COLEGIO DOMINUS VIVENDI

LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO
PROFESSOR ANDERSON

3ª Lei de Newton
1. Um martelo acerta um prego com uma força de 4,0 kgf. Existe, neste caso, a reação? Qual é ela? Quanto vale? 2. Um aluno do ensino médio, depois de estudar a 3ª lei de Newton, colocou para o professor a seguinte questão: "Se a toda força corresponde uma outra igual e oposta, elas se anulam e todos os corpos deveriam permanecer em equilíbrio. Como isso não ocorre, Newton estava errado" . Você concorda com o aluno? Explique sua posição. 3. (EE MAUÁ - SP) Sobre a lei de ação e reação, justifique a veracidade ou não das seguintes proposições: I - Se a cada ação corresponde uma reação igual e contrária, elas se anulam e o movimento é impossível; II - Se o peso de um corpo é de 4,5 newtons, esse corpo está atraindo a Terra com uma força de 4,5 newtons em sentido oposto. 4. Na rodovia Dos Bandeirantes ocorreu um acidente onde um carro de passeio colide com um caminhão carregado que vinha em sentido contrário, ambos trafegando à baixa velocidade. Se é válida a terceira lei de Newton, a força no carro de passeio é igual, em módulos, à força do carro de passeio no caminhão. a) Por que o carro de passeio fica muito mais amassado? b) Suponha que as velocidades de ambos, antes da colisão, fossem maiores. De que maneira isso alteraria as forças exercidas entre eles? 5. Quando uma pessoa passeia na praia , observa -se que em cada passada uma certa quantia de areia é jogada para trás. Explique por que isto ocorre. 6. (CESGRANRIO-RJ) Um corpo se encontra em equilíbrio sobre um prato de uma balança, em repouso, no laboratório (figura 1).

Afirmação verdadeira 4) a) Pois. elas não se equilibram pois atuam em corpos distintos 3) I .20 e. c) a máxima aceleração que se pode imprimir à caixa. considerando a aceleração da gravidade igual a 10 m/s2 .Na figura 2 estão representada as forças que atuam sobre o corpo ( e ). NORMAL E FAT. Sabendo que o coeficiente de atrito cinético entre a caixa e o piso é 0. uma caixa de 500N de peso ao longo de piso horizontal.Justificação igual ao do exercício anterior II . embora as forças de ação e reação sejam iguais e oposta. por meio desta corda esticada horizontalmente. (UFV) Uma corda de massa desprezível pode suportar uma força tensora máxima de 200N sem se romper. além disso.0 kgf 2) O aluno está errado. bem como a força exercida pelo corpo sobre o prato da balança. 01. . 4. Um garoto puxa. Podemos afirmar que As condições de equilíbrio implicam: implica: A) B) C) D) E) F=N P=N P=N P=F P=F A terceira lei de Newton N=P N=F P=F P=N F=N Respostas dos Exercícios de Fixação 1) Sim. determine: a) a massa da caixa. a carroceria do carro de passeio é mais frágil b) Ambas aumentaria 5) Isto ocorre pois para andar devemos "empurrar o chão para trás" 6) B TRAÇÃO. b) a intensidade da força de atrito cinético entre a caixa e o piso. a força com que o projeto freia o martelo.

