Subsídio e Orientador Didático p/ Professores da ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - INTRODUÇÃO - 05/10/2013 Revista LIÇÕES BÍBLICAS: “” 4o Trimestre

INTRODUÇÃO AO LIVRO DE PROVÉRBIOS
OBJETIVO PRINCIPAL (Formativo) - Analisar o livro de Provérbios para uma melhor capacitação do professor da EBD. INTRODUÇÃO A POESIA HEBRAICA Antes de falar sobre provérbios, torna-se necessário entender como eram as formas literárias dos Judeus. Sabemos que a bíblia foi escrita em linguagem humana e, portanto, merece apreciação dos estudos sobre essa linguagem humana. Provérbios nessa classificação das categorias da linguagem humana, é reconhecido como sendo uma poesia. Falar em poesia não é simplesmente falar sobre versos. Pelo contrário, a poesia não está na forma, mas na sensibilidade do poeta, já dizia Pedro C. Luft. Talvez possamos dizer que a poesia é, em linhas bem gerais, a expressão de um sentimento humano por meio de palavras. Quando Aplicada aos Judeus a poesia ganha sentido todo especial. Pois a poesia hebraica não era baseada apenas, na métrica e no ritmo, mas sua principal característica é o paralelismo. O paralelismo por sua vez pode ser classificado da seguinte forma: 1-Sinonímico- A segunda linha repete a ideia da primeira linha, com palavras diferentes. (Pv 16.18) 2- Antitético- A segunda linha declara o mesmo principio da primeira, mas com o ponto de vista oposto. (Pv 14.31; 17.22). 3- Sintético- A segunda linha amplifica e expande o sentido da primeira linha. (Pv 10.18) 4- Comparativo- a segunda linha traça alguma comparação entre algumas verdades éticas ou teológicas e alguma ilustração, frequentemente da natureza (Pv 25.25) Além disso, a poesia hebraica é dividida em duas formas, quanto a literatura canônica. Existe a poesia sapiencial e a poesia hínica. A poesia sapiencial são os livros que transmitem sabedoria, enquanto os hínicos são as literaturas bíblicas que não são apenas ideias, mas cantos, a serem entoados em qualquer situação da vida. I. INTRODUÇÃO AO LIVRO DE PROVÉRBIOS. 1. O título do Livro. O Nome do livro, Provérbios, vem das primeiras palavras do livro. A palavra hebraica traduzida como "provérbios" é derivada da raiz mashal, que significa "ser semelhante", "comparar", mais a frente passou a significar um discurso sapiencial/ Moralista (Sl 49.9). O substantivo da palavra “Mashal” acumulou vários significados: (1) parábola (ver Ez 17: 2; 20: 49; 24. 3-5)- As parábolas com as que ensinou o Salvador são, neste sentido, propriamente meshalim-; (2) Dito proverbial, uma sentença popular breve (1 Sm 10: 12; 24: 13; Ez 23; 18: 2, 3); (3) refrão (Dt 28: 37; 1 Rs 9: 7; Sl 44: 14); (4) discurso profético simbólico (Nm 23: 7, 18; 24: 3, 15); Sendo assim os provérbios são ditos extraídos da vida cotidiana, que tem a função de nortear a o individuo para uma vida prospera, baseada na Sabedoria. Senão Vejamos:  Sabedoria. (Heb. jokmah.) Esse termo aparece 141 vezes no AT e quase sempre se traduz como "sabedoria". Jokmah abrange uma quantidade de ideias: (1) Perícia técnica (Ex 28: 3; 35: 26; 