You are on page 1of 0

MANEJO DA IRRIGAÇÃO

Profo Dr. Marcos Vinícius Folegatti
LER – 1571 Irrigação

EVAPOTRANSPIRAÇÃO E O MANEJO DA IRRIGAÇÃO .

ETP. ETo & ETR •Penman Monteith (FAO56) •Tanque Classe A •Thornthwaite •Camargo •Hangreves & Samani .

EVAPOTRANSPIRAÇÃO DA CULTURA .

Consumo de água do Citros Planta com 14 meses de idade ETc (mm) Planta com dois anos de idade .

Necessidade Hídrica do citros Kc = ETc / ETo .

.

Pereira et al. .COEFICIENTE DE CULTIVO (Kc) Adaptado FAO Boletim 56 (1998). (2002).

2002 .Fonte: Pereira et al.

MANEJO DA IRRIGAÇÃO VIA MONITORAMENTO CLIMÁTICO Lamina (mm) = ETo * Kc .

MONITORAMENTO CLIMÁTICO ETo (mm) ETo ECA*Kp (mm) ETo=ECA*Kp .

Método do Tanque Classe A ECA K Kp ETo = ECA.Kp Kc ETc = ETo . Kc lamina .

75 0.75 0 85 0.482 + 0.85 10 0 65 0.45 0. 1992) .40 0.60 0.45 0.70 1 0.75 1000 0.60 0.80 0.70 0.60 .55 0.80 100 0.65 0.65 0.55 0.70 0 80 0.U + 0.55 1 0.75 0.80 0.50 0.65 0.45 Kp = 0.85 0 60 0.50 0.45 0.50 0.65 0.55 0.75 0.65 .60 0. 10 0.70 0.50 0.000376.70 0. 0.80 0.65 0.55 0.60 0 70 0.45 0.60 0.85 0.75 0.45 0.40 0.35 0. 1997)) Tanque em Área Gramada Tanques em Solo Nu Umidade Relativa do Ar (%) Vento (km/dia) Leve <175 Moderado 175-425 Forte 425-700 Muito Forte >700 Baixa Média Alta Baixa Média Alta Raio (m) (< 40) (40-70) (>70) (< 40) (40-70) (>70) 1 0. 0.60 0.024. 0. 0. 0.50 0.75 100 0.40 0.50 0.65 0.55 0.55 0.45 0.50 0.Coeficiente do Tanque Classe A (Kp) para diferentes bordaduras e níveis de umidade relativa e velocidade do vento ((Doorenbos & Pruitt.55 0.60 1 0.65 1000 0.65 0.60 0.50 0.60 0.55 0.40 0.70 100 0.60 1000 0.60 0..85 0.UR (Snyder.45 0.65 .70 10 0.80 .70 0.50 .65 0.50 1000 0.50 0.45 0.75 0.85 0.60 0.80 0.65 0.70 0.65 10 0.75 0.Ln( L) − 0.60 0.0045.80 0.75 .55 100 0.65 0 75 0.60 0.65 0.

ETo .Divulgação via Internet da Evapotranspiração de Referência .

ETo .Divulgação via Internet da Evapotranspiração de Referência .

br .com.hpg.climapiracicaba.www.

org/ .http://www.fao.

3 a 0. 1977) ESTÁDIO DE DESENVOLVIMENTO TERMINA QUANDO HÁ Kc I 10 % do desenvolvimento vegetativo 0.65-0.25-0.3-1.Descrição de fenologia para a cultura de feijão de acordo com os critérios da F.20 IV Ponto de maturidade fisiológica 0.2 III Florescimento 1.30 .05-1.4* II 80 % do desenvolvimento vegetativo 0.O (Doorenbos & Pruitt.75 V Colheita 0.A.

80 Melancia 0 40-0 50 0.00-1.70-1.75-0.50 0.90 Tomate 0.70-0.90 S j Soja 0 30 0 40 0.50-0.80-0.80 0 95-1 05 0.05 0 80-0 90 0.40-0.80 1.50 1.70-0.65-0.80 1.70-0.05-1.90 .90 Cana-de-açúcar 0.65-0.65 0.90 0 65-0 75 0.75 0.95 0.75 0.80-0.80 0.80-0.60 0.00 1.85 0.40 0.15 0 70 0 80 0.50 0 75 0 90 0.85 1.00-1.40 0 70 0 80 0.75-0.75-0.15 1.40-0.75-0.80-0.05-1.70-0.70 0.30-0.50 0 70-0 80 0.70-0.90-1.30-0.85 1.Coeficientes de cultura (Kc) em função do estádio de desenvolvimento CULTURA ESTÁDIO DE DESENVOLVIMENTO DA CULTURA CICLO I II III IV V Total Algodão 0.05 0.70-0.40-0.25-0.05 1.75-0.80-0.10-1.60-0.70-0.00-1.10-1.50 0.05-1.2 Banana 0.75-0.85 Milho 0.50 0.50 0.40-0.10 0.65-0.25 0.20 0.00 0.30 0.20 0.95 0.30-0.05-1.80 1.75 0 75-0 85 0.30 0.40-0.90 0.05 Citros 0.65 0.75-0.95 0.70-0.40-0.75 0.80 1.70-0.55-0.20 0.80-0.90 Arroz 1.50 0.30 0.05-1.95-1.10-1.25 0.40-0.65-0.80 Batata 0.05-1.85-1.60 0.70-0.85-0.80 0 40 0 50 0.95-1.50 0.70-0.80 1 00 1 15 1.75 Feijão* 0.95-1.

