You are on page 1of 54

PRÁTICAS CONTÁBEIS E

PRESTAÇÕES DE CONTAS
APLICÁVEIS A ENTIDADES DO
TERCEIRO SETOR

CONTEÚDO
Introdução
Organização Jurídica do TS
Normas Contábeis Aplicadas
Práticas Contábeis Típicas
Prestação de Contas
Alguns Desafios Profissionais

2

22/10/2012

Prof. Nélio Elias

3

Convergência Internacional
Leis 11.638/07 e 11.941/09

Práticas Contábeis Adotadas no Brasil.

Normas Brasileiras de Contabilidade
2009

22/10/2012

Prof. Nélio Elias

5

638/07 e MP 449/08 27/01/2009 001153 NBCT19.e dá outras prov 27/11/2009 001162 NBC T 3. 31/03/2009 001166 Registro Cadastral das Organizações Contábeis. e Evidenc.Resolução Descrição D. 17/02/2009 001159 Aprova o Comunicado Técnico CTG 2000 04/03/2009 001160 NBC TO 3000 . Nélio Elias 001167 001168 Eleições diretas para os CRCs 6 31/03/2009 11/05/2009 . de Auditoria e Re 17/02/2009 001161 Manual de Contabilidade do Sistema CFC/CRCs.U 001149 001150 001151 NBC T 19. 31/03/2009 22/10/2012Registro Profissional dos Contabilistas Prof.Altera a numeração e a denominação 31/03/2009 001164 NBC T 7. Mensur. 27/01/2009 001155 Aprova o Comunicado Técnico CTA 01 04/03/2009 001156 001157 Normas Brasileiras de Contabilidade Comunicado Técnico CTG 02 17/02/2009 17/02/2009 001158 NBC PA 03 .15 . Altera a vigência dos itens 4 e 5 31/03/2009 001165 Concessão de diária e dá outras providências.7.Trabalho de Asseguração Dif.Pagamento Baseado em Ações NBC TG 11 .O. Financeiros: Reconhec.Revisão Externa de Qualidade pelos Pares.Entidades de Incorporação Imobiliária. 27/01/2009 001154 CTG 01 .Demonstração do Valor Adicionado.19-Instrum.Ajuste a Valor Presente 27/01/2009 27/01/2009 27/01/2009 001152 NBC TG 13 -Adoção Inicial da Lei 11.Contratos de Seguro NBC TG 12 .Alteração 31/03/2009 001163 NBC T0 01. .

Tributos sobre o Lucro.2 da Resolução CFC n. 04/08/2009 001176 NBC TG 22 .Demonstração Intermediária 04/08/2009 001175 NBC TG 15 . 15/09/2009 001186 NBC TG 29 .Propriedade para Investimento.Combinação de Negócios.U 001169 Altera Resolução CFC nº 975/03 11/05/2009 001170 NBC TG 16 . de Estimativa e Retif..5.Ativo Biológico e Produto Agrícola.Ativo Imobilizado. Nélio Elias 001188 descont 15/09/2009 001189 15/09/2009 NBC TG 32 . 04/08/2009 001178 NBC TG 28 . 15/09/2009 001187 NBC TG 30 . 7 15/09/2009 .Evento Subsequente 15/09/2009 001185 NBC TG 26 . Passivos Contingentes e Ativos Contingentes 04/08/2009 001181 Altera o item 5.Estoques 12/06/2009 001171 NBC TG 17 .Informações por Segmento. 04/08/2009 001179 NBC TG 23-Políticas Cont.109/07 28/07/2009 001182 Manual de Registro e dá outras providências 05/11/2009 001184 NBC TG 24 .Receitas. NBC TG 31 -Ativo Não Circ Mantido para Venda e Oper 22/10/2012 Prof.º 1.de Erro 04/08/2009 001180 NBC TG25-Provisões.Contratos de Construção 12/06/2009 001172 NBC TG 20 . 04/08/2009 001177 NBC TG 27 .Apresentação das Demonstrações Contábeis.094/07 03/06/2009 001174 NBC TG 21 .O.RESOLUÇÃO DESCRIÇÃO D.Custos de Empréstimos 12/06/2009 001173 Altera Resolução CFC nº 1.Mud.