1 Rs 7: 14); (2) Talento, sagacidade (1 Rs 2: 6; 3: 28; Jó 39: 17; Is 10: 13; 29: 14); (3) Sabedoria terrestre prática (1 Rs 4: 30; Is 47: 10); (4) Sabedoria piedosa (Dt 4: 6; Sl. 37: 30; 90: 12; Pv 10: 31; Is 33: 6; Jr 8: 9); (5) Sabedoria como um atributo de Deus (Sl 104: 24; Pv 3: 19; Jr 10: 12; 51: 15); (6) Sabedoria divina personificada (Pv 8: 1-36; 9: 1-6); (7) sabedoria humana ideal (Sl 111: 10; Pv 1: 2), etc. A "sabedoria" em Provérbios se distingue do "conhecimento" (Heb. dêem'ath) Pv 2.6, em que " sabedoria" atrela-se ao caráter e a conduta, em tanto que "ciência" se refere principalmente à cultura intelectual. O conhecimento pode ser só uma acumulação de feitos desconexos, sem a capacidade de aplicá-los à vida prática. Em troca a sabedoria é a faculdade que permite aplicar os feitos na vida prática. Um estado intermediário poderia achar-se na expressão "razões prudentes" (Heb. binah, v. 2). Neste "entendimento" ou "compreensão" está implícita a capacidade de avaliar e organizar feitos, que é a condição essencial para alcançar a sabedoria. A sabedoria, tão elogiada no livro dos Provérbios, é perspicácia prática tal como a que se revela nos ideais
Igreja Evangélica Assembleia de Deus TEMPLO CENTRAL - r. Tereza Cristina, 673 - Centro - Fortaleza - CE
IEADTC - Lugar de Restauração, Misericórdia e Ensino. PROJETO AGEU - Um novo TEMPLO para o Povo de DEUS.

Misericórdia e Ensino.Centro . Em todos eles a ênfase está no caráter do Salvo que no ritualismo ou até o dogma.11. Os provérbios são frequentemente parabólicos.7.05/10/2013 Revista LIÇÕES BÍBLICAS: “” 4o Trimestre morais e no caráter religioso. 3.8. 4.3. o que nos dá a data não precisa entre os Anos 900 a 700 A.22-25) Segundo Gordon D.000 provérbios e 1. Além de Salomão os “Sábios” (Pv 22. pois para provérbios nem tudo na vida precisa ser rigorosamente religioso para ser piedoso. Os provérbios não objetivam apoiar o comportamento egoísta. O propósito mental dos provérbios de Salomão se realiza quando refletimos sobre esses provérbios. pois o ritualismo se refere somente ao cristianismo teórico. A impureza sexual. A teologia de Provérbios portanto. Fee. mas estes conceitos abrangem uma característica similar à "sabedoria" do AT. Os provérbios visam nos fazer ver que a piedade não é uma atitude mística. 15. Aprendemos a discernir então. com informações concretas. O que tem a verdadeira sabedoria reflete os padrões de Deus em cada pensamento e ato. 3-5-12. Propósito. e o "amor" (1 Co 13). analisando esses provérbios maravilhosos.Lugar de Restauração. 7. verificamos que. Um dos maiores problemas da religião é a falta de integração prática entre as crenças e o viver diário. Os diversos aspectos da sabedoria correspondem com as características de que está à altura das normas de Deus. 22. ou qualquer uma de uma variedade de técnicas literárias da linguagem figurada para transmitir sua mensagem. Na realidade Provérbios pode servir de corretivo a tendência de espiritualizar tudo. exagero. Tereza Cristina.14). embora . Sendo assim a teologia de provérbios raramente utiliza-se da linguagem religiosa (Pv1. 