You are on page 1of 28

INTRODUÇÃO: AS BASES DO CASAMENTO

A SOLUÇÃO DA SOLIDÃO Viver só, não é fácil para a maioria. O casamento foi instituído por Deus para resolver o primeiro problema da raça humana: a solidão !ma"ine #dão num ambiente perfeito, mas so$inho. %ntão o &riador tomou a !niciativa de solucionar o problema, criando outro ser semelhante ao homem, embora muito diferente deste. 'ote bem (ue o primeiro título (ue Deus deu ) mulher foi au*iliadora ou a+udadora, pois esta é a sua função básica. %sta palavra comunica tr,s idéias de al"uém (ue complementa outra pessoa, ou se+a, %va seria absolutamente necessária para a reali$ação total de #dão. %, como se isto não fosse suficiente para descrever a função dá mulher, Deus adicionou as se"uintes palavras: -.ue lhe fosse id/nea-, ou se+a, al"uém completamente ade(uado física, emocional, intelectual e espiritualmente para o homem. %va foi criada para ser a peça (ue faltava no (uebra cabeça da vida de #dão. O casamento começou a partir de urna necessidade básica de companheirismo e complementação. 'o plano de Deus, o casamento foi instituído para (ue duas pessoas pudessem viver completando uma a outra. Deste modo, (uando voc, está suprindo as necessidades físicas, emocionais, intelectuais e espirituais do seu c/n+u"e, voc,s estio sendo um. %, (uando voc, não supre a necessidade do seu c/n+u"e, voc, está so$inho, como se fosse solteiro. Vendo a necessidade de #dão, Deus começou a trabalhar. # 0íblia relata: -Então Deus fez cair pesado sono sobre o homem e este

adormeceu: tomou uma das, mas costelas e fechou o lugar com carne. E a costela que o Senhor Deus tomara ao homem, transformou-a numa mulher e Dia trouxe"
12,nesis 3:345336. 5 O 7enhor fe$ da costela de #dão uma linda mulher 8 uma companheira criada especialmente por Deus para o homem. 9 interessante notar (ue a mulher foi tirada do lado de #dão, isto é, da sua costela, para revelar a sua decad,ncia do homem. %la não foi tirada da cabeça, pois não é sua função dominá5lo: nem de seus pés, pois não foi criada para ser pisada por ele: mas do seu lado, para revelar a responsabilidade e dever do marido em prote",5la e cuidar dela. Observe também (ue #dão dormiu en(uanto Deus reali$ou a primeira operação cir;r"ica da história. %n(uanto #dão descansava 8 literalmente, dormia na vontade do 7enhor 8 Deus preparava sua esposa. % (ue mulher 5 <iss =niverso 1tinha (ue ser, por(ue ela era a ;nica mulher do mundo 6. &om as tr,s palavrinhas -e lha trou*e-, nós temos o casamento. % (ue casamento >oi Deus quem instituiu a família e foi %le (uem fe$ o primeiro casamento esta

no jardim do 9den. %, afinal... Estas palavras,

(uando #dão viu a sua noiva, ele disse: na lín"ua ori"inal,

comunicam

uma

tremenda e*pressão de ,*tase e ale"ria: -finalmente encontrei al"uém que corresponde a mim-. ?or isso #dão usou as palavras: -9 osso dos meus ossos e carne da minha carne-. %sta é uma das maneiras do Velho @estamento descrever um relacionamento íntimo e pessoal. #dão e*clamou: ->inalmente 1

encontrei- al"uém que me completa: al"uém (ue tira a minha solidão: al"uém (ue supre todas as minhas necessidades. %la é bonita e perfeitamente ade(uada para mim-. %sse foi um momento de ternura e bele$a. De ve$ em (uando precisamos reviver esse momento do casamento. 9 necessário fre(Aentemente di$er ao seu c/n+u"e: -.uerido 1a6, eu a"radeço o 7enhor por(ue %le me deu voc,, (ue é a ;nica pessoa (ue pode me com5 pletar, e pode suprir totalmente as minhas necessidades-. .uantas ve$es, ao lon"o de meus (uase vinte anos de casado Deus me tem lembrado (ue %le, pessoalmente, preparou minha (uerida esposa Budith, para mim. %la, com interesses, personalidade, temperamento e habilidades diferentes, me completa perfeitamente e é através dessas diferenças (ue nos completamos mutuamente. 1. &ompare 2,nesis 3:4C 8 -'ão é

bom. . . ” c o m

2,nesis 4:43, 4C, 34,

3D, 31. 'ote (ue no capitulo 4, há uma lista de afirmaçEes positivas, ao passo (ue em 3:4C há uma afirmação ne"ativa. O (ue há de si"nificante sobre issoF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGG 2. # frase: -(ue lhe se+a id/nea- si"nifica -perfeitamente ade(uada-. .uais são as implicaçEes da -perfeita ade(uação- de um para com o outroF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGG 5 Voc, encara sua esposa 1marido6 -perfeitamente ade(uada1o6- para voc,F 5 Voc,s se complementam um ao outroF GGGGG7im GGGGG'ão GGGGG'ão sei Voc, poderia compartilhar a sua resposta com o "rupoF 3. O (ue voc, acha si"nificativo sobre a frase -tomou uma de suas costelas-. %m outras palavras, por (ue Deus tomou a costeia de #dão para criar %vaF _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ ________________ 4. # mulher foi criada do homem: é osso dos meus ossos e carne da minha carne-. &omo o conhecimento desse fato deve influenciar a atitude do marido em relação a sua esposaF _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ ________________ QUATRO PILARES DE UM LAR HARMONIOSO "Por isso deixa o homem pai e mãe e se une a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne. Ora, um e outro, o homem e a sua mulher, estiam nus, e não se envergonhavam"- (Gênesis 2:24-25). ?are um pouco e pense bem sobre essas palavras, por(ue nelas nós 2

