Regimento Normativo

Modelo de Briefing :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Coordenação do Curso de Design Gráfico com ênfase em Tipografia Núcleo Docente Estruturante - NDE

Modelo de Briefing Prática Projetual - PP Projetos Interdisciplinares - PI Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Regimento Normativo - 2º/2011

O presidente do Núcleo Docente Estruturante - NDE do curso de Design Gráfico com ênfase em Tipografia, Prof. Ms. José Neto de Faria, no exercício de suas atribuições, faz saber aos senhores membros do corpo Docente, bem como os senhores membros do corpo Discente matriculados, que institui e sanciona o presente Regimento Normativo:

Regimento Normativo do Modelo de Briefing para a realização das Práticas Projetuais.

O 'Modelo de Briefing' tem caráter acadêmico e profissional, teórico, prático e investigativo, busca estabelecer um padrão de referencia para a orientar e definição das Propostas de Desenvolvimento Projetual - PDP, define, organiza e estabelece os objetivos e os critérios mínimos que devem ser levantados, questionados e trabalhados no desenvolvimento de projetos de Design Gráfico.
O 'Modelo de Briefing' deve ser entendido como uma ferramenta que ajuda a delinear as necessidades de cada tipo de projeto de design, o qual ajuda estabelecer uma relação clara e objetiva com o cliente, o usuário e o projeto que deve ser desenvolvido. Define o contexto, os objetivos, as justificativas, o problema, o público-alvo, o posicionamento no mercado, a concorrência, os diferenciais, a delimitação do projeto, a forma de apresentação das etapas do projeto, as etapas de projeto, prazos e pagamentos, e por fim, todos os pontos que sejam relevantes ao bom andamento do projeto.

1

social. Nome da Empresa / Cliente. Preço e política de vendas da concorrência. Projeto do Produto/Serviço / descrição e atributos: Nome do Projeto. Locais de uso. Fax. Fone. Categorias. culturais. Endereço. Data. prazos. estético. problema. bonificações. Proporções da identidade e imagem. problema e oportunidade: Contexto do Projeto. econômico e tecnológico. Razões que motivaram o projeto. Restrições legais. descontos. Condições e restrições.Delimitação do contexto. éticas ou políticas.Concorrência / dados e Perfil: Principais concorrentes diretos e indiretos: produtos e fabricantes. 2 . Contribuições para a imagem do cliente e outros benefícios. Composição industrial / matérias-primas. facilidades na comercialização. utilidades e usos do produto/serviço. religiosas. político.Regimento Normativo Modelo de Briefing ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Modelo de Briefing . geográficas etc. E-mail. Oportunidade. objetivos. Pontos positivos e negativos levantados.Imagem do Cliente e Principais Diferenciais: Principais diferenciais a serem explorados. Merchandising e ponto de venda. cultural. Imagem do produto / serviço no mercado.Roteiro Dados Básicos do Cliente: Código de Controle. justificativas. Conta / Responsável. Projeto 1 . 3 . Campanhas significativas e resultados. Delimitação da oportunidade ou problema a ser resolvido. Serviços. Comunicação atual do produto/serviço / auto-análise Imagem e símbolos / auto-análise. 2 . Sistemas de comunicação. Influências ambientais. Função básica.

Etapas do projeto. 7 . Meios e Mídias: Projetos. nfluências ambientais e culturais as quais o consumidor está exposto. Dimensões / formato. Valores estéticos. costumes e atitudes dos consumidores. 5 . Quem aprova (nomes/funções). Data limite para apresentação e entrega de cada primeira fase. Nº de cores. os prazos e os pagamentos. Formas de apresentação. formatos e datas. 8 . ênfases. estéticos. preferências etc. Evolução e tendências de mercado.Mercado: Tamanho do mercado. Tipo de impressão. Sexo. profissão etc. Meios recomendados. áreas. simbólicos e de auto-expressão. Períodos de veiculação. estado civil. condições geográficas. emocionais. Conteúdo das peças. Como o usuário vê o produto. Posicionamento do produto/serviço em relação à concorrência. Pontos positivos a serem ressaltados. por sexo. volume de produção e sistema de distribuição. quantidades. 6 . escolaridade.Instruções Específicas Adicionais e Obrigatoriedades: Tiragem.Público-alvo / Consumido / Comprador: A quem se destina o produto/serviço. culturais e tecnológicos.Regimento Normativo Modelo de Briefing ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Peças. Hábitos. presença.Objetivos de Comunicação: Peças gráficas necessárias. 9 . idade. regiões. Sazonalidade do produto/serviço. prazos e pagamentos: Cronograma de Trabalho que estipule as etapas. 3 . temas. periodicidade de compras. Como e onde é realizada a compra. Materiais e acabamentos. Estratégia. classe social. Lista com nome dos arquivos. atuação. faixa etária. Uso e condições de uso. ocupação. em geral e em relação ao produto. Perfil do consumidor. receptividade junto ao público. Benefícios racionais. estado etc. Materiais e processos. abordagem e tom da mensagem. classe social. sociais. 4 .Projeto. Motivos de compra. Pontos negativos a serem evitados. Praças. Principais mercados. com documentos que comprovem as realizações e as entregues em cada uma das datas de cada etapa.

NDE MEMBRO . 05 de agosto de 2011. em primeira instância. Aníbal Folco Prof. Os casos omissos neste 'Modelo de Briefing' deverão ser resolvidos. Tadeu Costa COORDENADOR __________________________________ MEMBRO . Ms.NDE MEMBRO . José Neto de Faria Profª. Jofre Silva Prof. Luiza Paraguai Prof. ouvido os membros Docentes do respectivo 'Núcleo Docente Estruturante . Adriana Valese Prof.NDE MEMBRO . Claudio Gusmão Prof. Drausio Vicente C.NDE (CONVIDADO) (CONVIDADO) (CONVIDADO) (CONVIDADO) (CONVIDADO) (CONVIDADO) __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ __________________________________ 4 . Marcos Mello Prof. José Neto de Faria e pelos membros e convidados Docentes do 'Núcleo Docente Estruturante . pelo Docente Orientador e pela Coordenação do Curso. São Paulo. o Prof. Restrições legais e obrigatoriedades. Prof. Gisela Belluzo Profª. O 'Regimento Normativo' do ´Modelo de Briefing' entra em vigor a partir do ano letivo de 2011.NDE MEMBRO . Claudio Ferlauto Prof. Este 'Regimento Normativo' do 'Modelo de Briefing' foi elaborado e redigido pelo coordenador do Curso de Design Gráfico com ênfase Tipografia.Regimento Normativo Modelo de Briefing ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Cor obrigatória. Luciano de Abreu Prof.NDE'. Junior Profª.NDE'.NDE MEMBRO . Laerte Lucas Prof.

Regimento Normativo Modelo de Briefing ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: 5 .