You are on page 1of 5

Questão 1

Johannes Kepler (1571 – 1630) foi um matemático e astrônomo alemão cuja principal contri ui!ão " astronomia e astrof#sica foram as tr$s leis %o mo&imento planetário' (ita)se a ai*o a primeira %e suas leis+ ,-s planetas %escre&em .r itas el#pticas/ com o 0ol num %os focos'1 - ser&e uma poss#&el ilustra!ão %esta lei' (a fi2ura não está em escala)

3asea%o na 4ei e em sua respecti&a ilustra!ão po%emos e*plicar+ a) 5s esta!6es %o ano' 7uan%o a 8erra está perto %o 0ol/ na posi!ão 5/ 9 &erão e :uan%o está lon2e %o 0ol/ na posi!ão 3/ 9 in&erno ) 5penas :ue a .r ita %e um planeta 9 uma elipse ao in&9s %e uma .r ita circular como %i;iam seus antepassa%os c)7ue Kepler sa ia :ue a 8erra 2ira&a em torno %o 0ol numa .r ita el#ptica' %) 7ue o 0ol 9 o centro %o <ni&erso' Resposta: Letra B Questão 2 =entro %e um ec>er/ :ue 9 um tipo %e recipiente %e &i%ro/ p6e)se á2ua %oce (á2ua %e rio/ por e*emplo)' (oloca)se então uma rolha para oiar %entro %este ec>er' (onsi%ere :ue fi:ue uma por!ão a %esta rolha para fora %a á2ua' ?eja a ilustra!ão a ai*o+

0e %entro %este mesmo ec>er/ ao in&9s %a á2ua %oce/ fosse coloca%a á2ua sal2a%a (á2ua %o mar) e se pus9ssemos a mesma rolha %entro' 5 por!ão :ue ficaria para fora %esta á2ua seria+ a) maior :ue a. )menor :ue a. c) i2ual a a. %) a rolha não oiaria' Resposta: Letra a

QUESTÃO 3 Apollo 13 foi a terceira missão tripula%a %o @rojeto 5pollo com %estino " 4ua/ mas não cumpriu a missão %e&i%o a um aci%ente %urante a &ia2em %e i%a/ causa%o por uma e*plosão no m.%ulo %e ser&i!o/ :ue impe%iu a %esci%a no sat9lite' 5 na&e e seus tripulantes/ entretanto/ conse2uiram retornar " 8erra/ ap.s seis %ias no espa!o' (http+AApt'Bi>ipe%ia'or2ABi>iA5polloC13) 5 4ua 9 o sat9lite natural/ :ue or ita nosso planeta' Dla tem influencia%o namora%os/ astrônomos/ cientistas e/ por muitos anos foi al&o %e miss6es espaciais :ue le&aram a humani%a%e a e*plorar sua superf#cie' - te*to acima fala %e uma %as miss6es espaciais " 4ua :ue não ti&era sucesso/ conta :ue hou&e uma e*plosão no m.%ulo %e ser&i!o e :ue isso impe%iu a sua %esci%a' -s astronautas %a missão utili;aram a 2ra&i%a%e %a 4ua para retornar " 8erra/ economi;an%o ener2ia' - :ue possi ilitou o retorno ao nosso planeta com se2uran!a' 5 2ra&ita!ão 9 uma lei uni&ersal/ :ue re2e o comportamento %e to%os os corpos/ e foi %esco erta no s9culo E?FFF por um %os mais conceitua%os cientistas :ue a humani%a%e po%e conhecer/ seu nome 9+ a) 5l ert Dinstein ) (harles =arBin c) Fsaac GeBton %) 0tephan HaB>in2 Resposta: letra C

QUESTÃO 4 Iuitas &e;es utili;amos um canu%inho para e er um suco ou um refri2erante' 5o su2armos a e i%a pelo canu%inho ela so e por:ue+ a) o canu%inho empurra o l#:ui%oJ ) a temperatura %o l#:ui%o %iminuiJ c) o peso %o l#:ui%o %iminuiJ %) a pressão %o ar na oca %iminui' Resposta: Letra D QUESTÃO 5 - 0enhor Jos9 %a 0il&a precisa&a calcular a profun%i%a%e (H) %o n#&el %a á2ua %e um po!o e resol&eu utili;ar um m9to%o muito simples+ 0oltar um tijolo e ou&ir o som pro%u;i%o pelo impacto %o tijolo com o fun%o %o po!o' @ara este tra alho ele po%ia contar com as se2uintes &ariáreis+ t K inter&alo %e tempo %ecorri%o entre soltar o tijolo e ou&ir o som resultante %o impacto %o tijolo com o fun%o %o po!oJ K acelera!ão %a 2ra&i%a%eJ ! K massa %o tijoloJ " K &eloci%a%e %o som no arJ p K pressão atmosf9ricaJ =espre;an%o as per%as ocorri%as/ :uais &ariá&eis o 0enhor Jos9 %a 0il&a precisa conhecer para %eterminar a profun%i%a%e H %o po!oL a# t$ e "% &# ! e t% '# ! e % (# "$ p e . Resposta: Letra A