Responsabilidade do Auditor em Relação a Fraude 03/12/2009 22/10/2012NBCTA 250-Consideração de Prof.Comunicação com os Responsáveis pela Governança 03/12/2009 . 03/12/2009 001203 NBC TA 200 . 03/12/2009 001207 NBC TA 240 .. 23/11/2009 001200 Eleições de 2009 nos Conselhos Regionais de Contabilidade 18/11/2009 001201 NBCPA01-Controle de Qualidade para Firmas de Aud.Benefícios a Empregados. Indep.Documentação de Auditoria.Instrumentos Financeiros: Apresentação. 03/12/2009 001202 NBC TA ESTRUTURA CONCEITUAL-Estrut Conc para Trab de Asseg. 05/11/2009 14/10/2009 001194 Crédito Adicional Suplementar ao Orçamento Analítico do CFC 03/11/2009 001195 ITG 08 -Contabilização da Proposta de Pagamento de Dividendo 26/10/2009 001196 NBC TG 38-Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensur 23/11/2009 001197 NBC TG 39 .RESOLUÇÃO DESCRIÇÃO 001190 Intervenção do CFC no CRC MA D.Objetivos Gerais do Auditor Independente 03/12/2009 001204 NBCTA210-Concordância com os Termos do Trabalho de Auditoria 03/12/2009 001205 NBCTA220-Controle de Qualidade da Auditoria de Demonst. cont 03/12/2009 001206 NBC TA 230 . e Evidenc.Instrumentos Financeiros: Evidenciação 23/11/2009 001199 CTG 03-Instrumentos Financeiros: Recon. Mens. 23/11/2009 001198 NBC TG 40 . NBC TG 33 . Nélio 001208 Leis e Elias Regulamentos na Auditoria 001209 8 03/12/2009 NBC TA 260 .OU 31/08/2009 001191 Crédito Adicional Suplementar ao Orçamento Analítico do CFC 16/09/2009 001192 001193 Manual do Sistema Cadastral.

Evidência de Auditoria. Nélio Elias 001229 NBC TA 610 .Auditoria de Estimativas Contábeis 04/12/2009 001224 NBC TA 550 .U 001210 NBC TA 265 .Utilização do Trabalho de Auditoria Interna.Continuidade Operacional. 03/12/2009 001215 NBC TA 402 . cont 22/10/2012 Prof.Procedimentos Analíticos.O.Confirmações Externas. 04/12/2009 001228 NBCTA600-Considerações Especiais-Auditorias de Demonst.Saldos Iniciais. durante Auditoria 03/12/2009 001217 NBC TA 500 . 04/12/2009 001223 NBC TA 540 . 03/12/2009 001220 NBC TA 510 . 04/12/2009 04/12/2009 001226 NBC TA 570 . DESCRIÇÃO D.Amostragem em Auditoria.Resposta do Auditor aos Riscos Avaliados. 001218 NBC TA 501 . 04/12/2009 001222 NBC TA 530 . 04/12/2009 9 04/12/2009 .RES. 04/12/2009 001227 NBC TA 580 . 03/12/2009 001221 NBC TA 520 .Trabalhos Iniciais .Eventos Subsequentes.Considerações de Auditoria para a Entidade 03/12/2009 001216 NBCTA450-Avaliação das Distorções Identif.Partes Relacionadas 001225 NBC TA 560 .Evidência de Auditoria - 03/12/2009 03/12/2009 001219 NBC TA 505 .Representações Formais. e na Execução da Auditoria 03/12/2009 001214 NBC TA 330 .Comunicação de Deficiências de Controle Interno 03/12/2009 001211 NBCTA300-Planejamento da Auditoria de Demonstrações Contabei 03/12/2009 001212 NBCTA 315-Identificação e Avaliação dos Riscos de Distorção 03/12/2009 001213 NBCTA320-Materialidade no Planej.

