EDUCAÇÃO EM CHEQUE “GERAÇÃO DO DIPLOMA”.

POR: JOSÉ EVANGELISTA DAMASCENO ANTÔNIA JOSILENE PINHEIRO ROCHA
Estudo publicado pela BBC Brasil em 9 de outubro, 2013 Ruth Costas, em toda a reportagem dimensionar e demonstra a fragilidade da educação superior no Brasil Especialistas de !"rias intuiç#es de renome nacional e internacional confirmam a disparidade e a fragilidade educacional em nossas instituiçoes de ensino superior Este no!o panorama na educação brasileira reflete a in$uietação de muitos acad%micos sobre a concessão e autori&ação do 'EC para algumas instituiç#es ministrarem cursos superiores em di!ersos seguimentos da formação educacional superior no Brasil Est" defici%ncia educacional estar deixando o país (Brasil) repleto de Doutores e conhecimentos de menos. ( )*eração do diploma+ como estar sendo chamada esta no!a geração acad%mica, confirma $ue muitas instituiç#es brasileiras não estão aptas a desen!ol!er e aplicar a educação superior para a formação intelectual e social do indi!,duo na sociedade do conhecimento

PANORAMA EDUCACIONAL BRASILEIRO
-a a!aliação do 'inist.rio da Educação / 'EC 2012, 021 cursos foram punidos por falta de $ualidade na estruturação e desempenho dos educandos no curso 2mpedidos de aumentar o n3mero de !agas para o ano de 2013 4eguindo recomendação do relat5rio, as instituiç#es $ue não obti!eram conceito satisfat5rio, terão $ue assinar um protocolo de compromissos com o 'EC para corrigir defici%ncias e melhorar a $ualidade do ensino ofertado 4egundo o relat5rio apresentado em 1961262012 pelo 'inistro da Educação (loi&io 'ercadante, 201 uni!ersidades brasileiras foram proibidas de reali&ar !estibular em 2013 -o apanhado geral, ap5s an"lise dos dados e conceitos $ue são estabelecidos e submetidos cada instituição de ensino superior no 7a,s, somente 21 instituiç#es de ensino superior receberam nota m"8ima do 'EC 9", os 1.114 cursos superiores $ue não apresentaram nenhum ,ndice no Conceito 7reliminar do Curso :C7C; em 2011, receberam !isitas dos a!aliadores do 'EC para uma poss,!el estruturação nas diferentes !ari"!eis $ue são usadas como par<metros entre =esempenhos >bser!ados e Esperados :2==; / (Índice de Desenvolvimento Discente) de cada instituição de ensino

Est" a!aliação reali&ada pelo 'EC em 2012, confirma o le!antamento reali&ado pela BBC Brasil em 2013 Este estudo aponta $ue? )-unca tantos brasileiros chegaram @s salas de aula das uni!ersidades, fi&eram p5sAgraduação ou 'B(s 'as, ao mesmo tempo, não s5 as empresas reclamam da oferta e $ualidade da mãoAdeAobra no pa,s como os ,ndices de produti!idade do trabalhador custam a aumentar+ Costas :2013; 4egundo 7es$uisa -acional por (mostra de =omic,lio :7nad; / 2B*E Estudos recentes apontam $ue? )-a 3ltima d.cada, o n3mero de matr,culas no ensino superior no Brasil dobrou, embora ainda fi$ue bem a$u.m dos n,!eis dos pa,ses desen!ol!idos e alguns emergentes+ 45 entre 2011 e 2012, por e8emplo, B01 mil brasileiros receberam um diploma 7ara Rafael Cucchesi diretor de educação e tecnologia na Confederação -acional da 2nd3stria / C-2, )mesmo com essa e8pansão, na ind3stria de transformação, por e8emplo, ti!emos um aumento de produti!idade de apenas 1,1D entre 2001 e 2012, en$uanto o sal"rio m.dio dos trabalhadores subiu 109D em d5laresE