”A cada hora, o Sol fornece à Terra mais energia do que toda a humanidade utiliza em um ano inteiro. Mas, a energia solar que chega à Terra ainda é pouco usada e não se distribui de forma uniforme por toda sua superf cie. !ssa distribui"ão depende da latitude, da esta"ão do ano e de condi"#es atmosféricas como nebulosidade e umidade relati$a do ar. !m média, a região compreendida entre os tr%picos recebe uma parcela de energia solar maior que as demais. & 'rasil tem grande parte de sua superf cie compreendida nessa fai(a, que $ai apro(imadamente da cidade do )io de *aneiro em dire"ão ao norte do pa s. +or isso, possui enorme potencial para uso da energia solar. Muitas tecnologias t,m sido empregadas para transformar a energia do Sol, incluindo coletores térmicos e células foto$oltaicas.” (http://www.jovemcientista.org.br/aenergiadofuturo)

<tili;e o te*to para respon%er "s pr.*imas :uest6es propostas' QUESTÃO )
A utilização dos coletores t rmicos em cidades da região !ul do pa"s tem propiciado uma economia m dia de #$% na conta de luz das fam"lias &ue o adotaram. '( grande o n)mero de governos locais &ue incentivam sua adoção e* em certos casos* at fornecem um a&uecedor de bai+o custo* feito com materiais reaproveitados* para a população de bai+a renda.

-s a:uece%ores solares são muito utili;a%os em locais em :ue há muita inci%$ncia %e lu; solar/ sen%o utili;a%os com 2ran%e economia %e eletrici%a%e em resi%$ncias e piscinas para a:uecer a á2ua utili;a%a' Dm al2uns lu2ares %o 3rasil esse tipo %e e:uipamento tem ti%o um 2ran%e sucesso/ pois al9m %e economi;ar ener2ia el9trica/ fa;en%o a Mconta %e lu;N ficar mais arata/ tem contri u#%o para a %iminui!ão %o efeito estufa nessas locali%a%es' 5 2ran%e &anta2em %esse tipo %e coletor t9rmico 9+ a) %iminuir a :uanti%a%e %e (-O na atmosfera ) fa;er fotoss#ntese/ transforman%o lu; em ener2ia em forma %e 2licose c) transformar a lu; solar em calor a:uecen%o a á2ua %a cai*a %) fa;er uma rea!ão nuclear capa; %e a:uecer a á2ua resposta: letra C QUESTÃO * ?emos no te*to acima :ue o potencial ener29tico %o 0ol 9 muito 2ran%e/ sen%o assim/ po%emos suprir nossas necessi%a%es ener29ticas utili;an%o essa fonte ener29tica' 0en%o assim/ %entre as forma %e ener2ia a ai*o/ :ual a Pnica fonte :ue não tem %epen%$ncia %ireta %o 0olL a) e.lica ) usina nuclear c) foto&oltaica %) hi%rel9trica resposta: letra B
Dentro de uma visão tradicional, um impacto ambiental pode ser definido como qualquer alteração no meio ambiente que resulte das atividades humanas e afete o funcionamento dos sistemas. Exemplos desses impactos são frequentemente registrados e vêm sendo discutidos, como o efeito estufa, o desmatamento, a extinção de espécies e seus efeitos sobre o bem-estar humano e a sa de dos ecossistemas. (http://www.jovemcientista.org.br/energia e seus impactos)

QUESTÃO +

!s usinas hidrelétricas são consideradas uma das fontes de geração de energia mais limpas do mundo. !pesar disso, esses empreendimentos também podem causar significativos impactos ambientais. "ua grande vantagem em relação # maioria das outras opç$es de geração de eletricidade reside no fato de os impactos estarem mais concentrados na sua implementação do que na fase de operação. ! construção de uma usina hidrelétrica pode afetar todo o ambiente em seu entorno. Esses impactos vão desde a perda de biodiversidade até mudanças no traçado dos rios envolvidos no aproveitamento energético. ! estocagem de %gua para a geração de energia também pode provocar inundaç$es em imensas %reas de floresta. &este caso, quanto maior for o represamento de %gua, mais severos serão os impactos ambientais. Esses lagos artificiais interferem no fluxo de rios, levam # destruição de matas, perda de h%bitat, além de alterar a ocupação de territorial de comunidades ao redor do empreendimento. 'utro problema é que muitas ve(es não são retiradas as %rvores antes da formação dos lagos artificiais. )om isso h% uma grande massa de vegetação submersa que entra em processo de decomposição. Essa matéria org*nica altera a biodiversidade aqu%tica e libera metano +),-., um dos gases respons%veis pelo efeito estufa. (http://www.jovemcientista.org.br/energia e seus impactos)

