You are on page 1of 49

EXPRESSÕES USUAIS A

A contrario sensu: Em sentido contrário. Argumento de interpretação que considera válido ou permitido o contrário do que tiver sido proi ido ou limitado. A digito cognoscitur leo: Pelo dedo se con!ece o leão. A facto ad jus non datur consequentia: "ão se dá conseq#$ncia do %ato para o direito. A fortiori: Por mais %orte ra&ão' por maior ra&ão. (uando um dispositivo legal' por ra&)es que se acrescem as nele previstas' deve ser aplicado e*tensivamente. A inclusione unius ad exclusionem alterius: +a inclusão de um , e*clusão do outro. A latere: +e lado. Argumentação não ligada necessariamente ao %ato principal' mas que se acrescenta em re%orço. A limine: +esde o in-cio. A non domino: Sem t-tulo de dom-nio ou de propriedade. +e não proprietário. +e quem não . proprietário. A novo: +e novo' novamente. A pari: Por paridade' por igual ra&ão. A posteriori: +e trás para diante/ m.todo que conclui pelos e%eitos e conseq#$ncias. 0ulgar a posteriori . 1ulgar pela e*peri$ncia. Argumentar a posteriori . argumentar passando do e%eito , causa. Para depois. (ue vem depois. A priori: +e %rente para trás/ anteriormente , e*peri$ncia/ m.todo que conclui pelas causas e princ-pios. +o precedente. +e antemão. A quo: +o qual. +o 0ui& ou tri unal de inst2ncia in%erior de onde prov.m o processo/ dia ou termo inicial de um pra&o. Ponto de partida. A radice: +esde a rai&. Pela Rai&. A vero domino: Pelo verdadeiro dono. Ab abrupto: 3ruscamente' de repente. Ab absurdo: Por a surdo. Raciocinando' ou argumentando' com o o surdo. Ab abusu ad usum non valet consequentia: 4 a uso de uma coisa não . argumento contra o seu uso. Ab accusatione desistere: +esistir de uma acusação. Ab actis: +os e%eitos' dos autos' que pertence aos autos.

< Ab aeterno: +esde a eternidade' !á muito tempo. Ab aliquo: +e algu.m. Ab alto: Por alto. Ab antiquo: +e !á muito tempo. Ab executione incipiendum non est: "ão se deve iniciar da e*ecução. Ab immemorabili: +o -ntimo do peito. Ab imo corde: +o mais pro%undo do coração. Ab imo pectore: +o -ntimo do peito. Ab initio: +esde o in-cio. +esde o princ-pio. Ab initio validi, post invalidi: A princ-pio' válidos/ depois' inválidos. Ab instantia: +e inst2ncia. Ab integro: "ão alterado' inteiramente' %ielmente. Ab intestato: Sem dei*ar testamento. +i&5se da pessoa que %aleceu sem dei*ar testamento. Ab irato: Em estado de ira. Ab origine: +esde a origem. Ab ovo: +esde o ovo' desde o começo. Ab re esse: Estar %ora de prop6sito. Ab reo dicere: 7alar em %avor do r.u. Ab uno discant omnes: Por um' aprendam todos. Ab utroque latere: +e am os os lados. Ab utroque parte dolus compensandus: 4 dolo de am as as partes compensa5se reciprocamente. Abdicatio tutelae: Ren8ncia , tutela. Aberratio criminis: Erro do crime' desvio do crime. Aberratio delicti: Erro do criminoso quanto , pessoa da v-tima. 4 erro se dá quanto o agente se engana na escol!a da pessoa da v-tima' trocando5a involuntariamente por outra. 9 o Error in persona . Aberratio finis legis: A%astamento da %inalidade da lei. Aberratio ictus: Erro de alvo' erro do golpe' desvio do alvo. 4corre quando o agente não atinge a pessoa visada' mas' acidentalmente' uma terceira. 9 o erro de alvo. Aberratio personae: Erro de pessoa :o agente atinge pessoa diversa da que pretendia atingir;.

> Aberratio rei: Erro de coisa. Abolitio criminis: E*tinção do crime. Absconditum mentis: 4 escondido da mente. Absens: Ausente. Absens heres non est: 4 ausente não . !erdeiro. Absens non dicitur reversurus: "ão se considera ausente o que vai voltar. Absente reo: Estando ausente o r.u. Absentem laedit cum ebrio qui litigat: 4%ende a uma ausente quem discute com um . rio. Absolutio ab instantia: A solvição da inst2ncia. Absolvere debet judex potius in dubio quam condemnare: "a d8vida' deve o 1ui& antes a solver do que condenar. Absque bona fide, nulla valet praescriptio: "en!uma prescrição vale sem a oa5%.. Abundans cautella non nocet: =autela a undante não pre1udica. Abusus: A uso. Abusus non tollit usum: 4 %ato de ter ocorrido a uso não deve pre1udicar o uso. Abyssus abyssum invocat: 4 a ismo c!ama outro a ismo. Acceptans actum, cum omnibus suis qualitatibus acceptare videtur: (uem aceita um ato' aceita5o com todas as suas qualidades. Acceptilatio autem est veluti imaginaria solutio: A aceptilação .' pois' como um pagamento imaginário. Acceptilatio est liberatio per mutuam interrogationem, quae utrius que contingit ab eodem nexu absolutio: A aceptilação . a li ertação por m8tua interrogação' pela qual se dá a dissolução do v-nculo para am as as partes. Acceptilatione unius tollitur obligatio: Por aceptilação de um' suprime5se a o rigação. Accessio: Acessão. Accessio cedit principali: 4 acess6rio segue o principal' o acess6rio está compreendido no principal. A acessão cede ao principal. Accessio nemini proficit, nisi ei, qui ipse possedit: A acessão a ningu.m aproveita' senão ,quele mesmo que possui. Accessio possessionis: Acessão da posse. Accessio temporis: Acr.scimo de tempo ou pra&o permitido por lei ou previsto em contrato' acessão de tempo.

? Accessit: Apro*imou5se. Accessoria sequuntur jus et dominium rei principalis: 4s acess6rios seguem o direito e o dom-nio da coisa principal. Accessorium semper cedit principali: 4 acess6rio cede sempre ao principal. Accessorium sequitur suum principale: 4 acess6rio segue o seu principal. Accessorium sui principalis naturam sequitur: 4 acess6rio sempre acompan!a a nature&a de seu principal. Accipere iudicium: Rece er os termos da sentença. Accipiens: (ue rece e. Accusare nemo se debet nisi coram deo: "ingu.m se deve acusar' e*ceto na presença de +eus. Accusatio suspecti tutoris: Acusação do tutor suspeito. Accusatio testamenti: Acusação do testamento. Acidente in itinere: Aquele ocorrido no tra1eto que o empregado utili&a para ir e voltar do tra al!o. Acta: Atos' autos. Acta simulata substantiam veritatis mutare non possunt: 4s atos simulados não podem mudar a su st2ncia da verdade. Actio: Ação. Actio ad exhibendum: Ação de e*i ição. Actio aestimatoria: Ação estimat6ria. Actio aquae pluviae arcendae: Ação de tirada de água de c!uva. Actio arbitraria: Ação ar itrária. Actio arborum furtim caesarum: Ação de cortar árvores %urtivamente. Actio auctoritatis: Ação de autoridade. Actio autem nihil aliud est quam jus persequendi in judicio quod sibi debeatur: A ação nada mais . do que o direito de perseguir em 1u-&o o que l!e . devido. Actio calumniae: Ação de cal8nia. Actio commodati: Ação de comodato. Actio communi dividundo: Ação de divisão das coisas comuns. Actio conditio ex mutuo: Ação de pagamento de empr.stimo. Actio conducti: Ação de arrendamento.

Actio de dote: Ação de dote. Actio de eo quod certo loco dare oportet: Ação do que . Actio de partu agnoscendo: Ação de recon!ecimento de parto. Actio damni infecti: Ação de dano temido. Actio furti: Ação de %urto. Actio contratia seu negatoria: Ação contrária ou negat6ria. . Actio duplex: Ação de d8plice. Actio depositi: Ação de dep6sito. devido. Actio ex delicto: Ação do delito.@ Actio confessoria: Ação de con%ess6ria. Actio de peculio: Ação de pec8lio. Actio de edendo: Ação de edição. Actio depensi: Ação de co rança de gastos. Actio de pastu: Ação de pastagem. Actio de pauperie: Ação de po re&a. Actio ex empti: Ação de coisa comprada e não entregue. Actio dotis: Ação de dote. Actio criminalis: Ação criminal. Actio ex empto: Ação de reivindicação pelo comprador da entrega da coisa vendida. Actio est jus persequendi judicio quod sibi debeatur: Ação . Actio de in rem verso: Ação destinada a recuperar o que o tido . Actio furti et damni: Ação de %urto e dono. o direito de perseguir' diante do magistrado' aquilo que nos . sua custa com locupletamento al!eio' ação de locupletamento indevido contra que o o teve. Actio doli: Ação de dolo. Actio familae erciscundae: Ação de partil!a de !erança. Actio de damno infecto: Ação de dano in%ecto. preciso ser dado em lugar certo. Actio finium resgundorum: Ação de demarcação. Actio damni injuriae: Ação de dano por in18ria.

