You are on page 1of 14

Biologia - Geologia

Rochas Magmáticas:
origem - magma classificação: - Plutónicas ou intrusivas - consolidam em profundidade (arrefecimento lento, cristalização -!ulc"nicas ou e#trusivas - consolidam $ superf%cie (arrefecimento rápido, consolidação

Rochas &edimentares:
origem - rochas pr'-e#istentes ou processo de formação sedimentog'nese( classificação: -)etr%ticas -*uimiog'nicas -+iog'nicas

Rochas Magmáticas:
origem - em rochas pr'-e#istentes ,ue sofrem de recristalização devido ás condiç-es de elevadas temperaturas e.ou press-es classificação: -metamorfismo de contacto - temperatura -metamorfismo regional - pressão e temperatura

(&edimentog'nese
/s rochas ,ue afloram na superf%cie terrestre (magmáticas e metamórficas são diferentes da,uelas ,ue foram geradas  alteram-se ,uimicamente e fisicamente por processos ,ue fazem parte da meteorização0 removidos por processos de erosão detritos

estratos diferentes e são fre.2m sedimento ainda não ' uma rocha sedimentar.perdem a água .u%micas dissolvidas na água (s%llica e car1onato de cálcio 0 formam Rocha sedimentar consolidada apresentam 5stratificação .u%micos0 diag'nese 3a diag'nese os sedimentos .sedimentos (sedimentação / ordem de sedimentação dos detrios depende das dimens-es e da densidade0 Primeiro os maiores e mais densos0 &em pertu1ação  formam-se camadas horizontais e paralelas  estratos )iag'nese .são sediimentares 4s espaços vazios são preenchidos por su1st"ncias .uentemente fossil%feras0 conserva vest%gios de seres vivos 6iclo das Rochas . devido aos processos f%sico-.são compactados (pressão .

todos os estratos se depositam de forma horizontal . por e#emplo 9ei de &tenon .so1reposição dos estratos *uando não e#iste deformação dos estratos (forças tectónicas )atação a1soluta - .processo .ue permite avaliar as idades das formaç-es geológicas0 8ósseis de idade são indicadores estratigráficos (amonites e trilo1ites.7dade relativa e idade radiom'trica )atação relativa .

Merc.3eptuno .piter &aturno .!'nus .rio .pertence $ !ia 9áctea e tem luz própria0 .:eoria da deriva 6ontinental .argumentos paleoclimáticos /s placas tectónicas e os seus movimentos .limites convergentes .limites conservativos 8ace da :erra ?reas continentais plataforma continental cintura orog'nica ?reas oce"nicas escudos plataforma estável dom%nio continental dom%nio oce"nico taludes continentais plan%cies a1issais dorsais oce"nicas &istema &olar &ol .Marte .argumentos litológicos .argumentos morfológicos .=rano .6intura de >uiper 6orpos celestes &ol .:erra .6intura de asteroides .limites divergentes .<.argumentos paleontológicos .

ueno n.sã corpos celestes .ricos: • apresentam semelhanças com o planeta :erra (ferro.densidade de cerca de E0F .8e. . o#ig'nio constitu%dos por materiais sólidos n. geralmente.gasosos planetas an-es Planetas :el.Gasosos • • • di"metros superiores 1ai#a densidade formados por gases (h'lio.uando se apro#imam do &ol0 Meteoroides .cleo metálico movimentos de rotação Planetas Gigantes. entre as ór1itas dos planetas Marte e <. hidrog'nio • • • • • um pe.densidade de cerca de B0B 6ondrito .Planetas clássicos .piter0 6ometas .corpos de pe.BCD 8e.ue giram $ volta do &ol planetas tel.silicatos .3i . n%.BCD silicatos .ue entram na atmosfera terrestre0 )iversidade de meteoritos &iderito .uel.densidade superior a A &iderólito .cleo maior velocidade de /steroides .3i .uenas dimens-es com ór1itas.ricos planetas gigantes. s%lica.de diferente dimens-es e v@m da cintura de asteroides ou de coometas.corpos muito primitivos com ór1itas muito e#c@ntricas e só vis%veis .

