You are on page 1of 77

Hardware Básico - Teoria

Professor: Carlos David Rocha de Souza

Hardware: São todos os componentes físicos do computador, como: placas, processadores, memórias, discos, etc... Software: É todo programa armazenado no computador, como: Windows, Linux e Aplicativos

Intel Comp. Invisíveis A evolução dos computadores ocorreu conforme a evolução da tecnologia. 1 2 3 4 5 Datas ~ 1946 – 1957 1958 – 1964 1965 – 1971 1972 – 1977 1978 – Atual Tecnologia Válvula Transistor Integração baixa/média escala Integração grade escala Integração muito grande Exemplo ENIAC IBM 7000 IBM 360 PC . e a tabela acima mostra alguns exemplos. pois a partir daí cada vez mais os computadores foram embutidos em diversos equipamentos . A última geração que chamamos de computadores invisíveis na realidade é uma mudança de paradigma.Ger.

Na década de 80 devido a integração de componentes eletrônicos em larga escala. os preços desses reduziram tornando viável um indivíduo ter seu computador pessoal. Na imagem o modelo IBM PC .

Fechada: Quando o computador é compatível apenas com peças de um mesmo fabricante. . Semi-Aberta: Alguns dos componentes do computador são compatíveis com diversos fabricantes.Aberta: Ocorre quando o computador é compatível com componentes de diversos fabricantes baseado em padrões.

Eles se diferem dos micros montados por passar por períodos de homologação utilizando componentes de Hardware específicos.. HP.. Positivo. etc.Existem diversos equipamentos de marcas no mercado como Dell. . selecionados para o processo de montagem.

.

A tomada utilizada para ligar um estabilizador ou filtro de linha de um computador é uma fonte de energia alternada que é fornecida uma tensão nominal de 110 ou 220 Volts. Obs: A CA não possui polaridade pois inverte de fase conforme sua frequência (ex. 60Hz) .

Obs: A CC possui polaridade (+ positivo e – negativo) . 5. como a de um computador que fornece as seguintes tensões: 12. baterias e fontes. 3.3 Volts.A CC pode ser fornecida por pilhas.

.O Aterramento é indispensável pois em caso de descargas elétricas ou retorno de energia no neutro essas tem que ser descarregas no Terra (figura). Obs: Um sinal de ausência de aterramento é quando o gabinete do computador dá choques.

A ESD é a descarga súbita de energia de um corpo carregado em outro. etc... Pulseira Antiestática . Essa descarga eletrostática pode danificar equipamentos mais sensíveis como placas. processadores.

.

Para os computadores devem ser utilizados estabilizadores ou nobreaks que protegem contra oscilações de energia garantindo uma enegia estável (115v) e no caso do no-break também garante a continuidade dos negócios(baterias). .

.As fontes dos computadores são responsáveis por converter a CA de nossa energia elétrica em tensões utilizáveis pelo computador. 5 e 12 Volts. ou seja em CC com tensões de 3.3.

.Ao lado está a pinagem de uma Fonte ATX de 24 Pinos.

responsável por executar programas armazenados na memória.O processador é o cérebro do computador. Pentium III. Athlon. Celeron. buscando suas instruções examinando e executando uma após a outra. Ex: Pentium 4. entre outros. . Sempron.

.

RAM (Random Access Memory). . As informações dessas memórias são apagadas quando desligadas. A memória é dividida em células que podem armazenar informações. ou memória de acesso aleatório (randômico).A memória é a parte do computador onde são armazenados programas e dados. é um tipo de memória que permite a leitura e a escrita.

como descritas a seguir: Unidade Bit Byte KiloByte MegaByte GigaByte TeraByte Representação Binary Digit b Kb Mb Gb Tb Quantidade O ou 1 Grupo de 8 Bits 1. ou seja.024 KBytes 1.024 Bytes 1.024 MBytes 1.024 GBytes Obs: Para simplificar os cálculos arredonda-se para 1.000 . 0 e 1 o agrupamento desses valores binário representam quantidades de memória.Os computadores trabalham com números binários.

Simm 72 vias Simm 30 vias Dimm 168 vias DDR 184 vias Rambus 184 vias DDR2 240 vias .