Actio rescissoria: Ação rescis6ria. Actio jurejurando: Ação por 1uramento. Actiones praejudiciales: Aç)es pre1udiciais. Actio nullitatis: Ação de nulidade. Actio personalis moritur cum persona: A ação pessoal e*tingue5se com o indiv-duo. Actio quod metus causa: Ação por causa do medo. Actio indebiti: Ação do ind. Actiones in rem: Aç)es so re a coisa. Actio quanti minoris: Ação de diminuição de preço. Actio negatoria: Ação de negat6ria. Actiones poenales: Aç)es penais. Actio mandati: Ação de mandato. Actio negotiorum gestorum: Ação do gestor de neg6cios para !aver o reem olso das despesas em virtude da gestão. Actio pauliana: Ação pauliana. Actio redhibitoria: Ação redi it6ria. Actio in rem: Ação real ou que tem por o 1eto a propriedade im6vel. Actio metus et doli: Ação de medo e de dolo. ito.A Actio hypothecaria: Ação de !ipotecária. Actio pignoratitia: Ação de pen!or. Actio ob sepulchrum violatum: Ação por violação de sepulcro. Actio in personam: Ação pessoal. Actio libera in causa: Ação livre na causa. Actio judicati: Ação que tem por %undamento a coisa 1ulgada. Actio popularis: Ação popular. Actio rei uxoriae: Ação da coisa da mul!er. Actio possessoria: Ação possess6ria. Actio non datur nisi constet de corpore delicti: "ão se dá a ação se não constar do corpo do delito. .

quando vult. Actio inter vivos: Ato entre vivos.u se negou. Actus.m' dá5se o contrário.u não podem ser os mesmos. autor.m da intenção dos agentes.u' por. . actor est: 4 autor replicando' . Actore non probante. Actor et reus idem esse nonn possunt: Autor e r. Actori onus probandi incumbit: =a e ao autor o Bnus da prova. Actor agit.u .u.C Actiones transeunt ad heredes et in heredes: Aç)es passam para os !erdeiros e contra os !erdeiros. nulo' omissa a %orma da lei. Actus legitimus: Ato leg-timo. o a solvido. non ut sit inanis et inutilis : +eve5se interpretar o ato de maneira que produ&a e%eito' não de modo que se1a vão e in8til. Actor rei forum sequitur: 4 autor segue o %oro do r.u. Actum est: Está terminado. Actum nihil dicitur cum aliquid superest ad agendum: "ada se di& %eito' quando resta alguma coisa a se %a&er. Actus debet interpretari ut aliquid operetur. Actus corruit omissa forma legis: 4 ato . reus absolvitur: Se o autor não prova' o r. nullum producit effectum: 4 ato nulo desde o princ-pio não produ& nen!um e%eito. Actionum cumulatio regulariter est permissa: A cumulação de aç)es . Actor in replicando. regularmente permitida. Actus agentum nunquam ultra eorum intentionem operantur: 4 ato nunca produ& os e%eitos al. et non cogitur. Acto causa mortis: Ato por causa da morte. sed contrarium est in reo: 4 autor demanda quando quer' sem poder ser o rigado a isso/ quanto ao r. a principio nullus. Actor forum rei sequi debet: 4 autor deve seguir o %oro do r. Actori incumbit onus probandi: Ao autor ca e o Bnus da prova. Actori non licet quod reo denegatur: Ao autor não . l-cito o que ao r. Actus in dubio validus interpretari debet: 4 ato' em caso de d8vida' deve5se interpretar como valioso. Actus limitatus limitantum producit effectum: Ação limitada produ& e%eito limitado. Actor potius credendum est: +eve5se' de pre%er$ncia' acreditar no autor. Actus non a nomine sed ab effectu judicatur: 0ulga5se o ato não pelo nome' mas pelo e%eito. Actus judicialis potentior est extrajudiciali: 4 ato 1udicial pode mais que o e*tra1udiacial. Actor probat actionem: 4 autor prova a ação.

Actus simulatus nullius est momenti: 4 ato simulado nen!um valor possui. Ad adjuvandum: A %im de a1udar' para a1udar. Ad confessionem: Para con%essar. Ad cautelam: Por cautela' por preocupação' por segurança. Ad accusandum: Para acusar. Ad discendum: Para aprender. Ad causam: Para a causa. . Ad captandum vulgus: Para cativar a multidão. Ad corpus: Por corpo. Ad argumentandum tantum: S6 para argumentar.D Actus non dicitur perfectus quando partim est factus et partim non: "ão se considera o ato per%eito quando uma parte %oi %eita e outra não. o dia' dia em que termina o pra&o. Ad arbitrium: Segundo a vontade de algu. Ad dicendum: Para di&er. Ad appellandum: Para apelar. causa. Ad beneplacitum: Segundo o eneplácito :a permissão. Ad aemulationem: Para emulação. Actus quo liberi illegitimi jua legitimorum natorum adpiscuntur: 9 o ato pelo qual os %il!os ileg-timos adquirem os direitos dos %il!os leg-timos. Ad defendionem: Para de%esa.m' con%orme o ar -trio. Ad diem: At. Ad agendum: Para agir. Ad argumentandum: Para argumentar. Ad colorandam possessionem: Para colorir a posse. Ad causam pertinenti: Relativo .. Ad animum: "o 2nimo. Ad benevolentiam: Para a enevol$ncia. Ad breve: Por pouco tempo. Ad deliberandum: Para deli erar.

%eito de graça' sem interesse lucrativo. o %im' at. Ad hunc modo: Assim' desta %orma. Ad effectum: Para o e%eito.. o e*tremo. Ad finem: At. Ad id: Para isto. Ad fidem: =om %idelidade. Ad futuram memoriam: Para a lem rança %utura. Ad interim: Interinamente' durante este tempo. Ad honorem: Por !onra :di&5se do que . Ad impossibilia nemo tenetur: "ingu. o %im' at.m está o rigado ao imposs-vel. Ad excludendum: Para e*cluir' eliminar.. Ad infinitum: At. . Ad gloriam: Pela gl6ria. Ad exhibendum: Para e*i ir. Ad intra: Por dentro. Ad hominem: =ontra o !omem. Ad evacuando: Para desocupar. Ad exemplum: Para e*emplo. Ad effectum videndi: Para e%eito de ver. o e*tremo. Ad instar: E semel!ança.F Ad domum: Em casa. Ad inferos: Aos in%ernos. Ad eximere tempus: Para gastar o tempo. Ad extremum: At. Ad extra: Por %ora. Investido em %unção provis6ria' para um %im especial :de%ensor ad !oc' nomeado para um ato de de%esa. o in%inito. Ad hoc: Para isto' para um determinado ato. Ad honores: Pelas !onrarias. Ad iudicia: Para as coisas da 1ustiça.

Ad necessitate: Por necessidade. vontade. Ad misericordiam: Por compai*ão. Ad nostram consuetudinem: =on%orme o nosso costume. Ad multos annos: Por muitos anos.s ordens de algu. Ad mensuram: Por medida. Ad nauseam: At. Ad kalendas grecas: "unca. Ad negotia: Para neg6cios. Ad judicium: Ao 1ulgamento. Ad naturam: =on%orme a nature&a. Ad pariendum: Para parir' gerar' adquirir. a e*austão' at. Ad patiendum: Para suportar. Ad litem: Para o lit-gio.H %uncionário demiss-vel ad nutum' ou se1a' por livre vontade da administração. Ad mandatum faciendi: Para cumprir o mandato. Ad judicem dicere: 7alar na presença do 1ui&. Ad judicia et extra: Para %ins 1udiciais e e*tra1udiciais. Ad judicia: Para o %oro 1udicial. Ad meliorandum: Para mel!orar. E*. Ad litteris et verbis: Getra por letra' palavra por palavra.IJ Ad judicem agere: Agir perante o 1ui&. Ad libitum: E escol!a' . Ad nutum: Por um aceno de ca eça' . Ad perpetuam rei memoriam: Para que se perpetue a veri%icação de uma coisa ou %ato.m' ao menor sinal. Ad litteram: Giteralmente. a saciedade. . Ad me: A mim' para mim. Ad modum: =on%orme a maneira. Ad locum: Sem demora' logo.

0ui& ou tri unal de inst2ncia superior para onde se encamin!a o processo/ dia ou termo %inal de contagem de um pra&o. Ad tempus: A tempo' oportunamente. Ad referendum: Para apreciação posterior' para aprovação. esperança. Ad praescriptum: =on%orme as ordens. Ad ultimum: 7inalmente. Ad terrorem: Para atemori&ar. Ad personam domini: =ontra a pessoa do dono. Ad solvendum: Para solver. Ad rem: E coisa' ao assunto. Ad probationem: Para prova. Ad scribendum: Assunto para ser escrito. Ponto de c!egada. Ad substantia negotii: Para a ess$ncia do neg6cio. Ad summam: Em suma. Ad te: Para ti. Ad satiem: Em grande n8mero' a %artar. Ad quem: Para quem. Ad processum: Para o processo. Ad pompam et ostentationem: Para a pompa e a ostentação. Ad postremum: 7inalmente. Ad solemnitatem: 7ormalidade e*igida por lei para validade de um ato ou neg6cio. Ad similia: Por semel!ança.II Ad personam: =ontra a pessoa. Ad spem: (uanto . Ad salutem: Para salvação. . Ad satiatem: Em grande n8mero' a %artar. Ad sensum: Pelo sentido. Ad probandum tantum: Apenas para provar. Ad praesens: Presentemente.