%. %ste -dei*ar-. tendo o cuidado de suprir as necessidades um do outro. # 3 .o p #$r está contido nas palavras Hse une a sua -mulherK.emocional por parte dos recém5casados. mas si"nifica (ue eles precisam dar outro enfo(ue ) vida. é tão importante (ue Deus o menciona antes de falar sobre a união matrimonial. acha (ue isto (uer di$er -abandonar os seus pais-F GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 5 &omo os pais podem a+udar a seus filhos para (ue eles obedeçam a esse princípioF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG '. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGG 3. “Por isso deixa o homem pai e mãe H5 #í está o pr !" ro p #$r. rompam os laços de depend. 'este trecho.ncia emocional dos seus pais. Baime abordou tr. nós temos (uatro pilares (ue são o alicerce de um casamento feli$. Iembra5se de (uais são elesF 4. ?ara (ue o novo relacionamento floresça. %m sua apresentação. o (ue Deus (uer di$er com a e*ortação -dei*ar pai e mãe-F GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 8 Voc. &omo os pais podem pre+udicar o processo de -dei*arF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG O (")*+. ?r. 9 fundamental (ue tanto o homem como a mulher cortem o cordão umbilical.s -dei*ar-. &ada um desses pilares é absolutamente necessário para (ue ha+a harmonia e felicidade no lar. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG J. há necessidade de um -dei*ar. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG &. %m sua opinião.temos resumidamente as bases bíblicas para o casamento. !sto não (uer di$er (ue os recém5casados devam abandonar ou dei*ar de respeitar e honrar aos seus pais.

interesses. !nfeli$mente. #s duas pessoas estio coladas uma ) outra. mas -ate a morte-. por (ue os laços do casamento são tão sériosF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG . mas são laços de aço5. não até (ue a amante os separe. no sentido mais completo da palavra 5 espiritual. em nossos dias o conceito de laços permanentes no casamento está sendo insidiosamente desmoronado. dei*e5me lembrá5lo de (ue seu si"nificado é -cimentar-. tentar separar duas folhas de papel coladas uma a outra. ?or isso. o casamento era uma instituição permanente. 9 um processo (ue acontece durante toda a vida do casal. especialmente (uando al"uém mais atraente (ue seu c/n+u"e sur"e em seu caminhoF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG Iembre5se (ue aos olhos de Deus a união matrimonial é inseparável e isto nos leva ao 0"r1" ro p #$r. tem a oportunidade de constatar essa realidade nos mínimos detalhes.palavra Hune. sentimentos. -até (ue a morte os separe-. por isso eu afirmo (ue leva uma vida toda. for+ados através das crises e tribulaçEes. ?ensando no uso do verbo -='!M.a seu c/n+u"e -até (ue a morte os separe-. hábitos. <as não foi este o plano inicial de Deus.no versículo 3N.é um processo crescente. #través da variedade de circunstLncias e situaçEes em sua vida con+u"al. dons e habilidades. foi feito um voto.ual foi o ponto de vista de Besus sobre a vida matrimonialF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 1/. &asamento si"nifica unidade. Os laços matrimoniais não são como os laços de fitas (ue amarram os bonitos presentes de casamento. com diferentes bases. note o versículo Q. for+ados pelo calor. decisEes diárias e. 7e voc. 'ão até (ue a so"ra os separe. mental. e da confirmação constante dos compromissos e votos do casamento. %sta unidade não pode acontecer da noite para o dia. 'o versículo D. -. =nidade não si"nifica conformidade ou uniformidade. voc. . 4 . por(ue o casamento une duas pessoas. nem mesmo até (ue a discórdia os separe. &om sua decisão de -unir5se. ele citou 2. (ual(uer ripo de separação é muito dolorosa.. %ste -se une.nesis 3:3N. emocional e física. 'o plano ori"inal de Deus. as duas se ras"arão. e*presso nas palavras -tornando5se os dois uma só carne. &omo esse compromisso deve influenciar as suas atitudes.si"nifica cimentar e indica a nature$a permanente do casamento. O lu$ desta ilustração. relatado em <ateus 4P:J5P Besus abordou a (uestão de casamento e divórcio. %m seu diálo"o com os fariseus. #"ora. nem até (ue a profissão os separe. e o mesmo declarado a Deus e aos presentes no dia do seu casamento.

4 4 . e ela concebeu. 'ós nos casamos no cartório para cumprir a lei.ncia é reservada somente para duas pessoas (ue -dei*aramK e -se uniram-. só mesmo quem quer arruinar-se é que pratica tal coisa %mbora o relacionamento Huma só carne. rai$ de amar"ura.é a palavra (ue o esse ato em 2. # 0íblia define claramente o ho5 mem (ue comete adultério. mas também emocional. podemos di$er (ue este ato é um ato espiritual. mentais e emocionais são muitas. mental e espiritual. com o pecado essa intimidade acabou. A palavra -conheceu.uais são as vanta"ens de se encarar o casamento como um processo crescente de conhecimento um dc outro. e não se envergonhavam" Na lista das prioridades de Deus. a intimidade está em .no ato se*ual não é somente físico. 7im. # 0íblia descreve conheceu Adão a Eva. insatisfação.ltimo lu"ar por(ue antes dela o casal deve -dei*ar-. sua mulher. Hunir5seK e -tornar5se-. O -conhecer. # frase -tornando5se os dois uma só carne-.-@ornar5se os dois uma só carne-.se+a basicamente físico. 2 (ue vem a intimidade. % não havia nenhuma ver"onha ou embaraço entre eles. havia urna profunda intimidade e transpar. Ve+amos as palavras do "rande sábio em ?rovérbios Q:J3: -O (ue adultera com uma mulher está fora de si. Ravia liberdade física e emocional. sobre o considerá5lo tini fato instantLneoF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 7omente depois (ue o homem e a mulher -dei*am. nenhum medo.nçãos de Deus e dar testemunho p. 9 importante notar (ue esta intimidade era o resultado de um relacionamento sem pecado.seus pais e assumem o compromisso de se unirem tornando5se uma só carne. dá5se a consumação do casa5 mento. %sse era o plano de Deus. &asamos na i"re+a perante o povo para invocar as b.ncia. %ssa e*peri. % a"ora temos e"oísmo. o homem e sua mulher estavam nus. 'enhuma área estava escondida. ou é um fato instantLneoF GGGGGGGGGGG?rocesso GGGGGGGGGG!nstantLneo 5 %*pli(ue sua resposta 5 GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG _______________________________________________________________ ________ 12.nesis N:4 da se"uinte maneira: %spírito 7anto escolheu para descrever essa santa união entre o homem e sua mulher. indica um processo ao lon"o da vida do casal. . &asamos na cama através do ato con+u"al. nenhum acanhamento.ncia de intimidade física é uma tra"édia com resultados catastróficos. Re está e*presso nas pala5 vras 4or$5 *! e outro. # nude$ de #dão e %va não era simbólica. . refere5se ) e*peri. %sta ordem é importante e não pode ser mudada. #í. frustração e mal entendidos. as implicaçEes espirituais. mas real. #través do conhecimento bíblico pode5 5 .ncia se*ual. %ste é o 3*$r0o p #$r do casamento.blico dos votos feitos.ual(uer outra e*peri. mas. #té esta altura.

