11/25/13

“Para dedicar tempo aos filhos, é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA

Sobre o Mulher 7x7
Para mulheres e homens, héteros e gays, não necessariamente nessa ordem. É 7x7 porque não fecha nunca, nem no feriado, e somos sete. Múltiplas e enlouquecidas com a vida. O blog não tem especialidade, mas a gente quer que seja especial para vocês. Uma conversa divertida e polêmica, fútil e útil, supérflua e essencial. Que faça pensar, rir ou chorar. Comentem, opinem, esbravejem. Bem-vindos.

colunas.revistaepoca.globo.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/

1/10

com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 2/10 CENTRAL E-MAIL ENTRAR › .globo. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA Conheça as blogueiras Isabel Clemente Luiza Karam Luciana Vicária Natália Spinacé Margarida Telles Martha Mendonça Ruth de Aquino notícias esportes entretenimento vídeos Época Home Aplicativos Copa Últimas Notícias Nossa Missão Princípios Editoriais Brasil colunas.revistaepoca.11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos.

em que pais delegam a educação e a atenção aos filhos para babás.globo. por sua vez. família. Sinay diz que o amor é uma construção contínua que se fortalece diariamente com responsabilidade e comprometimento. As pessoas se medem pelo que possuem e não pelo que são. tem vários livros publicados. o senhor diz estar convencido de que muita gente ficará irritada com o que está escrito. EDUCAÇÃO. que os filhos com pais presentes que cumprem suas funções são uma minoria. filhos.11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos. que acaba de sair em português (Editora BestSeller). escolas e até para as novas tecnologias – como celular. infelizmente. aprendem a valorizar apenas o bem material. apenas o que gosta. A seguir trechos da entrevista concedida ao Mulher7x7. Por quê? Porque muita gente não gosta de escutar ou ler o que precisa. Pela primeira vez podemos dizer. em sua maioria. Até que ponto a relação dos pais com os filhos reproduz um estilo de vida da atualidade? Vivemos numa cultura do utilitarismo.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 3/10 . Requisitado consultor sobre assuntos familiares e relações pessoais. Filhos órfãos. Sociedade dos Filhos Órfãos. Os pais correm atrás do material e descuidam de seus filhos que. formou-se na Escola de Psicologia da Associação Gestáltica de Buenos Aires. “Para dedicar tempo aos filhos. televisão e computadores. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA Amor e Sexo Atualidades Cultura Família Moda e Beleza Saúde Trabalho “Para dedicar tempo aos filhos. é preciso deixar outras coisas de lado” 02/08/2012 | 14:00 | Isabel Clemente | Família | abandono. vínculos familiares Tw eetar 354 Curtir 56 mil Enviar 56 O escritor Sergio Sinay. é uma dura crítica ao modo de vida da atualidade.Há uma geração de filhos sem pais presentes nascendo ou ela sempre existiu? SERGIO SINAY – Sempre houve pais que não assumem responsabilidades e sempre haverá. Mulher7x7. Mas nunca houve como hoje um fenômeno social tão amplo e profundo a ponto de criar uma geração de filhos órfãos de pais vivos. Essa é a fórmula para criar filhos materialistas. 66 anos. Os pais de filhos órfãos. é preciso deixar outras coisas de lado”. O mais novo. Esse comportamento transmite aos filhos a noção errada de que basta ter dinheiro para encontrar quem se encarregue daquilo que nos cabe fazer. em que se busca o material a qualquer preço e por qualquer caminho. Em vários trechos do livro. é um especialista em vínculos humanos. Sergio Sinay. crianças. em seu livro. Sociólogo e jornalista. não admitem sua própria conduta e acreditam que ser pai e mãe consiste em comprar coisas para os filhos. colunas. matriculá-los em escolas caras. dar celulares e computadores modernos. Casado e pai de um jovem. afirma Sinay.revistaepoca.

