You are on page 1of 3

Esta é uma carta do bispo Jerônimo ao papa Dâmaso de quando da “tradução” da bíblia denominada Vulgata. orém!

nem tudo est" perdido# essoas comprometidas com a Verdade! atra$és de escritos ad$indo do %ebraico arcaico &seria como o nosso portugu's que $em de um portugu's mais antigo( o portugu's de ortugal ou europeu)! resgatou tais escritos! preser$ou os *omes originais e +E,-+./ doutrinas estran%as 0s Escrituras e ao pensamento %ebraico! tra1endo2nos a mais recente Escritura 3onoteísta( a E4* 2 Escrituras 4agradas segundo o *ome. Veja a Nota introdutória desta Edição( A presente edição (EUC – Edição Unitariana Corrigida by CYC – Congregação Yaoshoul’ita o Caminho) é o resultado de um intenso trabalho de revisão das Es rituras !agradas "em portugu#s$ versão Yaohushua (%&%' YA%&U!&UA ( )*%* +%, -./0 1 2E3U!A'E45 6!3AE' 7-8-. 1 onde tomamos omo par9metros b:si os eliminar todo e ;ual;uer res;u< io das renças pagãs de seus =tradutores> ;ue possam ter in?luen iado em sua omposição original*** @omamos também o uidado de suprimir teAtos apB ri?os tais omo o presente em 4ateus(4anyaohu 0/C-7 e 6 2oão(YaohuDh:nan ECF5/G assim omo o pre on eito ontra ertas palavras ( ruH5 por eAemplo)* @ambém pro uramos visualiHar – desde a Criação – a presença de Yaohushua hol1 4ehushDh:y5 uma veH ;ue5 segundo a iluminação de 2oão(YaohuDh:nan -CI5 -. tudo tenha sido riado por Ele (a )alavra) mediante o poder de YA%&U& (o C36AJ%3 E@E3K%)* %ramos para ;ue este trabalho de Edição possa vir a ser1lhe Ltil na bus a pela Merdade* AmnaoN *ão se dei5e enganar! a sua Vida Eterna est" em 6ogo# 7p 89(: ;on%eça a ESN no site( www.cyocaminho.com.br
SAIBA MAIS: ! " on#re#ação !aoshoru$%ita o aminho

A BÍBLIA

E Conhe ereis a Merdade e a Merdade vos libertar: A Jo 9(EF
...do erro! das incerte1as! das doenças! da <alta de <é e da aus'ncia de esperança# *ão sabe onde buscarG ensa estar na Verdade! mas não alcança as graças dese6adasG .+ H/EGGG

Até agora nada pedistes em Meu Nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo seja completo
Jo 8I(F: Hue nome é esteG Jesus! 4en%or! Jeo$"G *o espiritismo! na umbanda! no catolicismo &-;7+)! no pentecostalismoB ,.D.4 t'm estes *.3E4 dentro de suas crenças... Estaria DE/4 em todos estes lugaresG EJ73-*E - ,4 K(F8! FF &...mas ponde tudo O prova* 3etende o ;ue é bomG abstende1vos de toda espé ie de mal).
A B5B6IA *ada é mais importante na $ida do crente e da igre6a do que a Líblia. 7demais! uma $e1 que não temos os escritos originais dos pro<etas e dos apMstolos! e 6" que muito poucos de nMs somos <luentes em aramaico! %ebraico ou grego! então dependemos de traduçCes.

&'() *'+,-.(,* <alecom=c>ocamin%o.com.br /ua e$. Bento 0ires1 '++' " 2atu34S0

?7@7 . ;,7 A ;urso de ,eologia 7plicada e se6a um líder congregacional# Via internet! totalmente apostilado e com aula presencial aos s"bados. *o$as turmasB inscre$a2se no site# 4olicite2nos in<ormaçCes ou encomende a sua E4* Escrituras 4agradas segundo o *omeB E/; &Edição /nitariana ;orrigida b> ;D;).

7 Nome8 4egundo as Escrituras %ebraicas! o *ome do E,E+*. é D7.N/N &DNON 2 l'2se i"urru) e o *ome do 4eu Pnico ?il%o! é D7.N/4N/7 &l'2se iaurrus%Pa). Voc' pode estar c%ocado! pois J737-4 ou$iu tal coisa e até mesmo pode ac%ar que isto é uma blas<'mia#

