You are on page 1of 6

Deus não precisa de mim, mas Ele me ama o que é melhor ainda

Atos 17.22-31 1-Deus não precisa de você, certamente Ele não precisa de mim *Atributos de Deus 15...Muitos dizem ser mais em torno de 2 ...!oucos conhecem, isto se de"e, em parte, ao #ato de que ho$e em dia bem poucas pessoas estão acostumadas a meditar nas per#ei%&es pessoais de Deus. , bem poucos sabem da 'randeza do car(ter di"ino, que inspira temor e concita ) adora%ão. *ue Deus é grande em sabedoria, maravil oso em poder, c eio de miseric!rdia, muitos acham que pertence ao conhecimento comum+ contudo, che'ar,se a um conhecimento adequado do -eu -er, -ua natureza, -eus atributos, como estão re"elados nas Escrituras -a'radas, é coisa que pouqu.ssimas pessoas t/m alcan%ado nestes tempos de'enerados. Deus é "nico na e#celência do $eu $er. %& $en or, 'uem é como (u entre os deuses) *uem é como (u glori+icado em santidade, terr,vel em louvores, operando maravil as)% -.#odo 1/0111. *2o princ,pio... Deus...% -3ênesis 1011 . 0ou"e tempo, se é que se lhe pode chamar 1tempo1, em que Deus, na unidade de -ua natureza, habita"a s23embora subsistindo i'ualmente em tr/s pessoas di"inas4. 15o princ.pio...Deus...1. 5ão e6istia o céu, onde a'ora se mani#esta particularmente a -ua 'l2ria. 5ão e6istia a terra, que 7he ocupasse a aten%ão, 5ão e6istiam os an$os,que 7he entoassem lou"ores, nem o uni"erso, para ser sustentado pela pala"ra do -eu poder. 5ão ha"ia nada, nem nin'uém, senão Deus+ e isso, não durante um dia, um ano ou uma época, mas 1desde sempre1. Durante uma eternidade passada, Deus este"e s28 completo, su#iciente, satis#eito em -i mesmo, de nada necessitando. *-e um uni"erso, ou an$os, ou seres humanos 7he #ossem necess(rios de al'um modo, teriam sido chamados ) e6ist/ncia desde toda a eternidade. Ao serem criados, nada acrescentaram a Deus essencialmente. Ele não muda 34ala'uias 3054,a -ua 'l2ria não pode ser aumentada nem diminu.da. *Deus não esta"a sob coa%ão, nem obri'a%ão, nem necessidade al'uma de criar. 9esol"er #az/,lo #oi um ato puramente soberano de -ua parte, não determinado por nada, senão o -eu pr2prio benepl(cito, $( que Ele %+a6 todas as coisas, segundo o consel o da sua vontade% -E+ésios 10111 . : #ato de criar #oi simplesmente para a mani#esta%ão da -ua 'l2ria. Deus não 'anha nada, nem sequer com a nossa adora%ão. Ele não precisa"a dessa 'l2ria e6terna de -ua 'ra%a, procedente de -eus redimidos, porquanto é su#icientemente 'lorioso em -i mesmo sem ela. ;oda"ia, se assim 7he aprou"esse, Deus poderia ter continuado s2, por toda a eternidade, sem dar a conhecer a -ua 'l2ria a qualquer criatura. *ue o #izesse ou não, #oi determinado unicamente por -ua pr2pria "ontade. Ele era per#eitamente bem,a"enturado em -i mesmo antes de ser chamada ) e6ist/ncia a primeira criatura. *A minha oração não muda Deus, ela me muda, quando me relaciono com o Pai me torno mais parecido com Ele. *A minha adoração não acrescenta nada a Deus,ele não tem tal necessidade dela, ela beneficia somente a nós, cria um ambiente de céu na terra, traz a manifestação da lória de Deus que tem o poder para transformar qualquer situação. Deus est! a procura de "erdadeiros adoradores. *# meu $e$um não mo"e a mão de Deus, ele me torna mais sens%"el a "oz de Deus, mata minha carne, meus dese$os, me torna mais dependente de Deus. &sa%as '( fala do $e$um que a rada Deus. *Eis que as na%&es são consideradas por ele como a 'ota dum balde, e como o p2 mi<do das balan%as8 eis que lan%a por ai as ilhas como a uma coisa pequen.ssima. 