Por isso. perdemos a batalha. Quando os pais são ausentes ou não cumpriram suas funções. E se cruzarmos os braços. Para saber quando e como modificá-los. Os filhos vão protestar. Aquele modo de educar era de alguma forma melhor? Aquele modo de educar tinha muitas limitações e era muito rígido em muitos aspectos. há que se tomar medidas duras. frustrar. proibir certas relações perigosas. Mas muitos pais não escolhem seus horários. trabalha-se demais para pagar o que não é necessário. O senhor diz que muitos pais usam a suposta importância da qualidade do tempo ao lado do filho para justificar a ausência. Só assim se ensina a escolher. atitudes e assumindo a responsabilidade de liderar o caminho dessa vida em direção à autonomia. é preciso pensar antes de se tornar pais. Como não resvalar para a superproteção? A infância e a adolescência são etapas muito breves da vida e necessárias para o amadurecimento biológico. os filhos aprendem que essas outras coisas (trabalho. Para dedicar tempo aos filhos. então se esquecem de ser pais. compartilhem isso. Ao abordar o problema de jovens envolvidos com drogas e violência. Depois é tarde. que é o que os filhos precisam. Para isso. Os limites do controle vão mudando com a idade dos filhos e vão se flexibilizando até desaparecer por completo. colunas. e os pais. Isso faz muito mal aos filhos. Os pais. Há que optar. Muitos casais responsáveis e amorosos se sentem sozinhos. é preciso deixar outras coisas de lado. Se não há tempo. não estabelecem limites ou têm medo dos filhos. Tudo que requer nosso tempo é imprescindível? Podemos trabalhar menos enquanto criamos os filhos pequenos? É possível dividir melhor o tempo entre pais e mães? Por que tem que ser sempre a mãe a que duplica suas tarefas? Por que podemos dizer “não” ao tempo que nossos filhos exigem de nós em vez de dizer “não” aos outros? Se os pais têm sempre tempo para suas obrigações e nunca para seus filhos. Mas é sempre mais fácil corrigir um excesso do que superar uma ausência. Amor se constrói com presença. Alguém pode mudar um modelo pobre ou insuficiente. tentarão transgredir. há que se estabelecer limites. Terão muito por aprender ainda. O que é qualidade de tempo com o filho. E se não há tempo para os filhos. Os pais tratam de comprar o amor dos filhos e temem que o cliente não esteja contente. A responsabilidade é sempre individual. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA O senhor relaciona o fracasso dos pais na educação dos filhos ao medo que eles têm da reprovação infantil. Ao se referir ao modelo do passado. Muito mais grave é não ter modelo. compromisso. Mas se sabia claramente quem eram os pais e quem eram os filhos. Se os pais pegam no leme do barco. Quando esses pais começarem a falar descobrirão que muita gente pensa assim também. De onde vem esse medo e como fugir dessa armadilha? O medo vem de uma cultura que transformou as relações humanas em transações comerciais. o senhor diz que todos sabiam seu papel. em que as mães eram o retrato do sacrifício. Ao propor que os pais busquem interagir com outros pais para a realização de programas em comum e conversas que afinem experiências e atitudes. têm medo de não ser simpáticos.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 4/10 . O senhor não acha que os filhos aprendem a diferenciar os pais que nunca estão porque não querem dos pais que não estão porque não podem? A responsabilidade de ser pais nos obriga a fazer escolhas. em um animador de televisão. dedicação. A adolescência termina entre os 18 e os 19 anos. O famoso “tempo de qualidade” de que falam muitos pais – e que inclusive tem o apoio de pediatras e psicólogos infantis – é uma desculpa para que os pais não se sintam culpados. O carinho dos filhos não se compra. é parte do processo. Isso não é um problema. Conversar com outros pais e empreender projetos comuns. da disciplina ainda que com distância emocional. É verdade que os pais são demandados por muitas atividades. há que estar presente. Seremos adultos a maior parte da nossa vida. não concordam com o que vêem outros pais fazendo e seguem adiante com suas convicções. É o caso de uma família evitar certos círculos de pessoas e lugares. ensinar que nem tudo é possível. em que muitos pais sequer comparecem às reuniões na escola. criou um vínculo de maternidade e paternidade. biologicamente ou por adoção. Às vezes. As pessoas se enxergam como recursos ou clientes. e até cidades. mas terão boas bases e um bom sistema imunológico contra os principais perigos sociais.globo. de alguma forma. Ser pai e mãe é uma oportunidade para aprender a diferenciar os desejos das necessidades. não se avança. no entanto. marcar as fronteiras. o tempo que perdem no trânsito e. Os filhos sempre buscarão transgredir para crescer. ao fim da adolescência. Muitas vezes. ficam menos com os filhos do que gostariam. há que falar e propôr interação. ajuda a afirmar a tarefa e permite a troca de experiências úteis. psíquico e cognitivo. Os pais são adultos e um adulto sabe que na vida não se pode tudo. por falta de opção. seus filhos serão pessoas com ferramentas para caminhar pela vida. E só quem escolhe pode ser livre. se achar que a vida do filho está indo pelo caminho errado? Não se pode ter medo de tomar decisões. Nas grandes cidades. Ser pai com amor e presença não significa converter-se em uma pessoa simpática. na sua opinião? Não há qualidade sem quantidade. Criar e educar é também frustrar. o senhor está sugerindo que educar é. uma obra coletiva? Educar é uma missão intransferível de quem. O problema é quando os pais viram o rosto. vemos adolescentes imaturos de 30 ou 40 anos. É uma oportunidade para aprender a diferenciar o que a publicidade vende do que realmente precisamos. Mas eu pergunto “são todas obrigatórias?”. e realizam esse trabalho com amor.11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos. o senhor diz que a solução é os pais terem mais controle sobre o que eles fazem e onde vão. não é uma utopia propor essa interação entre os pais? Sem utopias. não há qualidade. algo não acontece hoje. mas estava em silêncio. O “tempo de qualidade” são cinco minutos nos quais os pais culpados dão tudo aos filhos para evitar o conflito. olham para o outro lado. dizer a eles “vocês estão num bom caminho”. dizer não. ainda que às vezes cometessem excessos em sua autoridade. Os pais não tinham medo de atuar como pais.revistaepoca. Em qualquer tarefa para alcançar qualidade é preciso tempo.

