You are on page 1of 10

O que estão fazendo com o futebol?... E com o brasileiro!

O futebol brasileiro está seguindo caminhos perigosos e num cenário que não é dos mais esperançosos. As torcidas dos grandes clubes estão a cada dia se tornando armas de interesses muito maiores e com limites cada vez menos definidos. O que sempre foi uma fonte de entretenimento, hoje vem se tornando um refle o da sociedade mal acostumada com mandos e desmandos cada vez mais impunes dos influentes e poderosos. O discurso hoje começou sério e com tom politizado, mas o momento é de refle ão mesmo, hora de repensar alguns conceitos e questionar qual a influencia que o futebol tem hoje nas vidas das pessoas e no rumo que um time pode levar uma população a pensar. O !rasil vai melhorando e se destacando no cenário mundial quanto a sua economia e força de crescimento no mundo p"s#crise, mas assim como sua situação pol$tica, o futebol brasileiro vai se escondendo atrás de uma imagem que nem sempre é verdadeira, e se o pa$s tem seus altos e bai os que são encobertos por facilidades de crédito e juros ilusoriamente bai os, em sua pai ão nacional a falsa imagem toma o mesmo rumo. %ido como mercado emergente que consegue repatriar grandes jogadores que atuam na &uropa, 'sia e mundo afora, na realidade não passa de um ()ovo *este &uropeu( que paga muito bem, porém não para jogadores de segunda linha como na &uropa menos vistosa, mas sim para jogadores em final de carreira que não t+m mais mercado ou a oferecer nos grande centros, e que v+em no !rasil um local prop$cio para curtir ,muitas vezes na ess+ncia da palavra- e garantir uma aposentadoria rica e cheia de mordomias, com regalias e status de $dolos mundiais que não possuem mais, em contrapartida, os torcedores ficam felizes por ter em seus times jogadores de renome que s" podiam

O resultado dessas atitudes já é sentida e percebida quando o futebol começa a se tornar uma atmosfera de disputa e tra campo onde muitas vezes o jogo em si é dei ado de lado. &scondidos atrás de falsos planos de mar@eting. que por coincid+ncia. simplesmente porque o benef$cio é pro seu time. não passam de carreiras vitoriosas que estão acabando. geram uma e pectativa e uma sensação de poder para algumas instituiçAes de destaque no esporte que acabam refletindo em suas torcidas.acompanhar pela %. quando na verdade não passam de figurinhas carimbadas dos álbuns das . C seguir cegamente seus parceiros e ideologias. alguns ainda com bom futebol e em forma. são oferecidos aos brasileiros como grandes oportunidades.irou uma fonte "tima de e posição na m$dia questionar planos e açAes de clubes adversários para que as torcidas de grande massa. . 1eedorf. esbarrando sempre em barreiras club$sticas instaladas dentro do poder p6blico. sofrem e sofreram com retaliaçAes e caminhos tortuosos para conseguir aprovar seus projetos e investimentos de reforma de seus estádio. 0onaldo. Os corintianos. %udo isso é feito em troca de uma imagem de defensores de uma torcida. empresas e aproveitadores se beneficiam da car+ncia popular por $dolos e her"is para direcionar seus interesses pessoais. ou no v$deo game. educação e transporte para si pr"prio e suas fam$lias. 7erguntas como essas são apenas aperitivos para uma refle ão que %O3A1 as torcidas deveriam fazer. ou que esteja ligado C ela costurando vantagens e acordos em troca de notoriedade e votosD Bual torcedor que não entra em uma discussão para ver quem vendeu um jogador mais caro ou paga maior salário para seus astrosD Bual torcedor consegue falar de seus $dolos atuais sem se lembrar quantas vezes ele já foi questionado nos 6ltimos diasD Bual torcedor que consegue ter um treinador como $dolo. 8uninho 7ernambucano e até mesmo *6cio. = ou >? anos atrás. mas na realidade do esporte e de seu respectivo mercado. pol$ticos. mesmo que a maioria precise dos mesmos recursos para ser investido em sa6de. 4é 0oberto. embarcam num sentimento de impunidade e total falta de coer+ncia c$vil. . facilitam a vida de outros. os neg"cios mal feitos e nem sempre rentáveis para os clubes. 