You are on page 1of 31

CURSO PRÉ-ENEM ABRIL 3º SIMULADO-DIAGNÓSTICO

GABARITO Prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
Item 1

Disponível em: <http://www.imagensporfavor.com/imagen/chat-8490.htm>. Acesso em: 30 mai. 2012.

A situação apresentada na imagem mostra que os sistemas de comunicação, como o computador conectado à internet, a) favorecem a pirataria. b) não devem ser utilizados por crianças. c) atrapalham a relação entre pais e filhos. d) utilizam recursos expressivos característicos. e) são pouco úteis para o processo comunicativo.

Item 2

Facebook incita ao divórcio

Um estudo britânico indica

Facebook incita ao divórcio, uma vez que a maior rede social já provocou cerca de 28 milhões de separações. Um advogado afirmou que, dos 30 casos de divórcio com que lidou nos últimos 9 meses, o Facebook estava implicado em todos. Já a empresa "Divórcio on-line" afirma que 1 em cada 5 pedidos de divórcios do último ano continham referências à rede social. "A razão mais apontada é a proliferação de conversas inadequadas, de teor sexual, com pessoas com quem os utilizadores não as deveriam ter", disse Mark Keenan, diretor-geral do "Divórcio on-line" ao "The Telegraph". Emma Patel, presidente de uma empresa de advogados de família, afirma que o site atua como um terceiro agente virtual nas separações: "O Facebook tem sido culpado pelo aumento das separações de casais. As pessoas sentem-se tentadas a partilhar os seus sentimentos online e, em alguns casos, não só expressam o seu stress, como também fazem acusações inflamatórias contra o parceiro", acrescenta. O Facebook reagiu através de um portavoz que afirmou que culpar o Facebook "é como culpar o seu telefone celular ou o e-mail".
Publicada por FireHead 18:54 6 comentários: Joana disse... È por estas razoes que eu não participo de redes sociais, nem chats!!msntenhos mas só uma vez por ano é que vou lar um salto e é como indesponivel! Youtube sim porque é mensagensexporadicas assim como este blog! assimja me apraz 12 de Julho de 2011 19:38
Disponível em: <http://www.edhitec.com/FrKeys%20-%20Screen%20shots.htm (Texto adaptado).

Imagine que você leu a notícia acima e gostaria de expressar sua opinião sobre o tema. Para isso, você deve a) twittar a notícia lida. b) escrever um post no Facebook. c) publicar um comentário na página. d) enviar um e-mail para o autor da matéria. e) encaminhar a notícia para a sua lista de amigos.

Item 3

Dependiendo de la latitud y de la altura, los cambios meteorológicos a lo largo del año pueden ser mínimos, como en las zonas tropicales bajas, o máximos, como en las zonas de latitudes medias. En estas zonas se pueden distinguir periodos, que llamamos estaciones, con características más o menos parecidas, que afectan a los seres vivos. A causa de las variaciones climáticas que sufre la Tierra, el año está dividido en cuatro períodos o estaciones: primavera, verano, otoño e invierno, aunque hay zonas de la Tierra donde sólo existen dos, la húmeda y la seca (zonas monzónicas). Las variaciones en el clima son más acusadas en las zonas frías y templadas, y más suaves o imperceptibles entre los trópicos. Entre las cuatro estaciones, las dos primeras componen el medio año en que los días duran más que las noches, mientras que en las otras dos las noches son más largas que los días. Las variaciones se deben a la inclinación del eje terrestre. Por tanto, no se producen al mismo tiempo en el hemisferio Norte (Boreal) que en el hemisferio Sur (Austral), sino que están invertidos el uno con relación al otro. Mientras la Tierra se mueve con el eje del Polo Norte inclinado hacia el Sol, el del Polo Sur lo está en sentido contrario y las regiones del primero reciben más radiación solar que las del segundo. Posteriormente se invierte este proceso y son las zonas del hemisferio boreal las que reciben menos calor.
Internet: <www.astromia.com> (com adaptaciones).

O objetivo central do texto é a) apresentar o conceito de estações do ano. b) anunciar resultados de pesquisas meteorológicas. c) explicar o motivo dos verões serem mais quentes. d) comparar as estações do ano em diferentes locais. e) analisar o efeito da altitude sobre as estações do ano.

