You are on page 1of 27

28/07/2013

PLANEJAMENTO E PROJETO
DE UMA INDÚSTRIA DE
ALIMENTOS

ANÁLISE FINANCEIRA

Engenharia de Alimentos
Prof. Ricardo Santos Nascimento - Período: 2011.2

Introdução 
Para determinar se a unidade de produção

estudada no projeto é justificável, os
investidores devem analisar sua avaliação
financeira. 
Através da avaliação financeira, procura-se
conhecer se o projeto representa uma boa
alternativa para os recursos a serem utilizados 
A avaliação consiste na observação de certos
parâmetros que indicam o resultado do projeto
em comparação com seus custos e com outras
alternativas (outros projetos) disponíveis.

1

28/07/2013

Introdução 

O processo de análise pode ser mais

sofisticado em função das hipóteses que
sejam adotadas e, sobretudo, em função da
importância da decisão para a empresa. 
Os critérios considerados para análise são
baseados no fluxo de caixa.

Componentes da Análise 
Fluxo de caixa 
Parâmetros Financeiros 
VPL (valor presente líquido) 
TIR (taxa interna de retorno) 
TRC (tempo de recuperação do capital) 
PN (ponto de nivelamento)

2

428.471.00 64.67 -18.000.98 82.42 64.428.51 -18.06 25.596.00 64.472.84 -18.40 25.02 25.02 -38.00 250.400.02 -38.49 -38.599.02 -38.75 82.50 -18.426.50 82.23 25.75 -167.02 -38.64 25.000.955.597.47 3 .000.00 250.25 25.402.600.00 250.00 -167.000.98 25.98 64.955.50 -167.000.427.66 64.000.000.00 43.171.00 82.400.25 64.955.000.00 -38.02 -38.00 -167.424.00 -18.644.34 -18.470.955.25 82.00 Despesas Totais -167.  Principais métodos para orçamento de caixa:  Método receitas e desembolso  Método do fluxo líquido de caixa (ou lucro líquido ajustado) Fluxo de caixa  Exemplo (método receita e desembolso): Ano 0 Investimento Fixo Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Ano 6 Ano 7 Ano 8 Ano 9 Ano 10 -250.400.470.955.000.171.955.172.171.000.400.00 -167.425.172.428.25 -167.472.81 25.469.472.28/07/2013 Fluxo de caixa  É a representação das contribuições monetárias (entradas e saídas de dinheiro) ao longo do tempo.01 64.98 25.600.00 250.471.000.00 -18.00 250.02 -250.02 -38.425.598.00 250.600.18 -18.000.403.600.171.400.600.00 250.955.403.00 250.00 82.00 Receita Operacional 250.00 -167.955.426.171.597.00 Imposto de Renda e produt.02 -38.472.955.00 82.00 250.171.00 82.00 -167.02 -38.401. industrializados (IR+IPI=22%) Lucro Líquido Amortização Financeira Fluxo de caixa do Ano 82.50 Lucro Tributável 82.595.75 -167.83 64.404.955.00 -18.00 82.172.08 64.

403.98 82.402.172.00 250.25 82.01 64.471.172.66 64.955.000.02 -38.64 25.67 -18.000.597.600.83 64.98 64.02 25.00 250.75 -167.02 -38.50 82.171.00 82.472.02 -38.472.23 25.00 250.02 Fluxo de caixa do Ano 82.84 -18.000.403.000.955.06 25.00 82.955.49 -38.172.600.02 -38.34 -18.472.600.400.427.428.600.00 -18.42 64.02 -38.955.00 -167.596.00 82.00 250.171.50 -167.25 25.00 Despesas Totais -167.98 25.81 25.00 250.40 25.00 43.425.000.955.00 -18.599.000.75 -167.18 -18.469.600.00 Receita Operacional 250.425.171.00 250.02 -38.02 -38.08 64. industrializados (IR+IPI=22%) Lucro Líquido Amortização Financeira 82.426.50 Lucro Tributável 82.171.595.955.000.472.000.424.400.00 250.400.98 25.00 -167.000.00 250.428.000.000.470.404.955.25 -167.00 -167.02 -38.955.644.471.00 250.426.00 -18.00 -167.955.00 64.171.470.000.00 82.00 64.598.50 -18.00 -250.400.401.597.75 82.25 64.47 Fluxo de caixa  Investimento fixo (cronograma de desembolso): 4 .171.955.400.00 -38.00 -167.428.00 Imposto de Renda e produt.51 -18.28/07/2013 Fluxo de caixa  Exemplo: Ano 0 Investimento Fixo Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Ano 6 Ano 7 Ano 8 Ano 9 Ano 10 -250.