Ad validitatem: Para validade. Adfinitas: A%inidade. Addictio: Ad1udicação. Adrogatio: Arrogação' atri uição. Addenda: (ue se deve 1untar. Adgnatio: Agnação :o mesmo que agnatio. Ad verbum: Palavra por palavra. Ad verbum reddere: Kradu&ir palavra por palavra. Ad usucapionem: Para o usucapião. Ad unquem: E un!a' com esmero.. Adoptio natura imitatur: A adoção imita a nature&a. Addictio hereditatis: Ad1udicação da !erança.. . Adiudicatio: Adição. Adfiliatio: A%iliação :adoção. Ad vindictam: Por vingança. Adoptio per testamentum: Adoção por testamento.I< Ad unguem: =om toda per%eição. Ad usum forensem: Para o uso do %oro. Adhuc sub iudice lis est: A lide está ainda com o 1ui&.m a das palavras. Admiror nec rerum solum. Ad voluntatem: =on%orme a vontade. sed verborum elegantiam: Admiro não s6 a eleg2ncia das coisas' mas tam . Ad valorem: Pelo valor. Ad usum: Segundo o uso. Ad utilitatem: Para utilidade. Adoptio: Adoção. Addictio in diem: Ad1udicação no dia. Ad vanum: Inultilmente.

m . Advocatus fisci: Advogado do %-sico. Ager publicus: Kerra p8 lica. a religião do 1ulgador.I> Adseveratis per partem in judicio non contradicens fateri videtur: (uem não contradi& o que %oi a%irmado pela parte em 1u-&o' parece con%essar. Aequitas in paribus causis. Adversus omenes: =ontra todos. Adulterinus a matre: Adulterino por parte da mãe. Agere invitus nemo compellitur: "ingu. Affinitas iure nulla successio promittitur: A a%inidade' no direito' não assegura nen!uma sucessão. Affinitatis causa fit ex nuptiis: A causa da a%inidade vem das n8pcias. Aetas excusationen meretur: A idade merece ser e*cusada. Affirmans probat: (uem a%irma prova. Affinitas: A%inidade. Affectio maritalis: A%eição con1ugal. Affirmanti incumbit probatio: A prova incum e a quem a%irma. Aequo animo: =om 2nimo eq#o' 1usto. Affines inter se non sunt affines: 4s a%ins' entre si' não são a%ins. Affectio tenendi: Lontade de reter a coisa. compelido a agir contra a vontade. Ager privatus: Kerra particular. Affectio societatis: Lontade de constituir e manter uma sociedade e sem a qual' nas sociedades de pessoas' não pode ela su sistir.. Aequitas religio judicantis: A eq#idade . Affidavit: A%irmação ou con%irmação' declaração 1urada :direito tri utário. Adulterinus a patre: Adulterino por parte do pai. Adventicio: Advent-cio. Affinitas affinitatem non parit: A a%inidade não gera a%inidade. Affinitas non egredietur ex persona: A a%inidade não vem da pessoa. Aequitas: Eq#idade. paria jura desiderat: Em causas iguais' a eq#idade dese1a direitos iguais. Advocati temperet se ab injuria: A sten!am5se os advogados da in18ria. .

como se não !á alegação. Alibi: Em outra parte. . Alieno nomine: Em nome al!eio.I? Agere non valenti non currit praescriptio: A prescrição não corre contra quem não pode agir. Agnatio a patre sit. Animus alieno nomine tenendi: Intenção de possuir em nome de terceiro. Alieno nomine detinendi: +eter em nome al!eio. Alter ego: Um outro eu. dar/ outra' prometer. Animo solo possessionem adipisci nemo potest: "ingu. Aliud est dare. Aliena gratia: Por interesse de terceiro. Aliud pro alio: Uma coisa pela outra. ocultar/ outra' calar. Allegatio et non probatio. aliud tacere: Uma coisa .' por parte de pai' da mesma %am-lia.m pode adquirir a posse s6 pela intenção. Alimenta solum debentur pro tempore quo alimentandus vivit : S6 se devem os alimentos pelo tempo que vive o alimentando. Aliud est celere. Alieni juris: +e direito al!eio. cognatio a matre: A agnação vem do pai' a cognação da mãe. quod suum non fuit: "ão se pode perder o que não %oi seu. Amittere non potest quis. o ato pelo qual se trans%ere o dom-nio. Aliquid novi: Elemento novo. Aliunde: Em outra parte. aliud promittere: Uma coisa . Alienus dolus noceri alteri non debet: 4 dolo al!eio não deve pre1udicar a outrem. Animus adjuvandi: Intenção de a1udar. Agnati sunt per patrem ex eadem familia: São agnados :os que derivam. Alienatio est omnis actus per quem dominium transfertur: Alienação . Allegatio partis non facit jus: A alegação da parte não %a& direito. Analogia juris: Analogia do direito. Analogia legis: Analogia da lei. Animus: Intenção' vontade' 2nimo. quasi non allegatio: Alegação sem prova . Animus abutendi: Intenção de a usar.

Animus laedendi: Intenção de o%ender. Animus narrandi: Intenção de narrar. . Animus domini: =om a intenção de ser dono' de agir como dono. Animus furtandi: Intenção de %urtar. Animus defendendi: Intenção de de%ender. Animus corrigendi: Intenção de corrigir. Animus celandi: Intenção de ocultar. Animus infringendi: Intenção de in%ringir. Animus donandi: Intenção de dar. Animus calumniandi: Intenção de caluniar. Animus dolandi: Intenção dolosa de pre1udicar.I@ Animus ambulandi: Intenção de ir e vir. Animus derelinquendi: Intenção de a andonar. +e assen!orear5se. Animus falsandi: Intenção de %alsi%icar. Animus furandi: Intenção de %urtar. Animus injuriandi: =om a intenção de in1uriar. Animus difamandi: Intenção de di%amar. Animus necandi: =om intenção de matar. Animus cancellandi: Intenção de cancelar. Animus jocandi: Intenção de grace1ar. Animus manendi: Intenção de %i*ar resid$ncia. Animus lucrandi: Intenção de lucrar. Animus ludendi: Intenção de rincar. Animus consulendi: Intenção de consultar. Animus apropriandi: Intenção de apropriar5se. Animus contrahendae societatis: Intenção de %a&er sociedade. Animus confitendi: Intenção de con%essar. Animus confidendi: Intenção de con%iar.

gua corrente e o mar são comuns a todos por +ireito "atural. Animus obligandi: Intenção de o rigar.m ouvida. Animus restituendi: Intenção de restituir. Ante acta: Antes do ato' preliminarmente. Animus novandi: =om a intenção de inovar uma o rigação. Arbores quae in fundo continentur non est separatum corpus a fundo: As árvores que estão contidas em uma propriedade não são um corpo separado da propriedade. Animus solvendi: Intenção de pagar. jure naturali omnium communia sunt: A .H procuração outorgada na ata da audi$ncia. Animus recipiendi: Intenção de rece er. Apices juris non sunt jura: As culmin2ncias do direito não são os direitos. Ante diem: Antes do dia. Ante litem: Antes da lide. quod semel impugnavit: "ão pode algu. Audiatur et altera pars: (ue a parte contrária se1a tam . Approbare quis non potest. Ante nuptias: Antes do casamento. Aqua profluens et mare. Animus simulandi: Intenção de simular.m aprovar o que 1á impugnou uma ve&. Animus rem sibi habendi: =om a intenção de ter a coisa para si. Animus possidendi: Intenção de possuir. . Approbare censetur rem vel personam qui ea utitur: (uem usa de uma coisa ou pessoa parece aprová5la. Anno domini: "o ano do Sen!or. Apud: 0unto de. Auctoritas prudentum: A autoridade dos 1urisconsultos. Apud aures nostras: Em nossa presença. Apud acta: "a ata' nos autos :E*.IA Animus nocendi: =om a intenção de pre1udicar. Appellatio admittenda videtur in dubio: "a d8vida' deve5se admitir a apelação. Animus retinendi possessionem: Intenção de conservar a posse. Animus violandi: Intenção de violar..

Bona fides est primum mobile et spiritus vivificans commercii: A oa5%. Bona fides semper praesumitur nisi mala adesse probetur: Sempre se presume a oa5%. Bona instantia se uti. Bis dat qui cito dat: (uem dá depressa dá duas ve&es. o primeiro m6vel e o esp-rito vivi%icador do com. Bona est lex si quis ea legitime utatur: 3oa . . Beneficium legis frustra implorat qui committit in legem: Em vão implora o ene%-cio da lei' quem age contra ela. Bona publica: 3ens p8 licos. Bene tibii: E tua sa8de.m deve ser denegado o ene%-cio do direito.. non calumniae causa se infitias ire: +eve litigar com ra&ão e não contradi&er com cal8nias. Beneficium fortunae: =ircunst2ncia %avorável. Bis: +uas ve&es. Bis terque beatii: 7eli&es e mais que %eli&es. 3 Bella matribus detestata: A guerra detestada pelas mães.m dela usar legitimamente. Bona fide: +e oa5%. Bis de eadem re ne sit actio: "ão !a1a ação duas ve&es so re a mesma coisa. .' se não provar5se e*istir a má. Bona fides non patitur ut bis idem exigatur: A oa5%.. Aura sacra fames: A am ição do ouro :din!eiro. Bona gratia discedere: Separação ou div6rcio por m8tuo consenso. Bis in idem: +uas ve&es a mesma coisa' repetição. a lei se algu. não tolera que a mesma coisa se1a e*igida duas ve&es. Beneficium cedendarum actionum: 3ene%-cio de cessão de aç)es.rcio.IC Aura popularis: A aura popular. Beneficio principis: Por %avor do pr-ncipe. Beneficium juris nemini est denegandi: A ningu.

