Programa de Pós-Graduação Lato Sensu em Educação Inclusiva

Universidade Gama Filho
Instituto Valor: Unidade Duque de Caxias

O curso de Educação Inclusiva forma o Especialista que irá trabalhar com a inclusão de alunos no ensino dito “regular”, permitindo que tenha domínio sobre questões pedagógicas, psicológicas e técnicas. DISCIPLINAS UNIDADE CURRICULAR Fundamentos Históricos, Conceituais e Área de Atuação do Profissional 2 Metodologia da Pesquisa Científica 24 3 Bases Neurocientíficas do Desenvolvimento Humano e 24 Aprendizagem 4 Psimotricidade e Aprendizagem 24 5 Educação Inclusiva 24 6 Hiperatividade e Déficit de Atenção 24 7 Deficiências I 24 8 Deficiências II 24 9 Adaptações Curriculares 24 10 Programas de Captação de Recursos Federais, Estaduais e 24 Municipais para Educação Especial 11 Didática do Ensino Superior 36 12 Práticas Pedagógicas 48 13 Seminário de Pesquisa em Educação: Apresentação do TCC 36 14 TCC – Artigo Cientifico TOTAL 360 CORPO DOCENTE • Angela Maria Venturini. Psicóloga/Universidade Santa Úrsula. Licenciada em Psicologia/Centro Universitário de Brasília (CEUB). Mestre em Psicologia Social e da Personalidade, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).Centro de Pós-graduação de Psicologia (CPGP), Instituto Superior de Pesquisas Psicossociais (ISOP). Especialização em Psicologia Comunitária, pela FGV. Especialização em Psicologia Escolar/ FGV. • Josenir Badaró Alves. Pedagogo/UERJ. Especialista em Processos Educativos – Educação Básica/UNB • Kátia Regina de Oliveira Rios Pereira Santos. Pedagoga/UFF. Mestre em Educação/UERJ. Doutoranda em Educação/UNIMEP • Maria da Gloria Mendes.Pedagoga/FEUC. Pós – Graduada em Psicopedagogia/UCAM 1

CARGA HORÁRIA 24

Página5

Vera Maria Savaget Barreiros. Pedagoga/UERJ. Mestre em Educação /UERJ

Fundamentos Históricos, Conceituais e Área de Atuação do Profissional Teoria da Supervisão. Teoria da Orientação, tendências atuais da Supervisão e Orientação e, o desenvolvimento profissional do professor, do currículo e avaliação em uma prática de transformação. Metodologia da Pesquisa Científica Conhecimento científico: epistemologia e paradigmas. O fazer científico: a responsabilidade intelectual e a disciplina necessária à produção do conhecimento científico. Tipos e instrumentos de pesquisas. Coleta e análise de dados. Estrutura e organização de projetos de pesquisa científica e artigo científico segundo as normas da ABNT. Bases Neurocientíficas do Desenvolvimento Humano e Aprendizagem A anatomia, divisão, desenvolvimento e plasticidade cerebral. O cérebro e as fases do desenvolvimento humano na aprendizagem. Divisão do Sistema Nervoso e seu funcionamento nas atitudes de aprendizagem. Bases neuropsicofisiológicas comportamento. Percepção, movimentação, motivação, atenção, memória, fala e pensamento como forma de organização, processamento e desenvolvimento mental. A metacognição. Fases de assimilação, processamento e resposta no processamento das informações na aprendizagem. Psimotricidade e Aprendizagem Psicomotricidade: o desenvolvimento motor, a maturação das áreas corticais e a atenção na aprendizagem motora. Áreas cerebrais e maturação na aprendizagem. O Desenvolvimento Motor e a Maturação. Atenção, aprendizagem motora e a maturação. A Influência do Desenvolvimento Motor na Aprendizagem: atividades práticas. Educação Inclusiva Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica e Declaração de Salamanca: visão ampla dos pressupostos históricos e metodológicos, suas inplicaçoes e mudanças nas ações da Educação Especial. Educação Inclusiva: diretrizes legais e definições em educaçao. Classificação dos diversos tipos de necessidades educativas especiais e linhas de ações em educação inclusiva. Hiperatividade e Déficit de Atenção Déficit de Atenção e/ou Hiperatividade: Conceituação. Etiologia. Formas de Avaliação. Modelos de Intervenção no Âmbito Familiar; no Âmbito Escolar. Orientações Psicopedagógicas. Pressupostos práticos. Deficiências I Deficiência Mental: correntes para definição. Etiologia. Graus e características. Características evolutivas e implicações educativas. Desenvolvimento da Personalidade. Etapas Educativas. Deficiência Motora: Conceito. Etiologia. Deficiência associada. A criança com paralisia cerebral e a escola. Intervenção Pedagógica.