Os (uatro pilares é (ue se"uram a casa.uma só carneF _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ ________________ 14.uando o homem interfere na ordem de Deus.nesse nível antes de -dei*ar-.nesis N:46.mos voltar a "o$ar o nosso relacionamento se*ual como Deus plane+ou. não haverá alicerce para se construir um lar feli$. O plano ori"inal de Deus não pode ser melhorado. necessidade de (ue ha+a um maior desenvolvimentoF !ntelectual: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG %mocional: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG %spiritual: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG >ísica: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG 5 O (ue voc. 7e não houver o -dei*ar-. . o (ue si"nifica os diferentes tipos de intimidade abai*o: !ntelectual: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG %mocional: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG %spiritual: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG >ísica: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG 1%. %m (ual delas voc. pode compartilhar com seu "rupoF O ?#?%I DO <#M!DO 6 . 7e este for o seu caso. tenho uma boa notícia: nem tudo está perdido: mesmo (ue o seu alicerce este+a abalado. -unir5se. ?ara voc. o -unir5seK e o -tornar5seK. meu amado ami"o. O primeiro passo para reconstruí5lo é reconhecer (ue há problema.e de -tornar5se. 9 bem provável (ue voc. O (ue acontece (uando um casal de namorados ou noivos procura ter um -conhecimento. este+a com sérios problemas em seu casamento. v. ele sempre tem problemas. pode fa$er para melhorar essa áreaF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGG 5 Voc. Versículo 3D fala sobre a intimidade do casal %les -se conheceramtotalmente 12.. e é necessário (ue ha+a o compromisso do -até a morte os separe-.. não se dei*e desanimar. 7e houver disposição da sua parte. ainda haverá possibilidade: de dei*ar -o S"+6or edificar a sua casa 13.

. como tam$ém (risto o fa+ com a igre#a 4. para a apresentar a si mesmo igre#a gloriosa. antes a alimenta e dela cuida.%m minha opinião.ncia e submissão.5 # resposta para ambas as per"untas. a igre#a está su#eita a (risto assim tam$ém as mulheres se#am em tudo su$missas a seus maridos. como é (ue eu posso cumprir o meu papel de esposa de acordo com a tua vontadeF. (omo. a si mesmo se ama. é a falta de compreensão do papel do marido e da esposa no lar. &onforme %fésios D:3J. porém. o homem é o cabeça do lar. D. sem mácula. Porque ninguém #amais odiou a sua própria carne. como tam$ém (risto é o ca$e'a da igre#a. # família é uma -invenção. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G 7 .uais seriam al"umas das responsabilidades dele como cabeçaF a.por outro lado. O marido (ue leva Deus a sério. tendo-a purificada por meio da lavagem de água pela palavra. o seu parecer sobre o se"uinte conceito: HO marido (ue assume a liderança do lar de uma maneira sábia. per"unta: -7enhor. tendo em vista um casamento bem sucedido. e ama a sua esposa com o amor á"ape-. *uem ama a sua esposa. per"unta: -7enhor.- GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG J. como eu posso ser o marido (ue tu (ueres (ue eu se+aF. a esposa (ue ama ao 7enhor. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G 3. Deus. para que a santificasse. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G b. "ssim tam$ém os maridos devem amar as suas mulheres (omo a seus próprios corpos. acha5se em %fésios D:3353P !"s mulheres se#am su$missas a seus próprios maridos. nem ruga. sendo este mesmo salvador do corpo. além de criar o marido e a esposa.uais são as duas colocaçEes dadas por ?aulo em relação ao papel do marido nos versos 3J e 3D de %fésios DF a. estabeleceu princípios e definiu os papéis de cada um. . nem coisa semelhante.divina. obterá dela mais facilmente o respeito. e a si mesmo se entregou por ela. obedi. porém santa e sem defeito. como tam$ém (risto amou a igre#a. como ao %enhor& porque o marido é o ca$e'a da mulher. o maior problema (ue nossos lares estão enfrentando atualmente. )aridos amai vossas mulheres.

. não está tomando uma liderança sábia em sua família. o marido insensível 8 ele não demonstra uma sábia percepção no lar. a esposa poderá dar a sua avaliação para esta (uestão6. Baime Semp descreve 4T tipos de marido. D. o marido democrático 8 as decisEes são baseadas em votaçEes. sabe o motivoF !dentifi(ue nas opçEes abai*o 1'o caso da aus. sua liderança é omissa. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G d. al"o errado. o marido crítico 8 em tudo ele v. # esposa não se"ue a liderança do marido. &om (uais desses 4T. o marido silencioso 8 ele "overna seu lar sem comunicação verbal. O marido não compreende (ue deve liderar.b. 5 Voc. voc. 8 . marido. o marido ditador 5 ele se utili$a de sua posição para liderar a sua família. 1'a aus. o marido teimoso 5 ele nunca admite estar errado.ncia do marido. de sua escolhaF 7e voc. a esposa poderá dar a sua avaliação a esta per"unta6. como marido se identifica. a. %m seu estudo sobre o papel do marido. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G e.ncia do marido. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G N. o marido indeciso 5 nunca toma decisEes. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G c. o marido e*plosivo 8 a família nunca sabe (uando ele vai -e*plodir o marido perfeccionista 8 e*i"e tudo com e*trema perfeição. pode compartilhar a sua resposta com o "rupo e e*plicar o por(u. o marido brincalhão 8 não leva nada a sério.  b.