5em todo o 7.bano basta para o #o'o, nem os seus animais bastam para holocaustos. (odas as na78es são como nada perante ele9 ele as considera menos do 'ue nada e como uma coisa vã. A 'uem pois +areis semel ante a Deus0 ou com 'ue o comparareis)% 3:sa,as ;<01/-1=4. Esse é o Deus das Escrituras+ in#elizmente Ele continua sendo o %Deus descon ecido% 3Atos 170234 para as multid&es desatentas. %Ele é o 'ue

pensamos que parecemos com an$os quando na "erdade nos assemelhamos a diabos. estamos sob a condena%ão de Deus desde nosso nascimento. <nico em -ua e6cel/ncia. Ele tudo sustenta. . Deus sabia que iriamos nos re"oltar. incompar("el em -uas per#ei%&es. com isso. mas não é enriquecido por nin uém. o 'ue é mel or ainda *. : in#erno est( esperando para arrastar o homem para bai6o. *Muitos não correram para Bristo buscando re#<'io. -ua 'ra%a se torna ainda mais 'loriosa. -ondem seus cora%&es./ *52s somos incapazes de nos sal"ar pois nossas "idas estão repletas de pecados. Mas o homem deca.as . isso mostra que de #ato merecemos o in#erno.o dele. 2-Ele me ama.*.é tão natural para n2s pecar como é para a ('ua descer a correnteza. que se$a trazido sobrenaturalmente da morte para a "ida. por natureza não somos melhores do que o pior dos pecadores. foi como se um buraco ti"esse sido abente debai."el dizer que "oc/s odeiam a Deus mas é "erdade. Elas #o'em da 'ra%a que lhes é o#erecida.+pur eon diz. achamos que tem coisas boas em n2s. * 5ada nos seres humanos é atraente. por isso não dese$am ser libertos dele. estamos abandonados em campo aberto cheio de #eras sel"a'ens procurando carne para comer. *A nossa natureza é tão #raca e desamparada quanto a de um beb/ abandonado. : pecado quer en'olir o homem. s2 pode ser conhecido espiritualmente.22-234. e muito menos entend/.ampouco o intelecto pode conhecer a Deus. portanto. : Deus das Escrituras s2 pode ser conhecido por aqueles a quem Ele pr2prio -e d( a conhecer.miraculosamente trans#erido das tre"as para a luz. pois tenta bai6ar o 'rande Deus ao n.<."el destrui%ão da qual Bristo nos sal"ou. não podemos #azer nada para nos trazer a "ida. e os desenrola como tenda para neles abitar9 o 'ue +a6 voltar ao nada os pr. 52s somos mais repu'nantes a Deus que cobras "enenosas e sapos são para o homem. pois por natureza n2s não queremos ser sal"os. somente o -anto Espirito de Deus pode #azer com que conhe%amos a "erdade que al'uns dentre n2s odeiam a Deus. Ele d! bens a todos.ncipes e torna coisa vã os ?u. ar'umento apresentado por 1apolo'etas1 bem intencionados. e quando isso aconteceu ele relata que ficou sem chão. não pode sequer "er as coisas de Deus 3@oão A8A4. 