You are on page 1of 2

Ikú (Morte

)

IKÚ É UM ÒRISÁ Ikú, a Morte é um Orixá, designado por O odumare para uma !un"#o derradeira$ %xistem e s#o rar&ssimas, pessoas de Ikú 'ue, e(identemente, n#o s#o ini)iadas, )umprem norma mente seu destino e tem !un"*es espe)&!i)as num I + ,xé$ O-ekú Me.& é primeiro )amin/o 0 terra, 'uando o Odú O-ekú Me.& )/egou 0 1erra, a morte ainda n#o existia$ Orixá Ikú 2morte3 nas)e nesse )amin/o para )umprir sua !un"#o na 1erra, Opirá$ 24IM3$ O-ekú Me.i representa essen)ia mente a Morte, a pro!unda es)urid#o, representa tam5ém o ado es'uerdo, o este e o prin)&pio !eminino$ Ikú (em 5us)ar a pessoa no dia derradeiro e este.a nas )ondi"*es 'ue esti(er, para e(á6 a de (o ta ao interior da terra, ao (entre de 7an#$ Ikú )umpre rigorosamente sua !un"#o e somente a'ue es 'ue )on/e)em os omo6odús de O-ekú Me.&, poderá )on(ersar )om a morte, e por um 5re(e tempo$ Somente atra(és do Imo + %xú e num determinado Odú é e 'ue se !a8 o!erendas a Ikú, esta5e e)endo pa)tos e a)ordos )om Ikú para adiar e a!astar a morte, a iado aos 5ons e59s$ :ai ,genor di8ia 'ue; a tro)a pe a (ida, atra(és de o!erendas, é o ponto )entra do )u to aos Orixás, a (ida, nada mais é, 'ue a mais (a iosa de todas as tro)as e tam5ém a mais )ara$ ,s tro)as n#o s#o eternas, )/egará o dia 'ue Ikú terá 'ue )umprir sua !un"#o e ainda exigirá o!erendas, para garantir 'ue s9 e(ará apenas um$ <á )asos !amosos de 8e adores 'ue depois de mortos, Ikú (o tou a gumas (e8es para )o5rar sua o!erenda e n#o en)ontrando e(a(a seus !i /os, a)a5ando muitas (e8es, )om a )asa de )andom5 é$
Ikú era um .o(em guerreiro, !orte e muito 5onito$ Sua 5e e8a era taman/a 'ue impressiona(a tanto 0s mu /eres 'uantos aos /omens$ ,s mu /eres en)anta(am6se tanto )om sua 5e a !igura 'ue onde 'uer 'ue o (essem, a)ompan/a(am6no, s9 para poderem )ontinuar admirando a'ue a )riatura t#o en)antadora$ 7#o podia des(iar os o /os de e$ Os /omens, em5ora tentassem dis!ar"ar ou n#o 'uerem admitir 'ue esta(am en)antados )om a 5e e8a de Ikú, tam5ém a)a5a(am seguindo6o$ , guns do tipo ma)/#o, di8iam 'ue seguiam6 no somente por )uriosidade de sa5er 'uem era e onde mora(a$ S9 'ue Ikú mora(a a no Ig5o6ik= 2! oresta dos mortos ou ! oresta da morte3, de de onde 'uem 'uer 'ue !osse até á e entrasse, .amais sairia> nun)a mais era (isto, pois !?ra para o Ig5o6ikú$

á )umpriu sua !un"#o e somente Or& a)ompan/a a pessoa até o !im$ . e 'ue inad(ertidamente seguiam6no e penetra(am no ig596ikú.xé$ .% todo o en)anto e 5e e8a de Ikú tin/am . 'uando Ikú )/ega o nosso Orixá n#o está mais )onos)o. onde. o reino dos mortos. e(identemente. sa5e 'ue .eti(o de )/amar a aten"#o das pessoas e atra&6 as.ustamente o o5. o rei era o pr9prio Ikú$ @om Ikú n#o se 5rin)a.