22 de Setembro 2009

A G AZETA

DOS

M UNICÍPIOS

Página 2

Página 3

A G AZETA

DOS

M UNICÍPIOS

22 de Setembro 2009

Miscelânea
Coleção de escritos sobre diversos assuntos ***************************************************** Culinária Baba-de-moça Ingredientes: 1 coco, 700 gramas de açúcar, 1.1/2 xícaras de chá de água, 10 gemas, 1 colher de chá de água de flor de laranjeira e canela em pó. Modo de preparar: Rale o coco sobre um pano. Coloque o pano contendo o coco sobre uma peneira e esta sobre o vapor de uma panela com água fervente, para que o coco fique morno. Esprema o pano sobre uma vasilha, obtendo um leite grosso e cremoso. Reserve. Leve ao fogo o açúcar com a água e ferva durante 10 minutos, formando uma calda grossa. Junte o leite do coco a essa calda. Bata bem as gemas, junte 3 colheres de sopa de água e misture com a calda. Leve novamente ao fogo, mexendo sem parar com uma colher de pau, até começar a desprender do fundo da panela. Junte a água de flor de laranjeira e tire do fogo. Deixe esfriar, sem mexer. Para servir, polvilhe com a canela em pó. Rocambole Ingredientes: 5 ovos, 5 colheres de sopa de açúcar, 4 colheres de sopa de farinha de trigo, 1 colher de chá de fermento em pó. Modo de preparar: Bata as claras em neve. Aos poucos, junte o açúcar, batendo bem. Acrescente as gemas de uma em uma, batendo até a massa ficar leve e fofa. Junte a farinha peneirada com o fermento e misture sem bater. Coloque em uma forma untada e polvilhada com farinha de trigo. Leve ao forno por cerca de 35 minutos até dourar. Desenforme depois de frio sobre um pano polvilhado de açúcar. Recheie com a geléia de sua preferência ou goiabada. Enrole com cuidado e sirva depois de frio. Desabafo Pedro Francisco Martin – Santo André – SP Não Andes tão devagar que atrapalhe e nem tão depressa que atropele. Por que reclamar da vida se nada fazer por ela, vendo o tempo passar debruçado na janela. Então andei pelo mundo e muitas belezas eu vi, com tudo me enamorei, por isso estou aqui. Vai a tarde, vem a noite e as lembranças vêm também, só lembranças e saudades, mas só você é que não vem. Por isso estou sozinho mesmo estando acompanhado, esperando por você, venha pra ficar ao meu lado. Por isso estou esperando, esperando até o fim, esperando até que um dia você volte para mim. Curiosidades O reflexo da neve não cega os esquimós, embora os olhos deles não sejam diferentes dos olhos dos exploradores que usam óculos escuros. A pupila (a menina dos olhos) funciona como um diafragma de uma máquina fotográfica. Quando a luminosidade é maior a pupila tende a se fechar, impedindo que a luz machuque os olhos. Em situações de menor luminosidade, a pupila se abre. Isso acontece de modo automático. Como os esquimós nascem em ambiente mais luminoso, eles desenvolveram desde cedo uma regulagem de pupila mais possante que a dos exploradores, que proporcionam maior proteção à entrada da luz. Luiz de Camões foi o maior poeta português do século XVI. Nasceu em 1534, teve existência movimentadíssima, freqüentou a Corte, foi desterrado devido as intrigas, viajou para o Oriente, onde prestou serviços aos governos e participou de inúmeras batalhas. Esteve preso, sofreu um naufrágio, foi processado e reduzido à miséria. Passou o fim da vida na maior pobreza, acompanhado apenas por um fiel escravo javanês. Faleceu em 1580, em Lisboa, que havia sido também o local do seu nascimento. Seu poema épico “Os Lusíadas”, era a grande epopéia da Língua Portuguesa. Humor Duas senhoras de idade avançada, estão jogando baralho e uma delas diz: - Por favor, não me leve a mal. Nós somos amigas há tanto tempo e agora eu não estou conseguindo me lembrar do seu nome, veja só a minha cabeça. Qual é mesmo o seu nome, querida? A outra olha fixamente para a amiga, por uns segundos e diz: - Você precisa dessa informação pra quando? A menininha de 5 anos de idade olhou bem pra mãe que sempre a deixava em algum lugar quando precisava sair e perguntou: - Mamãe, onde foi que você me deixou quando saiu pra casar? Um bêbado e um vesgo trombaram na calçada e caíram na rua. Então, o vesgo levantou muito bravo e perguntou: - Você não olha por onde anda? E o bêbado respondeu: - E você não anda por onde olha? O marido viajou para fazer compras para a sua loja. No dia seguinte, mandou um telegrama para a mulher: “Preciso de uma semana”. Um tempo depois enviou outro: “Preciso de mais quinze dias”. Aí recebeu uma resposta: “ Querido, fique o tempo que quiser. O que você está comprando aí eu estou dando de graça por aqui”. Um casal chega no restaurante e o homem puxa a cadeira para a mulher, pede champanhe e aperitivos de lagosta e o garçom pergunta: - E para sua esposa? - Bem, pra ela, telefone dizendo que estou adorando esta viagem. O empregado entra na sala do chefe e diz: - Senhor, desculpe, mas há dois meses que eu não recebo o meu salário. E o atencioso chefe, responde: - Tudo bem, tudo bem, você está desculpado. Mensagens O passar dos anos traz muita sabedoria para quem é capaz de aprender com a vida. Quem fica velho só exaltando os prejuízos não se torna sábio, torna-se um chato. Já que a idade avança mesmo, é mais inteligente observar e aprender como as coisas acontecem. Por exemplo, saber que ninguém controla o rumo da vida nos livra de culpas. Ter consciência de que não se pode agradar a todos também traz um tremendo alívio. O amor é um processo intelectual, mas acima de tudo é uma energia dinâmica que flui para dentro através de cada um de nós, permanentemente, quer estejamos ou não conscientes disso. Devemos aprender tanto em dar amor quanto a recebê-lo. Só em comunidade envolvidos em relacionamentos e servindo o próximo é que seremos verdadeiramente capazes de compreender toda amplitude a energia do amor. Hoje seria bom fazer algo fora do comum. Podemos, por exemplo, dar ao chefe uma boa idéia que pode parecer ridícula, mas que sempre acreditamos nela. Hoje podemos chorar algumas mágoas antigas que estão presas na garganta. Telefonar para alguém com quem juramos nunca mais falar, mas que adoraríamos. Hoje pode ser considerado um dia fora do roteiro que escrevemos todas as manhãs. Hoje qualquer falta será admitida e perdoada. Hoje é o dia de se ter a alegria de viver. Alguém já disse que se precisarmos de uma pessoa ou de um objeto para ser feliz, não sabemos o que é felicidade. Mas se conseguirmos manter-nos a sós em meio de qualquer situação difícil, realizando uma tarefa necessária ou de rotina com amor e paz no coração, com certeza saberemos alguma coisa sobre a felicidade. Pensamentos Também no afeto é preciso ser inteligente. A carne é fraca, porém podemos ser fortes. O mundo é redondo para que sofram os quadrados. Eduquem as crianças e não será necessário castigar os adultos. A civilização não suprime a barbárie, apenas a aperfeiçoa. Postergar é a mais mortal forma de negar.