do Auditor inde 04/12/2009 001232 NBC TA 705 . 04/12/2009 001236 NBCTA800-Consid.Respons.RES.Perito Contábil. para a Emissão de Relat. 04/12/2009 001231 NBCTA700-Formação da Opinião e Emis do Relat.Investimento em Coligada e em Controlada. da prof. 04/12/2009 001241 NBC TG 18 .° 893/00. 04/12/2009 001240 NBC TG 36 . do Auditor em Relação a Outras Inform.O. Nélio Elias 03/12/2009 10 001250 24/12/2009 VALORES DA ANUIDADE. Contab 04/12/2009 001239 NBC TG 35 .Perícia Contábil.Utilização do Trabalho de Especialistas. TAXAS E MULTAS DEVIDAS AOS CRCS 2010 .Modificações na Opinião do Auditor Independente 04/12/2009 001233 NBCTA706-Parágrafos de Ênfase e Parágrafos de Outros Assunto 04/12/2009 001234 NBC TA 710 .Informações Comparativas 04/12/2009 001235 NBC TA 720 . 04/12/2009 001242 NBC TG 19-Investimento em Empreend. 22/10/2012 Prof. 18/12/2009 18/12/2009 001245 Altera o Anexo II da Resolução CFC n.U 001230 NBC TA 620 . Controlado em Conjunto 04/12/2009 001243 001244 NBC TP 01 .sobre Demonst. DESCRIÇÃO D. Especiais-Auditoria de Quadros Isolados 04/12/2009 001238 NBCTA810-Trab. contab 02/12/2009 001247 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2010 02/12/2009 001249 Altera dispositivos da Resolução CFC n° 949/2002. NBC PP 01 . 02/12/2009 001246 participação de estudantes em trabalhos aux.Demonstrações Separadas.Demonstrações Consolidadas. Especiais-Auditorias de Demonstrações Conta 04/12/2009 001237 NBCTA805-Consid.

2 e 16.6 22/10/2012 Prof. 17/12/2009 001256 ITG 03 -Aspectos Complem.40 .RES.NBC T 19.15 .Demonstrações Contábeis Individuais.U 001251 COBRANÇA DE DÉBITOS ANTERIORES AO EXERCÍCIO DE 2010 04/01/2010 001252 REGIMENTO DO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE (CFC) 07/12/2009 001253 NBC T 19. 16.Alcance da NBC T 19.Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas. Mercantil 24/12/2009 001257 IT 04 .Pagamento Baseado em Ações. DESCRIÇÃO D.Recebimento em Transferência de Ativos dos Clientes. 24/12/2009 001265 ITG 12-Mudanças em Passivos por Desativação.. inclui e exclui itens das NBC T 16. 001262 ITG 09 .Independência. das Operações de Arrend.1..15 . e out.Contrato de Construção do Setor Imobiliário. 24/12/2009 001266 ITG 02 . 24/12/2009 001258 IT 05 .Distribuição de Lucros in Natura.Interpretação sobre a Aplicação Inicial 24/12/2009 001264 ITG 1 . 001261 ITG 01 .Adoção Inicial das Normas Internacionais de Co 24/12/2009 001254 NBC T 19.Adoção Inicial das NBC Ts Convergidas em 2009 24/12/2009 001255 NBC TG 1000 .Contratos de Concessão. 21/12/2009 001268 Altera.Pagamento Baseado em Ações 24/12/2009 001259 ITG 06-Hedge de Investimento Líquido em Operação no Exterior 24/12/2009 001260 ITG 07 . Nélio Elias 001269 Aplicação antecipada das Normas Brasileiras de Contabilidade 21/12/2009 11 18/12/2009 . Restaur. 24/12/2009 001267 NBC PA 02 .39 .O. 24/12/2009 24/12/2009 24/12/2009 001263 ITG 10 .

Normas Brasileiras de Contabilidade 2010 22/10/2012 Prof. Nélio Elias 12 .

