You are on page 1of 5

ESTADO DO PARÁ

MINISTÉRIO PÚBLICO

TERMO DE COMPROMISSO AMBIENTAL FIRMADO PELOS CANDIDATOS A PREFEITOS NO MUNICÍPIO DE BELÉM, NAS ELEIÇÕES 2012, PERANTE O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ.

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ e os candidatos a Prefeitura Municipal de Belém/PA, ALFREDO COSTA (PT), ANIVALDO VALE(PR), ARNALDO JORDY(PPS), EDMILSON RODRIGUES(PSOL), JEFFERSON LIMA(PP), JOSÉ PRIANTE (PMDB), LENY CAMPELO (PPL), MARCOS REGO (PRTB), SÉRGIO PIMENTEL (PSL) e ZENALDO COUTINHO (PSDB), firmam o presente Termo de Compromisso, mediante considerandos e compromissos que se seguem: Considerando os princípios inscritos e as Convenções, Tratados e Acordos Internacionais, celebrados pela Organização das Nações Unidas – ONU, e ratificados pelo Brasil, especialmente as Declarações de Estolcomo e do Rio, a Agenda 21 e a Agenda Habitat; Considerando o disposto no art. 225, da Constituição da República: Todos tem direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defeende-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações; Considerando as normas das políticas nacionais de meio ambiente, de saneamento, de resíduos sólidos, de habitação e de transporte e mobilidade; o Estatuto da Cidade e o Plano Diretor do Município de Belém; Considerando as demandas apresentadas pela sociedade à Promotoria de Justiça de Meio Ambiente, Patrimônio Cultural, Habitação e Urbanismo de Belém, com procedimentos judiciais e administrativos instaurados respectivos, caracterizando uma amostra do mapa das necessidades mais relevantes na área ambiental;
1

COMPROMETEM-SE à assegurar recursos no Orçamento Municipal para as políticas públicas de proteção e defesa do meio ambiente. esgotamento sanitário. especialmente a retomada da execução e manutenção dos programas de macrodrenagem das bacias do Una e da Estrada Nova. e que realize a execução de serviços. destacando-se a elaboração do plano de valorização e conservação do patrimônio histórico. infra-estruturas e instalações operacionais de abastecimento de água potável. 2 – Garantir a elaboração e implementação da política municipal de saneamento básico. realizado com a participação da sociedade: 1 – Promover a regulamentação e implementação do Plano Diretor do Município. controle social. articulação e integração. de resíduos sólidos. na formulação. controle. limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos. drenagem e manejo das águas pluviais urbanas. respeito a capacidade de pagamento dos usuários e adoção de soluções graduais e progressivas. de habitação. informação e participação da sociedade. segurança. garantindo a institucionalização e funcionamento dos instrumentos de gestão. execução e controle das políticas públicas” e “Zelar pela defesa e proteção do Meio Ambiente”. integralidade. Considerando que o Prefeito Municipal é o responsável pela gestão dos recursos públicos e pela iniciativa de investimentos em políticas públicas no Município. transparência. disponibilidade. qualidade e regularidade. transporte e mobilidade urbana e para política e sistema de Unidades de Conservação e áreas públicas protegidas e de valorização do patrimônio histórico. com base nos princípios fundamentais de universalização do acesso. tendo como base diagnóstico ambiental do município.ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO Considerando que o Ministério Público do Estado do Pará instituiu dentre os objetivos prioritários de seu Plano Geral de Atuação: “Contribuir para viabilizar a participação social nos processos de decisão. respeito às peculiaridades locais e regionais. de saneamento. com destinação de recursos do orçamento municipal para essa gestão e para os fundos setoriais (preferencialmente com definição de percentual mínimo). 2 . estruturação de sistema geral de esgotamento sanitário e a revitalização dos rios e igarapés urbanos para integração efetiva ao espaço público disponível para uso. eficiência e sustentabilidade econômica.