000.500.400.00 15.00 Máquina para aplicar filme und 01 5.000.00 cxs 100 8.00 Balança Eletrônica und 02 5.000.500.00 6. Acumulado -250.00 82.00 225.000.00 7.767.00 und 80 12.598.000.00 100.02 -38.00 13 14 15 Vidrarias para analises Garfo de aço inox Japona para Câmara Fria ---und und ---10 10 ---16.00 450.00 100.000.00 plástico Carro plataforma und 01 87.000.00 Tanque para cura Und 2 350.000.000.403.00 700.00 40.34 -18.911.00 495.000.00 82.00 16.00 525.000.00 250.600.300.00 250.541.402.51 Amortização Financeira -38.00 700.00 Ar condicionado 21000 BTU´s und 05 1.00 embalagem Mesa aço inox para manipulação und 03 200.000.00 960.000.00 300.00 2.00 600.00 Câmara de defumação und 01 35.02 -38.00 11.000.172.00 7.34 100.00 70.00 Esterilizador de Carne und 02 180.00 Mesa para montagem e und 01 300.00 27.600.200.171.00 Funil de Embalagem und 01 55.00 5 6 7 8 9 10 11 Numero 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Item Unidade Quantidade Valor Unitário (R$) Serra Fita Elétrica und 02 10.600.000.000.75 82.000.43 100.769.000.400.02 -38.70 55.00 8.00 -18.00 250 .10 349.955.08 40.00 Tacho para cozimento und 01 8000.50 -18.00 Despesas Totais -167.000.09 100.955.000.18 -18.545.600.171.CV und 1 18.00 und 30 6.978.000.955.955.404.50 10.02 -144.00 5.400.171.00 Moinho Elétrico Boca 10 und 02 8.25 82.00 Impressora Laser und 05 500.50 82.00 Freezer und 10 12.00 210.000.00 1.00 14.02 -38.50 Lucro Tributável Imposto de Renda e produt.772.00 100.00 Sub-Total (R$) Total (R$) Valor Total (R$) 20.50 6.00 18.000.401.000.597.596.00 9.00 82.599.000.00 16.00 55.00 180.00 Fluxo de caixa  Exemplo: Ano 0 Investimento Fixo Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Ano 6 Ano 7 Ano 8 Ano 9 Ano 10 -250.955.00 -167.00 Seladora a vácuo Duplavac .000.000.00 35.2 câmaras Embutidora pneumática und 1 15.500.00 130.02 -38.727.00 89.59 5 .00 Injetor de Salmoura und 01 1.354.00 Modelador de Hambúrguer und 1 14.00 Lavatórios de mãos coletivos und 1 190.00 13.00 Sub-Total (R$) 25.171.00 cxs 50 9.84 -18.00 -206.00 13.00 Lingüiças e salsichas Tumbler und 1 16.000.597.457.00 800.770.800.04 -82.000.00 Valor Total (R$) 750.00 5.00 -167.00 -167.17 100.929.172.00 250.00 20.904.00 320.00 Cutters inox und 1 320.000.26 100.00 35.772.00 520.02 -38.75 -167.00 6.00 1.00 250.545.472.000.000.000.595.768.00 und und und cxs 10 30 20 100 7.02 -38.955.00 250.06 -20.355.721.000.171.00 10.955.00 -167.00 167.538.000.00 82.766.00 12 Faca tirar couro Faca cozinheiro Faca açougueiro Touca de Rede com micrósporos Mascara retangular com elástico Avental de Vinil Transparente Luva para procedimento de Vinil Termômetro tipo espeto und 05 105.772.000.00 Microcomputadores und 10 2.00 87.771.00 46.37 226.00 250.955.67 -18.00 Congelador -18º C und 03 9.00 360.000.00 1.167.00 16 17 18 19 20 Luvas de malha de aço Estrados de Polietileno Caixas Plásticas Bandejas Plásticas Outros Utensílios par und und und ---- 25 20 30 30 ---- 17.14 164.00 190.00 Receita Operacional 250.171.25 82.25 -167.000.00 250.400.02 -38.400.172.01 82.00 250.00 550.00 Ar condicionado 12000 BTU´s und 05 1.75 -167.00 120.00 180.99 102.51 -18.000.00 250.600.500.000.50 -167.69 288.955.00 1.00 82.00 ---- 425.00 -18.02 -38.000.00 100.000.28/07/2013 Fluxo de caixa  Investimento fixo (custo material/equipamento) MATERIAL PERMANENTE MATERIAL DE CONSUMO Nume ro 1 2 3 4 Item Botas PVC Luvas Látex 3CMD Faca desossa lâmina estreita Faca desossa lâmina larga Unida de und cxs und Quantida de 50 150 30 Valor Unitário (R$) 15.00 Câmara de Resfriamento und 02 23.000.00 Caldeira (700kgv/h) und 01 89.950.300.00 Chiller para Tingimento de und 1 13. industrializados (IR+IPI=22%) Lucro Líquido 82.955.02 Fluxo de cx.200.403.00 -18.00 -167.