Item 4

Rio de Janeiro streets and famous beaches were filled with joyous citizens at midday Friday to celebrate the selection of the city to host the 2016 Olympic Games, beating out Chicago, Tokyo and Madrid. Brazil will thus become the first South American country to host the Olympics, after the city of Rio de Janeiro was chosen to stage the Games. Rio won a majority of the 95 votes at the meeting in Copenhagen, eliminating Madrid in the final round. Tokyo and Chicago had been knocked out earlier. Earlier, Brazil’s president Lula da Silva told IOC members “it was time to light the Olympic flame in a tropical country”. After the announcement, Lula, soccer legend Pelé and apparently every Brazilian in Copenhagen could not contain the tears of joy.
Source: http://www.brazzilmag.com/content/view/11276/

O motivo do choro de Lula e de Pelé é explicado pelo(a) a) surpresa pelo resultado inesperado. b) alegria pelo importante momento brasileiro. c) alívio pela finalização de um longo processo. d) esperança pela melhoria do esporte brasileiro. e) preocupação pelo sucesso dos Jogos de 2016.

Item 5

Espacio y tiempo: dos conceptualizaciones sociales Los seres humanos normalmente nos movemos en dos dimensiones: tiempo y espacio. Las cuales "percibimos" a través del sistema de medición creado por el mismo hombre, pero realmente la mayoría no las conceptualizamos, como dice Harvey: " Tiempo y espacio son dos categorías básicas de la existencia humana, pero rara vez se discuten". Si realizáramos una encuesta donde se preguntara ¿qué es tiempo? ó ¿qué es espacio?, las respuestas serían muy diversas, desde el silencio, hasta una respuesta complicada intentando explicar algo que comúnmente no se cuestiona: simplemente se acepta. En cuanto a la segunda pregunta, tal vez habrá quien la quiera contestar diciendo que es lo que visitan los astronautas, o quien diga que es el hueco entre dos cosas. Estas mismas preguntas las ha venido realizando el hombre desde los inicios de la ciencia, aunque antes de conceptualizarlas se realizo un sistema para medirlos. Es así como desde la civilización Babilónica ya existen vestigios de la medida del tiempo a través de relojes de sol, o los sistemas de medidas terrestres usados desde que las civilizaciones se convierten de nómadas a sedentarias. Así mismo, para su medida formal son dos conceptos vinculados entre sí, ya que ambos tiempo y espacio, son medidos bajo el mismo sistema: el sexagesimal. El tiempo a través de 60 segundos que hacen un minuto, y 60 minutos que hacen una hora; mientras que la circunferencia terrestre 60 segundos hacen un minuto, 60 minutos hacen un grado.
Ma. del Carmen Macias Huerta. http://sincronia.cucsh.udg.mx/macias03.htm (con adaptaciones).

Na passagem: Estas mismas preguntas las ha venido realizando el hombre desde los inicios de la ciencia...”, o termo que está sublinhado indica uma ação que a) terá início e terminará no futuro. b) teve início e terminou no passado. c) tem início no presente e terminará no futuro. d) terá início no futuro e não possui término definido. e) teve início no passado e existe até os dias de hoje.

Item 6

Brazil has announced a plan to reduce deforestation rates in the Amazon region by 70% over the next ten years.
Source: http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/7759192.stm

A forma verbal “has announced” que aparece no texto refere-se ao a) Past Simple. b) Past Perfect. c) Future Simple. d) Present Perfect. e) Present Continuous.

Item 7

A prática regular de atividade física sempre esteve ligada à imagem de pessoas saudáveis. Antigamente, existiam duas ideias que tentavam explicar a associação entre o exercício e a saúde: a primeira defendia que alguns indivíduos apresentavam uma predisposição genética à prática de exercício físico, já que possuíam boa saúde, vigor físico e disposição mental; a outra proposta dizia que a atividade física, na verdade, representava um estímulo ambiental responsável pela ausência de doenças, saúde mental e boa aptidão física. Hoje em dia sabe-se que os dois conceitos são importantes e se relacionam.
Disponível em: http://educacaofisicaeacao.blogspot.com.br/

Segundo o texto acima, a relação entre exercícios físicos e saúde é a) quem tem boa saúde deve fazer exercícios físicos mais intensos para desenvolver seu potencial atlético. b) os exercícios físicos devem ser feitos regularmente, de acordo com as necessidades e com o potencial de cada pessoa. c) na promoção da saúde, o estímulo do ambiente é mais importante que a predisposição genética para os exercícios físicos. d) as pessoas que já levam uma vida ativa devem usar seu tempo livre para o descanso e não para praticar mais exercícios físicos. e) os exercícios físicos podem contribuir para desencadear doenças nas pessoas que se acostumaram a viver de forma sedentária.