0t. trafegando horizontalmente e em linha reta. O coeficiente de atrito dinâmico entre o bloco e a mesa vale: a) 5. a máxima aceleração que a força de atrito pode proporcionar ao carro é de: a) 10 m/s2 b) 8. O motorista vê o sinal (semáforo) ficar vermelho e aciona os freios. 60% do peso total (carro + passageiros) está distribuído nas rodas dianteiras. concluímos que a força de atração no barbante tem intensidade igual a: a) 40N b) 50N c) 60N d) 70N e) 90N 05. O coeficiente de atrito entre o bloco e o plano horizontal de apoio é 0.0 m/s2 . 102 N. Para este carro em movimento.0 m/s2 d) 4.25. 10-2 b) 1.0 . Considere um carro com tração apenas nas rodas dianteiras.0 . 10-1 04.0 m/s2 . 10-1 c) 2. O bloco não escorrega.0 .0 . a) Qual a intensidade da força de atrito que a carroceria aplica sobre o bloco. (UNICAMP) Um caminhão transporta um bloco de ferro de 3.48 m/s2 .40. O coeficiente de atrito estático entre o bloco e a carroceria é 0. Sabendo que o bloco tem aceleração de módulo igual a 2.0 . No asfalto seco de nossas estradas o coeficiente de atrito estático entre o chão e os pneus novos de um carro vale 0. é necessário aplicar uma força horizontal de intensidade 1. 10-3 d) 2.8 m/s2 e) 0.80. Adota-se g = 10 m/s2 .5 .0 m/s2 c) 6. Adote g = 10 m/s2 . em uma estrada plana e horizontal. (UNIFOR) Um bloco de massa 20 kg é puxado horizontalmente por um barbante. com velocidade constante. CARLOS CHAGAS) Um bloco de madeira pesa 2.02. (FUND. 10-1 e) 5. Sendo g = 10m/s2 e não considerando o efeito do ar. aplicando uma desaceleração constante de valor 3. Para deslocálo sobre uma mesa horizontal. com velocidade constante. 103 N. durante a desaceleração? b) Qual é a máxima desaceleração que o caminhão pode ter para o bloco não escorregar? Testes: 03.0 .

0kg tem intensidade de: a) 5.0kg que repousa sobre uma mesa lisa. A aceleração da gravidade é aproximadamente igual a 10 m/s2 .40. é 0.0kg é de 25N e a aceleração da gravidade no local é aproximadamente igual a 10 m/s2 . A força de atrito que atua sobre o bloco de 4. Nos dois esquemas da figura temos dois blocos idênticos A e B sobre um plano horizontal com atrito. O menor valor da força F para que o bloco permaneça em repouso é: a) 200N b) 300N c) 350N d) 400N e) 550N 08.60 e 0. Os dois blocos vão ser acelerados ao longo do plano e os módulos de suas acelerações são aA e aB.80. mostrados na figura abaixo. (AMAN) Um bloco de 1.25. onde cos q = 0. com as inclinações indicadas. 07.06. Os coeficientes de atrito estático e cinemático entre os blocos valem 0.0N .0N b) 4. de mesma intensidade F. As dois blocos são aplicados forças constantes. Não se considera efeito do ar. b) aA > aB.0N d) 2. O bloco pesa 100N. d) não podemos comparar aA e aB porque não conhecemos o valor de F. c) aA < aB. Assinale a opção correta: a) aA = aB. (UESPI) O coeficiente de atrito estático entre o bloco e a parede vertical.0N c) 3.60 e sen q = 0.0kg está sobre outro de 4. A força F aplicada ao bloco de 4.50. O coeficiente de atrito entre os blocos e o plano de apoio vale 0. e) não podemos comparar aA e aB porque não conhecemos os pesos dos blocos.

4. Força nuclear forte: atua em escala nuclear. e) é de natureza nuclear fraca. da esquerda para a direita. c) o trator tem tração dianteira. Força gravitacional: é a força atrativa que existe entre partículas dotadas de massa. Resolução: 01 . 2. tendo. e) a situação apresentada é impossível de acontecer. com movimento acelerado. Existem na natureza apenas quatro tipos de forças citadas a seguir em ordem decrescente de intensidade: 1.e) 1. pode ser atrativa ou repulsiva.a) 50kg . Baseado no texto. 10. O sentido das forças de atrito que a estrada faz sobre as rodas do carro é indicado na figura a seguir: É correto afirmar que: a) o trator tem tração nas quatro rodas. portanto.0N 09. b) é de natureza gravitacional. um alcance extremamente pequeno. d) é de natureza nuclear forte. 3. É esse tipo de força que mantém os quarks unidos para formarem os prótons e nêutrons e mantém os prótons e nêutrons no núcleo de um átomo. c) é de natureza eletromagnética. b) o trator tem tração traseira. é responsável pelo processo de emissão radioativa. (VUNESP) Um trator se desloca em uma estrada. d) o trator está com o motor desligado. Força eletromagnética: é a força que existe entre partículas dotadas de carga elétrica. Força nuclear fraca: atua em escala nuclear com alcance ainda menor que o da força nuclear forte. responda: o que é força de atrito? a) é de natureza diferente das quatro forças citadas.

