You are on page 1of 2

LÍNGUA PORTUGUESA – MATERIAL DE APOIO ORAÇÕES COORDENADAS - Coesão - Uso dos conectivos coordenativos Exercícios: I - Associar as orações através

do uso adequado da conjunção, procurando expressar as relações semânticas possíveis (ideias). 1. Não duvide de nada. Neste mundo tudo é possível. 2. Vocês estudam. Deverão passar. 3. Carlota não vai à praia. Carlota não vai ao cinema. 4. Plante. O governo garante. 5. O lavrador semeia. A lavradeira, tempos depois, colhe. 6. O espetáculo foi bom. Não agradou ao público. 7. Todos falam em eleições. Ninguém faz eleições. 8. Nadando, ele é grande atleta. Jogando futebol, ele é grande atleta. 9. Está fazendo frio. Levarei uma blusa. 10.As crianças brincam. As crianças brigam. 11.Ela ia viajar. Desistiu. 12.Pague-me hoje. Irei cobrá-lo amanhã. 13.O rapaz bebia. O rapaz comia. 14.Ninguém queria falar. Poderia vir castigo. 15.Não o queremos mais aqui. Dê o fora! 16.Alguns inventam a moda. O povo os segue 17.Trovejou. Não choveu. 18.A luz aparecia. A luz desaparecia. 19.O lago está na minha fazenda. O lago me pertence. 20.A máquina lava. A máquina enxuga as roupas.. II - Dar a idéia (relação semântica) que a conjunção coordenativa estabelece ao associar as orações: 1. Você está preparado para o vestibular, por isso não se preocupe! 2. A garotinha não chorava nem reclamava. 3. “Em briga de marido e mulher não se mete a colher, pois o demônio já lá andou metendo o garfo.” 4. “São inúmeras as pessoas que vivem demasiadamente em função do passado. O passado deve ser um trampolim e não um sofá.” 5. Não recebi nenhum presente dela, mas ganhei dois beijos. 6. Maísa, somos uma só alma, mas sinto a tua falta. Ainda te amo. 7. Não corra, que é pior! 8. O presidente está aí; não foi, pois, ao clube. 9. Quer queira, quer não queira, viajarei amanhã. 10.“Penso, logo, existo.” 11.“A amizade é a grande palavra das mulheres, já para iniciar, já para despedir o amor.” 12.“Não case com mulher rica, porque seus filhos seriam inimigos natos do trabalho.” 13.“O homem veio do barro; por isso é que alguns deles se sentem muito bem na lama.” 14.“Adão comeu a maçã, e nossos dentes até hoje doem.” 15.Consulte o mapa, ou peça informações aos patrulheiros. 16.O bom aluno não só aprende, mas também ensina. 17.Tínhamos juventude, no entanto não tínhamos dinheiro.

2.As crianças ora brincam. Todos falam em eleições. pois – relação de conclusão 9. portanto (por isso – logo – por conseguinte) o lago me pertence. logo – relação de conclusão 11. já – relação de alternativa 12. 18. Carlota não vai à praia. Está fazendo frio.GABARITO Exercício I 1. Não duvide de nada.O lago está na minha fazenda. O lavrador semeia e a lavradeira. Ele é grande atleta não só nadando mas também jogando futebol. 9. lava e enxuga. 8. pois (porque . e não só – relação de adversidade 5.. 19. tempos depois. portanto (por isso – logo – por conseguinte) dê o fora! 16.. 20. ora brigam. nem vai ao cinema. ora comia) 14. mas – relação de adversidade 7. pois (porque .Trovejou. porque – relação de explicação 13.visto que) poderia vir castigo. que (porque) o governo garante. quer. portanto (por isso – logo) levarei uma blusa. por isso (que) – relação de conclusão 14.A máquina não só lava mas também enxuga as roupas.Pague-me hoje. Plante. 7.. 11.) 4.Alguns inventam a moda e o povo os segue 17. por conseguinte) – relação de conclusão 15. colhe. ora desaparecia. e (por isso. mas (entretanto – porém – no entanto) desistiu. no entanto – relação de adversidade . portanto (por isso – logo – por conseguinte) deverão passar. não só não vai.visto que . 3. 12. não só..que) irei cobrá-lo amanhã.Ela ia viajar. 10..Não o queremos mais aqui. 6. pois (porque ..) Exercício II 1. por isso – relação de conclusão 2. mas (entretanto – porém – no entanto) ninguém faz eleições. Vocês estudam. (. mas também não vai./ ora bebia.... pois – relação de explicação 4.. que – relação de explicação 8..Ninguém queria falar. mas também – relação de adição 17. já .que) neste mundo tudo é possível. 13. mas (entretanto – porém – no entanto) não choveu. mas (entretanto – porém – no entanto) não agradou ao público. nem comia. mas – relação de adversidade 6.. (nem bebia. ou – relação de alternativa 16.visto que . quer – relação de alternativa 10. nem – relação de adição 3....O rapaz não só bebia como (mas) também comia. O espetáculo foi bom. 5. (.A luz ora aparecia. 15..