desde .com o aumento da população os su1sistemas t@m vindo a ser cada vez mais preJudicados0 Geosfera M27:4 &53&N!59 6om o aumento da população mundial os espaços naturais perdem-se. surge a poluição. 1iomassa 0 .recurso natural cuJo ciclo de reposição ocorre num curto intervalo de tempo.ao uso destes recursos a n%vel acelarado leva ao rápido esgotamento desses recursos o .modificação das condiç-es am1ientais provocadas pela ação ou conJunto de aç-es antrópicas 7mpactes na geosfera .ue irá preJudicar as geraç-es futuras 649/P&4 )4 P9/35:/ recurso renovável . ou seJa.ue utilizados de forma racional (energia.ue refletem KD a AD da luz constitu%dos por feldspato rochas claras por isso repelem LMD da luz solar 7ntervenção do Iomem nos su1sistemas terrestres 7mpactes am1ientais . menos recursos naturais Recursos naturais Recursos minerais Recursos 1iológicos 6omo resultado da e#ploração e da utilização dos recursos naturais pela esp'cie humana. água.9ua 3a superf%cie da 9ua encontram-se HmaresH e HcontinentesH0 • • • • • • não t@m água plana 1asalto rochas escuras .fornecimento cont%nuo e inesgotável de mat'ria e de energia (por e#emplo a energia solar 0 Recursos limitados . Recursos ilimitados .

conJunto de instrumentos e dispositivos legais.a.ue tem como 1ase as seguintes premissas:   depend@ncia do fornecimento e#terno cont%nuo de energia solar0 uso racional da energia e da mat'ria.ue diz .ci@ncia .u%fero0 6omo a população vai aumentando a .ue estuda a g'nese e evolução das formas de relevo ao longo do tempo0 4rdenamento do território .tipo de recurso natural cuJo processo de reposição no meio natural demora milhares ou milh-es de anos0 ?G2/ • • ECD .ue regulam a ocupação e a utilização dos espaços naturais0 Proteção am1iental e desenvolvimento sustentável )esenvolvimento sustentável .uantidade de água tam1'm cresce0 2ma elevada e#racção de água em a.modelo de desenvolvimento . .u%feros costeiros pode provocar o avanço da água salgada  a água doce transforma-se em água salo1ra (imprópria para consumo 0 MCD da população mundial ha1ita nas áreas costeiras0 Risco geológico .ue as sociedades humanas devem satisfazer as suas necessidades no presente sem comprometer a capacidade de as geraç-es futuras satisfazerem as suas próprias necessidades0 4 modelo de desenvolvimento de funcionar como um sistema fechado. privilegiando a conservação em oposição ao desperd%cio controlo da poluição.ue são a1sorvidos pelo am1iente promoção da reciclagem e da reutilização dos materiais   . diminuindo a produção de res%duos .Recurso não renovável .alteraç-es produzidas num sistema comple#o de processos geológicos suscet%veis de prodizirem preJu%zos diretos ou indiretos a uma dada população0 Geomorfologia .água doce das água su1terr"neas0 captaç-es realizadas em reservatórios de água su1terr"nea  formação gológica de forma económicamente rentável . .

uantitativos (ondas s%smicas. pedagógico. tur%sticoO chamados geoss%tios ou geomonumentos0 6onfer@ncias mundiais e am1ientais .estrat'gias .estudo da :erra por m'todos f%sicos .ue possuem inegável valor cient%fico.ue afetam o nosso planeta0 Recuperação de áreas degradadas .recuperação de uma antiga e#ploração (RocP 7n Rio 0 M'todos de estudo do interior da Geosfera MQ:4)4& )7R5:4&    5studo dos materiais .ue permitam a conservação de elementos geológicos . determinaç-es gravim'tricas e geot'rmicas 0 . com prespectivas de esta1ilização da população ordenamento do território  2m dos grandes pro1lemas atualmente ' o grande aumento da produção dos res%duos sólidos ur1anos0 / pol%tica de gestão dos res%duos sólidos ur1anos ' comple#a0 6onservação do património geológico .conscialização por parte dos cidadãos so1re os pro1lemas am1ientais . controlo do crescimento populacional.ue afloram Perfuraç-es na crosta Materiais emitidos durante a atividade vulc"nica MQ:4)4& 73)7R5:4&      Planetologia e astrogeologia Gravimetria )ensidade Geomagnetismo &ismologia Geotermismo  5studo da superf%cie vis%vel (rochas. afloramento 5#ploração de Jazigos minerais efetuada em minas e escavaç-es (E-FPm    M'todos geof%sicos: geof%sica . cultural.