= Calumnia litium: Krapaça das lides. . Causa cognoscitur ab effectu: =on!ece5se a causa pelo e%eito. Casus belli: =aso de guerra. Bonus quilibet praesumitur: Presume5se que todos se1am ons. Causa debendi: =ausa da d-vida.ID Boni mores: 3ons costumes. Causa donandi: =ausa da doação. Casus foederis: =ausa de aliança. Caput: =a eça de artigo que inclui parágra%os' itens ou al-neas. Causa cognita: =ausa con!ecida. Brevi ante: Pouco antes. Calumniare est falsa crimina intendere: =aluniar . Causa honoris: Por causa da !onra. Capitis minutio est status permutatio: A diminuição de capacidade . Causa mortis: =ausa determinante da morte. Causa adquirendi: =ausa de aquisição. Capitis diminutio: Perda dos direito civis' redução de direito. Causa criminalis non praejudicat civilis: A ação criminal não pre1udica a civil. Casus fortuitus: =aso %ortuito. Casus adversi: =aso adverso. Causa agendi: Notivo de agir. uma mudança de estado. Busilis: +i%iculdade. Causa petendi: 4 %undamento do pedido. Causa detentionis: =ausa da detenção. imputar crimes %alsos. Bonus pater familiae: 3om pai de %am-lia. Bonorum possessio ventris nomine: Posse de ens em nome da !erança. Momem cumpridor de seus deveres.

não pode ser %eita. Citatur reus ad petitionem actoris: =ita5se o r. Causa sine qua non: =ausa sem a qual a coisa :ato. tollitur effectus: =essando a causa' tira5se o e%eito. Cautio damnini infecti: =aução do dano temido. Citatio est fundamentum totius judicii: A citação . Cave ne cadas: Acautela5te para não ca-res.IF Causa principalis semper attendi debet: A causa principal deve ser sempre atendida. Citra petitum: Aqu. Citatio: =itação. Cives totius mundi: =idadão do mundo inteiro.dio em %avor de vi&in!o como garantia de que não será molestado. Cessio: =essão. Causidicus: Advogado. Cautio de bene utendo: =aução para usar em. Cautio fideijussoria: =aução %ide1uss6ria. . Causa superveniens: =ausa superveniente. Cautio de restituendo: =aução para restituição. =aução do proprietário de pr.m do pedido' sentença que não e*aminou todos os pedidos de uma inicial. Cautio rei uxoriae: =aução do dote da mul!er. Cessante causa. Causa simulandi: =ausa da simulação. Cautio de rato: =aução para rati%icação. Cessio bonurum: =essão dos ens. Cautelae: =autelas. Cautio de opere demoliendo: =aução prestada pelo nunciado para continuação de o ra em argada de que reste pre1u-&o se paralisada. o %undamento de todo direito.m do pedido. Cautio de judicato solvendo: =aução para pagamento do 1ulgado.u a pedido do autor. Citra petita: Aqu. Cautio: =aução. Circa merita: A respeito dos m.ritos. Cautio de bene vivendo: =aução para viver em.

Confessio est probatio omnibus melior: A con%issão . o direito de comprar e vender mutuamente. Cogito. ergo sum: Penso' logo e*isto. Conditio juris: =ondição de direito.rcio . Coelibes esse prohibento: Se1am proi idos os celi atos. Colorem habent. semel!ante de pagamento. Confessio dividi non debet: "ão se deve dividir a con%issão. Concessa venia: =om a devida licença. Coercitio: Repressão. Confessio est regina probationum: A con%issão . Concursos delinquentium: =oncurso de criminosos' co5autoria. Compensatio est instar solutionis: A compensação . substantiam vero nullam: Kem apar$ncia' mas não possui su st2ncia. Conditio sine qua non: =ondição indispensável. Cognitio extra ordinem: =on!ecimento %ora de ordem. Conditio sine causa: =ondição sem causa.m pode so%rer pena pelo pensamento. Cognita causa: Ap6s o e*ame dos %atos. do que con%iar. Commendare nihil aliud est quam deponere: +epositar nada mais . Commercium est emmendi vendendique invicem jus: 4 com. Cognitio: =on!ecimento. Communis error: Erro comum. Concursos delictorum realis: =oncurso real de delitos.<J Clandestina possessio: Posse clandestina. Communio: =omun!ão. =ondição que depende no todo ou em parte da vontade de um dos contratantes. Condictio: Acordo. Compos sui: Sen!or de si. a rain!a das provas. Concursos delictorum: =oncurso de crimes. Conditio potestativa: =ondição potestativa. a mel!or de todas as provas. Cogitationis poenam nemo patitur: "ingu. .

Contumacia est actus spernendi leges: =ontumácia . o 1eto de contestação. Consumitur altera actio per alteram: Uma ação consome5se por outra. Congruo tempore et congruo loco: Em tempo e lugar certos. Contra legem: =ontrário . Coram testibus: Em presença de testemun!as. Conscius fraudis: =onsciente da %raude. Consuetudo: =ostume. Contumacia in non respondendo: =ontumácia em não responder.<I Confessio facta in judicio non potest retractari: "ão pode ser retratada a con%issão %eita em 1u-&o. o ato de despre&ar a lei. id est. Coram lege: Perante a lei. Consanguineos. Consuetudo fori: =ostume do %oro. Cor hominis immutat faciem ejus: 4 coração do !omem l!e muda a %ace. Corpus juris civilis: =6digo de +ireito =ivil. Consensus omnium: 4 consenso de todos. Contentio inter partes: +iverg$ncia entre as partes. Contestationes causa: +i&5se da causa que .' os irmãos e irmãs por parte do mesmo pai. Consummatum est: Kudo está consumado. Corruptio: =orrupção. fratres et sorores ex eodem patre: =onsag#-neos' isto . Coram populo: Em p8 lico. Consensus tollit erroren: 4 consentimento tira o erro. Corpus delicti: =orpo de delito. Corpus alienum: =orpo estran!o. lei. Contra jus: =ontra o direito. Conscientia fraudis: =onsci$ncia da %raude. Consuetudo revertendi: =ostume de voltar. . Confiteor: Eu con%esso.

seu. Cum grano salis: =om um grão de sal. E*posto o %ato' o magistrado aplicará o direito' ainda que não alegado o dispositivo legal. Culpa in commitendo: =ulpa por imprud$ncia. Custos legis: 7iscal da lei. 4 enunciado não se deve tomar a s. Custas ex lege: =ustas como de lei. Cuique suum: A cada um o que . Crimina intendere: +iminuição de capacidade.<< Crimen privilegiatum: =rime privilegiado. Damnatio: =ondenação. Culpa ubi non est.rio 5 temperado que %oi com um grão de sal. Culpa in abstracto: =ulpa em a strato. Culpa in concreto: =ulpa em concreto. responsável. Culpa in eligendo: =ulpa pela escol!a de seus prepostos. Curriculum vitae: =urr-culo demonstrativo ou relação de t-tulos da pessoa. Culpa aquiliana: =ulpa aquiliana' culpa e*tracontratual. Cum reus moram facit et fidejussor tenetur: (uando o r. Cum errantis nulla volutas sit: (uem erra não tem vontade. Damnum: +ano. . Culpa in contrahendo: =ulpa no contratar. Culpa in faciendo: =ulpa na %orma de prestar a o rigação. Culpa in vigilando: =ulpa em vigiar a e*ecução de que outrem %icou encarregado. nec poena esse debet: 4nde não e*iste culpa' não deve !aver pena. Currente calamo: Ao correr da pena. dabo tibi jus: E*pon!a o %ato e direi o direito. Culpa in omittendo: =ulpa de omissão que resultou em dano. + Da mihi factum. Cum laude: =om louvor. Culpa est non praevidere quod facile potest evenire: 9 culpa não prever o que %acilmente pode acontecer.u incorre em mora' o %iador .

De minimis non curat lex: A lei não cuida de coisas m-nimas. De cujus: 4 %alecido' geralmente empregado como a pessoa inventariada. Damnum injuria datum: +ano produ&ido pela in18ria.rito ou merecimento. 76rmula de cortesia com que se começa uma argumentação para discordar do interlocutor. vender. De jure sacro: +o direito sagrado. Data venia: =om respeito' com licença. Dare et remittere paria sunt: +ar e perdoar são coisas iguais. De jure constituendo: Pelo direito ainda não vigente. De lege ferenda: Pela lei ainda a ser promulgada 5 direito in %ieri. De meritis: Pelo m. De jure constituto: Pelo direito vigente. =om a devida permissão. De persona ad personam: +e pessoa a pessoa. De visu: +e vista. De plano: Sumariamente' por direito evidente. Dare nemo potest quod non habet: "ingu. 9 o mesmo que concessa venia ou permissa venia.m pode dar o que não tem. De auditu: Por ouvir di&er.rito' ou se1a' a questão de %undo. De lege lata: Pela lei e*istente em sentido amplo. Datur: 9 permitido. . De cujus succssione agitur: Aquele de cu1a sucessão se trata. Datio in solutum: +ação em pagamento. De jure: +e direito.<> Damnum emergens: +ano emergente. De minimis non curat praetor: 4 magistrado não deve preocupar5se com as quest)es insigni%icantes. Damnum infectum: +ano temido. Damnum ex delicto: +ano por delito. Dare in solutum est vendere: +ar em pagamento .vias da causa' e*amina5se o m. De more uxorio: +e costume do matrimBnio. =oncu inato em que os concu inos convivem como se casados %ossem. Resolvidas as quest)es pr.

interpela pelo !omem. Dies cedit: +ia inicial. Derelictio: A andono.<? Debellatio: +errota. Decisio litis: +ecisão da causa. Dignus est operarius merce sua: 4 operário . Delicta omissionis: =rimes de omissão. Derelictum: A andonado. Dies pecuniae: +ia de pagamento. prova em contrário. Dies a quo: Kermo inicial do pra&o' em contraposição ao dies ad quem. Delicta facti permanentis: 4s delitos praticados com vest-gios. donec contrarium probetur: Sempre se presume culpado o %alido' at. digno de seu salário. Dictum unius. Dies incertus: +ias incerto.m pode dever a si mesmo. Defensa: +e%esa. Dies termini computatur in termino: 4 dia do vencimento se conta no termo. Dies venit: +ia do vencimento. Delatio: +elação. Degitor sui ipsius nemo esse potest: "ingu. Dies ad quem: Kermo %inal do pra&o. Delictum non praesumitur in dubium: "ão se presume o delito na d8vida. Delicta carnis: 4s delitos da carne. dictum nulliu: Palavra de um' palavra de nen!um. Deficit: Saldo negativo. . Dies interpellat pro homine: 4 termo :pra&o' data certa. Decoctus perdit administrationem suorum sonorum: 4 %alido perde a administração de seus ens. Decisum: +ecisão' sentença. Dies certus: +ia certo. Decoctus semper culposus praesumitur. Decisorium litis: Ato decis6rio da lide.