___________________________________________________________ _______ ___________________________________________________________ _______ . a !"re+a. _______________________________________________________________ _ 1. e. pode pensar em al"umas maneiras pelas (uais o marido demonstra amor 1á"ape6 a sua esposaF $. # esposa critica as decisEes e su"estEes feitas no passado pelo O marido tem medo de fracassar. _______________________________________________________________ _ 9 .. &onforme %fésios D:3D53P. _______________________________________________________________ _ 7. _______________________________________________________________ _ . f. _______________________________________________________________ _ ".c. O marido não está disposto a liderar. (ue atitude &risto demonstrou para com a sua noiva. O marido não sabe como liderar. ".ue tipo de atitude o marido deve ter para com sua esposaF ___________________________________________________________ _______ ___________________________________________________________ _______ Voc. marido. d. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG Q.

"r $ ". a se"uir. _______________________________________________________________ 10 . devemos considerar como &risto amou a sua !"re+a.5 U. Dos três tipos de amor. &ompartilhe as suas respostas com o "rupo. JP #<OM DO <#M!DO ?OM 7=# %7?O7# C. $. acha o mais necessário em seu relacionamento matrimonialF 5 5 amor de Deus amor emocional 5 amor se*ual o amor Há"apeK o amor HphileoK o amor HerosK 8 9o1: po. para e*planarmos as colocaçEes dadas acima: #<OM D% &M!7@O ?OM 7=# !2M%B# <t. ?ara (ue ha+a uma melhor compreensão de como os maridos devem amar as suas esposas. traçar um paralelo. 3:J 5 N Bo. (ual voc. 4J:435 4D Bo.p# 1$r $ (*$ r"(po(0$ p$r$ o ("* )r*po< P. Vamos. 44:3C5 JT >il. 4U: 3T Mm C: JC. &olo(ue em suas próprias palavras os princípios ensinados em ! ?edro J:U.

a. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G b. procurem conhecer as necessidades de sua esposa e viver de acordo com as necessidades dela-. %m sua opinião." (*$( r"(po(0$( 1o! o ("* )r*po< 44. _______________________________________________________________ _ 1. em termos práticos.. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG 11 . -<aridos._ 7. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG G c. _______________________________________________________________ _ . o (ue si"nifica -viver de acordo com as necessidades dela-F I Pedro 3:7 nos diz: ___________________________________________________________ _______ ___________________________________________________________ _______ = 9o1: po. 8 ?ara voc. vós i"ualmente vivei a vida comum do lar.. o (ue isto (uer di$erF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG 5 &ite al"uns dos benefícios (ue o marido ad(uire ao compreender as -fra"ilidades.de sua esposa. a esposa é descrita como a -parte mais frá"il-. %m ! ?edro J:U. _______________________________________________________________ _ 4T. com discernimento " – Esse trecho também poderia ser tradu$ido assim: 8 -<ari5 dos."r $ 1o!p$r0 #6$r *!$ .

aparato de vestuário& se#a. sem palavra alguma. se#am ganhos.o 0r$0$ $ (*$ "(po($ +o lar e a sua vida espiritual. unido ao incorrupt-vel de um esp-rito manso e tranq. que o$edeceu a "$raão. chamando-lhe senhor& da qual vós vos tornastes filhas. al"umas das (ualidades (ue ?edro destaca nos versículos C5P. su$missas a vossos próprios maridos. eVou ministério fora do larF 1Ve+a a . (0" "+0r" $ !$+" r$ p"#$ 3*$# o !$r . GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG 5 . se alguns deles ainda não o$edecem . por meio do procedimento de suas esposas. sede vós.ual destas (ualidades voc. como fa+ia %ara. porém.$ E(po($ ! ?edro J:4Q 5 ")ulheres.ltima frase do versículo U6 GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG 4J. Pois foi assim tam$ém que a si mesmas se ataviaram outrora as santas mulheres que esperavam em /eus. Não seja o adorno das esposas o que é exterior& como frisado de ca$elos. estando su$missas a seus próprios maridos. Q*" r"#$>?o ". igualmente. o homem interior do cora'ão. palavra. e de grande valor diante de /eus. D.ilo. diria (ue W mais necessária em seu relacionamento con+u"al a"oraF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG O P$p"# .G 12. adere'os de ouro. ao o$servarem o vosso honesto comportamento cheio de temor . praticando o $em e não temendo pertur$a'ão 12 . para que.

ncia inteli"ente e humilde a uma pessoa investida por Deus de poder e autoridade. ?r. 'a apresentação deste estudo. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG e.. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG d. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG N. entende por submissão: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG 3. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG b. . # (uem as mulheres devem ser submissasF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG D. voc. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG c.alguma 4.uais são as implicaçEes desta ordem para esposas (ue trabalham fora de 13 . pode compartilhar com o seu "rupo o seu parecer sobre a (uestão acimaF J. Baime definiu submissão nos se"uintes termos: -7ubmissão é render uma obedi. acha (ue esta definição é realistaF GGGGGG7im GGGGGG 'ão GGGGGG'ão 7ei 5 Voc.O lu$ do movimento feminista e do conte*to atual da mulher no 0rasil. &ite al"uns conceitos errados 1(ue a mulher brasileira possui6 sobre submissão: 5 7ubmissão é: a. &olo(ue em suas próprias palavras o (ue voc.