.Também chamada de “Placa de CPU”. é a placa de circuito mais importante de um PC. Nela ficam localizados o processador. memória RAM e outros circuitos de grande importância. Um computador deve ter uma placa mãe de bom desempenho e boa qualidade.

O Barramento é um caminho de comunicação entre dois ou mais dispositivos. Trata-se de um conjunto de condutores elétricos (uma série de trilhas ou caminhos elétricos) através dos quais passam três tipos de informações: .

Linhas de Controle: são usadas para controlar o acesso e a utilização das linhas de dados e endereços. Linhas de Endereços: são utilizadas para designar origem/destino dos dados.Embora existam diversos projetos de barramentos eles podem ser classificados basicamente em três tipos de informação: Linhas de Dados: fornecem um caminho para a transferência de dados entre os módulos do sistema. .

É a parte do barramento que deverá ter melhor desempenho no sistema. Trata-se do barramento dos slots de expansão que variam a taxa de transferência conforme seu padão( 8.sendo a sua velocidade e largura (em nº de bits) substancialmente menor que a do barramento de sistema. 16. Barramento de Entrada/Saída (E/S): interliga todos os outros dispositivos ao barramento de sistema . pois interliga os dois principais componentes do sistema.Barramento de Sistema: interliga simultaneamente CPU e memória. 32 bits ou mais). .

portas seriais/paralelas. Externos: servem como forma de expandir as características do computador acrescentando novos dispositivos. drive de disco e disquetes. interligam-se com o sistema através de conectores (padronizados para cada barramento) e obedecendo às regras de acesso ao barramento. . Estes dispositivos.Internos: interligam dispositivos comuns e existentes em praticamente todos os computadores pessoais como: teclado.

ISA ( INDUSTRY STANDART ARCHITECTURE ) ISA 8 bits. frequência de operação de 8MHz: Taxa de transferência de 8MB/seg. frequência de operação de 8MHz: Taxa de transferência de 16MB/seg. . ISA 16 bits.

PCI ( Peripheral Component Interconnect ) Trabalha com uma freqüência de 33MHz e barramento de 32bits(4bytes): Taxa de transferência de 132MBps. .

tem frequência de 66MHz. de acordo com seus multiplicadores.AGP( Accelerated Graphics Port) Exclusivo para vídeo. = 1024MBps. . = 2048MBps. O AGP tem sua velocidade de 266 a 2048MB/seg. Ex: AGP 32bits(4bytes) e 66MHz AGP 4X (32) 128bits e 66 MHZ AGP 8X 256bits e 66MHZ = 266MBps.

PCI ( Peripheral Component Interconnect Express ) Cada conexão usada no PCI Express trabalha com 8 bits por vez. sendo 4 bits em cada direção e sua velocidade varia de acordo com seu multiplicador Ex: PCI Express 1x PCI Express 4x PCI Express 8x PCI Express 16x = 250MBps = 500MBps = 2GBps = 4GBps .

do mouse ou de um disquete. Ele precisa contar com a ajuda das interfaces. por exemplo. para um disco rígido. que são circuitos que fazem este trabalho.Interfaces são circuitos capazes de controlar dispositivos de hardware. . para o vídeo. O processador não consegue enviar dados diretamente para uma impressora. nem consegue receber dados diretamente do teclado. Cada interface é especializada no tipo de dispositivo que controla.

As interfaces seriais (ou portas seriais) são normalmente chamadas de COM1 e COM2. Alguns computadores mais antigos usam para a COM1. Muitos computadores modernos não trazem mais essa opção. ambos do tipo macho. Seus conectores ficam localizados na parte traseira do computador e são normalmente do tipo DB-9 macho. e para a COM2 um conector DB-25. um conector DB-9. tendo apenas USB .

A interface paralela também pode ser chamada de porta paralela. já as interfaces seriais. interface LPT1. O nome “paralela” foi usado porque esta porta transmite 8 bits simultâneos. . transmitem apenas um bit de cada vez.

0 (n/d) Velocidade 5 – 12 Mbps Até 480Mbps Até 5Gbps . versátil e veloz. Essa porta pode transferir dados a uma velocidades mais altas dependendo de sua versão.0 3. USB 1. a Intel criou uma nova interface mais moderna. a chamada USB (Universal Serial Bus).Em meados dos anos 90.0 2.