Dolus velatus: 4 dolo . Dura lex sed lex: A lei :. Dolus bonus: 9 o dolo involuntário do agente' !á intenção oa e resultado mau. Dubia in meliorem partem interpretari debent: =oisas duvidosas devem ser interpretadas pelo lado mel!or. . Dominus soli: +ono do solo. lei. Donatio mortis causa: +oação por motivo de morte. Donatio sub modo: +oação por condição. dura' mas :. lecta una via non datur regressus ad alteram: Escol!ida uma via' não se dá recurso a outra. Dolus a fraude differt velut genus auspecie: 4 dolo di%ere da %raude como o g$nero' da esp. rga omnes: Para com todos. Dolus malus: (uando a vontade do agente quis o mau resultado.. mptio consensu peragitur: A compra se completa pelo consentimento. Preceito a ser aplicado em termos. Dolus apertus: +olo que se pode ver na conduta do agente. velado e o agente tenta dis%arcá5lo. seu' quanto o permite a ra&ão do direito. reservato sibi usufructo. Divini juris sunt veluti res sacrae et religiosae: São de direito divino as coisas sagradas e religiosas. Dominus litis: 4 autor da ação/ o dono da lide. Dominium est jus utendi fruendo et abutendi re sua quatenus juris ratio patitur: 4 dom-nio . A lei deve ser aplicada ainda que pareça imoral ou in1usta. 4 que . Donatio omnium bonorum. valida est: 9 válida a doação de todos os ens' reservando para si o usu%ruto. Dum pendet. rendet: Enquanto pende' rende.. lementa essentialia communia delicti: 4s elementos essenciais comuns do delito.cie. Dolus non praesumitur nisi probetur: "ão se admite o dolo que não se possa provar. Dormientibus non succurrit jus: 4 direito não a1uda aos que dormem ou negligenciam em seu uso ou de%esa. válido contra todos. rga alios: =ontra a outra parte. o direito de usar' %ruir e dispor do que . E adem: 4 mesmo.<@ Diminutio patrimonii: +iminuição do patrimBnio.

rror in procedendo: Erro no proceder. x adverso: Pelo contrário. x facto jus oritur: +o %ato nasce o direito.m. rror in judicando: Erro no 1ulgar. x improviso: +e improviso. x consensu: =om consentimento. st modus in rebus: Em tudo deve !aver um meio termo. rror facti nemini nocet: 4 erro de %ato não pre1udica ningu. rrata: Erros' corrigenda. rrare humanum est: Errar . pessoa. x die: Pra&o inicial. !umano. x jure alieno: Por direito de terceiro. ventus damni: Resultado do dano. rror facti: Erro de %ato. x auctoritate legis: Por %orça da lei. x facto oritur jus: 4 direito nasce do %ato. x consuetudine: =on%orme o costume. x auditu alieno: Por om e igual. x intervallo: Ap6s um lapso de tempo. rror calculi non facit jus: 4 erro de cálculo não %a& direito. . rror juris non excusat: 4 erro de direito não inocenta. Erro quanto . x abrupto: +e s8 ito. rror juris: Erro de direito. x lege: +e acordo com a lei.<A rgo: Portanto. x jure: Pelo direito. x commodo: E vontade. rror in persona: Erro so re a pessoa visada.

Recurso e* o%%icio' o rigatoriamente imposto ao 1ui& contra a pr6pria sentença. xceptio domninii: E*ceção de dom-nio. x professo: Por sua autoridade ou e*peri$ncia. xceptio maioris causae: E*ceção de causa maior. x radice: +a rai&.<C x libris: +os livros. x officio: Por dever do o%-cio. x nihilo nihil: +o nada' nada. x tempore: +e pronto' imediatamente. x proprio marte: Por %orça pr6pria. x nunc: +esde agora. "ulidade de ato e* nunc' cu1os e%eitos decorrem a partir da declaração de nulidade. xcessus defensionis: E*cesso de de%esa. "ulidade de ato e* tunc' cu1os e%eitos decorrem a partir da criação do ato que gerou a nulidade. xceptio declinatoria fori: Ação declinat6ria do %oro. x probatione oritur fides juridica: +a prova nasce a %. x tunc: +esde o in-cio. x vi legis: Por %orça da lei. xceptio doli: E*ceção de dolo. x vi: =onsoante o disposto' pela %orça. xceptio: Ação de e*ecutar' de limitar. x proprio jure: Por direito pr6prio. . x positis: Isto posto. x propria auctoritate: Por autoridade pr6pria. xceptio veritate: E*ceção da verdade. "ada pode vir do nada. xceptiones: E*ceção. 1ur-dica. +o que %oi e*posto. x potestate legis: Por %orça da lei. "ão retroage. x vi contractu: =on%orme a promessa. x rigore juris: =on%orme o rigor da lei.

Sentença que concedeu o que não constitui o 1eto do pedido. $actum et transactum: 7eito e passado. cessat effectus: 7inda a causa' cessa o e%eito. $icta confessio: =on%issão %ict-cia. $ictio juris: 7icção 1ur-dica. $actum negantis. lei. $orma dat esse rei: A %orma dá e*ist$ncia . $ac totum: 4 que %a& tudo. $inita causa. $ama volat: A %ama voa.. $orum contractus: 7oro do contrato. $raus legis: 7raude . necessária . $ilius. xempli gratia !e"g"#: Por e*emplo. $acit jus inter partes: 7a& direito entre as partes. $raus omnia corrumpit: A %raude tudo corrompe' ou produ& nulidade.<D xcipiens: E*cipiente. Se o citado não comparecer . 4 mesmo que ver i gratia :v. $alsa demonstratio non nocet: A demonstração errada ou impr6pria não deve pre1udicar o direito alegado. ergo heres: 7il!o/ logo' !erdeiro. $acti species: Particularidade do %ato' esp. $orum rei sitae: 4 %oro da situação da coisa. A escritura p8 lica . $actum adserverans onus subiit probationis: (uem atesta um %ato' assume o Bnus da prova. 7 $ac simile: Reprodução %iel de um original.g. . coisa/ a %orma . $ictio legis: 7icção da lei.cie do %ato. e*ist$ncia da coisa.. e*ist$ncia da trans%er$ncia da propriedade im6vel. =umpra5se. xtra petita: 7ora do pedido. xequatur: E*ecute5se. necessária . audi$ncia' devem ser considerados con%essados ou verdadeiros os %atos alegados pelo autor. nulla probatio est: "en!uma prova se e*ige de quem nega o %ato.. $acultas agendi: Poder de ação' %aculdade de agir :direito su 1etivo. xtra litis: 7ora da demanda.

%utta cavat lapidem: A gota cava a pedra. %ratia argumentandi: Para argumentar. %ravis testis: Kestemun!a %idedigna. M &abeas corpus: (ue tu ten!as o corpo. &abitatio morte finitur: A !a itação aca a com a morte.<F $umus boni juris: 7umaça de om direito' apar$ncia de om direito :di&5se quando a pretensão parece ter %undamento 1ur-dico. %rammatica falsa non vitiat instrumentum: 4s erros gramaticais não viciam o instrumento. &abetur pro veritate: Kem5se por verdade.. $uriosum nullum negotium contrahere potest: 4 louco não pode contrair neg6cio algum. %eneralistas parit obscuritatem: A generalidade gera a o scuridade. &astae subjicere: Lender em leilão p8 lico. %rave est fidem fallere: 9 grave %altar . &ic et nunc: Aqui e agora' imediatamente' sem demora. a %adiga. %enus nunquam perit: 4 g$nero nunca se destr6i. hic labor est: Esse . &ic et ubique: Aqui e em toda parte. &oc opus. %ratis: +e graça. &ereditas viventis non datur: "ão !á !erança de pessoa viva. &oc ipsum est: Eis o caso. &oc erat in votis: Estes eram os meus votos. O %enera per speciem derogantur: 4s g$neros derrogam5se pela esp. o tra al!o' essa .cie. &abeas data: (ue tu ten!as os dados. . %idelidade. cras tibi: Mo1e para mim' aman!ã para ti. &odie mihi.