ecoeficiência. financeiros e creditícios. por meio da execução do plano municipal de resíduos sólidos. monitoramento e a fiscalização ambiental. sustentabilidade econômica. logística reversa. moradia digna como direito e vetor de inclusão social. sanitária e agropecuária. reciclagem. realizando a gestão e gerenciamento de resíduos sólidos.ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO 3 – Garantir a instituição. priorizando a não geração. coleta seletiva. inseridas na malha urbana. utilização prioritária de incentivo ao aproveitamento de áreas dotadas de infra-estrutura não utilizadas ou subutilizadas. proteção da saúde pública e qualidade ambiental. função social da propriedade urbana direcionada a coibir a especulação imobiliária e permitir o acesso à terra urbana e ao pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e da propriedade. redução do volume e da periculosidade dos resíduos. programas e projetos habitacionais para a população de menor renda. respeito à diversidade local e regional. tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos. redução. com ênfase na desativação do Aterro Sanitário do Aurá e recuperação da região impactada por aquele uso na forma técnica adequada. minimização dos impactos ambientais. controle social e transparência. adoção de padrões sustentáveis de produção e consumo de bens e serviços. com base nos princípios da prevenção e precaução. reutilização. reciclagem. regulamentação e implementação da política municipal de habitação com base nos princípios da compatibilidade e integração. redução. inventário e sistema declaratório anual de resíduos sólidos. integração aos sistemas de informações sobre a gestão dos resíduos sólidos (Sinir). deficientes e famílias chefiadas por mulheres. em saneamento básico (Sinisa) e ao cadastro nacional de operadores de resíduos perigosos. cooperação técnica e financeira entre os setores público e privado. universalização dos serviços. incentivos fiscais. planos e programas e mecanismos de quotas para idosos. descentralização. incentivo à criação e ao desenvolvimento de cooperativas ou outras formas de associação de catadores. responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. educação ambiental. integração dos catadores. 4 – Garantir a instituição. priorizando planos. democratização. 3 . transparência e controle social. pesquisa científica e tecnológica. reutilização. utilização prioritária de terrenos de propriedade do Poder Público para a implantação de projetos habitacionais de interesse social. cooperação. com adoção de mecanismos de acompanhamento e avaliação e de indicadores de impacto social das políticas. incentivo à reciclagem. financeira e social dos programas e projetos implementados. regulamentação e implementação da política municipal de resíduos sólidos.

4 . e integrando sua utilização na ampliação qualidade de vida urbana e no desenvolvimento sustentável. eficácia e efetividade. o fomento da política de desenvolvimento urbano. garantindo-se a identificação. identificando os potenciais para proteção. regulamentação e implementação da política municipal de transporte e mobilidade urbana que objetive contribuir para o acesso universal à cidade. proporcionar melhoria nas condições urbanas da população no que se refere à acessibilidade e à mobilidade. segurança. garantindo. diretrizes e leis orçamentárias anuais. por meio do planejamento e da gestão democrática do sistema municipal de mobilidade urbana. controle social. com previsão de recursos específicos no orçamento para implantação e gerenciamento das unidades. após a sua eleição os compromissos elencados. Assim. justa distribuição dos benefícios e ônus. com elaboração do plano de transporte e mobilidade urbana integrado ao plano diretor municipal e investimentos prioritários para a melhoria da qualidade dos serviços de transporte coletivo. conservação e lazer. os candidatos a Prefeito do Município de Belém. mitigar os custos ambientais e socioeconômicos dos deslocamentos de pessoas e cargas nas cidades e consolidar a gestão democrática como instrumento e garantia da construção contínua do aprimoramento da mobilidade urbana. 6 – Estruturar a política municipal e o sistema de unidades de conservação municipal estabelecendo critérios e normas para a criação. a classificação. assumem. Belém. de público. implantação e gestão das unidades de conservação e áreas públicas protegidas. realizando ou contribuindo para reduzir as desigualdades e promover a inclusão social. a demarcação das florestas urbanas existentes no município de Belém destinando-as. abaixo assinados. no aprimoramento dos principais eixos de mobilidade e integração com a malha viária pelo sistema BRT. eficiência. perante o Ministério Público do Estado do Pará a obrigação de cumprir. mediante ações de planejamento com metas e devida previsão no plano plurianual. equidade no acesso e no uso do espaço público. integração. com base nos princípios da acessibilidade universal. 4 de outubro de 2012. recursos suficientes para o atendimento dos programas e projetos de políticas públicas adequadas.ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO 5 – Garantir a instituição. promover o acesso aos serviços básicos e equipamentos sociais. com destaque para as margens de rios e igarapés e as ilhas do município.

PMDB ______________________________________ LENE CAMPELO .PRTB ______________________________________ SÉRGIO PIMENTEL .PR ______________________________________ ARNALDO JORDY . Habitação e Urbanismo __________________________________________ ANTONIO EDUARDO BARLETA DE ALMEIDA Procurador-Geral de Justiça 5 .PSL ______________________________________ ZENALDO COUTINHO – PSDB ________________________________________ RAIMUNDO DE JESUS COELHO DE MORAES __________________________________________ NILTON GURJÃO DAS CHAGAS Promotoria de Justiça de Meio Ambiente. Patrimônio Cultural.PSOL ______________________________________ JEFFERSON LIMA .PP ______________________________________ JOSÉ PRIANTE .ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO _____________________________________ ALFREDO COSTA – PT _____________________________________ ANIVALDO VALE .PPL ______________________________________ MARCOS REGO .PPS ______________________________________ EDMILSON RODRIGUES .