Item 8

Disponível em: <http://www.krop.com/terryfan/>. Acesso em: 15 jun. 2012. As imagens acima são de autoria de Terry Fan, um jovem artista americano que vive hoje no Canadá. Avaliando-se essas imagens, verifica-se que uma das funções da produção dos artistas em seu meio social é a) mostrar que a arte deve ser uma forma de integração do sujeito com a natureza. b) chamar a atenção do público-alvo para ocorrências do cotidiano, valorizando-as. c) apontar problemas sociais, como o desmatamento e a caça predatória de animais silvestres. d) denunciar a atividade artística como uma prática infantil e distante dos reais problemas da sociedade. e) trabalhar o lúdico como forma de expressão e de ampliação das possibilidades imaginativas e interpretativas.

Item 9

Disponível em: http://www.arteindigena.com.br/fotos_grande.php?n_tipo=diversos&img_id=831 Figura II

Disponível em:
http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/mylinks/viewcat.php?cid=0&letter=G&min=470&orderby=titleA&show=10

Analisando-se as figuras acima, verifica-se que a) a figura II apresenta uma forma de arte contemporânea, que transforma o espectador em participante ativo. b) a figura I não é arte, mas uma peça de artesanato; a figura II é uma manifestação de rebeldia praticada por grupos marginalizados. c) as figuras I e II são produções artísticas de diferentes culturas, contextos e épocas, expressando padrões de beleza diferenciados. d) a figura I, por ser estática, configura-se como uma produção artística mais tradicional; a figura II, por ser dinâmica, caracteriza-se como uma forma de arte contemporânea. e) não se pode dizer que as duas figuras apresentam obras de arte, já que a arte deve expressar o belo, que é atemporal e imutável, mesmo em meio à diversidade cultural.

Item 10

O Teatro do Oprimido é um método teatral e modelo de prática cênico-pedagógica sistematizado e desenvolvido pelo brasileiro Augusto Boal nos anos 1970. Apresenta características de militância e destina-se à mobilização do público, vinculando-se ao teatro de resistência. Partindo da encenação de uma situação real, estimula a troca de experiências entre atores e espectadores, através da intervenção direta na ação teatral, visando à análise e à compreensão da estrutura representada e à busca de meios concretos para ações efetivas que levem à transformação daquela realidade. Um método teatral que se baseia no princípio de que o ato de transformar é transformador. Como diria Boal, "aquele que transforma as palavras em versos transforma-se em poeta; aquele que transforma o barro em estátua transforma-se em escultor; ao transformar as relações sociais e humanas apresentadas em uma cena de teatro, transforma-se em cidadão".
Disponível em: http://ctorio.org.br/novosite/arvore-do-to/teatro-do-oprimido/. Acesso em: 15 jun. 2012. (texto adaptado).

Considerando as características do Teatro do Oprimido apresentadas no texto, conclui-se que a) ele é um modelo tradicional de teatro, que utiliza linguagem estilizada e distante das camadas mais populares. b) essa forma teatral procura restituir a grupos sociais marginalizados o seu direito à expressão e à participação democrática. c) sua estrutura reproduz o modelo do teatro aristotélico, que requer um espaço físico definido que separa os atores da plateia. d) o público receptor dessa forma de teatro precisa ter uma formação mínima em artes cênicas para interagir com os atores profissionais. e) ele almeja alcançar o mesmo status de formas artísticas consagradas, como a poesia e a escultura, para, assim, impor-se como modelo cênico.

Item 11

Ontem a Serra Leoa, A guerra, a caça ao leão, O sono dormido à toa Sob as tendas d'amplidão... Hoje... o porão negro, fundo, Infecto, apertado, imundo, Tendo a peste por jaguar... E o sono sempre cortado Pelo arranco de um finado, E o baque de um corpo ao mar... Ontem plena liberdade, A vontade por poder... Hoje... cúm'lo de maldade, Nem são livres p'ra... morrer... Prende-os a mesma corrente Férrea, lúgubre serpente — Nas roscas da escravidão.”
ALVES, Castro. O navio negreiro: tragédia no mar. In: Navios negreiros: Heinrich Heine e Castro Alves. São Paulo: Comboio de Corda, 2008, p. 44-45.