'n casu consimili: Em caso semel!ante. I 'bidem: "o mesmo lugar. 'gnorantia juris neminem excusat: A ignor2ncia da lei não e*cusa ningu. 'n casu: "a esp. 'mputatio facti: Imputação de um %ato.' ou se1a. 'n censura: Em censura. 'n dubio pro operatio: Em caso de d8vida' deve5se ene%iciar o empregado. 'd est: Isto . 'n concreto: Em concreto. 'n diem: Para um dia não determinado. 'n albis: Em ranco. 'mprimatur: Imprima5se.>J &omo forensis: 4 advogado. 'n actu: "o ato. . &omo sapiens: Momem racional.m. 'ctu oculi: Perce ido pelos ol!os. 'n abstrato: Em a strato. 'n aeternum: Eternamente/ para sempre. 'n dubio pro matrimonio: "a d8vida' pelo matrimBnio. &onoris causa: Por t-tulo !onor-%ico. 'dem: 4 mesmo. contra fiscum: "a d8vida' contra o %isco. 'n dubio pro reo: A d8vida interpreta5se a %avor do acusado. 'n contione: Pu licamente.cie em 1ulgamento. 'n continenti !( ex intervallo#: "o in-cio do contrato' imediatamente. 'mputatio juris: Imputação de um direito. 'n dubio.

'n extremis: "o 8ltimo momento.cie. . 'n loco: "o lugar. 'nformatio delicti: Investigação criminal' in%ormação so re o delito. 'n fieri: A se construir' a se %ormar. 'n situ: "o local. 'n flagranti: Em %lagrante. 'n faciendo: "o %a&er. 'n pari causa: Em caso semel!ante. 'n terminis: Em 8ltimo lugar. 'n memoriam: Em lem rança de. 'n judicio: +iante do 1ui&. 'n fine: "o %im.>I 'n dubio pro societate: "a d8vida' deve5se interpretar a norma a %avor da sociedade. 'n extenso: Por e*tenso. 'n illo tempore: "aquele tempo. 'n totum: "o todo' na totalidade. 'n natura: "a nature&a' da mesma nature&a. 'n limine litis: "o começo da lide. 'n solidum: Solidariamente. 'naudita altera parte: "ão ouvida a outra parte. 'ncidenter: Incidentalmente. 'n fraudem legis: Em %raude da lei. 'n radice: "a rai&' no começo. 'n specie: Em esp. 'n verbis: "as palavras' nestes termos' te*tualmente. 'n litem: "a lide. 'n limine: "o começo. 'n initio litis: "o começo da lide.

'nstar omnium: =omo %a& toda a gente. "o 2m ito do pr6prio 6rgão. 's pater est. 'uris et de iure: +e direito e por direito. 'nter alios: Entre outros. 'nterposita persona: Por meio de um intermediário. 'ntuitu personae: Em consideração . 'nterna corporis: Interno. 'ntentio legis: A %inalidade da lei. 'pso jure: Em ra&ão do pr6prio direito' sem intervenção da parte. 'ter criminis: =amin!o do crime 5 atos que se encadeiam na e*ecução do crime. 'nterpretatio cessat in claris: A interpretação cessa nas coisas claras. 'nstrumenta sceleris: 4s instrumentos utili&ados na prática do crime. 'ntra legem: Interpretação anal6gica determinada na pr6pria lei. quem justas nuptiae demonstrat: Pai . 'nter vivos: Entre os vivos. 'nter absentes: Entre ausentes. 'ter: Procedimento' etapas.>< 'nfra: A ai*o.. 'ta est: Assim . 'psis litteris: E*atamente igual/ com as mesmas letras. 'pso facto: Pelo pr6prio %ato. pessoa. 'psis verbis: E*atamente igual/ com as mesmas palavras. quem se casou com a mul!er de quem nasceu o %il!o. 'ta speratur: Assim se espera. 'nter alia: Entre outras coisas. 0 . 'ta lex dicit: Assim di& a lei. 'nitio litis: "o começo da lide. 'ntra muros: +entro dos muros. 4 rigação contra-da.

)udex idoneus: 0ui& idBneo. )ura novit curia: 4 Kri unal :o 1ui&. )us in re: +ireito so re a coisa' direito de propriedade. o rigat6ria pela parte e não pode ser a%astado pela vontade de particularidades. )udex ultra petita condemnare non potest: 4 1ui& não pode condenar al.m do pedido. )udicium accusationis: 0u-&o da acusação. )us est norma agendi: 4 direito . )us facit judex: 4 1ui& %a& o direito. )us empirii: +ireito da autoridade' direito do governo' direito do que tem o poder. )udicium causae: 0u-&o da causa. )us constituendum: +ireito a se constituir. )us ad rem: +ireito . . um particular. )udex non debet lege esse clementior: 4 1ui& não deve ser mais clemente do que a lei. )ure proprio: Por direito pr6prio. )ure et de facto: Por direito e de %ato. )us cogens: +ireito cu1a aplicação . )us gentium: 4 direito das gentes. a arte do om e do 1usto. )us est ars boni et aequi: 4 direito . )uris et de jure: +e direito e por direito. con!ece os direitos. )us eundi: +ireito de ir e vir. a norma de agir. )us in re aliena: +ireito so re a coisa al!eia :usu%ruto' !ipoteca.>> )udex extra territorium est privatus: 7ora de sua 1urisdição' o 1ui& . coisa. )us ex facto oritur: 4 direito nasce do %ato. )us agendi: +ireito de agir. )ure constituendo: Pelo direito a constituir. )us constitutum: +ireito constitu-do.. Presunção que não admite prova em contrário )uris tantum: Somente de direito' a admitir prova em contrário )us accusationis: +ireito de acusar.

*ato sensu: Em sentido geral.>? )us in re propria: 4 direito so re coisa pr6pria. *ege lata: Pela lei tomada em seu sentido amplo' pela lei e*tensamente. *egitimatio ad causam: Gegitimação para a causa. *apsus loquendi: Erro no %alar. *apsus linguae: Erro de linguagem. )ustum pretium: Preço 1usto. )us libertatis: +iretio . )us persequendi: +ireito de perseguir. )us suum unicuique tribuere: +ar a cada um aquilo a que tem direito. )us strictum: +ireito de aplicação estrita ou r-gida. *egitimatio ad processum: Gegitimação de estar em 1u-&o. *audum: +ecisão ar itral. *ata culpa: "eglig$ncia e*cessiva. )us sanguinis: 4 direito de sangue' de parentesco. *egis manus longa: A mão da lei . . )us suffragii: +ireito do voto. longa. *egem habemus: Kemos leis. )us possessionis: 4 direito de posse. )ustae nuptiae: 0ustas n8pcias. )us sanguinis: +ireito de punir. *apsus calami: Erro de caneta. li erdade. )us possidendi: +ireito de posse. *egitima aetas: Idade leg-tima' maioridade. *apsus scribendi: Erro no escrever. G *ana caprina: (uestão insigni%icante.

*itis decisio: +ecisão da lide. +agister dixit: 4 mestre disse. +anus mariti: Poder do marido. +andatum non praesumitur: "ão se presume o mandato. +e ignaro: Sem eu sa er. *itis contestatio: =ontestação da lide. *ocus regit actum: 4 lugar determina o ato. . +andatum solvitur morte: =om a morte resolve5se o mandato. +anu militari: =om poder militar' ação e*ecutada . *ex loci actus: Gei do lugar do ato. +andamus: Nandado de segurança. *ibenter: +e oa vontade. *itigare cum ventis: 3rigar com o vento. +edius mensis: Neados do m$s. *ex loci contractus: Gei do lugar do contrato. *ex loci: A lei do lugar. *ucrum cessans: Gucro cessante. sempre certa. *ex posterior derogat priori: A lei posterior derroga a anterior. *ocus delicti commissi: Gugar onde cometido o crime. +ater semper certa est: A mãe .>@ *ex ad tempus: Gei temporária. +axime: +e modo especial' especialmente. N +agis aequo: Nais do que 1usto. *ex lata: Gei promulgada. *ex mitior: Gei mais enigna. %orça. *ex inter partes: Gei entre as partes.

+otu proprio: Por pr6pria iniciativa. 7a&endo5se as devidas mudanças. . +utatis mutandis: Nudado o que deve ser mudado. +odus vivendi: Naneira de viver.m da coisa. . +eta optata: Resultado dese1ado. 4 rigaç)es e direitos conseq#$ntes da morte e que passam aos !erdeiros. +odus faciendi: Naneira de %a&er. +ors omnia solvit: A morte solve tudo.rito da causa. +erum jus: +ireito estrito.aturalis ratio: A ra&ão natural. +ens legislatoris: Intenção do legislador. +odus operandi: Nodo de operação.ecessitas facit ius: A necessidade %a& o direito. +ora creditoris: Nora do credor. " . +unus publicum: Encargo p8 lico.aturali jure: Por direito natural.m divergisse. . +ora debitoris: Nora do devedor. . +ora ex re: Nora que prov.e bis in idem: "ão duas ve&es no mesmo assunto. .m. .emine discrepante: Sem discrep2ncia/ por unanimidade' sem que ningu.ec plus ultra: Aquilo que não pode ir al. +ortis causa: Por causa da morte.>A +ens legis: 4 esp-rito da lei' intenção da lei. +irabile dictu: =oisa admirável de se di&er. .e verbum quidem: "em sequer uma palavra. +ora in solvendo: Nora em pagar. +inervae suffragium: Loto de minerva. +eritum causae: N.

m. .m .orma agendi: 4 direito como norma' lei ou regra de ação :direito o 1etivo. "ão convence. .ota bene: "ote em. "ão !á 1ulgado. . . .m dá o que não tem. .emo potest ignorare leges: A ningu.emo demnatur nisi per legale judicium: "ingu.eminem ignorantia legis excusat: A ignor2ncia da lei não escusa ningu.ovum iudicium: "ovo 1ulgamento.m deve ser 1ulgado duas ve&es pelo mesmo %ato. .emo debet inauditus damnari: "ingu. dado alegar a ignor2ncia da lei. .emo auditur propriam turpitudinem allegans: A ningu.ominatim: "ominalmente' e*pressamente. . K-tulo do crime.on decet: "ão conv. .m deve ser condenado sem ser ouvido.ihil medium est: "ão !á meio5termo.on bis in idem: "ingu. dado alegrar a pr6pria torpe&a em seu proveito. "orma de conduta. .ullum crimen. . .on hilum: A solutamente nada. .ulius iuris: Sem valor para o direito.ullum crimen sine culpa: "ão !á crime sem culpa. .emo deferre se cogitur: "ingu. .ulla poena sine judicio: "ão !á pena sem processo. .on facere quod debet facere: "ão %a&er o que deve %a&er. .on liquet: "ão !á certe&a' não está claro. .m . .>C .ulla actio sine lege: Sem lei não !á ação.m . .omem juris: "ome de direito. . nulla poena sine praevia lege: "ão !á crime' nem pena sem lei anterior que os de%ina.otitia criminis: "ot-cia ou con!ecimento do crime. .m pode ser condenado a não ser em um 1u-&o legal. . . =omunicação do crime.m.uda repromissio: Simples promessa.m .emo judex sine lege: "ingu. .ullo labore: Sem tra al!o algum' sem custo.emo dat quod non habet: "ingu. . . o rigado a se denunciar.ihil obstat: "ada impede.. 1ui& sem lei.

