You are on page 1of 7

Lista de Exercícios 01 – Sistemas Térmicos I EQUIPE Aluno:______________________________Matrícula:_______ Aluno:______________________________Matrícula:_______ Aluno:______________________________Matrícula:_______ Aluno

:______________________________Matrícula:_______

Questões – Propriedades dos Motores (2 ptos cada) 1) Um motor de 6 cilindros e 4 tempos ensaiado em dinamômetro a 4000 rpm forneceu a indicação de uma força de 34 kgf e apresentou um consumo específico de 0,240 kg/CV.h . O braço do dinamômetro mede 0,8m. Na mesma rotação, o motor de combustão, acionado pelo dinamômetro, apresentou indicação de força de 9,0 kgf. A cilindrada do motor é de 4 litros e a relação combustível-ar medida foi 0,08. Determinar: a) Potência efetiva b) Potência indicada c) Eficiência mecânica d) Eficiência global e) Eficiência térmica f) Massa de ar consumida por hora g) Eficiência volumétrica Sabendo: condições de entrada do ar: p=1 kgf/cm2, T= 27°C e pci=10.000 kcal/kg

2) Numa corrida de Fórmula 1 deseja-se limitar a potência a 600 cv (441 kW). Sabe-se que na tecnologia atual os motores Otto a 4T podem ter durabilidade durante o tempo da corrida, desde que se limite a pressão média efetiva a 15 kgf/cm2 (14,7 bar) e a rotação a 17.000 rpm. Qual deverá ser o limite de cilindrada, em litros, estabelecido pelo regulamento?

para que possa haver ignição espontânea. Nos motores de ignição por centelha a razão de compressão é limitada pela temperatura de autoignição do combustível. não se utilizam taxas de compressão muito altas? Por que nos motores de ignição espontânea existe a necessidade de elevação da temperatura do combustível (Diesel) que é mais pesado que o combustível utilizado em motores por ignição por faísca (gasolina). Outra diferença básica é que no motor de ignição por faisca admite (admissão . e não em um curto . no motor de ignição espontânea. 5) Por qual motivo as razões de compressão em motores de ignição espontânea são consideravelmente maiores dos que aquelas presentes em motores de ignição por faísca? Por que no motor de ignição centelha. .Questões – Combustão Motores Alternativos (1pto/cada) 3) Qual é a diferença básica entre processo de ignição em um motor de ignição por faísca e em um motor de ignição espontânea? A diferença básica entre eles é. Dado este fato tem-se a diferença do tamanho entre ambos. 4) Por que um motor de ignição por faísca. não pode ser operado com ignição espontânea ou por compressão? Pelo fato que este tipo de motor tem uma taxa de compressão relativamente baixa. enquanto que o motor de ignição por faísca funciona com a taxa de compressão que varia de 8:1 a 12:1. usando seus combustíveis usuais. já o motor de ignição espontanea aspira (aspiração 1º tempo) apenas ar. com mistura homogênea. esta taxa de compressão varia de 15:1 a 25:1. 6) Por que no motor Diesel não se pode atingir as mesmas rotações que podem ser atingidas no motor Otto? O regime de rotações de um motor diesel é limitado pelas características do ciclo de queima do motor.1º tempo) a mistura ar/combustível para o cilindro. A queima ocorre durante a descida do pistão.

a) Qual a cilindrada em 3 cm para se obter uma potência de 120 cv? b) Se um automóvel nessa condição alcança uma velocidade de 160 km/h. duas de admissão e duas de escape. Baseado nos dados anteriores (ver questão 7). a) Qual o diâmetro das válvulas de admissão? b) Qual a potência máxima espera do motor? Questões – Elementos dos Motores Alternativos (1pto/cada) 9) Um projetista deseja fazer um carro de alta performance. podem atingir uma pressão média efetiva de 9 kgf/cm2. quantos km poderá percorrer com 1L de etanol? 8) O engenheiro deseja projetar um motor de 2 L com 4 cilindros que tenha no ponto de máxima potência a rotação de 6.espaço de tempo como nos motores a álcool e gasolina. Esse tipo de motor e utilizado em carro de competição pelo seu alto desenho.8 kg/L). numa rotação de 6000 rpm e um consumo específico. no ponto de potência máxima. sua relação grande . limitado à rotação em que o pistão não termine sua descida antes de finalizada a queima do combustível.000 rpm. Em caso contrário seria exercida uma força contrária a rotação do motor. cursor < diâmetro permite que o motor trabalhe a altas rotações com eficiência volumétrica.32 kg/CV. ρ=0. de 0. pois o diesel explode por pressão e não por causa da centelha (faísca) das velas. portanto. a plena carga. 7) Na tecnologia atual os motores Otto a 4T. Quanto à relação entre diâmetro e curso do pistão você indicaria um motor: Quadrado. vai dimensioná-lo com 4 válvulas por cilindro. extremamente prejudicial ao desempenho.h de etanol (pci = 5. O regime de giros é. Subquadrado ou Superquadrado? Justifique a resposta.800 kcal/kg. O motor indicado seria o superquadrado com a relação cursor < diâmetro.