00 6 .000.00 52.00 250.00 52.000.00 52.000.00 52.00 198.000.000.000.000.00 198.00 198.000.00 250.000.28/07/2013 Fluxo de caixa  Receita Total: Fluxo de caixa  Receita Total: Ano RECEITAS 0 Produto Primário Produto Secundário Total - 1 2 3 4 198.00 250.000.000.00 250.000.

425.00 -167.470.955.470.81 25.424.600.000.25 64.02 -38.34 -18.02 -38.00 250. luz.00 250.00 -167.400.955.00 43.00 109.02 Fluxo de caixa do Ano 82.600.599.432.00 167.64 Itens 25.620.469.00 2.000.402.172.436.000.00 Ajudas de custos e gastos de viagens (V) 2.00 Impostos (CV) 1.00 Depreciação de máquinas e instalações escritório 1.403.400.000.428.800.98 82.400.02 -38.800.00 -250.955.01 64.40 25.595.426.98 64.18 -18.00 CUSTO DE VENDAS Vencimentos e salário (CF) 6.000.98 25.50 Lucro Tributável 82.84 -18.955.66 64.488.00 744 Depreciação (CF) 2.47 Valor (R$) CUSTOS DE FABRICAÇÃO Custos Diretos (CV) Fluxo de caixa Matérias-primas Mão-de-obra direta Contribuições e encargos sociais Subtotal.000.50 82.00 250.955.02 -38.02 -38.171.428.00 82.955.00 -18.00 Subtotal.50 -18.427.597. gás.000.425.472.75 82.000.50 -167.00 -167.000.00 TOTAL DOS CUSTOS DE FABRICAÇÃO 94.00 -18. 1.148.600.000.472. industrializados (IR+IPI=22%) Lucro Líquido Amortização Financeira 82.02 25. custo direto  Despesas Totais 72.00 Despesas Totais -167.67 -18.00 64.712.000.06 25.00 Provisão devedores duvidosos (F/V) 2.00 5.00 250.000.25 -167.000.42 64.426.02 -38.644.955.400.00 -167.02 -38.51 -18.800.428.00 -38.171.171.404. custo indireto 14.955.597.00 57.00 82.23 25.00 -167.00 Comissões a vendedores (CV) Contribuições e outros encargos sociais (F/V) Transportes e fretes (CV) Custo Fixo total Custo Variável total CUSTO TOTAL 600 18.472.471.171.75 -167.00 TOTAL DOS GASTOS ADMINISTRATIVOS 43.471.600.28/07/2013 Fluxo de caixa  Exemplo: Ano 0 Investimento Fixo Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Ano 6 Ano 7 Ano 8 Ano 9 Ano 10 -250.00 Utensílios de escritório Combustíveis e lubrificantes 600 Outros materiais indiretos 1.000.955.171.598.400.400.000.200.00 360 360 Serviços de água.49 -38.472.98 25.00 CUSTOS DE ADMINISTRAÇÃO (CF) Vencimento e salários Contribuições e outros encargos sociais Utensílios de asseios Material de escritório 36.00 82.00 TOTAL DE GASTOS DE VENDAS 27.220.000.171.25 25.75 -167.403.83 64.25 82.596.200.00 Imposto de Renda e produt.00 250.400.172.00 4.788.00 Outros gastos indiretos (F/V) 2.00 80.472.955.000.02 -38.00 Receita Operacional 250.00 Mão-de-obra indireta Energia e luz elétrica (CV) 1.008.00 Custos Indiretos (CV)  (custo fixo/variável) Peças de reposição 600 Utensílios de asseio 1.172.00 -18.600.00 250.00 250.00 250.080.400. telefone etc.08 64.401.00 64.00 250.00 7 .00 82.232.