Em relação ao contexto social, histórico e político verifica-se que, no poema, a) descreve-se um contexto social imutável, de escravidão negra, no qual os direitos de igualdade dos indivíduos são desprezados. b) faz-se oposição entre o espaço africano, agradável e afirmativo, e o espaço da Colônia, onde os negros passam a viver como escravos. c) o negro vê seu modo de estar no mundo social completamente alterado com o início do tráfico negreiro, num contexto em que seus direitos são veementemente ignorados. d) a segunda estrofe atualiza a situação de exploração, trazendo-a para um plano social contemporâneo, enquanto a primeira estrofe apresenta a situação do negro antigamente. e) a primeira estrofe apresenta a situação social do negro como impossível de resolver, enquanto a segunda estrofe apresenta um contexto mais otimista em relação à possibilidade de liberdade do negro.

Item 12

(...)

Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br

As liras acima foram extraídas da obra Marília de Dirceu, do poeta árcade Tomás Antônio Gonzaga. Considerando-se que cada escola literária traz em suas manifestações determinadas características que revelam a produção artística daquele dado momento histórico, verifica-se que o movimento artístico que ficou conhecido como Arcadismo a) apresenta temas religiosos como forma de expressar o descontentamento do eu-poético com o mundo. b) retoma elementos do período do Romantismo brasileiro, em especial a valorização de personagens femininas fortes. c) estabelece uma convenção na qual amor e natureza se fundem como elementos que possibilitam a completude humana. d) vale-se de oposições antitéticas como culpa/inocência, fé/razão como elementos essenciais para a construção do seu mundo poético. e) estrutura-se ao redor da figura feminina e de elementos que remetem ao nacionalismo, como paisagens rurais, plantações e animais típicos.

Item 13

"O céu encardia-se, os cimos clareavam, fina moinha de ouro polvilhava os cerros. Volou-se encarado na serrania dos quilombolas e esteve a olhar longamente, imóvel, como uma estátua. Estrondos atroaram a mata: alarido, grita bárbara, sons estranhos, ululos. As ervas ondulavam como a um grande vento e a luz era purpúrea: céus e terras vermelhejavam sangrentos. O negro respirava forte, olhando maravilhado, o espetáculo grandioso: era a carnificina anunciada, a guerra alta dos deuses e a guerra dos mártires que ressurgiam da terra, Munza à frente, glorioso. Era nas nuvens, era na montanha e no raso – sangue e furor por tudo.".
NETO, Coelho. O rei negro: romance bárbaro. Porto: Livraria Lello& Irmãos, 3ª ed; s/d. p. 301.

A narrativa focaliza um momento histórico de importância para a sociedade brasileira. Essa importância pode ser inferida, no contexto, a) pelo estabelecimento de uma relação cordial entre o negro escravo e o senhor branco, que marcou a escravidão brasileira. b) pela fragilidade do africano cativo, que não possuía instrumentos para se impor contra a exploração perversa da mão de obra negra. c) pela politização da figura do negro, que se rebela e foge, rompendo com a tradicional representação idílica da escravidão no Brasil. d) pelo período marcado pelas negociações entre negros e donos de escravos, a fim de se chegar a um acordo pacífico pela abolição da escravidão no país. e) pela luta do negro em favor da assinatura da Lei Áurea, que poria fim a essa forma desumana de exploração do trabalho, que perdurou por três séculos no Brasil.

Item 14

Dentre os elementos que concorrem para a organização e progressão temática do texto ao lado está (a) a ordenação alfabética. (b) o uso de vocabulário simples. (c) o emprego de orações coordenadas. (d) a enumeração de informações essenciais. (e) a utilização de frases curtas sem estrutura canônica.

Item 15

Disponivel em: <http://www.facebook.com>. Acesso em: 30 mai. 2012.