. -mnium consensu: Pelo consenso de todos. .ullum tributum sine praevia lege: "ão !á tri uto sem lei anterior. . -bligatio non faciendi: 4 rigação de não %a&er. . -missis: 4mitido' trec!o omitido.ullum crimen sine lege: "ão !á crime sem lei :anterior que o de%ina. . -mnium horarum homo: Momem de todas as !oras.>D . -nus probandi: 4 encargo da prova. Re%ere5se a que' em princ-pio' as disposiç)es que restringem direitos devem ser devem ser interpretadas de %orma estrita. -bscure dictum habetur pro non dictum: 4 que se disse de modo o scuro' tem5se por não dito. -rdinatorium litis: Instrução do processo.unc et semper: Agora e sempre.umerus clausus: "8mero limitado. 4 -bligatio ad diligentiam: 4 rigação de ser diligente.unc aut nunquam: Agora ou nunca. -blivio signum negligentiae: Esquecimento . sinal de neglig$ncia. -diosa restringenda. . . -mni ope: =om maior es%orço' com todo o empen!o.umerus apertus: "8mero ilimitado. favorabilia amplianda: Restrin1a5se o odioso/ amplie5se o %avorável. -pe juris: Por %orça do direito.acta clara.. boni amici: A1ustes !onestos' ons amigos.ullum ius sine actione: "ão !á direito sem ação. P . -pportune tempore: "o tempo oportuno. -bligatio faciendi: 4 rigação de %a&er. -ccasio legis: =ircunst2ncias do momento em que se originou a lei utili&ada na interpretação l6gica.

er tempus: A tempo' em tempo.ericulum in mora: Perigo de mora' perigo na demora.lurimus: +iversos' muitos. . . .assim: Aqui e ali 5 %6rmula para indicar que' ap6s uma citação' outras igualmente são encontráveis. . .actum sceleris: Pacto do crime. .leno gradu: A toda pressa. . . .endente lite: Enquanto pende a lide.etitum: Pedido.leno jure: +e pleno direito. . . .ari passu: Simultaneamente' a par. . .lacet: Agrada' aprova.alliae sunt: São pal!as' são nin!arias. . .acta sunt servanda: 4s contratos devem ser cumpridos.ermissa venia: =om o devido respeito.er summa capita: Em resumo' sucintamente.er litteras: Por carta.er legem terrae: Pela lei do seu pa-s.er contra: em sentido contrário.er ludum: Por rincadeira.er dolum: +olorosamente' por dolo. . .>F . Perseguição do crime. .ersona grata: Pessoa em5vinda. . .ersecutio criminis: Persecução criminal.atria potestas: Poder pátrio.er capita: Por ca eça' por pessoa. . . . .er se: Por si mesmo. .er vim: =om viol$ncia. . .etitio principii: Petição de princ-pio' so%isma que sup)e verdadeiro o que ainda deve ser provado.er se stante: Por si pr6prio.

.ro re nata: =on%orme as circunst2ncias. .rimus inter pares: 4 primeiro entre seus semel!antes.m. . . .cie de costume que integra a norma penal não incriminadora' quer co rindo5l!e as lacunas' quer l!e especi%acando5l!e o conte8do e a e*tensão..ro soluto: A t-tulo de pagamento' para valer como pagamento.ro tempore: Kemporariamente' segundo as circunst2ncias.?J . .rima facie: E primeira vista. .rivilegium fori: Privil.ro forma: Por mera %ormalidade.rivilegium imunitatis: Privil.ronuntiatio judicis: Sentença 1udicial.ost scriptum: +epois do escrito. .ro domo sua: Em seu pr6prio ene%-cio. . . . =om demasiado rigor. .ro labore: Pelo tra al!o. .lus ultra: Nais al.lus aequo: Nais do que 1usto. . . . .ro derelicto: Em completo a andono' em desamparo. . . .gio de %oro.robatio incumbit asserenti: A prova ca e a quem a%irma.roducta sceleris: Produtos do crime.ossessio bonae fidei: Posse de oa5%.ro solvendo: +estinado ao pagamento.raeter legem: Esp.raesumptio juris et de jure: Presunção a soluta que não admite prova em contrário.ro rata: Em proporção. Para pagar' para solver um d-vida.lus justo: Al.rior in tempore. . . .ost mortem: +epois da morte. . .m da medida' e*cessivamente. potior in jure: Primeiro no tempo' mais %orte ou mais poderoso no direito .gio da imunidade. .robatio incumbit neganti: A prova ca e a quem nega.ost factum: +epois do %ato.

ropter officium: Em ra&ão do cargo.roprio sensu: Em sentido pr6prio. /uod nimium est laedit: 4 que . /ui tacit. /uaestio juris: (uestão de direito. /uantum: (uantia :em pec8nia pedido em condenação. /ui medium vult. /uid prodest0: Para que serveP. /uid novi0: (ue !á de novoP (uais as novidadesP. . .. Aquilo que não se e*teriori&a em um ato' . /uo plerumque fit: Aquilo que geralmente acontece. iter habet: (uem tem o direito de condu&ir' tem o camin!o. 9 l-cito admitir o %ato singular somente quando provado. /ui actum habet. consentire videtur: (uem cala consente. 4 e*cesso de clare&a não pre1udica.?I . /uod abundant non nocet: 4 que . e*cessivo pre1udica.unctum pruriens judicii: Ponto incBmodo do 1u-&o' contestação. recte alienat: (uem transgride de %ato aliena. /uantum satis: 4 quanto su%iciente. /ui prodest0: A que isto serviuP A quem isto aproveitouP. /uantum debeatur: 4 quanto se deve. . /ui transigit. finem vult: (uem quer o meio' quer o %im. /uo capita. /ui pro quo: Uma coisa por outra.m pre1udica. /ui suo jure utitur neminem laedit: (uem e*erce o seu direito a ningu. ( /uaestio facti: (uestão de %ato. . a strato' não sendo' portanto' deste mundo. tot sententiae: Kantas ca eças' tantas sentenças. /uod nonest in actis non est in mundo: 4 que não se ac!a no processo' e con%orme a disciplina processual' não e*iste.unctum saliens: Ponto saliente' ponto principal. demais não pre1udica. /ui inde0: 4nde o +ireitoP (ual a solução do +ireitoP.roprio nomine: Em seu pr6prio nome. .

1atio decidendi: Ra&ão de decidir. 1atione legis: Em ra&ão da lei. 1epetita juvant: =oisas repetidas a1udam. 1ei sitae: 4nde a coisa se encontra. admiss-vel que' ao 1ulgar o recurso' o Kri unal piore a condenação do recorrente' sem ter ocorrido recurso da parte contrária.?< /uorum: "8mero m-nimo para %uncionamento de um 6rgão colegiado. 1es: =oisa. . 1atione contractus: Em ra&ão do contrato. 1atione materiae: Em ra&ão da mat. 1eformatio in pejus: Re%orma para pior. 1atione loci: Em ra&ão do domic-lio' do lugar. R 1epere in jus: Gevar a 1ustiça. 1es adversae: =oisa adversa' in%ort8nio. 1ebus sic stantibus: Assim estando as coisas' permanecendo assim as coisas. 1atione temporis: Em ra&ão do tempo. 1atio fori: Em ra&ão do %oro.. Ra&ão de agir. 1atione fori: Em ra&ão do %oro. 1emedium juris: Rem. 1atio essendi: Ra&ão de ser. 1ebus in stantibus: Estando assim as coisas :cláusula.dio do direito. 1atione officii: Em ra&ão do cargo' do o%-cio. 1atione auctoritatis: Em ra&ão da autoridade. 1atio legis: Em ra&ão da lei.ria. 1atione personae: Em ra&ão da pessoa. 1atio agendi: 4 motivo determinante de ação de agir em 1u-&o. 1em gerere: Administrar seus ens. "ão .