0ivaldo. 2orlán.mesmo com as pesquisas mostrando que não passam de ?E milhAes-. Anderson 7olga. A ess+ncia de torcer pelo jogo está sumindo. não se importando ou medindo as consequ+ncias. os mesmos que causam transtornos para uns. são as agremiação que os sujeitos torcem ou estão ligados. Os sãopaulinos e palmeirenses. &mbarcando em açAes publicitárias voltadas para o consumo desenfreado e uma verdadeira lavagem cerebral que faz do torcedor um dependente psicol"gico de seus clubes amados. que vivem numa ilusão de que são uma (rep6blica popular( de 99 milhAes de fiéis . Bual torcedor consegue dizer sem medo que seu time não tem nenhum pol$tico em sua diretoria. 0onaldinho 5a6cho. sonhando como seria legal ter um astro desses no seu time. direcionadas por seus mandatários ap"s serem iludidos com contrataçAes de efeito. /lusão para agradar a massa e criar dirigentes e investidores (her"is(. 3ida. achando legal e certo ter estádio e patroc$nio bancados pelo governo. formada por pessoas que antes de serem torcedores são cidadãos que vivem em comunidade com todos as outras torcidas. 5ilberto 1ilva. assim como muitos já tiveram a pouco tempo atrásD. Fsando como bandeira a vontade de discutir o melhor para a população.opas do mundo de <. )omes como o de 3el 7iero de 9: anos. onde pol$ticos e influentes usam seus poderes para atrasar ou até inviabilizar empreendimentos que são favoráveis C cidade enquanto as áreas onde os respectivos estádios estão constru$dos sofrem com destruição em dias de enchentes por falta de infra#estrutura p6blica. são e emplos recentes de que grandes nomes estão voltando.

Fma boa forma de começar a recomeçar a ser o pa$s do futebol pela simples alegria do jogo. poderosos e influentes. em ?I>< o !rasil irá sediar novamente uma . correndo contra o tempo para cumprir prazos e qualidade estipulados pela 2ederação /nternacional de 2utebol. A mesma impunidade que se v+ nos pol$tico. hotelaria e comércio. A falta de discernimento para responder nesse caso e trapola o clubismo e invade o campo da moral. que independente de classe social. educação. assim como os pais educam seus filhos. mas sim de abrir os olhos e avaliar se o futebol não está virando uma (arma( de poucos a manipular muitos e dei ando de ser a fonte de prazer e miscigenação dentro de uma pais tão desigual. 7unição dada por uma irresponsabilidade de uma torcida que matou um garoto inocente que s" queria ver seu time jogar.< bilhAes. Aliado a esses n6meros. para ser uma coisa séria. 2/2A. cultura. sa6de.opa do Mundo de ?I>< trará ao pa$s um lucro de 0N>=9 bilhAes para a economia entre ?I>I e ?I>H. 7ara sediar um evento desse porte. meio . válvula de escape hist"rica dos brasileiros que sempre tiveram no futebol o entretenimento das massas. a realização de um evento como este s" nos traz benef$cios. por isso. é lembrar do primeiro e mais básico ensinamento que se aprende desde os primeiros sinais de vida.. sendo 0N >?.: bilhAes em transportes e mobilidade. os clubes t+m que educar suas torcidas dando e emplo do certo e errado. 