Ter reno baldio do bair ro Chácar a err bairr Chácara Silvestr estre aubaté vira Silvestr e em Taubaté vir a lixão
Um terreno baldio de Taubaté se transformou em um lixão onde se encontra de tudo: de lençóis de hospital e remédios a urnas funerárias. O lixão fica nesta área às margens da via Dutra, no bairro Chácara Silvestre. No local, nossa equipe encontrou lençóis e aventais com o logotipo do Hospital São Lucas. Algumas peças têm a identificação do berçário do hospital. Em outra parte do terreno, foram despejadas caixas de medicamentos. Entre eles, xaropes, antigripais e alguns remédios que só podem ser vendidos sob prescrição médica. O mais impressionante estava em outro ponto do terreno, onde foi encontrado entulho de cemitério. Urnas funerárias, véus, flores artificiais, roupas e sapatos. A prefeitura enviou um caminhão ao local no fim da tarde e retirou os materiais despejados irregularmente. Na semana que vem deve enviar um relatório para a vigilância sanitária estadual para que seja apurado como o lixo chegou ao terreno. O Hospital São Lucas informou que as peças abandonadas na área foram doadas há cerca de três meses a entidades da região. E que este não é o procedimento adotado pelo hospital para o descarte de materiais.

EXPEDIENTE
Editada por Editora Flor do Vale Jornalismo Comunicação e Promoção Ltda CNPJ: 61.661.328/0001-43 Rua dos Lírios, 171- Flor do Vale - Tremembé - S.P. Tel. (0xx12) 3672-2257 - Fax (0xx12) 3672-4831 CEP 12120-000 E-mail: editoraflordovale@terra.com.br Registro no INPI 81717790 Impresso em 22/09/2009 Diretor responsável pela publicação: Daniel Domingues Ribeiro PRT 004860 Diretora Comercial: Dolores Russo Editoração Eletronica e Impressão: Gráfica do Jornal da Cidade R. Júlio Prestes, 164 - Pindamonhangaba Representante em São Paulo REVESP Representações Ltda. Alameda dos Jurupes, 455 Conj. 46 - São Paulo -CEP 04088-001 Filiado a ADJORJ Associação dos Jornais do Interior Sistema de distribuição dirigida Matérias pagas ou autografadas não representam necessariamente a opinião deste jornal. Jornal Regional
POSTOS DE DISTRIBUIÇÃO CAÇAPAVA: Na banca da Praça das Bandeiras e outras da cidade. CAMPOS DO JORDÃO: Livraria J. B. Pires Rua Dr. Djalma Forjaz, 211 - Capivari. CARAGUATATUBA: Salles Jornais e Revistas Rua Aluno Arantes. CUNHA: Banca da Várzea - Rua Augusta Galvao de França ( Ao lado do campo de futebol) JAMBEIRO: Praça Almeida Gil, 19 - Centro - Papelatia Bangalo LAGOINHA: Parada Obrigatória - Praça Pedro Alves Ferreira,65 MONTEIRO LOBATO: Banca do Lu Praça Com. Freire. NATIVIDADE DA SERRA: Banca de Natividade e Panificadora Pão Zico Rua Lírio da Serra. Banca Nossa Senhora de Natividade PARAIBUNA: Prança Antonio Carvakho, 100 - Banca canto das Letras PINDAMONHANGABA: Distribuidora de Jornais e Rev. Rua Dep. César Claro 218. REDENÇÃO DA SERRA:Banca de Redenção Av. 7 de setembro, 258 - Claudia e Goreti SANTO ANTÔNIO DO PINHAL: Na banca de jornal da cidade (Estação rodoviária). SÃO BENTO DO SAPUCAÍ: Na banca de jornal da cidade (Estação rodoviária). SÃO LUIS DO PARAITINGA: Banca da Praça - Praça Oswaldo Cruz, 18 TAUBATÉ: Irmãos Pascheta Ltda. Rua XV de Novembro, 504. TREMEMBÉ: Nas bancas de jornais da cidade. UBATUBA: D.D.P. Distribuidora de Publicidade Costa Verde - Praça Exaltação à Santa Cruz, 75 Este jornal é distribuído à todas as Prefeituras e Câmaras Municipais do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Região Serrana, além de vários órgãos Federais, Estaduais e Municipais.

22 de Setembro 2009

A GAZETA DOS MUNICÍPIOS

Página 4

ref eforça Apoio do bispo reforça estauro Capela restauro da Capela de Sant’ana em Pinda

Cara Em Caraguá Município diversas realiza diversas tividades atividades em comemoração comemoração ao ‘Dia da Árvore’ Ár vore’
Cunha.Júnior entregou ao governador do Rotary o decreto 167/09 assinado pelo prefeito Antonio Carlos – o documento nomeia Cunha como hóspede oficial de Caraguá. Sobre as mudas plantadas na sexta-feira, Júnior ressaltou que a parceria entre Rotary e prefeitura é importante para o desenvolvimento ecológico da cidade.Com as plantas, o projeto “Minha Árvore”, desenvolvido pela secretaria de Urbanismo, chega a mais de 500 unidades plantadas no município. A programação do Dia da Árvore continua na próxima segunda-feira (21), com um plantio no Centro Recreativo da Melhor Idade (Cremi), a partir das 9 horas.Programação:21/09 (segunda-feira) Comemoração ao Dia da Árvore, no Cremi, às 9 horas Palestra sobre arborização urbana – Projeto “Minha Árvore”, na Escola Alaor Xavier Junqueira, às 19 horas.25/09 (sextafeira)Palestra sobre arborização urbana – Projeto “Minha Árvore”, na Escola Aida Grazioli, às 19 horas.