EXPANSÃO EDUCACIONAL E QUALIDADE BRASILEIRO PARA A GERAÇÃO DO DIPLOMA

NO

ENSINO

'esmo com a e8pansão educacional do ensino brasileiro, em muitos seguimentos educacionais a $ualidade do ensino, fica a $uem do esperado. Estamos vivendo uma corrida ao ouro, mesmo que seja ouro de tolo, para atingir as metas estabelecidas no projeto de desenvolvimento da educação para o novo mil nio at! "#1$. 7ara 9os. 7astore, soci5logo e especialista em relaç#es do trabalho da Faculdade de Economia e (dministração da G47, E>s empres"rios não $uerem canudo Huerem capacidade de dar respostas e de apreender coisas no!as E $uando testam isso nos candidatos, reIeitam a maioriaE Joda !ia, entre os empres"rios . comum, relatos de administradores rec.mAformados $ue não sabem escre!er um relat5rio ou fa&er um orçamento, ar$uitetos $ue não conseguem resol!er e$uaç#es simples ou estagi"rias $ue ignoram as regras b"sicas da linguagem ou t%m dificuldades de se adaptar @s regras de ambientes corporati!os 'a,ra Kabimorad !iceApresidente do ='RK, grupo do $ual fa& parte a Companhia de Jalentos, uma empresa de recrutamento, recrutou, cadastrou e a!aliou cerca de 110 mil Io!ens e ainda assim não conseguimos encontrar candidatos suficientes com perfis ade$uados para o preenchimento das L mil !agas selecionadas pela companhia > grupo de Recursos Kumanos 'anpoMer fe& um le!antamento sobre o descompasso, entre as necessidades do mercado e os predicados de $uem consegue um diploma no Brasil =e 3B pa,ses pes$uisados, o Brasil . o segundo mercado em $ue as empresas t%m mais dificuldade para encontrar talentos, atr"s apenas do 9apão Estudo di!ulgado recentemente pelo 2nstituto de 7es$uisas EconNmicas (plicadas :2pea;, dos brasileiros com mais de 11 anos de estudo formariam L0D do contingente de desempregados ( recente ampliação da oferta de !agas nas formaç#es de graduação abriu oportunidades para uma mudança e8pressi!a do perfil estudantil =e fato, as ampliaç#es não apenas aumentaram $uantitati!amente o acesso @ uni!ersidade em relação a .pocas imediatamente anteriores Resultante de !"rios fatores, como oferta de !agas em cursos presenciais noturnos, implantação de pol,ticas de aç#es afirmati!as, no!as formas de ingresso e aumento da oferta de !agas na modalidade semipresencial ou @ dist<ncia, o perfil estudantil sofreu uma mudança $ualitati!a $ue impactou sensi!elmente as demandas de formaç#es de graduação, a estrutura curricular, as pr"ticas educati!as e de

a!aliação, assim como os processos deliberati!os no interior das uni!ersidades =iante disso, o modelo tradicional de uma graduação longa, com itiner"rios de formação rigidamente pr.Adefinidos, !oltada para uma profissionali&ação precoce e dotada de uma estrutura curricular engessada começou a dar sinais de esgotamento progressi!o O P Este esgotamento progressi!o in!iabili&a o atual processo de formação diante da comple8idade e di!ersidade cultural do mundo contempor<neo, a ar$uitetura curricular das nossas formaç#es de graduação reser!a pouco espaço para a formação geral e, por isso, se re!ela impregnada por uma !isão fragmentadora do conhecimento e alienada das $uest#es emergentes da nature&a, da sociedade, da hist5ria e da subIeti!idade :Camargo, Rehem, Rauh et al 2010 p"g 2; Com o aumento e a e8pansão das faculdades, Centros Gni!ersit"rios e Gni!ersidades, surgem no!as possibilidades de careiras em di!ersas "reas do conhecimento 'ais est" profissionali&ação precoce do conhecimento acad%mico, tende a fragili&ar o aprendi&ado do educando, le!andoAo a in!erter os pr5prios !alores do aprendi&ado e do conhecimento formati!o para a !ida e o trabalho -um entanto, a reportagem apresentada na p"gina da BBC Brasil por Ruth Costas em 9 de outubro 2013, os especialistas consultados apontam tr%s causas principais para a decepção com a Egeração do diplomaE 1 2 ( principal delas estaria relacionada @ $ualidade do ensino e habilidades dos alunos $ue se formam em algumas faculdades e uni!ersidades do pa,s >s n3meros de no!os estabelecimentos do tipo criadas nos 3ltimos anos mostra como os empres"rios consideram esse setor promissor Em 2000, o Brasil tinha pouco mais de mil instituiç#es de ensino superior KoIe são 2 Q10, sendo 2 112 particulares ( e8plosão das escolas superiores sem o acompanhamento pela melhora da $ualidade

