1

SERVOS QUE OUVIRAM A VOZ DO SENHOR 2ª aula - Texto:Ex.3:4

Moisés
Representa o Filho, Jesus por trazer libertação ao seu povo.
INTRODUÇÃO: 1- Por que Deus chamou Moisés? Porque desde criança ele aprendeu sobre um Deus que pode todas as coisas. Moisés era a prova disto: Deus o tinha livrado da morte. Um homem que Deus falou boca a boca. 2- Qual o momento do chamado de Moisés? No deserto, quando estava longe de tudo que podia interferir no projeto que Deus estava preparando para libertar o seu povo. 3- Qual o objetivo do chamado de Moisés? Ser o libertador do povo de Deus. Ele tipificava Jesus, que veio libertar o homem e levá-lo à Terra Prometida. Deus tem um plano para realizar na vida de cada um de nós, seja criança, adolescente ou adulto, mas, para isso é importante estarmos separados deste mundo, não fazermos acordo com ele. No passado, o Senhor realizou este projeto na vida de alguns servos que deixaram o Senhor agir, e disseram “eis-me aqui”. Deus chamou Moisés pelo nome, e para um propósito: Libertar o seu povo do Egito. Moisés foi chamado para liderar um povo, pois o Senhor sabia que ele não iria se encantar ou envolver-se com nada daquilo que era do Egito, e iria realizar a obra do Senhor exatamente como Deus ordenara, sem colocar nada de sua mente. Assim é conosco , quando nos dispomos de coração a ouvir e atender a voz do Senhor, mesmo desde pequeninos, ele nos leva a ter as experiências mais maravilhosas e suas promessas são cumpridas em nossas vidas. Fomos chamados para levar a verdade, para anunciar esta mensagem de salvação, para podermos anunciar os valores eternos, anunciar Jesus. Deus confiou à Moisés uma obra grandiosa, pois o havia treinado no deserto. A Igreja tem sido treinada também no deserto que é o mundo, e tem ouvido a voz de Deus.

2

E como Moisés, diremos ao mundo: não deixaremos ficar nem uma unha! Somos cabeça e não cauda! Não somos levados por movimentos [idéias humanas] ou ventos de doutrina [argumentos sem fundamentos bíblicos] Em êxodo 1:3 lemos que o povo de Israel vivia um momento muito difícil, pois viviam como escravos no Egito, e já não agüentavam mais aquela situação. Este povo ora ao Senhor [êxodo 3:9] e a benção vem através da vida deste servo que decidiu ser fiel a Deus. Através dele Deus faria grandes feitos ali no Egito e o povo seria liberto daquele jugo que estava sobre eles. Vivemos o momento que antecede a vinda de Jesus [é a saída]. E a situação do mundo hoje é a mesma daquela época, e através da operação do Espírito Santo em nossas vidas, Deus nos chama para libertar os cativos do mundo, e nos usa para levar a Sua Palavra que é a VERDADE QUE LIBERTA, que salva, que consola, que traz alento aos corações. Chamou a Moisés, e nos chamou com a mesma voz e o mesmo propósito. Nos dá ousadia para falar do Projeto de Salvação – JESUS . Muitos ainda estão como aquele filho que ficou em casa, com os pensamentos em outros campos, sem entender a morte do Cordeiro, sem discernir a voz do Senhor. Mas, glória a Deus que nós estamos com os nossos corações cheios da presença do Senhor e como Moises, direcionados pela voz do Espírito, anunciando a todo instante a mensagem de Salvação [através dos convites, das evangelizações, do nosso testemunho, das orações, etc...]

Mas qual o segredo para realizar esta obra?
Em êxodo 3:1 a 5 Moisés teve uma experiência com o Senhor, enquanto trabalhava cuidando do rebanho, o Senhor fala com ele e com sinais. Na sarça que não consome. Por quê? Porque o Senhor é o Deus que tem recursos inesgotáveis. O fogo é por si só, não precisa de nada para arder. Esta revelação seria colocada em prática no deserto, na abertura do Mar Vermelho, na água da rocha, no maná, etc.

Ele é o Deus que tudo pode.

3

A CONSCIENTIZAÇÃO Ensino para Moisés:

O que é isto na tua mão? E ele disse: uma vara.
A vara simboliza a direção do Espírito Santo – a revelação dos planos do Senhor para Moisés. Quando Moisés joga a vara no chão ela vira uma cobra e ele corre dela – é o homem que lança por terra os planos do Senhor para a sua vida, e passa a fazer uso dos seus próprios planos, da razão, desse evangelho desbotado, da religião...

“...Mete agora a mão no teu seio ...” – lepra (Ex 4:6)
Todas as vezes que Moisés tivesse que agir (a mão), não poderia agir segundo o seu coração, mas segundo a direção do Senhor, porque se assim o fizesse, deixaria de realizar a vontade do Senhor. Se a sua ação fosse segundo o seu coração, o pecado entraria na sua vida. Ex. No afastamento de Miriã do arraial por sete dias: se Moisés agisse segundo o seu coração, levando em conta os aspectos familiares, Miriam continuaria leprosa e o pecado entraria na vida de Moisés. Portanto, o nosso segredo, é ouvirmos a voz do Senhor e termos a certeza de que fala conosco. [números 33:11/17]. O Senhor fala com Moisés boca a boca . O falar de Deus na vida do servo é algo fundamental, pois marca a nossa vida de uma forma maravilhosa, a sua voz é doce, alimenta a alma, e precisamos ouvir a sua voz até nas coisas mínimas da nossa vida, precisamos saber o que Deus pensa, se aquilo que achamos está certo ou errado diante de Deus. O Senhor se dirige a Moisés naquele momento e começa a mostrar a ele do Seu poder, e explica para Moises que através dele aquele povo seria liberto, mas que o Senhor o ajudaria e que não seria por causa de sua capacitação humana, porque nós temos as nossas limitações, como Moisés também tinha, mas ele nos dá condições para vencermos se estivermos atentos ao seu falar. Assim conseguimos superar até mesmo a nossa timidez. Com isso aprendemos que Deus quando nos chama, nos chama pelo nome e porque viu em nós características que contribuem para a realização da sua obra. Essa é a primeira verdade que nós aprendemos com este ensino.

Ele

Deus nos chamou das trevas para a luz - da morte para a vida!