10. 22/10/2012 Prof.23. Nélio Elias 001290 Representatividade do CFC em serviço no exterior 09/08/2010 13 13/09/2010 . 913/01 e 956/03 28/07/2010 001287 NBC TG 41 . DESCRIÇÃO D.2 09/04/2010 001279 Altera a data de aplicação das NBC TAs e das NBC TRs 09/04/2010 001280 FIXA AS DIRETRIZES DE COBRANÇA DOS CRCS 20/04/2010 001281 Altera a data de aplicação das NBC Ts e ITs 28/04/2010 001282 Atualiza e consolida dispositivos da Resolução CFC 750/93 02/06/2010 001283 Revogam Resoluções CFC que tratam da NBCT 3.36.U 001270 alterar o art.Resultado por Ação.os 876/00.Revisão de Informações Intermediárias 27/01/2010 001275 NBC TR 2400-Trabalhos de Revisão de Demonstrações Contábeis 27/01/2010 001276 Altera o item 5. 6º da Resolução CFC n. 7.8.RES. 28/01/2010 001274 NBC TR 2410 .º 1250/09 11/01/2010 001272 ITG 2001 . NBCT 4 e NBCT 6 02/06/2010 001284 Regime de parcelamento de débitos de anuidades e multas 02/06/2010 001285 Inclui o Apêndice "Glossário de Termos" à NBC T 19.27 e 19. 09/08/2010 001288 ITG 13 .Direitos a Participações decorrentes de Fundos 09/08/2010 001289 ITG 15.2.Entidade Fechada de Previdência Complementar 26/01/2010 001273 Altera as NBC T 3.Passivo Decorrente de Participação em Mercado Espec. 19.1 da NBC P 5 e o item 17 da NBC P 4 08/03/2010 001277 NBCTSC4400-Trabalhos de Procedimentos Previamente Acordados 02/03/2010 001278 Altera a data de aplicação da NBC T 19.20. 19.O.41 22/06/2010 001286 Revoga as Resoluções CFC n.

07/10/2010 001298 Estrutura das Normas Brasileiras de Contabilidade 21/09/2010 001299 Comunicado Técnico CTG 2001 21/09/2010 001300 Valores das anuidades.Efeitos das Mudanças nas Taxas de Câmbio 07/10/2010 001296 NBC TG 03 . Nélio Elias 001311 NBC PA 290 . 07/10/2010 001293 Revogam as Resoluções CFC n. taxas e multas devidas aos CRCs 28/09/2010 001301 Regulamenta o Exame de Suficiência 001303 NBC TG 04 .Ativo Intangível 28/09/2010 02/12/2010 001304 NBC TG 06 .Divulgação sobre Partes Relacionadas.º 843/99 e 1.Subvenção e Assistência Governamentais.Redução ao Valor Recuperável de Ativos.Operações de Arrendamento Mercantil 02/12/2010 001305 NBC TG 07 .Independência -Trabalhos de Auditoria e Revisão 13/12/2010 14 14/12/2010 .O. 07/10/2010 001297 NBC TG 05 . de Contabilid 02/12/2010 001307 Altera dispositivos da Resolução CFC n° 803/96 001308 Revoga a Resolução CFC nº 814/97 14/12/2010 14/12/2010 001309 Regulamento de Procedimentos Processuais dos Conselhos 14/12/2010 001310 COBRANÇA DE CRÉDITOS DE EXERCÍCIOS ENCERRADOS 22/10/2012 Prof. 02/12/2010 001306 NBC TG 37 -Adoção Inicial das Normas Intern.U 13/08/2010 001292 NBC TG 01.Demonstração dos Fluxos de Caixa. 14/12/2010 001294 Aprovação do Crédito Adicional Suplementar ao Orçamento CFC 12/11/2010 001295 NBC TG 02 .RES. DESCRIÇÃO 001291 Altera Resolução CFC nº 1252/09 D.033/05.

22/10/2012 Prof.Adoção Inicial das NBC Ts Convergidas 17/12/2010 em 2009. e divulg. 001316 ITG 16.Pagamento Baseado em Ações.Aplicação da Interpretação Técnica IT 13 17/12/2010 Contrato 001318 CTG 05 . 17/12/2010 001315 NBC TG 43 .RES.U 001312 NBC PA 291 . .Extinção de Passivos Financeiros com Instrum. Patrom 001317 CTG 04 . Nélio Elias 15 001319 21/12/2010 contab.Contratos de Concessão. 17/12/2010 30/12/2010 Faculta elab. DESCRIÇÃO D. de ajustes retrosp.Independência .O. demonst.Outros Trabalhos de Asseguração 14/12/2010 001313 NBC TG 08 -Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títu 17/12/2010 001314 NBC TG 10 .

Normas Brasileiras de Contabilidade 2011 22/10/2012 Prof. Nélio Elias 16 .