A imagem acima foi gerada na rede social Facebook. As informações contidas nessa imagem a) foram escritas pelo Espaço Tim Ufmg com o objetivo de divulgar informações culturais relevantes. b) foram divulgadas originalmente na página do Circuito Liberdade e compartilhadas pelo Espaço Tim Ufmg. c) são um comentário feito pelo Espaço Tim Ufmg sobre as informações divulgadas na página do Circuito Liberdade. d) foram publicadas pelo Governo de Minas na página do Espaço Tim Ufmg, para divulgar informações de interesse da população. e) são de interesse público e, por isso, seria interessante que o maior número possível de internautas atendesse à solicitação de "compartilhar" a mensagem.

Item 16

Os fragmentos abaixo foram retirados da obra São Bernardo, do escritor alagoano Graciliano Ramos. Como toda obra literária, ela apresenta determinadas características que revelam a concepção artística de um dado momento histórico. Trecho I: Resolvi estabelecer-me aqui na minha terra, município de Viçosa, Alagoas, e logo planeei adquirir a propriedade S. Bernardo, onde trabalhei, no eito, com salário de cinco tostões. Trecho II: Conheci que Madalena era boa em demasia, mas não conheci tudo de uma vez. Ela se revelou pouco a pouco, e nunca se revelou inteiramente. A culpa foi minha, ou antes, a culpa foi desta vida agreste, que me deu uma alma agreste.
RAMOS, Graciliano. São Bernardo. Rio de Janeiro: Record, 2007 (fragmentos).

Considerando os fragmentos acima e conhecimentos de literatura, verifica-se que a) São Bernardo insere-se como uma obra regionalista típica, valorizando espaços geográficos como o agreste. b) o romance, como outros da chamada "Geração de 30", resgata os ideais modernistas de inovação e de experimentação formal. c) a vertente de crítica social do romance regionalista é abandonada em função da valorização do elemento psicológico da narrativa. d) o neorrealismo da obra é reforçado pela posição distanciada do narrador, que se apresenta como um sujeito rude e sem instrução. e) o autor, distanciando-se de seus contemporâneos, submete a língua oral aos rigores da norma gramatical, o que resulta na dicção clássica do texto.

Item 17

Fraude deixa 37 mil alunos sem aulas no Norte de Minas Prefeitura alega ter sido obrigada a antecipar o término do semestre letivo por não poder garantir merenda escolar. Trinta e sete mil alunos estão sem aula em Montes Claros. O primeiro semestre letivo na rede municipal que só terminaria em meados de julho, foi encerrado no fim de semana, devido às investigações sobre esquema de fraude na licitação para fornecimento da merenda escolar. Ao todo são 109 escolas – 63 na área urbana e 46 na zona rural – e 27 instituições conveniadas e parceiras.
Disponível em: http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2012/07/03/interna_politica,303847/fraude-deixa37-mil-sem-aulas-no-norte-de-minas.shtml (adaptado).

O texto acima utiliza recursos de linguagem específicos desse tipo de sistema de comunicação. Dentre esses recursos estão a) utilização de figuras como personificação e paradoxo. b) utilização de numerais, emprego de frases exclamativas. c) emprego de linguagem formal, inversão da ordem sintática das frases. d) repetição das informações, frases curtas, ênfase na linguagem conotativa. e) frase inicial objetiva, períodos curtos, predominância de linguagem denotativa.

Item 18

Disponível em:
<http://noticias.uol.com.br/meio ambiente/infograficos/2012/06/ 15/entenda-a-pegadaecologica-e-a-hidrica.htm>.

Acesso em: 20 jun. 2012 (fragmento).

O texto anterior

a) apresenta alguns resultados de pesquisas sobre os impactos ambientais da produção de gás carbônico divulgadas pelo encontro Rio + 20. b) discute a relação entre o consumo de produtos naturais pelos países e o que o planeta é capaz de repor, situando o Brasil no panorama global. c) condena os países ricos, como Bélgica e Dinamarca, como os maiores responsáveis pela degradação dos recursos naturais disponíveis. d) avalia as consequências ambientais do aumento da urbanização e da elevação do consumo de produtos industrializados em diversos países, comparando-os. e) mostra que o desmatamento é um dos principais responsáveis pela emissão de CO2 na atmosfera e que a Estônia e o Qatar são os que mais desmatam e poluem.