3

4egundo 7astore :2013;, E>corre $ue a e8plosão de escolas superiores não foi acompanhada pela melhoria da $ualidade ( grande maioria das no!as faculdades . ruimE 4e trançar um paralelo entre as instituiç#es de ensino superior p3blica e pri!ada, a educação superior sai da esfera go!ernamental p3blica, sendo transferida a responsabilidade do ensino superior no pa,s para as instituiç#es pri!adas =as 2 Q10 instituiç#es de ensino superior do Brasil apenas 30Q . da esfera p3blica, sendo $ue 2 112 instituiç#es de ensino estão nas mãos de particulares, isto . not5rio em todo pa,s Huando a instituição de ensino contrata para seu $uadro de docente, profissionais $ue ministram aulas sem nunca ter praticado a ati!idade da doc%ncia, apenas conhece empiricamente o conte3do das disciplinas, colocam em pr"tica a geração de diplomados, formandos, com diplomas nas mãos, mais sem a formação acad%mica suficiente para a sua colocação ou recolocação no mercado de trabalho Jristan 'cCoMan, professor de educação e desen!ol!imento da Gni!ersidade de Condres concorda com o pensamento de 7astore K" mais de uma d.cada o pes$uisador 'cCoMan estuda o sistema educacional brasileiro e, para ele, alguns desses cursos uni!ersit"rios tal!e& nem pudessem ser classificados como tal E4ão mais uma e8tensão do ensino fundamental+, ressalta o pes$uisador EE o problema . $ue tra&em muito pouco para a sociedade? não aumentam a capacidade de ino!ação da economia, não impulsionam sua produti!idade e acabam aIudando a perpetuar uma situação de

desigualdade, I" $ue continua a ser !edado @ população de bai8a renda o acesso a cursos de maior prest,gio e $ualidade+ > 2nstituto 7aulo 'ontenegro :27';, !inculado ao 2bope, lembrar $ue o ,ndice de anafalbetismo funcional entre uni!ersit"rios brasileiros chega a 3BD > Brasil precisa in!estir fortemente em educação *erar pol,ticas educacionais de $ualidade desde a pr.A escola ao ensino uni!ersit"rio para sanar o abismo intelectual da formação acad%mica )-a pr"tica, isso significa $ue $uatro em cada de& uni!ersit"rios no pa,s at. sabem ler te8tos simples, mas são incapa&es de interpretar e associar informaç#es Jamb.m não conseguem analisar tabelas, mapas e gr"ficos ou mesmo fa&er contas um pouco mais comple8as+ :Ruth Costas, 2013; =e acordo com (na C3cia Cima, diretoraAe8ecuti!a do 2nstituto 7aulo 'ontenegro / 27', de 2001 a 2011, a porcentagem de uni!ersit"rios plenamente alfabeti&ados caiu 1Q pontos A de 10D, em 2001, para 02D, em 2011 EE os resultados das pr58imas pes$uisas de!em confirmar essa tend%ncia de $uedaE Estes resultados apresentados pelos di!ersos seguimentos e por pes$uisadores de not5rio saber, refletem a necessidade gritante de maior controle do 'EC sobre as instituiç#es $ue fomentam a educação superior no Brasil Gma !e& autori&ada a instituição a ministrar o curso superior, os a!aliadores do 'EC se distanciam deste processo a!aliati!o, em muitas !e&es, alegando car%ncia de pessoal para reali&ar tal fim

CONSIDERAÇÕES FINAIS
'uitos cursos superiores t%m seus curr,culos fragili&ados ( educação para algumas instituiç#es de ensino representa a mensalidade paga, se o acad%mico paga a mensalidade em dia e não atrasa nenhuma parcela, o educador em muitas situaç#es fica ref.m do apro!ar >utro fator, al.m dos apresentados pelos especialistas desta mat.ria $ue contribui com a formação superficial e deficit"ria destas instituiç#es brasileiras, . o educando saber $ue e8iste o mecanismo da prova %inal valendo cinco, para $ue o mesmo seIa apro!ado no curso ou na cadeira em curso >ra, se eu educando sei $ue por mais nota bai8a $ue eu tire, eu consigo facilmente um $uatro, nota m,nima para ir @ pro!a final E ainda tem outro agra!ante, @ instituição estipula em algumas !e&es, o percentual '"8imo $ue o educador possa repro!ar 'uitos educadores não aceitam est" manobra e são co!idado a sair da instituição promotora do curso, pois educador $ue repro!a muito em instituição de ensino particular, causa preIu,&os aos mantenedores e não ser!em para compor o corpo docente na instituição -ão . preciso abrir sindic<ncia, auditoria ou algo do tipo, para saber $ue isso acontece em nosso pa,s Concordo com o professor e pes$uisador 'cCoMan $uando ele di& $ue? )alguns desses cursos uni!ersit"rios tal!e& nem pudessem ser classificados como tal+ Estamos a!ançando sim, na e8pansão educacional em nosso pa,s mais temos mais n3meros $ue resultados Gma condição $ue promo!er" o desen!ol!imento educacional com alta $ualidade e capacidade pedag5gica no Brasil . a e8pansão e a efeti!ação da Educação a =ist<ncia E(= no Brasil, como mecanismo para a inclusão, capacitação e sociali&ação do conhecimento

A EAD COMO MECANISMO PARA A INCLUSÃO, CAPACITAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DO CONHECIMENTO NO BRASIL.