00 Impostos (CV) 1.800.400.28/07/2013 Itens Valor (R$) CUSTOS DE FABRICAÇÃO Custos Diretos (CV) Matérias-primas 72. telefone etc.00 Custos Indiretos (CV) Peças de reposição 600 Utensílios de asseio 1.800.00 109.00 Ajudas de custos e gastos de viagens (V) 2.00 Utensílios de escritório Combustíveis e lubrificantes 600 Outros materiais indiretos 1.200.432.00 TOTAL DOS GASTOS ADMINISTRATIVOS 43.008.800.00 TOTAL DOS CUSTOS DE FABRICAÇÃO 94.232.000.00 Mão-de-obra direta 5.400.00 8 . gás. custo indireto 14.00 Contribuições e encargos sociais Subtotal. 36.000.00 360 360 1.00 CUSTO DE VENDAS Vencimentos e salário (CF) 6.220.488. luz.472.00 Subtotal.00 Comissões a vendedores (CV) Contribuições e outros encargos sociais (F/V) Transportes e fretes (CV) 600 18.788.00 Custo Fixo total Custo Variável total CUSTO TOTAL 57.000.00 Outros gastos indiretos (F/V) 2.712.080.00 80. custo direto 2.00 744 Depreciação (CF) 2.00 4.00 TOTAL DE GASTOS DE VENDAS 27.00 Mão-de-obra indireta Energia e luz elétrica (CV) 1.00 Depreciação de máquinas e instalações escritório 1.200.000.00 Provisão devedores duvidosos (F/V) 2.400.436.620.00 167.00 CUSTOS DE ADMINISTRAÇÃO (CF) Vencimento e salários Contribuições e outros encargos sociais Utensílios de asseios Material de escritório Serviços de água.000.148.

aneel.28/07/2013 Custo médio da energia  Site da Anel <http://www.Consumidores Finais  Tarifas Médias de Fornecimento por Região 9 .gov.br/>  Informações Técnicas Custo médio da energia  Tarifas .

79 (R$/MWh) 10 .28/07/2013 Custo médio da energia  Tarifas Médias por Classes de Consumo e Por Região  Tarifas médias (R$/MWh) por classes de consumo e por regiões geográficas do Brasil – mensal e anual a partir de 2003. Custo médio da energia  Tarifas Médias pra Industria no Nordeste 220.

00 82.955.00 Imposto de Renda e produt.472.00 250.597.644.81 25.00 250.00 -250.955.00 250.84 -18.50 82.00 -167.402.02 -38.000.955.470.171.172.02 Fluxo de caixa do Ano 82.28/07/2013 Fluxo de caixa  Exemplo: Ano 0 Investimento Fixo Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Ano 6 Ano 7 Ano 8 Ano 9 Ano 10 -250.50 Lucro Tributável 82.64 25.000.600.25 64.400.400.000.171.42 64.471.425.172.955.50 -167.955.955.428.02 -38.00 82.955.472.98 82.00 -18.172.00 250.00 250.02 -38.600.600.470.171.34 -18.98 25.425.400. industrializados (IR+IPI=22%) Lucro Líquido Amortização Financeira 82.000.000.83 64.75 -167.02 -38.472.75 -167.404.000.471.25 -167.428.955.000.02 -38.67 -18.596.47 Fluxo de caixa  Impostos de:  Federal  Importação  Exportação  IPI (produto industrializado)  IOF (movimentação financeira)  IR (renda)  Estadual  ICMS  IPVA  Municipal  IPTU 11 .00 250.98 64.00 64.424.98 25.955.00 -38.25 25.00 64.49 -38.401.08 64.400.06 25.00 -18.403.000.40 25.00 -167.428.403.00 43.426.000.426.955.00 Despesas Totais -167.00 250.23 25.00 Receita Operacional 250.171.00 -167.171.598.00 82.469.600.00 -167.51 -18.02 -38.50 -18.000.597.599.66 64.00 82.01 64.00 -18.171.427.00 250.472.00 -167.18 -18.25 82.02 -38.595.02 -38.75 82.000.600.400.000.02 25.00 250.