Item 19

Seremos todos ciborgues Qualquer autor ou diretor que esteja procurando ideias para uma obra de ficção científica – principalmente no quesito inteligência artificial – deveria conversar com Ray Kurzweil. Kurzweil, aclamado inventor e futurista, acredita que os humanos e a tecnologia estão se conectando – note os smartphones na mão de tantas pessoas – e eventualmente vão se unir. “Nós somos uma civilização humana-máquina. Todos foram atingidos pela tecnologia do computador”, comenta. “Eles realmente são parte do que somos. Se nós convencermos as pessoas de que os computadores possuem complexidade de pensamento e nuances, nós vamos aceitá-los como humanos”. Pioneiro no campo de reconhecimento de discursos, Kurzweil é talvez mais conhecido pelo seu bestseller, “A Singularidade Está Próxima”, que prevê que no futuro nós vamos aplicar a tecnologia ao nosso corpo, incluindo robótica e inteligência artificial. “Nós criamos essas ferramentas para estender nosso alcance”, comenta. “Algo que fazemos, como humanos, desde que pegamos um galho para alcançar o topo de uma árvore”.
Disponível em: http://hypescience.com/seremos-todos-ciborgues/ (fragmento).

Em relação ao texto acima, observa-se que a) seu principal objetivo é alertar os leitores sobre as consequências da excessiva utilização de tecnologias nos diversos campos da vida humana. b) são apresentadas sucessivas tentativas de definição do que se convencionou chamar de ciborgue, sem que se chegue a um consenso sobre o tema. c) uma de suas principais temáticas gira em torno da ampliação das capacidades humanas através do acoplamento do orgânico a ferramentas maquínicas. d) seu autor defende a opinião de que todo ser humano é um ciborgue, tendo em vista a complexidade do funcionamento dos sistemas que conformam um indivíduo. e) há nele a concepção de que os computadores têm-se humanizado cada vez mais, sendo necessário aceitar essa realidade a fim de se conviver de forma harmoniosa com as máquinas.

Item 20

Presenteie quem você ama sem se esquecer do mundo. Pinheiro do Brasil, ameaçado de extinção. A árvore de Natal do Mundo Verde.
Disponível em: http://mundodomarketing.com.br/imprimirmateria.php?id=6563.

O texto acima faz parte de uma campanha de divulgação ambientalista. Diferentemente de textos publicitários, essa peça não deseja divulgar um produto, mas uma ideia, uma proposta de conscientização nacional. Na frase em destaque há um questionamento implícito que tenta provocar uma a) mudança de posição política do cidadão na sociedade. b) ironia que provoca o leitor para uma postura social crítica. c) oposição para que o leitor questione o mundo em que se insere. d) reflexão do leitor sobre sua responsabilidade com o meio ambiente. e) chamada para o crescente distanciamento do homem em relação à natureza.

Item 21

Disponível em:http://www.vooz.com.br/blogs/cartum-piauies---afinal-o-que-e-b-r-o-bro-11518.html

Brobró é um termo que, no Piauí, designa os meses mais quentes do ano, período compreendido entre setembro e dezembro. A charge acima mostra que a) dois falantes de uma mesma região se entendem porque dominam a norma culta da língua. b) as variedades regionais da língua não estão relacionadas a diferenças de vocabulário, mas, sim, de pronúncia. c) a variante não padrão própria de uma região específica pode ser empregada até mesmo em contextos formais de comunicação. d) a variante padrão da língua portuguesa deve ser dispensada em situações comunicativas que envolvam indivíduos que se conhecem. e) a língua é heterogênea e, ainda que determinadas formas não sejam compreendidas por um falante, podem ser compreendidas por outros.

Item 22

O texto abaixo foi retirado de uma revista de grande circulação. Quem não conhece aquele símbolo da paixão que ______ a flecha do cupido atravessando o coração? É uma figura de linguagem popular e antiga, com raízes na mitologia greco-romana. Na imagem, o alvo do deus alado é o coração, provavelmente por causa da aceleração cardíaca e do fogo no peito que sentimos quando cruzamos com quem julgamos ser a nossa tão ______ cara-metade. O flechaço, ______, atinge é a cabeça. Sim, suspiros, suores, olhares perdidos e todas as sensações comuns ______ que estão encantados com alguém nascem no cérebro e são resultado de uma combinação de componentes que se somam a fatores culturais e genéticos capazes de levar suas vítimas às ______. Supondo que você seja o escritor da reportagem, ao utilizar a norma culta da língua portuguesa, as lacunas serão preenchidas na sequência apresentada em a) traz/almejada/entanto/aqueles/nuvens. b) tráz/aumejada/entanto/aqueles/nuvens. c) trás/almejada/no entanto/àqueles/nuvens. d) traz/almejada/no entanto/àqueles/nuvens. e) tras/aumejada/no entanto/àqueles/nuvens.