No caso dos propulsores sobrealimentados. é ela quem empurra para dentro do motor. . . já no sobrealimentado. aspira para o interior do cilindros a mistura ar.Eficiência na aceleração e retomadas. no momento em que a válvula de admissão é aberta.Menor potência do motor. Em outras palavras o motor aspirado. é aquele que através do movimento dos seus pistões. Suas desvantagens são: . sob pressão.combustível.Menor risco de quebra da transmissão.10) Qual é principal diferença entre um motor aspirado e um motor sobre alimentado? Cite vantagens e desvantagens de cada um destes. um motor aspirado normalmente não rende tanto quanto um propulsor turbo com deslocamento equivalente.Menor quantidade de torque permite melhor tração nas saídas de curvas. Suas desvantagens são: . todo ar e combustível são injetados dentro da câmara de combustão.Possui maior potência do motor. Motor Sobrealimentado: Vantagens e Desvantagens Suas vantagens são: . esta tarefa é executada por uma turbina. . permitindo com que os cilindros sejam melhores preenchidos. da sucção gerada pelo movimento de descida dos pistões (chamados tecnicamente de êmbolo). E. Motor Aspirado: Vantagens e Desvantagens Suas vantagens são: . ao invés de “aspirado”. o risco de quebras é baixo. o enchimento dos cilindros com a mistura arcombustível ocorre em função. Em um motor aspirado. ou seja. a mistura ar-combustível. Tende a ter respostas imediatas. equipados com turbo ou blower. .Em retas longas e em altas velocidades.Permitem com que a mistura entre no motor com maior velocidade. dependendo do nível de preparação.

12) Descreva o processo de nebulização de combustível. quebra com maior facilidade componentes da transmissão.. Cuja a finalidade é a divisão do líquido em gotas de menor tamanho possível.Preço elevado. Qual a finalidade da nebulização de combustíveis líquidos? O processo de nebulização do combustível é o processo de divisão do líquido onde gera-se uma névoa de pequenas gotas daí o nome. que posteriormente mistura-se ao comburente (ar na maioria das vezes). o que geralmente acontece quando se tem escoamento com grande gradientes de velocidades como no caso da interface entre o fluido auxiliar e o líquido. gerando um fino „‟spray‟‟ (5 μm < d < 500 μm). . . e muito importante no controle da taxa de compressão em função da queima do combustível. Questões – Combustão Industrial (1pto/cada) 11) Oque é diâmetro médio de gota? Para que serve calcular o mesmo? O diâmetro médio da gota serve para controlar a quantidade de combustível que será injetado para o processo de combustão. . A divisão proporciona um aumento significativo da área de contato entre combustível e comburente e como decorrência um aumento nas taxas de evaporação e combustão que ocorrem na interface líquido-gás. que ocorre ao nível das gotas. proporcionando condições para a combustão.possibilidade de perder tração devido a falha no turbo . 13) Qual a influência da Viscosidade e da Tensão superficial no diâmetro médio de gota? A viscosidade tem maior influência que a tensão superficial no tamanho da gota pelo fato das forças de cisalhamento predominarem sobre as forças de tensão superficial.compressor.Devido ao alto torque gerado.

Os mais indicados para fornos e caldeiras são os ultra-viscosos em razão da alta temperatura de trabalho. Com base no poder calorífico (tabela abaixo) pode-se escolher o tipo 3A/B. Sabe-se que os fornos industriais podem usar combustíveis industriais tanto em forma líquida. que atualmente opera com Diesel (devido ao custo muito elevado do mesmo).130 Kcal/Kg. localizado em uma indústria no Sul do Pará. são considerados assim os óleos. temos as opções de substituir por óleos combustíveis que são especificados com base em teores de enxofre e faixas de viscosidade. Pois a gasolina tem 8. a partir dos tipos 3 A/B até os tipos 9 A/B.14) Que combustível tem maior poder calorífico? Óleo BPF 1A. Mas atualmente estes fornos operam com um combustível líquido. Que combustíveis você consideraria para fazer a substituição. gasosa e sólida. Justifique a resposta.325 Kcal/l e o Óleo Combustível BPF 1A tem poder calorifico de 10. . ou gasolina? O óleo BPF 1A tem maior poder calorífico que a gasolina. 15) Você foi designado a substituir o combustível de um forno industrial.