CAÇAPAVA • CAMPOS DO JORDÃO • CARAGUATATUBA • CUNHA • ILHABELA • JAMBEIRO • LAGOINHA • MONTEIRO LOBATO • NATIVIDADE DA SERRA • PARAIBUNA • PINDAMONHANGABA • REDENÇÃO DA SERRA • SANTO ANTONIO DO PINHAL •SÃO BENTO DO SAPUCAÍ • SÃO LUIZ DO PARAITINGA • TAUBATÉ • TREMEMBÉ • UBATUBA
ANO XX 22 DE SETEMBRO DE 2009 Nº 07/67 DIRETOR RESPONSÁVEL: DANIEL D. RIBEIRO R$ 1,00

A GAZETA

DOS

MUNICÍPIOS

aubaté bate recor ecorde ger eração Taubaté bate recorde em geração empre ag de empregos no mês de agosto
capital. O que é o Caged O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) é um registro administrativo do governo federal que acompanha e fiscaliza o processo de admissão e dispensa (demissão, aposentadoria, morte) de trabalhadores regidos pela CLT em todo o país. As empresas encaminham, pela internet, os dados mensalmente ao Ministério do Trabalho e Emprego ( M T E ) . As informações se referem aos municípios e às atividades econômicas e servem de suporte a várias políticas de e m p r e g o . Com os dados, é possível saber exatamente qual o saldo de empregos no país, com detalhamento por Estados e regiões. O resultado apontado pelo cadastro é a diferença entre as admissões e as demissões de trabalhadores no período.

O apoio do bispo dom Carmo João Rhoden é mais um fato positivo em relação ao restauro da Capela de Sant’ana.Com autorização da Mitra Diocesana de Taubaté, a iniciativa fica mais consistente na elaboração do projeto de restauro, que está em fase de licitação para contratação da empresa.De acordo com a prefeitura, já existe verba de R$ 250 mil para o restauro da capela, no entanto ela só será usada depois da apresentação do projeto ao Conselho dos Direitos Difusos – órgão do Ministério da Justiça. ”Falta apenas o desenvolvimento do projeto para que a verba seja liberada para uso. Creio que o apoio do bispo ao projeto seja um fator de grande importância”, disse o

secretário de Planejamento, Maurício Marcondes.Ele lembrou do empenho dos envolvidos. “O restauro e preservação dos prédios históricos da cidade é um tema que faz parte da política do prefeito João Ribeiro. Neste projeto tivemos apoio da Câmara dos Vereadores e de toda comunidade”. A comunidade, por exemplo, fez um abaixo-assinado com 1.041 assinaturas. O documento, que foi levado à Mitra Diocesana de Taubaté para conhecimento do bispo, também será anexado ao projeto de restauro para fortalecer o desejo da cidade em restaurar o prédio. A moradora Eliete Varela, uma das responsáveis pelo abaixo-assinado, ficou entusiasmada com o apoio

do bispo. “É uma noticia maravilhosa porque nos últimos meses estávamos apreensivos sobre o futuro da nossa capela. Posso chamar isso de conquista e não de vitória porque foi uma coisa que conseguimos graças ao apoio e fé dos moradores. Agradeço muito a todos e l e s ” . O vereador Alexandre Faria, que tem atuado na questão, disse que o apoio da igreja é resultado do esforço conjunto da comunidade, da Prefeitura e Câmara. ”Todos ajudaram nessa questão, mas a vontade da comunidade, que recolheu 1.041 assinaturas foi talvez o maior trunfo para apoio da Mitra Diocesana. Fico muito feliz com a ação de todos”.

ortador tadores Por tador es de necessidades especiais ainda sofrem com poucas oportunidades opor tunidades de trabalho

A avenida Prestes Maia região central de Caraguatatuba, ganhou novo visual na última sexta-feira (18) – trata-se de mudas de manacás da serra, pitangueiras e quaresmeiras. A ação abriu a semana de comemorações alusivas ao Dia da Árvore (21), na cidade.As 55 mudas

foram doadas pelo Distrito 4600 do Rotary Internacional. O vice-prefeito Antonio Carlos Júnior e o secretário de Urbanismo, Laércio Andrade, deram as boas-vindas aos representantes aos representantes e ao governador do distrito 4.600, Éttore Dalboni da

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos ao mês de setembro, divulgados pelo Ministério do Trabalho no último dia 15, Taubaté obteve um saldo positivo na geração de empregos durante o mês de agosto com a criação de

987 postos de trabalho, o maior número alcançado pelo município em 2009. O saldo de emprego é a diferença entre o total de admissões e o total de dispensas registradas informados pelas empresas ao MT.Comparado com agosto 2008, quando o saldo foi de 645 empregos, Taubaté

teve um crescimento de 53%.O levantamento apontou também que Taubaté está entre os quinze municípios paulistas com a maior geração de empregos, superando cidades como Diadema, Santos e Cubatão e entre as cinqüenta cidades Brasileiras com maior índice, superando inclusive uma