Item 23

Disponível em: <http://www.facebook.com/>. Acesso em: 15 jun. 2012.

Considerando o sistema de comunicação e informação em que o texto acima foi publicado, verifica-se que a) as informações divulgadas não são provenientes de fonte segura, o que compromete a seriedade desse veículo de comunicação b) as informações são muito especializadas e, por isso, deveriam ter sido publicadas em veículo de comunicação também especializado. c) as informações divulgadas são de interesse público e confirmam esse sistema de comunicação como um importante formador de opinião. d) o espectro de alcance desse sistema é muito limitado, tendo em vista o número quase insignificante de compartilhamentos (apenas dois) dessa notícia. e) o "Ocupe câmara" acusa o "em.com.br" de gastar muito dinheiro com publicidade quando se poderia utilizar essa verba para divulgar informações importantes sobre política.

Item 24

O advento do telefone celular tornou possível a situação de alguém estar sempre à disposição do outro; na verdade, trata-se de uma expectativa e de um postulado realista, uma demanda difícil de recusar, porque se supôs que sua satisfação, por fortes razões objetivas, era impossível. Pelas mesmas razões, a entrada da telefonia móvel na vida social eliminou, para todos os fins práticos, a linha divisória entre tempo público e tempo privado; entre espaço público e espaço privado; casa e local de trabalho; tempo de trabalho e tempo de lazer; "aqui" e "lá".
BAUMAN. Zygmunt. 44 cartas do mundo líquido moderno. Rio de Janeiro: Zahar, 2001. p. 44.

De acordo com o contexto apresentado acima, verifica-se que a) o telefone móvel, assim como outras tecnologias da comunicação, é responsável pela desagregação das relações sociais. b) as tecnologias da comunicação revolucionaram positivamente as relações sociais, mas também trouxeram-lhes efeitos colaterais indesejados. c) com as tecnologias da comunicação sendo utilizadas em massa, o trabalho passou a ser considerado uma forma de lazer como outra qualquer. d) um dos impactos das tecnologias da comunicação foi tornar os sujeitos mais prestativos, já que podem ser acessados a qualquer tempo e em qualquer lugar. e) celulares, computadores portáteis e outras tecnologias da comunicação têm perturbado a noção tradicional de espaço e de tempo social e, por isso, devem ser evitados.

Item 25

"[...]. A palavra 'rede' sugere momentos nos quais 'se está em contato', intercalados por períodos de movimentação a esmo. Nela as conexões são estabelecidas e cortadas por escolha. [...]. Elas são 'relações virtuais'. Ao contrário dos relacionamentos antiquados, elas parecem feitas sob medida para o líquido cenário da vida moderna, em que se espera e se deseja que as 'possibilidades românticas' surjam e desapareçam numa velocidade crescente e em volume cada vez maior, aniquilando-se mutuamente e tentando impor aos gritos a promessa de 'ser a mais satisfatória e a mais completa.'".
BAUMAN, Zygmunt. Amor líquido. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2004. p. 12.

De acordo com o cenário apresentado no texto, a utilização massiva das tecnologias da informação e da comunicação a) favorece a criação de relações mais eficientes do que os "antiquados" relacionamentos convencionais. b) garante ao sujeito conexões com indivíduos de lugares variados, o que favorece o estabelecimentos de relações interculturais enriquecedoras. c) possibilita a formação de laços sociais e afetivos mais genuínos, uma vez que as conexões são escolhidas de acordo com a preferência dos usuários. d) proporciona ao sujeito mais oportunidades para que ele encontre parceiros e estabeleça relações satisfatórias, usando seus próprios critérios de escolha. e) modifica drasticamente o formato tradicional das relações humanas, agora menos orientadas no sentido da qualidade e mais propensas à quantidade.

