Pesquisa organizacional A pesquisa de organizacional pode fornecer informações sobre clientes internos e externos, membros de canais, concorrentes, mudanças

e tendências no mercado e outros aspectos do ambiente da empresa. Uma de suas finalidades é avaliar necessidades de informações e provê-las de forma a melhorar a tomada de decisões, sobretudo no âmbito organizacional. De modo geral, a pesquisa é sistemática e objetiva no trabalho de identificar e ajudar a resolver os mais diversos problemas. A pesquisa organizacional pode ser realizada pela própria organização (internamente) ou comprada de terceiros (externamente). Estes podem prover toda a gama de serviços de pesquisa, desde a definição do problema até a preparação e apresentação do relatório. Os serviços prestados por esses fornecedores podem ser classificados como por assinatura, padronizados, sob medida ou pela Internet. Alguns fornecedores se especializam em uma ou mais fases do projeto de pesquisa, sendo que os serviços por eles oferecidos podem ser classificados como de campo, codificação e entrada de dados, análise de dados, serviços analíticos ou produtos de marca. Devido à necessidade de pesquisas em organizações, existem oportunidades atraentes de carreira em empresas de pesquisa e outras organizações com departamentos específicos de pesquisa. Independente de onde ela é executada, o processo de pesquisa pode ser dividido em seis etapas que devem ser seguidas de forma sistemática, como segue: 1. Definição e Abordagem do Problema: é a primeira etapa em qualquer projeto de pesquisa. Para definir do problema, o pesquisador levará em conta a finalidade do estudo, as informações de fundo relevantes, quais informações são necessárias e como elas serão usadas na tomada de decisões. Além disso, o pesquisador deve considerar uma abordagem preliminar do problema, onde se aconselha formular um objetivo ou estrutura teórica, modelos analíticos, perguntas de pesquisa, hipóteses e a identificação de características ou fatores capazes de influenciar a concepção da pesquisa. De modo geral, o problema envolve discussões com gerentes ou os responsáveis pelas decisões, entrevistas com especialistas, análise de dados secundários, considerações pragmáticas e, talvez, alguma pesquisa qualitativa, como grupos de foco. Uma vez definido o problema com precisão, a pesquisa poderá ser concebida e executada de forma adequada. 2. Planejamento da Pesquisa: o planejamento da pesquisa consiste em elaborar uma planta para a realização do projeto de pesquisa. Ele deve detalhar os procedimentos necessários a obtenção das informações requeridas e sua finalidade é criar um estudo que irá testar as hipóteses de interesse, determinar as possíveis respostas às perguntas da pesquisa e proporcionar as informações necessárias para a tomada de decisões. Realizar pesquisas exploratórias, definir precisamente as variáveis e criar escalas apropriadas para medi-las também faz parte planejamento pesquisa. A questão de como obter os dados dos entrevistados (por exemplo, realizando um levantamento ou um experimento) deve ser resolvida. Também é preciso preparar um questionário e um plano de amostragem para a seleção dos entrevistados para o estudo. Em termos mais formais, o planejamento pesquisa envolve os seguintes passos: a) Tipo de pesquisa; b) Procedimentos de

1

descreva a abordagem. ou editado e. transcrição e verificação. 3. André Medeiros Referências Bibliográficas Malhotra. Além disso. usa-se técnicas para variáveis únicas para analisar os dados quando há uma medição única de cada elemento ou unidade da amostra ou. orientada pelo plano de análise. cada uma das etapas de desenvolvimento da pesquisa. Por outro lado. Códigos numéricos ou de letras são atribuídos para representar cada resposta a cada pergunta no questionário. a supervisão e a avaliação adequadas da força de campo ajudam a minimizar erros de coleta de dados. técnicas para variáveis múltiplas são usadas para analisar os dados quando há duas ou mais medições de cada elemento e as variáveis são analisadas simultaneamente. a coleta de dados e os procedimentos de análise de dados adotados e apresente os resultados e as principais constatações. possa desenvolver um projeto sistemático de pesquisa. A seleção. Porto Alegre: Bookman. Preparação dos dados: inclui sua edição. como no caso das entrevistas pessoais. 6. e d) Processo de amostragem e tamanho da amostra. c) Criação de questionários e formulários. Para isso. 5. Os dados dos questionários são transcritos ou passados para fitas ou discos magnéticos ou diretamente para o computador. N. Estas deverão ser apresentadas de forma que possam ser usadas prontamente no processo de tomada de decisões. O objetivo deste curso é apresentar e aplicar. se necessário. por telefone. 2 . o treinamento. Cada questionário ou formulário de ser observado e inspecionado. *Extrato da apostila de Pesquisa Operacional – Prof. por correio ou eletronicamente (e-mail ou Internet). Possibilitando que cada aluno. a concepção da pesquisa. cada variável é analisada isoladamente. (2001). Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. A verificação garante que os dados dos questionários originais foram transcritos com precisão. passo a passo. dá significado aos dadas coletados. Preparação e Apresentação do Relatório: o projeto inteiro deverá ser documentado em um relatório escrito que cubra as perguntas específicas identificadas.medição e escalonamento. 4. deverá ser feita uma apresentação verbal à gerência com o uso de tabelas. Análise dos dados: após a preparação e lançamento dos dados no computador os dados devem ser analisados. figuras e gráficos para aumentar a clareza e o impacto da pesquisa. ao passe que a análise dos dados. caso haja várias medições de cada elemento. individualmente ou em grupo. codificação. corrigido. Coleta de dados ou Trabalho de campo: envolve uma força ou equipe de campo que opera no campo. K.