You are on page 1of 3

SENSOR DE PMS/FASE

1)- Resistência Ôhmica entre 540 e 780 Ohms, medição de preferência a q ente! "ota# $ idado com a medição em %& '$! (ois o mesmo poder) *erar ma +ensão correta mas mesmo assim meça a s a Resistência ,-.trica! "ota# $ idado mesmo estando correta a s a resistência poder) estar /0 e1rado/ o 234 do sensor! ,5amine o sina- correto do sensor de (36 - forma de onda! ,5amine a /3a-ha/ de aterramento do sensor de (36, (ois a mesma est) em c rto com m dos fios do sina- 73o8imentar e f-e5ionar o chicote do sensor para 8erificar a 8ariação de resistência)! $ idado# ,m sensores q e sofreram q edas tais como ret9fica de 3otor, $:m1io etc! a-* .m não retiro o mesmo para efet ar o ser8iço isso acontece na -inha ;ord! <)- ,5amine se ca1o de -i*ação esfo-amentos ma-ha e5posta, interferências, r 9dos etc! "ota# ,5amine se a ma-ha de aterramento se e-a est) /=so-ada/ dos demais pinos do conector! "ota# $ idado em e5aminar o sina- *erado, pois o mesmo de8er) ser medido com o chicote -i*ado a ,$3, de8ido ao se aterramento /3a-ha/ estar afi5ado na p-aca do circ ito impresso da ,$3!, a não o1ser8:ncia desse deta-he poder) ind >ir a erros de medição! ?)- ,5amine a correta -i*ação dos se s terminais, pois in8ertidos 3otor não d) ponto, esta 8is a-i>ação somente poder) ser o1ser8ada atra8.s da te-a do osci-osc@pio, tam1.m . importante q e o formato da onda esteAa sem distorçBes! $ idado# Cefeito no $O"+'-D=RO6 e c idado com a insta-ação de $O"C,"6'COR no pino ne*ati8o da Eo1ina de i*nição - des-i* e-o e repita o teste! 4) $aso o 6ina- esti8er todo distorcido e5amine a Roda ;Fnica se a mesma não est) toda /,ncr >ada/ com 1orra de G-eo, s Aeiras so-ta com fo-*as deformada o montada fora de posição! 5)- ,5amine a /Orto*ona-idade/ dos dentes da Roda ;Fnica, pois a-* m dente desa-inhado, torto s porte q e1rado do sensor far) com q e a onda *erada esteAa cheia de distorçBes! "ota# ,sse sina- de8er) ser medido em 1ai5a rotação! "ota# ,5amine com c idado a fo-*a -on*it dina- o a5ia- do 8ira1req im, pois ma ;o-*a ,5cessi8a distorce todo o sina- do sensor de (36! "ota# ,m 8e9c -os da -inha ;ord, a fo-*a do 8ira1req im poder) fa>er com q e o sensor fiq e roçando no 8o-ante de8ido ao princ9pio de f ncionamento! H)- ,5amine o correto /6incronismo/ entre o dente de referência e o (36 do 3otor! 3otores 4 ci!I <0J dente! =sto em sistemas de H0-< dentes! 3otores H ci- I 14J dente! =sto em sistemas de H0-< dentes!