O FireWire é uma tecnologia de Input/Output (I/O) de alta velocidade para conexão de dispositivos digitais. O padrão IEEE 1394b suporta taxas de transferência de dados até 3.2 Gbit/s .

Todas as placas mãe atuais possuem interfaces IDE. Onde podem ser ligados dois dispositivos. As placas mãe possuem normalmente 2 canais (IDE 1 e IDE 2) Os mais comuns são o disco rígido e o drive de CD/DVD. portanto um PC típico pode ter até 2 dispositivos por interface IDE. mas podemos instalar mais dois(ex: um gravador (CD/DVD) e um ZIP drive. .

) . etc. Apesar da denominação oficial “ATA”. contudo uma extensão nomeada ATAPI (Advanced Technology Attachment Packet Interface) foi desenvolvida a fim de poder converter outros periféricos de armazenamento (leitores de CD-ROM.O padrão ATA (Advanced Technology Attachment) permite a conexão de periféricos de armazenamento sobre os computadores PC. O padrão ATA foi previsto originalmente para conetar discos rígidos. leitores de DVD-ROM.. este padrão é conhecido mais sob o termo comercial IDE (Integrated Drive Electronics) ou Enhanced IDE (EIDE ou E-IDe)..

conforme mostra a imagem abaixo. de 40 e 80 vias.O padrão IDE pode utilizar 2 tipos de cabo. .

teria que fazer este acesso por intermédio do processador. sem necessidade de "auxílio" do processador. .Acesso Direto à Memória). Com isso. Essa tecnologia tornou possível o acesso direto à memória pelo HD ou pelos dispositivos que usam a interface IDE.Antigamente. se qualquer outro componente do computador precisasse de algo na memória. somente o processador podia acessar os dados diretamente da memória. Então foi criado o Controlador de DMA (Direct Memory Access .

no entanto. UDMA 66.Todos os HDs IDE mais atuais trabalham com o padrão Ultra-ATA (também conhecido com UDMA) Existem 4 tipos básicos de Ultra-ATA: UDMA 33. É necessário que a placa-mãe também a suporte. não funciona se só for suportada pelo HD. . Os números nestas siglas representam a quantidade de megabytes transferível por segundo. (ex: UDMA 33 = 33Mhz) Essa tecnologia. UDMA 100 e UDMA 133.

Todas as placas mãe atuais possuem interfaces SATA. Onde podem ser ligados dois ou quatro dispositivos, dependendo da quantidade de conectores na placa mãe. Os mais comuns são discos rígidos e o drives de CD/DVD.

SATA (Serial Advanced Technology Attachment) é um novo padrão de interface para dispositivos de armazenamento, principalmente para HDs e CD/DVD. Este padrão é o substituto da interface Paralela ATA (cuja última versão recebeu a terminologia ATA 133). Os dispositivos Sata l possuem velocidade de transferência de 150MBps e Sata ll 300MBps. O Sata também oferece suporte a “hot swap”

funciona de forma parecida com o padão IDE. porém possui uma interface diferente e uma taxa de transferência maior. para imunizar interferências. . sendo 25 terras. O cabo SCSI mais comum é o de 50 vias.O SCSI (Small Computer System Interface).

.

podem ser controlados até dois drives de disquetes. . e através dele e de um cabo apropriado. Seu conector fica no interior do computador.Todas as placas de CPU possuem uma interface para drive de disquetes.

as interfaces de teclado de todos os PCs são idênticas alterando apenas o conector.Do ponto de vista eletrônico. As mais antigas utilizam conector DIN e as intermediárias utilizam um conector menor. Já existem máquinas que não trazem mais conectores desse e sim utilizam teclados USB . chamado padrão PS/2.

O seu conector é externo. fica sempre acessível pelo painel traseiro do computador. Em placas mais novas essa porta não está mais disponível. É um conector do tipo DB-15 fêmea. pois os Joysticks atuais utilizam interfaces USB 4 8 .A interface para joystick está normalmente localizada na placa de som sendo ela onboard ou off-board. na placa de som ou na placa mãe.