24. “o Ceifeiro” (30.. Não separa a piedade dos deveres comuns da vida.Um novo TEMPLO para o Povo de DEUS.). no Novo Testamento ao invés de apresentar a "sabedoria" ideal.10-19). Os provérbios são intensamente práticos.23). Igreja Evangélica Assembleia de Deus TEMPLO CENTRAL . PROJETO AGEU .1-5).“O que pertence a Deus” (Pv 31.INTRODUÇÃO . como se houvesse algo de errado com o mundo físico. mas não é tecnicamente precisa sobre a verdade dos fatos. para não perder sua relevância. vejamos abaixo uma lista de como podemos interpretar provérbios. Nesse Ponto Provérbios sempre apresenta um contraste entre a sabedoria e a estultícia.9. 673 . A sabedoria que descreve Salomão abrange um sentido tal. O descuido em prometer e assumir compromissos (6. Os provérbios podem empregar linguagem altamente específica.   . que é especialmente abominável a vista de Deus e causa a impossibilidade de uma vida de retidão (2. 23. o desenvolvimento mental e intelectual. Data e Autoria. trazendo uma verdade geral. muito pelo contrário! 5. que cobre todas as fases de uma vida prática. de forma a considerar tudo maligno.005 cânticos. em seu livro entendes o que lês? O livro de Provérbios precisa ser bem interpretado para poder ser bem aplicado.13. A importância de disciplinar os filho (23. De acordo com Pv 25. mas uma virtude intensamente prática II. Hb 12: 10). diretrizes poéticas para o bom comportamento. que é caracterizada como por questões. como o crime violento (1.1) e Lemuel.24-18 etc. “Os homens de Ezequias” copilaram boa parte dos escritos de Salomão. 2.Subsídio e Orientador Didático p/ Professores da ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL .9. Ele proferiu 3. divorciando a vida religiosa das decisões práticas do dia-a-dia. em linguagem figurada e apontam para além de si mesmos. Pelo relato do livro de provérbios Salomão escreveu a maioria do ditos populares Cerca de 375.r.CE IEADTC . Os provérbios que refletem fortemente a cultura antiga podem precisar de uma “tradução” sensata. não teoricamente teológicos.C. O respeito aos Pais (23. Os provérbios Tem uma redação para uma fácil memorização. 6:33). mas sim. O propósito principal de da coleção dos provérbios de Salomão é conhecer a sabedoria e a instrução. de acordo com 1 Rs4.24-27).1. isto é.17. A TEOLOGIA DO LIVRO DE PROVERBIOS. “adquirir habilidades para a vida e disciplina moral”.Fortaleza . 2. onde tudo que acontece é coisa feita pelo Diabo. 3. entretanto. COMO INTERPRETÁ-LO O que é um provérbio na linguagem teológica? Provérbio é um ditado curto. segue um principio de A maior parte de sua instrução em ética e moral. 1. se fala mais sobre a “Justiça" (Mt. a "santidade" (2 Co 7: 1.32. Agur. Fazendo uma comparação entre Provérbios e o Novo Testamento.16-19.1) também são considerados como sendo os Co-autores do Livro. com regras gerais que aconselham os ouvintes/leitores visando o amadurecimento dos mesmos e conscientização das consequências de suas ações. 7. Os provérbios não são garantias da parte de Deus. Não se despreza. 6.