1es derelictae: =oisa a andonada' sem dono. 1ogatio legis: Propositura da lei. coisa sagrada. 1es non verba: Atos' não palavras. 1es de que agitur: A coisa de que se trata.?> 1es amissa: =oisa perdida. 2ententia est: Esta . 1es petita: =oisa pedida. 1es furtiva: =oisa o 1eto do %urto. S 2edundum legem: +e acordo com a lei. 1estitutio in integrum: Restituição por inteiro' recuperação no estado original da coisa. allis nec prodest nec nocet: 4s atos dos contratantes não aproveitam nem pre1udicam a terceiros. 2ententia facit de albo nigrum de quadrato rotundum: A sentença %a& do ranco preto e do quadrado redondo.m. 1es familiaris: 3ens de %am-lia.u . 1es publica: =oisa p8 lica. o mesmo sempre e em toda parte. 1eus sacra res est: 4 r. 1es judicata: =oisa 1ulgada. 2ententia contra jus constitutum lata: Sentença pro%erida contra direito constitu-do. 1es in judicio deducta: =oisa dedu&ida em 1u-&o. a senteça. 1es nullius: =oisa de ningu. 1es judicata pro veritate habetur: Kem5se por verdade a coisa 1ulgada. 2emper et ubique unum jus: +ireito . nula. 1es inter alios: =oisa entre terceiros. 2ententia contra sententiam nulla est: Sentença contra sentença . 1igori aequitas praeferenda est: +eve5se pre%erir a eq#idade ao rigor.cie de costume que consiste em regras so re a uni%orme interpretação e aplicação da lei. 1es inter alios acta. . Esp.

2i et in quantum: Agora e enquanto perdurar a mesma situação. Locá ulo consignado entre par$nteses' para indicar que a re%er$ncia está %eita como no original' ainda que errBnea ou singular. 2tricto jure: +e direito estrito' aquilo que deve ser %eito dentro da rigorosa e*pressão da lei. 2ine capite fabula: Mist6ria sem p. 2tipendium: Salário' tri uto. 2ine die: Sem %i*ar dia certo. . 2ocietas criminis: A sociedade do crime. 2ervatis servandis: =onservando5se o que deve ser conservado. 2ine qua non: Sem o que não. 2tatus: Posição. nem ca eça. 2tatus libertatis: Estado de li erdade. 2tatu quo !ante#: "o estado em que se encontrava anteriormente. 2pecialia derogant generali: As coisas especiais derrogam as gerais. 2i virgula cadit. 2ocietas delinquere non potest: A sociedade não pode delinq#ir. 2imili modo: +o mesmo modo. 2olo animo: Qnica intenção. 2olutio indebiti: Pagamento indevido. 2olve et repete: Paga e reclama. 2impliciter: Simplesmente. pro veritate habetur: A sentença transitada em 1ulgado' tem5se por verdade. 2imili ratione: +a mesma ra&ão. 2ponte sua: Espontaneamente' por vontade pr6pria. 2olutione tantum: Somente pelo pagamento. 2implex veritas: Lerdade pura. actio nequit: Se %altar a v-rgula' perde5se a ação. 2ic: Assim' tal. 4 rigação de pagar para poder reclamar' aplicado no +ireito 7iscal. 2olutus a vinculo: Givre de v-nculo.?? 2ententia quae in rem judicatam transit. 2ine cura: Sem preocupaç)es.

2ubjectum juris: Su1eito de direito. 3antum devolutum. 2ufficit: 9 astante' asta. cr-tica de outrem. K 3abula rasa: Ká ua lisa onde nada %oi escrito. 2ubstractum: A ess$ncia' o princ-pio da coisa. 2uum cuique: A cada um o que . 2upra summun: 4 mais alto grau. 2ui generis: Especial' 8nico. 2ummum jus. . seu. summa injuria: Suma 1ustiça' sua in18ria. o mel!or 1ui& de todas as coisas. 3empus regit actum: 4 tempo rege o ato. 2uperavit: 4 que so ra.?@ 2tricto sensu: Em sentido estrito. 2ub hasta vendere: Lender em leilão p8 lico. 2ub lege libertas: A li erdade so a . quantum appellatum: +evolvido tanto quanto apelado. tollitur effectus: Suprimida a causa' cessa o e%eito. 3antum consumptum. 2ub examine: So e*ame. 2ub conditione: So condição. Princ-pio segundo o qual o ree*ame na inst2ncia ad quem prende5se aos pontos o 1etos do recurso. 2ub censura: +e ai*o de censura' su1eito . 2umma imperii: 4 poder supremo.gide da lei. E*erc-cio do direito em e*cesso gera in18ria e*cessiva. 3empus est optimus judex rerum omnium: 4 tempo . 2ui juris: Pessoa capa&. tantum judicatum: Kanto se consumou quanto se 1ulgou. Em linguagem literária' signi%ica que nada %oi dito. 2ublata causa. 2ub judice: Em 1u-&o. 3antundem: 4 mesmo.

4na voce: =om uma vo&' unanimemente. 3erminus a quo: Ponto de partida.m do que pode. 3ransigere est alienare: Kransigir . Kermo a partir do qual. 4rbi et orbi: "a cidade e no campo. Gimite ou termo at.m do pedido. 4ltima ratio: A 8ltima ra&ão' 8ltimo argumento. U 4bi eadem est ratio. nemo obligatur: "ingu. 4ltra modum. 4no consensu: =om unanimidade de votos. 3ributum: Kri uto. 3ertius: 4 terceiro.m . 3hema decidendum: Kema a decidir. .m dos limites' sem motivos. 3erminus ad quem: Ponto de c!egada. 4ltimatum: Ultimato :8ltimas propostas. 4nicuique suum: 4 seu' a seu dono/ a cada um o seu. 3imeo hominem unius libri: Kemo o !omem de um s6 livro. 4rbs: =idade' !a itantes de uma cidade. 4nu et idem: Um s6 e mesma coisa. 3ollitur quaestio: Suprimida a questão. testis nullus: Uma testemun!a' nen!uma testemun!a. 3urbatio sanguinis: Nistura de sangue. ibi ide jus: A mesma ra&ão autori&a o mesmo direito. Sentença que concedeu mais do que o pedido na inicial. o rigado al. alienar. unus. 3ertio: Em terceiro. 4ltra posse.. o qual. sine causa: Al. 3raditio longa manu: Kradição de coisa ao alcance da mão.?A 3entare non nocet: Kentar não pre1udica. 3estis. 3urpis causa: =ausa torpe. 4ltra petita: Al.

5ani timoris iusta excusatio non est: A escusa do vão temor não . o %im. 4t supra: =omo acima. 5enditio ad corpus: Lenda con%orme a coisa. o princ-pio que prestigia a posição do possuidor e%etivo de um espaço territorial contestado. 4ti non abuti: Usar' não a usar. 4t: =omo' posto que' de maneira que' assim como.. 1usta. 4t rogas: =omo solicitas.. . Espaço de tempo entre a pu licação de uma lei e a sua entrada em vigor. 4t fit: =omo a ai*o :está escrito. %ama' segundo consta. 4ti possidetis: =omo possuis agora :. a ira sem a %orça. 4t retro: =omo atrás. 4sus fori: Uso do %oro. viciado pelo in8til. 4sque ad terminum: At.?C 4sque: At.. o limite. 5ade mecum: Lem comigo' livro para consulta rápida. 5ana est sine viribus ira: Lã . 5enditio ad mensuram: Lenda de acordo com a medida. 4t fama est: =omo . 4sus forensis: 4s usos do %oro' pra*e. 5erba legis: Palavra da lei. 4sque ad finem: At. L 5acantia legis: Lac2ncia da lei. 5acatio legis: +ispensa da lei. 5erba mollia et efficacia: Palavras suaves e e%ica&es. 4tile per inutile non vitiatur: 4 8til não . 4t puto: Segundo creio. 5ectigalia decoquunt: As rendas esgotam5se.

5is attractiva: 7orça atrativa. 5ersus: =ontra. 5erbum pro verbo: Palavra por palavra. 5eritas odium parit: A verdade gera o 6dio. +eclaração dos 1urados so re a culpa ilidade ou não do acusado.g. 5idebimus infra: Leremos a ai*o' depois. 5is absoluta: Liol$ncia %-sica. 5irtus est in medio: A virtude está no meio5termo. 5eredictum: Leredicto. 5is adjuvat aequum: A %orça protege a 1ustiça. . 5ide: Le1a' con%ira. 5irgo intacta: Lirgem. 5irtus probandi: A %orça da prova. 5inculum juris: L-nculo 1ur-dico. 5erus dominus: Lerdadeiro dono. 5etustas vicem legis obtinet: 4s vel!os costumes trans%ormam5se em lei. 5is compulsiva !(vis impulsiva#: Liol$ncia moral. (uestão controvertida. 5erbo ad verbum: Palavra por palavra. 5is: Liol$ncia. clam et precaria: Posse violenta' clandestina e precária.?D 5erbatin: Palavra por palavra. 5im vi repellere licet: 9 l-cito reprimir a %orça com a %orça. 4 mesmo que e*empli gratia :e. 5eritas evidens non probanda: A verdade evidente não precisa de prova. 5erbis tantum: Somente com palavras. 5erbis: Ke*tual.. 5im. 5exata quaestio: (uestão levada de lá para cá' por isso atida' agitada' tormentosa.. 5inum memoriae mors: 4 vin!o mata a mem6ria. 5erbi gratia !v"g"#: Por e*emplo. 5ia crucis: =amin!o da cru&.

5olenti nihil difficile: Ao que quer nada . 5olenti non fit injuria: A quem consente não . 5ox unius. 5oluntas legis: A vontade da lei. 5itae curriculum breve: A curta carreira da vida. 5ita anteacta: Lida pregressa. 5is minima: Gei do menor es%orço. 5iventi nulla hereditas: A !erança de quem está vivo . %eita in18ria. 5oluntas sceleris: Resolução criminosa. vox nullius: Lo& de um' vo& de nen!um. 5is jus contra juris vim: 4 direito da %orça contra a %orça do direito. di%-cil.?F 5is corporalis: Liol$ncia %-sica. 5ulnera non dantur ad mensuram: As les)es corporais não são praticadas so medida . nula.