'enerosos. é descrito de"e ser re"erenciado. =sso ter( que acontecer por um mila're o qual somente Deus pode operar..odos os homens são pecadores desde o nascimento. A menos que nas%a de no"o. nesse caso estamos tão perdidos quanto aqueles que estão na cadeia. elas re$eitam o e"an'elho quando é pre'ado.. honestos.istiria nem mais um minuto. mais se não nascermos de no"o. tem causado mais dano que bene#."el do entendimento #inito e. cu?os moradores são para ele como ga+an otos9 ele é o 'ue estende os céus como cortina. se sua mão pudesse ir tão lon e quanto o seu coração Deus não e. muitos de n2s odiamos a Deus.do não é espiritual+ é carnal. tudo neles é repu'nante. que nossos cora%&es são apartados dEle. Deus nos . mas Ele mesmo é independente de tudo e de todos. *A situa%ão se torna pior ainda. ). "oltam suas costas para Deus de maneira per"ersa e obstinada. sensatos. somente Deus sabe dos peri'os que estamos e6postos se não nascermos de no"o. *uando percebemos a terr. Est( morto para tudo que é espiritual. *uão imensamente di"erso o Deus das Escrituras do 1deus1 do p<lpito comum> *: -er que a. *Al'umas pessoas não querem a miseric2rdia de Deus. podemos ser di'nos.6es da terra% 3=sa.las.1 3@oão 82 4 e.cio. 1Deus é esp.rito. pois de"emos tremer por causa da maldade do nosso pecado. A morte quer tra'ar o homem desamparado. estamos mortos em nossas trans'ress&es e pecados. -# homem é assassino de Deus em seu coração. :utra coisa que impede de #azermos coisas m(s é que temos medo de que as pessoas "e$am quem realmente somos. Da"id 0rainerd diz que ro ou a Deus para lhe mostrar o tamanho de sua trans ressão. é terr.amos entre elas se Deus não impedisse 'raciosamente que #izéssemos o que temos "ontade de #azer. outros por qu/ estão dentro de uma i're$a quando na "erdade Deus en6er'a diretamente o intimo de nossos cora%&es.est> assentado sobre o globo da terra. não podemos #azer nada para nos sal"ar. *52s estamos e6postos ao peri'o. *Al'umas pessoas são tão m(s que são colocadas na cadeia. perde de "ista a -ua sin'ular e6cel/ncia.cultuado. adorado.se sal"os porque pensam ser melhores do que os que pecam abertamente. Estar( o eterno e in#inito Deus tanto mais ao alcance da razão humana? 9ealmente. 52s estar. Ele é solit(rio em -ua ma$estade. pois muitos não amam a "erdade de Deus e sim o pecado. estou #alando de cada um de n2s por natureza. pois muitos consideram. *5ão estou descre"endo somente pecadores muito per"ersos. não.

e como é terr.mpios."el do que por todas as pro"as que Deus antes dera da -ua a"ersão pelo pecado. H a causa motora daquela senten%a $usta que Ele la"ra sobre os mal#eitores.cia? Bomo poderia Aquele que é in#initamente santo #icar indi#erente ao pecado e ne'ar. por toda in$usti%a. *Mais8 que a ira de Deus é uma per#ei%ão di"ina est( demonstrado claramente pelo que lemos no $almo C/0118 1Aor isso ?urei na min a ira 'ue não entrarão no meu repouso% . *5o cap.lo. Ele odeia todo pecado+ e porque Ele odeia todo pecado. o ap2stolo !aulo chama a aten%ão dos crentes para o #ato de que a cria%ão inteira #icou su$eita ) "aidade. !orque Deus é santo. dei6ar de detestar e de odiar o que é impuro e "il? A pr2pria natureza de Deus #az do in#erno uma necessidade tão real. A mesma cria%ão que declara que e6iste um Deus.tulo J de 9omanos.6o a min a mão. Em 3ênesis 22015 disse Deus8 1!or . le"itas. *Deus não nos amou porque sabia que seriamos pre'adores. Duas são as ocasi&es em que Deus 1$ura18 quando #az promessas -3ênesis 220151. porém. a -ua ira in#lama.cio.nio como Io"ernador do uni"erso. e publica a -ua 'l2ria. um ultra$e ) -ua soberania in"iol("el. e eu +a7o viver9 eu +iro. Deus est( irado contra o pecado porque este é rebelião contra a -ua autoridade. Ele sabe que todas as pessoas são culpadas. 