1

ESTATÍSTICA
2
UDI - ESTATÍSTICA
DESCRITIVA
Ass 05: OUTROS ÍNDICES
DE DISPERSÃO
ESTATÍSTICA
3
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
> Determinar Desvio Médio (DM).
> Calcular Coeficiente de Variação (CV)
segundo Pearson e Thorndike.
> Utilizar-se de dados estatísticos na
tomada de decisão.
> Concluir quanto à homogeneidade de
fenômenos estatísticos através de
índices de dispersão absolutos e
relativos.
4
SUMÁRIO
1 - Conceitos Básicos
Dispersão Absoluta
Dispersão Relativa

2 - Desvio Médio (DM)
3 - Coeficiente de Variação
5
1 - CONCEITOS BÁSICOS
Dispersão Absoluta
Grau com o qual os dados numéricos
tendem a se dispersar em torno do valor
médio.
Principais medidas de dispersão absoluta:
> Amplitude Total (At ou R)
> Desvio Médio (DM)
> Variância (o
2
) e Desvio Padrão (o)
6
Dispersão Absoluta
4 5 6
4 5 9
R = 2
o
2
= 0,6667
o = 0,8165
R = 5
o
2
= 4,6667
o = 2,1602
Menor
dispersão
Maior
dispersão
7
Um desvio padrão de 50 kg é muito?
Depende do fenômeno
p/população de
onças é muito
p/população de blindados
numa manobra, nem tanto
8
Dispersão Relativa
Importância relativa da dispersão absoluta
quando comparada com uma medida de
tendência central. É medida em termos
percentuais.
Principais medidas de dispersão relativa:
> Coeficiente de Variação de Pearson (CV
P
)
> Coeficiente de Variação de Thorndike (CV
T
)
1 - CONCEITOS BÁSICOS
9
MEDIDAS DE DISPERSÃO - Resumo
Medidas de dispersão absoluta:
> Amplitude Total (At ou R)
> Desvio Médio (DM)
> Variância (o
2
) e Desvio Padrão (o)
Medidas de dispersão relativa:
> Coef. de Variação de Pearson (CV
P
)
> Coef. de Variação de Thorndike (CV
T
)
10
SUMÁRIO
1 - Conceitos Básicos
Dispersão Absoluta
Dispersão Relativa

2 - Desvio Médio (DM)
3 - Coeficiente de Variação
11
2 - DESVIO MÉDIO (DM)
É a média aritmética dos valores
absolutos dos desvios das observações em
relação a média.
4 5 9
Média = 6
3
-2
-1

3
6 - 9 6 - 5 6 -
DM
+ +
=
4
DM = 2
Obs: o = 2,1602

3
3 1 - 2 -
DM
+ +
=
12
Cálculo do Desvio Médio para DF
Notas F
i
0 |÷ 5
12
5 |÷ 6
20
6 |÷ 8
10
8 |÷ 10
8
¿
50
13
Cálculo do Desvio Médio para DF
Notas F
i
x
i
0 |÷ 5
12 2,5
5 |÷ 6
20 5,5
6 |÷ 8
10 7
8 |÷ 10
8 9
¿
50 -
5,64
50
9 8 7 10 5,5 20 2,5 12
=
× + × + × + ×
= µ
2,5 5,5 7 9
-3,14
µ = 5,64
12
20
10
8
14
Cálculo do Desvio Médio para DF
Notas F
i
x
i
x
i
- µ
0 |÷ 5
12 2,5 - 3,64
5 |÷ 6
20 5,5 - 0,14
6 |÷ 8
10 7 1,36
8 |÷ 10
8 9 3,36
¿
50 - -
15
Cálculo do Desvio Médio para DF
Notas F
i
x
i
x
i
- µ F
i
| x
i
- µ|
0 |÷ 5
12 2,5 - 3,64 43,68
5 |÷ 6
20 5,5 - 0,14 2,80
6 |÷ 8
10 7 1,36 13,60
8 |÷ 10
8 9 3,36 26,88
¿
50 - - 86,96

n
x Fi
DM
i
=
µ ÷
=
¿
1,7392
50
86,96
=
o = 2,1332
16
DESVIO MÉDIO (DM) - Resumo
- x f
n
x Fi
DM
i i
i
¿
¿
µ =
µ ÷
=
É a média aritmética dos valores
absolutos dos desvios das observações em
relação a média.

n
X - X
DM
i
¿
=
Para DF
17
Observação Importante:
Não devemos estimar o DM pois ele é
facilmente obtido.
Aceita-se uma relação empírica entre
DM e desvio padrão, porém apenas para
fenômenos moderadamente assimétricos
(|o
3
| s 0,05 ).
0,05 qdo só .....
5
4
DM
3
s o o ~
18
MEDIDAS DE DISPERSÃO - Resumo
Medidas de dispersão absoluta:
> Amplitude Total (At ou R)
> Desvio Médio (DM)
> Variância (o
2
) e Desvio Padrão (o)
Medidas de dispersão relativa:
> Coef. de Variação de Pearson (CV
P
)
> Coef. de Variação de Thorndike (CV
T
)
19
SUMÁRIO
1 - Conceitos Básicos
Dispersão Absoluta
Dispersão Relativa

2 - Desvio Médio (DM)
3 - Coeficiente de Variação
20
3 - COEFICIENTE DE VARIAÇÃO (CV)
Os coeficientes de variação (CV)
são medidas de dispersão relativa.
Normalmente os CV são obtidos
em termos percentuais.
(%) 100
Md) ou ( central tendência
DM) ou ( absoluta dispersão
CV ×
µ
o
=
21
3 - COEFICIENTE DE VARIAÇÃO (CV)
> Coef. de Variação de Pearson (CV
P
)
> Coef. de Variação de Thorndike (CV
T
)
% 100 CV
P
×
µ
o
=
% 100
Md
DM
CV
T
× =
22
Um desvio padrão
de 5 kg no peso da
minha turma é mais
significativo que 12
cm de desvio padrão
na altura ???????
Tenho como comparar fenômenos
medidos em unidades diferentes?
23
3 - COEFICIENTE DE VARIAÇÃO (CV)
Os CV permitem comparar a
homogeneidade dos dados de
fenômenos de qualquer natureza.
Mas o que é
HOMOGENEIDADE
dos dados de um
fenômeno?
24
HOMOGENEIDADE
Característica do fenômeno em que se
procura identificar a importância da dispersão
dos dados em relação à magnitude das
observações. Dados mais homogêneos têm
dispersão relativa menor.
Coeficiente
de
Variação
Homogeneidade
x
25
USO DOS CV PARA COMPARAR
FENÔMENOS
1) Só é válida a comparação entre CVs de
mesmo critério (Pearson x Pearson ou
Thorndike x Thorndike);
2) O fenômeno com menor CV tem maior
homogeneidade;
3) Os dois critérios (Pearson e Thorndike) nem
sempre conduzem à mesma conclusão.
26
Qual fenômeno abaixo é mais homogêneo?
36m 36m
28m
24m
42m
168
cm

48
kg
169



52
172



68
176


64
178


62
179


70
a) Altura destes 5 prédios
b) Altura de 6 pessoas
c) Peso de 6 pessoas

m 33,2
m 6,4
CV
P
= = % 19,28
= =
cm 173,6667
cm 4,2687
CV
P
% 2,46
= =
kg 60,6667
kg 8,0554
CV
P
% 13,28
Resposta: O fenômeno b é o mais homogêneo
uma vez que possui o menor (CV)
P
.
µ = 33,2m
o = 6,4m
27
PRATIQUE COM OS
EXERCÍCIOS
BOA SORTE!