You are on page 1of 9

08/12/13

www.feth.ggf.br/CarnavaldeRua.htm

Revista geo-paisagem (on line) Ano 12, nº 23, Janeiro/Junho de 2013 ISSN Nº 1677-650 X Revista indexada ao Latindex Revista classificada pelo Dursi

O EMPRESARIAMENTO DO CARNAVAL DE RUA NO CONTEXTO URBANO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Juan Pablo Luoni

(juanluoni@gmail.com)

Resumo:

O presente trabalho pretende expor alguns aspectos do carnaval do Rio de Janeiro de rua, particularmente sua feição empresarial.

Palavras-chave : Carnaval , Rio de Janeiro , empresas

Abstract:
www.feth.ggf.br/CarnavaldeRua.htm 1/9

feth. Lugar da ironia. a fenômeno urbano que atrai pessoas de todo o Brasil.3 milhões de foliões. organização e gestão. em suma: a produção do espaço durante o carnaval de rua da cidade maravilhosa. Formalização da parceria www. Essa parceria público-privada tem como sujeitos sociais a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro e a empresa de realização de eventos Dream Factory. particularly its relationship with companies. o carnaval de rua se transformou.ggf. da brincadeira.htm 2/9 . do lúdico. Ao som das clássicas marchinhas ou levados por novos acordes. da crítica social. Rio de Janeiro. Keywords: Carnaval. Passou de acontecimento local e centralizado em alguns bairros da cidade.08/12/13 www. Nesse sentido. responsável pelo planejamento.feth. pondo em questão sua aparente espontaneidade como festa popular. Em matéria publicada no jornal O Globo. o presente texto busca demonstrar de forma clara e objetiva o empresariamento deste fenômeno urbano.br/CarnavaldeRua. companies Introdução A cidade do Rio de Janeiro vive um ressurgir do tradicional carnaval de rua – festa popular tipicamente urbana.ggf.htm The present study aims to expose some aspects of Carnaval in Rio de Janeiro. o carnaval de rua da capital fluminense movimentou mais de 5. Em dez anos. a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro divulgou que no ano de dois mil e treze. os foliões se espalham pela cidade do Rio de Janeiro em jornadas festivas que começam pela manhã e adentram madrugadas.br/CarnavaldeRua.

Em outras palavras. Ao verificar os valores.br/brasil/2545146/carnaval-gera-us-850-milhoes-para-o-rio-de-janeiro. Acesso em: 19/03/2013). através da Riotur – Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro S/A e a Dream Factory-Comunicação e Eventos Ltda.br/CarnavaldeRua. o presente instrumento foi assinado sem a ocorrência de processo licitatório devido à falta de concorrência – a única proponente do projeto foi a citada empresa.valor. dentre outras. firmou contrato para a organização do carnaval de rua 2013 da cidade do Rio de Janeiro.08/12/13 www.com. Assim sendo. se constata: não oneroso.br/ler_pdf. Acesso em: 20/03/2013). Isso foi possível devido à interveniência das empresas AMBEV e ITAU. uma propriedade valiosa para as marcas”.gov. em nota publicada no dia 18 de fevereiro de 2013: www. a empresa arcou com os custos totais da montagem da infraestrutura do evento. De foliões a consumidores – marketing empresarial nos blocos de rua Conforme nota publicada no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro. os horários e percursos a serem realizados pelos foliões. O citado contrato realiza-se de forma consecutiva desde sua primeira implantação no ano de 2009.SA.feth. assim como negociar junto às principais ligas de blocos. Segundo a Agência Brasil de Comunicação. para a RioTur. sem aportes de parte da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. cabe à empresa organizar toda a infraestrutura necessária à realização do evento. somaram um valor de investimento total de 20 (vinte) milhões de reais (Em: http://www. no dia vinte de agosto de 2012 .feth. A citada empresa é responsável por elaborar e implantar um projeto que abarque o calendário oficial da temporada de carnaval de rua da cidade.ggf. com a interveniência Companhia de Bebidas das Américas-AMBEV e da ITAÚSA. “transformou o carnaval de rua da cidade em produto turístico organizado.ggf.br/CarnavaldeRua. A iniciativa publica-privada estabelece normas e regras a serem cumpridas de modo que. Não foram encontrados dados suficientes que permitissem discriminar os valores lucrados por essas empresas durante o evento. esteve sob os cuidados da empresa Dream Factory. (Em: http://doweb. Assim sendo. Segundo nota publicada no Diário Oficial do município do Rio de Janeiro no dia onze de outubro de 2012. também.htm A parceria é formalizada por instrumento contratual devidamente publicado no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro. como a Sabastiana. pelo quarto ano consecutivo o carnaval de rua da cidade do Rio de Janeiro. Um evento que é bom tanto para os foliões quanto para quem não brinca o carnaval e. que junto à Dream Factory e outros patrocinadores menores.php? edi_id=1978&page=73. a empresa de eventos Dream Factory.rio.rj.htm 3/9 .Investimentos Itaú S/A.