0N :.. aliviava seja qual fosse o problema do cidadão por pelo menos HI minutos. redes de televisão e comunicação desvirtuam not$cias e fatos para vender e favorecer seus parceiros e interesses. Observando apenas os valores de investimento e retorno. in6meros problemas de desenvolvimento em infraestrutura. ! ou . seus pais e punirão para te preparar a vida. 1e fez coisa errada. o que vemos é um pa$s em obras. estima#se que o !rasil irá investir cerca de 0N 9L. o fato é que e istem.onmebol ao . que cada vez mais mata pessoas inocentes que querem se divertir e se tornam pivJs de verdadeiras aberraçAes jur$dicas onde advogados de defesa provam a culpa do réu. para os mais diversos setores O obras. acredita#se que a ..O clubismo fala mais alto e mascara a verdadeira face da situação. chegando ao ponto de quatro irresponsáveis corintianos se acharem acima do bem e do mal e passar por cima de uma punição imposta pela entidade má ima do futebol sulamericano e entrar na justiça para conseguir assistir no estádio um jogo decretado para ser com portAes fechados e sem p6blico. mas acabou sem vida. A punição dada pela . O momento não é de crucificar ou acusar time A. turismo. permanentes e temporários. poderia ter acontecido com qualquer time e tem um caráter educacional e disciplinar necessário para tentar frear a arrogGncia e sentimento de impunidade que paira no esporte favorito do brasileiro. raça. credo ou time que ama. 3o mesmo modo.opa do Mundo de 2utebol. está a e pectativa de geração de :II mil empregos. Mas. invade perigosamente o futebol.? bi em reformas e construção de novos estádios e 0NE. no !rasil.orinthians. e vice # versaK A copa do mundo no Brasil Ap"s L< anos. 2altando pouco mais de dois anos para o in$cio do evento.9 bi em modernização dos aeroportos. chata e perigosa.

parte da verba virá dos cofres da . entre outros. 0eceber uma . inicialmente orçados em EII milhAes de reais e estima#se que tenham consumido quatro bilhAes de reais. sediaremos a .opa do Mundo de ?I>< no !rasil é um evento para turistas. mas os gastos com infraestrutura das cidades onde acontecerão os jogos serão por conta do estado. ou os 8ogos Ol$mpicos. o !rasil poderia usar os 9L bilhAes de reais a ser investidos na . mostrando nossa cultura e nosso desenvolvimento.opa do Mundo. Mas agora.. o e cesso dos gastos p6blicos pode repetir o epis"dio dos 8ogos 7an# americanos de ?II:. 7ara ilustrar. serão bancados com dinheiro p6blico que vem dos nossos impostos./3R. 7oucos pa$ses são capazes de organizar uma .opa do Mundo em ?I>< e precisamos continuar correndo contra o tempo e torcer para que toda a estrutura criada para o evento se torne herança para o nosso pa$s. seria poss$vel construir mais de <II hospitais#escolas. . novos aeroportos e estradas. mas também nos tornando vulneráveis as e ibiçAes dos nossos problemas. Fma parte da população diz ser contra a realização da . aumento e qualidade da rede hoteleira e das comunicaçAes.opa do Mundo sem ajuda dos cofres p6blicos. mas não é para os brasileiros” 7ara o jornalista 8orge Tajuru.ambiente. e ceto por algum fato e cepcional.opa para solucionar demandas mais urgentes. Os &stados Fnidos conseguiram o feito porque toda a infraestrutura já estava pronta. Além disso. ou seja. “A Copa é no Brasil. Ocupando a =<P posição entre os >=: pa$ses avaliados no Qndice de 3esenvolvimento Rumano .opa é muito mais do que construir novos estádios. como as áreas de educação e sa6de p6blica. que ultrapassam a visão dos benef$cios econJmicos e que devem ser avaliados.e com quase >IS da população analfabeta. & quem vai pagar a conta é o brasileiro 15/09/2011 Danilo Augusto da Radioagência NP . com esse valor. 1ão essenciais melhorias urbanas como e pansão de linhas de metrJ. é colocar os holofotes do planeta em nossa direção. já que muitos possuem um alto n$vel de precariedade.!2-. como a falta de segurança p6blica. )o caso do !rasil.onfederação !rasileira de 2utebol .opa do Mundo no !rasil por acreditarem que o dinheiro gasto para a realização do evento poderia ser investido em vários setores do nosso pa$s. a .