00 64.00 250.50 -18.636.472.471.64 25.203.425.550.93 25.955.08 64.644.309.02 -38.98 25.000.470.955.05 17.749.25 -167.97 38.400.02 233.000.00 -167.472.403.470.426.34 -18.81 19.25 64.36 7 11.600.358.22 12 .596.98 82.171.000.000.606.472.02 250.172.55 38.02 -38.955..22 9 6.00 -250.75 -167.874.955.955.00 82.600.019.00 Receita Operacional 250.955.64 8 8.66 38.000.25 25.02 35.955.058.21 38.00 250.738.935.404.00 -167.18 -18..40 25. industrializados (IR+IPI=22%) Lucro Líquido 82.599.000.787.600.424.02 68.600.02 Fluxo de caixa do Ano 82.00 250.00 Amortização Financeira 82.000.955.28/07/2013 Fluxo de caixa  Exemplo: Ano 0 Investimento Fixo Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 Ano 6 Ano 7 Ano 8 Ano 9 Ano 10 -250.00 16.00 -38.00 250.400.i (1 + i ) n − 1 Prestações P 0 1 An 2 An 3 An 4 An n An A1=A2=A3=A4=.400.75 -167.00 82.00 389.00 250.426.171.00 250.00 -167.30 27.080.50 82.955.98 64.400.00 64.00 -18.402.00 38.598.216.02 126.06 5 15.000.500.00 -18.550.00 250.83 64.75 82.000.597.597.02 -38.727.000.955.000.955.544.00 -167.171.25 82.55 10 3.47 Fluxo de caixa  Amortização Financeira: Período An = P (1 + i ) n .000.955.47 35.00 Imposto de Renda e produt.36 32.472.02 -38.227.526.000.471.02 -38.600.00 -18.404.955.00 Jn = P· i Total 139.42 64.171.02 215.403.50 Lucro Tributável 82.171.000.00 43.400.51 -18.318.66 64.955.609.401.427.29 21.428.171.02 0.469.955.02 -38.955.00 250.84 -18.42 23.72 38.06 25.45 6 13.An Juros Juros Amortização Anuidade S (J + Amort) 0 1 22.595.02 25.02 -38.79 4 17.02 174.00 82.73 38.955.00 3 19.955.81 25.98 25.00 Despesas Totais -167.23 25.02 196.02 98.428.455.42 38.172.425.521.49 -38.00 250.00 -167.167.09 38.955.61 38.02 151.98 2 21.172.01 64.550.645.02 -38.22 250.596.428.50 -167.955.60 30.67 -18.738.

000.00 2.00 4-5 +8.000.00 ou Saídas (-) 8.00 Fluxo de caixa  Diagrama de Fluxo de caixa  (diagrama capital no tempo) 8.000.00 1 2 3 4 5 Despesas / Aplicações de dinheiro 8.00) 4-5 0-1 +2.000.000.000.00 6.00 1-2 4.000.000.000.00 2-3 3-4 (8.00 8.00 13 .000.000.00 1-2 +4.28/07/2013 Fluxo de caixa  Representações Analíticas (Método lucro Líquido de Caixa) Períodos Entradas Saída 0 Períodos Entradas (+) / 0 -8.000.00 2-3 +6.00 Receitas / Lucros 4.000.000.000.00 (investimento) 0-1 2.00 6.00 8.00 3-4 +8.000.000.000.000.00 8.

000.000. a partir de um fluxo de caixa formado por uma série de receitas e dispêndios.00 5 +8.28/07/2013 Critérios de Análise Financeira  Exemplo de Fluxo a ser estudado: Ano Fluxo de caixa 0 -8.00 2000 4000 6000 8000 8000 -8000 VPL (Valor Presente Líquido)  Método do Valor Presente Líquido (VLP) ou Método do Valor Atual Líquido (VAL) ou ainda Net Present Value (NPV).000.00 2 +4.00 4 +8.  O objetivo é determinar o valor no instante considerado inicial.000.000.00 1 +2.00 3 +6.000. 14 .

descontados para a data inicial.CF0 + ∑ [(CFj)/(1+i)^j] j=1 VPL (Valor Presente Líquido)  TAXA DE MÍNIMA ATRATIVIDADE TMA  Deve representar o custo de oportunidade do capital para a empresa 15 . usando-se como taxa de desconto (i) a taxa de atratividade (TMA) n  VPL = .28/07/2013 VPL (Valor Presente Líquido)  É a diferença entre o valor investido (CF0) e o valor dos benefícios esperados (CFj).