08/12/13 www. Esse montante de números e valores exige empresas de alto poder de ação e influência no setor público. Maratona da Caixa Econômica . encontra-se Roberta Medina (Presidente da Empresa) filha do influente publicitário Roberto Medina.ggf.br/noticia/2013-02-18/numero-de-folioesaumentou-no-carnaval-de-rua-do-rio-este-ano. O resultado significou um aumento de 0. Do dia 19 de janeiro até o dia 20 de fevereiro.com. uma inspeção extraordinária nos contratos firmados pela prefeitura para a realização da festa momesca na cidade” (Em: http://www. produção da árvore da Lagoa Rodrigo de Freitas na zona sul carioca.feth. lê-se: “O mandato Eliomar Coelho descobriu que a empresa (Dream Factory) doou R$ 347 mil à campanha de Eduardo Paes nas eleições do ano passado. Nessa perspectiva encontra-se publicado no blog do ex-governador Antony Garotinho: www. Eliomar pedirá ao Tribunal de Contas do Município. Um dado relevante dessa parceria pública-privada estabelecida entre a empresa Dream Factory e o partido político PMDB-RJ verifica-se na constatação de que a empresa aumentou vertiginosamente sua atuação no espaço público carioca a partir do primeiro mandato de Eduardo Paes à prefeitura da cidade do Rio de Janeiro em 2009. gerando uma renda de cerca de R$ 848 milhões” (Em: http://agenciabrasil.eliomar.ggf.feth.br/CarnavaldeRua.Rio de Janeiro. 212 milhão de visitantes estiveram na cidade. Em matéria publicada na página oficial do vereador Eliomar Coelho do PSOL. Com dez anos no mercado de mega eventos a empresa já organizou o Rock in Rio em suas versões no Rio de Janeiro. 1. Acesso em: 25/03/2013).ebc.br/CarnavaldeRua. de acordo com balanço divulgado hoje (18) pela prefeitura carioca.htm “O carnaval de rua da capital fluminense movimentou este ano mais de 5. está a cargo da jornada mundial da juventude cristã do Rio de Janeiro.htm 4/9 . Acesso em: 23/03/2013). Portugal e Espanha.3 milhões de foliões.br/por-que-a-ambev/.com. dentre outras realizações.19% em relação à festa do ano passado. A frente da empresa Dream Factory.