principalmente.!2-. vai sair do impostoV. quando o pa$s foi escolhido como sede do mundial. -or qu$? . o !rasil perca de forma vergonhosa. Tajuru também detalha a relação entre a 2ederação /nternacional de 2utebol . O governo federal.onfederação !rasileira de 2utebol .opa ser no !rasil está relacionado UC crise moral dos representantes. O pa$s tem condiçAes e estrutura. monop"lio e e clusividade de transmissAes. *eia a seguir a entrevista. 7orém.opa ser aqui não é estrutural.oc$ *á declarou que #ai torcer contra a sele%ão brasileira na Copa. A 2ifa aceitou o !rasil como sede da .. %odo dinheiro faturado aqui ela . em pleno o governo do presidente *ula. a qual ele descreve como UladrAes p6blicos do futebol mundial.V O jornalista também acusa a 0ede 5lobo. vários questionamentos surgiram em torno desse evento.opa de ?I><. Como #oc$ a#alia a realiza%ão deste e#ento em nosso pa&s? 'or(e )a*uru + )ão sou contra a . mas não é para os brasileiros. O Brasil será sede da Copa do Mundo de Futebol de 2 !".opa do Mundo no !rasil. a . e sim. 0icardo %ei eira. &m entrevista a 0adioag+ncia )7 O parceira do !rasil de 2ato O o jornalista 8orge Tajuru afirma que o pa$s tem plenas condiçAes e estrutura para realização do evento. pagadores de impostos.opa do Mundo.opa do Mundo de ?I><.V &le critica o financiamento através de dinheiro p6blico do !)3&1 no evento e pede mais postura da presidenta 3ilma sobre o tema. e atamente na final.Jorge Kajuru .2ifavai levar para a 1u$ça e fazer a divisão entre os ladrAes p6blicos do futebol mundial. . porque sairá de forma p6blica a maior parte do dinheiro gasto na . .e o presidente da .opa tendo essa condição como base de neg"cio. & que . 7ara Tajuru. e que.opa para turistas.onhecido por sua coragem de enfrentar os cartolas do futebol.Foto: Reprodução O !rasil será sede da . & acrescentaW UX uma . teve que assinar um documento no qual a 2ifa ganhará todo o dinheiro da .2ifa. . %ambém vou rezar para que na final o !rasil esteja. a emissora é s"cia em neg"cios envolvendo futebol.ou torcer contra o !rasil na . de crise moral. relata que o problema da .opa sem pagar qualquer centavo de tributos. Buem vai pagar a conta é o brasileiro. O problema da . UO 0icardo %ei eira também é intocável pela proteção da 0ede 5lobo de %elevisãoV. 3esde ?II:.opa é no !rasil.ão roubar de n"s brasileiros. 1egundo ele.

O governo e o 0icardo %ei eira mentiram. . realiza%ão da Copa demanda um in#estimento financeiro muito alto. para todos os brasileiros O nas palavras do então presidente *ula e do 0icardo %ei eira O que não se gastaria nenhum centavo p6blico para . qualquer jornalista minimamente descente e qualquer ve$culo de comunicação minimamente ético teriam que cobrar da presidente essa postura lamentável.opa. A presidente 3ilma afirmou que não poderia divulgar os valores fi nanceiros gastos pelo governo até ?I><. O estádio inteiro em eco para que ele criasse vergonha na cara e dei asse a . mas não é para os brasileiros.opa do Mundo. um linchamento p6blico verbal contra a fi gura do senhor 0icardo %ei eira. foram canalhas.opa para turistas.oc$ 3 a fa#or de financiamento p4blico em um e#ento5 que como #oc$ disse5 terá o lucro di#idido em meios pri#ados? A . Buem vai pagar a conta é o brasileiro. que eram informaçAes sigilosas.opa. fi cou estabelecido de forma p6blica. com o segundo maracanasso. . .onfederação !rasileira de 2utebol . no Maracanã. /sso é revoltante..!2.opa é no !rasil. e se juntasse ao seu bando e quadrilha lá da 1u$ça. )ão pode gastar dinheiro p6blico e não informar e divulgar para onde foi. que todas as despesas seriam privadas.e também o !rasil.haja. E como #oc$ a#alia o papel da presidenta 1ilma neste processo? O que ela disse foi o mais grave. Até ?I>< pode dobrar esse valor.= bi na . Bualquer brasileiro minimamente sério. vai sair do imposto. O mais grave é que quando foi definido o !rasil como sede da . /rande parte #em por meio do financiamento do B01E2. O !)3&1 já colocou 0N <. X uma .

