You are on page 1of 5

JOGAR ESSA PRIMEIRA PARTE DO TRABALHO COMO TEXTO CORRIDO NA PARTE DE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA!

- OBS: VERIFICAR SE AS

PALAVRAS CHAVES ESTAO DEFINIDAS NO DECS, CASO NÃO ESTEJA, MENCIONAR NO TRABALHO.

1

Teoria transcultural: Leininger define cultura como “valores. crenças. Cenário: Bases de dados. (2001). mas também podem 2 . mesmo considerando o relacionamento interpessoal com os seres cuidados. carinho. o cuidado de enfermagem prende-se a satisfação das necessidades dos pacientes com vista ao seu bem estar físico e emocional. suas decisões e suas ações de maneira padronizada”. compartilhados e transmitidos e que orientam pensamento. descrever a importância da interação entre as culturas dos cuidados de enfermagem com outras culturas. Construiu também sua teoria sobre a premissa de que as pessoas de cada cultura não apenas podem saber e definir as formas nas quais experimentam e percebem seu mundo de atendimento de enfermagem. paciência associando afetividade própria do estar-com humano. normas e modos de vida de um determinado grupo aprendidos. família e comunidade. Problema: O que a enfermagem vem produzindo a cerca dos cuidados transculturais? Objeto de estudo: O cuidado transcultural Objetivo geral: Investigar a aplicabilidade da teoria transcultural nos cuidados enfermagem Objetivo especifico:    identificar o que a enfermagem vem produzindo a cerca dos cuidados transculturais aplicados aos pacientes. para os profissionais. Já os pacientes aproximam o cuidado de enfermagem as manifestações de atenção.Tema: O cuidado transcultural de enfermagem na promoção da saúde sob o prisma de Madeleine Leininger. Conceitos chaves: Cuidados de enfermagem: De acordo com Silva et al. analisar como os cuidados de enfermagem podem ser desenvolvidos junto ao indivíduo.

Preservação Cultural do cuidado: fenômeno culturalmente embasado. Os descritores utilizados foram: Cuidado transcultural. de abordagem qualitativa. facilitar ou capacitar o individuo. em levantamento das características conhecidas que são componentes do fato. do problema ou do fenômeno em estudo. FALTA COLOCAR AS TABELAS AQUI! 3 .. Na BDENF. a abordagem qualitativa aprofunda-se no mundo dos significados das ações e relações humanas. E (completar) Resultados: Para utilização dos artigos no trabalho. Utilizou-se a base de dados Base de dados na Enfermagem (BDENF) E Biblioteca Virtual de Saúde (BVS). Não foram utilizadas teses encontradas para essa pesquisa. que o auxilia a preservar ou manter hábitos favoráveis de cuidado de e saúde (BRAGA. que aspectos já foram abordados. Segundo Santos (1999).. em português e que utilize claramente a Teoria Transcultural descrita por Madeleine Leininger como referencial. foram estabelecidos alguns critérios. a pesquisa descritiva. de assistir. 1977). 2000).relacionar essas experiências e percepções com suas crenças e praticas gerais de saúde (GEORGE.. quais as lacunas existentes na literatura (SILVA e MENEZES. lado não perceptível e não captável em equações. dos 56 artigos encontrados através de busca com a utilização do termo ''cuidado transcultural''. médias e estatísticas. apenas 7 atendiam os critérios estabelecidos pelas autoras. Teoria transcultural . De acordo com MINAYO (1994). que são eles: texto disponível e completo. 2001). Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de estudo descritivo baseado na revisão de literatura. A revisão de literatura consiste em identificar quem já escreveu e o que já foi publicado sobre o assunto.

BDENF Artigos utilizados 11% Artigos encontrados na BDENF 89% 4 .Cuidado Transcultural .

SILVA. 5 . dez 1997. 54(4):578-588. SOUZA. GEORGE. Revista Brasileira de Enfermagem.G. Teorias de Enfermagem. Julua B. p. Porto Alegre: Artmed. v. USP.498-516. valores e práticas do povo cigano. BRAGA.dez.3.Enfermagem Transcultural e as crenças. Ese. Paula Daiane Silva de. Enf. 2001. 4ed. INCLUSIVE. Lúcia de Fátima da. Rev.31. RETIRANDO AS REFERENCIAS DO TRABALHO ANTERIOR QUE SE DIRIGIA A INDIGENAS. n. CARVALHO. Marta Maria Coelho. C. DAMASCENA.BIBLIOGRAFIA: CORRIGIR A BIBLIOGRAFIA. out. . 2000. Carolina Maria de Lima.