48%” (Em: http://epocanegocios.html. pasmem.feth. em 2010. Acesso em: 22/03-2013).8 milhões. cuidados médicos com 80 diárias de UTI móvel.blogdogarotinho. um aumento de 22. É a decoração de carnaval. mas também no controle desses blocos pela empresa organizadora da festa popular.htm 5/9 . 37 (Zona Oeste). aclara: “em 2011. uma atrás da outra. A ação pede que Cabral devolva aos cofres públicos essa fortuna” (Em: http://www.ggf.dias do calendário oficial do carnaval de rua. Produção de um fenômeno urbano O projeto para o carnaval de 2013 denominou-se .200 diárias no total).globo. a saber: 148 (zona sul). A infraestrutura contou com organização de trânsito nas ruas da cidade com controladores de tráfego (1. Verifica-se aumento vertiginoso não apenas no número de blocos e foliões. 87 (Centro da Cidade). a pretexto de patrocinar.com/Informacao/Acao/noticia/2012/11/carnaval-de-rua-do-rio-cresce-e-tem-nova-cotade-patrocinio-de-r-3-mi. Com o aumento de participantes nos blocos menores. alem do cadastro dos vendedores ambulantes. 91 (Zona Norte) e 57 (Grande Tijuca). E não custa lembrar que corre na Justiça a Ação Popular contra Cabral por ter dado à Dream Factory R$ 5. 16. 47 (Barra).200 diárias de banheiros químicos espalhados por diversos pontos.ggf. O outro rosto da fantasia www. 583 blocos já estão registrados para 2013. no ano passado. a empresa organizou 170 dos 460 eventos registrados pela prefeitura. De acordo com a Riotur.feth. esse número pulou para 350. Em entrevista à Revista Época Negócios. o Rock in Rio que foi realizado em Lisboa. agora Jornada Mundial da Juventude.aspx?id=9985. durante os dias de dezenove de janeiro à vinte de fevereiro .br/lartigo. Duda Magalhães – diretor geral da empresa Dream Factory. Portugal. a produção dos blocos.Carnaval do Rio: cada vez melhor.08/12/13 www. Acesso em: 24/03/2013). 25 (Ilha do Governador).br/CarnavaldeRua.br/CarnavaldeRua. de 476 registrados. produção e publicação com diferentes formatos. A organização administrou os 492 blocos de rua cadastrados pela Riotur que desfilaram por sete regiões da cidade.htm “Dream Factory ganha tudo sem licitação.com.

Muita gente atrás de mim conseguiu a licença. possui exclusividade de venda de seus produtos nos blocos cadastrados pela empresa Dream Factory. para vender nova cota. como reivindicavam as centenas de pessoas que fizeram uma manifestação nesta quinta-feira na Cidade Nova” (Em: http://www. Abarca em igual instância aqueles que pretendem trabalhar durante a realização do “evento”. o carnaval de rua do Rio virou um negócio tão ou mais importante do que os desfiles do Sambódromo. Vi os próprios seguranças vendendo a senha por R$ 30 e duas caixas de isopor do kit por R$ 150” (Em: http://www. “Nos últimos anos.08/12/13 www.htm 6/9 . e eu não. os vendedores ambulantes são devidamente cadastrados e. está conversando com uma terceira empresa. empresa contratada para organizar o carnaval de rua. Segundo reportagem à revista “Época Negócios”. patrocinadora oficial e interveniente do contrato de realização do carnaval de rua da cidade do Rio de Janeiro. no bairro cidade nova.br/CarnavaldeRua.ggf. Acesso em: 25/03/2013). “Terminou sem acordo a reunião entre o secretário de turismo e presidente da Riotur. Conforme esquema montado em conjunto à prefeitura. que vende diariamente refrigerantes.com.feth. Essa situação se agravou e repercutiu em forma de manifestação realizada pelos ambulantes na sede da prefeitura. “Já perdi dinheiro por causa da fila”. Antônio Pedro. Segundo depoimentos. disse que ficou um dia e meio na fila e não conseguiu a credencial. apenas trabalham os indivíduos com a credencial oficial da empresa Dream Factory.ggf. A empresa de bebidas AMBEV.com. representado pelos “foliões-consumidores”.jb.feth. a Dream Factory. além de Itaú e Ambev. Esse fato cria aos participantes do “evento” a imposição de consumo de uma determinada marca de bebidas.jb. A Prefeitura não liberou novas licenças.br/CarnavaldeRua. Conforme diversas reportagens divulgadas durante o período do carnaval 2013 ocorreram atos de insatisfação de parte dos trabalhadores ambulantes em face da organização do credenciamento.br/rio/noticias/2013/01/24/prefeitura-nao-libera-novas-licencas-para-ambulantes-no-carnaval/. Assim sendo a empresa controla 85% do mercado.br/rio/noticias/2013/01/24/prefeitura-nao-libera-novas-licencas-para-ambulantes-no-carnaval. Acesso em: 19/03/2013). de R$ 3 milhões” (Em: www. tanto que a prefeitura pensa em ampliar as cotas de patrocínio da festa. houve negligência no tratamento do pessoal que aguardava na fila do credenciamento: “O ambulante Darci Ramos Neto.htm Esse cadastro não atende apenas aos foliões de rua. e representantes dos candidatos a ambulantes no Carnaval 2013.