Página5

Deficiências II A visão. O déficit visual e suas causas. Ação Educativa, Materiais, Instrumentos e Técnicas. Casos práticas. Conceito. Etiologia. Graus de Surdez. Importância dos pais na Educação das Crianças surdas e hipoacúsicas. Organização educativa. Novas Tecnologias aplicadas ao Ensino-Aprendizagem do Surdo. Fundamentos Legais. Conceituação. O processo de identificação. Mecanismos Efetivos para Assegurar a Implementação do Atendimento. Linhas de Orientação Pedagógica. Adaptações Curriculares Necessidades educativas e Currículo Escolar. Adaptações Curriculares. Adaptações Individualizadas do Currículo e P.D.I. (Plano de Desenvolvimento Individual). Métodos Instrucionais Diversificados (Instrução Multinível, a comunicação total, a aprendizagem por cooperação, Aprendizado baseado em atividades). Programas de Captação de Recursos Federais, Estaduais e Municipais para Educação Especial Programas e Investimentos do Governo Federal, Estadual e Municipal para Educação Especial. Fontes de Recursos Nacionais e Internacionais para execução de programas e projetos na área da Educação Inclusiva. Calendário Nacional de envio de Projetos da Área de Educação Especial: documentos e procedimentos na elaboração de projetos. Fontes outras de recursos financeiros para o investimento da Educação Inclusiva. Responsabilidade Social das Empresas e captação de apoio e recursos para os programas de Educação Inclusiva. Didática do Ensino Superior A Didática como disciplina articuladora da ação educativa. A Didática da intervenção no processo ensino aprendizagem. Didática, saber escolar e currículo. Ênfases e concepções curriculares. As relações de poder e controle social e os códigos curriculares. A fragmentação do objeto pedagógico. O construtivismo dialético. Relações entre as tendências filosófico-pedagógicas e as metodologias de ensino, inclusive os aspectos de objetivos, planejamento, execução, avaliação e laboratório. Processo de Ensino aprendizagem e sala de aula em suas interações cognitivas, afetivas e sociais. Plano de Ensino e Avaliação Escolar. Práticas Pedagógicas Percepção da realidade existente no campo de atuação no sentido de estabelecer a identificação e análise de problemas que emergem do contexto, subsidiadas pela fundamentação estudada no curso. O aluno participará das atividades referentes a gestão escolar e mediante o diagnóstico da realidade, identificará uma problemática, propondo uma solução efetiva inerente a gestão escolar através da construção de artigo científico. Seminário de Pesquisa em Educação: Apresentação do TCC

Página5

Apresentação do TCC: Artigo Científico sob as normas da ABNT com temáticas voltadas às especificidades do curso incluso análise e interpretação de dados obtidos de natureza prática (estudos de caso). Organização de um Seminário Aberto para Exposição das Temáticas Pesquisadas e Elencadas nos Artigos. TCC – Artigo Científico Estudos e pesquisa para elaboração de um projeto de investigação da temática escolhida para elaboração do Artigo Científico. Execução do Projeto de investigação. Análise e interpretação de dados obtidos de natureza prática (estudos de caso). Elaboração e desenvolvimento do Artigo Científico sob as normas da ABNT.

Página5