MANEJO DA IRRIGAÇÃO VIA MONITORAMENTO CLIMÁTICO ETc (mm) = ETo * Kc Lamina líquida q ((mm)) = ETo * Kc Lamina bruta (mm) = (ETo * Kc)/eficiência .

1986 Sistema de Irrigação E (%) Sulcos 40-60 Inundação 50-80 Aspersão p 65-85 Gotejamento 75-90 Mi Microaspersão ã 75 90 75-90 Lamina bruta (mm) = (ETo * Kc)/eficiência .CONSIDERAÇÕES CO S ÇÕ S SO SOBRE EFICIÊNCIA C C DOS OS MÉTODOS O OS Vieira.

AD (mm) CAD (mm) .

PROFUNDIDADE DO SISTEMA RADICULAR .

150 60 .60 *Fonte: Luján (1989) CULTURA Espenafre Ervilha Feijão verde Feijão (grãos secos) Forragem (gramínias) Forragem leguminosa Melancia Melão Milho Morango Pepino Pimentão Soja Sorgo Tabaco Tomate Trigo Vinha Z (cm) 40 .40 100 .90 25 .120 90 .60 60 .40 80 .100 60 .80 50 .60 60 .50 60 .100 60 .100 20 .80 100 .60 30 .120 80 .120 .50 60 .100 45 .100 20 .100 90 .60 60 .80 40 .180 60 .180 40 .100 30 .90 90 .80 25 .75 60 .120 60 .PROFUNDIDADE DO SISTEMA RADICULAR CULTURA Abacate Abóbora Alface Algodão Amendoim Arroz Aspargo Banana Batata Beterraba Açucareira Beterraba leguminosa Cana de açúcar Cebola Cevada Cenoura Cereais Cítros Couve Z (cm) 60 .150 70 .90 75 .40 80 .120 40 .150 30 .40 100 .

CAD (mm) =(Ucc-Upmp)*ds*Z .

3 0.) LATOSSOLOS PODZOLIZADOS e AREIAS QUARTZOZAS Brunini et al.1 atm (extrator ou mesa de tensão) PONTO DE MURCHA 15 atm (extrator ou planta) TIPOS DE SOLO (S.33 atm • Solo arenoso: 0.CAD (mm) =(Ucc-Upmp)*ds*Z CAPACIDADE DE CAMPO • Solo argiloso: 0.80 . (1998): DENSIDADE DO SOLO Ds=massa/volume • Solo argiloso • Solo arenoso: PROF.9 13 0 80 0. EFETIVA DAS RAIZES • 80% da profundidade total ARMAZENAMENTO DE ÁGUA (mm/cm) 0 9 – 1.P.

IRRIGAÇÃO EM ÁREA TOTAL AD (mm) CAD (mm) .

Déficit tolerável para diversos tipos de cultura. Cultura Abacate Alface Alfafa Banana Batata Beterraba B ó li Brócolis Cana de açúcar Cebola Cebola (madureza) Cenoura Citricos Ervilha •Fonte: Luján (1989) Déficit Y (%) 30 35 60 30 40 30 30 15 30 40 40 40 25 Cultura Déficit Y(%) Feijão 50 Laranja 35 Limão 25 Melão 20 Milho 40 Morango 10 P Pomares 40 Pastos 35 Repolho 35 Tabaco 25 Tomate 45 Vinha 25 Vinha (madureza) 55 AD (mm) =CAD*Y .

Evaapotranspiiração reaal (ETr) Variação da ETr em função do armazenamento da água no solo Solo limita a ETr ETc ETr < ETc ETr = ETc Umidade d fi itá i deficitária Umidade adequada d d Arm crit Armazenamento de água disponível no solo CAD .

3 . j . Estimativa da lâmina: LL = ARM . p . 0. f LL = 1. com 40 cm de profundidade efetiva das raízes e permitindo um consumo de cerca de 50 % da água g disponível p no solo.•EX: Determinação de CAD e AD Água g Disponível p → laranja.5 LL = 26 mm Reservatório de 26 mm no solo. . latossolo. 40 ..