feth. Acesso em: 22/03/2013). Assim a Prefeitura do Rio de Janeiro. pela lógica empresarial de produção do espaço urbano. na figura do Estado.htm 7/9 . de relevante importância social. Com isso visa-se identificar o processo em curso de empresariamento do carnaval de rua da cidade do Rio de Janeiro e a lógica de produção do espaço urbano que o conduz. membro de influente família da sociedade carioca. local da inversão dos valores sociais. Tradução de Yara Frateschi Vieira. Cultura popular na idade média e no renascimento: o contexto de François Rabelais – 7ª edição.ggf. Nelson da Nóbrega. Rio de www. FERNANDES.ggf. Seis Milênios De Historia.feth.globo. Editora Gryphus –Edições 2002 – Rio de Janeiro. São Paulo: Hucitec.htm http://oglobo. Haverá lugar para as características intrínsecas ao carnaval .08/12/13 www. Conclusão No ressurgir e na revalorização do carnaval de rua na sociedade carioca cabe a pergunta: ocorreu a partir de sua espontaneidade sociocultural ou do impulso determinado pela lógica empresarial fortemente vinculada aos incentivos do marketing? Verifica-se a partir dos dados apresentados e da lógica empresarial que direciona os sujeitos tomadores de decisão. Bibliografia ARAUJO. da ironia.br/CarnavaldeRua. da brincadeira? Que novas formas de apropriação do espaço urbano irão surgir a partir do conflito com a lógica empresarial? Este artigo pretende levantar dados e trazer elementos à discussão a partir de questões. mais que dar respostas a elas.com/blocos-de-carnaval/ambev-prefeitura-acusam-devassa-itaipava-de-marketingoportunista-7563406. através de seu prefeito Eduardo Paes – PMDB e a empresa Dream Factory. o potencial controle e ação das iniciativas da parceria pública-privada estabelecida entre a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. 2010. sobre direção de Roberta Medina. possibilita a cooptação de uma festa popular.br/CarnavaldeRua. Hiram. BAKHTIN.sua espontaneidade popular. Carnaval. Mikhail Mikhailovich. Escolas de Samba: Sujeitos Celebrantes e Objetos Celebrados.

São Paulo.com. SILVA.gov.html http://www.com.08/12/13 www.br/2012_01_24_archive.com. David. 1ª edição.br/lartigo. LEME. Espaço e Debates.br/ler_pdf.feth.br/brasil/2545146/carnaval-gera-us-850-milhoes-para-o-rio-de-janeiro http://www.br/d/22953944 http://doweb. HARVEY.globo. Cidades: estratégias gerenciais. NERU.aspx?id=9985 http://www.).htm Janeiro.com/rio/um-carnaval-de-recordes-em-quantidade-de-lixo-receita-7614230 http://www.valor. Espaço & debates 39.br/ler_pdf. Rio deJaneiro. 2001.br/CarnavaldeRua. 48-64.com.radaroficial.feth. Do gerenciamento ao empresariamento: a transformação da administração urbana no capitalismo tardio. Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.eliomar. Revistas de estudos regionais e urbanos.rio.php?edi_id=1978&page=73 http://www. 1996.com/rio/ancelmo/posts/2013/02/15/vereador-pedira-inspecao-no-contrato-da-prefeitura-com-ambev486448.com.asp www. Luís Octávio da (org. 1996.globo.rj. Páginas web consultadas: http://oglobo.ggf.br/CarnavaldeRua.rio.br/por-que-a-ambev/ http://oglobo.gov. volume 39.htm 8/9 . p. 1928-1949. nº 39. 1ª edição.com.blogdogarotinho.br/empresas/2536062/prefeitura-se-profissionaliza-para-acompanhar-carnaval-de-rua-do-rio http://avaranda. Maria Cristina da Silva (org.php?edi_id=1978&page=72 http://doweb.rj.valor.ggf.).blogspot.

br/CarnavaldeRua.ggf.feth.ggf.feth.com.htm 9/9 .globo.jb.br/rio/noticias/2013/01/24/prefeitura-nao-libera-novas-licencas-para-ambulantes-no-carnaval/ http://oglobo.08/12/13 www.br/CarnavaldeRua.htm http://www.com/blocos-de-carnaval/ambev-prefeitura-acusam-devassa-itaipava-de-marketing-oportunista-7563406 Retornar www.