Emissão do Relatório do Auditor Independente 28/01/2011 001323 NBC PA 11 . numeração de normas. interpretações e comuni 22/03/2011 001330 ITG 2000 .Emissão do Relatório do Auditor Independente 22/03/2011 001334 CTA 08 . 2010 22/10/2012 Prof. Trim. 21/02/2011 001324 Altera a data da aplicação de itens das NBC Ts 19.de Nélio Elias 001339 Altera a alínea "c" do art.Escrituração Contábil 22/03/2011 001331 CTA 05 . do CFC 29/08/2011 001328 Estrutura das Normas Brasileiras de Contabilidade.Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre 22/03/2011 001335 CTA 09 .33 e 19. do CFC no CRC GO 07/04/2011 001338 CTA 11 -Emissão de Relatórios Rev.Emissão do Relatório do Auditor Independente 28/01/2011 001321 CTA 03 . 9A Res 1055 18/04/2011 17 18/04/2011 .Emissão do Relatório do Auditor Independente 22/03/2011 001332 CTA 06 .O.41 22/02/2011 001325 Altera a data de aplicação das NBC PA.U 001320 CTA 02 .Emissão do Relatório do Auditor Independente 22/03/2011 001336 CTA 10 .RES.Emissão do Relatório do Auditor Independente sobre 22/03/2011 001333 CTA 07 . 2º e inclui o art.Revisão Externa de Qualidade pelos Pares.Emissão do Relatório do Auditor Independente 28/01/2011 001322 CTA 04 . NBCs TA e NBCs TR 01/03/2011 001326 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA PARA O EXERC FINANCEIRO 2011 DO CFC 29/08/2011 001327 aprovação do Crédito Adicional Suplementar ao Orçam. das Inform.Emissão do Relatório (Parecer) do Auditor Independe 22/03/2011 001337 AD REFERENDUM do Plenário do CFC. a interv. 22/03/2011 001329 Altera a sigla. DESCRIÇÃO D.

U 001340 Dispõe sobre as eleições diretas para os CRCS 20/04/2011 001341 FIXA O VALOR DA MULTA POR AUSÊNCIA NÃO JUSTIFICADA À ELEIÇÃO 20/04/2011 001342 Altera o Anexo I e acresc. serv. prest. a NBC TG 35 e a NBC TG 36 12/08/2011 001353 CTR 02 . o Anexo II à Tabela de Temp. 20/07/2011 001355 Renum. o§2º ao art. de Asseg. em Organ. o parág. das Inform.Emissão de Relatório de Rev das Inform Trimestrais 26/05/2011 001346 aprovação do Crédito Adicional Suplementar ao Orçam.O. CFC 19/04/2011 001343 Aprova a intervenção do CFC no CRC GO 19/04/2011 001344 Dispõe sobre a concessão de diária e dá outras providências.RES. DESCRIÇÃO D. do CFC 29/08/2011 001347 Altera o Art. Nélio Elias 001360 Regime de Parcelamento de Débitos de Anuidades e Multas (Red 17/08/2011 18 04/10/2011 . de Rev. Trimestrais 19/07/2011 001354 NBC TO 3402-Relat. 46 Res CFC 1309 15/08/2011 001356 aprovação do Crédito Adicional Suplementar ao Orçamento CFC 29/08/2011 001357 Altera o "caput" do art. 05/08/2011 001351 Altera a NBC TG 19. 20 da Resolução CFC n. Cont.4º da Res CFC 1343 27/05/2011 001349 aprovação do Crédito Adicional Suplementar ao Orçam. 19/04/2011 001345 CTR 01 . 3º e acresc o inc VI ao Art.340/2011 22/10/2012 Prof. único e acresc.Emissão de Relat. do CFC 29/08/2011 001350 nova redação à NBC TG 15 .Combinação de Negócios.º 1.

Nélio Elias Reconhecimento e Mensuração 19 31/10/2011 Financeiros .Operações de Arrendamento Mercantil 31/10/2011 NBC T SP 18 .Divulgação de Informação Financeira Sobre o Setor do Governo Geral 31/10/2011 31/10/2011 NBC TSP 28 .Norma Brasileira de Contabilidade Prazo NBC TSP 6 .Redução ao Valor Recuperável de Ativo Não Gerador de Caixa NBC TSP 22 .Instrumentos Financeiros Apresentação 31/10/2011 NBC TSP 29 Instrumentos 22/10/2012 Prof.Divulgação sobre Partes Relacionadas 31/10/2011 NBC TSP 21 .Contratos de Construção 31/10/2011 NBC TSP 13 .Informações por Segmento 31/10/2011 NBC TSP 20 .Contabilidade e Economia Altamente Inflacionária 31/10/2011 Evidenciação em NBC TSP 11 .Demonstrações Consolidadas e Separadas 31/10/2011 NBC TSP 10 .