Item 26

Diferentemente dos "relacionamentos reais", é fácil entrar e sair dos "relacionamentos virtuais". Em comparação com a "coisa autêntica", pesada, lenta e confusa, eles parecem inteligentes e limpos, fáceis de usar, compreender e manusear. Entrevistado a respeito da crescente popularidade do namoro pela Internet (...), um jovem de 28 anos da Universidade de Bath apontou uma vantagem decisiva da relação eletrônica: "Sempre se pode apertar a tecla deletar.".
BAUMAN, Zygmunt. Amor líquido. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2004. p. 13.

Considerando-se o contexto social descrito acima, verifica-se que a) as pessoas têm, cada vez mais, percebido a importância e o valor dos relacionamentos, haja vista a crescente adesão ao namoro virtual. b) o produtor do texto avalia positivamente a transformação causada pelas tecnologias da informação e da comunicação nos relacionamentos interpessoais. c) são elogiados os novos relacionamentos possibilitados pelas tecnologias da informação e da comunicação, mais leves e, portanto, mais saudáveis e prazerosos. d) o imediatismo e a incapacidade de estabelecer laços duradouros são efeitos negativos dos usos sociais que se tem feito das tecnologias da informação e da comunicação. e) na nossa sociedade atual, o sujeito está mais voltado para o outro do que para si mesmo, o que tem se revelado na crescente popularidade da busca por um parceiro pela Internet.

Item 27

Disponível em: <http://www.livrosepessoas.com/2011/03/11/livrarias-virtuais-ganham-folego-no-brasilapesar-dos-precos/>. Acesso em: 30 mai. 2012.

A imagem acima mostra um jovem usando um E-reader. Novos equipamentos como esse implicam mudanças posturais, para que o usuário possa adaptar-se a eles sem prejuízos para a saúde. De acordo com essa consideração, pode-se dizer que a postura corporal mostrada na imagem é a) inadequada, pois as dimensões e o peso do E-reader requerem vários cuidados posturais. b) adequada, pois o jovem provavelmente está num intervalo e logo mudará de posição c) inadequada, pois sua coluna vertebral não tem apoio e está sendo forçada. d) adequada, pois ele está com o corpo bem relaxado e parece à vontade. e) inadequada, pois ele está com o E-reader muito longe dos olhos.

Item 28

Disponível em: <http://aurora-jp2.blogspot.com.br/2010/08/o-corpo-como-metafora-padroes-debeleza_16.html>. Acesso em: 15 jun. 2012. A fotografia acima foi tirada pelo fotógrafo alemão Hans Sylvester para o livro Ethiopian People ofthe Omo Valley. Na imagem, podem ser vistas pinturas feitas à mão sobre o rosto de duas crianças etíopes. Esse trabalho é considerado uma arte ancestral pelas tribos que o realizam. Considerando as imagens acima, pode-se dizer que a) qualquer representação artística que se afaste do padrão mostrado deixará de funcionar como linguagem corporal típica da tribo. b) esse povo não aceita seus próprios traços fisionômicos, pois sua pintura ancestral tenta alterar e disfarçar a cor original do rosto das crianças. c) os etíopes estão evidentemente equivocados quanto à expressão corporal, usando formas e objetos que desfiguram e tornam feias as suas crianças. d) as mensagens transmitidas pela pintura do corpo humano variam de acordo com a cultura, gerando produções artísticas tão diferentes quanto enriquecedoras. e) seria desejável que todas as culturas primitivas tivessem esse mesmo hábito, de maneira a buscar uniformidade da mensagem transmitida pela pintura do corpo.

Item 29

Disponível em:http://desaltoaltoebatom.blogspot.com.br/2010/04/assassinato-da-lingua-portuguesa.html

A charge acima sugere que a) a norma padrão está sendo substituída por variantes não padrão. b) as variedades sociais da língua não estão relacionadas a circunstâncias de poder. c) a linguagem própria da internet pode ser empregada até mesmo em contextos mais formais de comunicação. d) o mesmo falante produzirá formas linguísticas diferentes, dependendo da situação de comunicação em que esteja inserido. e) a língua padrão tem preferência em situações comunicativas que envolvam interlocutores pertencentes a um mesmo grupo sociocultural.

Item 30

Disponível em: http://www.facebook.com/redigir.ufmg A partir da análise da linguagem utilizada, verifica-se que as mensagens acima foram publicadas (a) (b) (c) (d) (e) via msn. por e-mail. em uma página virtual. em um site institucional. em uma revista eletrônica.