You are on page 1of 1

MOVIMENTO PÓLEN

T: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. L1: Venha Jesus para dentro de nossa Comunidade e de nossos corações. Fique conosco sempre. L2: Ouça-nos batendo à sua porta, ó Senhor. Abra e ouça todas as preces que en iamos! pedidos em pa"a ras e orações si"enciosas, as esperanças, o "ou or, as d#di as e as dores de cada ser humano. Ouçamos! L3: $eitura do % an&e"ho de S'o $ucas ()), )- )*+! ,-m dia Jesus esta a re.ando em certo "u&ar. /uando terminou, um dos disc0pu"os pediu! ,Senhor, ensina-nos a re.ar, como tamb1m Jo'o ensinou os disc0pu"os de"e2. Jesus respondeu! ,/uando oc3s re.arem di&am! T: “Pai, santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. D !nos a cada dia o p"o de amanh", e perdoa!nos os nossos pecados, pois n#s tam$ém perdoamos a todos a%ueles %ue nos de&em' e n"o nos dei(eis cair em tenta)"o*. L3: Jesus acrescentou! ,Se a"&u1m de oc3s ti esse um ami&o, e 4osse procur#-"o à meia-noite, di.endo! ,Ami&o, me empreste tr3s p'es, porque um ami&o meu che&ou de ia&em, e n'o tenho nada para o4erecer a e"e2. Ser# que "# de dentro o outro responderia! ,5'o me amo"e6 J# tranquei a porta, meus 4i"hos e eu 7# nos deitamos8 n'o posso me "e antar para "he dar os p'es92 %u dec"aro a oc3s! mesmo que o outro n'o se "e ante para dar os p'es porque 1 um ami&o seu, ai "e antar-se ao menos por causa da amo"aç'o, e dar tudo aqui"o que o ami&o necessita. :ortanto eu "hes di&o! peçam, e "hes ser# dado6 :rocurem, e encontrar'o6 ;atam, e abrir'o a porta para oc3s6 :ois, todo aque"e que pede, recebe8 quem procura, acha8 e a quem bate, a porta ser# aberta.2 :a"a ra da Sa" aç'o. T: +l#ria a &#s Senhor, L4: Jesus, oc3 disse que, onde dois ou mais se re<nem em seu nome, oc3 est# "# com e"es. %stamos aqui a&ora para honr#-"o pe"a oraç'o. Voc3 nos ou e quando o "ou amos, a&radecemos, e pedimos sua a7uda. Voc3 ou e quando oramos em pa"a ras8 e, quando nossos sentimentos s'o pro4undos demais para e=press#-"os em pa"a ras, oc3 tamb1m compreende. L5: Voc3 disse que, quando pedirmos em oraç'o, nós receberemos. 5ós pedimos e recebemos. ;atemos e oc3 abre para nós. :rocuramos e o encontramos pe"a oraç'o. Voc3 tra. pa. e harmonia à nossa Comunidade. Voc3 ameni.a nossas di4erenças. Voc3 nos d# a &raça de que necessitamos a cada dia. L6: >as oramos muito pouco. /uantas e.es iniciamos o dia sem pensar em oc3. /uantas e.es ia7amos sem pedir sua proteç'o. /uantas e.es erramos por n'o orar. /uantas e.es perdemos a cora&em e a paci3ncia, porque n'o pedimos essas coisas em oraç'o. L7: 5unca 1 tarde demais para uma oraç'o. Oramos a&ora por unidade e amor para nossas 4am0"ias, nossas Comunidades, o >o imento :ó"en, por compreens'o e to"er?ncia. Oramos para que a pa"a ra &enti" este7a sempre em nossos "#bios, para que as pessoas em todos os "u&ares possam conhec3-"o me"hor e am#-"o, e assim i er em pa.. L8: Fique ao "ado de todos os que traba"ham por oc3 em todo o mundo. Voc3 orou para que o mundo todo esti esse unido em uma <nica &rande 4am0"ia, que as &uerras acabassem, e a pa. e o amor pre a"ecessem. /ue assim possa ser. Conceda-nos que seu reino possa ir, e sua ontade se7a 4eita na terra assim como 1 no c1u. T: Espírito Santo de Deus, a$en)oe!nos e nos una na pa- e no amor. Santa .aria, ."e do nosso .o&imento, ro/ue por n#s a/ora e sempre. Amém

COMUNIDADE A - 2011