Normas Brasileiras de Contabilidade 2012 22/10/2012 Prof. Nélio Elias 20 .

22/10/2012 Prof. Nélio Elias 21 .

Nélio Elias 22 .CONECTIVIDADE SOCIAL ICP 22/10/2012 Prof.

22/10/2012 Prof. Nélio Elias 23 .

INTRODUÇÃO Cenário Contábil do Terceiro Setor (TS) Baixa demanda por profissionais na especialidade Pesquisa contábil incipiente 1998 Ausência de normas contábeis específicas “Liberdade” na adoção de práticas contábeis 24 .

10) Pesquisa contábil incipiente 2007 Alteração da legislação societária (lei 11638) Pronunciamentos CPC/NBC TG/IT 2009 Alteração da legislação societária (lei 11941) 1998 Ausência de normas contábeis específicas Liberdade na adoção de práticas contábeis Desenvolvimento de pesquisas 2005 Criação do CPC Adoção das normas internacionais Maior demanda por profissionais na especialidade 25 .INTRODUÇÃO Cenário Contábil do Terceiro Setor (TS) Baixa demanda por profissionais na especialidade 1999/2000 Edição de normas contábeis específicas aplicadas ao TS (NBC T .

441/11). III – as fundações. II – as sociedades (fins econômicos). 44. 26 . V – os partidos políticos (Lei nº 10.406/02 e alter.825/03).as empresas individuais de responsabilidade limitada (Lei nº 12.): Art.825/03) VI . São pessoas jurídicas de direito privado: I – as associações (fins não econômicos). IV – as organizações religiosas (Lei nº 10.ORGANIZAÇÃO JURÍDICA DO TS Código Civil Brasileiro (Lei nº 10.

NORMAS CONTÁBEIS APLICADAS Quais normas adotar para o TS? 27 .

10.18 e 10.4.19 (serão revogadas) NBC TE/TG (minuta) – ESFL (consolida e revoga as normas acima) NBC ITG 2002 (minuta) – ESFL: Aplicam-se os PC e NBC TG 1000 (CPME) ou IFRS full 28 .NORMAS CONTÁBEIS APLICADAS NBC T 10.

) TG 07: Subv. 1292/10 alt. (Res. 750/93 alt. Assist. 1305/10) TG 1000: CPME (Res. 1185/09 alt.) Outras.). 29 . Govern.Normas Contábeis Gerais (NBC) Princípios Contábeis (Res. D. Demais NBC: TG 26: Apres. ao valor recuperável de ativos (Res. 1374/11). 1255/09) TG 01: Red. Contábeis (Res. TG: Estrutura Conceitual (Res.

Conjunto Completo das Demonstrações Contábeis* Balanço Patrimonial (BP). Notas Explicativas (NE). Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC). * Minuta ITG 2002 ** Superávit ou Déficit 30 . Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL). Demonstração do Resultado (DR**).

PRESTAÇÃO DE CONTAS E CONTABILIDADE Accountability “a razão de ser da contabilidade”(Ijiri. 1975) 31 .

• justificando o uso dos recursos obtidos através da confrontação de suas receitas e despesas.O que é prestar contas? Ato da organização demonstrar que está: cumprindo sua missão. comprovando que realizou os encargos aos quais estavam sob sua responsabilidade. • atendendo às exigências morais. fazendo aquilo que se propôs. legais e contábeis. • • • • 32 . aplicando corretamente os recursos.

. Imunidades e Isenções.. Trabalho Voluntário. Receita de Convênios e Contrapartida de Convênios. Contabilização da Gratuidade. 33 .” Receita de Doações.AS PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS APLICÁVEIS ÀS ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR (Operações Típicas) constam do “Caderno de Procedimentos Aplicáveis à Prestação de Contas.

sem a necessidade de uma contrapartida. Cancelamento de um passivo. Promessa ou uma transferência de dinheiro ou outros ativos para uma entidade. 34 .RECEITAS DE DOAÇÕES Ingresso de ativos líquidos sem a constituição de passivo oneroso.

