Guerra da Coréia O que foi ? A Guerra da Coreia foi um conflito armado entre Coreia do Sul e Coreia do Norte.

Ocorreu entre os anos de 1950 e 1953. Teve como pano de fundo a disputa geopolítica entre Estados Unidos (capitalismo) e União Soviética (socialismo). Foi o primeiro conflito armado da Guerra Fria, causando apreensão no mundo todo, pois houve um risco eminente de uma guerra nuclear em função do envolvimento direto entre as duas potências militares da época. Causas da Guerra - Divisão ocorrida na Coreia, após o fim da Segunda Guerra Mundial. Após a rendição e retirada das tropas japonesas, o norte passou a ser aliado dos soviéticos (socialista), enquanto o sul ficou sob a influência norteamericana (capitalista). Esta divisão gerou conflitos entre as duas Coreias. - Após diversas tentativas de derrubar o governo sul-coreano, a Coreia do Norte invadiu a Coreia do Sul em 25 de junho de 1950. As tropas nortecoreanas conquistaram Seul (capital da Coreia do Sul). O desenvolvimento da guerra - Logo após a invasão norte-coreana, as Nações Unidas enviaram tropas para a região a fim de expulsar os norte-coreanos e devolver o comando de Seul para os sul-coreanos. - Os Estados Unidos entraram na guerra ao lado da Coreia do Sul, enquanto a China (aliada da União Soviética) enviou tropas para a zona de conflito para apoiar a Coreia do Norte. - Em 1953, a Coreia do Sul, apoiada por Estados Unidos e outros países capitalistas, apresentava várias vitórias militares. - Sangrentos conflitos ocorreram em território coreano, provocando a morte de aproximadamente 4 milhões de pessoas, sendo que a maioria era composta por civis. Fim da Guerra - Em julho de 1953, o governo norte-americano ameaçou usar armas nucleares contra Coreia do Norte e China caso a guerra não fosse finalizada com a rendição norte-coreana. - Em 28 de março de 1953, Coreia do Norte e China aceitaram a proposta de paz das Nações Unidas. - Em 27 de julho de 1953, o tratado de paz foi assinado e decretado a fim da guerra. Pós-guerra

classificou a ação como “altamente provocativa” e uma ameaça contra a segurança na região. A Coreia do Norte chegou a considerar "completamente nulo" o armistício que suspendeu a Guerra da Coreia (19501953) e garantiu estar se preparando para uma guerra iminente contra a Coreia do Sul e os Estados Unidos: "Agora é o momento da batalha final” . prometeu “tolerância zero” em relação {s provocações do Norte. Park Geun-Hye. embora não fossem mais para a área militar. enquanto a Coreia do Sul segue no sistema capitalista. Atualmente Em fevereiro de 2013. Já a nova presidente da Coreia do Sul. Barack Obama.Com o fim da guerra. O presidente dos Estados Unidos. Desafiando as diversas pressões internacionais. a Coreia do Norte realizou o terceiro teste nuclear da história do país e afirmou que outras medidas poderiam ser tomadas se a "hostilidade" dos Estados Unidos e da Coreia do Sul continuar. o regime do ditador Kim Jong-un cumpriu as ameaças que vinha fazendo semanas antes e justificou o teste como um ato de autodefesa. as duas Coreias permaneceram divididas e os conflitos geopolíticos continuaram. as relações diplomáticas entre os países vêm se desgastando. A partir de então. Atualmente a Coreia do Norte permanece com o regime comunista. O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução para impor novas sanções ao país.