campo magn'tico .ssola um corpo magnetizado.ue.força de atração para o centro da :erra . por sua vez. altitude. fica alinhado paralelamente $s linhas de força do campo magn'tico e orienta-se de acordo com a direção dos pólos magn'ticos os cristais de magnetite funcionam como %manes  campo paleomagn'tico .força de gravidade grav%metro(0 ( 2m grav%metro consta de uma massa de metal suspensa de uma mola sens%vel perfeitamente elástica0 / força grav%tica atua so1re a massa .mede a intensidade de campos magn'ticos muito fracos e determinar a direção e o sentido do campo magn'tico HfossilizadoH das rochas0 4 paleomagnetismo fornece muitas informaç-es so1re o passado da :erra: .polaridade normal  inversão do campo magn'tico magnetómetro .gravimetria .apoia a hipótese da deriva continental e da formação dos fundos oce"nicos a partir do ei#o das dorsais .ue fica registado nas rochas0 polaridade inversa. presença de acidentes topográficos se com isto a força grav%tica não for igual para toda a superf%cie terrestre  anomalia gravim'trica0 anomalias gravim'tricas acima e a1ai#o de C são positivas ou negativas0 Geomagnetismo:    campo magn'tico revelado pela :erra0 (agulha magn'tica da 1. e#erce uma força de tração so1re a mola distendendo-a / superf%cie da :erra não ' lisa nem regular  ' necessário introduzir correç-es a diferentes par"metros (latitude.regista invers-es da polaridade do campo magn'tico terrestre .

a lava ' e#pulsa atrav's de fendas alongadas magmas 1asálticos (mantos 1asálticos .ue ' necessário aprofundar para .mostra .a velocidade das ndas s%smicas e#perimenta alteraç-es.ue geralmente se forma em cone vulc"nico0  o magma ' menos dendo do . por cristais em suspensão e gases0 (magma  classificação . a lava.ur"nio.ue o magma su1a atrav's de fendas das rochas0  !ulcanismo fissural .e#trusão de materiais no estado de fusão %gnea.vulc-es em .1ásico.mero de metros .ue o material ' eJetado atrav's de uma chamin' e em .uantidade de calor li1ertada pela :erra por unidade de superf%cie e por unidade de tempo0 !ulcanologia )inamismo eruptivo .&ismologia .n. as ondas são desviadas e algumas ondas dei#am de propagar-se a partir de certa propagar-se a partir de certa profundidade0 estes acontecimentos fornecem informação so1re a const%tuição e as caracter%sticas do glo1o terrestre0 geotermismo .ue as rochas e so1e  c"maras magmáticas0 o aumento das rochas magmáticas faz com .ue a temperatura terrestre aumenta com a profundidade (grau geot'rmico .. tório e potássio  elementos radiativos gradiente geot'rmico .ue as 1ásicas solidificam dentro da própria cratera . interm'dio ou ácido 9avas 1ásicas:    1ai#a viscosidade entre LLCCR6 e LSCCR6 MCD das lavas e#pelidas por vulc-es fração volátil reduzida e de      9avas ácidas: MCCR6 a LCCCR6 muito viscosas fluem mais lentamente do .ue a temperatura aumente em LR6 8lu#o t'rmico . pela emissão de gases e e#plusão de materiais sólidos de dimens-es variadas0 !ulcanismo tipo central .continente 0 4 magma( ' formado por uma mistura de silicatos fundidos.