Querer que um pediatra. de modo que não há desculpas. e não os filhos. Essas tecnologias muitas vezes nos conectam mas nos tornam incomunicáveis. nem creche. que dá informação vital sobre esse mundo e que é uma ponte para ele. alcoolismo. mas não mantêm diálogos nem proximidade. colocando limites. aos 83 anos.globo. Os filhos nunca são o problema.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 5/10 . é o que fazem os pais com presença. algo que se passa por vínculos. mas assume responsabilidades e logo colherá frutos. Curta o Mulher7x7 no Facebook e siga-nos no Twitter. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA reuniões. Por isso não há soluções fáceis nem receitas. Estão nos pais. Não é obrigação dos filhos compreender os pais (ainda mais quando são pequenos). oferecendo um modelo de vida que faça sentido. mas se os pais amam seus filhos devem dar a eles provas desse amor. festas. O senhor afirma que o amor é uma construção. não podem se separar. a internet. Onde está o erro dessa atitude? Ser pai e mãe é um trabalho. estão deixando os filhos de lado acreditando estarem fazendo a coisa certa? Eu os recordaria que ser pai e mãe foi uma escolha. transmitindo-lhes valores. ser alimentadas. sem perceber. o único amor incondicional que existe é dos filhos para os pais. Nossos filhos nos ensinam a ser pais. A escola é a grande socializadora que ensina a viver a diversidade e a respeitá-la. Não se pode delegar esse trabalho às novas tecnologias. receber valores e. violência juvenil.11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos. A escola não pode fazer a vez do pai e da mãe. uma babá. ensina. comportamento de risco. Vemos esse comportamento da não-interação se estendendo à mesa de restaurantes. que treina habilidades para viver e atuar no mundo. não clientes. mas é fato que muita gente opta por soluções fáceis. Educar é ensinar que as pessoas são o fim. O senhor acredita em amor incondicional? Como bem dizia Alice Miller. vivendo os valores que pregamos. Em pleno século 21. pedir desculpas. O senhor diz que escola não educa. sobretudo. ser amadas. O senhor critica também a estratégia de entreter as crianças com DVDs em viagens para elas ficarem quietas.revistaepoca. Que mensagem o senhor daria para os pais que. Essa vida precisa de respostas. quem não quer ter filhos não tem. o senhor deixa claro que educar é um processo contínuo que exige envolvimento e dá trabalho. nem se enfrentar. e não o meio. O grande e maior problema (vício em drogas. A escola e os pais são sócios. Isso é educar. um psicólogo. Educar é transmitir a certeza de que cada vida tem um sentido e há que viver a busca desse sentido. o amor será apenas palavras.Por isso é preciso pensar antes de ser tornar pai e mãe. Cada filho é uma pessoa única. Pais que procuram esse tipo de solução provam que o problema são eles. ter proteção. reparar o erro e seguir adiante. E diria que só há uma maneira de aprender a ser pai e mãe: convivendo com os filhos. frustrando quando necessário. A escola não é um parque de diversões. a televisão. Pais que não respeitam as escolas ensinam seus filhos a não respeitar as instituições. nem shopping. É possível impor limites sem ser chato? Aquele que impõe limites não recebe sorrisos nem aplausos. estando presentes em suas vidas. e era uma grande defensora dos filhos. acidentes de carro. sempre com responsabilidade e presença. doenças novas como obesidade infantil ou déficit de atenção. colunas. um professor. Os filhos são alunos da escola. Os pais não podem pedir à escola que ocupe o lugar que eles deixam vago. Isso se vê especialmente nas famílias. As crianças precisam muito mais dos pais: para crescer. Tem que atuar de um modo cooperativo. O que não se deve esperar da escola? Educar é transmitir valores por atitudes. É obrigação dos pais atender às necessidades dos filhos. acompanhando seu crescimento. Quem tem filhos tem responsabilidades sobre uma vida. Mais posts sobre o tema: Pais que nunca estão lá A difícil formação dos bons hábitos O fim da culpa (para mães que trabalham fora) Isabe l Cle me nte é e ditora de ÉPO CA no Rio de Jane iro. onde todos têm celulares e computadores. os avós ou a escola se encarregue dos filhos é buscar uma solução fácil. ações e condutas. Sem isso. entre outros) não está nos filhos. Que soluções fáceis devem ser postas de lado? Filhos não vêm com manual de instruções. Em seu livro. errar. encontros sociais. Os filhos não precisam provar seu amor aos pais. ser guiadas. nas crianças ou nos adolescentes. uma extraordinária psicóloga suíça que morreu no ano passado. esportes etc) são mais importantes do que eles porque nunca podem ser adiados.

