You are on page 1of 4

Universidade de São Paulo Prof.

Sandoval Nonato Gomes-Santos Disciplina- Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa II Aluna- Camila Oliveira Querino Nº USP- 6466561

1ª Versão do Artigo

A Instituição: Escola de Aplicação da Universidade de São Paulo A Escola de Aplicação da Universidade de São Paulo funciona em dois turnos: Matutino e Vespertino, acolhendo 736 alunos do Ensino Fundamental e Médio. O dirigente atual da Escola de Aplicação é a profª Drª Lívia de Araújo Donnini Rodrigues, que também leciona na Faculdade de Educação e o vice-diretor é o prof. Dr. Felipe de Souza Tarábola. A escola possui em seu quadro atual 58 professores, 03 Orientadores Educacionais e 21 funcionários administrativos. O Conselho de Escola é constituído de 16 membros, que incluem a direção, equipe técnico-pedagógica, docentes, pais de alunos, funcionários administrativos, alunos da Faculdade de Educação e alunos da Escola de Aplicação.

Histórico Fundada em 1958, a partir de uma classe experimental associada ao Centro Regional de Pesquisas Educacionais de São Paulo Professor Queiroz Filho (CRPE-SP) , a Escola de Aplicação surgiu como um laboratório de Educação que visava a pôr em prática novas propostas pedagógicas e desenvolver práticas efetivas de ensino através dos estudos realizados junto à Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP). Em 1985 a escola implantou o curso de 2° grau, oferecendo a oportunidade de continuidade dos estudos para os seus alunos. Em 1990 as instalações da escola são ampliadas e nos anos seguintes o espaço físico passou por diversas reformas a fim de adequar o espaço às necessidades da crescente demanda de alunos e professores. Em 2012, foi implementado projeto especial que reorganizou as turmas do 1º ano do Ensino Fundamental em grupamentos de 20 alunos (ou seja, em vez de 2 turmas

foram organizadas 3 turmas de 20 alunos cada). Espaços A Escola possui uma biblioteca integrada àquela da Faculdade de Educação. As salas de aula são fixas para os alunos do Ensino Fundamental e não-fixas para os alunos de Ensino Médio. Apenas o 1º ano do Ensino Fundamental possui um mobiliário diferente das demais séries. pesquisa. onde são ministradas as aulas de Música. o que significa que nesse nível os alunos precisam se deslocar para as salas destinadas a uma determinada disciplina. O objetivo desse projeto foi garantir um atendimento mais próximo. Esse projeto foi avaliado pelo Conselho de Escola e. Os alunos utilizam o Laboratório de Informática para realização de trabalhos. a partir de 2013. onde 360 alunos participam semanalmente de projetos de incentivo à leitura. com cadeiras e mesas. uma cozinha adaptada . pela Congregação da Faculdade de Educação da USP. Química. posteriormente. com a intenção de diminuir a “invisibilidade” que alguns alunos acabam por adquirir em grupamentos maiores. Artes Visuais e Artes Cênicas. a escola possui 4 laboratórios: Física. A Escola de Aplicação conta ainda com um Complexo de Arte. O mobiliário de uso dos alunos é composto por carteiras individuais cuja disposição varia a depender do tipo de atividade a ser realizada. impressão de materiais no período de aula e no período oposto ao das aulas regulares. para o desenvolvimento das aulas e atividades em pequenos grupos. Biologia e Ciências. oficinas temporárias e postagens relacionadas aos livros selecionados nos exames de Vestibular. Também por esse motivo há um intervalo de deslocamento entre uma aula e outra com duração de 05 minutos. e decidiu-se pela continuidade do modelo de 3 turmas de 20 alunos para os próximos anos letivos. além de um laboratório de Informática vinculado ao Serviço de Informática da Faculdade de Educação. A biblioteca também conta com um canal de comunicação virtual que publica sugestões de leitura. Para complementar a estrutura da sala de aula e viabilizar atividades práticas e experimentais.de 30 alunos cada. Os professores de todas as disciplinas podem agendar horários e realizar aulas e projetos neste espaço.

A escola recebe anualmente uma média de 200 alunos para o Estágio Curricular Obrigatório e. A área externa é composta de amplos jardins e uma horta. além de um pátio coberto e outro descoberto para acomodar os alunos durante o intervalo. há um auditório à disposição. uma estufa onde são produzidas mudas utilizadas nas atividades pedagógicas desenvolvidas pelas professoras e pelo técnico de laboratório.95% no Ensino Fundamental II e 95. a Escola de Aplicação também utiliza. há um canal de atendimento para os estagiários.03 no Ensino Médio. com 186 alunos. de maneira que seu trabalho junto à instituição seja proveitoso e que renda . com capacidade para 242 pessoas. É importante ressaltar que todas as pontuações atingidas estão acima da média municipal e estadual. Em relação aos Índices de qualidade de ensino no âmbito nacional. Por fim.81 e 4.79. os alunos da educação básica atingiram a meta de pontuação 7. Turmas: Números e Desempenho A escola possui 11 turmas do Ensino Fundamental I. com um canteiro para cada ano escolar do Ensino Fundamental I. com um total de 299 alunos.53% no Ensino Médio. composta por 251 alunos e 06 turmas de Ensino Médio. etc. de acordo com o quadro comparativo fornecido pela escola. gangorras.. uma horta. tirolesa. o Ensino Fundamental I e II atingiram 6. estrutura de áudio e vídeo e permite o acesso de pessoas com deficiência.01% no Ensino Fundamental I. 08 turmas do Ensino Fundamental II. quadras cobertas e descobertas cedidas pelo Centro de Práticas Esportivas da USP (CEPEUSP) e também alguns espaços e quadras cedidos pela Escola de Educação Física e Esporte (EEEFUSP). a taxa de aprovação média em 2012 foi de 99. Há uma quadra poliesportiva e um pequeno campo para futebol. um parquinho com balanços. 96.para ser utilizada na realização de atividades de culinária. e 4. um amplo salão destinado às atividades de Educação Física.0 no IDEB e no âmbito estadual. respectivamente. utilizado para atividades de recreação com os alunos do Ensino Fundamental I. Para as aulas de Educação Física. em função da grande demanda. via acesso próprio. De acordo com o levantamento realizado pela Escola de Aplicação.

Planejamento de Ensino A turma escolhida para observação. A escolha por essa fragmentação do conteúdo e seus desdobramentos no processo de ensino será analisada e experienciada durante o período de regência e observação. . O estagiário é encorajado a ter um papel ativo na dinâmica da escola pois considera-se de grande importância a proposta inicial de ser uma escola formadora de educadores. o que significa que há aulas apenas de literatura e aulas apenas de gramática. a observação das atitudes docentes e discentes em suas diversas acepções será fundamental para a definição de uma estratégia de ensino. análise e implementação do planejamento de ensino é o 2º ano II do Ensino Médio da Escola de Aplicação. Durante o período de estágio.bons resultados. Há uma peculiaridade da Escola de Aplicação em relação à maioria das instituições de ensino público no tocante à disciplina de Língua Portuguesa: há uma divisão do conteúdo gramatical e literário entre 2 professores.