=e acor%o com o te*to :ue aca amos %e ler/ um %os impactos am ientais causa%os por uma hi%r9trica 9+ a) ine*istente/ pois 9 uma fonte ener29tica consi%era%a limpa ) altera!ão %a io%i&ersi%a%e a:uática li eran%o metano c) maior li era!ão %e 2ás car ônico %) as :ueima%as espontQneas resposta: letra B QUESTÃO ,

“O Brasil é favorecido em termos de ventos, que se caracteri am por uma presen!a duas ve es superior " média mundial e pela volatilidade de #$ %oscila!&o da velocidade', o que d( maior previsi)ilidade ao volume a ser produ ido* +lém disso, como a velocidade costuma ser maior em per,odos de estiagem, é poss,vel operar as usinas e-licas em sistema complementar com as usinas .idrelétricas, de forma a preservar a (gua dos reservat-rios em per,odos de poucas c.uvas*/
Fonte: Empresa de Pesquisa Energética, 2007
+daptado de: +tlas de Energia Elétrica, 0 ed* +g1ncia 2acional de Energia Elétrica %+neel'* 3ispon,vel em: 444*aneel*gov*)r5arquivos5P3F5atlas6par26cap#*pdf*

*

0a e)se :ue RS (2i2aBatt) 9 a uni%a%e %e me%i%a %e pot$ncia 2era%a ou %ispon#&el para uma fonte' =e acor%o com o 2ráfico/ a re2ião rasileira com maior potencial para instala!ão %e usinas e.licas para o ten!ão %e ener2ia el9trica 9+ a) (DG8T-)-D08D 3) 0<4 c) 0<=D08D %) G-T=D08D resposta: letra D QUESTÃO 1, funcionamento das centrais termel tricas semelhante* independentemente do combust"vel utilizado. , combust"vel armazenado em par&ues ou dep-sitos adjacentes* de onde enviado para a usina* onde ser( &ueimado na caldeira. .sta gera vapor a partir da (gua &ue circula por uma e+tensa rede de tubos &ue revestem suas paredes. A função do vapor movimentar as p(s de uma turbina* cujo rotor gira juntamente com o ei+o de um gerador &ue produz a energia el trica.

.o/te: http+AAe%ucar'sc'usp' rAlicenciaturaAO001Aener2iaAtransmissaoe%istri uicao%aener2iaeletrica'htm

(omo &ários tipos %e 2era!ão %e ener2ia/ a termeletrici%a%e tam 9m causa impactos am ientais' (ontri uem para o a:uecimento 2lo al atra&9s %o efeito estufa e %a chu&a áci%a' 5 :ueima %e 2ás natural lan!a na atmosfera 2ran%es :uanti%a%es %e poluentes/ al9m %e ser um com ust#&el f.ssil :ue não se recupera' - 3rasil lan!a por ano U/5 milh6es %e tonela%as %e car ono na atmosfera/ com o incremento na constru!ão %e usinas termel9tricas esse in%ica%or che2ará a 16 milh6es' 5s termoel9tricas apresentam um alto custo %e opera!ão/ em &irtu%e %o %inheiro utili;a%o na compra %e com ust#&eis' Vonte+ http+AABBB'so iolo2ia'com' rAconteu%osA5rAtermeletrica'php =e a!o%o com o te*to/ uma usina usa uma forma %e ener2ia e transforma em outra/ i%entifi:ue a se:u$ncia correta %e transforma!6es %e ener2ia numa usina termel9trica como a %a fi2uraJ a) a usina termel9trica transforma ener2ia :u#mica (li2a!6es :u#micas) em ener2ia t9rmica/ :ue por sua &e; 9 transforma%a em ener2ia %e mo&imento e/ por fim/ em ener2ia el9trica' ) a usina termel9trica transforma ener2ia t9rmica em ener2ia :u#mica (li2a!6es :u#micas)/ :ue por sua &e; 9 transforma%a em ener2ia %e mo&imento e/ por fim/ em ener2ia el9trica' c) a usina termel9trica transforma ener2ia :u#mica (li2a!6es :u#micas) em ener2ia t9rmica/ :ue por sua &e; 9 transforma%a em ener2ia el9trica e/ por fim/ em ener2ia %e mo&imento' %) a usina termel9trica transforma ener2ia :u#mica (li2a!6es :u#micas) em ener2ia %e mo&imento/ :ue por sua &e; 9 transforma%a em ener2ia t9rmica e/ por fim/ em ener2ia el9trica' Resposta: letra A