presidente de honra da 2ifa e dono da máfia do futebol internacional. O 8ota é UlaranjaV do Ravelange e do 0icardo. O 0icardo %ei eira também é intocável pela proteção da 0ede 5lobo de %elevisão. editorialmente. E no :mbito nacional5 por que nada acontece? 7rimeiro porque o povo brasileiro não tem coragem de protestar.6ecentemente5 o presidente da CBF5 6icardo 7ei8eira5 recebeu uma s3rie de acusa%9es. falar isso é brigar com o povo. /sso se chama ditadura da audi+ncia. Ravelange e 0icardo %ei eira são donos da %raffic O a empresa que det+m os direitos internacionais de venda de transmissão de futebol para ve$culos de comunicação do mundo inteiro. é feliz recebendo um salário m$nimo de 0N LII. Mas a /lobo não #ende direitos de transmissão para a Bandeirantes? A !and não paga pelos direitos de transmissão. )inguém tem coragem de falar isso. A 5lobo é s"cia em neg"cios envolvendo futebol. . Mas não vou dizer que o povo tem cultura de protesto. principalmente monop"lio e e clusividade de transmissAes. mas não faço média com o povo. &le é intocável porque é s"cio do 8oseph !latter Ypresidente da 2ifaZ e protegido por 8oão Ravelange. a imprensa esportiva sabe disso é ignora de forma vergonhosa. A %raffic não é do jornalista 8ota 'vila. cumpra as mesmas regras da 5lobo para com o 0icardo %ei eira. -or que essas acusa%9es não surtem efeito internacionalmente5 dentro da Fifa? Manifestantes pedem saída de Ricardo Teixeira na avenida Paulista Foto: Guilherme Zocchio O 0icardo %ei eira é blindado porque ele faz parte da quadrilha da 2ifa. O povo brasileiro é uma decepção no que se refere a protesto contra coisas p6blicas horr$veis. Amo o povo porque é a maior celebridade deste pa$s. Mesmo assim5 ele continua impune. &la é presenteada pela 0ede 5lobo desde que.

& como isso não aconteceu.Muitas pessoas defendem que a CBF teria uma mel. O 7% fará com que a . )inguém é amigo do %ei eira sem que financeiramente tenha nenhum benef$cio. a 0ecord garantia que o jogo. A imprensa foi feita para servir o povo.or (estão se as elei%9es fossem mais democrática5 com participa%ão popular. 8á nos clubes isso não acontece mais. Acrescente. & ainda.!2 e a 0ede 5lobo tomaram uma derrota vergonhosa. /sso é um absurdo. =ual o papel da 6ede /lobo e dos #e&culos de comunica%ão no Brasil para que essas mazelas do futebol se perpetuem? O papel da 5lobo é somente o dinheiro. 1e o pa$s fosse sério. do povo votando. X um sonho essa hist"ria de eleição direta. 2oi mentira dele. 7ior. é preciso reconhecer que a proposta da 0ecord é tr+s vezes maior. )a 6ltima votação para escolher o presidente do . X por isso que agora a 0ede 5lobo quer tirar o 2ábio Toff do comando dos >9 e ameaça acabar com o .oc$ concorda com essa proposta? %udo isso não passa de uma fantasia neste !rasil dirigido e presidido por quem é. Mesmo não havendo diferença. %udo ficou na mesma e seja o que 3eus quiser. E qual a participa%ão das federa%9es5 dos clubes e da 6ede /lobo nesse processo de perman$ncia do 6icardo 7ei8eira dentro da CBF? As federaçAes são 0icardo %ei eira. Essa quebra de monop<lio seria boa para o futebol? )ão e iste nenhuma diferença na maneira em que 0ecord e 0ede 5lobo cresceram e se transformaram em império. )o primeiro m+s de governo ele já era melhor amigo do %ei eira.!2 se perpetue com esses mesmos canalhas que estão lá. ainda temos que esperar a novela acabar para começar um jogo. .!2. em sua grade de programação. 6ecentemente5 a 6ede 6ecord entrou na disputa com a /lobo para transmitir *o(os do campeonato Brasileiro. Roje. esses jogos acabam meia noite ou >h quando já não tem mais transporte p6blico.orinthians O não quiseram. e não se . o Morumbi foi punido e não será sede de abertura da . 