se as espiras esti8erem e5postas h) o peri*o de captação de r 9dos ocorrendo assim fa-has em rotaçBes mais e-e8adas!=mportante -em1rar no 6istema .S ao (ino 4K da .RO do .$ idado com a /=n8ersão/ das rodas dentadas# 6istema +empra ='L .m são 8)-idos para o 6.=QO! 1<). no 3.5amine a fo-*a de entreferro# .=R..o-*a# I 0.0 mm! .= 3 -te o correto a-inhamento do ei5o em re-ação ao red tor. .$3! (ino < I 6ina.I 14J dente! =sto em %e9c -os %L 1!0 1H 8)-8 -a com t r1o e (oMer! "ota# $ idado com a Roda ..0 ando for sado m sensor tipo 1o1ina imp -sora a s a Resposta! . 1.m certos 6istemas Eosch a fo-*a poder) che*ar at.5 mm! 8). pois a mesma poss i m amortecedor /Camper/ essa Roda poder) *irar fa>endo com q e o sincronismo entre o sensor e o referido dente ficar fora de posição! 7).ao pino 48 da . -i*ada internamente na .4 a 1."6OR C.. de 500 a 1500 Ohms! 11).5amine a proteção da 1o1ina pois. nesse instante as 8)-8 -as inAetoras.$3! (ino 1I 6ina.'6.! "O+'# <J I Ri*ação dos pinos sensor de (36 I 3otronic# (ino ? I 3a-ha de aterramento. se sincronismo .' +ensão *erada em '&$ na partida n m sistema de H0-< dentes .5 %C$! ao pino 1 do conector do chicote e faça contatos r)pidos com o positi8o da pi-ha para a massa.(8 com 704) dentes e +empra D7!<5 com 7H0 -< dentes)! "O+'# 1J I +odos os testes tam1. no m9nimo de < %'$ 10).5amine a e5istência de atração de -ima-has o o tras part9c -as no O3P do sensor! K)..=O das d as pontas do rotor em re-ação ao $N'".Fnica dos 8e9c -os ce-ta %N$. a 8)-8 -a corretora da 3! -enta e a 1om1a serão acionados! .iat!76istema Eosch) 3otores 4 ci.3otores 4 ci-!I 0KJ dente! =sto em sistemas de ?H-< dentes! 3otores 4 ci.$3 "ota# (ara o acionamento direto do (36# Ri* e ma (i-ha de 1../ .I 17J dente! =sto em sistemas /.

0 %C$! 3edição da Resistência .precisamos ter m osci-osc@pio para podermos 8is a-i>ar as s as formas de onda! .4 %C$.q e a mesma esteAa a 400 3W da -inha Xero! 'cima deste 8a-or .I ' tensão de a-imentação de8er) estar de 1 a ?.6# 3edir entre "e*!e 6ina. a1erto! "ota# .do Na-.C=TU.5 %o-ts a1ai5o da tensão da 1ateria! <) $om a Vane-a 'E.stando os 8a-ores acima incorretos trocar o sensor Na--! "ota# 1).com a nidade -i*ada! 1) '-imentação do Na-. pois h) sistemas com cha8eamento pe-o positi8o e o tros pe-o ne*ati8o! "ota# <).Ces-i*ado! 3edir nos pinos ne*! e sina6istemas de 1< %C$ I 10 8o-ts com i*nição -i*ada 6istemas de 5 %C$! I < 8o-ts com i*nição -i*ada 3.trica do Na-./Onda 0 adrada/ poder) 8ariar de 5 a 1< %o-ts dependendo do circ ito onde o Na-.(ara a correta an)-ise do Na-.I ponteira S ao massa (onteira .st)*io de (otência# (.* e do Na-.esti8er ap-icado! <)-3ediçBes no .Ce8emos ter c idado em testar os est)*ios de potência.ao massa I %a-or -ido OR.RR'! "ota# 'parição de ima*ens d p-as no osci-osc@pio na f nção de sec nd)rio /Raster/ Ce8emos e5aminar se o 6ensor Na-.não est) /+rincado/! Resposta do Sensor Hall em Freqüência: %a-ores para (& 6ensores de R(3&.-. sintoma de fa-ta de +.Na-.'6.$N'C' # =*nição -i*ada I 39nimo 8.orma de onda# =dea.SENSOR HALL 1).I %a-or -ido de 5 a K 3 ohms! (onteira S ao sina(onteira . do +ipo Na--! "J de Vane-as $ondição %a-ores -----------------------------------------------------------4 Vane-as no ei5o do distri1 idor partida 73otor Dira "&(e*a) 8 a 1< N> 4 Vane-as no ei5o do distri1 idor motor em 3! Renta 0 ente <H a ?? N> H Vane-as no ei5o do distri1 idor partida 73otor Dira "&(e*a) 1< a 18 N> H Vane-as no ei5o do distri1 idor motor em 3! Renta 0 ente 40 a 50 N> ? Vane-as no ei5o do comando partida 73otor Dira "&(e*a) H a K N> ? Vane-as no ei5o do comando motor em 3! Renta 0 ente <0 a <5 N> 1 Vane-a no ei5o do comando partida 73otor Dira "&(e*a) < a ? N> 1 Vane-a no ei5o do comando motor em 3! Renta 0 ente 7 a 8 N> .R+'# =*nição -i*ada I de 0 a 0.ao sina.' 'mp-it de do 6ina. sintoma de defeito no transistor de disparo! '1ai5o deste 8a-or .. 3)5! ?) $om a Vane-a .