se a taxa mínima de atratividade é de 15% ao ano (conhecida também como taxa de desconto ou de juros).00 0-1 +2.000.4972 +3.000.000.6575 +3.00 0.00 e o fator de desconto é de 0.00 2-3 +6.000.00 daqui a 5 anos significa que.000.0000 -8.00 16 .8696 +1.00 3-4 +8.00 0.00 1.00 1-2 +4.5718 +4. daqui a 5 anos esse valor equivale ao valor atual de:  1 VLP15% = P n  (1 + i )    1  = 8000  = 8000 ⋅ 0.00 0.739.00 0.000.025.945.497.00 VLP15% = Σ = 9.00 0.000.000.15)   O valor atual é de 3976.497 = 3976 5    (1 + 0.7561 +3.000.574.260.977.28/07/2013 VPL (Valor Presente Líquido)  Exemplo: se formos receber 8.00 4-5 +8. VPL (Valor Presente Líquido)  Aplicando VLP sobre os exemplos utilizados no fluxo de caixa (considerando a taxa mínima de atratividade de 15% ao ano): Fluxo de caixa não Períodos Fluxo de caixa Fator de desconto descontado descontado a 15% 0 -8.00 Σ = 20.

15)^3) =8000*(1/(1+0.000.28/07/2013 manual Fluxo de caixa Períodos 0 1 2 3 4 5 não descontado -8.000.000.000.00 f clear fin -8000 2000 4000 6000 8000 2 15 => => => => => => => g Cfo gCFj gCFj gCFj gCFj g 5j i% f 5PV => 9.15)^2) =6000*(1/(1+0.00 8.00 2.00 TMA=15% =-8000*(1/(1+0.000.026 3977.260.000.15)^0) =2000*(1/(1+0.242 HP 12C Fluxo de caixa Períodos 0 1 2 3 4 5 não descontado -8.097 4574.000.15)^5) VLP15% = Σ = -8000 1739.00 6.000.000.00 4.00 4.00 8.00 8.000.24 17 .00 6.15)^4) =8000*(1/(1+0.00 8.000.575 3945.00 2.13 3024.414 9260.15)^1) =4000*(1/(1+0.000.

000.00 6.000.00 R$ 9.00 4. Podemos dizer também que poder-se-ia gastar mais 9.00 como investimento no inicio do primeiro período e mesmo assim os ganhos remunerariam a empresa em 15% ao ano.00 significa que os ganhos do projeto remuneram o investimento feito em 15% ao ano e ainda permite aumentar o valor da empresa daquele valor.00 2.260.000.000.00 8.260.000.00 8. 18 .000.28/07/2013 EXCEL Fluxo de caixa Períodos 0 1 2 3 4 5 não descontado TMA=15% 15% -8.260.24 VPL (Valor Presente Líquido)  O valor atual líquido positivo de 9.

00 0.00 -2.00 4.000.00 (15%.000.00 8.000.24) VLP 10.000.9260.000.00 VLP 6.00 16.000.00 2.00 -4.000.00 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% TAXA TIR(Taxa Interna de Retorno)  É a taxa de desconto (juros ou atratividade) que torna nulo o valor atual líquido do investimento.  A determinação da taxa de retorno de modo geral é calculada graficamente ou por meio de interpolação (determinando o intervalo de taxa que contenha um valor atual líquido positivo e outro negativo).00 14.000.000.000. 19 .000.00 12.28/07/2013 VLP 18.

01 -477.571 1538.778 2040.778 2186.591.28/07/2013 TIR(Taxa Interna de Retorno)  O projeto é viável quando a taxa interna de retorno é maior do que a taxa média de atratividade.00 1562.000.00 1250.000 -8000.000.92 3.37 1.939 1053.000.000.00 762.466 2801.225.000 -8000.00 -8000.997 4 8.022 5 8.333 1428.500 1777.000 -8000.816 2366.000.633 TOTAL 20.739.247 2082.589 2730.00 -1.000 1333.000.98 20 .703 1580.462 2 4.000.498 1487.000 1 2.864 3 6.00 1464.844 1777.475 2154. TIR(Taxa Interna de Retorno) Fluxo de caixa Fluxo de caixa Fluxo de caixa Fluxo de caixa descontado a descontado a descontado a descontado a 60% 50% 40% 30% Ano Fluxo de caixa não descontado 0 -8.00 1220.