Sua capacidade de armazenamento é muito superior a memória principal. pois o disco precisa conter todos os dados e programas disponíveis para que possa carregá-los na memória quando solicitado.O disco rígido armazena programas e dados. . porém diferente da memória todos seus dados e programas são armazenados de forma permanente.

Obs: Existem outros dispositivos. mas os citados são mais importantes.Para entender seu funcionamento é necessário conhecer os componentes básicos de um disco: cabeça de leitura e gravação. . atuador e controladora.

geralmente há outra. que tem a finalidade de proteger a superfície do disco no caso de contato físico com os cabeçotes. com material lubrificante. . Sobre essa camada.Os discos (geralmente feitos de alumínio) possuem uma camada externa de material magnético.

que converte energia elétrica em pulsos magnéticos no processo de gravação e faz o contrário no processo de leitura.Trata-se de um dispositivo muito pequeno que fica na ponta de uma peça conhecida como atuador. elas não possuem movimento independente já que estão presas ao mesmo braço de leitura. O cabeçote em si é uma espécie de bobina. Apesar de um disco rígido possuir várias cabeças de leitura. . Este é o motivo da divisão dos discos também em cilindros. e tem a função de movimentar-se do meio até a borda dos discos enquanto estes giram.

. O conjunto dessas informações é denominado "geometria de disco". setores e cilindros.Para armazenar e localizar dados em um HD. um dispositivo chamado controlador (ou controladora) se utiliza de informações conhecidas por número de trilhas.

Estes. . são "pedaços" do HD.Os cilindros são trilhas concêntricas na superfície dos discos e estas trilhas são divididas em setores. por sua vez.

Os tamanhos de “cache” dos primeiros HDs eram de 64 KB. são encontrados HDs com “cache” de 2 MB a 8 MB. .Um fato interessante é que os HDs possuem um “cache” que tem a função de armazenar informações sobre um determinado setor. Hoje.

é também preciso ter uma placa de vídeo sofisticada. Quando é preciso gerar imagens com muitos detalhes.É a responsável por gerar as imagens que aparecem na tela do monitor. . muito sofisticadas e em alta velocidade.

AMR O modem é um dispositivo que permite que o computador transmita e receba dados para outros computadores. Para isso ele funciona como um Modulador/Demodulador de forma que traduz os sinais elétricos em dados e vice-versa PCI CNR . através de uma linha telefônica.

É uma unidade de armazenamento de dados que trabalha com disquetes. .44 Mb. cuja capacidade é de 1. São considerados obsoletos para os padrões atuais. devido à sua baixa capacidade de armazenamento.

É uma unidade de armazenamento de dados que trabalha com disquetes zips. devido à sua baixa capacidade de armazenamento em relação a CD’s ou DVD’s. cuja capacidade é de 100 Mb. São considerados obsoletos para os padrões atuais. .

Ele permite usar discos CD/DVD. A maioria dos programas modernos são vendidos na forma de CD/DVDs. com capacidades 700Mb a 50 Gb.Todos os computadores modernos possuem um destes tipos de drive. . portanto este drive se faz necessário para instalação de programas.

Placa PCI . Todos os computadores modernos utilizam sons.É a placa responsável por captar e gerar sons. Existem muitas placas de CPU com “som onboard”. portanto a placa de som é um dispositivo obrigatório.

É uma placa através da qual PCs podem trocar dados entre si. através de um cabo apropriado. Isto permite transferir dados entre os Pcs e compartilhar recursos na rede. . Também utilizadada para conexão com a internet de banda larga ou alta velocidade.

Os monitores podem utilizar a tecnologia CRT (Tubo de imagem). LCD(Cristal Líquido) e Plasma(Plasma).É o dispositivo que recebe as imagens processadas pela placa de vídeo e as exibe para o usuário. .

São chamados de “teclado multimídia”. . Possuem aproximadamente 104 teclas. acesso à Internet e ainda botões para ligar. desligar e ativar o modo de espera. Alguns teclados possuem ainda botões para controle de áudio.Principal dispositivo de entrada do computador.