5ão que a ira de Deus se$a uma retalia%ão maldosa e mal intencionada. Ele não se en"er'onha de dar a conhecer que a "in'an%a e a c2lera 7he pertencem. muitos h( que #o'em de "isualizar a ira de Deus. se nEle não hou"esse 1ira1> A indi#eren%a para com o pecado é uma n2doa moral. Mas. -erão le"ados a sentir quão 'randiosa é aquela Ma$estade que eles desprezaram. e recompensarei aos meus aborrecedores% -DeuteronBmio 3203C-. e eu saro9 e ninguém > 'ue escape da min a mão. "emos que Deus não #ez tentati"a al'uma para ocultar a realidade da -ua ira.-e a mani#estar a -ua 1se"eridade para com ele? Bomo poderia Aquele que s2 tem prazer no que é puro e nobre. parece que 'ostariam que não e6istisse tal coisa.11. do que ao -eu amor e ternura. Ele não ser( re"anchista. 5ão h( nenhuma razão para Deus sal"ar pecadores. Aor'ue levantarei a min a mão aos céus. e quando essa ira #oi demonstrada nos -eus so#rimentos é morte. -2 pode ser assim. 5a primeira. do céu se mani#estou a ira de Deus quando o Kilho de Deus "eio a este mundo para re"elar o car(ter di"ino. de maneira mais terr. Cm estudo na concordDncia mostrar( que h( mais re#er/ncias nas Escrituras ) indi'na%ão. para a sabedoria e a estult. ou de"ol"er a o#ensa recebida. entre'adores de #olhetos. $e eu a+iar a min a espada relu6ente. a ira de Deus é uma per#ei%ão di"ina tanto como a -ua #idelidade. 5ão+ embora se$a "erdade que Deus "indicar( o dom. são como criminosos no tribunal de $usti%a. H o desprazer e a indi'na%ão da di"ina equidade contra o mal. ou. e aquele que não o odeia é um leproso moral. Cm $uramento é #eito para con#irma%ão8 Debreus 5015. e 'eme e tem dores de parto. porém. :s insur'entes contra o 'o"erno de Deus saberão um dia que Deus é o -enhor. ha"eria. 5ão somente não h( imper#ei%ão nenhuma em Deus. como se #ossem intimados a "er al'uma n2doa no car(ter di"ino. : atributo mais citado na b. Eis o $eu desa+io0 %@ede agora 'ue eu. mais podemos encontras mais de FGG re#er/ncias sobre a =ra de Deus. ou al'um de#eito no 'o"erno di"ino. H a santidade de Deus posta em a%ão contra o pecado.nima importDncia. o -eu poder ou a -ua miseric2rdia. o que dizem as Escrituras? *uando a procuramos nelas. Acima de tudo. mas também não h( nEle per#ei%ão que se$a menos per#eita do que outra. e mais nen um Deus comigo9 eu mato. nem o mais li'eiro de#eito no car(ter de Deus. +arei tornar a vingan7a sobre os meus advers>rios. lideres. -im. pelo menos. 3-A :ra de Deus * Al'uns cristãos pro#essos consideraram a ira de Deus como uma coisa pela qual eles precisam pedir desculpas.blia é a -antidade.1. $ura para aterrorizar os .ama mesmo sabendo que muitas "ezes não cremos nEle. e direi0 Eu vivo para sempre. um requisito tão imperati"o e eterno como o céu o é. $ura com miseric2rdia dos -eus #ilhos+ na se'unda. pois não h( m(cula al'uma. eu o sou. e quando #az amea%as -DeuteronBmio 103.se contra o pecador -almo E811. in'ratos em nossos cora%&es com Ele."el aquela ira de que #oram amea%ados e a que não deram a m. e travar do ?u. Bomo poderia Aquele que é a soma de todas as e6cel/ncias olhar com i'ual satis#a%ão para a "irtude e o ". !ois bem. ) c2lera e ) ira de Deus. Deus nos amou sabendo que muitas "ezes seriamos #rios. in#li'indo a'ra"o s2 pelo prazer de in#li'i. também proclama que Ele é o inimi'o do pecado e o "in'ador dos crimes dos homens. *A ira de Deus é a -ua eterna o$eriza.