7ortanto. um crime.lube e montar uma *iga )acional para mandar mais ainda no futebol brasileiro.leber *eite contra o 2ábio Toff. seria Cs ?Ih e não Cs ??h. a e pressão ditadura de audi+ncia. também na parte editorial.!2. &les queriam uma vit"ria do .lube dos >9. O 0icardo %ei eira. Buanto ao papel dos demais ve$culos de comunicação deveria ser o jornalismo.opa do Mundo. além do monop"lio. &mbora o e # presidente *ula O nas eleiçAes de ?II? O tenha prometido que tiraria o 0icardo do comando do futebol brasileiro e que abriria a cai a da . Andrés e 0icardo %ei eira estariam presos. o 7% como partido pol$tico deve ter ganhado muita grana do futebol brasileiro O da . a . ao lado do seu amigo Andrés 1anchez O presidente do . A 5lobo nasceu de um escGndalo chamado %ime *ife e a 0ecord se transformou em império com dinheiro de fiéis. o 1ão 7aulo foi punido.

um picareta e assessor do 0icardo %ei eira. como o 8uca Tfouri.lubeZD Fma bela jogada e um passe de calcanhar do jogador 5anso Y1antos 2utebol . O problema é que as grandes empresas brasileiras também são amigas do senhor %ei eira. . . al'm de gerar elefantes &rancos do taman o de estádios que ficarão a&andonados depois da competi"ão. como questões na sa!de e educa"ão. Agora não queiram que eu d+ uma entrevista e que dei e de falar em relação a essa escumalha que comanda o futebol brasileiro. por e#emplo. que ten a infraestrutura para atender as necessidades dos participantes do evento com qualidade. ao inv's de contruir e ampliar estádios de fute&ol (0uil erme 1emerene) . um do contra e um pessimista. &u amo o futebol nas quatro linhas.ou defender e aplaudir jogadores e treinadores acima da média. . $e%o a Copa como uma &oa oportunidade de atrair capital pelo turismo e gerar empregos.com Não sou muito favorável às opiniões que defendem que um evento como a Copa demanda uma quantidade de gastos que deveriam ser utilizados em outros setores em deficiência no país. (Alisson Caetano) A Copa do *undo no +rasil ' um tiro no p' e um meio para desviar uma quantidade imensurável de recursos. (-os' A&rão) . Buem não vai gostar de um drible do )e[mar Y1antos 2utebol . /nfelizmente ap2s a copa do mundo muitos estádios serão esquecidos e a&andonados pois foram construidos apenas para um mês.Ouça o áudio desta entrevista na 0adioag+ncia )7- Você é a favor da realização da Copa do Mundo de 2 !" no Brasil# Atualizado em 23/01/13 08:10. seguran"a e educa"ão.lubeZ e do *ucas Y1ão 7aulo 2utebol . & são todas calhordas quanto 0icardo %ei eira essas grandes ag+ncias de publicidade. esse din eiro não seria empregado da forma correta. . de ver e de falar bem do bom futebol. Mas o futebol dentro de campo é minha pai ão e alegria. e sim. 1e eu não denunciasse isso eu não seria um jornalista.servir do povo. X mais que uma máfia. 7oucos ve$culos ousam falar de 0icardo %ei eira. Muitas pessoas te classificam como um pessimista e inimi(o do futebol. um louco. &nvie seu comentário para jovensjor\gmail. /nfelizmente o +rasil não ' assim e tem responsa&ilidades maiores para resolver. é um cartel. um país desenvolvido. como o de Cuia&á. nesta questão que estamos debatendo aqui. privilegiando sa!de. sentirão o peso desse pre%uízo. como a &17). Agora se o país tem competência para realizar o evento. Acredito que com ou sem Copa. sério e decente. ' esperar pra ver.lubeZD )inguém vai me fazer dei ar de gostar. +rasil não ' um país com suporte para rece&er este tipo de evento.oc$ realmente (osta deste esporte? %em pessoas que me consideram um cr$tico. o jornal o *ance. %ambém e istem alguns jornalistas independentes. esse monop"lio de grandes empresas que s" anunciam em ve$culos que não praticam o jornalismo esportivo independente.m evento dessa magnitude deveria ter como sede. país vai se endividar e todas as áreas capengas como sa!de e transporte. & o que acontece com a maior parte da imprensa. din eiro investido neste evento dificilmente retornará como acreditam os . 1ão raras as e ceçAes que não fazem isso. investigativo. é que a imprensa está se servindo do povo. .