apesar de todo esse mau trato.F &omo ela se manifesta em seu relacionamento com seu maridoF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG 14 . mas entregava-se . .uando +ul"ado. ele não dei*ou a mulher sem um e*emplo a se"uir. quando maltratado não fa+ia amea'as. nem dolo al"um se achou em sua boca.ue e*emplo de submissão e mansidão O próprio filho de Deus 5 perfeito 8 entre"ando seu caso ao seu ?ai (ue +ul"a retamente. ! ?edro 3:3J . se submeteu )s autoridades perversas de sua época.casa e devem submeter5se ) liderança de outros homensF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG Q. .quele que #ulga retamente . . o (ual não cometeu pecado. C.ual é a ra$ão dada em @ito 3:D para (ue as mulheres se submetam ) liderança de seus maridosF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG 5 . Besus. %le foi falsamente acusado: cuspiram em seu rosto e colocaram uma coroa de espinhos em sua cabeça. .ual o motivo de -esperança. <as.ue mansidão si"nifica para voc. ele nos dá a suprema ilustração: Besus &risto. a 0íblia afirma: "Pois ele. %m ! ?edro 3:345 3D.dado para esposas cu+os maridos são descrentesF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG U. quando ultra#ado não revidava com ultra#e.uando ?edro deu a ordem: -mulheres sede submissas a vossos próprios maridos-.

?or outro lado. (uais são al"uns relacionamento verdadeiro. (ue é possível a mulher "anhar seu marido para &risto. 4. O #póstolo ?edro nos di$ no versículo 4.Voc. utili$ando5 se para isso. Deus não (uer (ue a esposa pre"ue para o seu marido.5la. honesto e abertoF benefícios de um GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG 44. de uma manipulação secreta e en"anosa. #liste abai*o al"umas dessas formas de manipulação. poderia compartilhar com o seu "rupo o (ue escreveuF 4T.. 4. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG 15 . GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGG 3. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG 3. e ao mesmo tempo desobedec. uma mulher pode obedecer esta ordem de não pre"ar verbalmente. poderia compartilhar a sua resposta com o seu "rupoF P. &onforme ?rovérbios J:C. mas.. #liste al"umas situaçEes pelas (uais se torna difícil para uma esposa respeitar e submeter5se a seu marido. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGG J. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG J. -sem palavra al"uma Ou se+a. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGG Voc.

h. b. <edite nas se"uintes per"untas e depois ore para (ue Deusa oriente e lhe d. e. mas sim a bele$a interior. #ssinale abai*o. d. (uantas su"estEes bíblicas forem necessárias. %screva num cartão$inho ! ?edro JJ5N e cole5o em seu espelho. f. a disposição para ser a mulher de ! ?edro J:45Q.         orar por ele perdoá5lo amá5lo comunicar5me com mais tato e +eito encora+á5lo submeter5me confiar em suas decisEes GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG 4J. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GG 43.N. <inha vida eX controlada pelo %spírito 7antoF #ceito meu marido como éF %stou se"uindo a liderança de meu maridoF %stou vivendo debai*o da proteção de meu maridoF <eu marido é prioridade em minha vidaF %stou disposta a submeter5me e a obedecer meu maridoF @ento ser se*ualmente atraente a meu maridoF &uido de minha apar.ncia física. "asta no espelho se arrumando. não é a apar. ".nciaF 16 . Voc. !sto servirá para a+udá5la a lembrar5se de (ue a prioridade de Deus para voc. através da leitura. c. (ue uma ve$ aplicadas.. em relação ao tempo (ue passa desenvolvendo as (ualidades interiores. possam melhorar relacionamento com seu marido. poderia mencionar uma (ualidade 1fruto do %spírito6 (ue precisa desenvolver em sua vidaF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGG 4N. &onsidere o tempo (ue voc. estudo e meditação na ?alavra de Deus e oração. a.

&omunicação é uma arte.$ #A+)*$B o 3*" 7"! $ *0 # C$ 1o!" . -será (ue vai chover ho+eF-.s 5 neste nível o casal está satisfeito em simplesmente relatar fatos sobre os outros: reportar o (ue outras pessoas disseram.o ("* Dr*0o. 'ão é feito nenhum comentário substancial sobre os fatos. &ertamente (uando Deus criou o homem e a mulher para serem companheiros. concebeu uma idéia de profunda comunicação entre os dois e não uma conversa superficial. # comunicação é muito limitada. creio (ue posso di$er sem d. Vida ou morte. # ?alavra de Deus nos di$ em ?rovérbios 4C:34: A !or0" " $ @ . sem d. -como vai voc. avalie onde voc. %stou -atolada. %*istem várias diferenças entre um casal feli$ e um infeli$. &reio (ue o coração do meu marido está nas mãos do 7enhorF Co!*+ 1$>?o # &omunicação. a sua própria definição de &omunicação: GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGG . do tipo (ue tra$ impressão de se"urança. 2astamos a vida inteira para aprendermos a ser eficientes nessa arte. 'ão há possibilidade de sucesso em um casamento onde um não se abre com o outro. 'ível (uatro 5 é uma comunicação superficial. há esperança de poder aprofundar sua intimidade ainda mais. # pessoa usa e*pressEes como -bom dia-. medo ou depressãoF +. ?or incrível (ue pareça. %stas coisas dependem de sua disposição e capacidade de comunicar5se. permanecendo se"ura atrás da sua máscara.ual é seu nível de comunicaçãoF Rá pelo menos (uatro níveis de comunicação e todo casal (ue (uer ser feli$ no casamento deve estar comprometido a aprofundar seu relacionamento até che"ar a viver o nível mais elevado. 'ível tr. está em seu relacionamento familiar. O indivíduo não sai da casca para dar5se a conhecer sobre o (ue pensa ou sente."r .vida.$ "(0?o +o po. está se comunicando a este nível.em auto5comiseração. há muitos relacionamentos familiares em (ue os membros estão se comunicando apenas nesse nível. (ue uma das necessidades mais prementes da família é aprender a comunicar5se.-F -"ostou do +o"o de domin"oF-. é o centro de todo relacionamento familiar. #o tomar conhecimento destes níveis de comunicação. a pessoa começa a relatar suas idéias e pensamentos. felicidade ou felicidade. 0aseiam5se no fato de o casal comunicar5se ou não. 17 .vida al"uma.i. 7e voc. 4. %ste é o início de uma comunicação real. 'ível dois 8 a(ui. #través do trabalho de aconselhamento (ue venho desenvolvendo com casais. # pessoa está disposta a correr o risco de e*por suas idéias e soluçEes próprias. D.