$en or.. lon'e de suas ben%ãos. a ira do Gordeiro% -Apocalipse 50151. 5ão h( apenas uma ima'em b. pobres pecadores. pois ele é também para a alma de e6tremo tormento por estar separado de Deus.. eis ai o céu+ aqueles que não o querem não o tem. $urei1.:n+erno *=n#erno é a separa%ão eterna de total consci/ncia das ben%ãos de Deus.mpios não subsistirão no ?u. -ua a'onia terr. Estamos sempre inclinados a uma considera%ão super#icial do pecado. :btenha certeza disso> 9o'ue ao -enhor que sonde o teu cora%ão e te re"ele o que tu és.vel. A b. $en or. -eu <ltimo e tremendo brado. meu leitor. *uão dolorosamente a alma de Bristo padeceu ao pensar na a%ão de Deus obser"ando as iniquidades do -eu po"o quando estas pesaram sobre Ele> Ele 1. Mas. *A ira de Deus é uma per#ei%ão do car(ter di"ino sobre a qual precisamos meditar com #requ/ncia. que poderia le"ar todos os -eus inimi'os ) destrui%ão num piscar de olhos. : or'ulho nos impede de querer Deus por perto. pecadores+ o moinho de Deus m2i de"a'ar.blia descre"e o in#erno como um lu'ar de escuridão com 'rande ran'er de dentes. mais terr. -eu 'rande clamor e s<plicas -Debreus/071. a encobrir a sua #ealdade..mim mesmo. por 'ue me desamparaste)% L tudo mani#esta que pa"orosas apreens&es Ele te"e quanto ao que era para Deus obser"ar iniquidades M."el e insuport("el ser( a #<ria resultante dos abusos #eitos ) -ua bondade . aqueles que querem Deus eles o tem. 52s lhe ro'amos com todo o empenho. e como todas as per+ei78es divinas são notavelmente mani+estadas por Ele -Foão 101=1. Bada um de n2s pode muito bem #azer esta per'unta. 1Ku$a1. podemos clamar8-enhor. mais por entendimento teol2'ico. pois est( escrito que %. abita corporalmente toda a plenitude da divindade% -Golossenses 20C1.. para que os nossos cora%&es #iquem de"idamente impressionados com a o$eriza de Deus pelo pecado.. onde o #o'o não se apa'a e o "erme não morre. 5ão penseis..0331. se "oc/ não conse'ue . não lhes en"ia pro"is&es. antes que se$a tarde demais. !rimeiro.os . Enquanto que no $almo C/011Ele a+irma0 %Furei na min a ira% . De #ato a distDncia que "oc/ "i"e de Deus aqui na terra determina a sua distDncia dEle na eternidade.6o.lo com escusas "(rias.. por isso lemos sobre 1. 1ada é mais brando do que o mar2 contudo.blica para o in#erno."el é o pecado. Assim é que o 'rande @eo"( pessoalmente recorre ) -ua 1ira1 como a uma per#ei%ão i'ual ) -ua 1santidade18 tanto $ura por uma como pela outra> Ainda8 como em Gristo %. mas m2i #ino+ quanto mais admir("el é a'ora a -ua paci/ncia e 'enerosidade. quem subsistir(.blia diz que h( muita dor e miséria para uma alma estar sem Deus. -e um pr. 'uem subsistir>)% -$almo 13<031. mas mantém sitiado o local e #az o que pode para "enc/. Aquele que #az o bem aos maus e in'ratos.ua ira? *1: maior mila're do mundo é a paci/ncia e 'enerosidade de Deus para com o mundo in'rato. pode muito bem ordenar.los. -uas reiteradas ora%&es. então recebam o que "oc/s realmente querem. Mas o 'rande Deus.. . come%ou a ter pa"or. e a an'ustiar. passe de mim este c>lice%. elas não querem estar com Deus. quanto mais estudarmos e ponderarmos a a"ersão de Deus pelo pecado e a maneira terr. e o in#erno não é descrito somente por ima'ens. Deus tem mostrado sua 'ra%a e bondade e elas não querem. !ronto. mais probabilidade teremos de compreender quão horr..se1 -4arcos 1..nos que bendi'amos os que nos maldizem. tolera.los pela #ome. 899:.da ira +utura% -4ateus 3071. que escapareis assim. -e'undo.. a cruz. in#erno é as pessoas recebendo o que elas merecem. não "e$o moti"os para Deus te le"ar para o céu+ isso seria uma tortura para "oc/ que quer "i"er sem Deus sendo que a Escritura diz que Bristo ser( nossa heran%a. não pense que esta mensa'em tem em "ista outra pessoa. %Deus meu.."el. H para "oc/. nada se enfurece mais. se "oc/ optou por "i"er uma "ida sem Deus aqui na terra re$eitando a Ira%a. porém.. a desculp(. 1$e é poss. pois. e nada tão terr%"el como a +ua ira quando se inflama4 56illiam 7urnall. eis ai o in#erno."el como se "in'a dele.. observares -imputares1 as ini'uidades. Nem que n2s.os e se empenha diariamente para sustent(. -eu suor de san'ue. se o pr2prio Kilho de Deus tremeu tanto sob o peso da . em al'um momento Deus diz8 Ocerto "oc/ estar( sem mimP. 5ão #ique satis#eito em pensar que "oc/ $( #u'iu para Bristo. #u$a para Bristo+ #u$a 1 . quando se a ita e forma temporal. 1ada é tão sua"e como a paci3ncia e bondade de Deus. A b.ncipe tem inimi'os metidos numa de suas cidades. para produzir em nossas almas um "erdadeiro temor de Deus8 1 *1$e tu. # inferno é $usto< As pessoas recebem o que elas merecem.% -$almo10/1. 5o $almo =C03/ Ele declara9 %Ema ve6 ?urei por min a santidade% . Deus meu.