2 – 0.Profundidade efetiva das raízes: Z=40 cm LL = (Ucc – Upmp)*Ds*Y*Z LL = (0.•EX: Determinar lâmina de irrigação líquida para os seguintes dados do conjunto solo-planta: -capacidade id d de d campo: Ucc=20% U 20% ((peso)) .densidade do solo: Ds=1.ponto de murcha: Upmp=10% (peso) .défit hídrico tolerável: Y=50% Y 50% .35g/cm3 .5 400 LL = 27 mm R Reservatório tó i d de 27 mm no solo.5*400 1.1)*1.35 0.35*0. l .1) 0.

65/0.90/0.82/0.45 95 150 0.82=68 68 100 0.95+25*0.25 101 0.90/0.65/0.90=47 47 75 0.82/0.82/0.82 25*0.95 25*0. • Os valores de P(mm) abaixo de 10 mm não são considerados como aporte capilar.65/0. deve ser desdobrada em duas parcelas de 25mm antes de ser multiplicada pelo coeficiente.90 25*0. não devem ser considerados no cálculo da precipitação efetiva. . de Aproveitamento Precipitação efetiva efetiva Mensal decrescente acumulada acumulada mm mm mm 25 0.90/0.95+25*0.95/0.25/0.45/0.45/0.95/0.• PRECIPITAÇÃO EFETIVA Precipitação Coef.95=24 24 50 0.95/0.05 102 175 •Fonte: Blaney e Criddle (1961) •EX: A precipitação de 50mm.65 84 125 0.95/0.95/0.90+25*0. e assim.90/0. por exemplo.95/0.90/0.82/0.

5 7.1 08 0.5 3.1 12 0 12.8 41 4.6 6.2 23.85 0.9 9.75 0.75 0.6 3.5 4.1 1 1 1.0 6.85 0.4 18.75 0.75 0.1 1.3 5.8 17.2 1.8 6.5 50 5.5 Chuva (mm) Irrigação (mm) 24 22.9 14.2 12 1.0 3.85 0.85 ETo (mm) 38 3.8 4.1 .0 5.85 0 85 0.0 5.8 4.0 Kc 1.5 08 0.2 1.8 2.1 3.2 1.3 3.85 0.75 0.1 17.5 4.5 10 1.0 5.3 5.1 ETc (mm) 42 4.0 3.8 18.2 7.2 1.7 4.5 4.5 10.75 0.3 6.0 22.2 8.7 6.3 6.5 27 0 27.•PLANILHA DE MANEJO DA IRRIGAÇÃO DATA 5/Maii 5/M 6/Mai 7/Mai 8/Mai 9/Mai 10/Mai 11/Mai 12/Mai 13/Mai 14/Mai 15/Mai 16/Mai 17/Mai 18/Mai 19/Mai ECA (mm) 45 4.1 1.75 0 75 0.6 4.0 4.75 0.8 3.0 6.1 11 1.9 AD (mm) 27 0 27.1 1.5 5.0 22.0 55 5.2 1.2 1.85 0 75 0.8 5.2 4.8 2.6 5.8 6.0 11.0 Kp 0.0 4.1 1.2 1.

MANEJO DA IRRIGAÇÃO LOCALIZADA .

IRRIGAÇÃO Ç LOCALIZADA GOTEJAMENTO MICROASPERSÃO .

ETo .85 GC=Ac/Ap .ESTIMATIVA DO CONSUMO DE ÁGUA PARA IRRIGAÇÃO LOCALIZADA ETc localizada ETc= Kc . Kr Kr: coeficiente de redução ç (decimal) ( ) KELLER and KARMELI (1974) Kr = GC/0.

• VOLUME DE ÁGUA APLICADO POR PLANTA V(l/pl) = AP *ETo * Kc* Kr T(h) ( ) = V(l) ( ) / Vazão do emissor * N de emissor .

21 Volume = ETc * área da planta * Kr 29.•EX: • Cultura: Lima Ácida Tahiti • Espaçamento: 7x4m = 28 m2 • ETc = 5 mm/dia • Projeção da Capa = 5 m2 • Vazão do gotejador= 4 l/h • usou-se 4 emissores i por planta l t 0.95 1.dia) Tempo de Irrigação (h) = Volume / (N emissores * vazão ind.84 h / 0.178 GC= 5 m2 / 28 m2 Kr=GC/0.85 0.41 (l/planta.94h ou 1h e 55 min .84 h 1.) •Tempo de Irrigação (h) = 1.

5 m2 / 2 m2 Kr=GC/0.88 Volume = ETc * área da planta * Kr 7.8 l/h • usa-se 1 emissor i para cada d 8 planta l t 0.•EX: • Cultura: Palmito Pupunha • Espaçamento: 2x1m = 2 m2 • ETc = 4 mm/dia • Projeção da Capa = 1.dia) Tempo de Irrigação (h) = Volume / (N emissores * vazão ind.90 0.61h ou 37 min .1 (l/planta.85 0.) •Tempo de Irrigação (h) = 0.55 h 0.55 h / 0.75 GC= 1.5 1 5 m2 • Vazão do microaspersor= 101.