De<initi$amente! não# 4ão! literalmente! mil%ares de adulteraçCes# 7lém de manipulaçCes quanto ao *ome! tradutores de m" <é A que o diga os editores da *-V S*o$a Versão -nternacionalT ao reali1arem as suas $ersCes introdu1iram doutrinas estran%as 0s Escrituras. 4er" importante $oc' con%ecer algumas! para que possa entender o trabal%o de restauração que a ! " on#re#ação !aoshou$%ita o aminho ! est" reali1ando. Ve6a o e5emplo dos De1 3andamentos( . segundo mandamento <oi retirado e o décimo di$idido em duas partes para compensar a <alta de um. . quarto mandamento <oi totalmente eliminado e o <also mandamento do “domingo e <estas de guarda” <oi colocado no lugar &-;7+). .utros so<reram alteração na escrita. .nde aparece o *ome do Eterno! D7.N/N /UN-3! <oi colocado Deus S7 terceira declinação do grego para Veus! cu6a pronPncia é( 8W 2 1e<s! FW 2 dios! EW 2 deusT. ior! substituíram o tetragrama &DNON) por 4E*N.+ que é a tradução direta de L77U# .s nomes dos li$ros da ,or"% também <oram adulterados e! principalmente a sua ordem que dei5ou de ser cronolMgica# 4urge! então! uma dP$ida( quem <e1 tudo istoG Huem é respons"$el por tanto adultérioG +eposta simples( a Qrande rostituta e suas <il%as# .u se6a! +oma e suas <il%as. Veja esta citação( “4ilhares de erros ?oram dete tados nesse Kovo @estamento de Almeida5 muitos deles produHidos pela omissão de eruditos ;ue tentou harmoniHar o teAto portugu#s om a tradução holandesa de -PIF* % prBprio Almeida identi?i ou mais de dois mil erros nessa tradução e outro revisor5 3ibeiro dos !antos5 a?irmou ter en ontrado um nLmero bem maior” Líblia ,%ompson! p"g. 8EX9B “Estes tr#s sinais (var*G ad* om*) pre edem a indi ação de palavras substitu<das5 a res entadas ou omitidas por leituras ;ue não ?oram adotadas na tradução”. 7 Líblia de Jerusalém! p"g. 8Y! EdiçCes aulinasB “2erQnimo ao +eato )apa J9maso5 %brigas1me a ?aHer obra nova duma antiga5 assim ;ue depois de R: espalhadas Bpias da Es ritura por todo o mundo5 me veRo na onting#n ia de tomar assento5 ?eito um :rbitro* @rabalho ;ue me é imposto pela piedade ?ilial para ontigo5 mas ;ue não deiAa de ser uma presunçãoC a de mudar as palavras b<bli as*** )ois ;ual ser: o douto*** não h: de prorromper em imediato protesto5 gritando ;ue eu5 ?als:rio5 sou um sa rilégio uRa ousadia hega a ponto de em livros tradi ionais5 as Es rituras5 ?aHer a rés imos5 mudanças e orreçSesT> 1 -ntrodução 0 Líblia! ;aetano 3. errala! ;.3. e Uuigi Vagaggini! Editora Vo1es Utda.

7 2E2/A9/AMA

Des%ua! Das%ua! -es%ua! $oc' até 6" ou$iu! mas D7.N/N! nunca# Ve6a! como o 7ramaico arcaico &que deu origem ao atual Nebraico)! não possui V.Q7-4! pregou2se aos cristãos que o *ome do E,E+*. se perdeu# orém! um grupo de 6udaicos! $endo a sua língua se perder por entre as naçCes! pro$idenciou um con6unto de sinais $oc"licos que nos a6udam a resgatar tal *omeB são os sinais dos massoretas# 3as! que importa se o *ome é este ou aqueleG . que realmente importa é que . adoremos em espírito e em Verdade &Jo :(F:)# 4im### Em Verdade... Artimanhas de satan:s ;ara ensinar o erro VEJ7( *omes prMprios não se tradu1emB quanto mais *omes Escriturísticos! sob pena de se perder a teo<aniaB isto é! o seu sentido pro<ético# . prMprio 7n6o! ao <alar sobre o *ome do nosso +edentor! a 3aoroR%é! d" o seu signi<icado A 3t 8(F8. E! quando! os tradutores! a ser$iço do inimigo! “tradu1iram” tal *ome! o <i1eram de m" <é# . popular nome JE4/4! perdeu a teo<ania e não mais representa aquEle que nos sal$ou na cru1# +E E,-3.4( *omes prMprios não se tradu1em... /m ierre! da ?rança! continua sendo ierre! mesmo aqui no Lrasil# E! o pior! os prMprios ED-,.+E4 das mais <amosas $ersCes bíblicas recon%ecem que tais nomes A pagani1ados A não representam a realidade Escriturística. 6eia estas citaç<es: . nome 6esus! <oi introdu1ido por Jerônimo ao tradu1ir as Escrituras para o latim &a Vulgata) e usou por semel%ança! deuses romanos... Ve6a que a prMpria letra = não e5iste no %ebraico e no grego. ,al letra <oi criada muito recentemente &cinco séculos) e sendo assim! consta da Vulgata! o nome -E4/4! onde -E era um deus romano Sca$aloT! mantendo2se o sus Sele sal$aT# . *ome mais puro do /ni$erso <oi descartado por +oma. /ma mentira! repetida $"rias $e1es! <ica com apar'ncia de $erdade. 3as sM apar'ncia. 7 mentira continua sendo mentira! a <arsa é <arsa e o nome do ídolo pagão continua l". 3as <oi sM o *ome do Eterno e de 4eu ?il%o que <oi mudadoG