Que papo nada a ver. É um puxão de orelha para as mulheres preocupadas somente com sua reputação e entretenimento. Inadmissível! Abasse 1/12/2012 | 11:33 Só reforça uma coisa que todos sabem o equilíbrio entre as ações é fundamental para o sucesso em qualquer área.globo.youtube.r Damaris 10/01/2013 | 1:58 Trabalho na área da educação e concordo plenamente com o que o autor diz. com os hippies coisa e tal criança não apitava nada. pagava ama babá o escambau. Que babaca! Que embasamento ele colunas.com/watch?v=5qppjdWj7WI Abraços Thaís Janaina de Luna 18/09/2012 | 14:45 A coisa mais ridícula que eu li sobre educação em bastante tempo.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 6/10 . http://www.11/25/13 Faça seu comentário “Para dedicar tempo aos filhos. que ainda dá tempo para consertar muita coisa. Ninguém levava filho pra canto nenhum. Obrigado! Thaís Vianna Bentes 6/11/2012 | 13:31 Excelente!! Concordo em gênero e grau! Gostaria que o autor assistisse este vídeo que estou mandando. O resultado? Crianças sem limites. Quem não tinha não dava muita bola pra educação de criança não. O que mais observamos hoje é descomprometimento dos pais que delegam todas as responsabilidades à escola. inclusive na mais importante de todas ” a educação dos filhos”! Abasse 1/12/2012 | 11:30 Boa entrevista. que não respeitam nem mesmo os próprios pais. Até os anos sessenta .revistaepoca. que vem muito de encontro com o que ele escreveu. A princípio um sentimento de culpa. O cara fica falando que os pais hoje não se dedicam aos filhos. Já vi aluno colocando o dedo no nariz da mãe dizendo “só porque você está na frente da diretora é que fica falando essas coisas. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA Nome* Email* Site Comentário Digite o texto Comentar Mostrar todos os 54 comentários solange 14/04/2013 | 8:42 Belíssimas palavras tudo que os pais deveriam saber e por em pratica. Quem tinha dinheiro mandava pro colégio interno . E culpa era uma coisa que não exista. Olha só até pouco tempo atrás criança não era nem gente. como se ao pagar uma mensalidade escolar transferisse a criação dos filhos para a instituição. em seguida. não comia nem na mesa. que delegam a babás e escola. Botava logo pra trabalhar e pronto. tá querendo aparecer?”.

