You are on page 1of 16

Ecotoxicologia dos Defensivos Agrícolas e Saúde Ocupacional

Agronomia 50 Período

INSETICIDAS REGULADORES DO CRESCIMENTO DE INSETOS

Professor: Bruno Silva Pires

. de inseticidas são encontrados compostos inibidores de síntese de quitina e compostos que afetam a atividade hormonal dos insetos. São praticamente atóxicos. Nessa classe.B) INSETICIDAS REGULADORES DO CRESCIMENTO DE INSETOS Classe diferente e bastante interessante de inseticidas (atuam em mecanismos bioquímicos operantes em insetos e não operantes em mamíferos).

. não resistindo às pressões corporais nela exercidas.1) Inseticidas inibidores da síntese de quitina Impedem a formação de uma cutícula normal. a cutícula torna-se fina e quebradiça. Na ausência de quitina.

geralmente ocorre uma ruptura da cutícula mal formada. . e a morte ocorre por inanição. Em larvas tratadas. Em alguns casos. resultando no extravasamento da hemolinfa.) Atuam na fase jovem do insetos (ecdises permitem o aumento do tamanho corpóreo). a cutícula mal formada resulta em diminuição na atividade da larva.1)Inseticidas inibidores da síntese de quitina (Cont.

a epiderme é programada para a troca de cutícula. as células são programadas para a metamorfose. . O distúrbio no balanço hormonal pode causar desordens cruciais no crescimento e desenvolvimento dos insetos. em cooperação com o hormônio juvenil. Quando a concentração do hormônio juvenil é alta.O ecdisônio é responsável pelo início do processo de troca de cutícula (ecdise) e pela programação celular. Quando o teor do hormônio juvenil diminui.

aquelas tratadas na fase final do último ínstar deram origem a pupas anormais. A aplicação em lagartas na fase inicial do último ínstar resultou em instares adicionais e prolongamento da fase larval. .Compostos de ocorrência natural em insetos. A aplicação desses compostos em ovos de lepidoptera resultou em distúrbios na embriogênese. com ação de hormônio juvenil. os quais tem sido referidos como juvenóides.

pois. em sua maioria. Por outro lado.Seu uso agrícola é limitado. Eles podem induzir uma metamorfose precoce nas larvas. . compostos com atividade anti- hormônio juvenil são promissores no controle de insetos pragas agrícolas. os insetos pragas causam danos durante sua fase jovem.

e transportadas para o meio externo. Mecanismo de ação Bloqueio na síntese de quitina devido ao seu efeito inibidor do transporte de moléculas de UDP-N-acetilglucosamino (moléculas precursoras da quitina. • Triflumuron (Alsystin). • Teflubenzuron (Nomolt). onde ocorre a polimetização e formação da quitina). . • Diflubenzuron (Dimilin). introduzidas inicialmente em 1978. sintetizadas nas células epidérmicas.: Benzoilfeniluréias.Ex. • Flufenoxuron (Cascade).

2) Polioxinas . como formando lesões necróticas na epiderme. Atua tanto afetando a formação de quitina.inseticida bastante utilizado no controle de espécies de dípteros cujas larvas são minadoras de folhas.Bastante eficiente no controle de insetos da subordem homoptera.representam outro grupo de inseticidas inibidores de síntese de quitina. São conhecidos inibidores da enzima quitina-sintetase. como cigarrinhas e mosca branca (Bemisia spp.). . Ciromazina (Trigard) . Buprofezin (Applaud) .

incluindo o hormônio cerebral. . O hormônio cerebral é um peptídeo secretado pelo cérebro (controla a liberação do ecdisônio por uma glândula presente no protórax (glândula protorácica). em cooperação com o hormônio juvenil. o hormônio da ecdise (ecdisônio) e o hormônio juvenil (neotenin). O ecdisônio .2) Inseticidas que afetam a atividade hormonal O crescimento e desenvolvimento dos insetos são controlados por hormônios.é responsável pelo início do processo de troca de cutícula (ecdise) e pela programação celular.

mas presente nos adultos.  O hormônio juvenil é virtualmente ausente na fase de pupa.  Ambas as funções estão relacionadas com a transcrição do RNA mensageiro. nos quais atuam no desenvolvimento dos ovários.  Além de inibir a metamorfose. o hormônio juvenil induz a síntese de vitelogenina durante o desenvolvimento ovariano nos adultos. Concentração do hormônio juvenil é alta  troca de cutícula.  O distúrbio no balanço hormonal pode causar desordens cruciais no crescimento e desenvolvimento dos insetos. .  Concentração do hormônio juvenil baixa  metamorfose.

Compostos de ocorrência natural em insetos. . Juvenóides . A aplicação em lagartas na fase inicial do último ínstar causam o aparecimento de instares adicionais e prolongamento da fase larval. OBS: A aplicação desses compostos em ovos de lepidoptera causam distúrbios na embriogênese. com ação de hormônio juvenil. Quando tratadas na fase final do último ínstar deram origem a pupas anormais.

: Methoprene e o fenoxicarbe. como os mosquitos transmissores de doenças. Ex. OBS: Alternativamente. . conhecidos como mímicos do hormônio juvenil. os quais são prejudiciais na fase adulta. Uso agrícola limitado (efeito desses compostos ocorre após a fase larval). Alguns juvenóides tornaram-se produtos comerciais. eles podem ser úteis no controle de insetos de importância médico-veterinária.

um agente oxidante importante na etapa final da biossíntese do hormônio juvenil. isolados de Ageratum honstonianum.derivados de imidazóis. Ex.: Precocenos I e II. . São compostos de potente ação anti-hormônio juvenil em ninfas dos percevejo Oncopeltus fasciatus. Prenil . O uso agrícola desses composto encontra-se ainda em fase de estudos.Compostos com atividade anti-hormônio juvenil são promissores no controle de insetos pragas agrícolas (induzem uma metamorfose precoce nas larvas. São inibidores da atividade do citocromo P450. ou formação de adultos incapazes de reproduzir).

). Outros compostos sintéticos são: hidramitilmona e sulfluramida.C) INSETICIDAS QUE AFETAM O METABOLISMO DE ENERGIA Inseticidas que afetam o metabolismo energético são encontrados entre compostos de origem natural e sintéticos. em substituição ao organoclorado dodeclacloro. Um exemplo de composto natural é a rotenona (encontrada em planta como Derris sp. este último atualmente utilizado em iscas para o controle de saúvas. tais como: fenazaquin e pyridaben. encontram-se compostos heterocíclicos. contendo nitrogênio. Entre os compostos sintéticos. e Pachirriizus sp. .

paralisia e morte. e os efeitos de todos esses compostos incluem inatividade.Mecanismo de ação Inibição do sistema de transporte de elétrons ou desacoplando esse sistema da produção de ATP. A alteração no metabolismo de energia e a subsequente perda de ATP resulta em toxicidade lentamente crescente. .