:ipos de atividade vulc"nica /tividade e#plosiva .ocorrem violentas e#plos-es emitindo produtos sólidos e gases0  lavas muito viscosas.e#trusão de escoadas lávicas a1undantes . impedem a li1ertação de gases domas ou c.ueda piroclastos de flu#o nuvens ardentes      /tividade efusiva . por nascentes termais ou por g'iseres0 .sulfataras (en#ofre .pulas agulhas vulc"nicas piroclastos de .atividade vulc"nica .ue co1rem grandes superf%cies0  magma fluido. li1ertação de gases fácil.tanto atividades e#plosivas como efusivas !ulcanismo residual . fluem com dificuldade. erupção calma e derramento de lava a1undante mantos de lava correntes de lava   /tividade mista .ue se manifesta por emiss-es de gases.mofetas (en#ofre !ulc-es e tectónica de placas / atividade vulc"nica coincide com zonas de fronteiras de placas0 4 tipo de atividade vulc"nica depende do conte#to tectónico0 fronteiras divergentes das placas tectónicas  grande atividade vulc"nica .fumarolas e g'iseres (vapor de água .

u%micas variaç-es da força grav%tica  grav%metros        &ismologia macrossismos . lagosO variaç-es s.plumas t'rmicas Minimização de riscos vulc"nicos vigil"ncia de um vulcão (tecnologias  detetar a deformação do cone vulc"nico.hotspots . ou .1itas da temperatura do solo nas pro#imidades  sensores localizados em sat'lites artificiais analisar a composição .r'plicas     sismos artificiais sismos vulc"nicos sismos de colapso sismos naturais .zona de su1ducção vulc-es intraplacas .sismo de pe.uase. geralmente impercet%veis.ue medem a inclinação  clinómetros detetar a variação da dist"ncia entre dois pontos espec%ficos do vulcão determinar variaç-es do campo magn'tico  magnetómetros registar sismos  sismógrafos variação da temperatura das fumarolas.ue podem causar danos por vezes importantes0 &ismos microssismos . mas .sismos .u%mica dos gases li1ertados  estaç-es geo.uena intensidade.sismos tectónicos( . atrav's de aparelhos .fronteiras convergentes das placas litosf'ricas  anel de fogo .ue são sentidos pela população e .ue são registados pelos sismógrafos0 a1alos premonitórios .

fazendo a direção de vi1ração um "ngulo reto com a direção de propagação0 E zonas s%smicas: 4ndas RaTleigh . e são mais rápidos0 4ndas & .sismos . ocorrendo instantaneamente a li1ertação da energia elástica acumulada. em parte como o calor e em parte como ondas s%smicas0 sismos: 4 limite má#imo de acumulação de energia leva a uma falha0  superficiais onda P .ue as part%culas vi1ram horizontalmente e descrevem um movimento el%ptico num plano perpendicular $ direção de  cintura 5scala de Mercalli: propagação0 mediterr"nica isossistas .num dado momento as tens-es tectónicas acumuladas ultrapassarem do atrito.vi1ração das part%culas num plano perpendicular $ direção de propagação0 Propagam-se apenas atrav's de corpos sólidos. sendo mais lentas do . l%. dá-se um movimento 1rusco.ue ocorrem em falhas ativas localizadas no interior de placas litosf'ricas0 .(sismos tectónicos  6om a ação das tens-es tectónicas o limite de elasticidade ' ultrapassado (rochas com comportamento frágil  rotura  movimento entre dois 1locos e li1erta-se energia elástica  ondas s%smicas :eoria do ressalto elástico de Reid . onda &  ondas internas ou de volume (ondas profundas 0 onda de RaTleigh .ue as ondas P0 4ndas 9ove .onda superf%cial em .uidos e gasosos.energia li1ertada no hipocentro so1 a forma de ondas elásticas0  cintura  interm'dios sismos intraplaca .onda s%smica caracterizada pela vi1ração das part%culas paralelamente $ direção de propagação de onda0 Propagam-se em meios sólidos. entre dois 1locos de uma falha ativa.onda superf%cial em .linhas fechadas em torno do epicentro .ue as part%culas vi1ram horizontalmente.ue  zonas de dorsais separam duas zonas de diferente intensidade s%smica0 oce"nicas magnitude . onda de 9ove  ondas superf%ciais 4ndas P .