Mas e os pais de classes menos favorecidas que precisam trabalhar 8 horas por dia muitas vezes longe de casa.UCPel Beta De Morais Nunes · MÃE com todas as letras maiúsculas. deixam claro que você tem coragem.. em sociedades com colunas. chega a ser engraçado quando ele fala que no mundo de hoje os pais usam joguinhos pra entreter as crianças. possam desfrutar e seguir tranquilos quanto ao quesito EDUCAR… Fiquei feliz em tomar meu tempo com leitura tão gratificante.globo. Ficou aquela vontade de conhecer a obra.. Estamos precisando de mais entrevistas assim na mídia. embora a maioria das vezes através de bandidos? Algumas proposições se tornam difíceis de creditos. para ganhar um salário que mal dá para a sobrevivência da família? Quando é que esses pais vão poder ter tempo para ficar com os filhos? Regina Aparecida Costa 7/09/2012 | 11:40 Parabéns. amigona. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA tem pra chegar a essas conclusões? Pesquisas que apontem isso? O que vemos por ai são os pais massacrados pela culpa e pela cobranças da sociedade moderna. Quanto ao livro do Sergio Sinay. Pois é. grande e generoso. Parabéns.. TE AMO. concordo plenamente que a ausência dos pais nas educação dos filhos tem sido um problema muito frequente ultimamente.11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos.. "Eu sei que vou te amar.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 7/10 . Responder · 2 · Curtir · 26 de junho às 15:57 Anete Poli Maia · Trabalha na empresa Governo do Estado do Paraná Fazer filhos e soltar para os avós cuidar é muito fácil. recomendo. Mas preciso também fazer uma ressalva. protetora. bjo. que me sinto leve. ter compromisso e responsabilidade é que são elas. essa se evade. tem postura. É muito fácil dizer pra alguém que tem um emprego bom e que paga bem para trabalhar menos e ficar mais tempo com os filhos. Vamos fazer uma pesquisa e ver em quantas casa com poder aquisitivo melhorzinho os 8 filhos da família jantavam com os pais? Sabe o que esse cara faz .essa é minha prima Kuka.. Excelente. Aumenta a culpa dos pais que já se sentem completamente sobrecarregados no que agora se considera uma paternidade minimamente decente.que Deus te abençoe sempre e te fortaleça a cada dia. Rsss Rsss – somos pais! Priscila 12/09/2012 | 16:18 Ótima matéria. De todos os recursos. de 13 anos. provavelmente não tem ainda a experiência de ser mãe ou educadora. Mostrar todos os 54 comentários 45 comentários Kuka Wulfhorst · Ludw ig Maximilian University of Munich Me permito dizer. etc Responder · 4 · Curtir · 26 de junho às 09:35 Seguir · Universidade Católica de Pelotas . . O amor estará presente sempre entre pais e filhos mas. lindo demais. Eu sempre estive ao lado do meu Patrick (in memoriam) e hoje cato fagulhas de forças para continuar minha missão com o meu amado filho mais velho. antigamente nem precisava. depois da partida prematura e súbita do meu filho saudável. carinhosa. de colocar seus pensamentos a disposição de milhares de pessoas. Responder · 6 · Curtir · 25 de junho às 20:30 Com entar Rosane Peres Galarce · Porto Alegre Você é uma ótima MaMãe.cujo coração é leve. Escola não educa? Não são as escolas que ensinam a ética. Paula 10/09/2012 | 17:17 Como educadora. De seus recursos.. amorosa. Isso é doação pura. de 11 anos.revistaepoca. por AVC Hemorrágico. a partir da sua entrevista. “gostinho de quero mais”.. por toda minha vida" Responder · 22 · Curtir · Seguir publicação · 25 de junho às 19:53 Plenitude Canoas · Senac Canoas Tu sempre foi uma ótima mãe. Quando os obstáculos são no manejo dos conhecimentos da escola. Cláudio Barbosa 17/09/2012 | 19:01 PARABÉNS!!! Sergio Sinay contribui imensamente aqui para que nós pais. Responder · 5 · Curtir · Seguir publicação · 2 de agosto de 2012 às 16:12 Seguir · Quem mais comentou · Assessora Técnica na empresa Escritora Juliana Surtada Prado · Quando vem os fracassos para os filhos os pais saem em revoada em busca de causas... Isabel Clemente. considerando que ainda é jovem. mãe e pessoa de primeira grandeza. Onde o tempo todo são acusados de vilões e com uma completa incapacidade de colocar limites. Mas suas perguntas foram muito boas. Sua pesquisa foi excelente. perdendo aí mais pelo menos duas horas no trânsito. antes do amigão. sem descobrir que fora uma má administradora. o Philipp Wulfhorst. Coragem de expor. acredito que isso é jornalismo.