em (ual dos níveis voc. saberia di$er por (u. concentra sua atenção. (uiser um casamento reali$ado. mas com o coração. tardio para se irar . !nfeli$mente a comunicação é pre+udicada por(ue não sabemos ouvir. olhar para seu c/n+u"e e dar ouvidos e atenção en(uanto ele fala. %ntretanto.ual princípio de comunicação voc. %sta comunicação está baseada na honestidade e abertura completas.uando voc. mostra (ue está não somente escutando com os ouvidos. inclusive com os olhos e as e*pressEes faciais. aberta e honesta. O nível 4 é uma comunicação total. está fa$endo. . poderá identificar5se com o (ue a outra pessoa está sentindo ou e*perimentando. 3. 7e voc. Ieia as se"uintes passa"ens.uando sua esposa ou marido fala com voc. O (ue eles t. #valiando honestamente a sua comunicação com seu c/n+u"e. O "rande sábio 7alomão e*pressou o mesmo pensamento de outra maneira: X R"(po+. O apóstolo @ia"o fala sobre esse tipo de comunicação: !0odo homem." o*@ r 2 estult-cia e vergonha -1?rovérbios 4C:4J6. =ma das melhores maneiras de fortalecer sua comunicação é desenvolver a habilidade de ouvir o seu c/n+u"e com interesse.1@ia"o 4:4P6. se voc.m a di$er sobre o aspecto -ouvirna comunicaçãoF 5 @ia"o 4:4P 5 GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG 5 ?rovérbios 4C:4J GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG 5 ?rovérbios 4P:3T GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG 5 Voc."r $+0"( . Voc. sua atenção completa. 9 uma arte a ser aprendida. isso é vital. toma tempo para realmente ouvir a seu c/n+u"eF % a seus filhosF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG D.F GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGG 8 Voc. idéias e pensamentos. estáF GGGGG'ível N GGGG'ível J GGGG'ível 3 GGGG'ível 4 J. encontra em %fésios N:4D53DF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG 5 5 18 . # pessoa está disposta a compartilhar seus sentimentos.. . poderia compartilhar a sua resposta com o "rupoF &omunicação é sempre uma rua de duas mãos. não se encontra neste nível em seu casamento. dá atenção a ela 1e6F #mor é parar a(uilo (ue voc. D.'ível um 5 é uma comunicação total. voc. pois& se#a pronto para ouvir& tardio para falar. 9 difícil conse"uir tal nível entre marido e esposa por(ue ambos correm o risco de serem re+eitados. % ameaçador compartilhar todo o seu íntimo com a esposa ou marido. N. .

ncia (uando estamos fisicamente cansados. # nossa tend. 2) 'ão bri"ue ou discuta em frente dos seus filhos. e a palavra há seu tempo. cinco su"estEes efica$es na escolha do tempo certo: 1) %u e minha esposa che"amos a conclusão (ue. considera certo ou errado -modificar. é ter (ue ouvir e assistir uma bri"a entre seus pais. pe"ar um pano de prato e a+udá5la en*u"ar a louça. não se ponha o sol sobre a vossa ira" 1%f. %ssa é uma alta e*pressão de comunicação. 19 . DiscussEes familiares devem ser resolvidas somente entre a família.uero dar.a verdade para evitar desa"rado no larF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 5 %*pli(ue a sua resposta 5 GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG %scolha o tempo certo para comunicar5se O apóstolo ?aulo su"ere esta idéia (uando ele fala: "Irai-vos. %sposa. por favor. 3) 'ão bri"ue em p. após um dia inteiro de trabalho.GGGGGGGG Q. Outro te*to bem elucidativo sobre esse assunto encontra5se em ?rovérbios 4D: 3J 5 -O homem se alegra em dar resposta adequada. O pior de tudo é proceder dessa maneira publicamente. a hora de voc. Voc. mas (ue não devemos dormir sem ter resolvido o nosso mal entendido ou discórdia.blico. %le está su"erindo (ue é possível discutirmos. para nós. quão boa é! . (uando sua esposa está enfrentando uma pia cheia. não dei*e assuntos para serem tratados durante um +o"o da seleção brasileira na copa do mundo. 4) 'ão procure resolver problemas ou tratar de assuntos sérios (uando um dos dois está envolvido em al"uma atividade. <arido. é rea"ir ne"ativamente a (ual(uer discussão. &omo é fácil machucar seu c/n+u"e usando de cinismo. N:3Q6 &reio (ue ?aulo está simplesmente di$endo: não dei*e a ira amontoar dia após dia. é melhor não discutirmos um problema depois das de$ horas da noite. lo"o abai*o. sem acertar as contas. ($r1$(!o ou palavras ásperas. e não pequeis. 7e há uma coisa (ue cria inse"urança e medo no coração da criança. @alve$ se+a sim. essa hora não é apropriada para tratar de assuntos complicados ou delicados.