É usado para apontar e ativar comandos disponíveis na tela. . configurável no sistema operacional. cada um com sua função específica. A ativação é feita por pressionamento de seus botões.Dispositivo conhecido por todos aqueles que já tiveram um contato com PCs.

como placa mãe..É a caixa externa do computador. que é responsável por ligar os dispositivos instalados. .. placa de vídeo. drives óticos. No gabinete são montados os dispositivos internos. placa de som. etc. drives flexíveis. discos rígidos. Os gabinetes possuem ainda no seu interior uma fonte de alimentação.

Outra informação importante é que os padrões AT e ATX são usados tanto para gabinetes no formato torre. nos referimos à caixa que envolve seu computador e protege os componentes internos do equipamento. consideraremos a fonte de alimentação do computador. quanto para gabinetes em formato horizontal. 6 7 . Além disso.Quando citamos "gabinete". As siglas AT e ATX também servem para identificar a placa-mãe quanto ao tipo de gabinete que a mesma foi projetada. como se ambos fossem uma única peça. como parte integrante do gabinete.

6 8 .Trata-se de um tipo de gabinete já antigo. Seu uso foi constante de 1983 até 1996. dificultavam a circulação de ar. que com ajuda dos vários cabos do computador. é o espaço interno pequeno. em alguns casos. sendo cada vez mais difícil encontrar computadores que utilizem esse padrão. a danos na máquina. levando. Um dos fatos que contribuíram para que o padrão AT deixasse de ser usado.

Além disso. o conector de alimentação da fonte AT. é composta por dois plugs (cada um com seis pinos). a placa mãe queimará. Caso esse cabo seja ligada numa ordem errada. .Isso exigia grande habilidade do montador para aproveitar o espaço disponível da melhor maneira. que deve ser ligada na placa-mãe. que devem ser encaixados lado a lado.

que é ligado na parte de trás do gabinete e ligados à placa-mãe através de um cabo. Gabinete AT . Eles ficam disponíveis num adaptador.Nas placas-mãe AT. o conector do teclado segue o padrão DIN e o mouse utiliza saída serial. Já os conectores das portas paralela e serial não são encaixados diretamente na placa.

onde você manda desligar a máquina pelo seu sistema operacional e o equipamento se desligará sozinho. que não foram projetadas para fazer uso do recurso de desligamento automático. aguardar um aviso de que o computador já pode ser desligado e apertar no botão "Power" presente na parte frontal do gabinete. Somente assim o equipamento é desligado. é necessário desligar o computador pelo sistema operacional. Isso se deve a uma limitação das fontes AT. Com o padrão AT. há um recurso muito útil: o de desligamento automático. .Nos computadores atuais.

amplamente usado atualmente.Pelo nome. . sendo portanto. o objetivo do ATX foi o de solucionar os problemas do padrão AT (citados anteriormente). o padrão apresenta uma série de melhoras em relação ao anterior. Um dos principais desenvolvedores do ATX foi a Intel. é possível notar que trata-se do padrão AT melhorado. Como desde o início.

estão o maior espaço interno. evitando que o mesmo superaqueça por falta de ventilação e facilita a instalação de placas de expansão por falta de espaço. proporcionando um ventilação adequada.Entre as principais características do ATX. conectores de teclado e mouse no formato PS/2. . sem a necessidade de cabos. conectores serial e paralelo ligados diretamente na placa-mãe. melhor posicionamento do processador.

que impede a conexão errada do mesmo. Cada "furo" do conector possue um formato.Quanto a fonte de alimentação. também houve melhoras significativas. A começar pelo conector de energia ligado à placa-mãe. . Ao contrário do padrão AT. nele não é possível encaixar o plug de forma invertida.

A fonte ATX ainda oferece um recurso muito útil: o de desligamento automático. basta executar os procedimentos de desligamento no sistema operacional e o computador será inteiramente desligado. Em outras palavras. . sem a necessidade de apertar o botão Power. Assim. é possível desligar o computador por meio de software. presente na frente do gabinete.

onde o conector da fonte ATX deve ser encaixado.A imagem a seguir mostra o encaixe da placamãe. Conector ATX Conector AT .

os fabricantes de placamãe adotaram um esquema de cores para cada tipo. possuem seus conectores na mesma cor delas (as primeiras placas-mãe não usavam este esquema). os dispositivos que fazem uso de determinadas portas. Observe a foto abaixo e veja as cores. . Assim.Quanto aos conectores.