pois ela est( mais pr26ima do que ima'ina. de repente che'a um bombeiro de barco e $o'a a boia. o céu s2 é céu porque @esus est( l(. *0( pessoas que pensam que n2s s2 de"er. ele #ala do car(ter "in'ati"o de Deus contra aqueles que o desa#iam. !ense quantas pessoas esta"am na i're$a e ho$e não estão mais. nesse caso não h( mais sal"a%ão. pessoas que não leem a b. não est( dormindo.ador(. a lei ou se$a a re"ela%ão ela era apedre$ada sem miseric2rdia pelo depoimento de duas testemunhas. não é passi"o. /. *Porém pecadores. *=ma'ine um homem bruto pisando um homem bom. Deus não ser! respons!"el. Apenas uma horr. ou ou"em de maneira fr%"ola. *Ao pecado da apostasia não resta mais sacri#. pois a pessoa conhecendo a "erdade pre#ere "i"er em pecado a'e como al'uém que est( em alto mar. peca contra o Espirito porque o ultra$a. Al'uns se sentem bem por não conhecerem a sua situa%ão. nin uém mais. só "oc3 ser! culpado por sua própria condenação no Bltimo 7rande Dia.cio. terr. . : in#erno s2 é in#erno porque @esus não est( l(. !eca contra o !ai porque pisa no Kilho. A comunhão com o irmão é um dos meios que Deus dei6ou para permanecermos #irmes. ser! dif%cil quando "oc3 for $ustamente condenado não somente por suas brechas na >ei. Ele "i"e para sempre. "ida em pecado deliberado. *Kaculdade. recompensando as pessoas que "i"eram uma "ida sem Deus com uma eternidade sem Deus. não dei6e de con're'ar. mas por sua re$eição "olunt!ria ao E"an elho? Pecador. "oc/s estão pecando contra a pr2pria alma. a'ora ima'ina o que acontecer( com aqueles que conhecem a "erdade. ele #az uma ad"ert/ncia se"era . mas outros tem consci/ncia de sua condi%ão a tal ponto de se sentirem an'ustiados não tendo prazer na "ida assim com o 9ei -aul. uma rebelião contra Deus. por cada "ez que leu a 0%blia. *5o Anti'o . durante todo o dia. Ele é 'lori#icado diante disso.."el coisa é cair nas mãos de um Deus "i"o. a dor. pro"ados. **uando ele diz n2s se re#ere aos $udeus. pois Ele pode te #azer #eliz eternamente como pode te #azer so#rer para sempre.lo l(. e por cada "ez que ne li enciou sua leitura2 por cada domin o quando a casa de Deus esta"a aberta e "oc3 ne li enciou tirar pro"eito da oportunidade de ou"ir a pala"ra de Deus e por cada "ez que a ou"iu e não a escutou? @oc3s que são ou"intes desatentos estão $o ando lenha na sua própria fo ueira eterna? @oc3s que ou"em e se esquecem imediatamente. Ele é o Deus do A. mais o autor de 0ebreus não ou"iu esse tipo de psicolo'ia moderna. encora$amento.amos pre'ar que Deus é amor. o !ai de @esus.Ele #alou e est( re'istrado em DeuteronBmio 32. o autor é $udeu e eles o conheciam. Apostasia é o abandono da #é.. *: apostata se torna ad"ers(rio de Deus.. é "irar as costas para @esus conhecendo que s2 nEle se tem sal"a%ão. escutar pre aç=es é al o terr%"el a não ser que abençoe suas almas. não queira ir para o céu com medo do in#erno. o Espirito é quem traz a pala"ra e a 'ra%a. peca contra o Kilho porque despreza seu san'ue. porque l( "oc/ ter( apoio mutuo. estão ca"ando sua própria co"a? >embremAse. mesmo quando al'uém "ai ao in#erno Ele est( sendo $usto. mais que @esus se$a seu principal moti"o.14otivos da apostasia *: so#rimento. isso 'era re"olta + a'ora ima'ine que o homem bom se$a seu #ilho. nem porque l( tem paz.zo e #o'o "in'ador prestes a consumir os ad"ers(rios. então o apostata re$eita a 'ra%a. no 7rande Dia do +enhor "oc3 de"er! prestar contas por cada ad"ert3ncia que recebeu. Ele é chamado de Deus "i"o porque Ele é "i"o. Cni"ersidade. +e Deus continua estendendo +ua mão todos os dias. então essa pessoa re$eita.estamento quando uma pessoa abandona"a a #é. abandonam a i're$a porque ali eles são testados.boa parte dos que "ão para l( se tornam a'n2sticos.blia constante. a perda que "oc/ acha que Deus #oi in$usto com "oc/. a re"ela%ão de Bristo. o que "oc/ #aria? =ma'ine o que Deus #ar( com aqueles que estão pisando em Bristo? !ro#anar é $ul'ar al'o "ul'ar e comum. a causa motora de tudo em sua "ida.lo também não conse'uir( ador(. inimi'o da "erdade. *A tenta%ão da apostasia é constante e não pense que ela est( lon'e de "oc/. sim. /-Apostasia *Deus le"a muito a sério a apostasia.3/-35."el e6pectati"a de um $u.