O problema do telhado da Basílica de Tremembé
colônia que atravessa a rua chegando à casa paroquial, na outra calçada!Evidentemente, a Basílica deve continuar fechada: “interdição da igreja deve ser mantida”, determina o laudo do IPT, que pede que as medidas apresentadas para reforma sejam tomadas “com brevidade”.A Basílica está entrando em negociação com engenheiros calculistas, para elaboração do difícil projeto de reforma. Os custos são elevados, mas acredita-se que com a benção do Bom Jesus e o auxílio da população, será possível realizar essa obra de recuperação desse patrimônio religioso tão significativo.Mesmo com a Basílica fechada, as cerimônias continuam acontecendo normalmente. O São Paroquial (com seu anexo nos fundos), ao lado da Basílica mostrou-se grande o suficiente receber todos os bancos da igreja. Para lá foi levada, em uma proteção de acrílico, a veneranda imagem do Bom Jesus. Assim, em meio a tristeza de ver sua Basílica fechada e a esperança de poder reabri-la.

A Basílica do Senhor Bom Jesus de Tremembé é uma construção complexa, construída sobre uma capela primitiva de 1672. As configurações atuais datam aproximadamente de 1895, mas, depois disso, o templo já sofreu diversas reformas, de diferente extensão.O teto possui dois madeiramentos, um centenário, que suporta o estuque (com as pinturas que foram feitas na década de 70), e outro mais recente, de pouco mais de dez anos, que suporta o telhado

atual.Percebendo que havia problemas com o teto em seu conjunto, pedimos que uma firma (TecnoGaia) elaborasse um laudo preventivo. O laudo constatou graves problemas em todo telhado e aconselhou sua troca imediata.Como tal obra implica em elevados gastos, que a Basílica não dispõe no momento, pensouse na retirada do estuque, para alívio do peso sobre o madeiramento velho, mas tal medida não se mostrou tecnicamente viável.A pedido da Basílica a Prefeitura

municipal, que conseguiu do governo estadual uma avaliação dos riscos feita pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). Este realizou uma complexa vistoria em toda estrutura da Basílica. Confirmou-se o problema do telhado, gravemente atacado por cupins de madeira seca, brocas de madeira e fungos apodrecedores, atualmente todo ele fora dos padrões de segurança. Constatou-se, além disso, na taipa das paredes, a existência de cupins subterrâneos, com uma

Preconceito e desconfiança são os principais fatores que impedem a entrada dos portadores de necessidades especiais no mercado de trabalho. Em Taubaté, existem vagas destinadas a eles, mas o número de candidatos é bem maior. Em uma agência de empregos da cidade, existem 55 vagas abertas para deficientes, mas chega a 300 o número de candidatos. André Aparecido do Nascimento é um deles. Ele reclama que a última empresa em que trabalhou não se preparou para recebêlo. “Eles pediram para eu aprender a soldar, e eu precisava das duas mãos. Aí, em determinada época, me falaram que eu não tinha me adaptado ao trabalho e que, por isso, eles estavam me dispensando”, relembra o desempregado. Por lei, as empresas com cem ou mais funcionários devem destinar parte das vagas para portadores de necessidades especiais. O percentual mínimo é de 2%, mas pode chegar a 5% do quadro, dependendo do número de trabalhadores. De acordo com Guilherme Ferreira, gerente de Recursos

Humanos de uma indústria de Taubaté, para cumprir a lei de cotas, foi preciso superar a falta de pessoal qualificado. “Nós passamos a não mais procurar pessoas que tivessem uma qualificação profissional, mas sim buscar pessoas que tivessem um perfil, uma competência a ser desenvolvida. E, aí, nós ajustamos essa pessoa às vagas que nós tínhamos”, explica Ferreira. Scilas Fernandes Malvão é um dos funcionários beneficiados pelas cotas na empresa, onde trabalha há três anos. No passado, as sequelas de uma paralisia infantil dificultaram a inserção no mercado, mas, hoje, ele se sente realizado. “Agora planos bem ambiciosos mesmo. Queremos estudar, ter uma formação. É muito bom sentir-se reconhecido por uma empresa”, comenta o auxiliar administrativo. Para quem ainda busca uma chance, fica a esperança. A empresa que descumprir a lei 8.213/91, quando autuada, pode pagar uma multa que varia de R$ 1.195,13 a R$ 119.512,33, conforme a portaria 1.199 de 28 de outubro de 2003.

Divir virta-se Divir ta-se palavr vras cruzadas Com nossa palavras cruzadas Na página 3