com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 8/10 . Deu ganas de comprar o livro. Toda educação envolve demoradas escolhas.globo.. Responder · 8 · Curtir · Seguir publicação · 11 de agosto de 2012 às 15:21 Adriana Martins · FACULDADE CASTELO BRANCO . Concordo. Marly Correa Peixoto · Trabalha na empresa Agência Nacional de Saúde Suplementar Tbm me interessei em ler o livro Keila Borges. mto bom. e estou no caminho certo... em sociedades com valores confusos.REALENGO Ela só vai te reconhecer quando ela for mãe. Não quero ser "boazinha" para minha filha.11/25/13 maioria das vezes através de bandidos? Algumas proposições se tornam difíceis de creditos.Bjs minha prima. mas no futuro ela vai me agradecer... Concordo com mta coisa aqui!! Responder · 4 · Curtir · Seguir publicação · 6 de agosto de 2012 às 23:09 Vanessa Maciel · Mãe e mulher de marido na empresa Home Sw eet Home Excelente!! Cada dia tenho mais provas de que estou no caminho certo! Responder · 4 · Curtir · Seguir publicação · 12 de agosto de 2012 às 22:28 Cristiane Cabreira · Arquiteta e Urbanista na empresa Universidade Federal Fluminense É exatamente nisso que pensei quando consegui finalmente um trabalho perto de casa que comportasse em minha rotina mais tempo com o meu filho.Colégio Nossa Senhora da Piedade Cada dia que passa tenho mais certeza que estou fazendo o meu melhor.. Sigo refletindo.Pode ser que minha filha não me entenda hoje. só aí ela vai enterder vc. Vou compartilhar. Não dá para comercializar pratos feitos nesse terreno. Responder · 1 · Curtir · 3 de agosto de 2012 às 07:36 Seguir · Universidade De Passo Fundo Tatiana Marjori de Albuquerque · Muito bom!!! Adorei!!! Responder · Teca Avelar · Vale a pena ler! :) Responder · 3 · Curtir · Seguir publicação · 2 de agosto de 2012 às 14:20 Seguir · Ow ner na empresa Teca Avelar Conteúdo & Imagem 3 · Curtir · Seguir publicação · 2 de agosto de 2012 às 13:45 Rafaela Oselam e Da Silva · Trabalha na empresa Personal trainer Nossa. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA Carla Luisa · Gerente Administrativo Financeiro na empresa CNSP . O pensamento do autor tem tudo a ver como que penso! Vou ver se consigo comprar o livro! Responder · 3 · Curtir · Seguir publicação · 10 de agosto de 2012 às 14:50 Ver mais 26 Plug-in social do Facebook Posts relacionados Mulheres interrompidas colunas. quero ser mãe dela. Responder · 2 · Curtir · 11 de agosto de 2012 às 15:48 Marly Correa Peixoto · Trabalha na empresa Agência Nacional de Saúde Suplementar Vale a leitura! Responder · 4 · Curtir · Seguir publicação · 2 de agosto de 2012 às 18:05 Keila Borges · Responder · Seguir 2 · Curtir · 2 de agosto de 2012 às 22:20 é uma entrevista phod@arastica..revistaepoca.. Responder · 5 · Curtir · Seguir publicação · 3 de agosto de 2012 às 01:23 “Para dedicar tempo aos filhos. e está muito claro no meu coração que educar é frustar.