00 * Estrutura exemplificada na ITG 2002 – ESFL (minuta) 35 .00) Superávit/déficit do período 0.RECEITAS DE DOAÇÕES – Reconhecimento Contábil Reconhecimento do recebimento de doação de gêneros alimentícios: Demonstração do Resultado do Período * Receitas Operacionais Com Restrição Sem Restrição Receita de Doação 950.00 Custos e Despesas Operacionais Com Programas (Atividades) Assistência Social Despesa suprimento alimentação (950.

TRABALHO VOLUNTÁRIO Voluntários (Executivos Sociais) Pessoas que se dedicam a causas individuais e coletivas. indicando como contribuição. de forma organizada e dativa. o trabalho que será realizado na condição de voluntário. Formalidade Termo de trabalho voluntário. contribuindo com seu trabalho pessoal. Aplicação Custeio ou investimento 36 .

00 * Estrutura exemplificada na ITG 2002 – ESFL (minuta) 37 .00 Custos e Despesas Operacionais Com Programas (Atividades) Saúde Despesa serviços médicos (1.00) Superávit/déficit do período 0.000.000.TRABALHO VOLUNTÁRIO – Reconhecimento Contábil Reconhecimento do trabalho voluntário utilizado como custeio: Demonstração do Resultado do Período * Receitas Operacionais Com Restrição Programa (Atividades) de Saúde Receita de Trabalho Voluntário 1.

IMUNIDADES E ISENÇÕES A imunidade é constitucional (permanente) e a isenção é temporária pois depende de Lei e é consequência da vontade do legislador. Lei CEBAS (Lei 12101/09) 38 . (Lei 9532/97). Leg. * CTN (Lei 5172/66). Tanto a imunidade quanto a isenção para serem mantidas dependem do cumprimento de obrigações acessórias * e do não desvirtuamento das condições que permitiram sua concessão. Trib.

a contrapartida da isenção deve ser em conta específica do passivo. 39 . (ITG 2002). Enquanto não atendidos os requisitos para reconhecimento no resultado.IMUNIDADES E ISENÇÕES (Registro Contábil) As isenções tributárias devem ser demonstradas como se a entidade não gozasse de isenção. (NCT TE item 16).

000.00 (-) Impostos e Contribuições Imposto de Renda (3.00) 40 .00 Demonstração do Resultado do Período Receitas Operacionais 100.00) = Resultado antes dos Impostos e Contribuições 20.000.BALANÇO PATRIMONIAL PASSIVO Circulante IMUNIDADES E ISENÇÕES – Reconhecimento Contábil Obrigações Tributárias Imposto de Renda – Exigibilidade Suspensa 3.000.000.00 (-) Custos e Despesas Operacionais (80.000.

BALANÇO PATRIMONIAL PASSIVO Circulante IMUNIDADES E ISENÇÕES – Reconhecimento Contábil Obrigações Tributárias Imposto de Renda – Exigibilidade Suspensa - Demonstração do Resultado do Período Receitas Operacionais 100.000.000.00) = Resultado antes dos Impostos e Contribuições 20.00 41 .000.00 (-) Custos e Despesas Operacionais (80.000.000.00) Resultados com Gratuidades e Benefícios Tributários Benefícios Obtidos Isenção e Imunidades Tributárias Imposto de Renda 3.00 Superávit/déficit do período 20.000.00 (-) Impostos e Contribuições Imposto de Renda (3.

Na falta de norma específica sobre o assunto.RECEITA DE CONVÊNIO E CONTRAPARTIDA DE CONVÊNIO Convênios são representados por instrumentos jurídicos em que cada parte tem obrigações na execução do seu objeto. pode-se adotar. a orientação do CPC 07 (R1) (item 15A) : Enquanto não atendidos os requisitos para reconhecimento da receita com subvenção na demonstração do resultado. 42 . a contrapartida da subvenção governamental registrada no ativo deve ser feita em conta específica do passivo.