doação.(ue dei*a de lado o padrão de Deus sobre moralidade e pre"a uma -liberdadecompleta na e*pressão dos dese+os se*uais. mas também para ser um meio de comunicação. eis que tudo era bom. nem a da -'ova <oralidade. U6 Das D su"estEes sobre á escolha do tempo certo para se comunicar. &ada filho precisa entender (ue nenhum membro da família deve ir para a cama $an"ado. pode compartilhar com seta "rupo uma e*peri... de sua necessidadeF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 5 Voc. com sua esposa ou marido. porém é óbvio (ue Deus nos criou se*uais. não somente para a procriação. 'ossa se*ualidade é para o bem estar do homem da mulher e 2 o propósito de Deus (ue entendamos o seu plano para nossa vida nessa área.2ostou da idéiaF D6 <ar(ue..nesis 4:J46. =se palavras brandas e respostas bondosas. vamos almoçar +untos.nesis di$: H.12.. nos afirma: &reio (ue nunca es(uecerei o encontro (ue tive com meu ami"o Osiander 7chaff da 7ilva. (ual delas se apro*ima mais de sua situação.uando Deus criou o homem e a mulher. (uanto tempo Deus nos dá para (ue nos livremos da nossa iraF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 5 %ste princípio de "não se ponha o sol so$re a vossa ira pode e deve ser ensinado aos nossos filhos. 7ábios são os maridos e esposas (ue sabem escolher e esperar pela hora apropriada para conversar. unidade. # ?alavra de Deus nos dá a melhor perspectiva sobre o se*o. &onforme o desí"nio e a sabedoria de Deus.ncia recente onde tenha falhado em escolher a hora apropriada para se comunicarF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 'ão responda com raiva. o re"istro de 2. a nossa se*ualidade foi ordenada para a procriação da raça humana dentro do conte*to de relacionamento no casamento. macho e f. ?rovérbios 4D:4.. pra$er. mas a palavra dura suscita a ira”. 'ão a perspectiva distorcida e ne"ativa da filosofia puritana. "A resposta branda desvia o furor. uma hora específica para conversar é se+a fiel )(uele compromisso. 20 . do te*to acima. 1ver o DVD6 # Vida 7e*ual .mea. Q6 &onforme %fésios N:3Q53U.

a ?alavra de Deus no: di$ (ue o homem e a mulher foram criados ) ima"em de Deus. poderia e*plicar o por(u. &ompare 2.e mulher Hf. # nossa se*ualidade foi ordenada por Deus para (ue fosse desfrutada no relacionamento do casamento. Deus criou o homem como um ser espiritual. intelectual. O (ue mudou nas atitudes do homem e da mulherF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 5 Voc. Voc.nesis 4:3C GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 2enesis 3:3N GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG ?rovérbios D:4C54P GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 3.nesis J:Q54T. Das passa"ens abai*o. neste trecho5 Deus está di$endo sobre a e*pressão se*ual no conte*to do 21 .nesis 3:3D com 2. (uais foram os propósitos de Deus ao criar o homem X-macho. Ieia ?rovérbios D:4D54P e responda o (ue. !iu Deus tudo quanto fizera e eis que era muito bom . pode e*plicar a causa dessa mudança de atitudeF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG J. de sua respostaF _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ N.. considera a seus sentimentos sobre sua própria se*ualidade semelhantes aos descritos em 3:3D em J:Q54TF 3:3D J:Q54T Voc. #l"umas pessoas acham (ue Deus é contra o se*o como e*pressão recreativa 1para o pra$er do casal6. %le olhou para a obra (ue criara e.mea-F 2. emocional e físico 1se*ual6. %m 2enesis 4:3U.uando Deus terminou de criar.

casamentoF _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ D. Q:4D54C. cite al"umas das conse(A. N:J5U _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ ! &or. &onforme Rebreus 4J:N: ! @es.ncias da e*pressão se*ual fora dos laços matrimoniaisF ?rovérbios D:J54N GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG ?rovérbio Q:3Q53P. _______________________________________________________________ ________ 22 . N:JU e ! &or. J3 _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ Provérbios 7:1-27 _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 7. &onforme os se"uintes trechos bíblicos. &onselheiros seculares muitas ve$es aconselham e incentivam relaçEes e*tra5maritais. Hebreu 13:4. Q:4D54C _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ Q. descreve a atitude de Deus ua!to " re#a$%o se&ua# ser a#'o e&c#usivo de!tro de casa(e!to. o (ue Deus acha de uma relação se*ual fora dos compromissos do casamentoF Rebreus 4J:N _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ ! @ess.

as !ecessidades -.sicas4. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 10. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ ? 4C%o co!si'o e!te!der /or ue (i!. C%o e!te!do o /or u< de#a !%o ser (ais coo/erativa e( su/rir (i!. es/era ue eu este0a se(/re /ro!ta e dis/osta a ua# uer . Aei0os e abra$os !%o o satis-a8e(B e#e se(/re uer ir /ara a ca(a4. o a/2sto#o Pau#o !os di8 ue !o ato co!0u'a#. 9 #u8 desse vers.o!esta e!tre o casa#. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 12. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 13.!tios 7:4. eu (e si!to 4usada4 /or (eu (arido. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 11. /erte!ce ao (arido. o cor/o do (arido /erte!ce " es/osa. de acordo co( + )or._______________________________________________________________ ________ 8.a es/osa é t%o -ria !o ue di8 res/eito a se&o. ua# deve ser a atitude do (arido e de sua es/osa /era!te suas !ecessidades e dese0os se&uais.ci# /ara eu resistir " te!ta$%o de /rocurar satis-a8er aos (eus i(/u#sos se&uais através de outros (eios ou outras (u#. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 9. )o(o *( crist%o deve #idar co( a te!ta$%o se&ua#. 1&/#i ue. )o!-or(e + )or. )o(o voc< a/#icaria os co!ceitos de =i#i/e!ses 2:3 a cada u(a das se'ui!tes situa$>es: ? 41( se trata!do de 5rea se&ua#. @ua!do e#e uer se&o4. D di-. 6:18 e 7:15. e( suas /r2/rias /a#avras.!tios 7:3. e o cor/o da es/osa.eres. ua# a i(/ort:!cia de u!ia co(u!ica$%o aberta e .cu#o.3 a(or 45'a/e4 6a(or de Deus7 deve 'over!ar e /er(ear o a(or 41ros4 6a(or se&ua#7. a se'ui!te -rase: . )o!-or(e + )or. 3 (arido ou es/osa ue re0eita se&ua#(e!te a seu /arceiro est5 de!tro da 23 . !o re#acio!a(e!to se&ua# do casa# crist%o.ora.