0 m/s2 02 . calcule a máxima deformação sofrida pela. verticalmente para cima. Liberando a mola.a) 9.C 05 . verticalmente para cima com velocidade de 12 m/s. um corpo com velocidade de 8 m/s. devido ao atrito com o ar.5 kg é lançado. determine a velocidade e a energia cinética da pedra ao atingir o solo. Considerando g = 10 m/s 2 .D 09 .8 m. em relação ao solo.A 07 . Desprezando a resistência do ar e adotando g = 10 m/s 2. determine a altura máxima atingida pelo corpo.8 m e g = 10 m/s 2. Calcule a velocidade com que o corpo atinge o solo. qual é a velocidade do corpo no instante em que perde contato com ela? Despreze as forças de resistência. . Adote g = 10 m/s 2 e despreze os efeitos do ar.0 m/s2 03 . Desprezando os atritos.E 08 .) 2) Um corpo de massa 0.b) 100N c) 2.6 n de altura. o corpo dissipa 100 J de energia sob a forma de calor. do solo. calcule a velocidade do pêndulo quando passar pela posição de altura mínima.0 kN b) 4. que o corpo alcança. 4) Do alto de uma torre de 61. Sabendo que.C ENERGIA MECANICA: 1) Um garoto abandona uma pedra de massa 20 g do alto de um viaduto de 5 m de altura em relação ao solo. 7) Consideremos uma mola de constante elástica 400 N/m. lança-se verticalmente para baixo.A 10 . 6) Um corpo de massa igual a 0. mola.C 06 . 3) Um pêndulo de massa 1 kg é levado a posição horizontal e então abandonado. Sabendo que o fio tem um comprimento de 0. e um corpo de massa 1 kg nela encostado que produz uma compressão de 0. calcule a altura máxima. (Despreze os efeitos do ar.5 kg e velocidade constante de 10 m/s choca-se com uma mola de constante elástica 800n/s. 5) Um corpo de massa 2 kg é lançado do solo.A 04 . com velocidade de 50 m/s. Adote g = 10 m/s 2.

partindo do repouso em A. Sabendo que a altura máxima atingida pelo corpo na rampa é de 0.9 m e g = 10 m/s 2. 12) Um carrinho situado no ponto (veja a figura). Determine a mínima velocidade que o corpo deve ter ao atingir o ponto B.8) No escorregador mostrado na figura. Desprezando as perdas de energia e admitindo g = 10 2 m/s . Determine sua velocidade no ponto B. Os trechos AB e BCD são perfeitamente lisos. Solta-se a mola e deseja-se que o corpo atinja a altura de 10 m em relação à sua posição inicial. comprimindo-a 30 cm. desliza até B. 9) Um corpo de massa m é empurrado contra uma mola cuja constante elástica é 600 N/s.) 10) Um corpo de massa 20 kg está sobre uma mola comprimida de 40 cm. calcule m. 11) Uma esfera parte do repouso em A e percorre o caminho representado sem nenhum atrito ou resistência. uma criança com 30 kg de massa. Adote g = 10 m/s 2 e despreze os efeitos do ar. Ele é liberado e a mola o projeta ao longo de uma superfície sem atrito que termina numa rampa inclinada conforme a figura. . A aceleração da gravidade é de 10 m/s 2. parte do repouso e alcança o ponto B. (Despreze as forças resistivas. a) Calcule a velocidade do carrinho em B. calcule a velocidade da criança ao chegar a B. Determine a constante elástica da mola. sabendo que 50% de sua energia mecânica inicial é dissipada pelo atrito no trajeto. b) Qual foi o trabalho do atrito entre A e B? 13) Uma esfera de massa 2 kg é lançada horizontalmente do ponto A e deseja-se que ela atinja a pista superior.

6 m/s 8) 8 m/s 9) 3 kg 10) 25 N/m 11) 10 m/s 12) e –20J 13) 10 m/s 14) 5 m . Desprezando as resistências. 1) 10 m/s 2) 7. determine o valor da altura h. de onde a esfera foi solta. Quando abandonada da posição A sem velocidade inicial. ela passa por B com velocidade de 10 m/s.25 m 7) 1.2 m/s 3) 4 m/s 4) 36 m/s 5) 120 m 6) 0.14) Uma esfera é suspensa por um fio ideal. Adote g = 10 m/s 2.