RECURSOS DE CONVÊNIOS Reconhecimento Contábil BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Recursos de Convênios em Execução Caixa e Equivalentes de Caixa Banco c/Movimento – Recursos com Restrição 100 100 Demonstração do Resultado do Período Receitas Operacionais Com Restrição Programa/Atividades de Saúde (Receita do Convênio) Custos e Despesas Operacionais Com Programas (Atividades) Saúde (Despesa do Convênio) Superávit/déficit do período 43 .

RECURSOS DE CONVÊNIOS Reconhecimento Contábil BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Banco c/Movimento – Recursos com Restrição Recursos de Convênios em Execução 100 - Demonstração do Resultado do Período Receitas Operacionais Com Restrição Programa/Atividades de Saúde (Receita do Convênio) Custos e Despesas Operacionais Com Programas (Atividades) Saúde (Despesa do Convênio) 100 Superávit/déficit do período 44 .

RECURSOS DE CONVÊNIOS Reconhecimento Contábil BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Circulante Circulante Recursos de Convênios em Execução Caixa e Equivalentes de Caixa Banco c/Movimento – Recursos com Restrição - - Demonstração do Resultado do Período Receitas Operacionais Com Restrição Programa/Atividades de Saúde (Receita do Convênio) 100 Custos e Despesas Operacionais Com Programas (Atividades) Saúde (Despesa do Convênio) 100 Superávit/déficit do período 45 .

GRATUIDADES Oferta não remunerada de bens e serviços a indivíduos. A comprovação da gratuidade se dá por meio de registro contábil (receitas e despesas de forma segregada). São custos da gratuidade os recursos consumidos e a não cobrança pelos serviços prestados. 46 . normalmente carentes. Contrapartida legal de benefícios (isenções) que a entidade recebe.

GRATUIDADES Reconhecimento Contábil Demonstração do Resultado do Período* Receitas Operacionais Com Restrição Gratuidades Custos e Despesas Operacionais Com Programas (Atividades) Gratuidades Concedidas Superávit/déficit do período * Estrutura exemplificada na ITG 2002 – ESFL (minuta) 47 .

GRATUIDADES Reconhecimento Contábil Demonstração do Resultado do Período Receitas Operacionais (-) Custos e Despesas Operacionais = Resultado antes dos Impostos e Contribuições (-) Impostos e Contribuições = Resultado após os Impostos e Contribuições Resultados com Gratuidades e Benefícios Tributários Benefícios Obtidos Isenção e Imunidades Tributárias Benefícios Concedidos Gratuidades Superávit/déficit do período 48 .

Órgãos Federais. Tribunais de Contas. etc..Principais órgãos fiscalizadores e controladores das organizações do T. como Conselhos Municipais. Receita Federal do Brasil. Estaduais e Municipais. Poder Executivo (Ministérios). TCE. Setor Ministério Público. 49 .

• Descrição das despesas e respectivos pagamentos. • Conjunto completo das Demonstrações Contábeis. parcerias e termos aditivos. • Extratos e movimentos de caixa..Principais documentos e procedimentos de prestação de contas. etc. convênios. • Documentos patrimoniais.. editais. • Comprovantes de Regularidade (Fisco). 50 . • Contratos. controle e contabilidade • Documentos constitutivos/alterações.

Principais documentos e procedimentos de prestação de contas. • No caso das Fundações devem prestar contas através do Sistema de Cadastro e Prestação de Contas – SICAP. 51 . controle e contabilidade • No caso dos Convênios registrar os mesmos no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasses – SINCONV.

• Os saques na conta corrente devem ser realizados em consonância com os pagamentos efetuados. 52 . • Os saldos enquanto não utilizados devem ser aplicados (Lei 8.Principais documentos e procedimentos de prestação de contas. controle e contabilidade • As despesas devem ser realizadas exclusivamente de acordo com o objeto e dentro da vigência do convênio e ou contrato (não são regulares os pagamentos efetuados antes do repasse dos recursos ou após ou fim do convênio).666/93. no caso de convênios).

Medir desempenhos (indicadores financeiros e não financeiros). Implementar sistemas customizados (por fundos. por convênios. Propiciar maior transparência (aspectos econômicos e financeiros). 53 .). Implementar contabilidade orçamentária.Aspectos Contábeis na Prestação de Contas: Desafios Adotar boas práticas contábeis. etc. por projetos.

org.voluntariado@cfc.br OBRIGADO! 54 .