' preciso resolver a questão dos aeroportos. 5en o certeza da nossa capacidade em organizar um evento desta magnitude. moradia. geram desorganiza"ão e. (5alit a Ner. Acredito que um evento como este vai pre%udicar um pouco a imagem do país e vai ter um gasto e#cessivo com algo que não ' prioridade no momento.políticos e enquanto isso a sa!de. A renda o&tida com o turismo não irá compensar os gastos enormes. infra:estrutura em geral. ' preciso garantir que os montantes de din eiro investidos serão revertidos para a popula"ão. que resta ' esperar a Copa passar e lutar para que as constru"ões e os pro%etos iniciados se%am votados para a popula"ão &rasileira. . . transporte p!&lico e a'reo. a&andonados. Acredito que se o +rasil fosse mais organizado.ngarelli) . (6elipe . podem elevar ainda mais os casos de corrup"ão e o pre%uízo aos cofres p!&licos. al'm da visi&ilidade mundial. no &em estar da popula"ão. por'm não ten o confian"a nas políticas p!&licas envolvidas. que trará visi&ilidade para o país e aumento no turismo. o que traria resultados econ7micos favoráveis.) 1ou favorável. de forma significativa. a falta de investimentos em sa!de. (9uiza 0uimarães) . (Ana 6lávia *arin o) 5razer a Copa do *undo para o +rasil seria &om para o turismo. Ao inv's de investimentos pensados a longo prazo. &om para a economia e &om para a ascensão do país no cenário internacional. que trou#esse desenvolvimento e preparasse mel or o +rasil para rece&er o evento. (3evert on 4ias) Acredito que este não se%a o momento de uma Copa da *undo no +rasil. que. e as despesas que estamos tendo não acrescentará. o que se nota ' que o +rasil não tem estrutura física nem econ7mica para rece&er um evento mundial desse porte. 6alta plane%amento e &om senso na ela&ora"ão dos or"amentos p!&licos nessa área. acredito que o +rasil ainda não tem condi"ão de &ancar uma Copa do *undo. que não possuem tanta tradi"ão no fute&ol. o que provavelmente desencadeará no mau aproveitamento dos investimentos milionários que estão sendo feito. col eria vários &enefícios com a presen"a da Copa. sendo que ao menos cumpre com os principios &ásicos de educa"ão. grande pro&lema ' que o +rasil ainda precisa mel orar muitos pontos como sa!de.m evento como copa do mundo dá muita visi&ilidade para o país. em educa"ão e infraestrutura em tempos 'pocas ao evento. creio que seria necessário aver um plane%amento efetivo. Assim. os quais apenas com a popula"ão nacional entram em caos nos períodos de grande movimento. pois senão ficaremos como no -ogos 8anamericanos. feitas às pressas. <#istem cidades que sediarão %ogos. evento seria uma grande oportunidade de pu&licidade do país. quando grandes alo%amentos e áreas de esporte foram construídos e depois. No entanto. atrasos nas o&ras. antes de pensar em todas essas vantagens. No entanto. educa"ão e seguran"a ficam cada vez piores. (6ilipe Andrade) . /nfelizmente. consequentemente. o que se perce&e são os endividamentos. Al'm disso. (9iliane +ueno) Apesar de ser um grande evento. sa!de.