rendendo uma taxa de juros compostos de 47% ao ano ao longo do período considerado.000.000.2 0.4 0.00 Logaritmo (TIR) 0.000.00 2.5 0.00 TIR(Taxa Interna de Retorno)  Fazendo uma linha de tendência exponencial do VLP e as taxas encontramos para VLP=0 uma taxa de 47%.00 3.00 TIR 1.000. 21 .000.473921211 TIR 4.48675972 exp 0.00 Linear (TIR) 0.00 y = -7706ln(x) .7 -1.000.28/07/2013 TIR(Taxa Interna de Retorno) linear 0.  A taxa interna de retorno de 47% ao ano nos permite dizer que o capital empregado (8.000.4 -3.00 y = -17586x + 8546.000.3 0.5759.6 0.2 -2.00) é integralmente recuperado.

 Aprimoramento do conceito Rentabilidade do Projeto (ROI – Return on Investiment)  ROI=  Lucro _ Investimento IBC(Índice Benefício/Custo)  Análise do IBC:  Se IBC > 1  Se IBC < 1 -> Aceitar o projeto -> Rejeitar o projeto n  VPL = ∑ [(CFj)/(1+i)^j] / CFo j=1 22 .28/07/2013 IBC(Índice Benefício/Custo)  Indica quanto se ganha por unidade de capital investido.

 TRC (Tempo de recuperação do Capital)  É útil para identificar o grau de risco do projeto.  No exemplo anterior se considerarmos o fluxo de caixa descontado a 15%. o tempo de retorno considerado será aproximadamente 3 anos. pois as incertezas associadas ao projeto tendem a aumentar a medida que as previsões de receita e custo se afastem-se no tempo. considerados a uma taxa adequada de juros.28/07/2013 TRC (Tempo de recuperação do Capital)  PRI – período de recuperação do Investimento ou payback  O Método do Prazo de retorno é o tempo necessário para que os desembolsos sejam totalmente recuperados. 23 .

(1) onde: L: montante de lucro obtido no período.28/07/2013 PN (Ponto de Nivelamento)  É o volume de produção em que as receitas totais se igualam aos custos totais.  Sendo o Lucro a diferença da Receita e Custo. RT: receita total do período. N: unidades produzidas ou vendidas no período CT = CFt + CVt (4) CVt = CVu ⋅ N (5) CT = CFt + CVu ⋅ N (6) Onde: CFt: custos fixos totais. CVu: custos variáveis unitários 24 . CT: custos totais do período. A partir desse ponto o empreendimento começa a ser rentável. CVt: custos variáveis totais. temos: L = RT – CT. PN (Ponto de Nivelamento)  No ponto de equilíbrio a receita deve ser igual ao custo: RT – CT = 0 ⇒ RT = CT (2) RT = PVu ⋅ N (3) Onde: PVU: preço de venda unitário.

28/07/2013 PN (Ponto de Nivelamento)  Tomando a equação (2) e substituindo (3) e (6). temos RT = CT RT = PVu ⋅ N CT = CFt + CVu ⋅ N (2) (3) (6) PVu ⋅ N = CFt + CVu ⋅ N E = CFt PVu − CVu PN (Ponto de Nivelamento)  Graficamente: 25 .

126 200.6 0.126 100.530 187.126 80.126 60.289 0.9 490.261 347.126 180.387 0.589 187.4 0.126 40.294 367.8 1 26 .648 187.163 287.326 387.2 0.256 0.126 160.322 0.158 0.237 187.8 436.228 327.452 PN (Ponto de Nivelamento)  Exemplo: 600000 y = 545297x .708 187.2 109.419 1 545.126 0.126 140.7 381.196 307.3 163.191 0.1 54.4 218.126 20.297 187.224 0.5 272.767 187.354 0.6 327.098 247.126 Custo Total - 187.28/07/2013 PN (Ponto de Nivelamento)  Exemplo: Escala Produção Receita Custo Fixo 0 - Custo Variável 187.059 187.178 187.131 267.126 120.065 227.119 187.2E-10 500000 400000 y = 200326x + 187126 Receita 300000 Custo Total Linear ( Receita ) 200000 Linear ( Custo Total ) 100000 0 0 0.033 207.

28/07/2013 27 .