porque Ele não de"e nada a "oc/. eu e "oc/ somos rebeldes e não temos nada para bar'anhar. não h( nada que possa #azer.. Ele não criou porque esta"a solit(rio e pensou8MM Deu trabalho como Deus seria mais a rad!"el se eu fizesse uns dois ou tr3s para carre ar minha ima em.cil #oi para !aulo apontar a cruz para um monte de acad/micos so#isticados o qual a no%ão de reli'ião se basea"a em uma mão la"a a outra... não porque Ele tem um problema psicol2'ico. A'ora como teremos um relacionamento com um Deus assim? Ele não est( distante.ram do seu controle.52s precisamos dEle para a "ida. que ele não se deleite em n2s. não porque Ele abandonou sua soberania.Ele é o dono de sua "ida. dono de tudo. e mesmo l( Ele era um deus de amor porque o !ai ama"a o Kilho.#eira e #alasse8 CC1ossa. não porque Ele precisa de al'uma coisa mas por causa das suas per#ei%&es. para comida. não me entenda mal. mal posso esperar até domin o para eles arrasarem com suas uitarras no"amente.. a respira%ão e tudo mais. de tudo que Ele é. não porque Ele tem uma necessidade.-2 uma maneira de se relacionar com um deus assim.Deus não precisa de você. certamente Ele não precisa de mim. que me ba$ulem de "ez em quando/.=ma'ina o quão di#.. Ele é dono do planeta inteiro. preciso de uma a itação aqui em cima MM.. de #ato a <nica razão pela qual "oc/ est( "i"o é pela permissão dEle. 5ão porque Ele não pré. . . =sso não si'ni#ica que Ele não rea'e ( n2s. Ele responde sempre de acordo com seus atributos o tempo todo. caracter.. estou me sentindo tão sozinho.Ele não precisa de n2s. Ele era inteiramente cheio de ale'ria e contentamento. Ele nunca é menos do que Deus.somente se ele mani#estar 'ra%a soberana.Ele não precisa de n2s.. para sa<de. e que nem um pardal cai do céu sem sua permissão+ Ele conhece todos até os que desaparecem. mas não por causa de uma necessidade em seu pr2prio ser ou car(ter. 5a Eternidade passada antes que hou"esse al'uma coisa Deus era.. mais Ele responde ( partir de suas per#ei%&es e "ontade. Bomo bar'anhar um Deus assim? Deus eu te dou 1GR."/ o #uturo.. não porque as coisas sa. Ele não precisa de nada.. que não se desa'rade de n2s.. Ele não precisa de nossos 'rupos de lou"or+ não é como se Deus che'asse na quinta. não porque Ele não é soberano.oda "ez que respiro é com sua permissão. eu sou uma criatura completamente dependente de Deus. #Qle'o e tudo mais. -e ele te pedir sua "ida essa noite "oc/ "ai.sticas e atributos.Ele rea'e sim ( n2s. @esus ensinou que até os cabelos de nossas cabe%as estão contados... precisamos dEle para a "ida.

Related Interests