Classificação da Pesquisa

:
Do ponto de vista da sua natureza, ou seja, aquilo que compõe a substância do ser ou essência da pesquisa. Pesquisa Pura: Pesquisa Aplicada:

Objetiva gerar conhecimentos novos Objetiva

gerar

conhecimentos

para

úteis para o avanço da ciência sem aplicação prática dirigidos à solução de aplicação prática prevista. Envolve verdades e interesses problemas específicos.

universais. Motivada basicamente pela Envolve verdades e interesses locais. curiosidade intelectual do pesquisador;

Do ponto de vista de sua abordagem, o que significa dizer modo de tratar ou ponto de vista de uma questão. Pesquisa Quantitativa: Pesquisa Qualitativa:

Traduz

em

números para

opiniões

e Neste

enfoque

não

medição

informações organizá-los.

classificá-los

e numérica, como as descrições, mas o seu propósito está em reconsiderar ou reconstruir a realidade observada. Assim, considera a existência de uma relação dinâmica entre mundo real e o sujeito. Busca dar significado às

Utiliza métodos estatísticos.

relações entre os fenômenos*.

1/5

sua relação e sua conexão com outros fenômenos. modo de proceder. o que amplia o entendimento. propósito: Exploratória: Descritiva: Explicativa: É considerado o passo inicial de qualquer pesquisa. Assim. modo de fazer (algo). sem manipulá-los. Do ponto de vista dos objetivos. significa maneira de agir. seleção. Nada impede que uma pesquisa explicativa seja a continuação de uma descritiva ou exploratória. na medida em que der o embasamento teórico em que se baseará o trabalho. Geralmente. técnica. analisar e correlacionar fatos ou fenômenos (variáveis). ou seja. o estudante deve observar. Neste modelo temos a possibilidade de aprimoramento de ideias. neste tipo de pesquisa há o levantamento bibliográfico. porque busca entender ou explicar as razões das coisas. Neste tipo de pesquisa. Consistem no levantamento. O objeto está em identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. entrevistas com pessoas que experimentaram situações que estejam sendo pesquisadas e análise de exemplos. temos um efetivo aprofundamento de conhecimentos. consiste em recolher e registrar os fatos da realidade. quanto ao seu fim.* Importante esclarecer que o termo fenômeno pode designar um fato percebido por alguém. fichamento e 2/5 . descobrir a frequência com que ocorre. O objetivo principal é descrever as características de algum fenômeno observado. Trata-se de uma observação. Neste modelo. registrar. a percepção que determinado observador tem de um fato é o que o caracteriza como fenômeno. ou seja. processo ou método. Neste caso. Esta modalidade é típica das ciências humanas e sociais. Quanto aos procedimentos. vejamos: Pesquisa bibliográfica: Trata-se de uma etapa fundamental em todo trabalho científico que influenciará todas as etapas de uma pesquisa.

na pesquisa de campo “o objeto é abordado em seu próprio meio. Há uma análise da descrição do conteúdo manifesto para se alcançar uma rede de significados. Pesquisa documental: Trata-se de uma pesquisa realizada através de documentos que podem ser: documentos pessoais. ofícios. jornais. Em ciência. A coleta de dados é feita nas condições naturais em que os fenômenos ocorrem. memorandos. fotografias. 3/5 . Embora em quase todos os estudos seja exigido algum tipo de trabalho desta natureza.arquivamento de informações relacionadas à pesquisa. aplicação de questionamentos. p. balancetes. p. sendo assim diretamente observados”. Bibliografia é o conjunto dos livros escritos sobre determinado assunto. Pode incluir entrevistas. Pesquisa de campo: É a investigação empírica realizada no local onde ocorre ou ocorreu um fenômeno. diários. testes e observações. Segundo Antônio Joaquim Severino (2007. microfilmes. Segundo Carlos Antônio Gil (1991. constituído principalmente de livros e artigos científicos.48): A pesquisa bibliográfica é desenvolvida a partir de material já elaborado. vídeos. documento é toda forma de registro e sistematização de dados. 123). cartas. colocando-os em condição de análise por parte do pesquisador. por autores conhecidos e identificados ou anônimos. informações. documentos estatísticos e outros. há pesquisas desenvolvidas exclusivamente a partir de fontes bibliográficas.

asp?id_secao=1731 Histórica: Descreve o que já aconteceu. fontes secundárias .quando o investigador foi o observador direto dos eventos ou utiliza materiais de primeira mão. Você já reparou que os filmes de época exigem um estudo histórico prévio? Vamos verificar Roma – HBO/trailer: http://www. registro. por meio de relações entre os elementos que são comparados. os dados exigem cuidadosa e objetiva análise a fim de avaliar sua autenticidade e relevância.br/ucg/institutos/igpa/site/home/secao.ucg.quando os eventos foram observados e reportados por outras pessoas e não diretamente pelo investigador. sob a forma de investigação. Neste caso. 4/5 . para poder compreender o presente. fenômenos e coisas.youtube.com/watch?v=jPO2y19tKCE Comparada: Procura estabelecer semelhanças e diferenças entre situações. análise e interpretação de fatos ocorridos no passado. Os dados podem ser coletados em: fontes primárias .Vamos conhecer um pouco mais sobre a pesquisa de campo? Acesse: http://www.

gerar e avaliar alternativas para o problema. Os casos apresentam situações em que empresas e pessoas reais precisam tomar decisões sobre um determinado dilema. um órgão. A condução do método envolve um processo de discussão. 5/5 . uma família. e propor um curso de ação. em que alunos devem se colocar no lugar do tomador de decisão. entendidas essas como uma pessoa.Estudo de caso: É o estudo circunscrito a uma ou poucas unidades. O estudo de casos constitui-se numa metodologia de ensino participativa. uma comunidade ou um país. voltada para o envolvimento do aluno. uma empresa. um produto.