You are on page 1of 4

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO

Plano didático A música como gênero textual

Curso de Pedagogia vespertino – 6º semestre Disciplina Metodologia do ensino de português : a alfabetização Docente Profª Dra. Nilce da Silva Discente Francisco Machado Meyer – nºUSP 7154697

São Paulo 2012

por tratar do indíviduo e não ser uma forma de classificá-lo. A poesia busca exprexar as singularidades humanas. pois o que já se conhece já está saturado justamente porque já se é conhecido. O professor ao ensinar poesia não é nem « um transmissor de conhecimento.1 Introdução A música é o mais conhecido gênero textual que se utiliza da poesia como forma de expressão. cuja tarefa central fosse o progresso de saber »(Candido. por ser a metáfora sempre um novo mistério a ser desvendado. formando por meio dele os alunos » (Candido.com para que eles possam buscar novos gêneros musicais para conhecer a poética. referência feita por Mortatti(2000) a Fausto de Goethe. Penso que na educação deve-se existir um auto-conhecimento. 1980) pelo fato de que a idéia de progresso uma negação da experiência-em-si e a poesia é uma experiência. nem um « produtor de conhecimento. E um terceiro objetivo é induzi-los a uma maior aproximação com a música apresentando o site http://grooveshark. Ler ou escrever não basta. Objetivos O objetivo é uma aproximação maior do aprendiz consigo mesmo através dessa forma de expressão que é a poética da música. por tratar da humanidade existente no olhar do eu-lírico e assim ser um espelho. . justificativas e explicações rigorosas não são os objetivos da poesia. O site do Groove Shark é de fácil acesso e com uma infinidade de musicas para uma escuta momentânea. Entendo a linguagem metafórica é um espaço de encontro. assim como suas diferentes formas de aproximar-se dessa. uma exploração e conseqüentemente descoberta sempre nova para que exista um interesse do aprendiz. Tem como objetivo uma « ampliação dos estreitos limites do saber humano ». já é velho e não há nada de diferente. 2008). um repouso. de rotular ou medir e uma alegria. Defições. não se deve « ensinar a ler e escrever de qualquer jeito » (Mortatti. apenas confirmação daquilo que já se sabe. Outro objetivo é a desconstrução da idéia de linguagem demonstrando sua vasta gama de possibilidades. 1980) pelo fato da poesia não ser um conhecimento mais um espaço de pulsão da criatividade. É através da música que a grande maioria ganha contato com o gênero poético pela primeira vez. Naquilo que é conhecido o aprendiz está ausente.

Do Vinícius de Morais utilizarei O Pato e Aquarela. assim como de Arnaldo Antunes e Vinícius de Morais. Metodologia do ensino Para uma aproximação com o conteúdo. Tempo A aula presencial está programada para durar dez horas. Ó) e vogais escuras (Ã. Participarei do 1ºC. falarei sobre as vogais claras e escuras fazendo referência as palavras que têm na música. com professora na frente e alunos enfileirados cada um com sua cadeira. no bairo Butantã. Depois apresenterei as figuras de linguagem existentes nas músicas para que eles entendam as possiblidades da escrita. EN. Do Arnaldo Antunes utilizarei Lavar as Mãos. a sala clássica. número 25. A escola é localizada na Rua José Aires Neto. no início farei algumas brincadeiras com os nomes dos alunos para mostrar as possibilidades de rimas. Ê. Falarei sobre o site Groove Shark mostrando a facilidade para ouvir-se as músicas instantaneamente que o site oferece e para finalizar uma outra escuta da música com dança. Do Caetano Veloso utilizarei as canções Sozinho e Leãozinho. A sala de aula é palco italiano. ON. se possível. I. U) e uma interpretação que partirá dos próprios alunos. Logo após a explicação das figuras de linguagem. Recursos didáticos Eu utilizarei das canções de Caetano Veloso. apenas explanando as variantes das formas de significar que as palavras são capazez. Apresentarei algumas músicas. Os alunos estão presentes na aula no período da tarde da 13 :30 às 17 :30. É. .2 Público-alvo e local O público serão os alunos de alfabetização do colégio Júlio Mesquita. Conteúdo O conteúdo será a apresentação das figuras de linguagem presentes nas músicas. escreverei a letra na lousa e lerei junto com eles tentando fazê-los primeiramente entrarem em contato com essa outra forma de se escrever que é a poética. mesma escola em que participarei do projeto Ler e Escrever. a identificação do contraste através das vogais claras (Á.

ano XX. Cartilha de alfabetização e cultura escolar : Um pacto secular. 2008. escola e associações docentes. 2003 MORTATTI. Pro-posições. 2(41) – maio/ago.14. n.acoalfaplp. Maria do Rosário Longo. ano 3. nº 52. Antônio. A « querela dos métodos » de alfabetização no Brasil : contribuições para metodizar o debate. v.3 Referências CANDIDO. Revista ACOALFAplp : Acolhendo a Alfabetização nos Países de Língua portuguesa. Maria do Rosário Longo. Cadernos Cedes. 5. Professor. São Paulo. novembro/2000 Músicas : Caetano Veloso – Leãozinho Caetano Veloso – Sozinho Arnaldo Antunes – Lavar as Mãos Vinícius de Morais – Aquarela Vinícius de Morais – O pato .net> Publicado em : setembro 2008.n. Disponível em : <http://www. MORTATTI.