consciência para evitar o erro moral e escolher o caminho da vida.Chokmah.Musar– Disciplina. doutrina. percepção do governo do universo pelo Senhor. III.3. e depois. Tereza Cristina. Chama atenção também a quantidade de menções negativas que são feitas a respeito da soberba. Deus não se preocupa apenas em revelar a nós e nos dar experiências sobrenaturais. Código Moral de Deus. sabedoria. b. n. característica dos que compreendem sua própria indignidade e encontraram a salvação no bondoso plano de Deus. sem ver resultados. todos os Sábados.Tokachath – Repreensão. Misericórdia e Ensino. conhecimento. nele.INTRODUÇÃO . política. Salomão ensina o jovem a não buscar se relacionar com a mulher imoral.Mitzvah – Mandamento. o Livro de Provérbios é um livro de conhecimento empírico (prático). Receber e memorizar o conteúdo da sabedoria. Estimula-se a buscar o conhecimento.  EBD NO AR é o Programa da Escola Dominical na TEMPLO CENTRAL FM 97.Fortaleza . etc. j. A humildade é muitíssimo mais importante. Como por exemplo. Isso porque o livro deixa claro que acumular conhecimentos não é igual a ser sábio. o-Yirat– “Temor”. onde a sabedoria é a personificação do próprio Deus (compare Pv 8 com Jo 1). Não perca!!! Telefones: 3031. 673 . e. PROJETO AGEU . conselho fechado. instrução. A importância deste livro estar na Bíblia é mais que evidente. os pais aconselhados a disciplinar os filhos e os filhos a ouvirem seus pais. Devemos obedecer a esse código.” (G. quer dizer que tem grande importância. Os provérbios empregados erroneamente poderiam justificar um estilo de vida errante e materialista. sabedoria sadia.0973. e por isso.Mezimmah – Discrição. Deus a odeia. d. Todo o livro é repleto de meditações sobre a vida prática. correção.Leqach – Ensinar. aviso não aberto à discussão.05/10/2013 Revista LIÇÕES BÍBLICAS: “” 4o Trimestre 8. às 16 h. h. sutileza. discrição. os tolos são convidados a aprender. podemos ver o capítulo 8.Da‟ath – Conhecimento. aplicar o conhecimento obtido.Binah – Entendimento. “A busca pela sabedoria jamais pode ser separada da busca por Deus. Veja o capitulo 5.Subsídio e Orientador Didático p/ Professores da ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL . 2. devemos procurar a humildade (isso é sábio). onde Deus nos ensina preceitos excelentes para a vida diária. 3031. perceber a linha certa de conduta.CE IEADTC . íntimo.Viver Habilmente sendo guiado por Deus. castigo. em primeiro lugar é temer ao Senhor. g.  . conhecer o conteúdo da sabedoria para poder aplicá-la. k. aprender. segredo. APLICAÇOES DO LIVRO PARA ALCANÇARMOS A SABEDORIA 1. mas eleva-se a sabedoria a um patamar especial. Sabedoria. correção. Ele também quer que tenhamos uma vida feliz. e não sermos soberbos jamais. vencer o caos & a morte i. m. conhecimento. Portanto.Lugar de Restauração. Os provérbios são bons conselhos para abordagens sábias de certos aspectos da vida. entendimento. usando as avaliações corretas. Ela é condenada e desprezada.Sabedoria.r.Sekel – Prudência. os provérbios fornecerão conselhos práticos para o viver de todos os dias. sabedoria.Um novo TEMPLO para o Povo de DEUS. Ou então o capitulo 31. A sabedoria vem com a disciplina a obediência as verdades de Deus. deixou conselhos a serem seguidos. a capacidade de compreender os propósitos corretos.„Ormah – Esperteza. decisão & propósito resoluto e autoritário. A importância do Livro de Provérbios. Poderá contrair uma doença venérea a gastar todo o seu dinheiro com medicina. é a disciplina/ensinamento preventivo e corretivo. As Palavras chaves para alcançarmos a sabedoria e vivermos bem sucedidos: a. c. Henry) SAMUEL CARDOSO Igreja Evangélica Assembleia de Deus TEMPLO CENTRAL . prudência. onde uma mãe ensina o filho a procurar A “Nora” ideal para Ela. Ou seja. Isso serve de alerta para nós: quando algo se repete muito em um livro da Bíblia. 9.0974 CONCLUSÃO Na literatura do livro de provérbios notamos que há uma importante distinção. reprovação. A preguiça é condenada e advertida. f.Torah – Lei escrita.sod – Conselho. projetando os planos certos. descrevendo as características dessa mulher. l.Centro . ensino.Tushiyyah – Competência. Corretamente usados. temor reverente (obediência) e gratidão. enfatiza a persuasão verbal antes que a física. sabedoria. mas não deixa de abordar questões teológicas. É a atitude reverente composta de amor.„etsah – Conselho. mas não são exaustivos naquilo que abrangem.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful