ) ) ) ) “O fato é que o futebol não havia previsto a realidade da globalização”. IV I. o tempo verbal denota um fato passado já concluído. IV...virei um seguidor apaixonado do Senegal”..e valem muito pouco.. (linha 7) “Nele. (linhas 20-21) “. o tempo verbal denota um fato passado que poderia ter acontecido após outro fato passado. II. III III. III. I. (linhas 14-15) 37 T I P O I QUESTÃO 58 Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª. (linhas 8-9) “Os contratos não vêm mais com a chancela do Estado.. A) B) C) D) I.. já tornava híbridos os torneios e contaminava as torcidas futebolísticas”. o tempo verbal denota um fato passado..Setembro 2002 .” (linha 5) o tempo verbal indica ação permanente. II Processo Seletivo/UFU .... IV. II.. IV. Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta. (linhas 31-32) “.você já nasce sendo um”. (linhas 10-11) “. no meio de tanto intercâmbio”. II. I III.essa lógica não diz respeito só a equipes de futebol”. as nações guerreiam ainda umas contra as outras”..1ª Prova Comum . (linhas 17-18) “.PORTUGUÊS QUESTÃO 57 Assinale a ÚNICA alternativa em que o termo em destaque NÃO está determinando o verbo. A) B) C) D) “. mas não concluído..

” (Linhas 14-15) QUESTÃO 60 Assinale a ÚNICA alternativa em que o elemento em destaque NÃO possui a mesma função dos demais.. é um jogo.” (linha 24) B) C) “Não existem mais nações..” (linha 7) D) “..” (linhas 3-4) B) C) “Foi divertido (. econômicas e financeiras se desenvolvendo em escala universal. A) “Hoje..) ouvir recentemente um nacionalista francês exclamar. diante da multicolorida seleção de seu país.. as identidades se esvanecem e valem muito pouco no meio de tanto intercâmbio.” (linhas 13-14) D) “Certo. econômicas e financeiras se desenvolvendo em escala universal. é uma experiência lúdica que não comporta declarações de guerra: batem de frente países...” (linhas 28-30) “Não existem mais nações... onde as identidades se esvanecem .Setembro 2002 .. com as relações sociais.” (linhas 11-12) Processo Seletivo/UFU . o mundo se restringe às ligações financeiras que vão de indivíduo para indivíduo. A) “Isso demonstra como o futebol se antecipa à realidade.” (linhas 13-14) “Agora não se vira mais cidadão do mundo.38 PORTUGUÊS QUESTÃO 59 T I P O I Assinale a ÚNICA alternativa em que o termo em destaque pode ser considerado como indeterminador do sujeito. saltando as fronteiras nacionais. com as relações sociais. que para conquistar a vitória era preciso uma equipe só de brancos... e não diferentes imperialismos.1ª Prova Comum .

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Compromisso com o ensino público. gratuito e de qualidade PRGRA – Pró-Reitoria de Graduação COPEV – Comissão Permanente de Vestibular Gabarito do PRIMEIRO DIA de Provas do Processo Seletivo – Setembro 2002 PROVA TIPO 1 Conteúdos PROVA TIPO 2 PROVA TIPO 3 RESPOSTAS PROVA TIPO 4 QUESTÕES RESPOSTAS QUESTÕES RESPOSTAS QUESTÕES RESPOSTAS QUESTÕ ES B I O L O G I A F Í S I C A G E O G R A F I A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 B C C A A A C C D A C A D A A B B C A D C A C D A D B B B C 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 A A A C C D A B C C A A B B C A D C A D D A D B B B C C A C 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 D A B C C A A A C C A D C A D A A B B C B C C A C D A D B B 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 C C D A B C C A A A B C A D C A D A A B B B B C C A C D A D .

gratuito e de qualidade PRGRA – Pró-Reitoria de Graduação COPEV – Comissão Permanente de Vestibular Gabarito do PRIMEIRO DIA de Provas do Processo Seletivo – Setembro 2002 PROVA TIPO 1 Conteúdos PROVA TIPO 2 PROVA TIPO 3 QUESTÕES RESPOSTAS PROVA TIPO 4 QUESTÕES RESPOSTAS QUESTÕES RESPOSTAS QUESTÕES RESPOSTAS L I T E R A T U R A S O C I O L O G I A P O R T U G U Ê S 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 D D A B C C D B A A B D D B D D D C C B D B A B D A A B C B 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 B C C D B A A D D A B D D D C C B B D D B D A A B C B D B A 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 A A D D A B C C D B C B B D D B D D D C C B D B A B D A A B 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 D B A A D D A B C C D C C B B D D B D D A B C B D B A B D A .UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Compromisso com o ensino público.