Esta modalidade de ensino tem pro!ado sua efic"cia e efici%ncia em todos os campos educacionais Ela possibilita ao educando di!ersos instrumentos promotores do )aprender a aprender+, pois, este mecanismo educacional não estar mais centrado no educador em uma 3nica !ia de acesso ao conhecimento -esta modalidade o aprendi&ado e o ensino são sist%micos, ele alcança e atinge todas as direç#es, em tempo, em espaço, educando, educador, onde o tempo e o espaço f,sico I" não . a ra&ão primordial do acontecer e o e8istir para gerar o aprendi&ado e conhecimento Huando comparado com outros pa,ses, o Brasil não est" tão atrasado no uso de estrat.gias pedag5gicas $ue en!ol!em uma forma ou outra de educação @ dist<ncia :E(=; > mais no!o Censo E(= BR / Relat5rio (nal,tico da (prendi&agem a =ist<ncia no Brasil :2013;, le!antamento reali&ado anualmente pela (ssociação Brasileira de Educação a =ist<ncia :(bed;, com o apoio do 'inist.rio da Educação, mostra $ue . crescente a procura pela modalidade E(= 'ilh#es de brasileiros I" estão utili&ando uma forma ou outra do aprendi&ado @ dist<ncia 7ara o 7rof &redric 'ic(ael )itto *4e acreditamos $ue, numa democracia, todos os cidadãos t%m o direito de estudarR e se acreditamos $ue, $uanto mais brasileiros ti!erem contato com conhecimentos, melhor ser" para a sociedade, então temos $ue embarcar num caminho de usar a E(= para moderni&ar e fle8ibili&ar a aprendi&agem e, com isso, dar acesso ao conhecimento a!ançado para todos da nossa sociedade+ (o optar pela escolha da Educação a =ist<ncia como instrumento e mecanismo para a inclusão, capacitação e sociali&ação do conhecimento, fomenta o desafio educacional para o no!o mil%nio, partindo do %8ito da Educação a =ist<ncia :E(=;, a!aliada pelo o E8ame -acional de =esempenho dos Estudantes :Enade6'EC; ao $ual acompanha o desempenho dos estudantes > Enade a!aliou 13 "reas da educação, onde, compararam o desempenho dos estudantes da educação presencial em relação os estudantes da modalidade @ dist<ncia Em sete cursos a!aliados :(dministração, Biologia, Ci%ncias 4ociais, F,sica, 'atem"tica, 7edagogia e Jurismo;, os alunos $ue estudaram na modalidade E(= apresentaram melhores resultados, com uma m.dia, de at. L0D a mais de rendimento em relação @ modalidade presencial 7recisamos in!estir no educador, na modalidade E(= como ferramenta e instrumentos propulsores do ensino, pois . atre!.s destes dispositi!os $ue !amos melhorar os n,!eis educacionais da população brasileira 4em educação uma nação não cresce não se desen!ol!e e não fa& ci%ncia para a construção planet"ria Em fim, não se pode mudar o mundo, mais podemos transformar as pessoa atra!.s do conhecimento e conse$uentemente ela interfere para a mudança da sociedade planet"ria

REFERS-C2(4?
(BE= / (ssociação Brasileira de Educação @ =ist<ncia Censo E(= BR 2012 Relat5rio anal,tico da aprendi&agem @ dist<ncia no Brasil / 4ão 7aulo? 7earson Education do Brasil, 2011 (cessado em20 ago 2013 =ispon,!el em? http?66MMM abed org br6censoead6censo2012 pdf

C>4J(4 R BBC Brasil A T*eração do diplomaT lota faculdades, mas decepciona empres"rios (cessado em 22 out 2013 =ispon,!el em? http?66MMM bbc co uU6portuguese6noticias62013610613100QVmercadoVtrabalhoVdiploma sVru shtml C>4J(4 R BBC Brasil A Cursos superiores podem ser Tdesperd,cioT no Brasil, di& estudioso (cessado em 22 out 2013 =ispon,!el em? http?66MMM bbc co uU6portuguese6noticias62013610613100QVuni!ersidadesVno!asVru sht ml C('(R*>, ' 4 de, REKE', C ' , R(GK, W ', et al A 'inist.rio da Educação 4ecretaria de Educação 4uperior Referenciais >rientadores para os Bacharelados 2nterdisciplinares e 4imilares -o! de 2010 (cessado em 2L out 2013 =ispon,!el em? http?66reuni mec go! br6images6stories6pdf6no!oD20D20bacharelados D20interdisciplinaresD20AD20referenciaisD20orientadores D20D20no!embroV2010D20brasilia pdf 4E(=6GE7B / 4ecretaria de Educação a =ist<ncia (rtigo originalmente publicado no 9ornal da Jarde Educação @ =ist<ncia em -3meros Fonte Folha =irigida (cessado em 20 ago 2013 =ispon,!el em? http?66ead uepb edu br6noticias, 300