CINESIOTERAPIA CONTRA-RESISTIDA Método STS (Strength Training Strategies) de Musculação Terapêutica

O QUE É? É uma modalidade de Treinamento Físico que pode ser aplicada em qualquer tipo de indivíduo, desde atletas até pessoas comprometidas clinicamente, como diabéticos, cardiopatas, obesos, Idosos e até em funcionários de empresas. Os exercícios desta metodologia possuem caráter funcional de movimento(*), isto é, estes movimentos são próprios para a atividade do corpo humano, e ideais para a manutenção da força e flexibilidade normais. Em atletas, possui o diferencial de permitir a melhora da performance por potencializar a qualidade da seleção das fibras musculares para o ato desportivo. Para tanto, estes exercícios são realizados em equipamentos especiais ou utilizando pesos livres, ou seja, halteres e caneleiras. Para a prescrição de carga, leva-se em consideração a capacidade cardíaca de cada indivíduo, e a evolução dos exercícios são totalmente baseadas na freqüência cardíaca, personalizando o treinamento, diminuindo a margem de erros e acelerando o ganho de força e flexibilidade. Desta forma, a monitorização contínua da freqüência cardíaca, e a execução de movimentos personalizado. QUAL O OBJETIVO? Permitir que o nível de condicionamento físico dos indivíduos submetidos a esta modalidade de treinamento, melhorem a sua Qualidade de Vida através: funcionais, caracteriza o método, em relação ao treinamento

• •

Da diminuição de seu percentual de gordura (emagrecimento), Do ganho de força muscular,

• • •

Da melhora da flexibilidade, Da diminuição da dependência de medicamentos, E em caso de empresas, permita que os funcionários e colaboradores permaneçam em níveis físicos de normalidade, e conseqüentemente evitem lesões osteomusculares relacionadas `as atividade desempenhadas.

Para indivíduos que possuem perfil de atletas, ou são submetidos a treinamento físico específico, esta metodologia:

Favorece o aumento do seu desempenho, por permitir que o movimento específico do seu treinamento seja potencializado, induzindo ao aumento da performance. COMO REALIZAR?

Avaliações:

1. Realiza-se
peso livre.

uma

avaliação

funcional

para

determinação

do

nível

de

condicionamento físico/funcional, através da realização de Padrões com carga em

2. Para ser submetido ao treinamento funcional, o atleta deve ter a sua capacidade
cardio-respiratória avaliada, em um teste ergoespirométrico, para parâmetros futuros de desempenho e melhora.

3. Para indivíduos não atletas, pode ser aplicada equação de predição deste teste.
Prescrições:

1. Uma vez percebendo que o nível de condicionamento físico/funcional encontra-se
abaixo do normal, determina-se a qual o volume de carga (peso) que se poderá suportar dentro da sessão, para melhorar a coordenação, o equilíbrio, força e flexibilidade.

2. A sessão de Musculação Terapêutica pelo Método STS pode funcionar como uma
aula de exercícios de grupo, quando aplicada nas empresas, academias ou em reabilitação cardiopulmonar. E sessões de Personal Training, ou Fisioterapia, quando o tratamento for individualizado. De qualquer forma, os praticantes utilizam

somente pesos livres (halteres) e caneleiras de baixa carga, onde a mesma é determinada por parâmetros de sua freqüência cardíaca.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: ABDULLAH, J; INCKOT, K. S; ADAMANTE, L; OLIVEIRA, M; ALVES, P. RESULTADO DA APLICAÇÃO DA MUSCULAÇÃO TERAPÊUTICA EM MULHERES JOVENS SEDENTÁRIAS. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fisioterapia) Pontifícia Universidade Católica do Paraná. CORAIOLA, F. APLICAÇÃO DA MUSCULAÇÃO TERAPÊUTICA EM IDOSOS. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em FISIOTERAPIA) - Universidade Tuiuti do Paraná. BOPP, D ; LUCAS, R. W. C. ; NASSIF ; GONÇALVES . MUSCULAÇÃO TERAPEUTICA APLICADA A PACINETES SUBMETIDOS À GASTROPLASTIAS. 2003. (Apresentação de Trabalho/ VCongresso Brasileiro de Cirurgia da Obesidade). BOPP, D ; LUCAS, R. W. C. . MÉTODO STRENGTH TRAINING STRATEGIES (STS) DE MUSCULAÇÃO APLICADA A PACIENTES SUBMETIDOS A GASTROPLASTIA. In: VI Congresso Brasileiro de Cirurgia da Obesidade, 2004. Boletim Informativo SBCS. BOPP, D ; LUCAS, R. W. C. . ANÁLISE DA COMPOSIÇÃO CORPORAL ATRAVÉS DO PERCENTUAL DE GORDURA CORPORAL E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL - UM ESTUDO COMPARATIVO NA AVALIAÇÃO DA OBESIDADE. In: VI Congresso Brasileiro de Cirurgia da Obesidade, 2004. Boletim Informativo SBCS CAMPOS, M. A. & NETO, B. C. Treinamento Funcional Resistido: para Melhoria da Capacidade Funcional e Reabilitação de Lesões Musculoesqueléticas. Rio de Janeiro: editora Revinter, 2004. MUCHIZUKI, A, H. O AUMENTO DA FLEXIBILIDADE DAS ARTICULAÇÕES DE MMII COM O MÉTODO S.T.S. / CINESIOTERAPIA CONTRA-RESISTIDA EM INDIVÍDUOS

ACIMA DE 60 ANOS DE IDADE. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade Dom Bosco. Orientador: Ricardo Wallace das Chagas Lucas.

Master your semester with Scribd & The New York Times

Special offer for students: Only $4.99/month.

Master your semester with Scribd & The New York Times

Cancel anytime.