&ite al"umas responsabilidades mencionadas em %fésios Q:N e &olossenses J:34 a.:50 EEEEEFi( EEEEEC%o EEEEEDe/e!de .5 tr<s -rases ue /ode( saivar ua# uer re#acio!a(e!to. Garidos e es/osas deve( a(ar-se e sub(eter-se u( ao outro. (e /erdoe4B e 3 ? 41u a(o voc<4. mas criai5os na disciplina e admoestação do 7enhorEfésios !" -?ais.4Por -avor. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG c. Pr.vo!tade de Deus. não irriteis os vossos filhos. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 15. 1( u( dos seus estudos. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ &riação de >ilhos -% vós pais.+ )or.a ue . @ua#. para (ue não fi(uem desanimados "Colossenses 3:21 4.averia re#a$%o e!tre esse ti/o de atitude e u( bo( re#acio!a(e!to se&ua#. voc< ac. 1 . Ira8e!do ao co!te&to do seu casa(e!to.41u estou errado 6a74B 2 . )o(o estes dois co!ceitos deve( ser a/#icados ao re#acio!a(e!to -.1&/#i ue a sua res/osta _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ ? @ua# /oderia e( sua o/i!i%o ser a rai8 do /rob#e(a /or tr5s da re0ei$%o. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG b. Hai(e dec#arou ue . não provo(ueis vossos filhos ) ira. . 24 .sico do casa#. _______________________________________________________________ ________ _______________________________________________________________ ________ 14.

cu#os 5 e 6. nos di$: 4P$ (5 +?o pro@o3*" ( o( @o((o( D #6o( E r$4. o ue si'!i-ica a corre$%o do Fe!. deve(os disci/#i!ar !ossos -i#.GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG d. pode compartilhar com seu "rupo uma situação em (ue tenha provocado seu filho ) iraF EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE 4.. -a#a sobre a disci/#i!a de Deus aos seus -i#. Hebreus 12:13-15. ?or (ue o ato de disciplinar uma criança é prova de mais amor do (ue o dei*á5la fa$er sua própria vontadeF EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE Q. #ssinale uma ou duas entre as (uais voc. GGGGGG 'ão admitir seus erros 1pais6 GGGGGG Outra J. Io"o abai*o.os assi( co(o Deus !os disci/#i!a.o a#'u!s co!ceitos sobre disci/#i!a.or. 3bserve(os !este trec.os. há uma lista de possíveis maneiras de como provocar o seu filho ) ira. )o!-or(e vers.ncia por meio de palavras e não por atos GGGGGG 'ão ouvir com atenção (uando seu filho fala com voc.ncia na disciplina GGGGGG !nsist. C2s /ais. %fésios Q:N. Voc. Quando os filhos aprendem a respei ar e obedecer seus pais errenos! a quem mais es "o aprendendo obedecer# #ebreus $%&' #lém disso. tínhamos os nossos pais se"undo a carne: (ue 25 . 6ve0a ta(bé( Provérbios 13:247 EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE D. +á tenha (" utili$ado no relacionamento com seus filhos GGGGGG =so impróprio de autoridade GGGGGG Disciplina no momento de irritação ou raiva GGGGGG Disciplina sem boa comunicação GGGGGG !ncoer. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG 3.

Pro@2r7 o( 2.ual é o propósito principal de toda disciplina conforme verso 44F EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE C. E! Pro@2r7 o( 1. ?or (ue isso é importanteF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 5 ?ara voc. o (ue si"nifica a varaF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 11. C: -# vara e a disciplina . e os respeitávamos: não havemos de estar em muito maior submissão ao ?ai dos espíritos.." Em sua opini"o$ o que si%nifica -en(uanto há esperança-F EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE 4T. &onforme ?rovérbios 33:4D: 3J:4J54N: e 3P:4D. mas a criança entre"ue a si mesma vem a enver"onhar a sua mãe-.:1-5 S$#o!?o . C: -&asti"a a teu filho en(uanto há esperança . Deus (uer (ue os pais disciplinem seus filhos com a vara.?o sabedoria. e então viveremos EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEEEEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE U.nos corri"iam.ual é a promessa feita aos pais em ?rovérbios 33:4DF EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EEEEEEE . .:1% ... Co!o @o1: .. ."(1r"@"r $ *!$ 1r $+>$ 4entre"ue a si mesmaKF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 26 .

como essas verdades deveriam ser transmitidas aos filhosF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4Q. Deuteron/mio Q:45P nos mostra al"umas ordens de Deus dadas através de <oisés para os pais de !srael. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4U. &onforme versículo P. 1Ve+a Rebreus 43:446 GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4N. . $< 1ve+a ?rovérbios 3P:4U6 GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4J.o . ?or (ue é importante (ue a ?alavra de Deus este+a no coração dos ?aisF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG 27 . o seu parecer sobre a frase -disciplinar filhos 2 um ato de fé-. ?or (ue é importante (ue os pais amem a Deus de todo o seu coraçãoF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4C.ue tipo de relacionamento os pais deveriam ter com DeusF 1Ve+a versículo D6. D. acha (ue muitas mães estão e*austas mesmo antes de 16")$r o D +$# . &onforme versículo 3.&omo uma mãe pode vir a ser enver"onhadaF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 43. por(ue Deus deu essas ordensF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4D. ?or (ue voc.

GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG c.vida (ue tenha tido. . pode compartilhar com o seu "rupo um problema ou d. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG d.GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 4P. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG b. <oisés destaca N situaçEes em (ue os pais devem ensinar a seus filhos.uais sãoF a. ou (ue este+a atualmente atravessando em relação ) criação de seus fi5 lhos GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG Orem a"ora uns pelos outros. Voc. tem aproveitado situaçEes como essas para comunicar as verdades de Deus aos seus filhosF GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGGGGGGG 3T. 'o verso U. GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG GGG Voc. 28 .