11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos.revistaepoca. mulher7x7 no twitter Seguir @m ulher7x7 6.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 9/10 .678 seguidores Bombou no 7x7 colunas. é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA Os Croods e nós “Coelhinho da Páscoa existe?“ Transgressão etílica e biscuits BUSCA NO MULHER 7X7 Últimos Tweets No public Twitter messages.globo.

globo.11/25/13 “Para dedicar tempo aos filhos. Você tem? Mulher matou o pai que a estuprava Da obesidade mórbida à anorexia colunas.revistaepoca.com/mulher7por7/2012/08/02/para-dedicar-tempo-aos-filhos-e-preciso-deixar-outras-coisas-de-lado/ 10/10 . é preciso deixar outras coisas de lado” – Mulher 7 x 7 – ÉPOCA Seções Brasil Ciência & Tecnologia Cultura Mundo A TUA LIDA DES A TUA LIDA DES Negócios Poses de & Bem-Estar Seguro contra Saúde novela viram divórcio? Sociedade exposição Todas as notícias Especiais Prêmio ÉPOCA Empresa Verde GPTW Essa é nossa! Colunistas Alberto Carlos Almeida Bruno Astuto Cristiane Segatto Danilo Venticinque Eliane Brum Eugênio Bucci Felipe Patury Fernando Abrucio Gustavo Cerbasi Isabel Clemente Ivan Martins Jairo Bouer Luís Antônio Giron Marcio Atalla Paulo Guedes Roberto DaMatta Ruth de Aquino Vilfredo Schürmann FA MÍLIA BELEZA FA MÍLIA CRIME SA ÚDE Menstruar junto é mito Exposição reúne fotos de cães Memórias de infância.